Arquivo da tag: Livros

SNK apresenta The King of Fighters: The Ultimate History

A história por trás da longeva série de jogos de luta será revelada em um novo livro

A SNK Corporation e a Bitmap Books têm o orgulho de apresentar The King of Fighters: The Ultimate HistoryThe King of Fighters (KOF) é uma das séries de jogos de luta mais importantes de todos os tempos e, hoje, é considerada a realeza dos jogos de luta. Mas, apesar desse legado, a narrativa desta longeva e muito amada série nunca foi contada de forma abrangente – até agora. The King of Fighters: The Ultimate History será lançado neste verão americano.

No primeiro livro oficialmente licenciado e totalmente endossado do gênero, a narrativa da franquia KOF é revelada em sua totalidade. The King of Fighters: The Ultimate History fornece acesso a ilustrações e artes de desenvolvimento, bem como aos principais membros da equipe de desenvolvimento original. Este enredo oficial oferece um conto visual e escrita abrangente de KOF: celebra personagens icônicos como Kyo Kusanagi e Iori Yagami, bem como os dubladores que os deram vida. A obra revela detalhes inéditos sobre as origens misteriosas de KOF e mergulha na suntuosa pixel art e nas ricas narrativas pelas quais a série é conhecida. Com sua riqueza de imagens e informações, esta é a história definitiva do KOF.

The King of Fighters: The Ultimate History estará disponível neste verão americano por €42,50. A All-Star Edition estará disponível por €66,50. Mais informações podem ser encontradas no site oficial.

DIA MUNDIAL DO LIVRO: HISTÓRIAS ICÔNICAS DO UNIVERSO DISNEY

Para celebrar a data, comemorada em 23 de abril, a Disney selecionou uma lista de publicações como dica de leitura

Conhecida por suas histórias marcantes, a Disney está presente na memória afetiva de diversas gerações. Muitos personagens icônicos ganharam vida tanto em produções cinematográficas, quanto em forma de livros e quadrinhos.

No próximo dia 23 de abril é celebrado o Dia Mundial do Livro e, pensando nisso, selecionamos algumas indicações de leitura para comemorar essa data especial.

Para todos os momentos

(Foto: divulgação)

Os quadrinhos fazem parte do DNA da companhia e opção é o que não falta, principalmente quando se trata de histórias com os personagens clássicos da Disney, como o Tio Patinhas e seus sobrinhos (Ducktales).

Clássicos Inesquecíveis

(Foto: divulgação)

Falando em clássicos, não poderíamos deixar de citar as histórias favoritas do público. Para as crianças, a dica é a coleção “Livro Recortado”, da Disney, que conta com 16 livros dos principais personagens da Disney e Marvel, como O Rei Leão, Rapunzel, Moana, entre outros.

Já os fãs adultos podem contar com os clássicos em livros de capa dura para guardar e colecionar as histórias mais memoráveis da Disney.

O outro lado da história

(Foto: divulgação)

As vilãs são figuras centrais e importantes nas histórias das Princesas Disney e a coleção escrita por Serena Valentino apresenta as histórias por trás dessas personagens marcantes.

Histórias para dormir

Com narrativas repletas de lições e magia, as histórias da Disney são ótimas opções para ler para as crianças. Pensando nisso, a Disney possui a coleção clássica “365 Histórias Para Dormir”, que conta com diversos volumes e apresenta os personagens favoritos dos pequenos. Além dessa coleção, outra dica de leitura para antes de dormir é o livro “Disney Princesa – Contos Sobre Coragem e Gentileza”, que destacam os atos positivos das Princesas Disney através de catorze contos inéditos e inspiradores.

Público Geek

(Foto: divulgação)

Para quem é fã do universo geek, a Disney conta com livros que abordam outros mundos já conhecidos pelos fãs – como Marvel e Star Wars, por exemplo – mas apresentam histórias inéditas, que ainda não foram desenvolvidas para as produções cinematográficas.

Pode o amor renascer depois de tanta dor?

Escritora e publicitária carioca Deborah Strougo afirma que sim no lançamento “O fio que nos une”, um romance sobre luto, aceitação e retorno à vida publicado pela VR Editora

(Foto: divulgação)

Se existisse um fio invisível que unisse almas gêmeas e uma pessoa tivesse a missão de aproximá-las, como uma espécie de cupido? O fio que nos une, lançamento da VR Editora, conta a história de Letícia, uma jovem mulher em luto que é surpreendida com essa curiosa tarefa do destino. 

O romance escrito por Deborah Strougo começa um ano após a morte do noivo de Letícia. Depois de 365 dias, a dor da perda ainda reverbera com intensidade dentro do peito dela. Depois de receber a misteriosa missão e perceber a ausência de um fio preso ao próprio dedo, ela assume que o amor é algo relativo apenas do passado.

A situação se transforma quando Thiago – o novo colega de escritório que sempre usa camisetas engraçadas e é todo trabalhado nas referências geek – surge na vida da protagonista e mostra que o amor pode, sim, renascer após tanta dor. Os mistérios do destino surpreendem a personagem com os fios da própria trama, invisíveis aos olhos Letícia e capazes de dominar até os mais desacreditados no amor.  

O fio que nos une é uma história sobre luto, aceitação e retorno à vida. É sobre as muitas possibilidades após uma grande perda e a certeza de que todos, sem exceção, merecem viver intensamente seu destino. “Tal qual o fio do destino une duas metades predestinadas, a autora, com seu talento, une as palavras e frases, conecta os personagens, surpreende e te faz acreditar em lendas antigas – e em amor de almas gêmeas”, afirma Babi A. Sette, autora best-seller, sobre o lançamento.

Ficha técnica:
Título: O fio que nos une
Autora: Deborah Strougo
Número de páginas: 304
ISBN: 978-65-86070-88-0
Editora: VR Editora
Formato: 16 x 23 cm
Preço: R$ 59,90
Link de venda: Submarino

Sinopse: Após perder o noivo em um acidente, Letícia se fecha para o mundo, desacreditando no amor com a certeza de que seu coração nunca mais poderá se recuperar. Até que, um dia, sua grande amiga Marina a leva para um festival no bairro japonês da cidade, e Letícia acaba fazendo um pedido no santuário local. É quando coisas misteriosas começam a acontecer e nossa protagonista se vê numa missão um tanto inesperada: juntar as almas gêmeas conectadas pelo misterioso fio vermelho do destino. Além de ser obrigada a bancar um tipo de “cupido” para pessoas que nem imaginava, a situação de Letícia se complica mais ainda quando Thiago – o novo colega de escritório que sempre usa camisetas engraçadas e é todo trabalhado nas referências geek – surge em sua vida mostrando que o amor pode, sim, renascer após tanta dor. O fio que nos une é uma história sobre luto, aceitação e retorno à vida. É sobre as muitas possibilidades após uma grande perda e a certeza de que todos, sem exceção, merecem viver intensamente seu destino.

Best-seller do The New York Times combina mitologia asiática a famoso conto de fadas

No lançamento da Plataforma 21, elementos da cultura japonesa dão nova roupagem para clássica história dos Irmãos Grimm

(Foto: divulgação)

Uma princesa banida, um dragão extraordinário, seis pássaros encantados e a maldição da bruxa que não pode ser revelada . É com este enredo diverso, mágico e que celebra a cultura asiática que Os seis grous conquistou a lista de mais vendidos do The New York Times e agora ganha edição brasileira pela Plataforma 21.

Este é o primeiro volume da duologia de Elizabeth Lim, uma releitura do clássico conto de fadas dos Irmãos Grimm, “Os seis cisnes”. O enredo cheio de aventuras e magia tem como coadjuvantes os grous, aves sagradas que simbolizam paz e vida longa na cultura japonesa.

Shiori é a única princesa do reino de Kiata e guarda consigo um segredo: a magia corre em suas veias – ela pode dar vida a origamis e fazer amizade com dragões. Audaciosa, acredita que é capaz de mudar a própria vida com mágica, mas é impedida pela maldição da madrasta malvada. A personagem é condenada a esconder o rosto, ficar sempre sozinha e silenciosa, enquanto os seis irmãos vivem transformados em grous. A única forma de salvá-los e ser livre é capturar a madrasta e roubar a pérola de dragão.  

Este é o quinto lançamento de Elizabeth Lim, que começou a escrever aos dez anos fanfics de Sailor Moon e Star Wars. A cultura oriental sempre esteve presente na vida da autora: morou em Tóquio, no Japão. Ela agora reside em Nova York com o marido e duas filhas.

Ficha técnica:

Título: Os seis grous
Título original: 
Six Crimson Cranes
Autora:
 Elizabeth Lim
Número de páginas: 416
ISBN:  978-65-88343-18-0
Editora: Plataforma 21
Formato: 16 x 23 cm
Preço: R$ 69,90
Link de venda: Plataforma 21

DAS PÁGINAS PARA A TELONA:DESCUBRA COMO É A TRANSIÇÃO DO ROMANCE DE AGATHA CHRISTIE PARA O CINEMA

Assista Morte No Nilo exclusivamente nos cinemas

(Foto: divulgação)

MORTE NO NILO, o mais recente filme do diretor Kenneth Branagh baseado no romance homônimo de 1937 da icônica escritora Agatha Christie, já está encantando o público nos cinemas do mundo inteiro. O filme transporta os espectadores para as águas do Rio Nilo, onde um grupo personagens se reúne a bordo de um cruzeiro de luxo para comemorar um casamento. Lá também se encontra o detetive Hercule Poirot, que é forçado a dar uma pausa nas férias para desvendar um misterioso assassinato que envolve os viajantes de diferentes maneiras.

Trazer para a tela uma história de uma das mais célebres escritoras do século XX não é uma tarefa fácil, e nem Branagh nem o restante de equipe criativa por trás do filme deixaram de ver a dimensão e o impacto do empreendimento que estavam enfrentando. Para dar vida ao romance Morte no Nilo com fidelidade, eles trabalharam intensamente em todas as áreas de produção, honrando o legado da grande narradora de mistérios do ocidente.

ROUND 2

 O novo filme marca a segunda incursão de Branagh no universo de Agatha Christie, após dirigir em 2017 ASSASSINATO NO EXPRESSO ORIENTE. Para o diretor, continuar construindo o universo cinematográfico da famosa escritora foi um desafio irresistível que o uniu mais uma vez à equipe criativa por trás do primeiro longa-metragem. Após a conclusão de ASSASSINATO NO EXPRESSO ORIENTE, Branagh se reuniu com o roteirista Michael Green (ASSASSINATO NO EXPRESSO ORIENTEBlade Runner 2049Alien: Covenant) para escolher qual obra da Dama do Crime seria levada para os cinemas. “Nos divertimos tanto nas conversas sobre qual poderia ser o próximo filme de uma série cinematográfica da Agatha Christie. Ken e eu falamos quais eram nossos favoritos, mas sempre voltávamos para Morte no Nilo”, diz Green.

Branagh, por sua vez, acrescenta: “A paixão na história original de Agatha Christie é muito poderosa. É um dos livros mais inquietantes e cativantes dela. Christie apresenta uma fronte de sofisticação, sensualidade, glamour e romance, mas é, em todos os momentos, vulnerável, frágil, perigoso e perturbador”.

EM FAMÍLIA

Dois parentes próximos de Agatha Christie participaram da produção de MORTE NO NILO, membros do espólio da famosa autora e responsáveis por proteger seu legado. Tanto Mathew Prichard, único neto de Christie, quanto seu filho James Prichard ajudaram Branagh e sua equipe e entender a atitude da autora em relação ao livro, aos personagens e à ambientação. “James e Mathew nos deram uma visão vital sobre quem era essa incrível autora em um nível pessoal”, comenta Branagh.

De sua parte, James Prichard garante que a história imaginada por sua bisavó ficou em excelentes mãos, e que o diretor soube trazê-la pra a tela de forma extraordinária. “Para o público, é extremamente importante que sintam que não apenas viram um filme maravilhosamente moderno e espetacularmente cinematográfico, mas também experienciaram uma noite de Agatha Christie. Ken construiu um mundo que reflete a perspectiva única de Agatha Christie e seu dom para contar histórias”, garante.

UMA VIAGEM CINEMATOGRÁFICA PELA IMAGINAÇÃO DE AGATHA CHRISTIE

Trazer o universo de Agatha Christie para as telonas exigiu um trabalho coordenado e coeso de todas as facetas do processo de produção do filme. Para Green, envolveu um trabalho minucioso de análise dos personagens do romance que mais tarde ganhariam vida no roteiro. Pra o designer de produção Jim Clay (BelfastFilhos da EsperançaSimplesmente Amor), envolveu o desenvolvimento de cenários que evocassem as atmosferas criadas no livro pela autora, combinadas com uma estética adequada para cada um dos personagens que estavam sob a responsabilidade do figurinista Paco Delgado (JUNGLE CRUISE, Os Miseráveis, A Garota Dinamarquesa).

Na transição de um romance rico em complexidade e personagens para um roteiro que funcione cinematograficamente, os cineastas buscaram elementos-chave da história para expandir e evoluir a partir daí, mas sempre retornavam aos temas de ciúme e romance. “O livro é muito bem escrito. Ele tem parte da melhor prosa de Agatha Christie, e tem esta maravilhosa trama com uma solução maravilhosa. Ele é rico. Mas retornávamos à paixão e ao amor, mergulhando nestes sentimentos, e garantindo que todos os nossos personagens realmente tivessem algo a dizer sobre o poder dessas emoções”, explica Green.

A partir de então, o roteirista fez algumas mudanças na composição dos personagens, transformando alguns que não eram suspeitos no romance e possíveis assassinos. Assim como também introduziu novos personagens e adaptou detalhes estéticos e da história de vida em outros. Sobre o roteiro final, Branagh conclui: “Esta adaptação tem uma abordagem mais jovem. Tudo nesta história é maior, mais sexy e carrega uma profundidade, literal e esteticamente, ainda maior”.

Quanto ao local onde a história se passa, a equipe de produção trabalhou para fazer jus aos cenários da década de 1930 que Christie imaginou quando escreveu o romance: de um bar de Londres onde a alta sociedade se reúne para beber e dançar, ao luxuoso S.S. Karnak onde o assassinato central da trama acontece. Além disso, recriaram no Longcross Studios o Cataract Hotel de Aswan, no deserto da Núbia, onde Agatha Christie se hospedou enquanto escrevia Morte no Nilo.

Em todos os cenários, a magia da Dama do Crime também foi incorporada nos impressionantes figurinos do filme. Alinhado com Clay e Branagh, Delgado trabalhou intensamente para capturar o espírito dos personagens de Christie em seus aspectos visuais. Para isso, mergulhou profundamente na moda nos anos 30, pesquisando os designs, as cores e as ideias da época, mas sempre tendo em mente a visão do diretor de alcançar uma estética contemporânea. Não é que tentamos fazer um filme contemporâneo, mas olhamos para os elementos que eram mais atraentes em um contexto contemporâneo e os misturamos com as convenções da época”,explica o figurinista.

O resultado dessa união de forças, ideias e enorme talento de todos os membros da equipe por trás de MORTE NO NILO faz jus à cativante história imaginada por Christie há quase um século. As tramas complexas, a profunda compreensão da emoção humana e o humor singular de Agatha Christie continuam a ressoar com o público até hoje, e essa adaptação honra tudo o que público ama. Branagh conclui: “Boas histórias são nossa maior defesa contra o desespero, e é ainda mais divertido fugir da realidade com uma história que emociona, que te mantém alerta e, ao mesmo tempo oferece sabedoria, compaixão e uma noção de alma com a qual todos podem se identificar”.

Você já pode se emocionar e se aventurar com MORTE NO NILO nos cinemas disponíveis.

Jujutsu Kaisen 0 chega em volume único pela Panini

Mangá, que está sendo reimpresso, conta arco de Yuta, protagonista do novo filme lançado recentemente no Japão e que bateu recordes de bilheteria

(Foto: divulgação)

Uma paixão juvenil, uma promessa de casamento. Uma morte inesperada, o nascimento de um demônio poderoso. Essa é a premissa de Jujutsu Kaisen 0, relançamento em volume único da Editora Panini, líder mundial no setor de publicações. O mangá conta a história de Yuta e Rika, um jovem casal de amigos que tem o destino romântico alterado por uma tragédia: após um acidente de trânsito que tirou sua vida, Rika se torna uma entidade monstruosa que “assombra” Yuta, protegendo-o com ou sem a sua vontade. O demônio, no entanto, é muito forte e perigoso, o que desperta a atenção dos feiticeiros jujutsu.

É em meio a um momento de desespero e uma sentença de morte, que Goju Satoru – o queridinho dos fãs do anime – oferece a Yuta uma promessa de esperança, convidando-o a se juntar a ele e outros feiticeiros na Escola Secundária Jujutsu da Prefeitura de Tóquio, para aprender novas habilidades e a controlar os poderes do espírito amaldiçoado. O mangá se passa um ano antes da história do primeiro Jujutsu Kaisen e do protagonista Yuji Itadori, e é a inspiração do novo filme que estreou no Japão e bateu recordes de bilheteria. 

O mangá escrito por Gege Akutami chega com esta edição especial no site da editora agora em fevereiro, com cerca de 200 páginas, e no valor de R$ 29,90. 

Rocco lança box “As Crônicas Vampirescas”, de Anne Rice

(Foto: divulgação)

A Editora Rocco lança o box “As Crônicas Vampirescas”, de Anne Rice, com os três primeiros livros em capa dura – “Entrevista com o vampiro”, “O vampiro Lestat” e “A rainha dos condenados”. Para 2022, também estão previstas as reedições de mais duas obras da autora.

Anne Rice, que faleceu em dezembro de 2021 aos 80 anos, nasceu em 4 de outubro de 1941, com o nome de Howard Allen O’Brien, na cidade norte-americana de Nova Orleans — cenário de muitas das “crônicas vampirescas”. Resolveu adotar “Anne” como primeiro nome ao ingressar na escola. O sobrenome Rice veio do marido, seu amor de juventude, o poeta e pintor Stan Rice.

A autora reinventou o mito do vampiro a partir do consagrado “Entrevista com o vampiro”, de 1976 — o primeiro da série “As Crônicas Vampirescas”. Desde então, entremeando o real e o sobrenatural em tramas embebidas de erotismo, história, filosofia e moral, Rice vendeu mais de 100 milhões de livros pelo mundo.

Formada em ciência política e escrita criativa pela San Francisco State University, Anne Rice enveredou pela literatura sobre seres fantásticos, como vampiros, bruxas e afins após perder a filha, Michele, vítima de leucemia, em 1972. Devastada pela perda, Rice escreveu seu primeiro livro em pouquíssimas semanas. O livro chegou ao público brasileiro pela tradução de Clarice Lispector e ganhou uma bem-sucedida adaptação para o cinema, em 1994, com Tom Cruise e Brad Pitt.

BOX AS CRÔNICAS VAMPIRESCAS – ANNE RICE

Tradutor: Clarice Lispector/Reinaldo Guarany e Eliana Sabino

Número de páginas: 1392

Dimensões: 24 x 27 x 9,9 cm

Preço: 229,90

Rocco lança “Harry Potter e a Câmara Secreta” ilustrado pelo Studio MinaLima, responsável pelo design dos filmes da série

Edição especial de capa dura chega ao Brasil em janeiro e conta com mais de 100 ilustrações inéditas e páginas interativas

(Foto: divulgação)

Uma nova edição impressionante de “Harry Potter e a Câmara Secreta” chega ao Brasil pela Editora Rocco. Totalmente ilustrado em cores brilhantes, com capa dura e elementos interativos artesanais em papel, criados pelo premiado estúdio MinaLima, essa nova versão do segundo livro da série Harry Potter vai encantar os leitores de todas as idades.

Com mais de 100 ilustrações inéditas elaboradas por Eduardo Lima e Miraphora Mina, o livro é resultado de mais um trabalho da dupla com o universo do mundo bruxo. Além de serem responsáveis pela concepção gráfica de todos os filmes da franquia, incluindo Animais Fantásticos, outro de seus projetos foi dar vida ao Beco Diagonal no parque temático em Orlando.

Eduardo Lima é brasileiro natural de Caxambu, Minas Gerais. Mudou-se para o Rio de Janeiro, morava com uma tia e nunca foi como os garotos de sua idade. Não gostava de jogar bola e, desde criança, inventava seus próprios mundos. Sonhava grande: queria fazer cinema fora do Brasil.  Formado em Comunicação Visual pela Pontifícia Universidade Católica (PUC), do Rio de Janeiro, está radicado há 20 anos em Londres. Já Miraphora Mina é graduada em Design de Teatro pela Central Saint Martins, parte da Universidade das Artes de Londres, e os dois começaram a trabalhar juntos em 2001, criando o universo gráfico para os filmes de Harry Potter, como o jornal O Profeta Diário e o Mapa do Maroto.

Em “Harry Potter e a Câmara Secreta”, o menino bruxo mal pode esperar para voltar a Hogwarts depois de um verão sem amigos e sem magia. Seu segundo ano na escola, porém, está repleto de novos obstáculos, incluindo um novo professor escandalosamente arrogante, Gilderoy Lockhart; uma fantasma chamada Murta Que Geme, que assombra o banheiro das meninas; e as atenções indesejadas da irmã caçula de Rony, Gina Weasley. Esses contratempos parecem menores quando o verdadeiro problema surge, e alguém – ou alguma coisa – começa a transformar os alunos de Hogwarts em pedra. Seria Draco Malfoy, um rival mais perigoso do que nunca? Seria Hagrid, cujo misterioso passado é finalmente revelado? Ou seria aquele de quem todos na escola mais suspeitam… o próprio Harry Potter?

HARRY POTTER E A CÂMARA SECRETA – ILUSTRADO MINALIMA

Autora: J.K. Rowling

Páginas: 400 

Preço: R$ 249,90

Rocco lança “Os Espectadores”, de Jennifer duBois, que apresenta uma reflexão sobre o poder da mídia e a cultura do espetáculo

Autora reconhecida pelo romance “A estrela”, finalista do Young Lions NYPL, explora a ascensão e queda de uma personalidade influente na TV norte-americana

(Foto: divulgação)

Em janeiro, a Editora Rocco lança no Brasil “Os Espectadores”, de Jennifer duBois. O livro de ficção conta a história de um crime que chocou os Estados Unidos e culmina em um tsunami midiático para o polêmico apresentador Matthew Miller, que fez sua fama na TV explorando os segredos mais improváveis e bizarros da sociedade norte-americana.

Em seu romance mais ousado e multifacetado, Jennifer duBois cria um recorte da recente história cultural americana, do apogeu do movimento gay nos anos 1970 à crise da AIDS nos anos 1980, passando pelos bastidores da televisão em uma época de pânico moral.

Apesar de estar à frente de um dos talk shows mais assistidos da TV americana, o protagonista Matthew Miller permanece um mistério tanto para seu enorme público quanto para aqueles que trabalham ao seu lado nos bastidores todos os dias.  No entanto, quando dois alunos do ensino médio responsáveis por um tiroteio em massa em uma escola deixam uma carta onde revelam ser fãs devotos do programa, a vida e a carreira de Matthew Miller são lançadas ao escrutínio público. Para muitos, a sagacidade, a ironia e a imparcialidade do apresentador são apenas uma fachada que esconde uma cultura decadente e sem limites. Logo, os segredos do passado de Mattie como um jovem político brilhante na conturbada Nova York do final dos anos 1960 começam a vir à tona.

Por intermédio de Mattie, a autora explora a ascensão e queda de uma personalidade influente pelas perspectivas de dois espectadores: Cel, sua cética assistente de relações públicas, e Semi, o amante desiludido de seu passado.

“Os Espectadores” examina a capacidade humana de reinvenção e nos força a questionar o que escolhemos olhar e por quê. Uma história sobre responsabilidade e redenção – além de um retrato nostálgico da cidade de Nova York e uma análise mordaz da cultura do espetáculo.

The Witcher: livros que inspiraram série têm versão em audiobook

Escrito por Andrzej Sapkowski, volume 1 e 2 da saga que contam a vida do bruxo Geralt de Rivia estão disponíveis no Skeelo

O bruxo Geralt de Rivia é provavelmente um dos protagonistas mais conhecidos da ficção nos últimos anos e não só pela série ou jogo, mas também pelos livros que inspiraram todas as produções de The Witcher. Frases como ‘aguenta carpeado’, ‘não toque na plotka’ e ‘a verdade é um fragmento de gelo’ são algumas das marcas desse personagem famoso criado há cerca de 30 anos.

A trama, que se passa na era medieval e mostra os conflitos vividos pelo mutante que caça monstros, é baseada na coleção de obras que têm o mesmo nome e foi escrita pelo polonês Andrzej Sapkowski no final dos anos 80 e publicada no início dos anos 90.

Os livros ‘A espada do destino’ e o ‘Último Desejo’, ambos publicados aqui no Brasil pela WMF Martins Fontes, mostram o início da aventura do bruxo que percorre diferentes povoados oferecendo seus serviços de caça. A história tem claramente influências mitológicas e umas das narrativas mais envolventes do gênero. O que muita gente não sabe é que ambas publicações também existem em formato de audiolivro.

Narrado por Mauro Ramos e disponível na plataforma Skeelo Audiobooks (https://audiobooks.skeelo.app/), as duas obras contadas despertam a imaginação diante de cada acontecimento na trama. Além da caça aos monstros, Geralt enfrenta a rejeição das pessoas e precisa lutar de todas as formas para viver. O enredo também tem espaço para romance. Yennefer é o grande amor do bruxo, mas a relação dos dois é desafiadora e envolve traições, medos e angústias. 

Vale lembrar que volume 1 e 2 da saga formaram a base que inspirou todas as outras produções de sucesso já conhecidas até agora. E para quem ainda não conhece a história, vale conferir o enredo e voltar no tempo com o bruxo Geralt de Rivia.