Arquivo da tag: Italy

La Cucina Piemontese oferece menu executivo com sabor da Itália

Um cardápio executivo com todo requinte da gastronomia italiana contemporânea é a aposta do restaurante La Cucina Piemontese para o horário do almoço, de terças às sextas-feiras, exceto nos feriados. Das 12h30 às 16h, as opções do menu executivo incluem entrada e prato principal, no valor de R$ 59,00. Por R$ 69,00 o cliente pode ainda acrescentar uma sobremesa ou taça de vinho.

La Cucina Piemontese tem novo menu executivo para o almoço. (Foto: Divulgação)

A cada dia da semana, o restaurante sugere um “prato do dia”, com opções de risotos, massas e outros. Queridinha entre os frequentadores, a lasanha a bolonhesa tem destaque cativo às quartas-feiras. O cliente pode também escolher entre as sugestões do menu tradicional, incluindo a entrada ou sobremesa do executivo, como o refrescante sorvete de banana caramelizada, exclusivo da casa.

Serviço

Endereço: Av. Valville, 550 – Alphaville

Tel: (11) 4154-4617

Funcionamento: De terça à sábado: Almoço das 12:30 às 16:00 // Jantar a partir das 19:00

Site: www.lacucinapiemontese.com.br

Redes sociais: @lacucinapiemontese

Maior ilha italiana, Sicília tem praias, montanhas e belos monumentos

A Sicília é a maior ilha italiana, dividida do continente pelo Estreito de Messina e banhada pelo Jônico, o  Tirreno  e o  Mediterrâneo

Uma das pérolas do sul da Itália, tudo para descobrir, aprender e viver uma série de itinerários alternativos que variam, de acordo com gostos e necessidades, entre natureza, história e tradição. 

E a natureza parece ter destinado a esta terra suas maiores maravilhas:  montanhas,  colinas e, sobretudo, o  mar , que com suas cores incríveis, a transparência de suas águas e a beleza de seu fundo do mar se destaca dos outros mares. 

Lampedusa – (Foto: Getty Images)

Nesta região, o  Mediterrâneo  oferece cenários, aromas e sabores tão únicos e intensos que somente a natureza pode dar.

A região é conhecida pela beleza do seu território e peculiar pela natureza, tradição, arte e história. 

Um encanto também enriquecido pela preciosa evidência arqueológica que conta as origens antigas de  Trinacria  (antigo nome da Sicília) e pelos muitos monumentos, testemunho de uma arte que foi capaz de resistir ao longo dos séculos. 

O que ver

A Sicília  oferece uma infinidade de lugares para visitar, variando entre a natureza, história e tradição. 

Entre as peculiaridades deste território, existem dois  vulcões, Stromboli e Etna , o maior vulcão ativo da Europa. O Etna está localizado no leste da Sicília. Suas erupções espetaculares criaram, ao longo dos séculos, paisagens únicas no mundo. 

Etna – (Foto: Getty Images)

Os interessados ​​na paisagem podem escolher entre as áreas protegidas dos parques regionais do Etna, Madonie  e  Nebrodi e o paraíso vulcânico de  Pantelleria, pontilhada de vistas encantadoras, como as da ” Pertusa di Notaro ” (caverna que exala ar fresco) e o característico  dammusi  (edifícios típicos de pedra de lava). 

O Valle del Bove,  com seus muros de até 1000 m de altura, a  Grotta del Gelo,  com o único exemplo de geleira perene existente nessas latitudes, o  Gole dell’Alcantara , uma densa rede de canais rochosos atravessados ​​pelas águas frias de seu rio, são algumas das maravilhas que podem ser admiradas visitando este gigante da natureza.

Ilhas 

As ilhas que cercam a Sicília são numerosas e cheias de charme, mas uma delas, as Ilhas  Eólias , foram inseridas em 2000 na Lista do Patrimônio Mundial (WHL) da UNESCO como Patrimônio Mundial. O arquipélago consiste em  7 ilhas  – Lipari, Vulcano, Stromboli, Salina, Filicudi, Alicudi e Panarea – e uma série de ilhotas e recifes de vários tamanhos.

A história das Ilhas Eólias está indissoluvelmente ligada aos vulcões, os “artistas” que criaram essas esplêndidas obras da natureza, onde é possível mergulhar no azul profundo do mar, fazer caminhadas nas cavernas espalhadas pelas costas, relaxar nas pequenas praias banhadas pelas águas cristalinas, antes de se dedicar à excelente culinária local rigorosamente baseada em peixes.

O vale dos templos em Agrigento, uma área arqueológica, outro tesouro da humanidade certificado pela UNESCO. Imerso no verde das oliveiras, amendoeiras, cítricos e vinhedos que se estendem em direção ao mar. Seus monumentos imponentes e elegantes lembram a atmosfera irreal de 2500 anos atrás, quando os antigos “Akagras Agrigentum” era um centro de poder e cultura.

Siracusa e os locais da UNESCO

Na costa sudeste da Sicília, está localizado mais um local da UNESCO, juntamente com a necrópole de Pantalica. Esta colônia grega antiga tem vista para um sugestivo porto natural fechado a leste pela ilha de Ortigia, o núcleo urbano mais antigo. Cada canto da cidade oferece preciosas evidências arqueológicas que evocam o esplendor da Magna Grécia. Em Siracusa e nas Ilhas Eólias, há dois outros locais da UNESCO que devem ser visitados: as oito esplêndidas cidades barrocas tardias de Val di Noto  e a  Villa Romana del Casale .

Taormina – (Foto: Getty Images)

No entanto se alguém passasse apenas um dia na Sicília e perguntasse: “O que você precisa ver?” Eu responderia sem hesitar: “Taormina”. É apenas uma paisagem, mas uma paisagem na qual tudo o que parece ter sido criado na Terra seduz os olhos, a mente e a imaginação.  Assim, o famoso escritor francês Guy de Maupassant descreve Taormina. Algumas palavras que encerram a essência desta pequena joia a meio caminho entre Messina e Catania. 

O protagonista indiscutível desta terra antiga e esplêndida é inquestionavelmente o  mar , para ser experimentado de mil maneiras diferentes: relaxar em uma das muitas praias que a região costeira oferece, explorar seus maravilhosos fundos do mar ou ser levado pelas ondas e pelo vento com windsurf ou kitesurf. 

Sim, porque aqui a força do mar, combinada com a do vento, oferece a oportunidade de experimentar a emoção de “correr” ou até “voar” nas águas cristalinas que envolvem as costas de  San Vito lo Capo ,  Mondello ,  Cefalù , Marina de Ragusa ,  Taormina ,  Ilhas Eólias ,  Pantelária ,  Lampedusa ,  Ustica. 

Trekking, trilhas a cavalo, bicicletas e golfe
Para quem gosta de  trekking , uma excursão guiada pelos parques naturalistas da Sicília é certamente uma experiência a não perder. E quem não gosta de caminhar, pode optar por explorar esses lugares maravilhosos a cavalo ou de  bicicleta de montanha. 
Também deve ser enfatizado que nos últimos anos a Sicília também se tornou um destino importante para os amantes do  golfe . De fato, existem vários  campos de golfe  neste território, onde, entre outras coisas, o famoso Aberto da Sicília acontece todos os anos  . 

Os banhos e os banhos
O Belpaese sempre foi considerado um dos destinos mais procurados pelos entusiastas do  spa termal , uma forma de medicina natural que existe na Itália desde a época dos romanos antigos. Terra de água e vulcões, a Sicília oferece uma grande variedade para quem quer relaxar, regenerando-se com tratamentos terapêuticos e, por que não, tratamentos de beleza. Entre as mais famosas estão as de Sciacca , com a famosa  Stufe di S. Calogero , cavernas onde essa quantidade de vapor é concentrada para atingir uma temperatura de cerca de 40 °, ou a  Terme di Acireale , onde as águas subterrâneas do mar se misturam com os sulfurosos do Etna. 

Locais de literatura
Para os amantes do  turismo cultural, A Sicília é uma fonte inesgotável de conhecimento, história, arte e cultura. Grandes escritores como  Salvatore Quasimodo ,  Giovanni Verga ,  Luigi Pirandello ,  Leonardo Sciascia e  Tomasi di Lampedusa , encontraram a inspiração para escrever grandes obras, como  “Il Gattopardo ” ou ” I Malavoglia “. 

A mesma atmosfera em que, ainda hoje, podemos mergulhar, escolhendo embarcar em uma jornada nos lugares descritos por esses personagens ilustres, reviver as mesmas emoções e as mesmas sensações que esses grandes autores sentiram intimamente e depois contaram em suas obras.

Templos e história
Quem quiser mergulhar no passado pode optar entre os  templos gregos de Selinunte  e  Siracusa  e os de  Agrigento  e  Imera , entre o teatro greco-romano de  Taormina  e as  catedrais  normandas, especialmente em  Palermo  ( igrejas de Martorana , de  San Giovanni degli Eremiti  e  San Cataldo ). 

Valle de  Templi Agrigento. (Foto: Getty Images )

Para os interessados ​​em  tradição , uma visita a  Acireale é imperdível , para apreciar o espetáculo da Opera dei Pupi (teatro de marionetes siciliano), que conta as histórias de Orlando Furioso. 

Festivais e feiras
Extensas também são as escolhas para quem gosta de  festivais  e  eventos culturais . 

No cenário maravilhoso do antigo teatro de Taormina, todos os anos são organizados inúmeros eventos, incluindo o famoso  Festival de Cinema  dedicado à premiação das melhores obras cinematográficas. O calor e a alegria da vida dos sicilianos se manifestam em toda a sua exuberância nas celebrações dedicadas ao Carnaval , a festa mais alegre e colorida do ano, além de ser reconhecido por seu talento criativo e originalidade com que são exibidos os muitos carros alegóricos em papel machê ou infiorati, acompanhados por máscaras alegres e coloridas. 

Existem também numerosos festivais dedicados aos  santos padroeiros da Sicília   (uma mistura de fé, folclore e tradição) que contam a profunda devoção religiosa dos sicilianos. 
A  Festa  de Santa Rosalia  em  Palermo  e a  Festa de Sant’Agata  em  Catania  são alguns dos muitos eventos que são comemorados em toda a região todos os anos.

Diferentes destinos da Itália em uma só viagem

Operadora Françatur tem roteiros sob medida para Roma, Milão, Toscana, Nápoles, Veneza, Capri e Cinque Terre

Sinônimo de história, cultura e gastronomia, a Itália também possui uma beleza natural extraordinária e diversificada, graças à variação do clima pelas regiões do país. Cada cantinho reserva uma surpresa e para desfrutar tudo o que de melhor o destino oferece, o roteiro precisa estar à altura. Quem procura por uma experiência personalizada pode contar com os pacotes da operadora Françatur, que combinam diferentes cidades italianas em uma só viagem.

Em Roma, além de conhecer os principais pontos turísticos, como a Fontana de Trevi, o Coliseu, o Panteão, a Piazza di Spagna, o Arco de Constantino e a Catedral de Roma, adultos e crianças têm a oportunidade de participar de uma aula de gladiadores no Parque Regional da Appia Antica, que até hoje guarda a atmosfera da Roma Antiga, para aprender sobre as técnicas de combate. Também pode-se conhecer o Vaticano em uma visita guiada e privativa aos Museus do Vaticano, à Capela Sistina e à Basílica de São Pedro.

No centro do país, a região da Toscana reúne algumas das mais charmosas províncias italianas. Explore os tesouros de Montepulciano, Pienza, Montalcino, Siena, Florença, San Gimignano, Pisa, Carrara, Lucca, Montecarlo e Chianti, vivenciando experiências exclusivas como caça às trufas em bosques e degustação de vinhos em adegas locais.

Ao Norte, em Maranello, na região de Emilia-Romagna, é possível visitar o Museu Ferrari, que mostra a história do famoso automóvel e seu criador, além de provar o tradicional “tagliatelle alla bolognese” e ainda visitar uma fábrica de queijo parmesão, com direito à degustação. O roteiro também pode incluir as cidades de Milão, Sirmione, Verona, Veneza – a terra de Romeu e Julieta -, Ferrara e Pádua.

Já no sul da Itália, a região de Nápoles guarda belas paisagens naturais. O turista pode fazer um passeio panorâmico para observar as vistas espetaculares sobre o Golfo de Nápoles, provar a autêntica pizza napolitana e visitar um dos sítios arqueológicos mais importantes do mundo, as ruínas de Pompeia, Patrimônio Mundial da UNESCO, usufruindo de entrada sem fila e passeio guiado. Além disso, é nesta região do país onde se encontram ilhas com natureza extraordinária, como a Ilha de Capri, a Ilha de Mozia, a Ilha Lunga e a Ilha de Schola.

Quem deseja ver o mar azul de perto também não pode deixar de conhecer as Cinque Terre, na província de La Spezia. São cinco vilarejos – Riomaggiore, Manarola, Portovenere, Vernazza e Monterosso – situados entre a costa e o mar, e rodeados por colinas e vinhedos, que transformam a região em um dos mais famosos cartões postais da Itália.

Todos os destinos contemplam hospedagem em excelentes hotéis, com opção de quartos amplos para acomodar famílias. Mais informações no site www.francatur.com.br ou nos telefones (21) 2102-2440 e (11) 3149-3163.

Primavera no Mediterrâneo

Explosão de cores e perfumes
Rodeada pelas águas do Golfo de Nápoles, Ischia é um destino turístico de renome internacional que oferece mar cristalino, paisagens intocadas, locais de interesse cultural e muitas outras surpresas.
As suas costas, muito irregular, são caracterizadas poruma sucessão de cabeceiras, enseadas e longas praias onde a água do mar se mistura com as  minerais quentes que fluem a poucos metros a partir da costa.
A ilha, de natureza vulcânica, esconde no subsolo uma concentração muito alta de bacias térmicas e uma grande variedade de águas que fazem dela a “capital do termalismo europeu”.

ViewImage (2).jpg
A primavera está chegando na Itália. (Foto: Italia.it)

São mais de trezentos  spas e lugares de bem-estar onde os turistas e moradores aproveitam para cuidar  da saúde da mente e do corpo.
Ischia é também conhecida como “a Ilha Verde” devido à presença de numerosos pinheiros e uma vegetação mediterrânica rica que na primavera dá vida a uma espetacular explosão de cores e perfumes.
A agradável cidade de Casamicciola é famosa pelos seus banhos termais e pelas lojas decerâmicas e olarias. Lacco Ameno, além de ser famoso por suas praias, abriga o Museu de Villa Arbusto e também as escavações da Pithecusa grega (século VIII aC) com o seu museu.
Forio,oferece muitas atrações, incluindo os famosos “Giardini di Poseidon”, o espectacular complexo hidro-termo-terapiaincluídos na encantadora Baia di Citara: um refúgio de relaxamento.