Arquivo da tag: Loki

MARVEL STUDIOS: NOVAS PRODUÇÕES DISPONÍVEIS NO DISNEY+ E NOVIDADES QUE ESTÃO POR VIR

O universo Marvel se expande cada vez mais, e muitas novidades do estúdio estão disponíveis ou para chegar no Disney+. Além das produções originais recém-lançadas Wandavision, Falcão e o Soldado Inversal Loki, o filme Viúva Negra ficará disponível para todos os assinantes em 25 de agosto e mais duas séries estreiam. Confira a lista completa e prepare-se para se tornar (ou ser ainda mais) fã da Marvel Studios.

Wandavision

Temporada completa disponível

(Foto: divulgação)

Com (apenas) 23 indicações ao Emmy® 2021, Wandavision combina o estilo das comédias clássicas com o Universo Cinematográfico da Marvel para contar a história de Wanda Maximoff (Elizabeth Olsen) e Visão (Paul Bettany), um casal de super-heróis com uma vida perfeita, que começa a suspeitar que nem tudo é o que parece. A minissérie foi a primeira produção original da Marvel Studios para o Disney+, tem direção de Matt Shakman e roteiro de Jac Schaeffer, e conta com nove episódios disponíveis na plataforma.

Falcão e o Soldado Invernal

Temporada completa disponível

(Foto: divulgação)

Com 6 episódios disponíveis no Disney+Falcão e o Soldado Invernal também é uma produção original da Marvel Studios para a plataforma. A minissérie traz Anthony Mackie como Sam Wilson (Falcão) e Sebastian Stan como Bucky (Soldado Invernal). A dupla, que se reuniu nos momentos finais de Vingadores: Ultimato (2019), embarca em uma aventura pelo mundo que colocará suas habilidades à prova – e suas paciências também.

Loki

Temporada completa disponível

(Foto: divulgação)

Todos os seis episódios da série do “Deus da Trapaça” estão disponíveis para os assinantes do Disney+. A série acompanha o vilão mais querido da Marvel enquanto ele sai da sombra de seu irmão em uma trama que ocorre após os eventos de Vingadores: Ultimato. Tom Hiddleston retorna como personagem-título, acompanhado por Owen Wilson, Gugu Mbatha-Raw, Sophia Di Martino, Wunmi Mosaku e Richard E. Grant. Kate Herron assume a direção e Michael Waldron é o roteirista principal.

Viúva Negra

Disponível para todos os assinantes em 25 de agosto

(Foto: divulgação)

Em exibição nos cinemas, o filme mais recente da Marvel Studios, Viúva Negra, estará disponível para todos os assinantes da plataforma a partir do dia 25 de agosto. O filme acompanha Natasha Romanoff (Scarlett Johansson) tendo que enfrentar um lado sombrio de sua história e uma conspiração perigosa ligada ao seu passado. Perseguida por uma força implacável obstinada a derrotá-la, a heroína terá que lidar com sua antiga vida de espiã e pessoas que ela deixou para trás antes de se tornar parte dos Vingadores.

What If…?

Estreia em 11 de agosto

(Foto: divulgação)

Em 11 de agosto, chegou ao Disney+ a série original animada What If…?, que reimagina acontecimentos icônicos de filmes do MCU. Criando um multiverso de possibilidades infinitas, a produção conta com os personagens favoritos dos fãs, incluindo Peggy Carter, T’Challa, Doutor Estranho, Killmonger, Thor e muito mais. O título é dirigido por Bryan Andrews e tem AC Bradley como roteirista principal.

Hawkeye

Estreia em 24 de novembro

(Foto: divulgação)

Hawkeye, a futura série da Marvel Studios para o Disney+, estreia em 24 de novembro. A produção é focada no vingador Gavião Arqueiro, ou Clint Barton, interpretado pelo ator Jeremy Renner.

Crítica de Loki

Por Rodrigo Bocatti

Loki trouxe a questão da Linha do Tempo para a Marvel. (Foto: divulgação)

A Marvel Studios vem deixando os fãs mal acostumados com séries novas todo mês, a última agora lançada foi do vilão Loki. Chamei ele de vilão porque o personagem que acompanhamos na primeira temporada é o prisioneiro  dos Vingadores no primeiro filme da equipe, de 2012, e não o que deu sua vida para salvar o irmão, Thor.

A série, exclusiva do Disney+, nos apresenta a AVT (Autoridade de Variância Temporal) uma organização que controla a Linha do Tempo Sagrada e não deixa que ela sofra ramificações e, para  isso, sempre que surge alguma Variante, eles a retiram da linha do tempo e a prendem.

Owen Wilson e Tom Hiddleston tem uma química muito boa. (Foto: divulgação)

Logo em seu começo, Loki (Tom Hiddleston) é avisado que está sendo caçado pela AVT, ou melhor, uma versão sua está assassinando os agentes da organização e logo descobrimos que a perseguida é Sylvie (Sophia Di Martino), uma Loki de um universo alternativo passado, porém ela descarta esse nome. Todos a conhecem como a “Variante” apenas.

Ao se juntar à Sylvie, Loki descobre qual é o seu verdadeiro propósito: descobrir o que realmente é a AVT e quem está por trás dela. A trama é bem fluída, com momentos interessantes que envolvem os protagonistas, além dos acontecimentosentre Loki e Morbius.

Ravona é a chefe da AVT, abaixo apenas do Guardiões do Tempo. (Foto: divulgação)

Mas nem tudo são flores, ou joias, eu diria. Alguns episódios apresentam um enredo mais lento e quebram o ritmo do anterior, porém são necessários para desenvolver os personagens e duas histórias. É inegável que algumas lutas também não convencem o público.

Entretanto, Loki abriu as portas para a Marvel Studios explorar de uma vez por todas o Multiverso, com os acontecimentos do último episódio (não darei spoilers, fiquem tranquilos!). O futuro do MCU se dará por meio das séries, especialmente WandaVision e Loki, e deve culminar na real explicação quando chegar a vez de “Doutor Estranho: O Multiverso da Loucura”, onde Wanda Maximoff já está confirmada e, existem rumores, que Loki também estará presente. Agora nos resta aguardar dia 25 de março de 2022 para saber como, enfim, tudo se conectará.

Variante do Loki. (Foto: divulgação)

Disney+| Loki – Fatos sobre a nova série da Marvel Studios

(Foto: divulgação)

Desde 9 de junho, dia que estreou Loki, o Deus da trapaça tem espalhado toda sua inteligência maliciosa na tela do Disney+ – e os fãs estão aproveitando ao máximo cada um de seus truques. Para mergulhar completamente no universo de Loki, compartilhamos alguns fatos sobre a criação da série e os detalhes que a tornaram uma das histórias mais ousadas e inovadoras da Marvel Studios.

UMA VIAGEM EM OUTRA LINHA DO TEMPO

“Quando começamos a ter ideias para uma nova série sobre o Loki, sabíamos imediatamente que não queríamos invalidar sua morte pelas mãos de Thanos. Não queríamos dizer ‘É piada. Isso não aconteceu’. Por isso, foi importante para nós ter uma premissa que nos permitisse contar uma nova história, sem invalidar tudo o que sabemos e apreciamos sobre a jornada de Loki até agora”, afirma Stephen Broussard, produtor executivo de Loki. Assim, o ponto de partida da série é o momento em que Loki pega o Tesseract em VINGADORES: ULTIMATO. A partir daí, Loki cai nas mãos da Autoridade de Variância de Tempo (TVA – Time Variance Authority), fora da linha do tempo em que estava e em concordância com o presente do Universo Cinematográfico Marvel. Em sua jornada pelas linhas do tempo, Loki se vê como um peixe fora d’água, tentando abrir caminho através de um pesadelo burocrático e extrema rigidez da AVT. A nova situação revela um Loki nunca antes visto, desprovido de sua autoproclamada majestade, mas com seu ego ainda intacto.

A DIRETORA IDEAL

A equipe por trás de Loki sabia desde o início que precisava de uma pessoa muito especial para liderar este projeto tão particular dentro do universo da Marvel. A escolhida foi a diretora britânica Kate Herron, que imediatamente soube como queria trazer a jornada de Loki para as telas. “Adoro o cinema de gênero, adoro ficção científica e fantasia, mas nesta história, para mim foi mais importante despir de todos os elementos fantásticos para encontrar o coração da história, Vejo como uma jornada de autodescoberta, de alguém tentando encontrar seu lugar no universo. É uma história de reinvenção e moralidade”, diz Herron. Sem dúvida, essa visão se traduziu de forma impactante e comovente na tela.

UM DESAFIO IMPOSSÍVEL DE RECUSAR

Para Tom Hiddleston, que além de interpretar Loki é produtor executivo da série, este projeto proporcionou uma oportunidade única de explorar o personagem como nunca antes. Até agora, Hiddleston tinha interpretado Loki em seis ocasiões dentro do Universo Cinematográfico Marvel, mas em todas elas, o foco estava na conexão de Loki com Thor e o resto da sua família. Agora, Loki deve evoluir, deixando para trás seu ciclo eterno de confiança, traição e resistência. “Nesta história, mostramos que ele pode mudar, que pode crescer”, explica o ator, e acrescenta: “Tem sido um presente incrível para mim como ator. Loki é uma caixa fascinante de infinitos enganos, e quando você pensa que o conhece, ele revela algo diferente”.

CHAMANDO OWEN WILSON

Loki  marca a entrada do ator Owen Wilson no Universo Cinematográfico Marvel. Na série, ele interpreta Mobius, um agente da AVT que convoca o Deus da trapaça para ajudá-lo a resolver um crime, já que ele precisa da “visão do Loki” para encontrar os responsáveis e reparar a linha do tempo. Wilson comenta: “Trabalhar com o Loki é como uma partida de xadrez, um jogo complexo para ganhar sua confiança, e Loki está sempre vendo o quão longe pode chegar com Mobius. Mas, quem está manipulando quem? A que interesses tudo isso servirá no final? E quem vai ganhar essa partida?”. Aviso aos fãs: o caminho narrativo que esta dupla percorre é uma das principais atrações da série.

DESTINO: GEÓRGIA

Loki foi filmada principalmente nos estúdios Pinewood, no estado da Geórgia. Lá, a produção montou vários sets. Sob a liderança do designer de produção Kasra Farahani, a equipe criou cenários reais que ajudaram a dar vida à história de maneira incrível. Além disso, também foi filmada em vários locais do estado. Deste modo, uma pedreira no norte da Geórgia tornou-se uma cidade de mineração; um hotel no centro de Atlanta serviu como os arquivos da AVT; e uma loja vazia se transformou em Roxxcart, a megaloja futurista que – com um toque de humor – exibe preços seriamente afetados pela inflação.

DEDICADA AOS FÃS

Com o sonho de Loki se tornando realidade, a equipe da série espera que os fãs aproveitem ao máximo esta nova história sobre um dos vilões mais amados da Marvel. “Espero que sintam que tudo o que amam na Marvel e no Loki está lá. Que criamos algo brilhante, colorido e espetacular, contendo luz e sombra, profundidade e humor. Criamos personagens interessantes e novos mundos nos quais as pessoas enfrentam desafios físicos e emocionais que as colocam à prova”, diz Hiddleston. Kate Herron, por sua vez, espera que o público acredite que uma maneira interessante foi encontrada para analisar esse personagem dos quadrinhos e levá-lo por um novo caminho, e conclui: “Em última análise, espero que tenhamos respondido à pergunta sobre o que faz de Loki, Loki”.

Loki está disponível exclusivamente no Disney+ com novos episódios todas as quartas-feiras.

LOKI E O AMOR

A série original Disney+ Loki está disponível exclusivamente na plataforma com novos episódios todas as quartas-feiras

(Foto: divulgação)

Recentemente na história, Loki (Tom Hiddleston) se encontra preso em um apocalipse com a pessoa menos desejada: A Variante (Sophia Di Martino). Apresentada nos últimos minutos do segundo episódio e autonomeada “Sylvie”, A Variante é uma fugitiva e uma espécie de Loki alternativo. É uma das personagens mais relevantes para se juntar à história e, sem dúvida, sua presença irá impactar o enredo e o arco narrativo dos diferentes personagens. “Ela é uma outra versão de Loki, mas era importante ter certeza de que ela era única porque ela é a Sylvie, não Loki”, explica Di Martino.

Ainda há pouca clareza sobre a identidade e os objetivos de Sylvie, mas no episódio “Lamentis”, Loki e sua nova companheira de viagem se encontram embarcando em uma jornada por uma paisagem desolada, com a esperança de poder escapar antes da aniquilação. Enquanto eles trocam anedotas, verdades, mentiras e muito mais, a conversa gradualmente leva a um tópico pouco abordado em relação a Loki: o amor.

O QUE É O AMOR?

(Foto: divulgação)

Em uma cena reveladora, após compartilhar experiências da infância e suas relações com as respectivas mães, a dupla começa a trocar hipóteses sobre o verdadeiro significado do amor. “Talvez o amor seja ódio….”, reflete Sylvie. Loki parece não estar muito convencido e confessa precisar “de uma outra bebida para elaborar”. Algum tempo depois, e depois de algumas bebidas, chega a uma conclusão que traz a sua marca: “O amor é uma adaga. É uma arma que pode ser empunhada longe ou perto. Você pode se ver nela. É bonita. Até que te faz sangrar. Mas, por fim, quando você pega… “, “…não é real. O amor é uma adaga imaginária”, completa A Variante, antes de admitir que se trata de uma “metáfora terrível”.A troca cômica e irônica mostra que Sylvie não está disposta a cair nos truques e armadilhas de Loki, mas também revela a química que, sem dúvida, em existe entre eles.

POR TRÁS DE UMA FRASE

(Foto: divulgação)

Em relação a esta “metáfora terrível” dita por Loki, Tom Hiddleston concorda que é o resultado da espontaneidade, mas ao mesmo tempo revela sua experiência com o amor. “Até agora, ele não esteve perto do amor. Para ele, o amor é uma espécie de ilusão na qual ele confiou e foi decepcionado”, observa Hiddleston. Por sua vez, o diálogo dá a Sylvie a oportunidade de desviar a pompa do Deus da Trapaça. “Ele sempre diz coisas que pensa serem profundas, mas, na realidade, não são particularmente profundas”, completa Hiddleston.

Já o roteirista principal de Loki, Michael Waldron, afirma que a frase tem um elemento de romantismo, considerando que trabalhou naquele episódio poucos dias após o seu casamento. “É interessante porque este episódio é provavelmente o mais romântico da série. Ao mesmo tempo, como Loki bebeu naquela cena, senti mais liberdade para escrever algo sem pensar muito sobre o que ia dizer. Segui meu impulso: ‘O amor é uma adaga’. E, felizmente, como muitas das metáforas de Loki, funciona muito bem”, explica Waldron.

SYLVIE E LOKI, UM SÓ CORAÇÃO

(Foto: divulgação)

“Duas Variantes do mesmo ser, especialmente você, formando esse tipo de relacionamento romântico doentio destorcido? Isso é puro caos! Isso pode quebrar a realidade! Está quebrando a minha realidade agora mesmo. Mas que incrível narcisista avassalador. Você se apaixonou por si mesmo!”. Isso é o que Mobius praticamente grita no último episódio de Loki da Marvel Studios. “Esse foi um dos pontos cruciais da minha proposta [para a série], que haveria uma história de amor”, explica o roteirista principal Michael Waldron. “Ficamos indo e voltando por um tempo, como se realmente quiséssemos que esse homem se apaixonasse por outra versão de si mesmo. Isso é muito louco? Mas em uma série que, para mim, é sobre amor-próprio, a autorreflexão e o auto perdão, achei que estava tudo bem esta ser a primeira história de amor real de Loki”.

A história de amor de Loki e Sylvie tem um começo apocalíptico, pois é aí que os dois começam a se relacionar. Presos em uma lua à beira da destruição total, os dois são obrigados a trabalhar juntos para encontrar uma maneira de sair desta situação, apenas para vê-la fracassar completamente diante de seus olhos.

Enquanto a lua literalmente desmorona ao seu redor, Sylvie coloca uma mão no braço de Loki, e quando isso acontece, cria-se uma ramificação na Linha do Tempo Sagrada. Estes dois Lokis estão tendo um momento que nunca deveriam ter, que, como diz Mobius, é “puro caos”. “O olhar que compartilham, nesse momento, [começou como] uma amizade que floresce”, continua Waldron. “Então, pela primeira vez, os dois sentiram aquela pontada de ‘Ah, será que poderia ser algo a mais? O que é isso que estou sentindo?’ Estes são dois seres de puro caos que são a mesma pessoa que se apaixonam um pelo outro”. Infelizmente, o resgate deles os leva ao cativeiro imediato na Autoridade de Variância Temporal (AVT).

Para onde irá o vínculo entre Loki e Sylvie? Que novas frases o Deus da Trapaça dirá para nós? Os próximos episódios darão todas as respostas.

Loki está disponível exclusivamente no Disney+ com novos episódios todas as quartas-feiras.

ESTREIAS DESTA SEMANA NO DISNEY+

QUARTAS DE LOKI

Toda quarta-feira estreia um novo episódio

(Foto: divulgação)

Série Original Disney+ da Marvel Studios
Episódio 4
Em Loki, o Deus da Mentira sai da sombra de seu irmão Thor em uma nova série que acontece após os eventos de VINGADORES: ULTIMATO. Tom Hiddleston volta a interpretar o personagem principal, e Owen Wilson, Gugu Mbatha-Raw, Sophia Di Martino, Wunmi Mosaku e Richard E. Grant se unem a ele. A direção de Loki é assinada por Kate Herron, com roteiro principal de Michael Waldron.

ESTREIAS DE 2 DE JULHO, SEXTA-FEIRA

Todas as sextas-feiras os assinantes podem curtir novos conteúdos originais exclusivos

A Misteriosa Sociedade Benedict

Série Original Disney+
Episódio 3

(Foto: divulgação)

Após vencerem uma competição por uma bolsa de estudos, quatro órfãos talentosos são recrutados pelo Sr. Benedict para uma missão perigosa para salvar o mundo de uma crise global conhecida como “A Emergência”. Reynie, Sticky, Kate e Constance precisam se infiltrar na Academia-Ouro da Vivência Vocacional para descobrir a verdade. Quando o diretor, Dr. Curtain, parece estar por trás dessa crise mundial, as crianças da Misteriosa Sociedade Benedict precisam criar um plano para derrotá-lo.

Star Wars: The Bad Batch

Série Original Disney+ da Lucasfilm
Episódio 10

(Foto: divulgação)

Star Wars:The Bad Batch, uma nova série animada sobre os clones de elite experimentais do Lote Estragado (que apareceram pela primeira vez em Star Wars: A Guerra dos Clones), enquanto abrem caminho em uma galáxia que está mudando muito rápido, imediatamente após a Guerra dos Clones. Os integrantes de O Grande Lote – um lote especial de clones com variações genéticas em relação a seus irmãos da Armada dos Clones – cada um com uma habilidade única e excepcional que os converte em soldados extraordinariamente eficientes que formam um esquadrão formidável.

High School Musical: A Série: O Musical

Série Original Disney+
Temporada 2 – Episódio 8

(Foto: divulgação)

Na segunda temporada de High School Musical: A Série: O Musical, os Wildcats de East High, que estão se preparando para apresentar “A Bela e a Fera” como seu musical de primavera, confrontam a escola rival, North High, para vencer uma prestigiada e voraz competição de teatro estudantil.

OUTRAS ESTREIAS NO DISNEY+

Filme

Jack

5 VILÕES DA MARVEL QUE ODIAMOS AMAR

Os vilões estão cada vez mais em alta! Exemplo disso é o Deus da Trapaça, Loki, que ganhou sua própria produção no Disney+, com estreia de novos episódios todas as quartas-feiras. Confira outros vilões da Marvel Studios que odiamos amamos

Dizem que o amor e ódio caminham juntos, não é mesmo? Essa premissa pode se aplicar também a alguns dos maiores vilões da Marvel Studios. Cativantes, engraçados e sarcásticos, eles conquistaram os fãs de uma maneira tão forte, que – mesmo estando quase sempre errados – é difícil não gostar deles. Veja a lista abaixo.

[CONTÉM SPOILERS]

LOKI

(Foto: divulgação)

Não é segredo para ninguém que, desde a primeira aparição de Loki (Tom Hiddleston) no Universo Marvel, o personagem roubou a cena. Antagonista que tem inveja do irmão Thor, o personagem ganhou os fãs com seu jeitinho irônico e suas trapaças inusitadas, fazendo dele um dos vilões mais surpreendentes.

A fama e o amor pelo vilão, que às vezes é bonzinho, foi tanta que rendeu uma produção própria para ele. A série Loki estreou recentemente no Disney+, com novos episódios às quartas-feiras, e apresenta o personagem embarcando em uma aventura que ocorre após os eventos de “Vingadores: Ultimato”.

ZEMO

(Foto: divulgação)

Quem assistiu “Falcão e o Soldado Invernal” viu em primeira mão como é impossível não se encantar com o Barão Zemo (Daniel Bühl). O sotaque, suas artimanhas, e, é claro, seus passos de dança aproximaram o personagem dos fãs do MCU. Entretanto, não podemos esquecer que os acontecimentos do filme “Capitão América: Guerra Civil” aconteceram por conta de Zemo, quem dividiu os Vingadores. Além disso, o vilão também foi o responsável pela morte do rei T’Chaka.

ERIK KILLMONGER

(Foto: divulgação)

Erik Killmonger (Michael B. Jordan), do filme “Pantera Negra”,foi um dos vilões mais marcantes de todo o MCU. Filho de N’Jobu – irmão do rei de Wakanda, T’Chaka – ele cresceu na Califórnia (EUA), onde ainda criança viu seu tio matar o pai. Esse foi o grande motivo para Killmonger querer destronar o Pantera Negra (T’Challa), filho de T’Chaka, do posto de rei de Wakanda. Além disso, o vilão tinha um ressentimento muito grande de todo o sofrimento que os negros passaram ao longo da história.

EGO, O PLANETA VIVO

(Foto: divulgação)

O vilão de “Guardiões da Galáxia Vol. 2” foi um personagem que, no início, pareceu bonzinho ao se apresentar como o pai de Peter Quill, mas logo revelou suas verdadeiras intenções. Ego (Kurt Russell) queria realizar a chamada Expansão, em que recriaria o universo da sua maneira e ainda mataria todos os seus habitantes, deixando apenas ele e Peter Quill vivos. Ego pode ser considerado um dos vilões mais poderosos do MCU, já que ele é um integrante dos Celestiais.

THANOS

Todos nós temos sentimentos confusos sobre Thanos (Josh Brolin), afinal, ele foi responsável por alguns dos momentos mais tristes dos filmes da Marvel Studios. Em “Vingadores: Guerra Infinita”, por exemplo, ele causou o evento mais chocante e marcante de todo o MCU: com ajuda das Joias do Infinito, matou trilhões com um simples estalo. Mas, apesar de não parecer, Thanos mostrou também seu lado sentimental ao acolher Gamora e criá-la como uma filha. Além disso, em “Vingadores: Ultimato” vimos que ele fez o que fez porque acreditava ser o melhor para o mundo, já que não queria ver a população da Terra ser devastada como aconteceu com a sua terra natal.

ESTREIAS DESTA SEMANA NO DISNEY+

Toda quarta-feira estreia um novo episódio

LOKI

Série Original Disney+ da Marvel Studios
Episódio 3

(Foto: divulgação)

Em Loki, o Deus da Mentira sai da sombra de seu irmão Thor em uma nova série que acontece após os eventos de VINGADORES: ULTIMATO. Tom Hiddleston volta a interpretar o personagem principal, e Owen Wilson, Gugu Mbatha-Raw, Sophia Di Martino, Wunmi Mosaku e Richard E. Grant se unem a ele. A direção de Loki é assinada por Kate Herron, com roteiro principal de Michael Waldron.

ESTREIAS DE 25 DE JUNHO, SEXTA-FEIRA

Todas as sextas-feiras os assinantes podem curtir novos conteúdos originais exclusivos

ESTREIA DE FILME

Wolfgang: O Chef Celebridade

(Foto: divulgação)

Documentário Original Disney+
Um documentário sobre Wolfgang Puck. Wolfgang perseverou depois de uma infância problemática na Áustria para perseguir seus sonhos e se tornar o chef mais famoso do mundo, inventando no caminho uma cozinha americana radicalmente nova e criando o próprio conceito de “chef celebridade”. Esta é a inspiradora e emocionante história real do homem por trás da lenda.

ESTREIA DE SÉRIE/NOVOS EPISÓDIOS

A Misteriosa Sociedade Benedict

Série Original Disney+
Episódios 1 e 2

(Foto: divulgação)

Após vencerem uma competição por uma bolsa de estudos, quatro órfãos talentosos são recrutados pelo Sr. Benedict para uma missão perigosa para salvar o mundo de uma crise global conhecida como “A Emergência”. Reynie, Sticky, Kate e Constance precisam se infiltrar na Academia-Ouro da Vivência Vocacional para descobrir a verdade. Quando o diretor, Dr. Curtain, parece estar por trás dessa crise mundial, as crianças da Misteriosa Sociedade Benedict precisam criar um plano para derrotá-lo.

Star Wars: The Bad Batch

Série Original Disney+ da Lucasfilm
Episódio 9
Star Wars:The Bad Batch, uma nova série animada sobre os clones de elite experimentais do Lote Estragado (que apareceram pela primeira vez em Star Wars: A Guerra dos Clones), enquanto abrem caminho em uma galáxia que está mudando muito rápido, imediatamente após a Guerra dos Clones. Os integrantes de O Grande Lote – um lote especial de clones com variações genéticas em relação a seus irmãos da Armada dos Clones – cada um com uma habilidade única e excepcional que os converte em soldados extraordinariamente eficientes que formam um esquadrão formidável.

High School Musical: A Série: O Musical

Série Original Disney+
Temporada 2 – Episódio 7
Na segunda temporada de High School Musical: A Série: O Musical, os Wildcats de East High, que estão se preparando para apresentar “A Bela e a Fera” como seu musical de primavera, confrontam a escola rival, North High, para vencer uma prestigiada e voraz competição de teatro estudantil.

OUTRAS ESTREIAS NO DISNEY+

Produção Original América Latina

Opa Popa Dupa

Temporada 2

Filme

Uma Babá Quase Perfeita

Milagre na Rua 34 (1947)

Milagre na Rua 34 (1994)

Phineas e Ferb: Missão Marvel

Séries

Mini Einsteins

Temporada 2

Princesinha Sofia

Temporada 4

A Guarda do Leão

Temporada 4

TRON – A Resistência

Temporada 1

T.O.T.S Serviço de entrega de filhotes

Temporada 2

Documentário

Esquadrão da Tempestade do Texas

ESTREIAS DESTA SEMANA NO DISNEY+

Toda quarta-feira estreia um novo episódio

LOKI

Série Original Disney+ da Marvel Studios
Episódio 2

(Foto: divulgação)

Em Loki, o Deus da Mentira sai da sombra de seu irmão Thor em uma nova série que acontece após os eventos de VINGADORES: ULTIMATO. Tom Hiddleston volta a interpretar o personagem principal, e Owen Wilson, Gugu Mbatha-Raw, Sophia Di Martino, Wunmi Mosaku e Richard E. Grant se unem a ele. A direção de Loki é assinada por Kate Herron, com roteiro principal de Michael Waldron.

ESTREIAS DE 18 DE JUNHO, SEXTA-FEIRA

Todas as sextas-feiras os assinantes podem curtir novos conteúdos originais exclusivos

LUCA

Animação original de Disney e Pixar

(Foto: divulgação)

Ambientado na bela Riviera Italiana, a nova animação original da Disney e Pixar, LUCA, é uma história de transição da infância para a vida adulta de uma criança que vive um verão inesquecível repleto de sorvete, massas e viagens intermináveis de scooter. Luca compartilha estas aventuras com seu novo melhor amigo Alberto, mas um grande segredo ameaça colocar fim à diversão: abaixo da superfície da água, eles são monstros marinhos! LUCA conta com as vozes originais em inglês de Jacob Tremblay como Luca Paguro; Jack Dylan Grazer como Alberto Scorfano; Emma Berman como Giulia Marcovaldo; Saverio Raimondo como Ercole Visconti; Maya Rudolph como Daniela, a mãe de Luca; Marco Barricelli como Massimo, o pai de Giulia; Jim Gaffigan como Lorenzo, o pai de Luca; Sandy Martin como a avó de Luca e Giacomo Gianniotti como o pescador local. LUCA, o 24º filme da Pixar Animation Studios, tem direção do indicado ao Oscar® Enrico Casarosa (LA LUNA), produção de Andrea Warren (LAVA, CARROS 3) e conta com a trilha sonora do premiado compositor Dan Romer (INDOMÁVEL SONHADORA, MANIAC).

NOVOS EPISÓDIOS

Star Wars: The Bad Batch

Série Original Disney+ da Lucasfilm
Episódio 8
Star Wars:The Bad Batch, uma nova série animada sobre os clones de elite experimentais do Lote Estragado (que apareceram pela primeira vez em Star Wars: A Guerra dos Clones), enquanto abrem caminho em uma galáxia que está mudando muito rápido, imediatamente após a Guerra dos Clones. Os integrantes de O Grande Lote – um lote especial de clones com variações genéticas em relação a seus irmãos da Armada dos Clones – cada um com uma habilidade única e excepcional que os converte em soldados extraordinariamente eficientes que formam um esquadrão formidável.

High School Musical: A Série: O Musical

Série Original Disney+
Temporada 2 – Episódio 6
Na segunda temporada de High School Musical: A Série: O Musical, os Wildcats de East High, que estão se preparando para apresentar “A Bela e a Fera” como seu musical de primavera, confrontam a escola rival, North High, para vencer uma prestigiada e voraz competição de teatro estudantil.

Big Shot: Treinador de Elite

Série Original Disney+
Episódio 10
Depois de ser expulso da NCAA (National Collegiate Athletic Association), o enérgico treinador de basquete Korn (John Stamos, Full House) aceita um emprego em uma escola secundária para mulheres. Sua nova equipe requer que coloquem em prática habilidades que não usam frequentemente, como: empatia e vulnerabilidade. Ao aprender a se conectar com suas jogadoras, Marvyn começa a se tornar a pessoa que sempre esperou. As meninas aprendem a levarem-se mais a sério, encontrando o seu equilíbrio dentro e fora do campo.

OUTRAS ESTREIAS NO DISNEY+

Filme

As Aventuras do Menino Gênio

Séries

Violetta: Momentos Favoritos

Temporadas 1 a 3

Segredos em Sulphur Springs

Sobrevivente Primitivo com Hazen Audel

Temporada 2 a 4

Programa de Talentos

Temporadas 2 e 3

Boa sorte, Charlie!

Temporadas 2 a 4

J.O.N.A.S.

Temporada 2

Os Guerreiros Wasabi

Temporadas 2 a 4

Lab Rats

Temporada 3

Phil do Futuro

Temporadas 1 e 2

Zack & Cody: gêmeos a bordo

Temporadas 2 e 3

Documentário

Milagre no Rio Hudson

ESTREIAS DESTA SEMANA NO DISNEY+

Todas as sextas-feiras os assinantes podem curtir novos conteúdos originais exclusivos

A partir de 9 de junho, toda quarta-feira haverá estreia de um novo episódio

LOKI

Série Original Disney+ da Marvel Studios
Episódio 1

(Foto: divulgação)

Em “Loki”, da Marvel Studios, o temperamental vilão Loki (Tom Hiddleston) retoma seu papel como o Deus da Trapaça nesta nova série, que ocorre após os eventos de “Vingadores: Ultimato”. Direção de Kate Herron e roteiro de Michael Waldron.

NOVOS EPISÓDIOS

Star Wars: The Bad Batch

Série Original Disney+ da Lucasfilm
Episódio 7

(Foto: divulgação)

Star Wars:The Bad Batch, uma nova série animada sobre os clones de elite experimentais do Lote Estragado (que apareceram pela primeira vez em Star Wars: A Guerra dos Clones), enquanto abrem caminho em uma galáxia que está mudando muito rápido, imediatamente após a Guerra dos Clones. Os integrantes de O Grande Lote – um lote especial de clones com variações genéticas em relação a seus irmãos da Armada dos Clones – cada um com uma habilidade única e excepcional que os converte em soldados extraordinariamente eficientes que formam um esquadrão formidável.

High School Musical: A Série: O Musical

Série Original Disney+
Temporada 2 – Episódio 5

Na segunda temporada de High School Musical: A Série: O Musical, os Wildcats de East High, que estão se preparando para apresentar “A Bela e a Fera” como seu musical de primavera, confrontam a escola rival, North High, para vencer uma prestigiada e voraz competição de teatro estudantil.

Curtas Animados Zen

Temporada 2
Episódio 1

A série que cria uma experiência sonora de consciência com cenas de filmes de todos os tempos da Walt Disney Animation Studios, retorna com uma segunda temporada. Desfrute de momentos de mais de oito décadas de filmes de sucesso, incluindo cenas do primeiro longa-metragem da Disney, Branca de Neve e os sete anões até momentos nunca antes vistos de Raya e o Último Dragão. Desconecte-se, relaxe e renove seus sentidos com as paisagens sonoras de Curtas Animados Zen dos estúdios de animação da Disney, uma homenagem aos artistas de som que criaram o legado dos filmes de Walt Disney Animation Studios. Criados e editados por David Bess. Com produção executiva de Amy Astley

OUTRAS ESTREIAS NO DISNEY+

Séries

Mano a Mana

Temporadas 1 a 3

Manny, Mãos à Obra

Temporadas 2 e 3

Os Ursinhos Gummi

Temporadas 1 a 6

Casamentos De Conto De Fadas Disney

Temporada 1

Emergência Animal

Temporada 1

Documentário

Frank e Ollie

LOKI – A SERIE DO DISNEY PLUS – PRIMEIRAS IMPRESSÕES E O QUE ESPERAMOS DOS PRÓXIMOS EPISÓDIOS

Por Luigi Buratto

Loki chega ao Disney+. (Foto: divulgação)

Uma das mais aguardadas séries da nova fase da Marvel e seu universo expandido, com certeza a do infame “vilão”, Loki. Após o sucesso de WandaVision (2021), a Disney parece ter acertado a mão no que se diz respeito a questões místicas e temas complexos como o próprio tempo.

A série estreou hoje (09) e nós pudemos assistir em primeira mão, não só o primeiro episódio, mas também o segundo.

Então se ajeita na cadeira, pega um suquinho e vem conferir o que a gente achou (SEM SPOILERS).

PRIMEIRAS IMPRESSÕES

A trama da série se dá após os eventos de Vingadores: Ultimato (2019), na qual Loki escapa usando o Tesseract. Tal ação chama atenção de uma companhia que preza em proteger a linha do tempo, a Autoridade em Variação Temporal, ou TVA na sigla em inglês, e capturam quaisquer “anomalias” que fujam demais do seu caminho predestinado, podendo criar eventos que abririam novas linhas do tempo, criando multiversos e trazendo o caos para o fluxo temporal.

Mas você deve estar se perguntando: “Como que esses caras apareceram só agora?”

Não se preocupe jovem gafanhoto, tal pergunta é respondida dentro da série. Mas a liberdade criativa dos diretores ao falar de assuntos complexos como linhas temporais é sempre extrapolada, então teremos respostas bem abrangentes, que as vezes parecem uma desculpa apenas para se encaixar no tema da série. Não que isso seja ruim, afinal de contas, mas prefiro uma explicação meia boca do que nenhuma.

Ao longo da história, vamos explorar aspectos do personagem Loki que nunca havíamos visto antes, pois nunca tivemos a sua perspectiva dos fatos, sua visão de mundo. O carisma de Tom Hiddleston ao interpretar o protagonista é, sem sombra de dúvidas, o ponto alto da série, como sempre foi nos filmes na qual era apenas o antagonista ou coadjuvante. Ele é sarcástico, narcisista, arrogante, típico de um Deus da Trapaça, mas também vemos outras facetas do personagem, já que na prisão alguns aspectos de sua personalidade são aflorados.

Tom Hiddleston e Owen Wilson tem uma dinâmica muito boa. (Foto: divulgação)

A dinâmica de Loki com o Morbius (Owen Wilson), agente encarregado de lidar com sua prisão, é muito boa e podemos notar que vai rolar uma evolução de ambos os personagens ao longo da série.

Na prisão, personagens antigos aparecem em formas de memórias gravadas, na qual Loki pode interagir, revendo sua trajetória em Asgard e na Terra, momentos antes de ser capturado, até ter vislumbres de seu futuro e qual seria o final esperado de seu papel. O personagem vive questionando o certo e o errado e defendendo que cada um deveria ter o livre arbítrio para decidir o seu próprio destino. Isso leva a linhas de conversa muito interessantes sobre a criação do universo e as divindades por trás de tudo.

Mas afinal, quem seria o grande vilão da série? Logo no primeiro episódio somos introduzidos a uma “anomalia” temporal que está matando diversas unidades da TVA, causando um estrago nas linhas do tempo. O Agente Morbius tem a perigosa ideia de usar Loki como seu aliado, para que ele possa ajudar na busca desta ameaça misteriosa. Será mesmo possível confiar no Deus da Trapaça? Um dos seres mais ardilosos que já andou sobre este mundo?

A série entrega uma temática totalmente nova, pensa fora da caixa e tem potencial para mudar toda a estrutura do universo cinematográfico da Marvel. A atuação do Tom é maravilhosa, ele entrega um Loki completamente único e icônico com cenas de comédia sutis, porém divertidas.

Assim como WandaVision, Loki é uma série promissora e cheia de mistérios. Cada episódio vai aos poucos revelando uma trama sinistra que muito provavelmente deve terminar com um escândalo que terá sequência somente nos filmes, e nós não vemos a hora de poder desenrolar essa linha do tempo.

O QUE PODEMOS ESPERAR DOS PRÓXIMOS EPISÓDIOS?

Com o conceito de linhas do tempo e multiverso em mãos, a Marvel tem todas as cartas na manga para abrir de vez a fase 5, inaugurando filmes como “Aranhaverso” e ampliando as viagens no tempo e universos paralelos.

A ideia de criar séries para explorar questões tão difíceis de serem abordadas em filmes de no máximo duas horas de duração foi genial por parte do estúdio, isso é algo que tem dado muito certo.

Esperamos que no desenrolar de Loki, a Marvel mostre mais sobre as entidades cósmicas chamadas de “Guardiões do Tempo”, que ao criar novas linhas do tempo não seja de forma bagunçada. Se existem múltiplas realidades, tratemos elas como realidades, e não tempos diferentes de uma mesma realidade, pois isso confunde demais o cérebro dos espectadores.

Também é de se esperar que existam participações especiais na série, não só em flashback ou memórias gravadas. Um dos nomes de peso que está surgindo rumores de uma possível aparição, é o “meio irmão” do trapaceiro, o Deus dos Trovões, Thor. Mas acredito que não necessariamente o mesmo Thor que nós vimos no término de Vingadores: Ultimato, talvez uma versão diferente, de outra realidade. Talvez até mesmo Natalie Portman como Thor, dando uma introdução ao novo filme Love and Thunder(?).

As teorias são imensas e o final do segundo episódio deixa um gancho enorme para ver o terceiro e querer acompanhar o desfecho dessa história. Temos certeza apenas de uma coisa, Loki já está se consagrando como um dos melhores “vilões que amamos odiar” e deixa sua marca tanto nas telas do cinema, quanto na televisão.