Arquivo da tag: Índia

10 dicas para aproveitar o melhor da Índia

A Latitudes, produtora de viagens de conhecimento, dá dicas para explorar riquezas culturais e históricas da Índia e oferece roteiros que mostram facetas inusitadas do país.

Em 2018, a Latitudes, especializada em viagens de conhecimento, se debruça sobre a Índia para apresentar o esplendor cultural e a diversidade do país, incluindo rotas que fogem do tradicional. Com experiência e profundo conhecimento do destino, os profissionais da Latitudes também dão dicas para quem quer explorar esse destino inigualável. Confira:

Índia - 5.jpg
Latitudes dá dicas de roteiros na Índia. (Foto: Divulgação)

1. Participar da cerimônia do fogo (AARTI), em Varanasi–a bela cerimônia hindu ao pôr do sol é uma forma de puja (oferenda), no qual lamparinas são oferecidas às águas do Ganges como forma de agradecer pela luz que nos ilumina todos os dias, purificando pensamento, espírito e corpo.

2.       Fazer uma massagem ayurvedica – O Ayurveda, tradicional medicina indiana, tem mais de 5 mil anos e a massagem é parte importante de suas técnicas, com toques profundos e vigorosos e uso de óleos naturais, estimulando a energia vital, a circulação sanguínea e a respiração. Imperdível.

3.       Participar de um jantar típico – Fazer parte de um jantar típico, onde as mulheres vestem sari e os homens turbante fica para sempre na memória. As melhores oportunidades para viver esta experiência são durante os jantares promovidos nos próprios hotéis.

4.       Pernoitar em um desertcamp – Os acampamentos são a melhor e mais confortável forma de admirar as cores únicas do deserto e conhecer as tradições das populações locais. Os desertcamps hoje oferecem todo o conforto, com ar condicionado, música tradicional e deliciosa comida típica para uma experiência memorável.

5.       Viver como um marajá – Alguns palácios que ainda pertencem a marajás atualmente são utilizados como hotéis. Hospedando-se neles é possível experimentar toda a miseenscène e a luxuosa receptividade indiana em cada detalhe.

6.       Visitar o Taj Mahal – A dica parece óbvia, mas a visita é de fato imperdível, especialmente se for um dia limpo para ver o nascer do sol, com o céu todo em fantásticos tons de rosa.

7.       Ir ao cinema em Jaipur – Ver os filmes de Bollywood in loco é uma experiência única. Os indianos são loucos por cinema, e a produção de Bollywood é inacreditável.

8.       Passear de tuktuk – Com esse típico meio de transporte indiano você pode explorar cada cantinho do mercado de Delhi, descobrindo todas as cores e texturas locais.

9.       Visitar templos – A Índia é lugar de deslumbrantes templos religiosos. Visite especialmente os templos Hindus, Sikhs e Jainistas.

10.     Aguçar os sentidos – Perceba e deixe-se encantar por toda a experiência sensorial que a Índia proporciona: sons, cores únicas, o sabor inigualável da gastronomia local. É por isso que a Índia mexe tanto com os nossos sentidos. Relaxe e aproveite cada detalhe da viagem.

 

Para experimentar isso tudo, a Latitudes oferece os seguintes roteiros a partir do começo de 2018:

Berço de Religiões e Esplendor de uma Cultura Milenar –de 13 a 28 de janeiro, o roteiro mostra a força religiosa, filosofias de vida diversificadas, as artes e a arquitetura que fazem da Índia um país com inúmeros selos de Patrimônio da Humanidade. Lucia Brandão, especialista em culturas do Oriente, acompanha o grupo para traduzir o legado do país que continua a inspirar povos e culturas em todo o mundo. Roteiro detalhado no link.

Tradição e Cultura–O roteiro passa pelas cidades mais vibrantes da Índia, como Mumbai, centro financeiro e de Bolywood, Delhi e Agra, e que formam um mosaico de variadas influências e tradições milenares. Um guia local que fala português acompanha o grupo, de 3 a 15 de fevereiro. Roteiro detalhado no link.

Festival das Cores (Holi Festival)– Este será o tema da viagem realizada de 25 de fevereiro a 10 de março. Marcando o início da primavera, o Holi é celebrado em todo o país, mas toma grandes proporções em Jaipur, rodeado pela atmosfera espiritualizada de rituais e eventos que fazem parte do cotidiano de seus habitantes. Roteiro detalhado no link.

Peregrinação e Autoconhecimento – A cidade sagrada de Rishikesh, aos pés do Himalaia, é ponto de partida para o roteiro realizado de 25 de fevereiro a 13 de março, com práticas, vivências, ensinamentos e satsangs (encontros conduzidos por um mestre, com mantras e meditação). O roteiro termina em Auroville, comunidade criada com o propósito de compartilhar a fraternidade, a liberdade e a unidade humana na diversidade. O grupo será acompanhado do especialista Marco Schulz, que há mais de 20 anos conduz grupos em peregrinações pelo mundo e coordena o Simplesmente Yoga. Roteiro detalhado no link.

Latitudes lança roteiros para regiões pouco exploradas da Índia e da Europa

Até viajantes experientes vão se surpreender com a Índia intocada da região do Ladakh, e com as pouco conhecidas Armênia e Geórgia

A Índia suntuosa do Taj Mahal é também a da simplicidade dos monges tibetanos, formando um mosaico com diversas facetas que a tornam um destino encantador. E entre 18 e 29 de julho, a Latitudes, pioneira em introduzir o conceito de viagens de conhecimento no Brasil, percorre a Índia com um seleto grupo comandado por um guia local que fala português.

ViewImage (3).jpg
Latitudes apresenta roteiros inusitados pela Europa e Índia. (Foto: 

Durante dez dias, os viajantes ficarão diante de duas Índias. A primeira já permeia o imaginário dos turistas e é reconhecida através dos símbolos mais difundidos como o Taj Mahal.A outra é mais peculiar e inédita para os brasileiros, e tem expressões culturais mais próximas dos países islâmicos e do Tibet, como a região de Ladakh, no extremo nordeste do país. Ali, a presença do Budismo tibetano se faz perceber em todos os detalhes: nas cores dos templos, das casas, dos muros, no modo de vida e nas vestimentas dos monges, na arquitetura e nos sons emitidos pelas cornetas tibetanas.

Saindo de São Paulo, o roteiro segue até Dehli e depois até Kullu. As estradas levam a Leh, capital do Ladakh, uma cidade emoldurada pelas montanhas e rica em estupas, construções em estilo tibetano.

Europa inexplorada

Já em setembro, a Latitudes leva o turista brasileiro a desbravar um lado pouco conhecido da Europa, a Armênia e a Geórgia.

Na beleza cênica da região montanhosa da Eurásia, entre o mar Negro e o mar Cáspio, está a Armênia. Ierevan, a capital, surpreende por um contraste harmônico entre a modernidade e a tradição. O Cafesjian Museum of Contemporary Art, inaugurado em 2009, é uma das novas atrações da cidade que valem a visita. Lugares históricos como o Monte Ararat, Echmiadzin e monastérios com vistas impressionantes revelam a força da fé dos armênios e trazem à tona a forte relação com a história do país.

Torres e castelos também marcam a paisagem da Geórgia, país localizado no encontro da Europa com a Ásia. A capital Tbilisi deixa transparecer as influências culturais marcantes da Turquia, Rússia, Pérsia e da Ásia Central. Igrejas e monastérios dividem o espaço com arquitetura contemporânea, uma agitada vida noturna e estrutura turística de primeira linha.

Há ainda a opção de acrescentar o Azerbaijão no roteiro. Na moderna e histórica capital Baku, os muros da Cidade Velha protegem construções do século 15. Do lado de fora, uma metrópole pulsante e em crescimento. A antiga cidade de Shaki também merece atenção do visitante, especialmente de quem vai em busca da tapeçaria de seda, tradicional do país. As casas de chá são outro símbolo enraizado na cultura do Azerbaijão. Um workshop de artesanato de vitrais – shebaka – completa a experiência.

 

Confira os roteiros:

Ladakh– Índia: com guia local, de 18 a 29 de julho. Roteiro detalhado no link.

Armênia e Geórgia – De Ierevan a Tbilisi (extensão Azerbaijão): com anfitrião Latitudes, de 17 a 30 de setembro. Roteiro detalhado no link.

Experiência única no restaurante Tantra seguindo a lenda do imperador mongol Gengis Khan

Seguindo a lenda do imperador mongol Gengis Khan, o restaurante Tantra explora a culinária asiática e intensifica a cultura através dos sabores exóticos e afrodisíacos oferecidos não só no cardápio, como também no curioso “Mongolian Grill”, como na época em que os guerreiros preparavam suas refeições usando os escudos como panelas e os capacetes como pratos.

O cliente monta sua própria receita em cumbucas, usando a criatividade para escolher entre frutos do mar (lula, camarão, tubarão e salmão), carnes (búfalo, cordeiro, javali e frango), e mais de 42 tipos de especiarias (ervas, molhos e temperos). A chapa no centro do restaurante é uma atração, onde o cozinheiro finaliza as criações e combinações inusitadas e saudáveis.

Restaurante Tatra oferece experiência única. (Foto: Divulgação)
Restaurante Tatra oferece experiência única. (Foto: Divulgação)

A decoração rústica e charmosa, contempla o espaço fundamento no feng shui. Quadros, estátuas, objetos foram minuciosamente escolhidos pelo chef Eric Thomas em suas viagens aos países asiáticos. Pioneiro no conceito de gastronomia com entretenimento, ao jantar no Tantra, é possível assistir atrações peculiares, como: danças étnicas, show aéreos e performáticos, acrobacias, entre outras.

Para saber mais sobre o restaurante Tantra, acesse: www.tantrarestaurante.com.br

Informações de serviço
Endereço: Rua Chilon, 364 – Vila Olímpia
Tel.: 3846.7112
Horário de funcionamento:
Almoço: Segunda a Sexta –  das 12h às 15h / sábado e domingo – das 13h às 17h.
Jantar: Segunda a terça – das 18h às 00h / de quarta a quinta – 18h à 01h / sexta – das 18h às 02h / Sábado – das 19h às 02h / Domingo – fechado.
Aceita cartões: Amex, Visa, Master, TR, VR e Visa Vale. Aceita cheques.
Possui acesso para cadeirante.
Não possui ar condicionado.