Arquivo da tag: Mitologia Grega

DLC “Os Deuses Perdidos” já está disponível em Immortals Fenyx Rising e fecha arco narrativo de conteúdos pós-lançamento

Jogadores experimentarão novo gameplay com muitos deuses, regiões e inimigos desafiadores, além de sistema de progressão atualizada, bônus, mecânicas de luta exclusivas e duas habilidades inéditas

Immortals Fenyx Rising ganha nova DLC. (Foto: divulgação)

A Ubisoft acaba de anunciar que “Os Deuses Perdidos”, última DLC narrativa de Immortals Fenyx Rising, já está disponível, assim como um novo período de testes do game, em que os jogadores poderão embarcar na jornada da protagonista Fenyx. Immortals Fenyx Rising pode ser jogado no Nintendo Switch, Xbox Series X | S, Xbox One, PlayStation5, PlayStation4, Google Stadia e Windows PC.

A DLC “Os Deuses Perdidos” apresenta uma experiência única “de cima para baixo” com combates aéreos e muita ação, além de explorar a vida de Fenyx como deusa. Quando um desastre atinge o mundo dos mortais, Fenyx escolhe um novo herói para restaurar o equilíbrio na Terra e reunir os deuses perdidos: Ash, um mortal que irá explorar a Ilha Pyrite e tem a missão de convencer Poseidon, Hades e outros deuses a retornarem ao Panteão.

Nesta última aventura pós-lançamento, os jogadores serão apresentados a deuses e monstros, descobrirão novas regiões cheias de desafios e segredos, e enfrentarão muitos inimigos desafiadores. Como parte de um novo sistema de progressão, também terão acesso a atualizações, bônus, estilos de luta e duas habilidades:

• Terremoto da Catástrofe: Um poderoso pisão que derruba os inimigos ao redor de Ash.

• Fúria da Natureza: Um feixe de energia que danifica qualquer ser que cruze seu caminho e aumenta o dano ao longo do tempo.

Os jogadores ainda podem receber recompensas dentro do jogo ao convidarem os amigos para comprar Immortals Fenyx Rising pelo Programa Friend Referral, da Ubisoft, que também premia os novos usuários como o Pacote de Arma Congelada.

Já o período gratuito de testes do jogo, disponível em todas as plataformas, transporta os jogadores para uma missão em que terão que descobrir o misterioso segredo dos ciclopes. Ambientado em um arquipélago construído exclusivamente para esta demo e inspirado na região do jogo de Afrodite, o conteúdo mistura combate, exploração e quebra-cabeças que preparam os usuários para a experiência completa de Immortals Fenyx Rising.

Desenvolvido pelo time da Ubisoft Quebec, o mesmo estúdio de Assassin’s Creed Odyssey, Immortals Fenyx Rising é uma nova propriedade intelectual que leva as grandes aventuras mitológicas às alturas. Como Fenyx, uma mortal, os jogadores partem em uma jornada pela salvação dos deuses gregos de uma maldição sombria e precisarão dominar poderes lendários, superar grandes desafios e enfrentar criaturas mitológicas para derrotarem Tifão, o mais mortal dos titãs responsável pela maldição.

Para saber mais informações sobre Immortals Fenyx Rising acesse o link .

Clássico “Eros e Psiquê” ganha releitura contemporânea e vira best-seller na Amazon

Com um toque de sensualidade, jovem escritora Fernanda Schmitt transforma o famoso mito grego em um romance young adult de tirar o fôlego

(Foto: divulgação)

Amor, inveja, rivalidade, sedução, beleza e vingança. Esses são alguns pontos cruciais apresentados na obra Eros: Um amor proibido. Escrito por Fernanda Schmitt, de apenas 17 anos, a trama, que é uma releitura contemporânea do clássico mito grego Eros e Psiquê, tornou-se best-seller na Amazon. 

Este romance young adult é um convite ao leitor para conhecer uma história de amor proibido – entre um deus e uma mundana. Assim como no mito, Eros, o deus do amor e do erotismo, ganha uma missão na Terra: executar a vingança traçada pela deusa e mãe, Afrodite que inveja a beleza da mortal Psiquê Di Laurentis. 

Porém, o sedutor Eros não esperava encontrar uma mulher tão hipnotizante quanto Psiquê e, menos ainda, se apaixonar. A jovem que cursa a faculdade dos sonhos, Filosofia na Universidade de Chicago, é o tipo de figura feminina de personalidade forte, determinada, inteligente e dona de uma beleza majestosa que até os deuses param para admirar. 

Afrodite não era fácil de se enganar, mas tinha de funcionar, porque eu não conseguia tirar Psiquê da cabeça. Queria decifrá-la. Queria prová-la. E era doido por querer me envolver com uma missão.” (Eros: Um amor proibido, p. 21)

Em meio a esperança, conflitos e cicatrizes antigas, um sentimento catastrófico e proibido surge no coração de ambos. Afastando-se da vingança proposta pela deusa da beleza, o protagonista deixa-se levar pela atração instantânea e a curiosidade de conhecer melhor a moça, que se rende aos encantos de Eros. Mas o que o casal não espera é a chegada de uma poderosa entidade capaz de devastar o amor e tudo que construíram juntos.

Fernanda Schmitt escreveu Eros: Um amor proibido ainda aos 15 anos de idade no Wattpad e, lança agora, uma edição revisada e com nova capa do livro físico e digital. Com outras obras também publicadas de forma independente, a jovem autora soma mais de mais de 300 mil páginas lidas na plataforma da Amazon e 340 mil leituras no Wattpad. Eros: Um amor proibido conta com o apoio de recursos financeiros pela LEI Aldir Blanc, que auxilia profissionais do setor cultural do Brasil. 

Ficha técnica:
Título: Eros: Um amor proibido 
ASIN: B0861VC8Y9 
Formato: 14x21cm 
Páginas: 316 
Preço livro físico: R$ 44,99
Preço livro digital: R$ 7,99
Onde comprar: Site da autora | Amazon ( apenas eBook)
Publicação independente

Primeira DLC de Immortals Fenyx Rising já está disponível e jogadores poderão garantir seu lugar no Panteão

Expansão “Um Novo Deus” traz nova história e equipamentos e atualizações de habilidades na personagem Fenyx; versão demo de Immortals Fenyx Rising também já está disponível em todas as plataformas do jogo, com uma missão para o jogador descobrir o misterioso segredo dos ciclopes

A Ubisoft acaba de lançar “Um Novo Deus”, a primeira DLC (downloadable content) de Immortals Fenyx Rising, que já pode ser jogada em todas as plataformas para as quais o game foi lançado. Além disso, jogadores que ainda não experimentaram Immortals Fenyx Rising podem aproveitar para testar suas habilidades de escalada, voo e batalhas aéreas em uma versão demo gratuita, já disponível para Nintendo Switch, Xbox Series X|S, consoles Xbox One, PlayStation5, PlayStation4 e PC.

Em Immortals Fenyx Rising: Um Novo Deus, a protagonista Fenyx precisa superar as provações do Olimpo para conquistar um lugar no centro do Panteão grego. A DLC permitirá aos jogadores explorarem o Olympos Palace e interagirem com novas mecânicas de jogo enquanto enfrentam os desafios elaborados pelos deuses. Ao longo do caminho, será preciso desbloquear um novo conjunto de equipamentos com vantagens fantásticas, como saltos adicionais.

Os jogadores também poderão acessar quatro novos aprimoramentos de habilidades para Fenyx:

• Immortal Field Breaker, a atualização de Athena’s Dash: Os jogadores podem passar pelos Immortal Fields causando mais dano enquanto correm.

• Força Colossal, atualização de Força de Herakles: os jogadores podem manipular objetos colossais causando mais dano ao arremessá-los.

• Rajada de vento, atualização Ares’s Wrath: O gancho carregado de Fenyx cria um fluxo de ar por alguns segundos fazendo com que os jogadores subam mais alto enquanto aplicam o golpe.

• Troca com Phosphoro: os jogadores podem trocar de posição usando uma isca e recuperar parte da stamina.

Para jogar Immortals Fenyx Rising: Um Novo Deus, os jogadores podem comprar o pacote de temporada, que dá acesso as três DLCs que serão lançadas no ano 1 do jogo, na Microsoft Store para Xbox One e X | S, na Playstation Store para Playstation 4 e 5 e na Ubisoft Store para Windows PC. Também é possível adquirir apenas a DLC “Um Novo Deus” na Microsoft Store para Xbox One e X| S, na Playstation Store para Playstation4 e 5 e na Ubisoft Store para Windows PC. Os conteúdos adicionais dão aos jogadores novos personagens, desafios, reinos para explorar e maneiras de jogar o game.

A versão demo gratuita de Immortals Fenyx Rising coloca Fenyx em uma missão para descobrir o misterioso segredo dos ciclopes. Ambientado em um arquipélago construído exclusivamente para a demonstração do jogo e totalmente inspirado na região de Afrodite, presente no game, a versão demo apresenta uma mistura de combate, exploração e quebra-cabeças projetados para deixar os jogadores preparados para a experiência de jogo completa.

Desenvolvido pelo time da Ubisoft Quebec, o mesmo estúdio de Assassin’s Creed Odyssey, Immortals Fenyx Rising é uma nova propriedade intelectual que leva as grandes aventuras mitológicas às alturas. Como Fenyx, uma mortal, os jogadores partem em uma jornada pela salvação dos deuses gregos de uma maldição sombria e precisarão dominar poderes lendários, superar grandes desafios e enfrentar criaturas mitológicas para derrotarem Tifão, o mais mortal dos titãs responsável pela maldição.

Immortals Fenyx Rising está disponível para Xbox Series X | S, consoles Xbox One, PlayStation5, PlayStation4, Windows PC e Nintendo Switch.

“O Sangue de Zeus”, da Netflix, entra no reino mitológico de Immortals Fenyx Rising

Experiência crossover será por tempo limitado

(foto: divulgação)

Os gamers já podem ter uma experiência crossover entre “O Sangue de Zeus” e Immortals Fenyx Rising. A novidade, disponível por tempo limitado, permite que jogadores do game da Ubisoft mergulhem em uma missão temática de “O Sangue de Zeus”, da Netflix, e adquiram pacotes de personagens e armas inéditos.

A missão temática chamada “Um tributo à família” colocará os jogadores frente a frente com duas criaturas malignas de outro mundo: Chimera e Cerberus. Após a conclusão da missão, os usuários receberão o item Pendente da Águia e opções de customização dos personagens ligados a “O Sangue de Zeus”.

Gamers precisarão confiar em seus instintos de caçador de demônios e desafiar seus destinos com o novo pacote de armas, contendo skins temáticas para espada, machado, escudo e arco. Também seguirão os passos da guerreira amazônica Alexia com um pacote de personagens de “O Sangue de Zeus”, incluindo armadura, capacete, asas, montaria e uma companheira fênix. Tanto o pacote de armas quanto o de personagens estarão disponíveis para compra a qualquer momento, mesmo após a conclusão do evento crossover.

Desenvolvido pela equipe da Ubisoft Quebec*, dos mesmos criadores de Assassin’s Creed Odyssey, Immortals Fenyx Rising™ é uma nova IP (propriedade intelectual) que leva a grande aventura mitológica a outros patamares*. Os jogadores encarnam Fenyx, um novo semideus alado, em uma missão para salvar os Deuses Gregos e suas casas de uma maldição sombria. Somente dominando os lendários poderes dos deuses, superando provações heroicas e enfrentando feras mitológicas poderosas, Fenyx será capaz de encarar Tífon, o titã mais mortal da mitologia grega.

Para mais informações sobre Immortals Fenyx Rising, visite: https://immortalsfenyxrising.com

Para mais notícias sobre Immortals Fenyx Rising e todos os jogos da Ubisoft, visite Ubisoft News: https://news.ubisoft.com/

Callíope: a filha do respeitado ateniense que virou escrava

Finalista top 5 do Prêmio Jabuti 2020, romance histórico da paulista Cindy Stockler vai além do entretenimento ao surpreender com profunda pesquisa sobre Grécia Antiga

(foto: divulgação)

No Brasil, Callíope, a Escrava de Atenas. Na Grécia, Καλλιόπη, η δουλη τών Αθηνών. A obra da paulista Cindy Stockler é dividida em 12 capítulos, cada um levando o nome de um dos 12 deuses do Olimpo.

As 336 páginas contam a história de Callíope, uma jovem muito bonita que com apenas 15 anos foi dada em casamento por seu pai, um rico proprietário de terras ao redor de Atenas, a um cidadão muito mais velho do que ela. Os anos se passam e, em meio à Guerra do Peloponeso, a protagonista é vendida como escrava a um outro cidadão da cidade.

Em meio a uma viagem à Grécia Antiga, e ao misturar o entretenimento ficcional com personagens históricos, Cindy enriquece a produção com a política, filosofia e os costumes daquele tempo. A escravidão, os direitos de sucessão e de propriedade, o acesso à cidadania e o casamento tradicional da época são outros temas explorados pela autora.

“O agente não esperava por aquilo. Via, no entanto, que aquela filha de cidadão, vendida como escrava, cobriria a dívida e ainda daria lucro ao patrão. Indo logo, conseguiria vendê-la naquela tarde mesmo. Entrega à moça o documento – a hipoteca – e ela por sua vez coloca o papel nas mãos do pai que, num torpor desalentado, já não tinha mais noção de nada ao seu redor.”
(Callíope, a Escrava de Atenas, pág. 166)

Além de ser finalista do Prêmio Jabuti 2020 na categoria Livro Brasileiro Publicado no Exterior, outra novidade envolve a produção de Cindy: a edição em inglês está prevista para ser lançada em dezembro em Nova Iorque, pela Adelaide Books, com o título: Calliope, the Slave from Athens.

Ficha Técnica:
Título
: Callíope, a Escrava de Atenas
Autora: Cindy Stockler
Editora: Letras do Pensamento
ISBN: 978-85-62131-28-3
Páginas: 336
Tamanho: 15×23 cm
Preço: R$ 45,00
Link de venda: https://amzn.to/3frhLVh e http://letrasdopensamento.com.br/ 

Percy Jackson ganhará série no Disney+

Rick Riordan já está escrevendo o roteiro do episódio piloto da série de Percy Jackson. (Foto: Reprodução Instagram)

Por Rodrigo Bocatti

Está semana, Rick Riordan anunciou em suas redes sociais que está escrevendo o roteiro para a série do Percy Jackson, que será produzida pelo serviço de streaming Disney+, que tem previsão para chegar ao público brasileiro ainda em 2020.

Para quem não conhece, Percy Jackson é uma série de livros (que já tem 14) que tem como pano de fundo a mitologia greco-romana. E são divididos em, por enquanto, três série com cinco livros cada.

Em 2010, a FOX lançou o primeiro filme da saga “Percy Jackson e o Ladrão de Raios”, porém foi massacrado por crítica e fãs, pois a história era muito diferente que a do livro. Em 2013, veio o “ápice” com “Percy Jackson e o Mar de Mosntros”. Com os livros começando a ganhar fama, os fãs começaram a pedir algumas coisas essenciais para o longa, porém a FOX manteve a ideia original deles e mais uma vez foi um desastre e cancelou qualquer chance de continuação.

Depois disso, muitos fãs pediram à Netflix que adquirisse os direitos dos livros para fazer uma série, porém nunca foi pra frente. E quando a FOX foi comprada pela Disney, os pedidos foram enormes também. E quando menos esperávamos, o autor da saga Rick Riordan anunciou que teremos a aguardada série e ele já está escrevendo o roteiro para o episódio piloto.

Agora é aguardar a série, mas como fã espero que seja fiel ao livro (não completamente, mas o máximo possível), tenha atores jovem que vá crescendo junto com a produção, explore a mitologia e suas vertentes, tenha um elenco que misture experiência e juventude e não falte aventura e romance. 

A série vai demorar para ver a luz do dia, mas nós do Diver já estamos ansiosos e vocês?

EXPLore o paraíso grego com roteiros para todos os públicos

Atenas e Mykonos estão em pacotes da operadora Françatur, que inclui um roteiro dedicado ao viajante LGBTI+

Da lista de coisas a se fazer na Grécia, uma visita à Acrópole de Atenas está literalmente no topo. Avistada de qualquer ponto da capital grega, o local se destaca em três roteiros da Françatur. O país tem uma extensa costa com praias de areia branca, agradáveis para um mergulho ou descanso sob o sol, além de inúmeras ilhas, como Santorini e a badalada Mykonos.

Em Atenas, o turista pode explorar o Parthenon e o Erecteion, duas famosas construções da Antiguidade. Dá para conhecer Plaka, bairro cheio de cafés com mesas na calçada, e o circuito de compras da Rua Ermou, que se estende até a Praça Syntagma. Um passeio de barco em Santorini leva até as pequenas ilhas vulcânicas de Nea Kameni e Palea Kameni, com parada para banho nas fontes quentes de águas em tons de verde e amarelo. O casario branco e os cafés debruçados sobre o mar completam o visual da ilha.

Grécia é opção de destino da Françatur. (Foto: Divulgação)

Chamada de Zante, a ilha de Zakynthos é dona de um mar turquesa e de penhascos com até 200 metros de altura. E Mykonos, com lindas praias, lojas e restaurantes, tem uma energia jovem especialmente na vida noturna.

O pacote A Beleza Grega prevê três noites em cada destino: Atenas, Santorini e Mykonos. Já com oSerenata Grega, o viajante fica quatro noites, das dez totais, na capital, além de incluir Santorini, Mykonos e Zaquintos, duas noites por cidade.

Outra opção de roteiro é o Grécia Festiva, que explora ambientes onde a diversidade é bem-vinda, em um dos destinos mais procurados no mundo pelo turista LGBTI+. Gazi é o centro da diversão de Atenas. Lá, o viajante permanece por três noites. O entardecer no bairro revitalizado é a senha para clubes noturnos e bares intimistas começarem a festa, sem hora para acabar. Em Mykonos, a dica é apostar na Elia Beach, uma das maiores praias da ilha, que tem uma área dedicada ao nudismo.

Mais informações podem ser obtidas no site www.francatur.com.br, nas redes sociais @francaturturismo e nos telefones (11) 3149-3163 ou (21) 2102-2440.

Cris Barros apresenta preview de Inverno 19

AW 19 – GAIA

Nas civilizações antigas, os cultos de fertilidade e renascimento da natureza eram voltados para um arquétipo feminino universalizado que doava e sustentava a vida.

“A coleção AW19 é a minha homenagem à GAIA, criatura mitológica simbolizando a ligação da mulher com a Terra, a capacidade de criar algo único e novo.

Quis explorar e revisitar essa força poética, esse intuito feminino, eternizando a beleza do momento presente dentro do fluxo contínuo do ciclo da vida.

Enxerguei um paralelo metafórico em várias obras de artistas que me inspiram. Nas instalações feitas de flores da artista Rebecca Louise, que vão secando durante a exposição ao público. Nas pinturas clássicas do renascimento mostrando uma natureza sensível. Nas séries de fotografias “Flowers” do Irving Penn que documentou flores murchas, imortalizando a obra em seu tempo.”