Arquivo da tag: Mas tem que ser mesmo para sempre?

Quanto tempo dura o “para sempre”?

O questionamento é foco do novo livro de Sophie Kinsella, protagonizado por um casal que descobre que poderá chegar aos sessenta e oito anos de casamento

image005.jpg“Vocês vão passar dos cem anos”. Foi o que o médico respondeu com muita convicção a Sylvie e Dan, durante uma consulta de rotina. A notícia poderia parecer animadora, mas viver mais de um século quando já se tem uma década de relacionamento significa ter pela frente, pelo menos, mais sessenta e oito anos de vida conjugal.  E isso, definitivamente, é tempo demais.

Sylvie e Dan sempre foram “um casal com C maiúsculo”. Unidos, felizes e conectados de forma tão intensa que conseguem completar as frases um do outro.  Mas descobrir a quantidade de anos de casamento que os aguarda é um pouco preocupante, afinal, como manter a paixão acessa durante todo esse tempo? É assim que surge o projeto “Me surpreenda”, cujo único objetivo é jamais cair na rotina.

No universo literário de Sophie Kinsella, qualquer projeto é um prato cheio para o desastre e situações hilárias. Com o “Me surpreenda” não é diferente, e, claro, nem tudo sai como o planejado: como a vez em que Dan compra uma roupa horrível para Sylvie ou quando ela contrata um café da manhã internacional intragável para o marido. No fim, eles descobrem que há inúmeras coisas que precisam aprender sobre o outro, e, sobretudo, sobre eles mesmos.

“Mas tem que ser mesmo para sempre?” é uma história espirituosa com várias facetas onde todas desembocam no relacionamento a dois e nos meandros do casamento. A obra chega às livrarias em junho.

Sophie Kinsella é escritora e ex-jornalista de economia. Autora best-seller, só no Brasil já vendeu mais de 300 mil exemplares. Entre os seus sucessos estão: “O segredo de Emma Corrigan”, “Samantha Sweet, executiva do lar”, “Lembra de mim?”, “Menina de vinte”,” Fiquei com o seu número”,” A lua de mel” e “Minha vida não tão perfeita”, além da série protagonizada pela irresistível consumista Becky Bloom e do infanto-juvenil “À procura de Audrey”. Também é autora de vários romances de sucesso assinados como Madeleine Wickham. Ela mora em Londres com o marido e a família.