Arquivo da tag: Marrakech

Festeje o Réveillon de forma marcante no colorido Marrocos

Roteiro da Françatur pelo mítico país na África inclui virada do ano em Marrakech, pernoite no Saara e visita à histórica Fez

Sinônimo de renovação, o Réveillon marca o encerramento de um ciclo, período ideal para adotar novos planos e, na crença de dias mais prósperos, estabelecer mudanças. Elas podem começar já na escolha de um lugar para festejar a data. Colorido, intrigante e mítico, o Marrocos é dono de paisagens que exercem grande deslumbramento, além de ser um país dotado de energia singular.

Porta de entrada para a África, o país tem uma inegável hospitalidade, que pode ser vivenciada em um programa da operadora Françatur, com oito noites, incluindo a ceia de Ano Novo em Marrakech. Na mais popular das cidades marroquinas, descubra as histórias que rodeiam a praça Djemaa El Fna, agitada confluência de artistas de rua, entre eles encantadores de serpente, mágicos e músicos. O souk, tradicional mercado local, é uma oportunidade de aguçar os sentidos perambulando pela labiríntica Medina, cheia de vielas e becos protegidos por antigas muralhas.

Françatur dá opção para o Réveillon no Marrocos. (Foto: Divulgação)

A identidade arquitetônica é outro traço marcante do Marrocos. Erguida em uma elevação, às margens do Atlântico, a Mesquita Hassan II é a única aberta à visitação de não-muçulmanos. Retrátil, o teto permite que o interior seja banhado pela luz natural. Seu minarete de 210 metros de altura é uma referência visual no horizonte de Casablanca.

A bordo de um veículo 4×4, o roteiro percorre ainda estradas que cortam a cadeia montanhosa do Atlas, a mais alta do Norte da África, antes de chegar a tempo de ver o pôr do sol nas dunas de Merzouga. Luxuosas tendas garantem um confortável pernoite nesta cidade que integra o Deserto do Saara.

Se o artesanato é o que seduz compradores em Azrou, o couro tornou-se um símbolo de Fez. A arte do curtume ainda emprega técnicas medievais nesta cidade imperial, declarada Patrimônio Cultural pela Unesco.

Com a assistência de uma pessoa da equipe da Françatur desde a saída do Brasil, além do acompanhamento durante toda a programação de um guia fluente em português, o programa proposto se encerra em Rabat. Na capital administrativa do Marrocos, estão cartões-postais como o Palácio Real e a Kasbah Oudaya, fortificação do século 12 onde está situado o agradável Jardim Andaluz. 

Mais informações podem ser obtidas no site www.francatur.com.br, nas redes sociais @francaturturismo e nos telefones (11) 3149-3163 ou (21) 2102-2440.

5 destinos fascinantes e imperdíveis no Marrocos

Agência Abreu lista o que não pode faltar no roteiro por esse incrível país africano

O Marrocos segue conquistando o coração dos brasileiros com o seu charme que é um caldeirão de cultura oriental, africana e europeia. Segundo a Abreu, especialista em levar turistas aos melhores destinos ao redor do globo, a procura pelo país tem aumentado gradualmente nos últimos anos, tendência que se mantém neste princípio de 2019.

Por isso, a agência separou os cinco destinos mais fascinantes do Marrocos e que não podem faltar no roteiro de viagem dos brasileiros.

Marrakech

(Foto: Turismo do Marrocos)


É uma cidade que mistura bem o tradicional e o contemporâneo, garantindo sensações incomparáveis aos visitantes. De um lado, cores brilhantes, aromas orientais, passeios em carruagem e riquezas arquitetônicas. Do outro, avenidas amplas, boutiques de luxo e locais festivos. A Abreu sugere visitas ao verdadeiro oásis que é o Jardim Majorelle e à Mesquita Koutoubia.

Casablanca

(Foto: Turismo do Marrocos)


Palmeiras contornando avenidas largas, praias maravilhosas e uma cidade efervescente: poderia ser um destino tropical, mas estamos falando de Casablanca. Combinando modernidade com bairros antigos, heranças muçulmanas e árabes e vestígios coloniais, é uma cidade múltipla e apaixonante. Seu cartão de visitas é a Mesquita Hassan II, a segunda maior do mundo.

Fez

(Foto: Turismo do Marrocos)


Fez tem uma atmosfera única, que irradia mais de treze séculos de história. Sua medina é lendária, assim como as madraças, belíssimas escolas de estudos islâmicos. Um de seus pontos turísticos mais icônicos é a fonte Nejjarine. Segundo a Abreu, é um bom ponto de partida para explorar Volubilis, o mais extenso sítio arqueológico romano no Marrocos.

Rabat

(Foto: Turismo do Marrocos)


O litoral da capital marroquina é só um dos motivos para visitar esta cidade, que também conta com muitos espaços verdes e cultura de sobra, com obras de arte decorando ruas e praças. O imponente Palácio Real é rodeado por uma enorme muralha e possui um vasto pátio, colégio, mesquita e edifícios do governo.

Meknès

(Foto: Turismo do Marrocos)


Esta cidade é um verdadeiro museu a céu aberto, com muitas surpresas para os visitantes. Com construções consideradas Patrimônio da Humanidade da UNESCO, como a medina e os vestígios do palácio real, o destino tem uma das principais obras hispano-mouriscas do mundo: a porta Bab Mansour, na praça El Hedime. Outros pontos impressionantes são o Estábulo Real, que chegou a abrigar 12 mil cavalos, e o Mellah, antigo bairro judeu.

A Abreu tem diversos pacotes para o Marrocos a partir de US$ 729. O circuito “Cidades Imperiais”, com todos os destinos citados acima, tem saídas exclusivas do Rio de Janeiro e São Paulo. Para mais informações, acessewww.abreutur.com.br ou entre em contato com seu agente de viagens.