Arquivo da tag: Mar

Mar e montanha no Centro de Portugal

Natureza da região é vasta e variada, garantindo atrações para todos os gostos

Com a chegada do verão no Hemisfério Norte, a natureza de Portugal convida os turistas a conhecer partes diferentes do país. A região do Centro, localizada entre as cidades de Lisboa e Porto, reúne muitas belezas naturais, que vão desde lindas praias no litoral até rios, lagos e montanhas no interior.

Quando o assunto são praias, as opções são inúmeras e surpreendentes. A poucos quilômetros de Aveiro, por exemplo, está a charmosa praia da Costa Nova, que além da areia dourada e do mar, conta com típicas casinhas listradas que garantem fotos lindas, principalmente em dias de sol.

Praia de Nazaré. (Foto: Turismo do Centro de Portugal)

Mais ao sul, em Figueira da Foz, está a Praia da Claridade, com um grande areal e uma luminosidade única que lhe rendeu o título de “Rainha das Praias de Portugal”.

Já nas Berlengas, um arquipélago acessível por barco a partir de Peniche, a 90 quilômetros de Lisboa, está um verdadeiro paraíso natural, com águas verdes cristalinas e grutas impressionantes.

Para os surfistas, uma das principais pedidas é Nazaré, uma cidade litorânea que conta com ondas gigantes em sua Praia do Norte. Não é exagero: o fenômeno do Canhão da Nazaré garante ondas que chegam a 30 metros, tanto que foi lá que o recorde de maior onda surfada no mundo foi batido, em 2017, pelo brasileiro Rodrigo Koxa.

Aldeias do Xisto. (Foto: Turismo do Centro de Portugal)

Peniche, por sua vez, tem vários tipos de ondas diferentes. A Praia dos Supertubos tem ondas perfeitamente tubulares; a Praia do Baleal é grande, oferecendo a possibilidade de não precisar dividir as ondas; já a Lagide tem boas condições para iniciantes no esporte.

Saindo do litoral, o Centro de Portugal também tem outras atrações naturais. A mais imponente delas é a Serra da Estrela, a cadeia de montanhas mais alta da parte continental do país. O cenário já impressiona na chegada: as estradas panorâmicas têm vistas de tirar o fôlego para os vales verdejantes.

Para quem curte atividades ao ar livre, é o lugar perfeito. É possível percorrer cerca de 375 quilômetros de trilhas incríveis a pé ou de bicicleta para ver de perto os picos rochosos, penhascos, rios e pequenos refúgios tranquilos com belíssimas lagoas. Já a adrenalina está garantida com voos de parapente, escaladas, slide, rapel, canoagem, entre outros. E, a 1.993 metros de altitude está o ponto mais alto da montanha, conhecido como Torre.

A Serra da Estrela conta com hotéis excelentes para tornar as férias ainda melhores, como a Casa das Penhas Douradas e a Casa de São Lourenço, que garantem muito conforto e tranquilidade e ainda possuem restaurante e spa.

Embora seja linda no verão, a cadeia de montanhas é um destino para o ano todo. No inverno, seus picos ficam nevados e lá funciona um ótimo centro de esqui.

Também no interior do país, longe do litoral, existem as Aldeias do Xisto, um conjunto de 27 pequenas aldeias espalhadas pela região, cujas construções são feitas de xisto, um tipo de pedra. Esta rota turística esbanja história, com monumentos, construções centenárias e museus, mas é também um lugar para aproveitar a natureza. Há praias fluviais, trilhas para mountain biking, locais para praticar escalada, lagos para canoagem e muito mais. Apesar de serem aldeias pequenas, elas estão preparadas para receber turistas, possuindo excelentes opções de hospedagem e restaurantes.

10 curiosidades sobre o Mar Morto

Localizado no Oriente Médio e alimentado pelo rio Jordão, o Mar Morto é um dos principais atrativos da Jordânia e é famoso por seus benefícios. Descubra agora nove curiosidades sobre uma das paisagens mais espetaculares do mundo:

(Foto: Divulgação)

O ponto mais baixo da Terra

O Mar Morto está localizado a mais de 400 metros abaixo do nível do mar, sendo, portanto, o local mais baixo da Terra.  

Água extremamente salgada

A principal atração do Mar Morto é sua água morna, calmante e extremamente salgada – cerca de dez vezes mais salgada que a água do mar. O alto nível de salinidade, 31,5%, torna praticamente impossível afundar em suas águas, o que garante flutuabilidade.

Filtro natural

O Mar Morto é o lugar mais seguro do mundo para se bronzear. O vapor que sobe da superfície do mar atua como um filtro natural para proteção dos raios UVB, potencialmente prejudiciais à saúde.

Abastece a indústria

As águas do rio Jordão que atingem o Mar Morto são bloqueadas pela terra e não têm para onde correr. Elas evaporam, deixando para trás um denso e rico coquetel de sais e minerais que abastecem a indústria, agricultura e medicina.

Turismo de beleza e saúde

A costa leste jordaniana do Mar Morto desenvolveu-se com o turismo de tratamento de beleza e saúde. Uma série de spas e hotéis se alinha na costa e atrai visitantes de todo o mundo. Laboratórios produzem uma variedade de xampus, sais de banho, hidratantes, removedores de maquiagem, tônicos de pele, dentre outros produtos.

Rico em sais

A água desse importante mar é rica em sais de cloreto de magnésio, sódio, potássio, enxofre, iodo, cálcio e bromo, responsáveis, dentre outros benefícios, por desintoxicar e estimular o metabolismo, equilibrar os níveis de pH e aumentar a proteção das camadas da pele, reduzir inchaço, relaxamento muscular e regular o equilíbrio de água do corpo.

Rico em oxigênio

Devido à alta pressão barométrica, o ar ao redor do Mar Morto é cerca de 8% mais rico em oxigênio do que o nível do mar. Esse ar seco, rico e livre de ácaros faz desta área um refúgio para as pessoas com problemas de insuficiência respiratória.

Tratamentos no Mar Morto

Os benefícios terapêuticos do Mar Morto são conhecidos pelo ser humano há pelo menos dois mil anos. Uma combinação única das condições climáticas e elementos têm sido comprovadas como extremamente benéficas e oferecem tratamentos naturais para doenças crônicas, problemas dermatológicos e condições respiratórias.

Benefícios da lama

A lama do Mar Morto, ou pelloid, é rica em minerais de sedimentos aluviais enriquecida com componentes de sulfeto. Ela mantém bem o calor e pode ser espalhada sobre o corpo para limpar a pele e aliviar dores reumáticas ou ocasionadas por artrites. É possível encontrar uma variedade de máscaras faciais da lama em estabelecimentos em toda a Jordânia ou online.

Espiritualidade

A área ao redor do Mar Morto também tem um significado espiritual para os judeus e cristãos. Acredita-se que este é o lugar onde Deus em primeiro lugar falou com o homem. É a Terra Santa onde Deus deu os seus Dez Mandamentos a Moisés, onde Jó sofreu e foi recompensado por sua fé, onde Jesus foi batizado por João, e onde Jacó lutou com o anjo de Deus. No livro de Gênesis, Deus refere-se ao Vale do Rio Jordão ao redor do Mar Morto, como o “Jardim do Senhor”, e acredita-se ser o local do Jardim do Éden.

Para saber mais sobre a Jordânia, acesse www.visitjordan.com e o site Bureau Mundo, escritório virtual da GVA:www.bureaumundo.com.

Peru múltiplo no novo cardápio do QCeviche!

Mar e terra inspiram menu do chef Rolando Limo

Terra e mar se unem no novo cardápio do restaurante QCeviche! São Paulo (com unidades na Faria Lima e Barra Funda), que estreia oficialmente nesta segunda, 15 de abril. Após uma breve temporada de pesquisa no Peru, sua terra natal, o chef Rolando Limo retorna à cozinha do restaurante com releituras de pratos tradicionais tanto da costa quando das montanhas de seu país.

Tiradito de pescado (foto: Marco Pinto)

Do mar, o ceviche chalaco (peixe branco marinado em leche de tigre e ají vermelho) vem se unir aos outros do menu  (de pescado, nikkei, marino e vegano); a parihuela, tradicional sopa de frutos do mar, peixe, mandioca e pimenta dos Andes; e o tiradito de pescado clássico (finas lâminas de peixe marinadas em leche de tigre e ají amarelo). Da terra, os destaques são a ensalada grelhada de vegetais; a chaufa QCeviche! (arroz, frango, omelete, ervilha-torta, broto de feijão e vermicelli frito); e o chicharrón de respecto (porco pururuca, purê de mandioquinha e chalaquita de cebola picante), perfeito para beliscar, assim como o mix de batata e banana-da-terra, ambas em longas fatias fritas e molho do chef. Entre as sobremesas, um poquito de cada (minipudim de quinoa, suspiro limeño e alfajor).

QCeviche! – Restaurante de cozinha peruana. Faria Lima (rua Tavares Cabral, 61, tel.: 11 3093-7200) e Barra Funda (avenida Marquês de São Vicente, 1619, tel.: 11 3576-5517). De seg. a sex., das 12h às 15h e das 19h às 22h30; sábados, domingos e feriados, das 12h30 às 15h e das 19h às 22h30. Cartões de crédito: todos.


Animale lança editorial La Fête

Marca apresenta novo editorial em enredo de festa para potencializar o glamour das peças

A ANIMALE lança o editorial La Fête em um enredo de festa, que apresenta uma explosão de cores como estética principal. A inspiração saiu da Costa, onde céu e mar convergem no horizonte. Por esta razão, as apostas da marca giram em torno de tons quentes, como laranja com fúcsia – combinação desejo da temporada, que tornam as peças difíceis de resistir.

A sensualidade está bem presente nas criações, surgindo em detalhes de metal, texturas de cobra, couros navalhados ou ainda em cordas torcidas e amarrações. A liberdade do corpo aparece nos tecidos, ora na fluidez da seda, ora na força do couro, mas sempre em fendas, recortes e decotes que apreciam a pele e imprimem frescor e feminilidade às peças, traduzindo nossa pista em puro movimento.