Arquivo da tag: Maze Runner

Maze Runner – A Cura Mortal e Atormentado Pelo passado são as novidades da semana no Looke

Além das novidades do cinema mundial, a série de comédia brasileira Hermes e Renato também chegou ao streaming

Produção de sucesso recém-saída dos cinemas mundiais e filme inédito no Brasil chegam nesta semana ao Looke, plataforma brasileira de streaming de vídeo on demand. Disponíveis como pré-lançamento lançamento os títulos estão acessíveis para aluguel, compra digital ou assinatura, com preços a partir de R$ 6,99.

Baseado em um best-seller futurista e cerca de três meses após sua estreia nos cinemas, o sucesso de bilheteria (US$ 284,8 milhões) Maze Runner – A Cura Mortal está entre as novidades do Looke. No terceiro e último filme da saga, Thomas (Dylan O’ Brien) parte em uma missão com objetivo de encontrar a cura para uma doença mortal. Contudo, durante a expedição descobre que a C.R.U.E.L tem planos que podem trazer consequências drásticas para a humanidade. Com isso, ele entra em um dilema pessoal, se entregar para a organização e acreditar na promessa de que é o último experimento ou tentar resistir para impedir o possível colapso da sociedade existente.

capa_maze-runner-a-cura-mortal_pt_pre-lancamento.jpg

Também chega ao catálogo a produção Atormentado Pelo Passado. A trama se desenvolve sobre a vida de Malky (Orlando Bloom), que quando criança foi vítima de abuso sexual na igreja em que frequentava. Após ser violentado, durante seu crescimento por conta do trauma passa a ser uma pessoa agressiva e fechada emocionalmente. Doze anos após o ocorrido, já adulto, ele começa a trabalhar na demolição dessa mesma igreja ao mesmo tempo que o padre responsável por seu sofrimento volta à cidade. Com isso, Malky precisará enfrentar as lembranças do passado traumático e os efeitos psicológicos em sua vida adulta.

Além disso, Looke disponibilizou para seus assinantes Vídeo Club uma série única de Hermes e Renato. Com melhores momentos do programa humorístico exibido inicialmente na MTV Brasil e depois no FX, a produção traz em 10 episódios um copilado que conta os mais famosos capítulos, como Padre Quemedo contra o Filho do Capeta. A temporada especial está acessível sem custos para o usuário que tem acesso ao Vídeo Club.

Todos os títulos filmes já estão presentes no serviço para aluguel, compra digital ou assinatura Vídeo Club e Looke Kids (Hermes e Renato).

Maze Runner -A Cura Mortal

Por Marcela França
O último filme da trilogia Maze Runner -A Cura Mortal começa exatamente onde o segundo filme parou: com Thomas, Newt, Brenda, Jorge e Vince tentando resgatar Minho das mãos de CRUEL de um trem que está indo para última cidade não infectada. O plano saí como o planejado e tudo parece estar perfeito, porém quando chegam na base do Braço Direito, eles percebem que resgataram o vagão errado e que Minho continua no controle de CRUEL.
MV5BZWU0ZTIzYzQtZDkzNy00NTdjLWE5N2UtNWZhYzM0YTMxNmY4XkEyXkFqcGdeQXVyNDg2MjUxNjM@._V1_SX1777_CR001777971_AL_-750x380.jpg
“Maze Runner – A Cura Mortal” chega aos cinemas. (Foto: Divulgação)
Mesmo com Vince pedindo para que fiquem e fujam junto com eles para uma ilha,  Thomas e companhia partem em direção à essa cidade para resgatar o Minho, porém o que eles não imaginam é que enfrentarão diversos desafios durante essa jornada. E para Thomas significará enfrentar o seu maior ponto fraco: Teresa.
Como o restante da franquia, A Cura Mortal mostra uma versão completamente dos livros de James Dashner. O que pode gerar um certo desconforto e revolta para os fãs da saga literária, que defendem tanto a importância dos filmes serem iguais ou parecidos aos livros. Apesar disso, o filme consegue explicar as pontas soltas que os outros filmes deixaram para trás. Como por exemplo, como os planos de CRUEL começaram, o porque do labirinto, quais eram os seus objetivos e como tudo fracassou no final.
Maze Runner – A Cura Mortal procura ser elétrico, envolvente com cenas de parar o coração durante os ataques dos Cranks. Mas consegue também mexer muito com o telespectador com o seu desfecho.

Confira os destaques do segundo dia da CCXP

O segundo dia de painéis da CCXP – Comic Con Experience 2017 começou com uma homenagem à Fernanda Montenegro. Ovacionada pelo público, a atriz que comemora 66 anos de carreira falou de sua trajetória no teatro, televisão e cinema. Após a exibição do vídeo com cenas icônicas de sua história, a atriz destacou: “Eu sou uma mulher do palco, do teatro”. Sobre o universo CCXP, contou: “Quando criança li quadrinhos como Flash Gordon, Fantasma, Príncipe Submarino e Jeca Tatu”.

CCXP_FernandaMontenegro_017.JPG
Rainha, Fernanda Montenegro foi homenageada na CCXP. (Foto: Daniel Deak)

No segundo painel, Humberto Ramos, um dos desenhistas mais conhecidos da Marvel, surpreendeu os fãs ao revelar que adoraria que Andrew Garfield voltasse a interpretar o Homem Aranha, personagem que completa 55 anos em 2017.

Em seguida, o time do Omelete Box subiu ao palco para comemorar os dois anos da Caixa de Assinatura e lançar três grandes novidades para 2018: a série 2 dos Ovoides da Marvel, Box Cavaleiros do Zodíaco e incrementos no Omelete Light, um dos preferidos do público. “A revista do Omelete Box tem conteúdo inédito e vem na contramão do digital no mundo geek, com o intuito de incentivar o público a ler mais”, disse Érico Borgo.

Pela primeira vez no Brasil, Arthur Adams contou que começou sua carreira quando trabalhava em uma pizzaria e decidiu enviar à Marvel seus desenhos de personagens. Em retorno, a Marvel pediu uma amostra, na qual Adams desenhou super-heróis lavando pratos! O artista encerrou contando uma curiosidade: “Conan e Tarzan são personagens que eu gostaria de ter feito”.

Austin St. John, o Ranger Vermelho original de Mighty Morphin Power Rangers, viu a vaga para o personagem em um jornal local e apostou vinte dólares de que não passaria no teste. O Ranger, que já serviu como paramédico no Oriente Médio, falou aos brasileiros de sua admiração pela família Gracie do Jiu-Jitsu e disse: “Power Rangers nunca vai morrer”.

O trio de estrelas Bruna Marquezine, Marina Ruy Barbosa e Tatá Werneck esteve na CCXP para divulgar a nova novela das sete e a primeira medieval da TV Globo, ‘Deus Salve o Rei’. Com efeitos especiais brasileiros, tem como referência séries como Game of Thrones e Vikings. Para produzir imagens fiéis ao ano de 1300 e criar a cidade cinematográfica, os produtores viajaram para sete países.

A 20th Century Fox apresentou uma grande sequência de vídeos exclusivos de lançamentos como Alita: Anjo de Combate, com a ilustre presença do diretor Robert Rodriguez. Em seguida, vieram O Rei do Show, O Touro Ferdinando, A Forma da Água e Deadpool 2. A plateia explodiu em gritos com a entrada no palco de Dylan O´Brien, um dos protagonistas de Maze Runner: A Cura Mortal. “Estive em sete Comic Cons e essa, definitivamente, é a plateia mais animada e a que mais grita”. Finalizando o painel, os atores brasileiros Alice Braga e Henry Zaga contaram ao público as curiosidades das filmagens de Os Novos Mutantes, spin-off de X-Men, junto ao diretor Josh Boone, o roteirista Knate Lee e a lenda dos quadrinhos Bill Sienkiewicz, que falou sobre o vilão do filme, o Urso Místico.

CCXP_Fox_0044.JPG
Dylan O´Brien elogiou o público brasileiro. (Foto: Daniel Deak)