Arquivo da tag: HyperX Brasil

HyperX acrescenta a cor rosa à sua linha de headsets Cloud Stinger

Novo periférico mantém o conforto, o desempenho e a qualidade de som característicos da HyperX e ganha ainda mais estilo

(Foto: divulgação)

A HyperX, time de periféricos gamer da HP Inc. e marca líder em produtos para games e eSports, acaba de expandir sua premiada família de headsets Cloud Stinger™ com o Cloud Stinger Pink, que combina um novo design em rosa com o exclusivo conforto da marca, ótimo desempenho de áudio e qualidade superior de áudio. O Cloud Stinger Pink já está disponível no Brasil pelo preço sugerido de R$ 359,91. No KaBuM! é possível garantir o produto em pré-venda pelo mesmo valor, à vista, ou por R$ 399,90 a prazo.

Leve e versátil, o Cloud Stinger Pink pesa apenas 275 gramas e oferece aos jogadores muito mais do que um visual elegante e estiloso. Entre seus principais recursos estão as conchas auriculares que rotacionam em 90 graus para facilitar o transporte, drivers direcionais de 50mm que levam o som diretamente aos ouvidos dos usuários com alta qualidade e extrema precisão posicional, e o conforto característico dos produtos da HyperX.

“O headset HyperX Cloud Stinger foi bem recebido desde seu lançamento em 2016, conquistando muitos prêmios, como o iF DESIGN AWARD”, disse Nate Almond, gerente de negócios de áudio da HyperX. “Estamos muito empolgados por adicionar a cor rosa à linha e oferecer aos usuários uma nova alternativa de headset com o mesmo conforto e qualidade sonora do modelo original.”

O Cloud Stinger conta com preenchimento de conchas e haste com espumas de alta densidade Memory Foam e revestimento em couro sintético macio, que se adaptam perfeitamente às cabeças dos usuários. Além disso, tem microfone com certificação TeamSpeak e Discord e cancelamento de ruído, controles de volume intuitivos no próprio fone de ouvido e estrutura da haste em aço durável com ajuste por deslizamento.

Para mais informações sobre a HyperX e seus produtos, visite o site .

HyperX lança o teclado mecânico para games Alloy Origins 60 no Brasil

Periférico tem formato compacto com 60% do tamanho padrão e switches de alta performance HyperX RED

(Foto: divulgação)

A HyperX acaba de lançar no mercado brasileiro o HyperX Alloy Origins 60, teclado mecânico gamer compacto com 60% do tamanho padrão e layout que economiza espaço na mesa, permitindo melhor movimentação do mouse. Com switches mecânicos lineares HyperX RED que têm pontos de ativação menores, o novo periférico se destaca também pela alta performance e vida útil de até 80 milhões de cliques por tecla. Seu preço sugerido no Brasil é de R$789,90.

O HyperX Alloy Origins 60 conta também com LED RGB exposto para uma iluminação mais brilhante, diversos efeitos de luz, cinco níveis de brilho ajustáveis e teclas PBT double-shot com comandos secundários impressos nas laterais de cada keycap. É compatível com o software gratuito HyperX NGENUITY para personalização das configurações e macros, tem estrutura de alumínio resistente – o mesmo usado em aeronaves – para máxima durabilidade e estabilidade, vem com teclas extras exclusivas (ESC e barra de espaço) para personalização, além de um extrator de teclas.

“A HyperX está comprometida em fazer teclados confiáveis, com recursos e especificações de design pedidos pelos jogadores”, disse Caio Ricci, gerente de desenvolvimento de negócios da HyperX no Brasil. “Nosso novo teclado mecânico gamer Alloy Origins 60 atenderá as necessidades dos jogadores que procuram um teclado ainda mais compacto, ideal tanto para jogar quanto trabalhar com mais espaço livre e conforto”.

O Alloy Origins 60 tem ainda um Modo Jogo Customizado, que permite aos usuários escolherem quais teclas serão habilitadas e desabilitadas, justamente para evitar cliques indesejados, e três ângulos de inclinação para escolher. Graças à memória interna do teclado, é possível salvar até três perfis de efeitos, iluminação e macros e acessá-los de qualquer lugar com o software HyperX NGENUITY. Além disso, o Alloy Origins 60 tem tecnologias anti-ghosting e N-key rollover, que reconhecem o uso simultâneo de múltiplas teclas e impedem a ativação de cliques indesejados, e vem com um cabo removível com entradas USB tipo C e USB tipo A.

Para mais informações sobre a HyperX e seus produtos acesse o site.

HyperX anuncia HyperX Loot Drop: evento global com uma semana de promoções

Até 21 de março, produtos HyperX poderão ser adquiridos a preços especiais em diversas lojas parceiras da marca, inclusive no Brasil

(Foto: divulgação)

Na próxima semana, gamers de todo mundo terão uma ótima oportunidade para equipar suas estações de jogos com os periféricos de alto desempenho da HyperX. Até 21 de março*, será realizado o HyperX Loot Drop, um evento global da HyperX em que os produtos da marca estarão à venda por preços especiais em diversas lojas parceiras pelo mundo, inclusive no Brasil.

“O HyperX Loot Drop é uma celebração global aos fãs da marca para demonstrar o apoio da HyperX à comunidade gamer. Os jogadores que estavam esperando o momento certo para adquirir seus novos periféricos podem esperar boas surpresas, pois haverá descontos em diversas linhas de produtos, como headsets, teclados, mouses, e microfones, entre outras”, conta Caio Ricci, gerente de desenvolvimento de negócios da HyperX no Brasil. As lojas no Brasil participantes do HyperX Loot Drop são: Amazon, Fast Shop, KaBuM!, Kalunga e Magalu.

Durante a pandemia, diante da escassez de chips e dificuldades da cadeia de suprimentos, a HyperX tem trabalhado duro com seus parceiros de negócios de todo o mundo para garantir a disponibilidade de seus produtos utilizados por gamers, streamers, atletas e jogadores de todos os tipos e gêneros de jogos. Para mais informações sobre as lojas participantes, clique aqui .

Para mais informações sobre a HyperX e seus produtos acesse o site oficial da marca .

*A duração das promoções varia de acordo com a região e as lojas participantes

Kingston dá dicas para aprimorar a experiência visual no Microsoft Flight Simulator

Simulador de voos para PC tem alta fidelidade gráfica e pode ser ainda mais realista com as memórias e SSDs corretos

Microsoft Flight Simulator. (Foto

Via de regra, uma experiência em simulador deve oferecer ao usuário uma imersão mais próxima à realidade, e um ponto fundamental para que isso aconteça está ligado à tecnologia utilizada. Em agosto, chegou ao mercado o ‘Microsoft Flight Simulator’, nova versão do simulador de voo da Microsoft para PCs que permite ao jogador viajar por mais de 37 mil aeroportos e 2 milhões de cidades com diferentes aeronaves e condições climáticas. Mesmo oferecendo altíssimo nível de realismo em seus gráficos, o jogo só entregará máxima performance se estiver rodando em um computador preparado. Para garantir que as condições sejam as ideais, Iuri Santos, gerente de tecnologia da Kingston, preparou algumas dicas:

• Carregar o mapa do mundo inteiro e renderizar em 3D não é uma tarefa fácil até mesmo para computadores modernos. De maneira geral, durante o gameplay em modo single player, o consumo de RAM pode oscilar entre 9 e 15GB, por isso, ter 32GB de RAM é o ideal para manter o mundo virtual ao redor do avião sempre carregado em detalhes para uma experiência ainda mais imersiva. Tanto a Kingston quanto a HyperX oferecem memórias RAM de 32GB, em versões individuais ou kits de 2 a 4 módulos.

• Configurações menores de RAM, como 16GB, que inclusive é considerada a recomendada pela Microsoft, podem acabar trabalhando no limite e não entregando o resultado esperado. Por padrão, o jogo já cria automaticamente um cache (um depósito de informações que podem ser acessadas a qualquer momento pelo programa) de 8GB, limitando o potencial de processamento da memória. Sendo assim, para um melhor resultado é primordial que o usuário utilize memórias idênticas (dual channel) com as mesmas capacidades de armazenamento, seja para 8GB, 16GB ou 32GB. A experiência será ainda melhor se a frequência desses componentes for a maior possível entre as compatíveis com o sistema operacional em uso.

• Outra dica é apostar em um bom SSD (unidade de estado sólido). Como o jogo faz uso intenso de informações baixadas e processadas em tempo real, um SSD veloz ajuda a acessar com maior agilidade o cache e diminui os tempos de carregamento do jogo. Isso porque a memória RAM é demandada à medida que o processador inicia o trabalho de simulação, deixando para o SSD a tarefa de alimentar todo o sistema, que exige cerca de 150GB disponíveis para instalação e operação. A recomendação, neste caso, é por um SSD Kingston (A2000, KC2000 ou KC2500) combinado com 32GB de memória RAM.

• Internet banda larga é essencial para o Flight Simulator. Não só para instalar o jogo, mas para baixar todas as informações que o jogo acessa em tempo real, como as condições climáticas do lugar que está sendo sobrevoado. Esse tipo de dado dá à experiência um realismo fenomenal.

• Jogos de simulação de voo demandam muito de todo o computador, pois fazem uso dos recursos disponíveis e apresentam grande qualidade visual e sonora em configurações intermediárias. Existem muitas opções de customização da qualidade do jogo e isso pode ser adaptado para que máquinas diferentes rodem o game de modo satisfatório.

Para mais informações sobre a Kingston e seus produtos, acesse http://www.kingston.com 

HyperX explica como personalizar iluminação RGB das memórias FURY e Predator e deixá-las com um visual ainda mais estiloso

Memória HyperX FURY DDR4 RGB. (Foto: Divulgação)

A memória RAM pode ser comparada ao cérebro do computador, pois entre as suas funções estão as de registrar e armazenar dados temporários e permanentes. Para deixar este componente tão importante ainda mais estiloso e alinhado com o visual da máquina, a HyperX fabrica módulos de memória RAM das linhas FURY e Predator com tecnologia de iluminação RGB que podem ser configuradas com milhões de cores e diversos efeitos.

Por meio do software gratuito HyperX NGENUITY, os usuários podem personalizar o recurso luminoso das memórias RAM para combinar, inclusive, com os outros produtos da marca que também oferecem a mesma tecnologia, como headsets, teclados, mouses, mousepads e SSDs (unidades de estado sólido).

Iuri Santos, gerente de tecnologia da HyperX, preparou um tutorial que revela o passo a passo para deixar os componentes, literalmente, brilhando:

• Antes de adquirir a sua memória RAM HyperX com tecnologia RGB, verifique a compatibilidade do componente com sua máquina. Todas as placas-mãe compatíveis com as memórias FURY RGB e Predator RGB podem utilizar o software HyperX NGENUITY, com exceção dos chipsets Intel X99 e C621

• Confira se tem instalado o Windows 10 a partir da versão 1809 e faça todas as suas atualizações para poder rodar o software HyperX NGENUITY* perfeitamente

• Com a memória HyperX RGB devidamente instalada na CPU, baixe e instale o software gratuito HyperX NGENUITY que está disponível para download na Microsoft Store do Windows 10 em http://www.microsoft.com/pt-br/p/hyperx-ngenuity-beta/9p1tbxr6qdcx?activetab=pivot%3Aoverviewtab

• Após o download e a instalação, abra o HyperX NGENUITY

• Automaticamente, o software solicitará acesso aos recursos do sistema. Basta clicar em “autorizar acesso”

• Em seguida, aparecerá no monitor um painel com todos os componentes e periféricos que o usuário tem configurado com o software. Selecione “memória” para abrir a tela de personalização da memória RAM

• Com a tela de personalização aberta, escolha as cores e os efeitos de iluminação RGB das memórias HyperX e salve diversos perfis com as combinações que preferir

• Uma vez criados, selecione qual perfil você quer utilizar e feche o programa. Pronto, sua memória HyperX está personalizada, adequada ao seu estilo e poderá ser mudada sempre que desejar.

A HyperX oferece memórias RAM com tecnologia RGB em kits compostos por um, dois ou quatro módulos, com capacidades que variam entre 8GB e 32GB por módulo e frequências de 2400MHz a 3733MHz, para as memórias FURY, e de 2933MHz a 4000MHz para as memórias Predator.

Para mais informações sobre a HyperX e seus produtos, visite http://www.hyperxgaming.com/br .

*Programas de ajustes RGB de placas-mãe também podem ser utilizados para configurar a tecnologia RGB das memórias HyperX, mas a compatibilidade pode variar entre fabricantes e versões dos softwares dessas marcas. Para total compatibilidade de configuração da tecnologia RGB das memórias HyperX, a opção mais prática e segura é o software HyperX NGENUITY

confira cinco jogos para aproveitar ao máximo o áudio 3D ultrarrealista dos headsets HyperX Cloud Orbit

Hyperx Cloud Orbit e HyperX Cloud Orbit S. (Foto: Divulgação)

Alta qualidade sonora é essencial para uma boa experiência gamer e os headsets Hyperx Cloud Orbit e HyperX Cloud Orbit S vão ainda mais além: levam os jogadores para outra dimensão com a imersão proporcionada pelos alto-falantes planar-magnéticos da Audeze e pela tecnologia de áudio 3D Waves NX. Os jogadores podem desfrutar ao máximo das incríveis trilhas sonoras de seus jogos favoritos, mas também perceberem, pelos sons, tudo que acontece ao seu redor durante as partidas.

Graças à larga gama de frequência de resposta e à resistência a distorção dos altos-falantes planar-magnéticos de 100mm, os usuários aproveitam um áudio com mais clareza e precisão, que, somado à tecnologia 3D, oferece uma experiência sonora ultrarrealista, fazendo com o que o usuário ouça o posicionamento exato dos outros jogadores – e possa usar isso a seu favor para melhorar a sua performance.

Confira cinco jogos para aproveitar ao máximo toda a qualidade e as funcionalidades do headset HyperX Cloud Orbit:

• Gears 5

Indicado para as categorias Melhor Jogo de Ação e Melhor Design de Áudio do The Game Awards (TGA) 2019, Gears 5 faz parte de uma das franquias mais populares do mundo dos videogames. Nele, o jogador pode aproveitar ao máximo o mundo aberto com os drives planar-magnéticos Audeze dos headsets Cloud Orbit, que minimizam a distorção graças à sua construção única, com uma poderosa força magnética para acionar o diafragma com precisão excepcional.

• Death Stranding

Explore o mundo pós-apocalíptico do game do consagrado Hideo Kojima e estabeleça conexões com os poucos humanos que restaram apreciando uma das melhores trilhas sonoras, segundo o The Game Awards, com o áudio 3D Waves NX totalmente imersivo do Cloud Orbit. A trajetória do processamento de som digital simulará três dimensões de localização de áudio, proporcionando um posicionamento sonoro mais preciso, o suficiente para ajudar o jogador a estar sempre alerta aos movimentos de seus inimigos.

• Call of Duty: Morder Warfare

O icônico jogo de tiro em primeira pessoa da Activision, também indicado à categoria Melhor Design de Áudio do TGA, está entre os jogos mais populares do mundo. Na 17ª edição da franquia, o jogador não pode deixar de usar a tecnologia de rastreamento de movimento de cabeça da Waves NX. O headset Cloud Orbit S oferece essa tecnologia que rastreia os movimentos da cabeça do usuário, com registro de até mil vezes por segundo, para proporcionar uma imersão total, já que estabiliza o ambiente do áudio dentro do jogo e ajuda a dar uma localização de som muito mais exata. O jogador praticamente entrará no mundo de Modern Warfare.

• Sekiro: Shadows Die Twice

Jogo da FromSoftware e, segundo o TGA, o melhor jogo de 2019. Trata-se de um shinobi do perídio Sengoku que está a caminho de sua vingança contra um clã de samurais que atacaram e sequestraram o seu mestre. Também indicado à categoria de Melhor Desigin de Áudio, Sekiro é uma experiência auditiva de outro nível, especialmente se for jogado com a personalização avançada de áudio do Cloud Orbit. Com ela, o usuário poderá calibrar os ajustes do áudio 3D de acordo com suas preferências.

• Resident Evil 2

Indicado para Melhor Jogo do AnoMelhor DireçãoMelhor Direção de ArteMelhor Design de Áudio e Melhor Jogo de Ação do TGA 2019, é a segunda edição do jogo de terror da Capcom. O jogo se passa em Raccoon City e mantém o jogador amarrado à história do começo ao fim, isso se ele conseguir chegar até lá. Antes de morrer no game, é melhor aproveitar o microfone destacável com cancelamento de ruído e pop filter do Cloud Obrit. Isso reduzirá os sons indesejados e oferecerá um áudio de ótima qualidade.

Para mais informações sobre a HyperX e seus produtos, visite http://www.hyperxgaming.com/br.

HyperX e Champion® Athleticwear anunciam linha de vestuário que será vendida no Brasil

Reflective Collection é a segunda parceria entre as marcas e conta com camiseta, moletom de fleece com capuz e chinelo com velcro, todos com design exclusivo e logotipos reflexivos

(Foto: Divulgação)

A HyperX, divisão gamer da Kingston Technology, anuncia globalmente a HyperX x Champion® Reflective Collection, uma collab de roupas exclusiva e limitada, desenvolvida pela Champion® Athleticwear, fabricante de moda esportiva desde 1919. Composta por camiseta, moletom de fleece com capuz e um chinelo com velcro que pode ser usado com meia, todos em preto fosco com logotipos reflexivos, a coleção limitada começa a ser vendida em mais de cem países no próximo dia 9 de julho, às 12h (horário de Brasilia), pelo site http://www.champion.com.

Este é o primeiro lançamento internacional de vestuário da HyperX e a segunda coleção criada em conjunto com a Champion® Athleticwear. “A primeira foi um grande sucesso e a comunidade pedia e ansiava por designs exclusivos desenvolvidos pelos profissionais da HyperX e Champion®. Para esta nova coleção, combinamos aspectos do design clássico com uma tecnologia de tratamento reflexivo e personalizado, que ilumina os logotipos de uma forma especial, capturando o brilho da luz e refletindo de volta”, explica Stephanie Winkler, gerente de marketing estratégico da HyperX. “Este conceito tem tudo a ver com os periféricos RGB da HyperX, que oferecem estilo e bom gosto atemporal, também características da Champion® Athleticwear”, completa.

A camiseta e o moletom são unissex e estarão disponíveis dos tamanhos P ao GGG. Já o modelo masculino do chinelo terá tamanhos do P ao GG. Para mais informações sobre a disponibilidade da coleção visite a página HyperX Collab .

Para saber mais sobre a HyperX e seus produtos, visite http://www.hyperxgaming.com/br .

Três novos modelos ampliam família de headsets HyperX Cloud Stinger

Com excelente custo-benefício, a linha tem modelos com som surround 7.1 virtual, sem fio, e até uma opção específica para PS4

 A família de headsets HyperX Cloud Stinger acaba de ganhar três modelos: HyperX Cloud Stinger Core + 7.1, HyperX Cloud Stinger PS4 e o HyperX Cloud Stinger Core Wireless + 7.1. Os dois primeiros já estão disponíveis no mercado brasileiro e podem ser adquiridos pelos preços sugeridos de R$529,29 e R$399,90, respectivamente. Já o terceiro modelo estará disponível em breve.

Em comum, os três lançamentos reúnem os recursos que fizeram a família Cloud Stinger ser reconhecida pelo excelente custo-benefício. São leves – pesam pouco menos de 245g – e amigáveis, com controle de volume intuitivo na concha auricular e microfone com cancelamento de ruído, que pode ser colocado no mudo apenas com um movimento para cima.

“A família Cloud Stinger conta com modelos para todos os gostos e estilos de usuários, sempre focando no excelente custo-benefício”, disse Paulo Vizaco, diretor regional da HyperX na América Latina.

HyperX Cloud Stinger Core + 7.1 e Cloud Stinger Core Wireless + 7.1

(Foto: Divulgação

Os modelos oferecem som surround 7.1 virtual que pode ser habilitado via software gratuito HyperX NGENUITY e drivers direcionais de 40mm para som de alta qualidade com grande precisão de áudio . Para o usuário que preza a mobilidade, o Cloud Stinger Core Wireless + 7.1 pode ser utilizado sem fio com frequência de 2,4GHz e alcance de 20m e tem bateria com autonomia de até 17 horas.

HyperX Cloud Stinger PS4

(Foto: Divulgação)

Licenciado para o console PlayStation 4, da Sony, traz detalhes em azul, logo do PS na haste e drivers direcionais de 50mm para um som ainda mais potente. Extremamente confortável, graças às espumas de alta densidade (tecnologia exclusiva Memory Foam) que revestem suas hastes e conchas e adaptam-se às orelhas e cabeça do usuário conforme o uso, os fones giram em um ângulo de 90 graus para descanso no pescoço entre uma partida e outra.

Para mais informações sobre a HyperX e seus produtos, visite http://www.hyperxgaming.com/br .

HyperX Cloud Alpha S Blackout Edition traz mais uma opção de cor à reconhecida linha de headsets HyperX

Versão inteira preta do Cloud Alpha S temsom surround 7.1 virtualotimizado, tecnologia Dual Chambers e o habitual conforto da linha Cloud Alpha

A HyperX acaba de expandir a linha de headsets Cloud Alpha com o Cloud Alpha S Blackout Edition. Todo preto, o novo Alpha S Blackout tem um recurso avançado de controle de mixagem de áudio que permite ativar seu som surround 7.1 virtual otimizado e ajustar o balanço entre o som do jogo e do chat. Também é possível regular a potência dos graves em três níveis e diretamente na concha auricular, proporcionando uma experiência sonora mais rica durante as partidas. O novo headset da HyperX conta ainda com tecnologia Dual Chambers, ou seja, tem duas câmaras sonoras em cada concha auricular que separam os sons graves dos médios e agudos, reduzindo a distorção sonora e fornecendo áudio mais estável e preciso. O Cloud Alpha S Blackout Edition já está à venda no Brasil pelo preço sugerido de R$949,90.

“Os jogadores brasileiros são legitimamente exigentes com seus acessórios. No caso dos headsets, querem produtos que ofereçam alto nível de nitidez, suportem longas jornadas de uso e com absoluto conforto, e tenham atitude, sejam estilosos. O Cloud Alpha S Blackout Edition é tudo isso. Com som surround 7.1 otimizado e o conforto e qualidade da linha HyperX Cloud original, é mais uma opção para o jogador personalizar seu setup”, diz Fabio Bottallo, gerente sênior de marketing da HyperX na América Larina.

Como nos demais headsets da linha Cloud, as almofadas das conchas do novo modelo são revestidas de couro sintético, têm moldura de alumínio resistente, usam espumas de alta densidade (exclusiva tecnologia Memory Foam HyperX), adaptando-se ao usuário conforme o uso e garantindo longas horas de jogatina com conforto. O novo headset vem ainda com microfone destacável com cancelamento de ruído, cabo trançado, conjunto extra de almofadas de tecido e bolsa para transporte.

Para mais informações sobre a HyperX e seus produtos, visite http://www.hyperxgaming.com/br.

HyperX Chargeplay Clutch chega ao Brasil e traz o conforto que os jogadores de Nintendo Switch merecem

Carregador portátil funciona por indução eletromagnética e tem design ideal para quem joga no console da Nintendo

A HyperX acaba de lançar no mercado brasileiro o HyperX ChargePlay Clutch para Nintendo Switch, case portátil que carrega a bateria dos controles do console por tecnologia Qi de indução eletromagnética.

Com design pensado nos jogadores, o HyperX ChargePlay Clutch tem revestimento de borracha nas laterais do suporte para encaixar nos controles Joy-ConTM e estrutura traseira que permite jogar com estabilidade.

O HyperX ChargePlay Clutch vem com bateria de 6.000 mAh que pode ser removida e também usada como um powerbank enquanto os grips do dispositivo estão em uso. A bateria tem indicador LED de carga e porta USB tipo C para carregamento via cabo.

O HyperX ChargePlay Clutch já está à venda no Brasil pelo preço sugerido de R$549.

Tecnologia Qi

De acordo com o NPD Group, o mercado de carregamento sem fio nos EUA cresceu 96% de 2017 a 2019, e a tecnologia de carga por indução eletromagnética continua ganhando força. A HyperX tem em seu line-up o mouse HyperX Pulsefire Dart, com certificado Qi para carregamento sem fio, e o HyperX ChargePlay Clutch para dispositivos móveis.
Para mais informações sobre a HyperX e seus produtos, visite http://www.hyperxgaming.com/br.