Arquivo da tag: Leitura

Babi A. Sette publica releitura de Cinderela

Da mesma autora de Senhorita Aurora, Meia-Noite, Evelyn! conta a história de um casal improvável com uma ideia brilhante. Os amantes de um bom romance de época vão se apaixonar por essa obra publicada pela Verus Editora.

(foto: divulgação)

Um conto de fadas para adultos com temas que nunca estarão numa história infantil: esse é o aviso de Babi A. Sette, autora de Meia-noite, Evelyn! (Verus Editora), no início do livro. A releitura de Cinderela revela uma história de amor, nada convencional, entre Evelyn, que sonha em se casar por amor, e o lorde Harry, que sonha em não se casar. Mas o destino não vai se importar muito com o planejamento dos dois. O romance de época, porém, vai além disso. A autora consegue tratar de temas sensíveis que, apesar de antigos, perduram até os dias de hoje. Em nota, ao fim do livro, ela faz uma breve reflexão sobre o crime de abuso infantil (assunto abordado durante a obra), assim como as conquistas a favor das vítimas e as problemáticas existentes até hoje.

Em Meia-noite, Evelyn!, Evelyn Casey precisa se casar. Do contrário, corre o risco de perder tudo o que mais ama no mundo: as terras onde cresceu, a casa pela qual lutou e, principalmente, a tutela da meia-irmã, Violet. Esse caos é culpa de três homens: o padrasto, que morreu na ruína; o irmão dele, conde Derby; e Harry Montfort, o mulherengo e inconsequente filho de seu padrasto. Mas como encontrar um príncipe em um mundo onde não existe fada madrinha?

Harry Montfort odeia os nobres, o reino e a alta sociedade inglesa, apesar de muito a contragosto ser um duque. Ele está satisfeito com a vida de empresário bem-sucedido em Nova York. Mas, quando o maldito tio entra com um pedido na Câmara dos Lordes para assumir o título que Harry abandonou e a própria rainha o convoca, ele se vê obrigado a retornar à Inglaterra para exorcizar de vez os fantasmas do passado.

Mas Harry não contava que a breve estadia no reino fosse virar um pesadelo — é o que acontece quando a monarca exige que ele se case e assuma suas responsabilidades como duque. E contava menos ainda que fosse cruzar com uma ruiva impulsiva e cheia de personalidade: Evelyn Casey, a filha de sua madrasta, que, por sinal, ainda não arranjou um lorde apaixonado.

Uma vez reunidos, Evelyn e Harry entendem que um casamento de aparências é a solução para todos os seus problemas. Mas será que um deles — ou os dois — cometeria a loucura de se apaixonar? Em Meia-Noite, Evelyn! (Verus Editora), temos um casal com a ideia perfeita, que tem tudo para dar certo. Mas o coração não costuma obedecer de bom grado à razão.

Edição de luxo de “O poderoso chefão” comemora o centenário de Mário Puzo

Clássico da literatura, O poderoso chefão (Ed. Record), que inspirou um dos maiores filmes de todos os tempos, ganha edição em capa dura e nova tradução

(Foto: divulgação)

A mente brilhante de Mário Puzo escreveu há 50 anos uma das obras mais célebres da literatura: O poderoso chefão (Ed. Record). Em comemoração ao centenário do autor, a Editora Record publica edição de luxo, em capa dura da obra e com tradução da premiada Denise Bottmann. O clássico, que inspirou o filme estrelado por diversos artistas de Hollywood, revela um contundente submundo do crime dos anos 1940. A personalidade complexa e irreverente de Don Vito Corleone, o capo mais mortal da Máfia, protagoniza uma história chocante – e surpreendente – de extorsões, assassinatos e valores familiares.

Tirano, chantagista e assassino, mas amigável, justo e coerente. Sua influência chega a todos os níveis da sociedade americana. Esse é Don Corleone, o capo mais mortal da Máfia, o padrinho, o poderoso chefão. Era a ele que todos recorriam quando precisavam de ajuda, e nunca saíam decepcionados. Não importava se eram ricos, pobres, poderosos ou humildes, todos recebiam o mesmo tratamento de Don. A sua recompensa era a amizade do devedor. Mas poderia ser também a prestação de algum pequeno favor para saldar a dívida.

Porém nenhum homem se mantém no topo para sempre, não quando ele tem inimigos dos dois lados da lei. À medida que o já idoso Vito Corleone se aproxima do fim de uma longa vida no crime, seus filhos precisam se preparar para administrar os negócios da família. Sonny Corleone já atua nos negócios da família há anos, mas não tem a humildade do pai e muitos duvidam que ele viesse a ser o novo Don; o segundo filho, Frederico, apesar de suas qualidades, não ter a força necessária de um líder; veterano da Segunda Guerra Mundial Michael Corleone, porém, não está acostumado com o submundo e reluta em mergulhar na rede de crimes e poder político.

Tanto a polícia como os implacáveis chefes do crime rivais sentem o cheiro de sangue. Para que a família Corleone sobreviva, ela precisa de um novo Don. Mas o preço do sucesso em uma vida violenta pode ser alto demais para suportar…

SOBRE O AUTOR

Mario Puzo nasceu em Nova York, filho de imigrantes italianos. Estudou na New York School for Social Research e cursou a Universidade de Columbia. Além de romances aclamados, Puzo também escreveu diversos roteiros para o cinema, incluindo Terremoto, Superman e os três filmes baseados em seu best-seller O poderoso chefão. Mario Puzo morreu em 1999.

O poderoso chefão
Mario Puzo

Tradutor: Denise Bottmann

496 pág. | R$89,90

Skeelo estreia plataforma de audiobooks best-sellers

App tem parceria de conteúdo com a Auti Books e traz títulos das maiores editoras do Brasil

Atento as transformações digitais do mercado editorial, o Skeelo, maior plataforma de e-books do Brasil, anuncia o Skeelo Audiobooks. O serviço chega para democratizar ainda mais o acesso à leitura no país.

“A nova plataforma é uma continuidade do Skeelo e-books que em pouco mais de um ano no mercado já transacionou 145 milhões de livros digitais. A extensão do negócio, agora em novo formato, é uma opção a mais de consumo para quem busca grandes livros best-sellers, mas não quer abrir mão da praticidade, comodidade e otimização do tempo, podendo estar na companhia de um bom livro enquanto corre, caminha, dirige ou realiza qualquer outra atividade”, afirma Rafael Lunes, sócio-fundador do Skeelo.

O app, que surge com uma parceria estratégica de fornecimento de conteúdo com a Auti Books e tem acordo direto com outros grandes grupos editoriais brasileiros, traz no seu DNA o mesmo diferencial do Skeelo com um acervo formado pelos principais títulos das maiores editoras do Brasil, garantindo ao ouvinte um catálogo de qualidade e altamente selecionado. “A parceria com a Auti Books, assim como com as grandes editoras do mercado editorial fortalece a decisão de investir na mesma mecânica de sucesso experimentada para os e-books, fornecendo agora os livros no formato de áudio, aumentando ainda mais a democratização e inclusão do consumo de grandes obras literárias”, complementa Lunes.

O Skeelo Audiobooks está disponível para as plataformas iOS e Android, além de permitir completa interação com dispositivos Apple Watch, CarPlay e Android Auto.

Ao baixar o aplicativo e se cadastrar, o usuário já encontra de forma simples e intuitiva uma espécie de “clube do audiobook” com as opções de títulos recomendados mensalmente pela plataforma, que podem ser trocados por outra opção do acervo dentro de uma data limite onde o audiobook então é cedido de forma definitiva e passa a integrar a estante virtual e particular do usuário. A cada 30 dias o assinante recebe uma nova recomendação de best-seller para enriquecer cada vez mais a sua biblioteca digital. “Acreditamos na parceria com o Skeelo para atuarmos juntos e fortes na evolução do mercado de consumo de audiobooks, que já se encontra bem mais desenvolvido nos EUA e Europa e que tem enorme potencial no Brasil, atuando por meio de grandes marcas, buscando novos consumidores e, congregando em torno desta estratégia, os principais grupos editorias do nosso país”, explica Claudio Gandelmann, sócio e CEO da Auti Books.

O novo serviço tem como público alvo as grandes marcas prestadoras de serviços que tenham interesse em disponibilizar os conteúdos como forma de agregar um valor adicionado aos serviços já prestados, buscando diferenciação e satisfação dos seus clientes. A primeira parceria já foi firmada com a empresa Sem Parar, que disponibiliza para cada usuário do serviço um audiobook por mês para ouvir o livro no carro, por exemplo.

Com o aumento significativo dos adeptos da leitura digital e por áudio, o Skeelo enxerga um mercado promissor. “Entendemos que existe uma longa jornada de transformação digital do gigantesco acervo de livros físicos para formatos eletrônicos, mas teremos num futuro muito breve uma distribuição mais democrática e abrangente, formando uma nova massa de apreciadores de livros que até então não existia para o mercado editorial”, finaliza Lunes.

Planeta Luthera: do RPG para a literatura

Universo criado em jogo ganha vida na trilogia “Crônicas de Luthera”; primeiro livro conta a história de Gellian, único ser vivo capaz de combater o maior vilão da saga

(Foto: divulgação)

Diferente dos grandes enredos que surgem primeiro na literatura e depois seguem para as partidas de RPG, a origem do universo de Crônicas de Luthera se deu na mesa do jogo.

Impressionado com o mundo que o filho H. R. Hikes havia criado, Eddy Samadhi propôs a trilogia. Escrito a quatro mãos, a obra Crônicas de Luthera – Gellian é o primeiro volume da saga.

A história é ambientada no planeta Luthera, onde a paz está sempre por um fio. A tensão entre os habitantes aumenta quando uma misteriosa bruma surge e começa a destruir toda a vida que lá existe. A salvação está em Gellian, único rapaz capaz de deter o vilão Amókito e o seu exército responsável pela praga.

O grande problema é que Gellian é inexperiente e possui um lado obscuro incontrolável… Fica a dúvida para o leitor: o protagonista será capaz de cumprir a profecia e salvar Luthera ou se renderá às suas fraquezas?

“A imagem some. Em seu lugar, Gellian se vê no topo de uma montanha, rodeado por mortos-vivos e observando gigantesca extensão devastada, enquanto se diverte com a visão do sofrimento do povo. Ao seu lado, Amókito compartilha sua alegria profana. Gellian desespera-se. Iria tornar-se cúmplice de Amókito e ainda ajudá-lo num destino negro?
As imagens desaparecem subitamente. Ele decide colocar o medalhão no pescoço, evitando que qualquer outra pessoa veja aquelas previsões indignas sem seu consentimento.”
(As Crônicas de Luthera – Gellian, pág. 137)

Para fãs de alta fantasia e dos famosos jogos de RPG de mesa, Crônicas de Luthera atende aos leitores mais exigentes e atentos a tudo que envolve um novo universo: cronologia, geografia, relações culturais e diplomáticas entre os povos, raças, animais fantásticos e o mais importante, muita ação!

Ficha Técnica:
Título
: Crônicas de Luthera – Gellian
Autor: H. R. Hikes e Eddy Samadahi
ISBN: 9788553250639
Páginas: 337 páginas
Formato: 22,5 x 15,5 cm
Acabamento: brochura costurado
Preço
: R$49,90
Link de venda:  https://amzn.to/34ggwTC e http://bit.ly/cronicasdeluthera

Ficção existencial: a busca pelo significado

Jornalista André Puga lança obra que flerta com a realidade para contar a história de Wes, um estudante que sonha em ser escritor e precisa lidar com a relação de amor e ódio e conflitos existenciais na vida de um jovem

(Foto: divulgação)

O Outro Significado, lançamento do jornalista paulistano André Puga, é ambientado em Pinneápolis, cidade fictícia que recebe o protagonista da história para a nova escola. Wes sonha em ser escritor, mas se vê obrigado a estudar para ingressar em uma universidade pública, atendendo aos desejos do pai.

Na nova rotina, Wes precisa lidar com bullying, preconceitos e drogas, em meio as novas amizades nem sempre construtivas.

Ele identifica um importante amigo e aliado quando conhece Abelardo, o faxineiro da escola, que lhe mostra a vida sob um novo prisma.

Por um momento, em meio a tantas dificuldades e anseios, a missão escritor passa a ser postergada… Rebecca, sua melhor amiga, percebe as mudanças no comportamento do protagonista. A família de Wes está um caos: seu pai se candidata a vice-prefeito da cidade, enquanto a mãe pede separação.

“Mas ficou mais estranho ainda quando ele chamou ao palco seu vice-prefeito. Eu não conseguia enxergar devido a minha baixa estatura, então subi no alambrado. Ele caminhava de costas rumo ao microfone e eu olhava e escalava o alambrado ao mesmo tempo. Envolto a uma salva de palmas o rapaz chegou até o microfone e se virou para o público. NÃO ACREDITO.
Era o meu pai.”
(O Outro Significado, pág. 46)

O drama vivenciado em primeira pessoa, a mistura entre o real e o fictício, incentivado pelo autor em versos rimados ao final de cada capítulo, o mistério por trás da carreira política do pai e da história de Abelardo e a publicação do tão sonhado livro formam o suspense instaurado em O Outro Significado, criado por Puga, que se desenrola ao longo das 136 páginas.

Leitura importante para o universo jovem que vivencia conflitos internos e externos na época escolar e universitária, O Outro Significado reúne os sentimentos e experiências vividas pelos leitores nessa época da vida. 

Ficha Técnica:
Título
O Outro Significado
Autor: André Puga
Editora: Giostri
ISBN: 978-85-516-0443-4Páginas: 136
Formato: 17 x 24 cm
Preço: R$54,90
Link de venda:  https://bit.ly/32s1VoR

Romance gay fala sobre racismo e relacionamento abusivo

Publicado de forma independente em 2018, o livro vendeu mais de 20 mil exemplares e figurou em 1º lugar dos mais vendidos na categoria LGBT da Amazon. Agora, Querido Ex é publicado pela Editora Galera Record, pioneira na inserção da diversidade na literatura

(Foto: divulgação)

Publicado de forma independente em 2018, Querido Ex chega às livrarias pela Editora Galera Record. O sucesso, escrito por Juan Jullian, já vendeu mais de 20 mil exemplares, esteve em 1º lugar, durante 100 dias seguidos, na lista dos mais vendidos na categoria LGBT da Amazon e, com a censura na venda de livros dessa temática na Bienal do Rio de Janeiro, em 2019, o título vendeu 10.00 e-books em um só dia. A história, que atraiu essa legião de leitores, reflete sobre problemas reais, como homofobia, racismo e relacionamento abusivo, mas regada de referências do mundo pop – de Lady Gaga à Nicki Minaj – e uma boa comédia agridoce. Afinal, o que você faria se o seu ex-namorado virasse, do dia para noite, a maior celebridade do país? Essa nem mesmo Taylor Swift seria capaz de responder.

Haviam se passado seis dias desde que o casal chegou de uma viagem inesquecível e, quando até um pedido de casamento parecia possível de acontecer, o ex resolve terminar o relacionamento! Após dois anos tentando se encaixar na vida, nos planos e nos desejos, de quem agora é uma subcelebridade nacional, o nosso protagonista decide escrever dezenas de cartas (quase um exposed do querido ex). Cursando Macroeconomia pela terceira vez, vivendo na caótica e belíssima cidade do Rio de Janeiro, o autor dos desabafos nos convida a se aventurar nesse conto – não muito de fadas – de um garoto carioca pós-moderno.

Não é fácil perceber que está vivendo em um relacionamento abusivo. Por isso, apenas quando decide depositar suas mágoas no papel, o protagonista reflete sobre os comportamentos do seu ex, antes completamente naturalizados, mas que não eram nada saudáveis. Pior, eram preconceituosos. Os comentários gordofóbicos e machistas sobre sua amiga não eram raros, a tentativa em diminuir a aparência do protagonista já eram de praxe. Sua militância era de telão. Agora que o namorado preto, de cabelo crespo, deu lugar ao seu parceiro branco, que mais parece ter saído de uma revista masculina, a subcelebridade – e também a sua mãe – devem estar satisfeitos. O casamento já tem até data marcada.

Os abusos, porém, ultrapassavam a questão estética. Nos seus relatos, ele descreveu o enorme desgasto psicológico em estar com alguém que só tentava diminuí-lo. Porém, como já esperado, existiam os momentos bons, que apesar de não compensar os ruins, acabavam sendo aceitáveis. Para, além disso, o protagonista também relata traições e a importância do Sistema Único de Saúde (SUS) no tratamento contra o HIV. Fazendo uma referência ao livro de Lucas Rocha, um romance LGBT que trata sobre o tema, publicado também pela Editora Galera, Juan Jullian escreve que “no final do dia, você ainda tem a vida inteira”. 

As reflexões, motivadas pelo luto, acabam guiando uma incrível jornada de autoconhecimento. Através da história de um protagonista gay e negro, Juan Jullian consegue inserir em Querido ex (Ed. Galera) debates necessários equilibrados com situações cômicas. Será que o seu querido ex vai receber suas cartas? As suas duas mães (sim, o protagonista tem duas mães!) vão comparecer no casamento da nova subcelebridade do país? Para saber a resposta, é importante estar preparado para o plot twist no final do livro.

E-book “A Garota do Lago” chega com exclusividade no aplicativo Skeelo

Suspense brilhante e assombroso absorve os leitores com reviravoltas inesperadas

(Foto: Divulgação)

O Skeelo, maior plataforma de livros digitais do país, disponibiliza para seus assinantes a versão exclusiva do e-book “A Garota do Lago”. Escrito por Charlie Donlea, que brinca com a mente dos leitores, levando-os a deduzir a todo momento possíveis suspeitos, o livro de ficção cativa da primeira à última página e tece um conto curioso sobre duas mulheres fascinantes: uma viva e outra morta, ambas vítimas de crimes à procura de justiça, redenção e, em última instância, paz.

O acesso aos livros do Skeelo é disponibilizado como benefício aos clientes de telefonia pós-paga das operadoras Claro, TIM, Oi, Nextel e Algar Telecom e também tem parceria com o Banco do Brasil e empresas de TV por assinatura. Mensalmente o aplicativo oferece a seus usuários um título best-seller, sendo possível a troca prévia de acordo com o interesse pessoal de cada leitor. O catálogo inclui mais de 1000 títulos disponíveis.

Para mais informações acesse: http://www.skeelo.app

Aplicativo de e-book cresce 275% durante a pandemia

Skeelo dobrou o número de usuários no período de confinamento

Leituras de e-book crescem na quarentena. (Foto: Divulgação)

O isolamento social fez com que a sociedade adotasse novos hábitos e a leitura está entre o passatempo preferido da quarentena, principalmente tendo as telas dos smartphones e tablets como grandes aliadas. Prova disso é o aumento do consumo de livros digitais durante a pandemia, que fortaleceu o mercado editorial quebrando paradigmas de que o Brasil é um país que não aprecia livros.

O Skeelo, maior negócio do segmento de e-books do país, registrou um crescimento de 275% no consumo de livros durante o período de confinamento, comparado com o primeiro trimestre de 2020. De 23 de março, data que marcou oficialmente o início do isolamento social, até 30 de junho, a ferramenta registrou mais de 300 mil livros baixados em sua plataforma e mais do que o dobro de usuários cadastrados. “Em março contávamos com um pouco mais de 10 milhões de assinantes e saltamos para a casa dos 21 milhões de usuários contabilizados até o final de junho”, afirma Rodrigo Meinberg, do Skeelo.

O app que atualmente é disponibilizado como benefício aos clientes de telefonia pós-paga das operadoras Claro, TIM, Oi, Nextel e Algar Telecom, também tem parceria com o Banco do Brasil e empresas de TV por assinatura. O grande diferencial da ferramenta é que o Skeelo oferece um título best-seller a cada 30 dias, sendo possível a troca prévia, de acordo com o interesse pessoal de cada leitor. O catálogo inclui mais de 1000 títulos disponíveis.

Para atender também quem não possui acesso à ferramenta, desde o mês de março o Skeelo está com uma ação especial de incentivo à leitura. A plataforma liberou títulos gratuitos para todo o público que incluem desde clássicos literários até um especial sobre a Covid-19, guia completo sobre a atuação do vírus, prevenção e que debate também as fake news sobre o tema com informações validadas pelo Ministério da Saúde. “Até o momento distribuímos mais de 15 milhões de livros gratuitamente para cerca de 1 milhão de pessoas, incluindo obras de autores como Augusto Cury, Paulo Coelho, entre outros”, acrescenta Meinberg.

Com os smartphones e tablets como equipamentos de leitura digital e com a parceria dos grandes grupos de telecomunicações do Brasil, o Skeelo enxerga um mercado promissor, conforme diz Rafael Lunes, sócio do Skeelo: “O segmento de livros digitais ganhará um impulso fabuloso, inédito em termos mundiais e que começará justamente no Brasil, um país com enorme demanda de democratização de cultura e conhecimento e com um hábito de leitura ainda a se desenvolver” finaliza.

Romance através dos séculos: três livros clássicos para adoçar o Dia

Pensando em ajudar a deixar o dia melhor e levar um pouco da doçura dos livros clássicos de romance para a vida, o Grupo Editorial Edipro selecionou três livros que ultrapassaram os séculos e provaram que para o amor, não existe tempo ou barreiras! Vale lembrar que todos eles estão com ótimos preços no site da Amazon. Confiram as dicas:

(Foto: Divulgação)

Persuasão – Último romance escrito por Jane Austen, Persuasão acompanha a jornada de autoconhecimento e redenção de Anne Elliot. Uma das obras mais célebres da autora ganha agora uma edição para colecionador em capa dura. A senhorita Elliot, filha de um importante — porém falido — baronete, de repente se vê obrigada a conviver com um amor do passado. Anos antes, Anne aceitara se casar com Frederick Wentworth; contudo, pelo fato de ele não ser rico nem influente, ela foi persuadida pela família e por uma grande amiga a romper o noivado. Agora, Wentworth retorna à cidade com um título de oficial da marinha, bastante dinheiro e o objetivo de se casar. Com o coração pesado de arrependimento, Anne terá de vê-lo cortejar outras moças, ou será que ainda há esperança de eles viverem um grande amor? Publicada postumamente, em 1818, a história da senhorita Anne Elliot e do capitão Wentworth conquista leitores desde então e ampliou o legado literário de uma das maiores autoras da literatura mundial.

Ficha técnica:
Editora:
 Via Leitura
Assunto: Literatura
Preço: R$ 53,90
ISBN: 9788567097640
Edição: 1ª edição, 2019
Tamanho: 14x21cm
Número de páginas: 224
Onde comprarAmazon

(Foto: Divulgação)

Orgulho & Preconceito – Em busca de um bom casamento que assegure o futuro das cinco filhas, os Bennets procuram por pretendentes com boas condições. A chegada de dois jovens solteiros abastados despertará muitas e diferentes emoções para a família. Especialmente nas irmãs Jane Bennet, a primogênita que logo se apaixona pelo senhor Bingley e a espirituosa Elizabeth, que ao contrário despreza o orgulhoso senhor Darcy. 

Em uma jornada de embate contra a moral e o casamento por interesse na aristocracia rural inglesa no século XVIII, Elizabeth terá que reconsiderar suas convicções e reavaliar seus sentimentos para viver um grande amor. Nessa obra Jane convida o leitor a uma reflexão sobre as relações humanas e suas consequências com diálogos aguçados ao mesmo tempo em que coloca em evidência no enredo a condição feminina na sociedade burguesa de sua época.

Ficha técnica: 
Editora: Via Leitura  
Assunto: Literatura 
ISBN: 978-8567097787 
Edição: 1ª edição, 2019 
Idioma: Português 
Altura: 21 Largura: 14 Profundidade: 2,3 
Número de páginas: 320 
Preço: R$ 54,90 
Onde comprar: Amazon

Mulherzinhas – No auge da Guerra Civil Americana, o senhor March se junta às frentes de batalha. Em casa, suas filhas têm de conviver com as dificuldades econômicas e a busca pela realização de seus sonhos. Meg almeja um bom casamento. Beth quer apenas ajudar os pais nos cuidados do lar. Amy, a mais jovem, sonha com riqueza e status, enquanto a impulsiva Jo deseja ser escritora ― em uma versão semibiográfica da própria Alcott.

Esta é a história de amadurecimento dessas quatro jovens. Mulherzinhas aborda questões feministas de forma leve e aberta e ao mesmo tempo exalta valores como a virtude, a igualdade de gênero e a realização individual.A obra foi novamente adaptada para o cinema em 2019 em uma superprodução com participação de Meryl Streep, Emma Watson e Laura Dern.

Ficha técnica
Editora: Via Leitura
Assunto: Literatura
Versão integral da obra
Preço: R$ 53,90
ISBN: 9788567097824
Edição: 1ª edição, 2020
Número de páginas: 464
Onde comprarAmazon

Produtora de viagens lança clube de leitura online “Volta ao Mundo Literária”

Os inscritos vão participar de uma comunidade virtual que propõe uma viagem irresistível pelo mundo tendo como ponto de partida a literatura

Literatura te fará viajar pelo mundo nessa época de quarentena. (Foto: Divulgação)

Nos últimos meses, o mundo parou, as viagens tiveram que ser canceladas, as pessoas se distanciaram, as relações de trabalho foram alteradas e as nossas vidas passaram a ter a dimensão de nossas casas. Mas que tal aproveitar o tempo de isolamento voluntário ou obrigatório para soltar a imaginação e fazer uma viagem pelo mundo sem sair do lugar, tendo como ponto de partida a literatura? Essa é a ideia do clube de leitura online “Volta ao Mundo Literária”, idealizado pela produtora de viagens NomadRoots – Viagem e Conhecimento.

“Somos um Clube de Leitura inspirado em viagens. A cada livro aberto, abrimos também o nosso mundo. Entramos nos trechos mais estreitos da imaginação para visitar lugares emocionantes. Nesse trajeto de infinitas passagens, contaremos com mediadores experientes que nos ajudam a aumentar a bagagem, sem perder a leveza dos encontros. Há muitos países por visitar – dentro e fora da gente. Todos eles se alinham em páginas que leremos juntos neste clube onde toda história é um destino”, comenta Paola Gulin, fundadora do clube de leitura “Volta Ao Mundo Literária”.

Os inscritos no “Volta ao Mundo Literária”, de qualquer canto do mundo, terão encontros virtuais ao vivo, realizados por meio da plataforma Zoom, de 15 em 15 dias, fazendo uma incrível viagem através da literatura. O clube literário, que será mediado pelo professor e escritor Francisco Escorsim, especialista em educação da imaginação e formação do imaginário, trará informações sobre o país, sua cultura, história, período histórico em que o livro se passa e muitas outras curiosidades, além de discutir conteúdos sobre o autor e estilo literário. Além disso, os encontros contarão com convidados especiais, que deixarão a experiência ainda mais enriquecedora.

Os participantes terão acesso, também, a vários conteúdos exclusivos para aprofundar os estudos em cada obra e país, entre eles dicas de filmes, séries, outras opções de livros, reportagens, documentários e playlists musicais. “Para cada encontro, o grupo vai combinar previamente qual é o trecho do livro que deve ser lido. Compartilharemos nossas impressões, comentários e dúvidas sobre o que lemos e o Francisco Escorsim, nosso mediador de leitura, orientará nossa conversa e para enriquecer ainda mais esse momento. Em geral, temos entre 2 e 4 encontros por livro/destino, dependendo da complexidade do livro”, explica Paola Gulin.

Para começar, hoje, dia 08 de junho, o clube de leitura vai iniciar a viagem pela Inglaterra, com o livro Orgulho e Preconceito, de Jane Austen. Na sequência, serão trabalhadas as obras: O Nome da Rosa, de Umberto Eco (Itália), a partir de 20 de julho; Kyoto, de Yasunari Kawabata (Japão), a partir de 30 de agosto; e Crime e Castigo, de Fiódor Dostoiévski (Rússia), a partir de 28 de setembro. Os encontros e livros não acabam por aí! A viagem sempre continua. O projeto terá muitas outras obras discutidas, que serão escolhidas por votação do grupo. Cada encontro terá em média 2h de duração.

“As obras discutidas no clube de leitura são criteriosamente escolhidas para trazer mais sobre a cultura do país, além de serem escritas por escritores renomados, de muito destaque em seus países. Tudo isso para que o nosso público tenha uma verdadeira experiência de vida e repleta de conhecimentos, que trarão uma nova visão de mundo, além de promover momentos de relaxamento em um momento em que a tensão toma conta do planeta”, completa Paola Gulin.

As assinaturas do clube de leitura “Volta ao Mundo Literária” custam R$ 59 por mês e podem ser feitas pelo site www.voltaaomundoliteraria.com.br. As atividades, que têm vagas limitadas, serão realizadas sempre em segundas-feiras, no período da noite (19h). Mais informações no site www.voltaaomundoliteraria.com.br ou no perfil oficial do projeto no Instagram (@voltaaomundoliteraria).