Arquivo da tag: Mulher

69,8% das mulheres no Brasil jogam jogos eletrônicos, revela PGB

Segundo a 7ª Pesquisa Game Brasil, público feminino é maioria entre os jogadores brasileiros, representando 53,8% dos gamers no país

Contrariando o senso comum de que “videogame é coisa de menino”, a 7ª edição da Pesquisa Game Brasil (PGB) mostra que 69,8% das mulheres no Brasil jogam jogos eletrônicos, independentemente da plataforma. Fora isso, pelo quinto ano consecutivo do estudo, o público feminino aparece como maioria entre os gamers brasileiros, representando 53,8% dos jogadores no país.

“Existe uma falsa noção de que os homens são os principais consumidores de jogos eletrônicos no Brasil, mas não apenas as mulheres representam a maioria deste público quanto também estão cada vez mais engajadas nos games, dos eSports aos consoles, passando pelo celular”, afirma Carlos Silva, Head de Gaming na Go Gamers.

Realizada pelo Sioux Group, através da unidade de negócios Go Gamers, ESPM e Blend New Research, a PGB considera jogadores (ou gamers) todos aqueles que afirmam possuir o hábito de jogar jogos digitais. Nesta 7ª edição, a pesquisa ouviu 5.830 pessoas em 26 Estados e no Distrito Federal, no mês de fevereiro.

Presença casual e hardcore
PGB divide o público de jogos eletrônicos no Brasil em dois grupos: os que se consideram e os que não se consideram gamers. O primeiro, caracterizado como hardcore, é aquele cujo hábito de jogar é destacado dentro de suas preferências de entretenimento. Por sua vez, o segundo é tido como casual, que possui o hábito de jogar, porém em menor tempo e frequência.

De todos os jogadores no Brasil, 67,5% são casuais e 33,5% hardcore. Neste primeiro grupo, que é o mais populoso, as mulheres representam 61,9%. Já no segundo grupo, embora a maioria seja masculina, o público feminino marca forte presença, com 38,7%. Considerando apenas o total de mulheres que jogam no país, 76,7% se identificam com o perfil casual, enquanto 23,3% se definem como hardcore.

A hardcore gamer possui uma população menor, mas muito relevante e engajada: jogam três vezes ou mais por semana, em sessões que duram por volta de 3h. Já entre as jogadoras casuais, o estudo mapeou que este público joga pelo menos uma vez por semana, em partidas que levam até 1h por sessão.

Do celular ao console
De acordo com a PGB, 69,8% das mulheres que jogam jogos eletrônicos no Brasil têm o smartphone como plataforma favorita, e 50,1% jogam todos os dias nele. O bom desempenho dos celulares junto ao público gamer feminino mostra, mais uma vez, que estes aparelhos seguem alinhados aos anseios da comunidade gamer no país.

Mas em quantidade de horas, as mulheres jogam mais nos consoles, com 38,4% dedicando de 1 a 3h por dia. Já nos celulares, 32,7% do público feminino joga por até 1h por dia, mesma quantidade de horas que 36% das mulheres investem diariamente para jogar no computador.

Acesse o site oficial da PGB para saber mais sobre a 7ª edição do estudo e baixar a versão gratuita.

SÉRIE ‘GENTLEMAN JACK’, QUE CONTA A HISTÓRIA DE UMA MULHER QUE DESAFIOU AS REGRAS DO SÉCULO 19, CHEGA À HBO

Coprodução, criada e escrita por Sally Wainwright, terá oito episódios

Baseada em fatos históricos, GENTLEMAN JACK, a nova série coproduzida pela HBO e pela BBC, retrata a vida de Anne Lister (1791-1840), uma mulher única e empoderada que enfrenta o status quo de 1800 na Inglaterra. Com oito episódios, a produção estreia em 26 de abril, às 22h, no canal HBO e na HBO GO.

O drama, criado, escrito e codirigido por Sally Wainwright (Happy Valley) apresenta Anne Lister (Suranne Jones) como uma mulher revolucionária que pensava no casamento homoafetivo, tinha cabeça para os negócios e se opunha às expectativas da sociedade do século 19. A história é contada por meio dos diários de Anne, escritos em um código segredo que foram decodificados, revelando detalhes íntimos de sua vida.

Gentleman Jack estreia em 26 de abril. (Foto: Divulgação)

Ambientada em 1832, época vitoriana em Halifax, West Yorkshire, GENTLEMAN JACK exibe a intimidade do relacionamento de Anne com a família e os amigos, e, principalmente, seu perfil como uma esposa diferente.

GENTLEMAN JACK é coprotagonizada por Sophie Rundle no papel de Ann Walker, a rica herdeira e noiva de Anne Lister; Gemma Whelan (Yara Greyjoy de GAME OF THRONES) como Marian, a irmã de Anne Lister; Timothy West como Jeremy Lister, o pai das duas irmãs; e Gemma Jones como a tia delas.

A série é dirigida por Sally Wainwright, Sarah Harding e Jennifer Perrott, e produzida pela Lookout Point para a HBO e a BBC One. Os produtores executivos são Sally Wainwright, Faith Penhale e Laura Lankesterpela Lookout Point; e Ben Irving pela BBC One. O produtor é Phil Collinson.

Linha de cafés especiais destaca produção 100% feminina

No mês da mulher, a torrefação paranaense Café do Moço vai lançar a primeira linha nacional produzida somente por mulheres

O mês de março está chegando, e com ele diversas homenagens em todo mundo para as mulheres, que têm no dia 08 uma data só para elas. No embalo das celebrações, a Microtorrefação Café do Moço, uma das principais referências quando o assunto é cafés especiais no Brasil, vai lançar uma linha exclusiva, que recebeu o nome de “Café das Moças”. Coordenado por Estela Cotes, o projeto traz cinco cafés produzidos por pequenas produtoras no Estado do Paranádemocratizando um mercado até então dominado por homens.

Blank advertising cylinder
Café do Moço lança linha exclusivamente feita por mulheres. (Foto: Divulgação)

Um dos grandes destaques da linha “Café das Moças” é o café Catuaí Vermelho, o mais caro da história do Paraná, produzido pela produtora Ana Maria Garcia. No ano de 2017, 30 kg do café foram adquiridos por R$ 3.800 no 1o Leilão das Mulheres do Café do Paraná. Natural de Figueira (PR), Ana Maria Garcia, de 34 anos, que estudou apenas até o 4º ano do Ensino Fundamental, entrou no mundo dos cafés incentivada por seu pai. Mas foi na EMATER, com o projeto Mulheres do Café, e com o apoio do Café do Moço, empresa comandada por Estela Cotes e Leo Moço, que aprendeu novas técnicas e cultivos, aprimorando sua paixão e amor pelo café.

O trabalho de Ana Maria Garcia, que destacou o protagonismo feminino por meio do café, serviu como incentivo para que o Café do Moço criasse a primeira linha do país produzida exclusivamente por mulheres. “Depois de conhecermos este grupo de mulheres em 2016 começamos a estudar a produção feminina e descobrimos o trabalho de muitas pequenas produtoras que, com pequenas correções, poderiam resultar em cafés de excelência. Em pouco tempo percebemos que estávamos diante de uma nova página da cafeicultura paranaense, com mulheres se destacando em um segmento que sempre foi dominado por homens. Nesse momento, surgiu a ideia de selecionarmos café de qualidade para lançar uma linha inédita, que tem por objetivo promover o empoderamento dessas mulheres produtoras”, comenta Estela Cotes.

Além de Ana Maria, fazem parte do projeto “Café das Moças” outras quatro produtoras: Maria José Faria Costa (Tomazina – PR), com o café Catuaí Vermelho; Claudete Valle Pires (Japira – PR), com o café da variedade Arara; e Gláucia Daniele Mendes (Joaquim Távora – PR), com o café Obatã. “Estamos muito orgulhosos com o resultado desse projeto lindo. A maioria das mulheres começaram a produzir para consumo próprio, e hoje estão ganhando dinheiro com essa produção incrível, contribuindo diretamente para o sustento de suas famílias. É muito gratificando ver essa satisfação profissional no rosto delas”, detalha Estela.  Além das produtoras, todos os detalhes do processo de produção foram realizados por mulheres, da colheita até a embalagem desenvolvida pela designer Andressa Meissner.

Responsável pela torrefação e comercialização dos cafés, a torrefação Café do Moço prestou, também, uma consultoria completa para as produtoras, resultando em saltos significativos nas produções em regiões até então impensáveis, tendo como foco principal a qualidade. Agora, após o lançamento oficial, a ideia é que o projeto ganhe todo o Brasil. “Sem dúvida alguma essa iniciativa fará com que mais produtoras se animem com o mercado e com as possibilidades geradas por seus cafés. Todo o mercado ganha com essa dedicação feminina”, comenta Estela Cotes.

Como comprar

Os cafés estão disponíveis em embalagens de 150g, ilustradas com a imagem das produtoras, e custam entre R$ 90 e R$ 135. Eles podem ser adquiridos no site da torrefação (www.cafedomoco.com.br), com entrega para todo o país, e podem ser encontrados, também, na cafeteria do Grupo Café do Moço, o Barista Coffee Bar (Rua Moyses Marcondes, nº 609 – Juvevê), em Curitiba.

Mais informações no site www.cafedomoco.com.br pelo telefone (41) 3501-8234.

 

Le Bife presenteia as mulheres com sobremesa no dia 8 de março

Para homenagear o dia Internacional das Mulher, restaurante oferece duas de suas famosas sobremesas por conta da casa

Sob o comando do famoso chef Erick Jacquin, o Le Bife, realiza, no próximo dia 8, uma ação especial. Em homenagem a todas mulheres, o restaurante disponibilizará duas de suas opções de sobremesas para aquelas que almoçarem ou jantarem no bistrô. O famoso Petit Gateau do chef ou o delicioso Vacherin de morango e suspiros.

image001.png

Recentemente, o Le Bife apresentou opções de PF’s, além dos seus tradicionais executivos, e rodízios de guarnições, na escolha de um corte de carne.

A promoção é válida apenas no dia 8, para as mulheres, no almoço e jantar.

GALERIA RECORTE PROMOVE “RESISTARTE” COM DIFERENTES ATRAÇÕES PARA CELEBAR E REFLETIR A LUTA DAS MULHERES

Comandado também por mulheres, o evento será composto de shows, rodas de conversa, exposição de arte e performances

A Galeria Recorte, salão de cabeleireiro e espaço multicultural na Rua Augusta, em São Paulo, promove a primeira edição do ResistARTE com diferentes atrações, todas lideradas por mulheres. Neste momento em que tanto se fala do empoderamento feminino e da luta pela equidade de gêneros, o salão promove o evento nos dias 7, 9, 10 e 11 de março, criando um espaço de reflexão sobre o tema e em comemoração ao Dia Internacional da Mulher.

Durante os quatro dias, a Recorte criará um espaço de diálogo e troca de informações sobre temas ligados a questões de gênero, raciais e LBGT, violência contra a mulher, equiparação de direitos, padrões estéticos e o retrato da mulher na mídia. Entre as atrações confirmadas estão o Coletivo Piscina, as atrizes Nina Santos, Valquíria Rosa, Agathá Hills, a banda Dizzy Queens, a cantora Milkee, entre outras.

Galeria Recorte5_divulgação.JPG
Galeria Recorte irá homenagear o Dia Internacional da Mulher. (Foto: Divulgação)

Escolhidos de maneira estratégica, os dias de realização do evento coincidem com a Marcha Mundial das Mulheres, que acontece na Praça da Sé, em celebração ao 8 de março. “Estamos vivendo um momento muito difícil, cercadas de ódio e ameaças, por isso, resolvemos reunir várias mulheres para que elas possam expor seus trabalhos, suas ideias e ao mesmo tempo refletir sobre o que pode ser feito para mudar essa situação”, afirma Anna Gadelha, sócia e proprietária da Galeria Recorte.

Para completar a programação, o Café Recorte trará um cardápio especial para o ResistARTE voltado para a saúde da mulher, com ingredientes como grão de bico, cardamono, brotos e cacau que minimizam os efeitos das alterações hormonais nas diversas fases da vida. A saciedade – física e emocional – virá cheia de sabor.

Confira a programação completa:

Dia 07 de março, a partir das 19h00

· Abertura da exposição “Há algo aqui”, organizada pelo Coletivo Piscina, plataforma criada pelas artistas Paula Franchi, Nataly Callai e Ana Luiza Fortes para reunir e mostrar o trabalho de mulheres artistas. Nessa exposição, focada em trabalhos de colagem, trará trabalhos das artistas Ana Hortides, Anaïs Karenin, Colla GG, Gabriela Sánchez, Isadora Fernandes, Juliana Coelho, Laíza Ferreira, Maíra Ishida, Mariana Destro e Singh Bean. Dá só uma olhada: http://cargocollective.com/piscina.

· Perfomance ‘Empresto meus Ouvidos’, com a atriz Nina Santos, do Vagão Coletivo. Nina vai convidar o público falar e só ela irá ouvir sobre tudo que lhe vier à mente, desde denúncias, anúncios, fatos importantes ou amenidades. A performer adverte: “estamos em um momento que quase ninguém mais ouve ninguém”.

Dia 9 de março, a partir das 19h00

· Roda de conversa sobre desconstrução dos padrões de beleza. A atriz e educadora Valquíria Rosa e a editora de vídeos Thaís Mayume vão trocar ideias sobre como e porquê as mulheres devem se libertar das amarras do bela, recatada e do lar.

Dia 10 de março, a partir das 19h00

·  Perfomance com a atriz Agathá Hills. A artevista T de 23 anos vai trazer um pouco da poesia e da arte ‘nascida e cultivada no gueto’ para a Galeria Recorte. Atualmente no espetáculo Periferida, que conta as histórias de um menino gay que decide virar drag queen e de uma travesti. Agathá usa a arte como forma de lutar pela liberdade e segurança do povo T.

 

Dia 11 de março, a partir das 18h00

Shows:

·  MILKEE – A cantora paulistana feminista Milkee junta o hip hop com referências do rap. https://www.facebook.com/milkeeoficial/

·  DIZZY QUEEN e a banda Corazones Muertos farão um tributo para Joan Jett, ícone feminino e uma das fundadoras da banda The Runaways. https://www.facebook.com/dizzyqueenrock?fref=ts

· MOITA é uma banda punk e hardcore feminista de São Paulo que discute temas como gênero, política, cidade, racismo, lesbofobia, luta antifascista e feminista.https://www.facebook.com/moitaband/

AGENDA

EVENTO “RESISTARTE”

Dias 7, 9 e 10 de março a partir das 19h00 e no dia 11, sábado, a partir das 18h00

Rua Augusta, 829 – São Paulo

Eles e elas: conheça as diferenças na hora de tonalizar os fios

Por Grecin*

Os homens brasileiros podem se tornar os principais consumidores de cosméticos do mundo em 2019, segundo pesquisa da Euromonitor Digital. Cada vez mais produtos específicos a eles são idealizados e vendidos. Ao contrário das mulheres, porém, muitos não sabem por onde começar. É grande a quantidade de homens que colorem os fios brancos dos cabelos e da barba, mas ainda é maior o número que desconhece que um bom resultado pode ser alcançado com facilidade. Na verdade, o processo é muito mais simples do que parece. Confira as principais diferenças entre elas e eles na hora de tonalizar fios:

image007.jpgimage006.jpg

Complicação

Nada de potinhos diversos, pincéis e misturas de diferentes tinturas para alcançar uma coloração. Se para elas isso pode ser uma consequência natural do ato de colorir os fios, eles não sofrem com esse inconveniente. Basta optar por produtos que oferecem a melhor tecnologia existente para disfarçar os grisalhos presentes no cabelo e na barba – ficando livres de bagunça após a aplicação.

Facilidade

No momento de tonalizar, as mulheres já sabem que podem passar horas no salão e contar com a ajuda de profissionais, fazendo deste um ritual agradável e bem-vindo. Eles, porém, dificilmente estão dispostos a investir energia da mesma forma. Por isso, os melhores produtos tonalizantes masculinos são muitos simples, tanto para adquirir (em qualquer farmácia), quanto para o manuseio e a aplicação.

Tempo

A simplicidade também engloba o quesito tempo. Enquanto as mulheres podem passar horas nos cuidados com os cabelos, eles conseguem finalizar todo o processo de 5 a 10 minutos ao utilizarem o produto correto.

Tons

Para elas, o ruivo, o loiro e as cores escuras, como castanho e preto, estão entre os tons preferidos, justamente para dar novos tons às madeixas. Eles, por outro lado, beneficiam-se da coloração natural de seus fios, ou seja, se forem de boa qualidade, os produtos tonalizantes para quem é parcial ou totalmente grisalho funcionam mais como um “reversor” à cor original do cabelo e da barba – o que eles apreciam muito.

Resultado

Costuma-se dizer que uma mulher não muda a cor de seus cabelos, mas muda de fase na vida. E talvez seja bem por aí: enquanto a maioria delas deseja que qualquer mudança no visual seja notada e apreciada – principalmente nos fios –, eles preferem um ajuste mais discreto e natural, o que, graças às tecnologias empregadas nos produtos de alta qualidade voltados a esse público, está cada vez mais fácil de alcançar.

*Grecin é a marca líder mundial em coloração masculina instantânea.

Escrita por Roy Thomas, HQ Ember chega ao Brasil pela AVEC Editora

Saída do clássico universo da série Storm, guerreira ruiva ganha aventura solo em Ember – A lenda de Krill

Trazendo títulos contemporâneos dos quadrinhos europeus em edições caprichadas, a AVEC Editora lança em agosto a HQ Ember – A lenda de Krill (48 páginas coloridas, formato 21 x 28 cm, papel couché 150g, R$ 34,90), assinada por Roy Thomas com arte de Romano Molennar. Saída do clássico universo de Storm, série desenhada pelo inglês Don Lawrence, a bela guerreira ruiva Ember ganha carreira solo em uma aventura que se destaca pela força do protagonismo feminino.

AVEC Editora lança "Ember", no Brasil. (Foto: Divulgação)
AVEC Editora lança “Ember”, no Brasil. (Foto: Divulgação)

O álbum Ember – A lenda de Krill está disponível nas principais redes de livrarias e comic-shops do país, e também pode ser encontrado no site da Amazon Brasil ou adquirido através do site oficial da AVEC Editora (http://www.avecstore.com.br/).

Sinopse

Em A Lenda de Krill, Ember vive uma aventura no Mundo das Profundezas, antes de conhecer Storm. Ao completar 19 anos, seu vilarejo é atacado pelos homens do governante de Rhagus. Ember, Pearl e Kiley, pai das duas, são presos e levados para a cidade. Lá, um passado misterioso e desconhecido será revelado. A série chama atenção por trazer uma protagonista destemida e independente, distante do estereótipo da donzela em perigo, através de desenhos vibrantes e uma narrativa repleta de ação e fantasia pós-apocalíptica.

Autores

Lendário roteirista de títulos como X-Men e Vingadores, Thomas chegou a ser editor-chefe da Marvel nos anos 1970, e também ficou conhecido por introduzir o personagem Conan nos quadrinhos norte-americanos, lançando o gênero de histórias apelidado de Espada & Feitiçaria. Já o artista holandês Romano Molennar tem no currículo obras como Witchblade e The Darkness, além da própria série Storm.

Prelúdio

O lançamento é uma boa oportunidade para aqueles que desejam conhecer o universo Storm em ordem cronológica. “A série Storm, que chegou a ter dez álbuns publicados pela Abril, é imensa. Os primeiros volumes datam da década de 1970. Como em 2014 essa série foi lançada na Europa como um prelúdio, mostrando Ember antes de conhecer Storm, achei que poderia ser um material interessante tanto para os fãs quanto para quem ainda não conhece a série. Assim, vão saber um pouco mais do passado da companheira de aventuras de Storm”, explica o editor Artur Vecchi.

Piccadilly une duas novidades e lança calçados com temática Festa Comfort

O lançamento une o material Lux, ideal para festas, com o diferencial Joanete, representando o conforto e bem estar dos pés. Ambos exclusividade da Piccadilly Calçados

Calçados Piccadilly. (Foto: Divulgação)
Calçados Piccadilly. (Foto: Divulgação)

Este ano, celebrando 60 anos de trajetória, o clima da Piccadilly é de festa. Para compartilhar esse momento especial com suas consumidoras a marca desenvolveu os modelos Festa Comfort. A temática foi aplicada em 11 linhas e abrange 48 modelos da coleção Primavera Verão 2015-2016, que podem ser identificados através da palmilha. Rasteiras, sandálias com salto, peep toes e sapatilhas foram os escolhidos para levar o tema.

Representando bem o conforto, a marca aplica o diferencial Joanete em alguns modelos da linha Festa Comfort. Esses possuem medidas especiais, fazendo com que a linha do cabedal passe acima do joanete, evitando os apertos que são responsáveis por deixar a região dolorida. Além disso, foram aplicados materiais tecnológicos que proporcionam maior elasticidade, permitem a transpiração do pé, melhoram a circulação sanguínea e reduzem o calor.

Calçados Piccadilly. (Foto: Divulgação)
Calçados Piccadilly. (Foto: Divulgação)

Já o brilho, glamour e moda que qualquer look de festa pede são bem representados pelo material Lux, ideal para ocasiões noturnas, mas que também pode ser usado de dia. Especialmente para o lançamento, a Piccadilly aumentou a cartela de cores, utilizando o preto, o dourado, o prata e o vermelho. Na parte interna, a Piccadillyaplicou um forro, que garante o conforto do calçado.

São calçados perfeitos para ocasiões especiais, festas de fim de ano e confraternizações, garantindo a beleza, a elegância e o conforto da mulher.

Presenteie a pessoa que ama com um lindo relógio da Cia dos Relógios

O Natal está chegando e com ele a temível hora de escolher os presentes. Que tal escolher um presente que além de bonito seja útil? O relógio jamais perde seu glamour. Seja para trabalhar ou passear, o relógio sempre está presente no pulso do brasileiro.

A Cia dos Relógios possui as melhores marcas em relógios femininos importados e nacionais e também as melhores marcas nos masculinos e unissex. Por isso na hora de pesquisar um relógio vá com a certeza de encontrar um produto de qualidade, original e com garantia.

Já para escolher o presente perfeito para sua mãe, namorada, esposa ou mesmo para aquela pessoa querida que você sorteou para o amigo secreto, que tal inovar no presente e escolher um relógio moderno? A Orient trouxe o Unique LBSC0021 S1MX, um relógio analógico, com pulseira em couro, possui uma resistência à água baixa, apenas 30mts.

Cia dos Relógios dá dicas de presentes tanto para homens como para mulheres. (Foto: Divulgação)
Cia dos Relógios dá dicas de presentes tanto para homens como para mulheres. (Foto: Divulgação)

A Mormaii traz o modelo Acqua Pro Gold MOPC21JAH/8P com pulseira em silicone, totalmente analógico que orna muito com o estilo casual chic.

A Technos vem comum modelo muito chique, o Elegance Swarovski 2035FFJ/1P com sua pulseira em aço inoxidável IP black, causa furor quando analógico, com cristais Swarovski que deixa qualquer mulher maravilhada com o presente, e ainda vem dentro de um caixinha para presente com um lindo colar.

Entre os relógios masculinos podemos destacar o Orient automático, modelo 469SS051, um relógio em aço inoxidável, com calendário e possui resistência à água de 50mts de profundidade. Além de um design estiloso que combina tanto com roupas esportivas quanto sociais, um ótimo presente para um executivo que adora esportes e está sempre na moda. Outro modelo da Orient é o Unique MBSPC020 G1PX analógico, com calendário, cronógrafo e sua pulseira em poliuretano auxilia nos exercícios físicos. Um relógio muito moderno e estiloso.

Outra marca de sucesso é a Mormaii que nos traz modelos esportivos e também sociais. Dois modelos que fazem muito sucesso é o MW2021/8R com sua pulseira em borracha vermelha, totalmente digital com calendário, iluminação, alarme e cronômetro é indicado para natação e atividades físicas, suporta até 100mts de profundidade. O segundo modelo é o On The Road MO2035AW/3C que conta com uma pulseira em couro sintético, é totalmente analógico e suporta 50mts de profundidade. Muito indicado para um estilo mais casual.

Os relógios da Cia dos Relógios possuem garantia de fábrica, são totalmente originais e para comprar é muito simples. Um site repleto de novidades e com as marcas mais conceituadas do mercado.