Arquivo da tag: Ilhas

Seychelles lança vídeo para inspirar viajantes brasileiros

Seychelles faz vídeo de tour para as pessoas não saírem de casa. (Foto: Divulgação)

O Escritório de Turismo de Seychelles acaba de lançar um vídeo para inspirar os viajantes que precisam ficar em casa neste momento. O país quer lembrar os brasileiros que não apenas eles sentem falta do mundo, como o mundo também sente a falta deles.

Com lindas imagens do país, Seychelles mostra que o momento é de parar, respirar, se cuidar e de refletir, mas que em breve receberá a todos de braços abertos, com suas praias de águas transparentes, povo caloroso, cultura vibrante e natureza intacta.

Seychelles convida a todos a assistirem ao vídeo e sonharem com suas próximas viagens, e espera poder trazer inspiração com suas paisagens paradisíacas e momentos memoráveis.

Para assistir ao vídeo de Seychelles, clique aqui.

Para mais informações sobre Seychelles, acesse www.visiteseychelles.com e o site Bureau Mundo, escritório virtual da GVA: www.bureaumundo.com.

7 ilhas exclusivas para se hospedar em 2019

O novo ano se aproxima e já é hora de pensar nas listas de aspirações para 2019. Alguns escrevem suas metas em papeis, outros fazem desejos pulando sete ondas na virada do ano, cada um tem seu próprio ritual para iniciar o ciclo renovado e cheio de energia para realizar sonhos. Que tal incluir na lista uma ilha exclusiva para conhecer e se hospedar?

Seychelles é um arquipélago paradisíaco composto por 115 ilhas no Oceano Índico, cada vez mais procurado por brasileiros. Além das principais, há diversas ilhas com uma única opção de acomodação. A experiência de se hospedar em uma delas é única e os hóspedes, tratados com todos os mimos, se sentem como reis e rainhas por alguns dias. Se hospedar em uma ilha exclusiva de Seychelles é um item indispensável em uma lista de desejos e metas de pessoas que buscam um local de natureza preservada e cultura autêntica. Se o orçamento não permitir uma estadia longa, vale a pena incluir uma ou duas noites no roteiro e ter uma experiência inesquecível em casal, com a família ou amigos. Veja abaixo uma lista de ilhas exclusivas para se hospedar em 2019:

Alphonse

ei
(Foto: Alphonse Island)

Alphonse é um grupo de atóis do arquipélago de Seychelles. O conjunto de três ilhas – Alphonse, St Francois e Bijoutier – é considerado um dos locais mais intocados do planeta, com praias de areia branca e águas transparentes, florestas densas e coqueirais, além de centenas de espécies de flora e fauna. A ilha Alphonse possui um único resort, com 21 bangalôs e cuja gastronomia é inspirada na atmosfera tropical e utiliza ingredientes da horta local e peixes frescos. Uma visita a ilha Bijoutier é imperdível, com suas praias desertas e águas completamente cristalinas e calmas. Já na St. Francois Island, a pesca é uma das principais atividades devido à grande variedade de espécies marinhas e águas preservadas e pouco exploradas. Alphonse é muito comprometida com a conservação de sua fauna e flora e promove pesquisa, reabilitação e programas de monitoramento. Mais informações

Denis Island

ei (1)
(Foto: Denis Island)

Denis Island é uma ilha coralínea repleta de palmeiras e praias de areia branca. A paisagem natural, as acomodações charmosas e a tranquilidade de um lugar quase intocado pelo homem fazem de Denis um paraíso preservado. O resortcinco estrelas Denis Private Island é o único da ilha e tem como proposta se desconectar da vida digital, por isso não há conexão de internet nos quartos, sinal de telefone ou televisão. A administração local é focada em sustentabilidade, para reduzir desperdício e maximizar o que a ilha oferece. Há uma oficina autossustentável de madeira e carpintaria, que produz os pisos do hotel e boa parte dos móveis. E para diminuir a pegada de carbono, utilizam ao máximo materiais e métodos locais. Ali, é possível realizar diversas atividades que permitem a interação com a natureza. Mais informações

Desroches

ei (2)
(Foto: Seet, Ken – Four Seasons)

Na ilha está localizado o Four Seasons Resort Seychelles at Desroches Island, mais novo resort de luxo das Ilhas Seychelles. O local oferece bangalôs de praia, villas, suítes e residências com vários quartos, de decoração rústica e natural, com toque vintage. Há diversas experiências para os hóspedes, como restaurantes com conceitos diferenciados, trilhas para ciclismo, passeios guiados em ambientes naturais preservados, contato com tartarugas gigantes, pesca, snorkeling e mergulho, quilômetros de praias de areia branca e muitas outras atrações para passar férias tropicais inesquecíveis. Mais informações

Felicité

ei (3)
(Foto: Six Senses Zil Pasyon)

Quinta maior ilha de Seychelles, Felicité é a casa do luxuoso resort Six Senses Zil Pasyon, onde cada detalhe foi pensado para oferecer uma experiência sensorial aos hóspedes. As instalações foram construídas entre rochas e vegetação natural, com decks ao ar livre, quartos com paredes de vidro e piscinas privativas com vista para o mar. Oresort oferece diversas atividades voltadas para o bem-estar, como um spa, programas de ioga e um centro fitness especializado em treinamentos funcionais. Um diferencial do resort é o Sleep With Six Senses, um serviço que visa oferecer um sono de excelente qualidade aos clientes. Mais informações

Frégate Island

ei (4)
(Foto: Fregate Island)

Frégate Island é outra ilha exclusiva de Seychelles. São 16 residências, com terraço, piscina de borda infinita e jacuzzi, e um complexo chamado Banyan Hill Estate, com chef particular, mordomo e camareira. Além dos restaurantes e bares que existem no resort, é possível escolher lugares inusitados para uma refeição, como uma casa na árvore. A Frégate island, inclusive, cultiva sua própria horta orgânica, garantindo que todos os produtos sejam frescos e deliciosos. A ilha é casa de sete praias paradisíacas, com bebidas geladas, espreguiçadeiras e duchas à disposição dos hóspedes. Frégate também tem um yatch club e um porto privativo, com quatro barcos esportivos e um clube de mergulho, e o Rock Spa, que oferece uma sessão de ioga e um ritual de boas-vindas de cortesia para cada hóspede. Mais informações

North Island

ei (5)
(Foto: North Island)

North Island é tudo o que se espera de uma ilha tropical no paraíso, com paisagens de tirar o fôlego que combinam colinas e praias de areia branca rodeadas por um mar azul turquesa. O único resort da ilha, de nome homônimo, oferece um serviço de altíssimo luxo e proporciona ao hóspede o que ele desejar, a qualquer momento. São apenas 11villas que garantem o máximo da exclusividade, em meio a palmeiras tropicais e rochas graníticas enormes. Sua arquitetura é um equilíbrio entre o luxo e simplicidade, criada com materiais locais e apelidada de “barefoot luxury”.Mais informações

Silhouette

ei (6)
(Foto: Hilton Seychelles Labriz)

Silhouette é um parque marinho desde 1987 e possui uma grande diversidade de flora e fauna endêmicas. O local é um refúgio preservado e permaneceu inalterado por muito tempo. Sua rica vegetação tropical pode ser conhecida por trilhas em seu interior montanhoso. As praias são protegidas por recifes de coral e algumas podem ser acessadas apenas por barcos. Ali vive uma população de 130 habitantes e é a casa do sofisticado resort Hilton Seychelles Labriz, com villas espaçosas com jardins privativos e chuveiros outdoor. Muitas dão acesso direto à extensa e paradisíaca praia em frente ao resort. Os hóspedes podem fazer um mergulho ou passeio de snorkeling para conhecer a vibrante e diversificada vida marinha local, trilhas, um piquenique na praia, passeio em um cruzeiro ou um jantar pé na areia à luz da lua, entre muitas outras experiências. Mais informações

O que você precisa saber antes de ir a Seychelles

Com paisagens paradisíacas, Seychelles é um destino que cada dia mais cai no gosto dos brasileiros. O arquipélago é obrigatório na wish list de todo mundo e o melhor é que é um sonho que pode ser realizado facilmente. Veja abaixo uma lista de informações que você precisa saber antes de viajar para Seychelles:

blog-7.jpg
Seychelles é uma paraíso africano. (Foto: Divulgação)

Sobre o destino:

As três ilhas principais, chamadas Mahé, Praslin e La Digue, são as mais povoadas, com o maior número de hotéis, restaurantes e atividades e as mais populares entre os viajantes. Há também ilhas sem hotéis que são uma ótima opção para passar o dia além de diversas ilhas exclusivas, com uma única opção de acomodação, que oferecem uma viagem com mais privacidade e sofisticação, como a Felicité (Six Senses Zil Pasyon), Desroches (Four Seasons Resort), North Island, Silhouette Island (Hilton Seychelles Labriz), Denis Island, Fregate Island, entre outras.

Seychelles tem um terreno montanhoso, com encostas repletas de árvores, que contrastam com as águas cristalinas e areia branca das praias, formando um visual lindíssimo. Mas o destino vai muito além das praias paradisíacas e com paisagens inconfundíveis. Há incontáveis atrações e experiências para todos os gostos, diferentes viagens em um único roteiro e uma biodiversidade impressionante.

O que levar:

O viajante que está indo para Seychelles deve levar roupas leves que casam com um clima tropical – quente, úmido e ensolarado. O ideal é trazer na mala chapéus, óculos escuros, protetor solar, uma câmera e um look casual para jantar à noite (calça e sapatos apropriados para os homens). Sapatos resistentes são indicados para quem quer fazer trilhas.

Visto:

Não há necessidade de visto para entrada no país, apenas passaporte com validade de seis meses.

Vacina:

Para entrar no país é obrigatória a apresentação do Certificado Internacional de Vacina Contra Febre Amarela.

Como chegar:

Existem diversas companhias aéreas que realizam a rota entre os países com apenas uma conexão, nos Emirados Árabes, na África e até mesmo na Europa: Emirates Airline (conexão em Dubai), Turkish Arlines (conexão em Istambul), Qatar Airways (conexão em Doha), Ethiopian Airlines (conexão em Adis Abeba), South African Airways em code share com Air Seychelles (conexão em Joanesburgo) e Air France (conexão em Paris). A Latam Airlines também voa até Joanesburgo e de lá é possível comprar um ticket da Air Seychelles.

O aeroporto internacional de Seychelles fica localizado na ilha principal do destino, chamada Mahé. Ali é a porta de entrada de todos os voos internacionais. Ainda é possível chegar em Seychelles por vias marítimas, como barcos e cruzeiros.

Deslocamento entre ilhas:

O deslocamento entre as ilhas é bem simples. Entre Mahé e Praslin, as ilhas maiores e principais, há um ferry de aproximadamente uma hora operado pela companhia Cat Cocos, com seis opções de horários todos os dias, ida e volta. É possível também fazer um voo curto de 15 minutos pela Air Seychelles, saindo do aeroporto internacional de Mahé até o aeroporto de Praslin. Para as ilhas exclusivas, existem transfers de barco também ou de helicóptero, com a companhia Zil Air. Para a ilha Desroches, que é mais afastada e faz parte do grupo de ilhas exteriores, há um voo de 35 minutos a partir do aeroporto internacional de Mahé.

Transporte interno:

O transporte interno de cada ilha é diferente, dependendo de seu tamanho e características. Mahé e Praslin, por exemplo, têm um território muito maior do que suas vizinhas e os hotéis, praias e atrações ficam mais distantes. O ideal é utilizar táxis ou contratar serviços de transfers terrestres para visitar as ilhas. Há também ônibus públicos em Mahé que podem ser utilizados, com um terminal na capital Victoria. Já La Digue é uma ilha pequena, onde não há carros. Todo o transporte é feito de bicicleta, a pé, carros de boi ou carrinhos de golfe para levar os viajantes aos hotéis. Em ilhas exclusivas é similar, com bicicletas à disposição dos hóspedes e carrinhos de golfe para levá-los em diferentes partes do resort.

Para quem está interessado em alugar um carro em Mahé ou Praslin, é importante lembrar que é preciso de uma licença internacional de direção e que em Seychelles se dirige na mão esquerda.

Fuso horário:

GMT +4. Os visitantes conseguem aproveitar cerca de 12 horas de sol por dia ao longo do ano.

Moeda:

A moeda oficial do destino é a Rúpia de Seychelles e cartões de crédito Mastercard e Visa são bem aceitos nas ilhas. Há caixas eletrônicos nos maiores bancos de Mahé, Praslin e La Digue, além dos aeroportos das duas ilhas principais, onde é possível sacar Rúpias de Seychelles.

Línguas Oficiais:

Seychelles tem três línguas oficiais, devido ao seu processo de colonização por países europeus. Os seychellois falam inglês, francês e creole, facilitando bastante a comunicação com os turistas.

Clima:

Seychelles possui um clima quente o ano inteiro, com temperatura média entre 24ºC e 32ºC. Então não importa a época da viagem, a temperatura sempre será excelente para aproveitar as férias.

Gorjeta:

A maioria dos serviços já inclui uma taxa de 5% a 10%, assim a gorjeta não é obrigatória em Seychelles.

Para mais informações sobre Seychelles, acesse www.visiteseychelles.com

4 lugares para visitar no Arquipélago da Madeira em 2018

Recém-eleito o melhor destino insular do mundo pela WTA, o Arquipélago da Madeira tem paisagens impressionantes, excelentes atrações para seus turistas e gastronomia sem igual. Mas se engana quem acredita que é apenas na sua simpática capital, Funchal, que se pode aproveitar toda essa oferta turística.

Com seus mais de 740 quilômetros quadrados, a Ilha da Madeira possui pequenos municípios recheados de histórias e rodeados por belezas naturais incríveis. Confira abaixo alguns dos lugares que você não pode deixar de conhecer durante a sua estadia na ilha.

Ponta do Sol

 

Lombada_Ponta do Sol(1)
(Foto: Divulgação)

Um paraíso na costa sul da Madeira, Ponta do Sol tem esse nome por ser considerado o local mais quente da ilha e é perfeito para aproveitar um belo dia de sol. É aqui que está situado o planalto de Paul da Serra, que proporciona uma fascinante vista do município. Não deixe de explorar as edificações históricas do local, como o Palacete do Lugar de Baixo, a Ponte do Caminho Real, o Centro Cultural John de Passos e a Igreja de Nossa Senhora da Luz, a matriz da cidade.

 

Câmara de Lobos

Camara de Lobos 1 - Credito Turismo da Madeira
(Foto: Divulgação)

Oferece ótimas atrações para seus visitantes, como o Ilhéu de Câmara de Lobos, um rochedo sobressalente ao mar que possui um belo jardim, além de uma vista deslumbrante. A Igreja de São Sebastião, a Capela de Nossa Senhora da Conceição e o antigo Convento de São Bernardino são paradas obrigatórias para se apreciar a rica história local. Conheça também a charmosa vila de Curral das Freiras, único ponto da ilha de onde não se avista o mar, além do Estreito de Câmara de Lobos, onde se fabrica a principal iguaria da região: o vinho Madeira. Por isso, todos os anos recebe a Vindima ao Vivo da Festa do Vinho, que proporciona animação musical e desfiles aos visitantes, que podem também participar da colheita e da pisa das uvas.

Santana

Praia do Faial - Santana - Credito Turismo da Madeira
(Foto: Divulgação)

Com impressionantes paisagens verdejantes cortadas pelas Levadas, Santana é o lugar perfeito para se apreciar a beleza natural da Ilha da Madeira, já que é considerada uma “Reserva da Biosfera” pela UNESCO e por ter o Parque Temático da Madeira e a Reserva Natural da Rocha do Navio em seu território. Para os aventureiros, os pontos mais altos da região portuguesa estão aqui: Pico Ruivo, o Pico das Torres e o Pico do Areeiro, todos com percursos terrestres. Já na cidade, as curiosas casinhas típicas chamam a atenção dos turistas. Com formato triangular, são revestidas de colmo e, originalmente, possuem um sótão para armazenamento de produtos agrícolas e por um piso térreo para moradia.

Machico

Prainha_Canical_Machico_Credito Turismo da Madeira

(Foto: Divulgação)

A pequena cidade de Machico tem grande valor histórico para o arquipélago português, pois foi aqui que desembarcaram os descobridores Gonçalves Zarco e Tristão Vaz Teixeira, em 1419. Seus cenários encantadores com exuberante vegetação e mar aberto convidam a um passeio pelos mirantes, como o Pico do Facho, de onde se tem um incrível panorama do vale e da baía de Machico, da vila de Caniçal e da Ponta de São Lourenço. Para os amantes do golfe, o Club de Golf Santo da Serra é considerado um dos mais espetaculares campos da Europa, com vistas inacreditáveis para as montanhas e para o oceano. Visite ainda o Museu da Baleia, a Zona Franca e reserve um tempo de relaxamento em uma das únicas praias de areia da ilha, conhecida como Prainha.

Ilhas curiosas localizadas na Noruega

A geografia do território da Noruega é toda cortada pelo mar, por isso em sua costa existem diversos fiordes e ilhas que foram formadas. Algumas ilhas como Svalbard e Lofoten são mais conhecidas pelos viajantes, mas existem outras dezenas que podem ser destinos bem curiosos de viagem. Confira:

A bucólica ilha de Grip

Grip (1)
(Foto: Divulgação)

A ilha de Grip consiste no menor município de toda a Noruega. Apenas algumas dezenas de pessoas moram no local, que é privilegiado com uma belíssima paisagem. As casinhas de madeira coloridas completam o cenário dessa incrível vila de pescadores. O local pode ser visitado de barco, a partir da cidade de Kristiansund.

Ilha Frøya e seus safáris

Frøya (1)
(Foto: Divulgação)

Na ilha de Frøya existem alguns safáris bem curiosos, um deles é dedicado à observação de focas. Existem diversas espécies de focas nas regiões costeiras da ilha, algumas delas são mais ariscas e se afastam com medo da proximidade humana, mas outras são amigáveis e permitem que os viajantes cheguem bem perto.

As premiadas Ilhas Vega

Vega (1)
(Foto: Divulgação)

As Ilhas Vega são um dos locais na Noruega que ganharam o certificado de Destino Sustentável, um selo de qualidade conferido a todos os destinos com êxito em ações de redução do impacto ambiental causado pelo turismo. Não bastasse isso, o arquipélago logo ao sul do Círculo Ártico também foi reconhecido como Patrimônio Mundial da UNESCO em 2004.

Merdø, a ilha sem carros

Merdø (2)
(Foto: Divulgação)

Próxima ao vilarejo de Arendal está a pequena ilha de Merdø, que possui charmosas casinhas de madeiras e ruas estreitas, por onde não circulam nenhum carro. O local é ideal para um passeio de um dia, incluindo uma caminhada na praia, um piquenique e uma visita ao museu do local.

Ilha Senja e suas orcas

Senja-baixa
(Foto: Divulgação)

A ilha Senja é a segunda maior da Noruega e está localizada acima do Círculo Polar Ártico, sendo conectada ao continente através de uma ponte. Lá, o maior destaque turístico são os passeios e safáris para observações das orcas, icônicas baleias que vivem nas águas geladas da região.

Dias de sonho e encanto no Pacífico

Viagens por algumas das mais belas ilhas espalhadas pela Polinésia Francesa compõem roteiros exclusivos da Visual Turismo

Imagine um cenário composto por céu azul, praias de águas cristalinas, mornas e tranquilas de cor ciano rodeadas por areia branca e bem fininha e cercadas por belas montanhas verdes e coqueiros que oferecem sombras relaxantes. Agora some a isso bangalôs repletos de charme e exclusividade instalados sobre o mar e uma hospedagem inesquecível bem no coração do que se pode chamar de paraíso.

Parece sonho, mas tudo se torna realidade na Polinésia Francesa, um conjunto de cinco belíssimos arquipélagos encravados no meio do Oceano Pacífico. Abrigo de atóis e mais de 100 ilhas, as paisagens formadas nesta porção do planeta deixam qualquer um boquiaberto, como é o caso da mais romântica de todas as ilhas, Bora Bora, conhecida por ser um dos lugares mais procurados por casais em lua de mel por oferecer praias calmas e resorts luxuosíssimos, que montam o panorama perfeito para uma viagem inesquecível a dois.

Além dela, outra que oferece bastante romantismo é a bela Moorea, que conta ainda com a possibilidade de estar perto da vida marinha e observar raias e tubarões durante os passeios pelas águas calmas e transparentes, que são também perfeitas para a prática de alguns esportes náuticos como o Stand Up Paddle.

Tetiaroa é outro destino na Polinésia Francesa que todos devem visitar um dia na vida. Foi refúgio de Marlon Brando por mais de 30 anos, que tanto se apaixonou por ela que acabou comprando a ilha e o resort lá construído leva seu nome em homenagem. Um atol cercado por uma enorme barreira de corais montam uma imagem perfeita de um mar pintado em diversos tons de azul e cercado por uma natureza de tirar o fôlego.

Reconhecida no mercado de turismo por oferecer viagens de excelência por todos os cantinhos do mundo, a operadora Visual Turismo desenvolveu três roteiros especiais que unem os pontos mais famosos e inebriantes do destino.

A primeira opção, que tem valores a partir de € 2.484 por pessoa, inclui duas noites de hospedagem em Papeete, a porta de entrada e capital da Polinésia Francesa, no Le Meridien Tahiti, e seis no resort Bora Bora Pearl Beach & Spa com café da manhã. Traslados terrestres com colares de flores e conchas na chegada e saída, respectivamente e o trecho aéreo interno também fazem parte da viagem oferecida pela Visual.

No segundo roteiro oferecido pela operadora, Papeete, Moorea e Bora Bora são os pontos de parada. Duas noites de hospedagem no Le Meridien Tahiti, três noites no Sofitel Moorea La Ora Beach Resort e três no Bora Bora Marara Beach Resort, todas com café da manhã, traslados terrestres com colares de flores e conchas na chegada e saída e os trechos internos feitos em catamarã e avião também estão incluídos. Os preços partem de € 2.258 por pessoa.

A terceira e última opção da Visual oferece aos turistas duas noites de hospedagem no Intercontinental Papeete, três noites no St. Regis Bora Bora com café da manhã e três no The Brando, em Tetiaroa, em sistema all inclusive. Os traslados terrestres com colares de flores e conchas e os trechos internos de avião também fazem parte da viagem que tem preços a partir de € 11.998 por pessoa.

Todos os roteiros incluem somente a parte terrestre e podem ser divididas em até 10 vezes iguais. As saídas acontecem nos meses de outubro e novembro de 2017 e todas contam com cartão de assistência de viagem e uma noite de hospedagem no hotel Hilton Garden Inn Aeroporto em Santiago, no Chile, para a escala do voo internacional.

Mais informações no site www.visualturismo.com.br.

5 ilhas exclusivas no Oceano Índico

O arquipélago de Seychelles possui 115 ilhas espalhadas pelo Oceano Índico. Algumas oferecem uma única opção de acomodação, proporcionando uma viagem com muita privacidade e exclusividade, já que poucas pessoas no mundo já tiveram a oportunidade de conhecer esses paraísos isolados. Veja abaixo uma lista de cinco ilhas exclusivas em Seychelles:

Denis

Denis Island está apenas a 25 minutos de voo de Mahé, principal ilha do arquipélago, e é tudo o que se imagina que uma ilha deserta deva ser. Formada por corais, é repleta de palmeiras, praias de areia branca e recifes. É bastante procurada por viajantes que apreciam a pesca e saem em alto mar em busca de barracudas, marlins, aguilhão vela e outros peixes. O resort 5 estrelas Denis Private Island oferece um estilo casual e elegante, apreciado por sua clientela. A proposta da ilha é justamente relaxar e se desconectar da vida digital, por isso não há conexão de internet, sinal de telefone ou televisão. Ah, e a comida é orgânica!

Desroches

A uma hora de voo de Mahé, Desroches é a maior do grupo de ilhas denominado Amirantes. A ilha coralínea possui 8Km de praias de areia branca ricas em palmeiras, formando um cenário tropical paradisíaco e encantador. Uma das principais atrações do local são os mergulhos, um dos melhores locais para a atividade no arquipélago. O único resort está situado em um coqueiral na frente da praia e oferece serviços excelentes, que supreendem por se tratar de um lugar tão remoto.

Sillhouette

Silhouette. (Foto: Hilton Seychelles Labriz)
Silhouette. (Foto: Hilton Seychelles Labriz)

Terceira maior ilha granítica, pode ser avistada pela costa norte de Mahé. Silhouette tem uma população de 130 habitantes e o resort 5 estrelas Hilton Seychelles Labriz. A ilha é um refúgio super preservado e permaneceu inalterado por muito tempo. Não há ruas, então apenas uma caminhada pode revelar a rica vegetação tropical do interior montanhoso. Praias intocadas são protegidas por recifes de coral e algumas só podem ser acessadas por barcos.

Round

Vizinha do Parque Nacional Ste. Anne Marine, a ilha Round apresenta praias incríveis e cavernas, excelentes para natação. Uma volta pela ilha dura cerca de 15 minutos. Round é a casa do Enchanted, um novo boutique resort com chalés privativos. Um local lindo para esquecer da rotina, relaxar e ter férias inesquecíveis.

North

North Island Credito North Island.(Foto: Wilderness Safaris)
North Island Credito North Island.(Foto: Wilderness Safaris)

Talvez o melhor adjetivo para descrever a beleza da North Island seja: absoluta. É uma ilha dos sonhos e corresponde perfeitamente a nossas ideias de uma ilha tropical no paraíso. Seja chegando de barco ou helicóptero, a ilha te transporta para um mundo de beleza natural intocado: o verde esmeralda de suas colinas combina perfeitamente com o azul turquesa do mar e o branco de suas areias, compondo uma obra de arte que pode ser conhecida e experimentada. O único resort da ilha oferece um serviço de altíssimo luxo e proporciona ao hóspede o que ele deseja no momento em que deseja.

Para saber mais sobre o destino, acesse www.visiteseychelles.com.