Arquivo da tag: Livros

“O que sobra”, a biografia do Príncipe Harry

O QUE SOBRA, a biografia do Príncipe Harry, Duque de Sussex, foi publicada dia 10 de janeiro de 2023, pela Objetiva, selo da Companhia das Letras, no Brasil. Na América do Norte, O QUE SOBRA será lançado simultaneamente como livro impresso e ebook pela Random House US e pela Random House Canadá. No Reino Unido, sairá pela Transworld. Uma versão em espanhol, com o título SPARE: EN LA SOMBRA, será publicada pela Plaza & Janés/Penguin Random House Grupo Editorial. Ao todo, o livro será lançado em 16 idiomas ao redor do mundo.

O QUE SOBRA leva os leitores imediatamente de volta a uma das imagens mais dolorosas do século XX: dois meninos, dois príncipes, caminhando atrás do caixão de sua mãe, enquanto o mundo acompanhava a cena com tristeza e horror. E enquanto a Princesa Diana chegava à sua última morada, bilhões de pessoas se perguntavam o que o Príncipe William e o Príncipe Harry deviam estar pensando e sentindo – e para onde suas vidas caminhariam a partir dali.

Para Harry, em suma, é essa a história.

“O Herdeiro e o Reserva — não havia juízo de valor nisso, tampouco havia ambiguidade. Eu era a sombra, o apoio, o Plano B… Era convocado a oferecer respaldo, distração, diversão e, se necessário, uma peça reserva… Isso tudo me foi esclarecido desde o começo da jornada da vida e depois era sempre reforçado”.

Antes de perder sua mãe, o Príncipe Harry, com doze anos, era conhecido como a criança mais solta, o pequeno e mais alegre em comparação com o sério herdeiro do trono. O luto mudou tudo. Ele sofreu na escola, sofreu com a raiva e com a solidão – e, já que ele culpava a imprensa pela morte de sua mãe, ele também sofreu para lidar com a vida sob os holofotes.

Aos 21 anos, entrou para o Exército Britânico. A disciplina lhe deu estrutura, e duas missões em combate o transformaram em um herói doméstico. Mas ele logo se sentiu mais perdido do que nunca, lutando contra o estresse pós-traumático e sujeito a ataques de pânico. Acima de tudo, não conseguia encontrar o amor.

Até que conheceu Meghan. O mundo foi surpreendido pelo amor de cinema dos dois, e se alegrou com seu casamento de conto de fadas. Mas, desde o começo, Harry e Meghan foram perseguidos pela imprensa, alvos de ondas de abuso, racismo e mentiras. Ao ver sua esposa sofrendo, e com a saúde mental de ambos em risco, Harry não viu outra saída para impedir que uma história trágica se repetisse – ele precisou deixar sua pátria-mãe. Ao longo dos séculos, deixar a Família Real foi um ato a que poucos se atreveram. A última, de fato, tinha sido a mãe dele…

Pela primeira vez, Harry conta a própria história, narrando sua trajetória com uma honestidade crua e inabalável. Um marco editorial, O QUE SOBRA é uma obra cheia de aprendizados, revelações, escrutínio da própria vida e uma sabedoria conquistada a duras penas, que fala do poder eterno do amor contra o luto.

O Príncipe Harry pretende ajudar entidades beneficentes britânicas com os lucros auferidos com O QUE SOBRA; O Duque de Sussex doou US$1.500.000,00 para a Sentebale, uma organização que ele fundou com o Príncipe Seeiso, de Lesotho, em homenagem ao legado das mães dos dois. A Sentebale oferece apoio para crianças e jovens vulneráveis afetados pelo HIV/AIDS em Lesotho e Botswana. Harry também vai fazer uma doação para a organização sem fins lucrativos WellChild no valor de £300.000,00. A WellChild, entidade da qual Harry é patrono real há 15 anos, visa permitir que crianças e jovens com necessidades de saúde complexas sejam tratados em casa em vez do hospital sempre que possível.

Edições em inglês de O QUE SOBRA serão publicadas no Reino Unido, Irlanda, Austrália, Nova Zelândia, Índia e África do Sul pela Transworld, um selo da Penguin General na Penguin Random House UK, e no Canadá pela Penguin Random House Canadá. O livro também será publicado em traduções para 15 outras línguas, incluindo: ESPANHOL – Plaza & Janés/Penguin Random House Grupo Editorial, ALEMÃO – Penguin Verlag/Penguin Random House Verlagsgruppe GmbH, PORTUGUÊS DO BRASIL – Objetiva/Companhia das Letras, PORTUGUÊS EUROPEU – Objectiva/Penguin Random House Grupo Editorial, CHINÊS SIMPLIFICADO – Penguin Random House China, DINAMARQUÊS – Politikens Forlag, HOLANDÊS – Hollands Diep, um selo da Overamstel, FINLANDÊS – Otava Publishing Company, FRANCÊS – Éditions Fayard, GREGO – Pedio Books, HÚNGARO – Corvina Books, ITALIANO – Mondadori, POLONÊS – Wydawnictwo Marginesy, ROMENO – Nemira Publishing House, e SUECO – Albert Bonniers Förlag.

A ALMA IMORAL 

Obra-prima de Nilton Bonder completa 25 anos e ganha edição especial da Rocco, com projeto em capa dura e prefácio inédito do autor

Publicado originalmente em 1998, A alma imoral, um dos livros mais conhecidos do respeitado rabino Nilton Bonder, conquistou o público com uma reflexão poderosa sobre a natureza humana e sua dimensão transgressora. Para celebrar os 25 anos desse sucesso, a Rocco está lançando uma edição especial da obra, com projeto em capa dura e prefácio inédito do autor.

“Ao escrever A alma imoral, eu sabia que tratava de algo de grande relevância e verdade na experiência humana. Vestir a alma de palavras sem diminuir sua ardência, seu fogo, e colocá-la no centro da experiência da vida era tarefa intrincada; fazê-la o epicentro das tradições e traições, ao mesmo tempo, uma missão ainda mais melindrosa”, diz Bonder. “Fico satisfeito que tenha chegado e tocado tantas pessoas.”

Em A alma imoral, o autor lança mão de uma série de parábolas judaicas para destrinchar dois impulsos básicos do ser humano: o da perpetuação e o da ruptura. Em uma exposição brilhante, redigida de forma tão transparente quanto poética, Bonder nos revela que, ao contrário do que geralmente pensamos, essas ideias não pertencem a campos opostos. Elas estão, na verdade, interligadas. E isso porque o cerne da experiência espiritual se encontra na tensão constante entre preservar e trair.

Segundo o autor, a alma é justamente a dimensão humana capaz de agir contra o establishment e romper padrões. Ela cria, transforma, transcende e assim nos lança em direção ao futuro. “As leis e o cumprimento do estabelecido representam o território do corpo. A lei inexorável da reprodução é a própria definição do corpo. A alma, por sua vez, é a desobediência.”

Provocador e envolvente, A alma imoral já inspirou um filme e uma peça. O espetáculo teatral, estrelado por Clarice Niskier, segue atraindo e encantando plateias pelo Brasil. Depois de 25 anos de publicado, o ensaio do rabino Nilton Bonder mantém a sua potência, relevância e atualidade. Trata-se de uma obra indispensável para todos aqueles que desejam mergulhar nos estudos sobre o ser humano e sua busca pela imortalidade e pela transcendência. 

Lançamento Rocco: “AMANHÃ, AMANHÃ, E AINDA OUTRO AMANHÔ, de Gabrielle Zevin

Best-seller do New York Times, romance de Gabrielle Zevin explora a potência das grandes parcerias profissionais e faz um retrato tocante do universo dos games

(Foto: divulgação)

Alçado à lista de mais vendidos do New York Times logo após o seu lançamento nos Estados Unidos e selecionado pelo apresentador Jimmy Fallon para o seu clube do livro, o romance Amanhã, amanhã, e ainda outro amanhã, de Gabrielle Zevin, tem conquistado a crítica com uma trama que aborda habilmente a beleza das amizades raras e a potência das grandes parcerias criativas. Elogiada por John Green, Emma Straub e outros autores, a obra, que é ambientada dentro da indústria de videogames, um universo ainda pouco explorado na literatura, chega agora ao Brasil pela editora Rocco.

Nas páginas do livro, o leitor é apresentado a Sam Masur e Sadie Green, dois amigos unidos na infância pela paixão pelos jogos eletrônicos. Depois de alguns anos afastados, eles se esbarram em uma estação de metrô. Sam, então um aluno de Matemática de Harvard, recebe das mãos de Green, que estuda Ciência da Computação no MIT, uma cópia de Solution, o jogo inventado por ela. É quando a conexão entre os dois se restabelece. Brilhantes e ambiciosos, eles constroem, a partir daí, uma lendária colaboração na área, mas não demora até que precisem lidar com suas diferenças, dúvidas e fraquezas ― e também com uma inesperada tragédia.

Encantadora, envolvente e muito divertida, a narrativa de Zevin passeia por diferentes tempos da vida desses personagens, cobrindo um período de trinta anos. Enquanto faz um retrato dessa amizade tão cheia de nuances, Amanhã, amanhã, e ainda outro amanhã conduz o leitor por reflexões preciosas sobre o lugar dos games no mundo das artes, sobre as possibilidades de habitar o ambiente virtual e sobre temas como vocação, apropriação cultural, diferenças de gênero e tantos outros.

GABRIELLE ZEVIN é uma premiada escritora, com livros publicados em quase quarenta idiomas. Também é crítica literária e roteirista. Trabalhou na adaptação do próprio livro, A vida do livreiro A.J. Fikry, para as telas. Formada em Harvard, Zevin mora em Los Angeles. Ela também escreveu livros para jovens, como Em Outrolugar, publicado pela Rocco. Amanhã, amanhã, e ainda outro amanhã está em processo de adaptação para o cinema pela produtora Temple Hill e pelo Paramount Studios. 

Rocco lança “COLCHÃO DE PEDRA”, de Margaret Atwood

Em livro até agora inédito no Brasil, Margaret Atwood reúne contos recheados de personagens sombrios, elementos góticos e humor afiado

(Foto: divulgação)

Presenças fantasmagóricas, aberrações da natureza, alucinações, assassinatos, antigos rancores, sonhos frustrados. Colchão de pedra, obra que chega agora às livrarias de todo o Brasil pela editora Rocco, reúne uma série de narrativas que, assinadas pela premiada autora canadense Margaret Atwood, estão repletas de figuras sombrias e elementos góticos.

Os três contos iniciais da coletânea, por exemplo, são interligados por um personagem comum: o egocêntrico poeta Gavin Putnam. No primeiro texto, ele passeia pelas memórias um tanto confusas da namorada de juventude. No segundo, enquanto coloca à prova a paciência da atual esposa, que é muitos anos mais nova, ele relembra uma parte de seu passado inconsequente. Por fim, Putnam ressurge na história de uma antiga amante, que, depois de décadas de ressentimentos, decide comparecer a seu velório.

Na trama seguinte, uma jovem se vê vítima de uma rara doença ou de uma inesperada maldição. Quando seu corpo começa a ganhar uma aparência sobrenatural, ela precisa lidar com a vergonha da família. Não demora até que sua morte seja encenada e ela decida viver totalmente isolada no quarto de uma fazenda.

Na narrativa que dá título ao livro e que em breve vai virar filme, Verna, uma viúva, embarca em um cruzeiro pelo Ártico depois da morte nada acidental do seu quarto marido. O inesperado acontece quando ela vê entre os passageiros o homem por quem foi abusada e humilhada décadas antes. Astuta, ela planeja cautelosamente a sua vingança. Nas telas, a protagonista será vivida por ninguém menos que Julianne Moore.

As marcas da violência, a consciência da mortalidade e os mitos da velhice são só alguns dos temas que perpassaram as nove histórias de Colchão de pedra. Irreverente e cheia de surpresas, a obra é mais uma prova da genialidade de Margaret Atwood e de seu extraordinário talento para explorar as facetas mais perversas da humanidade.

Margaret Atwood, cuja obra foi publicada em mais de 35 países, é autora de mais de quarenta livros de ficção, poesia e ensaios críticos. Além de O conto da aia, seus romances incluem Olho de gato, finalista do Booker Prize; Vulgo Grace, ganhador do Giller Prize, no Canadá, e do prêmio Mondello, na Itália; O assassino cego, vencedor do Booker Prize de 2000; O ano do dilúvio e a trilogia MaddAddão. Ela mora em Toronto.

Editora Panini lança ‘Shazam!’ em quatro volumes no Brasil

Obra de Clayton Henry e Tim Sheridan desembarcam em terras brasileiras após ser publicada nos Estados Unidos em 2021

(Foto: divulgação)

A Editora Panini, líder mundial no setor de publicações, lança a obra ‘Shazam!’ no Brasil neste mês de junho, após fazer grande sucesso nos Estados Unidos em 2021. Trata-se de uma série limitada em quatro volumes roteirizada por Tim Sheridan e com artes de Clayton Henry. O filme do Shazam! lançado pela DC em 2019 fez muito sucesso com o público pela temática divertida abordada pela trama e a HQ do herói chega para preparar o público para o próximo filme desse universo que será lançado em outubro: Adão Negro, um dos grandes vilões de Billy Batson.

Das páginas de Academia dos Jovens Titãs, a história aborda sobre o Mortal Mais Poderoso da Terra, que sai em busca de respostas. Por que sua família perdeu o Poder de Shazam? E seus poderes estão pouco confiáveis, fazendo com que Billy Batson mergulhe em uma aventura que vai impactar não somente a sua vida, como também a dos outros alunos da Academia.

A HQ pode ser adquirida na Loja Panini, por compra avulsa, livrarias e lojas especializadas pelo valor de R$ 24,90

Ficha Técnica

Periodicidade: Especial
Formato: 17×26 cm
Número de páginas: 104
Tipo de capa: Cartão
Classificação Etária: 12 anos
Preço: R$ 24,90

Panini anuncia presença na Bienal Internacional do Livro de São Paulo

Editora prepara o lançamento de diversas obras, entre publicações da DC Comics, Marvel, Mauricio de Sousa Produções e mangás, durante o maior palco editorial e literário da América Latina

(Foto: divulgação)

Entre os dias 2 e 10 de julho, no Expo Center Norte, em São Paulo, acontece a 26ª edição da Bienal Internacional do Livro, com um encontro das principais editoras, livrarias e distribuidoras do país e dos amantes da literatura. A Editora Panini, líder mundial do setor de publicações, marca seu retorno aos eventos presenciais com muitos lançamentos no estande G115 do evento.

Durante a feira, o público poderá conferir os principais títulos e novidades da editora. No total, a Panini prepara para o evento o lançamento de diversas obras, entre publicações da DC Comics, Marvel, Maurício de Sousa Produções e mangás. Dentre os principais lançamentos em primeira mão estão: as graphic MSP Franjinha – Contato e Denise – Arraso, além de uma publicação em que a Turma da Mônica conta as histórias de todas as copas do mundo para a criançada; FortniteSaga dos X-Men, o 1º omnibus de Disney Mickey Mystery – O Detetive das Trevas e de Star Wars com Darth Vader; Shazam!, Jovens Titans: Mutano Ama Ravena com sessão de autógrafos de Gabriel Picolo; e Revista Infantil do Batman. Da parte de mangás, o destaque fica por conta de Mushoku Tensei, Mieruko-Chan, Sousou no Frieren e a reimpressão dos volumes de 1 a 5 de Spy x Family.

Além os lançamentos, a Panini prepara uma intensa agenda de sessões de autógrafos com nomes como Max Andrade (graphic MSP Anjinho – Além), Cora Ottoni (graphic MSP Denise – Arraso) e Vitor Caffagi (Franjinha – Contato, além da Trilogia Laçoes, Lembranças e Lições), assim como Gabriel Picolo, desenhista e quadrinista da DC Comics, e ainda Rod Reis e Lucas Werneck, desenhistas da Marvel. A Panini também estará na Bienal vendendo álbuns de figurinhas de diversas coleções, entre elas: Brasileirão 2022, Jurassic World 3, Harry Potter: Anthology, Turning Red: Movie, Lightyear: Movie, Fortnite, Free Fire, Nossa Seleção Rumo ao Catar, Animais Fantásticos: Os Segredos de Dumbledore e o Box de Stranger Things.

Já no Espaço Infantil, a Panini também preparou atrações especiais para os pequenos (e claro, adultos!), para curtir as histórias da Turma da Mônica por meio de “contação de histórias”, bate-papo sobre a Biblioteca Maurício de Sousa – com a primeira edição lançada há pouco tempo pela editora -,bate-papos sobre Graphics, e a presença de Tatiana Pita que falará sobre o uso dos quadrinhos em sala de aula, dialogando com os educadores sobre como este recurso pode ser uma excelente ferramenta para projetos multidisciplinares e interdisciplinares, apresentando sugestões para todos os segmentos.

“Depois de tanto tempo poderemos ter esse contato próximo com o público novamente, trocando experiências e conhecimento! Trazer esse mundo ‘imaginário’ e criativo, que de alguma forma auxiliou tantas pessoas nesse momento de isolamento, para a realidade, debatendo e provocando transformações. É um momento muito gratificante para nós, principalmente ocorrendo em um dos palcos dos maiores encontros entre leitores, editores e escritores”, afirma Barbara Robles, Gerente de Produto de Marketing da Panini.

Além da Bienal, a editora também marcará presença no Anime Friends, que ocorre no fim de semana entre 8 e 10 de julho, no Anhembi, em São Paulo, e na super aguardada Comic Con Experience, que acontecerá entre 1 e 4 de dezembro, também na capital paulista.

Analista de sistemas larga TI e vira best-seller de literatura erótica

Com 163 milhões de páginas lidas na Amazon, Mari Sales estreia na Bienal Internacional do Livros de São Paulo como sensação entre leitoras de romances hots

(Foto: divulgação)

A literatura erótica está no melhor momento. Leitoras menos tímidas e as escritoras audaciosas que emponderam não tem vergonha de criar histórias de romance cada vez mais picantes. Quem vivencia esta etapa e aproveita o boom do hot é e escritora Mari Sales. Em 2016, a mato-grossense largou a carreia estável na TI para se dedicar exclusivamente a contar histórias quentes.

Como resultado estão números expressivos na Amazon: mais de 163 milhões de páginas lidas e cem livros e e-books publicados na plataforma. Bestseller e sensação entre as leitoras, Mari faz sua estreia na Bienal Internacional do Livro de São Paulo em seu melhor momento. Ela recebe as fãs no sábado, dia 2 de julho, às 16 horas, no estande L99, do Grupo Editorial Portal – Seis Elementos.

Durante o evento, a escritora apresenta a nova versão do romance O Filho que rejeitei. Em apenas oito dias de relançamento, a história ardente da jornalista Flaviane e do executivo James Blat ultrapassou um milhão leituras do lançamento anterior e alcançou mais de dez milhões de páginas lidas em apenas seis meses. A estratégia? Apresentar a história do jeito que seu público realmente gosta – e sem pudor. “Notei que minhas leitoras querem histórias de redenção e conquista. Em 2021, analisei o mercado e percebi uma oportunidade para explorar a temática com um livro já lançado”.

Um boy arrependido e uma mocinha confiante é o que traz Mari Sales nas 327 páginas do livro reeditado. Flaví estava de aviso prévio na empresa que James é dono secretamente, quando encontrou o estranho na festa corporativa. Tudo não passava de diversão. Depois de uma noite de “forte conexão”, a protagonista decide afastar-se de todos relacionados com o antigo empregador. Só não imaginava era que aquela noite teria consequências permanentes. Anos depois, o mocinho e pai do seu bebê retorna para a vida dela disposto a conquistar o perdão e recuperar o tempo perdido com o filho.

Ficha Técnica
Título: O Filho que rejeitei
Autora: Mari Sales
ASIN: ‎ B09NQXKQ9F
ISBN: 978-65-00-42475-1
Páginas: ‎ 327 (eBook) e 202 (físico)
Preço: R$ 5,99 (eBook) e R$ 30,00 (físico)
Link de venda: Amazon e na bienal, no estande L99 Grupo Editorial Portal

SERVIÇO:

Bienal Internacional do Livro de São Paulo
Quando: de 2 a 10 de julho
Onde:  Expo Center Norte, Rua José Bernardo Pinto, 333 – Vila Guilherme, São Paulo/SP
Mais informações e ingressoswww.bienaldolivrosp.com.br

Sessões de autógrafos com Mari Sales:


02/07 – sábado – 16h – L99 Grupo Editorial Portal – Seis Elementos
02/07 – sábado – 20h – L99 Grupo Editorial Portal – Mari Sales
03/07 – domingo – 18h – L99 Grupo Editorial Portal – Parceria Mari e Jéssica
09/07 – sábado – 16h – L99 Grupo Editorial Portal – Seis Elementos
09/07 – sábado – 20h – L99 Grupo Editorial Portal – Parceria Mari e Jéssica
10/07 – domingo – 18h – L99 Grupo Editorial Portal – Mari Sales

Panini lança edição especial de Batman: O Longo Dia Das Bruxas

Obra especial, que chega ao Brasil, dá continuidade ao título lançado por Tim Sale e Jeph Loeb há 25 anos atrás

(Foto: divulgação)

A Editora Panini, líder mundial no setor de publicações, lança neste mês de junho aqui no Brasil, a edição especial de ‘Batman: O Longo Dia das Bruxas’, trazendo de volta para os fãs do Homem-Morcego, uma continuação da obra de grande sucesso criada por Tim Sale e Jeph Loeb há 25 anos atrás.

Se você pensou que havia descoberto toda a história de Batman: O Longo Dia das Bruxas, você estava enganado. Agora, os lendários autores Jeph Loeb e Tim Sale retornam a Gotham City para revelar um segredo que estava enterrado desde então! Um mistério que poderá destruir não somente o Batman, como também o Comissário Gordon, o Duas-Caras, e outros figurões da cidade!
 

A HQ pode ser adquirida na Loja Panini, por compra avulsa, livrarias e lojas especializadas pelo valor de R$ 17,90
 

Ficha Técnica

Periodicidade: Especial
Formato: 16×26 cm
Número de páginas: 48
Tipo de capa: Cartão
Classificação Etária: 12 anos
Preço: R$ 17,90

Fenômeno editorial nos Estados Unidos “A Doçura da Água” chega ao Brasil

Com indicações de Barack Obama e Oprah Winfrey, livro celebra os relacionamentos que combatem o ódio

(Foto: divulgação)

Fim da Guerra Civil Norte Americana, o conflito mais mortal da história estadunidense. Na fictícia Old Ox, na Geórgia, brancos ressentidos lamentam pela Proclamação de Emancipação, e ex-escravizados vislumbram a liberdade. George e Isabelle Walker, de luto pela morte de seu filho Caleb, acolhem Prentiss e Landry, dois irmãos negros e ex-escravos da fazenda vizinha. A conexão dos irmãos com os Walker confunde e enoja os moradores brancos da região, especialmente os aristocráticos Weblers, cujo filho, August, é o melhor amigo de Caleb. À medida que o verão avança, segredos e desejos ocultos vêm à tona, alguns tão doces quanto as conservas de pêssego de Isabelle, outros amargos e aterrorizantes. Uma revelação na floresta, em uma noite escura, mergulha toda a comunidade no caos e mostra que a guerra ainda não acabou.

Alguns anos atrás me deparei com as transcrições de escravos libertos conversando com historiadores, e fiquei impressionado com o quão pouco eu sabia sobre os dias que se seguiram após à Guerra Civil – Conta Nathan Harris –  Imagine ter passado toda a sua vida em um cativeiro, e de repente você acorda com a revelação chocante de que o governo lhe deu uma nova identidade. É livre, mas tem um corpo traumatizado que definiu toda a sua existência. O pensamento me fascinou, e ao iniciar o romance vi que as questões abordadas não eram do passado, mas do presente. Este livro, para minha consternação, é muito contemporâneo. Vivemos num período em que esta nação (EUA) está fraturada, acredito firmemente que este é exatamente o tipo de história de que precisamos, com personagens que enfrentam inflexivelmente a dor, a mágoa, a perda e declaram em voz alta que é possível superar.

Com indicações de Barack Obama e Oprah Winfrey, A Doçura da Água ilustra uma comunidade em conflito consigo mesma, envenenada pelo orgulho e atolada na intolerância racial e sexual. O livro alcançou marcas impressionantes nos Estados Unidos como Melhor Ficção do Ano pelo Washington Post, e prêmios como o Sylan Thomas, Medalha Carnegie de Excelência 2022 e o First Novel Prize do Center for Fiction. Também foi indicado ao Man Booker Prize, e Goodreads Choice Awards 2021 de Melhor Ficção Histórica e Melhor Romance de Estreia.

Mesmo em um cenário histórico, A Doçura da Água faz perguntas muito relevantes nos dias atuais. Qual é o preço da dignidade? Qual é o legado da escravidão e da violência racial? E o que realmente significa ser livre?

Sobre Nathan Harris

Possui mestrado em artes plásticas pelo Michener Center, da Universidade do Texas. A Doçura Da Água, seu primeiro romance, foi escolhido para o Clube do Livro da Oprah, nomeado para o Man Booker Prize, e venceu o Prêmio de Excelência Literária Ernest J. Gaines. Harris recebeu menção honrosa na lista dos 5 Under 35, da National Book Foundation, em 2021. Mora em Seattle, Washington.

Nathan Harris na 26ª Bienal Internacional do Livro De São Paulo.

Dia: 10/07

Hora: 11h30

Local: Expo Center Norte – Arena Cultural

Rua José Bernardo Pinto, 333 – Vila Guilherme, São Paulo

A Doçura da Água

Editora: Novo Século

Autor: Nathan Harris

Pag: 334

Gênero: Literatura estrangeira

Categoria BISAC: Ficção

Preço: R$ 49,90

ISBN: 978655561352-0 (físico)

          978655561353-7 (ebook)

Uma aventura infernal inspirada no clássico “A Divina Comédia”

Neste lançamento, o protagonista enfrenta uma tarefa nada invejável: atravessar os círculos do inferno

(Foto: divulgação)

David Goffman e a Travessia Infernal é um moderno retorno aos clássicos. Neste lançamento, publicado pela Editora Labrador, o escritor Gabriel Ract apresenta uma releitura de A Divina Comédia, de Dante Alighieri. Recheada de referências mitológicas, a obra desperta no leitor a vontade de conhecer grandes títulos da literatura.

O protagonista da história, David Goffman, é um jovem amargurado em busca de vingança contra a criatura que assassinou seus pais. Para isso, ele coloca a própria vida em risco ao embarcar no desafio de atravessar todos os círculos do inferno e convencer sete príncipes infernais de que é digno de ascender aos Céus.

Nessa jornada, Goffman conta com a companhia de Mari, que foi morta em circunstâncias misteriosas. Juntos, eles enfrentam desafios que fogem à imaginação dos meros mortais e crescem em aprendizado, força e coração. 

“Ele respirou o mais fundo que conseguiu antes de rir de si mesmo.
Aquela era a prova definitiva de que havia realmente entrado no Inferno.
Aproveitou a situação para deixar anotado que não poderia ficar
impressionado com qualquer coisa de agora em diante.”
(David Goffman e a travessia infernal, p. 22)

David Goffman e a Travessia Infernal é um livro sobre o poder da vingança, mas também sobre a importância do companheirismo e a capacidade de evolução humana. A obra é coroada com empolgantes cenas de batalhas testemunhadas pelo protagonista enquanto busca se tornar o próximo humano a completar este trajeto pelo inferno.

Ficha técnica

Livro: David Goffman e a Travessia Infernal
Autor: 
Gabriel Ract
Editora:
 Labrador
Páginas:‎ 208 páginas
ISBN-10: 6556252174
ISBN-13: 978-6556252179
Formato:‎ 16 x 10 x 23 cm
Preço: R$ 49,90 (livro físico) e R$ 33,00 (eBook)
Onde encontrar: Amazon