Arquivo da tag: Lista

EVENTO DE REVELAÇÃO DO PLAYSTATION 5 – CONFIRA TODOS OS TÍTULOS ANUNCIADOS – Pt. 2

Por Luigi Buratto

Depois da live da Sony revelando o novo Playstation 5 e das sequências anunciadas pela empresa na primeira parte dessa lista. Vou trazer agora, uma série com os demais jogos que vão chegar para o console.

Acompanhe com a gente todos os jogos:

SACKBOY: A BIG ADVENTURE

Focado em ação cooperativa/multiplayer, Sackboy: A Big Adventure é o novo título da franquia de Little Big Planet (Foto: Sony Interactive Entertainment)

Sackboy: A Big Adventure marca uma nova sequência para a saga de Little Big Planet, que teve seu último jogo lançado em 2014 para Playstation 3.

Com novos personagens, mundos e mecânicas inéditas, o trailer mostra um pouco da gameplay do jogo que pode ser jogado até quatro jogadores co-op.

Ainda sem data de lançamento.

NBA 2k21

NBA 2k21 é o novo game de basquete revelado na live da Sony (Foto: 2k Sports/Sony Interactive Entertainment)

Com gráficos cada vez mais hiper-realistas, NBA 2k21 apresenta o mais novo título da franquia, com um teaser que mostra o jogador de basquete Zion Williamson, novato e astro do time New Orleans, treinando em uma quadra, sozinho. Destaque para as gotas de suor no rosto do personagem e o visual da quadra. 

O lançamento do jogo está previsto ainda em 2020.

RETURNAL

Novo jogo de Sci-Fi/Terror, Returnal tem seu primeiro trailer divulgado (Foto: Housemarque/Sony Interactive Entertainment)

Um jogo que mistura sci-fi e terror, numa pegada Alien Isolation e Gravidade. Returnal mostra uma astronauta caindo em um planeta desconhecido, sendo atacada por seres extraterrestres e morrendo. Então ela revive tudo isso em uma espécie de looping temporal.

Presa nesse ciclo infinito, cada vez que a personagem acorda, o planeta parece estar diferente. Ela terá que lidar com a insanidade, saber o que é real ou não e tentar escapar e quebrar o ciclo.

O trailer mostra um pouco da jogabilidade, com uma câmera em terceira pessoa e mecânica de jogos de tiro.

Returnal ainda não tem data de estreia divulgada.

DESTRUCTION ALLSTARS

Destruction AllStars é um jogo de combate entre carros (Foto: Lucid Games/Sony Interactive Entertainment)

Em uma arena maluca onde os corredores são protagonistas, seu objetivo é destruir todos os outros competidores. Destruction AllStars é um jogo de batalha entre carros multiplayer competitivo, onde é possível customizar seus carros e personagens. 

O trailer é recheado de ação e pancadaria e vemos os jogadores correndo junto com os carros e pulando obstáculos, enquanto a destruição reina no fundo.

O novo jogo ainda não tem data de estreia.

 GOODBYE VOLCANO HIGH

Goodbye Volcano High traz uma aventura narrativa com aspecto cartoon (Foto: Sony Interactive Entertainment)

Uma nova aventura narrativa que marca o fim de uma era. É assim que Goodbye Volcano High foi apresentado. Um trailer com uma história romântica entre personagens “jurássicos” com um aspecto cartoon.

Não temos detalhes da jogabilidade. Sua data de estreia é em 2021. Ele é exclusivo para PS4 e PS5.

GHOSTWIRE: TOKYO

Ghostwire: Tokyo é um novo jogo de terror/ação exclusivo de Playstation 5 (Foto: Bethesda/Tango Gameworks/Sony Interactive Entertainment)

Situado em Tokyo – Japão, Ghostwire: Tokyo é um jogo de terror/ação em primeira pessoa com elementos sobrenaturais criado pelo grande Shinji Mikami.

O jogo havia sido anunciado pela primeira vez na E3/2019, e agora ganha trailer com gameplay que você confere logo abaixo.

A data de estreia é em 2021.

JETT: THE FAR SHORE

JETT: The Far Shore será lançado para PlayStation 4 e PlayStation 5 (Foto: SuperBrothers/Sony Interactive Entertainment)

JETT: The Far shore é um jogo indie de exploração espacial dos cocriadores de Sword & Sorcery.

O jogo será lançado para Playstation 4 e Playstation 5, ainda em 2020.

OLAR ASH

Solar Ash, novo jogo indie anunciado na revelação do Playstation 5 (Foto: Annapurna Interactive/Heart Machine/Sony Interactive Entertainment)

Com gráficos que parecem desenhados à mão, Solar Ash é um novo indie exclusivo de PS5 e PS4. Com uma aura misteriosa, cores frias e variadas, um planeta deserto com muito para explorar.

Data de estreia em 2021.

DEATHLOOP

FPS de ação com elementos de controle do tempo, Deathloop é anunciado (Foto: Arkane Studios/Sony Interactive Entertainment)

Dos criadores de Prey e Dishonored 2, Arkane Studios apresenta seu mais novo FPS, exclusivo para Playstation 5.

Deathloop é uma experiência inovadora e imersiva com vários jogadores, um jogo de tiros em primeira pessoa com um roteiro onde seu maior inimigo poderá ser outro jogador. Você vivenciará a história principal como Colt, perseguindo alvos pela ilha.

O jogo ainda não tem data de estreia.

LITTLE DEVIL INSIDE

LITTLE Devil Inside é um jogo de aventura “low poly”  (Foto: Neostream/Sony Interactive Entertainment)

Little Devil Inside é um RPG de ação e aventura com elementos de sobrevivência em um mundo semi-aberto e atmosférico.

Com uma caracterização “low poly”, o jogo mostra o personagem principal enfrentando monstros com uma espada, escalando penhascos e explorando lindos ambientes. Enquanto ao mesmo tempo vemos a vida de um senhor de idade, vivendo pacatamente, em contraste com a do nosso jovem aventureiro.

Até o momento, não há previsão de lançamento para o game.

BUGSNAX

Você é o que você come no novo jogo Bugsnax  (Foto: Young Horses/Sony Interactive Entertainment)

Dos criadores de Octodad, este jogo é uma aventura fofinha focada no público infantil. Com uma música autoral, o jogador consegue transformar seu personagem em diferentes criaturas conforme o que ele come.

Data de lançamento: 2020.

ASTRO’S PLAYROOM

Astro’s Playroom é um jogo “showcase” da Sony (Foto: Sony Interactive Entertainment)

Astro’s Playroom é um jogo criado para demonstrar as funcionalidades do novo controle do Playstation 5, o DualSense. Nele você controla um robozinho amigável que tem várias mecânicas interessantes. 

O game é uma sequência de Astro Bot: Rescue Mission, um dos melhores jogos do PlayStation VR. Mas desta vez ele não usará o headset de realidade.

Ele virá instalado gratuitamente para todos que realizarem a compra do PS5 e será lançado junto com o console.

 PRAGMATA

Novo IP da Capcom para o Playstation 5 é revelado (Foto: Capcom/Sony Interactive Entertainment)

Em um trailer bizarro, vemos um astronauta interagir com uma garotinha em meio a um cenário simulado, enquanto um satélite espacial cai no planeta desconfigurando a gravidade e quebrando todo o sistema.

Pragmata é o novo jogo da Capcom e não temos muitas informações a respeito do gênero ou jogabilidade. 

O jogo sairá em 2022.

Sexóloga indica 5 séries da Netflix para aprender mais sobre a sexualidade humana

Estas produções com temática sexual são perfeitas para maratonar no período de distanciamento social 

Se você está buscando se informar mais sobre a sexualidade humana, quer apimentar suas relações ou apenas se divertir com histórias que abordam a temática sexual, a sexóloga Danni Cardillo elencou 5 séries da Netflix.

As séries são perfeitas para casais e solteiros maratonarem, afinal quando o isolamento social acabar podemos estar mais educados sexualmente.

“As séries sobre sexo não precisam necessariamente contar histórias, como também podem ser educativas. Esse é o propósito principal em indicar cada um numa abordagem documental ,simples e por que não às vezes até divertida?”.

1- “Explicando… o Sexo”: 

(Foto: Reprodução)

“Faz parte da saga Explicando, que debate vários temas diferentes e que estão chamando a atenção das pessoas no momento, demonstra fatores ligados ao sexo de forma científica e psicológica”.

“Entre os temas abordados na produção, sob narração da cantora e atriz Janelle Monáe, estão o parto e fertilidade, a falta de anticoncepcionais masculinos, fantasias sexuais, entre outros. Uma verdadeira aula sobre assuntos que não se falam tanto por aí”.

São apenas cinco episódios e está disponível na Netflix.

2- Easy:

(Foto: Divulgação)

“Se existe uma série que pode gerar constrangimento se você resolver assistir ao lado de seus pais, essa série é Easy. A trama conta a história de diferentes pessoas da cidade de Chicago, nos Estados Unidos, e suas aventuras românticas e sexuais. Prepare-se para ver cenas praticamente explícitas de sexo, mas que não mostram nada menos do que a realidade”.

3- Amizade Dolorida:

(Foto: Divulgação)

“A temática desta série é o sadomasoquismo, um fetiche sexual que envolve sentir dor das mais diversas formas. Além do enforcamento e outros desejos que podem ser perturbadores para uns na mesma medida em que é agradável a outros. Em “Amizade Dolorida”, o personagem Pete, interpretado por Brendan Scannel, reencontra por acaso a sua melhor amiga dos tempos da escola Tiff, papel de Zoe Levin. 

Nesse reencontro, ela começa a mostrar a ele um pouco de sua vida como dominatrix, profissional que faz do sadomasoquismo seu ganha-pão, ambos decidem a trabalhar juntos. Vale destacar que a série tem apenas 7 episódios, que são curtinhos, de 13 a 17 minutos”.

4-Amor e Sexo pelo mundo:

(Foto: Divulgação)

“Um documentário entrou na lista das melhores séries sobre sexo da Netflix, indicada para quem quer explorar o assunto e ir além. Em seis episódios, a jornalista Christiane Amanpour, da CNN, viaja para as grandes cidades do mundo para descobrir como cada cultura aborda temas envolvendo romance e sexo”.

“Amanpour viaja para Tóquio, Deli, Beirute, Berlim, Acra e Xangai, conversando com entrevistados que contam tudo sobre o lugar em que vivem. Em uma única temporada um tour pelo mundo sexy’.

5- Eu, Tu e Ela:

(Foto: Divulgação)

“Como o nome já indica, mostra um relacionamento entre três pessoas: Jack, Emma e Izzy. A história começa com Jack e Emma como um casal, até que eles conhecem Izzy, que inicialmente seria contratada apenas como uma acompanhante para apimentar a relação. No entanto, as duas mulheres acabam se apaixonando”.

“A série aborda a temática sexual, mas também mostra como um romance moderno baseado no poliamor pode funcionar, entre dramas, problemas e prazeres. Em quatro temporadas sendo uma boa oportunidade para fantasiar aquele que é um dos principais fetiche da modernidade. “ménage à trois”. Foi se o tempo onde o sexo na TV estava restrito agora o controle está em suas mãos”.

HBO INDICA CINCO MINISSÉRIES PREMIADAS DISPONÍVEIS NA HBO GO

As minisséries da HBO têm narrativas poderosas e fazem o público mergulhar em temas complexos e até mesmo acontecimentos históricos apresentados sob um novo ângulo. A seguir, algumas das produções originais disponíveis na HBO GO que fizeram história e receberam os prêmios internacionais mais importantes do setor.

CHERNOBYL

(Foto: Divulgação)

Ano: 2019 | Episódios: 5

Em cinco episódios, CHERNOBYL aborda os acontecimentos ligados ao acidente nuclear na Ucrânia, em 1986, por meio das histórias de homens e mulheres que fizeram grandes sacrifícios para salvar a Europa de um desastre inimaginável. Logo que estreou, em 2019, CHERNOBYL fez sucesso no mundo inteiro. Além de ter recebido diversos prêmios, como o Globo de Ouro®, Primetime Emmy® e Critics’ Choice Awards®, a minissérie ajudou a fomentar o turismo nos arredores da usina nuclear de Chernobyl.

THE NIGHT OF

(Foto: Divulgação)

Ano: 2016 | Episódios: 8

Criada por Richard Price (THE WIRE, da HBO) e Steve Zaillian (“A Lista de Schindler”), e protagonizada por John Turturro e Riz Ahmed, esta minissérie vencedora do Primetime Emmy® investiga um complicado caso de assassinato em Nova York com conotações culturais e políticas. A história gira em torno de Nasir “Naz” Khan, um estudante universitário paquistanês-norte-americano que busca ajuda jurídica após ser preso pela morte de uma garota que tinha acabado de conhecer. A série acompanha a investigação policial, os procedimentos jurídicos, o sistema penal e o purgatório selvagem da ilha de Rikers, a prisão onde os acusados de delitos graves esperam o julgamento.

MILDRED PIERCE

(Foto: Divulgação)

Ano: 2011 | Episódios: 5

Com a vencedora do Oscar® Kate Winslet e Evan Rachel Wood, MILDRED PIERCE é baseada no romance homônimo de James M. Cain, que também inspirou o filme ‘Alma em Suplício’. Recém-divorciada, Mildred Pierce é uma mãe jovem e trabalhadora que luta para sobreviver na época da Grande Depressão, nos Estados Unidos. Ela tem uma relação conturbada com a filha, que é ambiciosa e narcisista. A trama se passa entre 1931 e 1940, e faz uma extraordinária reconstrução desse período histórico por meio da ambientação e do retrato de padrões culturais. A minissérie ganhou diversos prêmios, incluindo Primetime Emmy® e Globo de Ouro®, e Kate Winslet teve atuação elogiada pela crítica do mundo todo.

OLIVE KITTERIDGE

(Foto: Divulgação)

Ano: 2014 | Episódios: 4

Baseada no romance homônimo ganhador do prêmio Pulitzer®, da escritora Elizabeth Strout, OLIVE KITTERIDGE retrata os acontecimentos de uma pequena cidade da Nova Inglaterra ao longo de 25 anos, sob a perspectiva da professora Olive (interpretada por Frances McDormand). Vencedora do Primetime Emmy® e do Globo de Ouro®, a minissérie tem no elenco outros nomes de peso, como Richard Jenkins e Bill Murray.

BIG LITTLE LIES

(Foto: Divulgação)

Ano: 2017 | Episódios: 14

BIG LITTLE LIES nasceu como uma minissérie de sete episódios, baseada no romance de Liane Moriarty e levada à TV por David E. Kelley, mas ganhou uma segunda temporada dois anos depois. Vencedora do Emmy® e do Globo de Ouro®, é protagonizada por grandes atrizes como Reese Witherspoon, Nicole Kidman, Shailene Woodley, Laura Dern e Zoë Kravitz. BIG LITTLE LIES explora o mito social da perfeição e suas contradições. Em Monterey, pacata cidade na Califórnia, nada é exatamente o que parece. Mães perfeitas, maridos bem-sucedidos, crianças adoráveis, casas bonitas: que mentiras serão contadas para manter as aparências desses mundos ideais? A série também aborda temas como o assédio e a violência doméstica.

Acesse o site http://www.HBOLApress.com para ver novidades e baixar materiais da HBO.

momentos marcantes da quarta parte de “la casa de papel”

Veja os momentos mais marcantes de “La Casa de Papel”. (Foto: Facebook La Casa de Papel)

Por Henrique Moita

Como você sabe, não perdi tempo e maratonei “La Casa de Papel”. E como prometido, na última matéria (veja aqui), vamos aos cinco momentos mais marcantes dessa temporada:

Cuidado SPOILERS abaixo!!!!

Arturito e nosso ódio cada vez maior por ele:

Você achava que não dava para odiar mais ainda Arturo Román, o nosso Arturito? Pense duas vezes. Por mais que ele seja um covarde, que sempre manda os outros fazerem o trabalho que pensa em fazer, para não correr riscos, mas dessa vez ele vai mais longe do que nunca e acaba fazendo algo que, com certeza, terão graves consequências no futuro.

Durante o assalto, Arturo provoca Denver, que o machuca seriamente, com muitos socos. Quem vai tratar dos seus ferimentos é Amanda, a secretária do Governador, e com isso, ambos acabam se aproximando. Isso é a deixa para que Arturo ofereça umas pílulas para que ela se acalme em um momento mais tenso, ao tomá-las ela acaba apagando e, com isso, ele se aproveita dela. Porém ela não estava totalmente apagada e lembra de alguns detalhes. Mais tarde ela confronta o assediador na frente dos outros reféns. Como disse, as consequências disso ainda ficaram em aberto, mas mal posso esperar para que ele realmente se dê MUITO mal depois dessa.

Morte de Nairóbi:

Era claro que algum dos assaltantes precisava morrer. Toda temporada temos a morte de pelo menos um dos assaltantes, e dessa vez a escolhida foi uma das mais queridas pelo público, Nairóbi. Não, ela não morre pelo tiro que tomou da janela, ela se recupera, na medida do possível, com Tóquio realizando uma cirurgia para retirar a bala de sua amiga. Porém, como eu falei na crítica de momentos marcantes das temporadas anteriores, em alguns momentos, eu acho que foi o George Martin que escreveu alguns episódios. Nairóbi é assassinada por Gandia. Como disse, o chefe de segurança deu muito trabalho para os assaltantes, até eles conseguirem dominá-lo de novo. E antes que eles conseguissem o fato, Gandia da um tiro na cabeça de Nairóbi, deixando ela sem possibilidade de cura dessa vez.

Esse momento é marcante, pois o Professor acaba usando ele para inflamar ainda mais a opinião pública a seu favor em uma cena MUITO emocionante na qual o corpo de Nairóbi é carregado para fora do banco, em um caixão, pelos outros quatro seguranças do Governador. Isso, inclusive, é um dos “mísseis” jogados pelo professor. O que nos leva ao próximo item da lista.

Os mísseis do Professor:

Esses mísseis são, nada mais e nada menos, que informações, que o Professor foi soltando, uma logo após a outra, para desestabilizar ainda mais a polícia. Neles, o Professor revelou tudo sobre a tortura que o Rio sofreu na mão de Sierra e ainda levou junto o Coronel Prieto. Esse golpe desestabilizou tanto eles, que foi sugerido a Sierra que ela assumisse total responsabilidade pela tortura. No começo, ela pareceu concordar, porém na hora de dar sua coletiva para a imprensa, ela joga tudo no ventilador. Acusando os coronéis, tanto Tamoyo quanto Prieto, e ainda todo o governo da Espanha, afirmando que tinha agido por ordem deles. Isso, inclusive, faz com que seja feito uma ordem de prisão em seu nome, talvez com a esperança de que ela se cale. Mas antes que a polícia chegue em sua casa, ela já estava seguindo outra pista do Professor e escapou. Será que ela muda de lado, como a Raquel, ou vai entregar ele para a polícia?

Nomes Reais:

Até então só sabíamos o nome de alguns dos assaltantes, como Professor, Rio, Tóquio, Berlin e ,obviamente ,Lisboa e Estocolmo. Porém, durante os episódios dessa temporada, descobrimos os nomes de todos do bando inicial, com exceção de Oslo. Tudo feito de um modo muito sutil, inclusive, se você se distrair, pode até acabar perdendo um ou outro. Ficamos agora sem saber apenas os dos novos integrantes Marselha e Bogotá. Esperamos que possamos descobrir nas próximas temporadas.

Plano Paris:

O Plano Paris é, mais uma vez, a prova de quão brilhante é a mente do Professor. Pensando que alguém pudesse ser capturado, como Tóquio foi durante o primeiro assalto, o Professor nos mostra mais um plano de extração, dessa vez usado para libertar Lisboa. O plano funciona com perfeição e o resultado é que ela vai se juntar ao resto do bando, dentro do banco. Agora lá dentro, só nos resta esperar pra ver os próximos movimentos do Professor, caso ele consiga fazer.

Esses foram os momentos mais marcantes dessa temporada. Vamos esperar que a Netflix consiga produzir logo a próxima, pois já quero maratoná-la também,

momentos marcantes de “la casa de papel”

La Casa de Papel. (Foto: Divulgação)

Por Henrique Moita

Amanhã chega, na Netflix, a quarta parte de La Casa de Papel. Durante a série, tivemos diversos momentos emocionantes e fizemos uma lista com os cinco momentos mais marcantes.

Nairóbi levando um tiro:

Vamos começar por uma cena que eu já mencionei, na última lista, a cena em que Nairóbi leva um tiro de um atirador de elite, ao cair em uma armadilha causada pela inspetora Sierra.Ela é marcante por dois fatores. Primeiro: é a ver que a Netflix está disposta a sacrificar uma das personagens mais queridas pelo público, ao melhor estilo George Martin, ou ao menos dar um grande susto no público. O segundo motivo é o fato de Nairóbi poder rever o filho que ela tinha abandonado quando bebê e ser “penalizada” com um tiro, que ainda não se sabe se acertou ou não o coração.

EMPIEZA EL MATRIARCADO:

A nossa colaboradora, Vanessa, pediu para que essa cena fosse acrescentada na lista. E de fato essa cena é bem importante. Principalmente pelo lado feminista dela. Nela, Nairóbi, cansada de seguir as ordens e decisões de Berlin e de não ter nenhuma resposta concreta de todos os detalhes do assalto, resolve assumir o comando do assalto, praticamente depois de um motim. Infelizmente, por ela ter um lado emocional muito maior que o do antigo líder dentro da Casa da Moeda, algumas coisas saem do controle e ela tem que devolver o comando. Porém, isso não torna menos importante o fato dela querer que as mulheres (e o grupo todo inclusive) tivesse mais a parte dos detalhes do assalto e que ela estava cansada de serem sempre os homens os líderes. Obviamente que ela não sabia que Berlin e o Professor eram irmãos e esse foi um dos motivos para que ele fosse o líder lá dentro.

Cena final da terceira parte:

Não tinha como essa cena estar fora. Depois de cair na armadilha da inspetora Sierra, que usou um dos seus próprios “movimentos” contra ele mesmo, o Professor imagina que Lisboa foi executada pela polícia espanhola em um ato covarde. Ao cair na armadilha, ele declara a real guerra ao sistema. Ao mesmo tempo, pensando que o Professor fosse estar fora de controle, por conta da falsa execução, a inspetora manda um carro blindado invadir o Banco da Espanha, para dar fim ao assalto. O que ela não esperava era que o Professor, após a sua declaração de guerra, fosse contra-atacar e mandar atirarem misseis de bazuca no blindado, causando surpresa em todos da polícia, que não imaginava que o bando fosse fazer algo tão radical, que inclusive pode causar a troca de lado da população, que até então, em grande parte, apoiavam os assaltantes. As consequências desses atos, só vamos conseguir descobrir com a estréia da próxima parte.

Cenas de planejamento dos assaltos:

Tanto no primeiro golpe, quanto no segundo, algo que sempre me chamou muito a atenção, foi como os assaltos foram meticulosamente planejados pelo professor. Como ele tinha cada detalhe de informação e como ele pensava em muitas hipóteses do que poderia acontecer. Obviamente, por se tratar de humanos, muitas das coisas, não foram cogitadas pela mente brilhante do mandante. Porém, com muito pensamento frio e rápido, ele conseguia contornar as mais variadas situações. No segundo assalto, porém, pelo plano original não ser dele e ele não teve tanto tempo para planejar os detalhes, o chamado “jogo de xadrez” entre ele e a inspetora é muito mais rápido e muito mais dinâmico que o primeiro. Até porque a inspetora não quer que se repita o sucesso do roubo.

Plano Chernobyl sendo executado:

Durante toda a primeira temporada, ouvimos muito do que seria o plano Chernobyl, porém, sempre ficávamos nos perguntando, o que seria esse plano e porque ele só poderia ser usado em último caso? Ele consistia basicamente em eles desistirem de todo o montante que seria roubado. Eles pegariam o dinheiro e jogariam para a população, para que pudesse ser causado uma grande confusão e, no meio dela, eles pudessem escapar. O plano foi utilizado no início da terceira parte, no começo do segundo assalto, ao jogarem 140 milhões de euros, eles causaram um tumulto que os ajudou a entrar no Banco da Espanha. Não podemos deixar de nos imaginar nas ruas de Madri quando isso acontecesse.

MENÇÃO HONROSA

Não poderia faltar, é claro, a cena com a participação do jogador Neymar Júnior. Nela, Neymar vive um monge que mora no monastério onde esta sendo planejado o segundo roubo. Fatos engraçados são o do personagem ser de São Paulo, ele não especifica a cidade, mas devemos imaginar que seja de Santos, é claro, e também dele não gostar de festas nem de futebol, o que ironicamente, é justamente ao contrário.

Então é isso pessoal. Essas foram as teorias e cenas importantes para a série. Quer ver se as teorias são verdadeiras? Quer ver se teremos novas cenas marcantes. Fiquem ligados, a partir de sexta-feira, a quarta parte de La Casa de Papel estará disponível na Netflix. Fiquem em casa e um bom dia.

Aquecimento para o tapete vermelho: Cinelist do Telecine reúne filmes premiados e aclamados

TeleCine exibe martona de filmes clássicos aclamados pela crítica. (Foto: Divulgação)

A temporada das premiações do cinema já começou e o streaming do Telecine traz a cinelist perfeita para quem ama acompanhar as grandes cerimônias. São mais de 100 filmes premiados e indicados ao longo dos anos. 

A lista conta com clássicos, como “Os Pássaros” e “Psicose”, de Alfred Hitchcock, além de produções inesquecíveis, como “2001: Uma Odisseia no Espaço” “Titanic”.

Filmes contemporâneos e irreverentes, como  “Cisne Negro”“A Forma Da Água” “Infiltrado na Klan” também não ficam de fora da maratona, que é indispensável para os cinéfilos de plantão.

Confira a cinelist completa aqui.

Creed 2 – Mais pontos positivos do que negativos

Tirando o enredo previsível, continuação do longa de Michael B. Jordan e Sylvester Stallone apresenta aspectos para não tirar os olhos da telona

Por Antonio Lemos

Rocky é uma das franquias de cinema mais queridas pelo público e pela crítica. Para quem é fã e assistia aos filmes durante a infância, os cinco longas contanto a saga de Rocky Balboa (Sylverter Stallone) não sai do nosso imaginário. Ainda teve o sexto, lançado em 2006, quando o “Garanhão Italiano” mostrou para todos que idade não tem diferença ao lutar de igual para igual contra Mason Dixon (Antonio Tarver), onde acabou perdendo por pontos.

A franquia continuou com o personagem sendo apresentado como treinador em Creed: Nascido para Lutare continua na bela sequência, com lançamento programado para o dia 24 de janeiro, com personagens maduros e base sólida para uma eventual continuação. Assim, esta pessoa que vos escreve e fã de Balboa resolveu listar pontos positivos e negativos, saindo um pouco de fazer a resenha e deixando no ar alguns spoilers (já adianto, não foi fácil escolher).

Lutas de “Creed 2” são um dos pontos altos do filme. (Foto: Divulgação)

Michael B. Jordan & Tessa Thompson

Para começar a conversa, outra vez a dupla Michael B. Jordan e Tessa Thompson mostraram uma bela química, e que os papéis de Adonis Johnson e Bianca caíram no colo. O personagem de B. Jordan emociona com palavras, dores e vontade de construir o seu legado, espantando todos os fantasmas da morte do seu pai Apollo Creed (Carl Weathers). Já Tessa mostra a capacidade da personagem de enfrentar suas limitações físicas e seguir lutando pelo seu sonho. Outro grande ponto da atuação da atriz está na apresentação de Adonis na luta final contra Viktor Drago (Florian Munteanu). Diante do Estádio Luzhniki – palco da abertura e encerramento da última Copa do Mundo – lotado e um cenário totalmente hostil, ela aparece como um ponto de luz, interpreta uma canção de arrepiar em tom desafiador e acompanha seu marido até o ringue.

Trilha sonora

O segundo ponto positivo deste longa fica por conta da trilha sonora. A mistura do rap e da black music com o tema clássico do Rocky é sensacional. Juntar o novo com o clássico às vezes preocupa o pessoal mais antigo, mas ouvir “Gonna Fly Now” no ápice do filme faz o nosso coração saltar e o derramamento de lágrimas é inevitável. Ótimo gosto e o tema clássico do ‘Garanhão Italiano’ continua sendo atual mesmo com mais de quatro décadas de existência.

As atuações de Sylverster Stallone e Dolph Lundgren

Se as atuações de Michael B. Jordan e Tessa Thompson são dignos de Oscar (isso deixo para os especialistas), o que dizer de Sylverster Stallone e Dolph Lundgren? Mais de trinta anos depois, Rocky Balboa e Ivan Drago se encontram após a épica luta em Moscou, no qual o ‘Garanhão Italiano’ sai vencedor, enquanto Drago é escorraçado da Rússia e passa a viver na Ucrânia. O personagem de Stallone sobrevive ao câncer, porém, está em conflito consigo mesmo sobre se reconciliar com seu filho e conhecer seu neto. Balboa segue nos emocionando com suas palavras e brilha sem ofuscar o protagonista. Já Lundgren recria o icônico Drago tentando reescrever o passado e mudar o presente com o filho Viktor. Seu personagem está frustrado, deprimido, derrotado e cheio de raiva. Seu filho carrega os mesmos sentimentos do pai, e ao mesmo tempo, perturbado pela gana de Ivan em reerguer o nome da família após aquele Natal de 1985. Ver os quatro (Rocky, Adonis, Ivan e Viktor) em cima do ringue um encarando o outro é de arrepiar até o último fio de cabelo. Dá a impressão de que teríamos duas lutas no mesmo espaço e uma faísca viraria explosão naquele barril de pólvora.

Lutas

Desde o seu primeiro confronto, que valia a chave de seu Mustang, até a batalha épica em Moscou, o diretor Steven Caple Jr. acerta em cheio em dar bastante realidade, fazendo com que o telespectador fique com os olhos grudados na tela, sem querer perder sequer um detalhe. Tirando a luta em que Adonis vence e recupera o seu carro, o primeiro confronto contra Viktor mostra o russo com fome de vitória e como ele é uma máquina de dar socos (na vida real, o ator que interpreta Viktor é pugilista profissional). No embate final, em solo europeu, Johnson é outro lutador, resiste a vários golpes – como Balboa resistia – e seu final é digno de um protagonista que agarrou com unhas e dentes o papel de dar continuidade ao legado de Stallone, além de dar sequência ao seu próprio. Sem dúvidas é uma das lutas mais épicas do cinema.

Mensagem do filme

Para fechar, o filme deixa uma mensagem. Se na saga de Stallone, o recado transmitido era “Não importa o quanto você bate, mas sim o quanto aguenta apanhar e continuar. O quanto pode suportar e seguir em frente.”, em Creed II a mensagem é simples e clara: “Não importa o quão poderoso é seu adversário e quantas vezes você é jogado na lona, é preciso ficar de pé frente as adversidades e vencê-las a todo o custo, nem que essa vitória venha a base de grandes sacrifícios.”. Adonis buscava a luta perfeita para honrar a morte de seu pai e construir o seu legado. E conseguiu.

Ponto negativo: enredo previsível

Depois de apresentar tantos pontos positivos (difícil escolher cinco), qual seria o lado negativo de Creed II? Falar que não tem seria coisa de fã, mas esta pessoa que vos escreve aponta um (se os especialistas tiverem outros pontos negativos, é só falar): o enredo previsível. Não digo no sentido de Adonis vencer a “revanche” contra Drago em Moscou, mas pela história ser a versão repaginada de Rocky IV. Desde a chegada russa aos EUA, o desafio pelo staff de Drago contra Adonis, passando pela primeira luta em solo americano até a última na capital russa, a história se repete como fora em 1985, a exceção fica pelo fato do protagonista não morrer, e sim, ficar gravemente ferido. Em Rocky IV, Apollo morre no 2º round. Mesmo assim, é um filme que vale muito a pena assistir, com muitas referências e a emoção será inevitável.

Teremos Creed 3?

Depois em que Adonis derrota Drago, ficou no ar se há fôlego para o terceiro filme. Acredito que tenha pelo fato do diretor Steven Caple Jr. ter acertado em cheio nessa continuidade, e também, pelo fato do próprio Adonis começar a construir o seu legado. Porém, fica a pergunta: com ou sem Rocky Balboa?

As últimas cenas mostraram que Balboa aos poucos vai sair de cena quando diz para Adonis curtir a sua conquista, enquanto ele fica fora do ringue, e o monólogo do protagonista no túmulo de Apollo. Na sequência, aparece Rocky conquistando o seu objetivo: rever o filho e seu neto com uma mala na mão e a sua tradicional bolinha de borracha. Além disso, o próprio Sylvester Stallone declarou que estaria pronto para gravar o Creed 3 e depois disso sairia de cena, aposentando o personagem, assim como fez com Rambo.

Como será essa “despedida”? A ‘batata quente’ está nas mãos de Caple Jr. e uma das especulações para o terceiro filme é o possível retorno de Clubber Lang, interpretado por Mr. T em Rocky III (1982).

Renato Andrade e Erika Mello sugerem cinco lições preciosas para apartamentos pequenos

Os arquitetos e sócios da Andrade & Mello Arquitetura ressaltam os recursos para o máximo aproveitamento dos espaços e mostram que é possível morar bem em lugares compactos

Nas grandes cidades, é cada vez mais comum morar em poucos metros quadrados. Nos últimos anos, os lançamentos de apartamentos tiveram áreas reduzidas, desafiando a arquitetura a nos ajudar a viver melhor. Esse perfil de imóvel, compacto e prático, requer soluções de organização e aproveitamento de espaço para facilitar a vida dos moradores, agregando qualidade de vida e bem-estar.

Buscando aproveitar cada centímetro da melhor maneira possível, os arquitetos Renato Andrade e Erika Mello, do escritório Andrade & Mello Arquitetura, compartilham suas experiências para mostrar que é possível morar em ambientes enxutos sem abrir mão da personalidade nem sofrer com cômodos apertados e desconfortáveis.

Apartamento de 33 m² assinado pelo escritório Andrade & Mello Arquitetura (Foto: Luis Gomes)

1. Integração

Uma ótima solução para ganhar medidas extras no projeto é remover paredes e unir ambientes. “Mas não podemos nos esquecer da estrutura do imóvel, que não pode ser colocada em risco“, alerta Erika Mello. Ao invés de ter cômodos isolados, o morador terá amplitude em sua moradia, como cozinhas integradas ao estar, que permitem um ambiente mais receptivo e aconchegante. “As transparências são bem-vindas, pois mantêm a percepção do todo”, complementa Erika.

2. Marcenaria

Quando se trata de imóveis compactos, o que fica cada vez mais claro é que planejar os espaços nunca foi tão importante. Cada centímetro ganha status de área útil. A marcenaria é uma aliada fundamental para não desperdiçar nenhum milímetro, sem contar ajuda na organização da casa. “Todo o mobiliário deve ter uma função específica, estou falando de encaixes perfeitos e usos pré-definidos já no desenho do projeto”, afirma Renato Andrade. Remover o máximo de paredes e substituí-las por armários é uma forma de ganhar centímetros. “Com painéis deslizantes, móveis multiuso e peças embutidas, a marcenaria se torna uma aliada em lugares enxutos”, completa.

3. Otimização vertical

Aproveitar as paredes até o teto é uma forma de conquistar ainda mais área. Estantes e armários posicionados estrategicamente são ótimos para abrigar cobertores, livros e outros objetos que não são usados com frequência.  Outra recomendação é apostar em teto e paredes pintados na mesma cor, pois isso parecerá suprimir limites e trará a ideia de unidade. “Piso único, teto nivelado e iluminação linear também forjam a sensação de continuidade”, afirma Erika.

4. Espelhos

Um truque recorrente, que funciona muito bem, é o uso de espelhos. Aplicá-los em lugares específicos, como, por exemplo, dentro dos móveis ou sobre as prateleiras vai contribuir para que os ambientes pareçam maiores e mais iluminados. Também vale pensar que a organização racional de circulação resultará em áreas otimizadas. Um exemplo é posicionar estrategicamente as portas, uma em frente à outra.

5. Móveis multifuncionais

Os chamados ‘móveis dois em um’ valorizam o imóvel e podem ser usados de formas múltiplas: um sofá que vira cama, mesa que dá para ser estendida, entre outras opções. “É importante que os móveis e os acessórios sejam proporcionais ao tamanho do ambiente”, ressalta Erika. Ao mesmo tempo, cuidado para evitar a duplicidade de funções, como mesas de refeição em mais de um ambiente.

O Spotify vai guiar você pelo novo esporte preferido do momento: a caça ao Pokémon

Já pensou em conhecer os pontos turísticos do Rio de Janeiro enquanto joga Pokémon Go? O Spotify criou a playlist “Temos Que Pegar”, um audioguia com a trilha sonora ideal para você capturar Pokémon pelos cartões postais da Cidade Maravilhosa.

Spotify prepara lista especial para quem joga Pokemon Go. (Foto: Divulgação)
Spotify prepara lista especial para quem joga Pokemon Go. (Foto: Divulgação)

Na playlist especial do Spotify, o guia Marcelo Forlani, do site Omelete, te dá dicas de como ser o melhor Treinador Pokémon a cada virada de esquina. Pontos famosos como o Maracanã, Cristo Redentor, Arpoador e Jardim Botânico fazem parte do roteiro de lugares perfeitos para achar monstros raros e especiais.

A trilha sonora do guia em áudio passeia por clássicos da série animada como o tema de abertura “Pokémon Theme” e “Don’t Say You Love Me”, faixa que  toca nos créditos finais do “Pokémon: The First Movie”, de 1999.  A nostálgica “Força do Mestre” do programa da Eliana também aparece na playlist e reveza com hits como “Sorry”, de Justin Bieber e “Confident”, de Demi Lovato.

A playlist Temos Que Pegarestá disponível.