Arquivo da tag: Noruega

4 presentes exclusivos para trazer de viagens ao redor do mundo

Trazer lembranças de viagem é uma prática comum entre viajantes. Alguns souvenirs só podem ser encontrados em países específicos. Veja abaixo uma lista de quatro presentes para comprar em viagens para Mônaco, Ilhas Seychelles, Jordânia e Noruega.

L’Orangerie (Mônaco)

(Foto: L’Orangerie)

O L’Orangerie é um licor premium de laranja, produzido em pequenas quantidades no Principado de Mônaco. Ele é feito com frutas que crescem nas ruas do país, sem conservantes e fabricado à mão. Refrescante e não muito doce, a bebida pode ser servida como aperitivo, digestivo ou ser usada para preparar drinques. É um ótimo souvenir para quem quer dar um presente mais sofisticado e exclusivo, que tem a cara do Principado de Mônaco.

Coco de Mer (Seychelles)

(Foto: Divulgação)

Seychelles é um país que valoriza e protege a natureza e sua biodiversidade. Ali há várias espécies raras e endêmicas, uma delas é o coco de mer, um dos símbolos do país. O coco de mer só cresce nesta região do mundo e tem um formato bem diferente, que diverte os turistas que nunca o viram antes. Por ser muito preservado, não é permitido retirá-lo das palmeiras onde crescem. Aqueles que caem das árvores são recolhidos e cada um recebe um selo do governo. Para comprá-lo, ainda é necessário que tenha um certificado de exportação. Ele é usado como item de decoração e, por ser um item extremamente raro e protegido, pode custar algumas centenas de euros.

Sais e lama do Mar Morto (Jordânia)

(Foto: Divulgação)

Uma visita ao Mar Morto, na Jordânia, é uma ótima oportunidade para adquirir alguns produtos únicos da região, como os sais de banho e a famosa lama negra. Os cristais de banho, feitos de sais naturais, são altamente concentrados com 26 minerais essenciais do Mar Morto, como magnésio, cálcio, sódio, potássio, zinco e outros minerais. Estes sais suavizam, nutrem, limpam e refrescam a pele, além de serem eficazes no alívio da dor muscular e da tensão produzida pelo estresse. Já a lama mineral preta do Mar Morto limpa e purifica a pele, permitindo que ela absorva melhor a hidratação. Além disso, a alta concentração de elementos essenciais da lama melhora a circulação, ajuda o sistema imunológico e reduz a tensão muscular. São ótimos souvernirs para levar para casa.

Aquavit (Noruega)

(Foto: Divulgação)

Quem viaja para a Escandinávia não pode deixar de experimentar o famoso aquavit, destilado aromático de batata, que é o equivalente da nossa cachaça para os nórdicos. Na Noruega, é possível ter toda uma experiência com a bebida no Aquavit Trail, passeio oferecido pela fábrica Linie, na cidade de Hamar, ou fazer uma visita à destilaria Aurora Spirit, em Tromsø, acompanhada de degustação de bebidas premiadas em campeonatos mundiais. Ao fim dessas experiências, nada melhor do que escolher uma garrafa do seu aquavit preferido para levar para casa e ter um gostinho especial da Noruega em qualquer lugar.

Noruega: país do luxo inusitado

O luxo na Noruega está em viver experiências memoráveis, com cenários deslumbrantes ao fundo.  O país combina belezas naturais, grande riqueza cultural e um povo hospitaleiro, que valoriza a igualdade e o respeito. O destino oferece experiências inusitadas e exclusivas que passam pelos encantadores fiordes e pela magia da aurora boreal e do sol da meia-noite. De norte a sul, existem inúmeras possibilidades para deixar qualquer tipo de viajante extasiado, em qualquer época do ano.

Para degustar

(Foto: Divulgação)

Em visita a Oslo, vale a pena se planejar e fazer uma reserva para conhecer o restaurante Maaemo, o primeiro da Noruega a receber a nota máxima de três estrelas no renomado Guia Michelin. Liderado pelo chef Esben Holmboe Bang, o estabelecimento oferece uma interpretação interessante da tradicional comida norueguesa. Já em Bergen, o Cornelius Seafood pode ser uma ótima opção. O restaurante situa-se junto ao mar, com vista extraordinária dos fiordes. Aberto todos os dias, seu famoso menu meteorológico é inspirado no clima da época, servindo pratos leves nos dias de verão e pratos com sabores mais fortes quando o tempo está mais frio.

Para relaxar

(Foto: Divulgação)

Um bom hotel com certeza é um item importante para uma experiência incrível de viagem e na Noruega não faltam ótimas opções. O Juvet talvez seja um dos hotéis mais incríveis não só do país, mas de todo o mundo. A sensação que os quartos do hotel proporcionam aos visitantes com as suas paredes de vidro é de estar completamente imerso na natureza. O Ullensvang é um tradicional hotel histórico, com localização perfeita para aproveitar atrações como a famosa trilha até Trolltunga ou sobrevoo de helicóptero pelos topos nevados das montanhas do fiorde de Hardanger. Não é à toa que o hotel é um dos lugares preferidos de férias da Rainha Sônia da Noruega. No coração do fiorde de Nord está localizado o luxuoso resort Alexandra. O estabelecimento foi construído há centenas de anos, oferecendo tradição sem deixar de lado todo o conforto e modernidade. Com acomodações com vistas de tirar o fôlego, uma das grandes atrações do hotel é a gastronomia e seu excelente spa.

Para se aventurar

(Foto: Divulgação)

Já imaginou andar em um trenó puxado por renas? Hospedar-se em um hotel onde toda a construção e os móveis são feitos de gelo? E acompanhar de perto como é feita a pesca do famoso bacalhau norueguês? Essas são só algumas das atividades que podem ser feitas no norte do país.

Já na região dos fiordes, a aventura fica ainda mais incrível, com trajetos de barco, trilhas com cenários deslumbrantes, passeios em geleiras, excursões de caiaque e uma grande variedade de esportes radicais. A Noruega também oferece um vasto calendário de eventos que vão desde festivais de música e cultura até eventos esportivos como maratonas e campeonato de golfe sob a luz do sol da meia-noite.

Destinos exclusivos para viagens de luxo

Uma viagem especial precisa ir além da qualidade dos serviços oferecidos no destino, já que o verdadeiro luxo está na excelência das experiências mais inesquecíveis. Confira abaixo quatro destinos que prometem surpreender até mesmo os viajantes mais exigentes:

Noruega

O luxo na Noruega está em viver experiências memoráveis, com cenários deslumbrantes ao fundo. O país combina belezas naturais, grande riqueza cultural e um povo hospitaleiro, que valoriza a igualdade e o respeito. O destino oferece experiências inusitadas e exclusivas que passam pelos encantadores fiordes e pela magia da aurora boreal e do sol da meia-noite. De norte a sul, existem inúmeras possibilidades para deixar qualquer tipo de viajante extasiado, em qualquer época do ano. Já imaginou andar em um trenó puxado por renas? Hospedar-se em um hotel onde toda a construção e os móveis são feitos de gelo? E acompanhar de perto como é feita a pesca do famoso bacalhau norueguês? Essas são só algumas das atividades que podem ser feitas no norte do país. Já na região dos fiordes, a aventura fica ainda mais incrível, com trajetos de barco, trilhas com cenários deslumbrantes, passeios em geleiras, excursões de caiaque e uma grande variedade de esportes radicais. A Noruega também oferece um vasto calendário de eventos que vão desde festivais de música e cultura até eventos esportivos como maratonas e campeonato de golfe sob a luz do sol da meia-noite.

Mônaco

O Principado de Mônaco é, com certeza, um dos destinos mais sofisticados do mundo, com uma grande concentração de milionários, carros de luxo e experiências exclusivas. O país todo parece ter saído de um sonho, com ruas charmosas, um palácio, cores em tons pastel e o mar azul como pano de fundo. O lugar é também um dos mais seguros do planeta, onde é possível caminhar tranquilamente, fazer compras em grifes internacionais, andar com artigos de luxo como joias e relógios e dirigir carros esportivos sem nenhuma preocupação. Os dias em Mônaco podem ser passados em hotéis impecáveis, como o tradicional Hôtel de Paris, apreciando um jantar a dois em um restaurante estrelado, como o Le Louis XV – Alain Ducasse. Entre as atividades, é possível fazer um tratamento exclusivo em um spa – o Spa Metropole by Givenchy é uma ótima pedida -, jogar golfe ou tênis, dirigir seguindo o circuito da Fórmula 1, andar de helicóptero, fazer compras, assistir uma apresentação de jazz ou balé, passear de iate ao pôr do sol, entre muitas outras ideias.

Seychelles

Privacidade, sofisticação e natureza. Desta forma podem ser resumidas as viagens para Seychelles, principalmente para suas ilhas exclusivas, que oferecem apenas uma opção de acomodação. São lugares que poucas pessoas no mundo já puderam conhecer, com paisagens paradisíacas e hotéis com uma excelente infraestrutura para não faltar nada durante as férias. Ou seja, dificilmente uma experiência será mais exclusiva do que essa, a não ser que o viajante alugue uma ilha inteira para seus convidados, para comemorar uma celebração especial, por exemplo. Uma ilha apenas sua, no meio do Oceano Índico, com praias de areia branca e águas cristalinas, acompanhadas de uma deliciosa gastronomia creole e atividades na natureza preservada é sem dúvida uma bela experiência de viagem de luxo.

Jordânia

A Jordânia é um país único, com história, cultura e tradições milenares, impossíveis de encontrar em outro lugar. Visitá-la já é uma experiência diferenciada, já que uma das sete maravilhas do mundo, Petra, pertence ao território da Jordânia. Para viagens mais exclusivas, é possível experimentar o glamping, ou seja, uma mistura de camping e glamour. No deserto de Wadi Rum – com suas paisagens únicas – há opções de lodges com toda a estrutura para uma estadia sofisticada e confortável, com tendas de luxo, instalações, entretenimento e ainda uma gastronomia local deliciosa preparada pelos beduínos. Passar a noite no deserto em um desses locais é uma experiência sem igual. Outra atividade muito recomendada para este público é se hospedar em um dos resorts à beira do Mar Morto, aproveitando seus spas e tratamentos exclusivos com os produtos da região.

Para saber mais sobre os destinos, acesse o Bureau Mundo, escritório virtual da GVA: www.bureaumundo.com.

A magia do Natal na Noruega

Natal é uma das épocas mais bonitas na Noruega. ( Foto: Thomas Rasmus Juell skaug / Dagbladet)

O Natal é o segundo maior feriado da Noruega, ficando atrás apenas do 17 de maio, dia da Constituição do país. À luz de velas, é um período mágico e feliz para noruegueses e visitantes. As comemorações tem início em novembro com as festas de confraternização das empresas, o Julebord, que consiste em banquetes com tradicionais pratos natalinos, como “ribbe” (costela de porco) e “pinnekjøtt” (costela de cordeiro), acompanhados de cerveja preta e de aquavit, destilado norueguês.

Na Noruega, crianças e adultos são presenteados com um calendário do advento, o Julekalender,  para a contagem regressiva para o Natal, que por lá é chamado de Jul. Começando em 1º de dezembro e finalizando na véspera de Natal, é ofertado um presente, um doce ou uma tarefa em cada um dos 24 dias que precedem a grande festa. Todos os pacotinhos têm o número do dia exato que deve ser aberto, sendo proibido abri-los antecipadamente.

O dia 23 de Dezembro é conhecido como a “pequena véspera”, dia dedicado para enfeitar a árvore de Natal ou abrir um único presente. Na véspera de Natal, o Julaften, os noruegueses se encontram nas casas de familiares e amigos para a principal ceia natalina. Após o jantar, é a hora de trocar os presentes. O dia 25 de dezembro é um dia para encontrar a família.

Mas engana-se quem acredita que as celebrações natalinas terminam após o dia 25. Entre o Natal e o Ano Novo, é tempo do Julebukk, uma divertida tradição norueguesa que assemelha-se a brincadeira de “trick-or-treating” do Halloween dos Estados Unidos. Durante a última semana do ano, os nórdicos saem às ruas fantasiados, batendo às portas de seus vizinhos, cantando músicas natalina e recebendo doces.

3 destinos para se jogar nas compras

Muitos viajantes aproveitam as férias para fazer compras, seja para adquirir um artesanato local, um produto que só é vendido ali, roupas e acessórios típicos e souvenirs da viagem. Abaixo, confira três destinos para se jogar nas compras:

Noruega

(Foto: Divulgação)

A Noruega pode ser um ótimo destino para fazer compras de artigos com o autêntico design escandinavo. Uma ótima dica é visitar a House of Oslo, loja de departamento especializada em decoração, que agrupa mais de 20 marcas reconhecidas da região. Já para peças de vestuário, vale a pena conhecer a Moods of Norway, marca tipicamente norueguesa com roupas, acessórios e sapatos bastante inusitados e coloridos. Uma ótima notícia para os brasileiros, é que é possível fazer compras na Noruega com restituição de impostos. Existem mais de quatro mil lojas com o selo “tax free”, que permite que turistas estrangeiros façam compras e recebam, no momento em que deixarem o país, a restituição do IVA (Imposto sobre Valor Agregado).

Mônaco

(Foto: © MONTE-CARLO Société des Bains de Mer)

Mônaco é o lugar perfeito para compras, especialmente para quem procura produtos de luxo de grifes internacionais, seja alta costura, perfumaria, joalheria, relojoaria, etc. Além disso, por ser um dos destinos mais seguros do mundo, não há com o que se preocupar na hora das compras. O One Monte-Carlo, inaugurado em 2019, fica próximo ao Cassino de Monte-Carlo. O espaço, que combina apartamentos, grifes, gastronomia, cultura e negócios, situa-se ao redor da Promenade Princesse Charlène, uma zona de pedestres ladeada por árvores. A área de compras conta com 24 boutiques de luxo, como Cartier, Louis Vuitton, Chanel, Fendi e Prada. Outra opção é o Métropole Shopping Center, que conta com 80 lojas, cinco restaurantes e é decorado com dois lustres impactantes e muito mármore. Além de moda, acessórios, joalherias e artigos de beleza, há também lojas de decoração, artes e antiguidades. Outras duas opções são o Centro Comercial de Fontvieille, com 36 lojas especializadas em equipamentos hi-fi, música, móveis, etc, e as lojas no cais do Yacht Club de Mônaco.

Seychelles

(Foto: Eden Plaza)

Com uma localização perfeita na Eden Island, em Seychelles, o Eden Plaza oferece uma ótima experiência para quem está hospedado na ilha principal Mahé. O local combina mais de 50 lojas (roupas, sapatos, óculos, móveis, etc), restaurantes e serviços em um ambiente agradável, moderno e de frente para um cenário paradisíaco. O local ainda conta com serviços de bem-estar, como um spa e uma academia, e um espaço artístico, que atualmente é a maior galeria de arte contemporânea do país, onde são vendidas obras de artistas seychellois. Além do shopping, há muitas lojinhas espalhadas nas ilhas principais que vendem artesanatos e souvenirs, muitos deles com o formato do coco de mer, símbolo do país. O coco de mer original, cuja palmeira é protegida e só cresce nesta região, também pode ser adquirido e usado como artigo de decoração (é preciso ter um selo do governo e licença de exportação).

Para saber mais sobre os destinos, acesse o Bureau Mundo, escritório virtual da GVA: www.bureaumundo.com.

Começou a temporada da aurora boreal na Noruega

A aurora boreal é um dos fenômenos mais belos da natureza. Ela pode ser observada ao redor do mundo, em regiões próximas ao Círculo Polar Ártico. Sua ocorrência se dá a partir do outono, no final de setembro, mas com maior probabilidade e intensidade entre os meses de novembro e março. Ir à caça da aurora boreal pode ser uma bela aventura, especialmente na Noruega. Durante esta temporada, está disponível uma grande variedade  de atividades como expedições fotográficas, passeios de caiaque, de snowmobille, de trenó ou até mesmo a cavalo.  Em toda a região norte da Noruega é possível avistar a aurora boreal. Alguns dos principais destinos turísticos que oferecem essa experiências são as cidades de  Alta, Bodø e Kirkenes, as Ilhas Lofoten e Svalbard e a região do Cabo  Norte (ponto mais ao norte da Europa, localizado na ilha de Magerøya).

(Foto: Divulgação)

Capital da aurora boreal

Na Noruega está localizada Tromsø, conhecida como a capital da aurora boreal. A cidade está a 350 quilômetros ao norte do Círculo Polar Ártico e é a maior da região norte do país. Por lá, as chances de presenciar o fenômeno da aurora boreal são altas e o grande diferencial é que os visitantes podem ter essa experiência com toda estrutura e conforto. O acesso a Tromsø é muito simples, lá está um dos principais aeroportos do país, que recebe voos diários de inúmeras cidades norueguesas e também de capitais europeias.

Hurtigruten

(Foto: Divulgação)

Na Noruega, é possível ter a experiência de observar a aurora boreal a bordo de um navio. A empresa Hurtigruten oferece um percurso de 12 dias durante o inverno que vai à caça das luzes. E, de quebra, os viajantes ainda passam pelas belíssimas ilhas de Vesterålen e Lofoten, além de cidades como Bergen, Ålesund, Trondheim e, claro, Tromsø. Se os passageiros não conseguirem ver o fenômeno neste trajeto, a empresa oferece outro cruzeiro gratuitamente.

Aplicativo

O Visit Norway oferece um aplicativo exclusivo para quem está à caça da aurora boreal. O Norway Lights promete aumentar as chances de conseguir vislumbrar o fenômeno, oferecendo uma previsão do tempo e probabilidade de ocorrência para cada cidade norueguesa em tempo real e de forma super prática. Ele está disponível para Android, iOS e Windows.

Hotel de gelo

(Foto: Divulgação)

Na Noruega também é possível viver a incrível experiência de se hospedar em um hotel de gelo. O Sorrisniva Igloo Hotel, localizado a 20km da cidade de Alta, no norte do país, começa sua temporada deste ano no dia 19 de dezembro e permanece aberto até 2 de abril de 2019. Além de bar e restaurante, a estrutura do hotel ainda oferece diversas atividades como safári de snowmobile, jacuzzi externa, passeio de trenó puxado por renas, pescaria no gelo e muito mais. Tudo isso com uma boa chance de se vivenciar a maravilha do fenômeno da aurora boreal. Outra opção de hotel de gelo é o Snowhotel localizado na cidade de Kirkenes. Além da arquitetura de gelo e todas as atividades típica da região, ele também oferece chalés de madeira com vista panorâmica, possibilitando que os hóspedes possam avistar a aurora boreal no conforto do próprio quarto.

Povo Sami

(Foto: Divulgação)

Na região norte da Noruega, onde acontece o fenômeno da aurora boreal, é também onde residem os Samis, povo indígena da Lapônia. Além de conhecê-los de perto e aprender mais sobre suas tradições, os turistas ainda podem embarcar em um passeio guiado por eles, a bordo de um trenó puxado por renas. Os Samis conhecem como ninguém a região e, além de divertida, essa pode ser uma ótima experiência cultural.

Para mais informações, acesse: http://www.visitnorway.com.br

O que fazer na Noruega durante o outono

A Noruega possui uma diversidade de destinos, todos combinados em um só. Isso porque, em sua grande extensão territorial, o país possui diferentes cenários, climas e atrações. Por isso, em uma única viagem é possível vivenciar experiências bem diferentes. No outono, a dica é aproveitar a belíssima região dos fiordes e também o início da temporada da aurora boreal no norte do país.

O outono norueguês costuma oferecer uma grande variedade de temperaturas e climas. O calor do verão pode durar até o meio de outubro, mas a chuva às vezes se torna neve já no início de novembro. No entanto, o melhor sinal de que a estação chegou são as árvores, cujas folhas se tornam amarelas e vermelhas e começam a cair, criando um cenário incrível. A natureza chega ao auge da beleza com as lindas cores de outono. As áreas montanhosas ficam especialmente bonitas nesta época do ano e muitos noruegueses saem para caminhar com a família nas montanhas e florestas do país. A época é bastante vantajosa também para os viajantes, já que os locais mais turísticos não estão tão cheios quanto na alta temporada e os preços de hotéis estão mais baixos.

Outono é lindo na Noruega. (Foto: Divulgação)

A região dos fiordes noruegueses é especialmente encantadora durante o outono. Os fiordes tornaram a Noruega mundialmente conhecida, já que o país tem a maior concentração dessas formações no mundo. O Fiorde de Geiranger e o Fiorde de Nærøy estão na lista de Patrimônios da Humanidade da UNESCO. Outros que também se destacam são Fiorde de Lyse, Fiorde de Nord , Fiorde de Sogn  e Fiorde de Hardanger. Nessas paisagens surreais, ganham destaque as altíssimas cachoeiras, os picos de montanhas e as águas cristalinas. Há fiordes em toda a costa da Noruega, mas nesta região a estrutura turística é mais desenvolvida para o turismo internacional. O grande trunfo de visitar os fiordes noruegueses em detrimento de outros espalhados pelo mundo é a acessibilidade, já que é possível transitar de um para o outro de barco (ferry boats), ônibus ou carro, e vivenciar inúmeras possibilidades de roteiros.

            No outono, já é possível começar a avistar as auroras boreais nos céus da região norte da Noruega, por isso uma viagem que combina a região dos fiordes com a região norte se torna ideal. A aurora boreal é um dos fenômenos mais belos da natureza, uma experiência inesquecível de viagem. Ela pode ser observada ao redor do mundo, em regiões próximas ao Círculo Polar Ártico. Sua ocorrência se dá a partir do final de setembro, mas com maior probabilidade e intensidade entre os meses de novembro e março. Ir à caça da aurora boreal pode ser uma bela aventura. 

A capital da aurora boreal na Noruega é Tromsø. A cidade está a 350 quilômetros ao norte do Círculo Polar Ártico e é a maior da região norte do país. Por lá, as chances de presenciar o fenômeno da aurora boreal são altas e o grande diferencial é que os visitantes podem ter essa experiência com toda estrutura e conforto. O acesso a Tromsø é muito simples, lá está um dos principais aeroportos do país, que recebe voos diários de inúmeras cidades norueguesas e também de algumas capitais europeias.

O Visit Norway oferece um aplicativo exclusivo para quem está à caça da aurora boreal. O Norway Lights promete aumentar as chances de conseguir vislumbrar o fenômeno, oferecendo uma previsão do tempo e probabilidade de ocorrência para cada cidade norueguesa em tempo real e de forma super prática. Ele está disponível para Android, iOS e Windows.

Noruega é um destino movido pela natureza

A Noruega possui um extenso litoral, com fiordes profundos e estreitas montanhas. No seu interior, encontram-se planaltos e vales montanhosos, que abrigam hospitaleiros noruegueses em vilarejos pitorescos ou em algumas cidades maiores. Os noruegueses fazem parte das suas paisagens e tradições. A natureza os moldou e os fez quem são, ela está sempre presente no cotidiano e cultura local.

Natureza na Noruega é exuberante. (Foto: Divulgação)

A mentalidade e os costumes noruegueses foram formados pela terra e pelas estações do ano. O país se define pelo seu ar fresco, pelo salgado do mar e a riqueza do solo, por isso seus animais e peixes, frutas e legumes têm um gosto fantástico, e estão frescos quando chegam aos pratos. Chefs de cozinha da Noruega levam troféus de competições internacionais usando seus fantásticos produtos e estes produtos são cobiçados pelos melhores restaurantes de todo o mundo. Bergen é uma cidade gastronômica reconhecida pela UNESCO e, em 2020, a cidade de Trondheim sediará a premiação do Guia Michelin para revelações dos Países Nórdicos.

Frutos do mar é o principal ingrediente da culinária norueguesa. (Foto: Divulgação)

Com a variedade das estações do ano, onde o inverno escuro contrasta com o sol eterno do verão e enquanto a primavera traz as flores e derrete a neve e o outono colore as paisagens, o estilo de vida norueguês é inspirado no calendário e a luz. As noites polares são iluminadas pelas espetaculares auroras boreais dançando no céu. Com o sol incessante durante o verão, é possível esquecer do tempo e encher a alma com uma vida social ao ar livre, em festivais e eventos culturais.

Aurora Boreal é um fenômeno que pode ser visto na Noruega. (Foto: Divulgação)

Arte, arquitetura, gastronomia, natureza e cultura podem ser encontradas em qualquer lugar na Noruega, por isso é preciso dedicar algum tempo à visita ao país. É possível viajar de forma sustentável de trem e experimentar algumas das melhores paisagens do mundo. Ou navegar pelos fiordes listados pela UNESCO em balsas que funcionam à bateria. A Noruega é movida pela natureza e seu povo é pioneiro em sustentabilidade.

Para mais informações, acesse www.visitnorway.com.br

5 restaurantes orgânicos para conhecer em Oslo

Premiada como a Capital Verde da Europa em 2019, Oslo, capital da Noruega, investe cada vez mais em ações, produtos e serviços ecológicos. Seguindo essa tendência, cresce o número de restaurantes na cidade que oferecem menus verdes.

Se você está procurando produtos orgânicos cultivados localmente ou refeições sem carne, você encontrará ótimas opções que variam de bistrôs com preços razoáveis a restaurantes gourmet com estrelas com Michelin.

Confira 5 restaurantes orgânicos para se conhecer em Oslo:

Restaurante Kontrast

(Foto: Divulgação)

Restaurante nórdico moderno, com cozinha gourmet, cria novos pratos todos os dias com base no melhores ingredientes orgânicos disponíveis. A comida é servida em pratos de tamanho médio e é possível pedir um prato de cada vez até se sentir satisfeito. Aberto de terça-feira à sábado, o Kontrast tem uma estrela no Guia Michelin.

Vegan Loving Hut

(Foto: Divulgação)

Restaurante com uma enorme seleção de sopas, hambúrgueres, pizzas, kebabs, macarrão, sushi e outros. O Loving Hut Oslo faz parte de uma cadeia internacional de restaurantes, que além de pratos veganos, ofere muitas opções sem glúten.

Oslo Raw

(Foto: Divulgação)

O Oslo Raw é um café com pratos a base de alimentos crus. Com opções de café da manhã e almoço, oferece uma variedade de comidas orgânicas e vegetarianas, além de sucos, cafés e smoothies. Ademais, o café é especializado em doces saudáveis – sem açúcar refinado, glúten e laticínios. O Oslo Raw tem aulas, workshops e palestras sobre alimentos crus, nutrição e saúde.

Maaemo

(Foto: Divulgação)

Maaemo é o único restaurante na Noruega com três estrelas no guia gastronômico Michelin. Toda a comida do restaurante é feita com ingredientes orgânicos e naturais. Pratos com carnes, frutos do mar, aves, vegetais, frutas e ervas dos produtores noruegueses são reunidos em uma refeição inesquecível, com uma apresentação encantadora.

Kumi

(Foto: Divulgação)

Kumi é um café vegetariano, restaurante e bar de sucos que serve café da manhã e almoço. O estabelecimento também tem uma grande variedade de pratos veganos e oferece brunch nos fins de semana. Todos os ingredientes do café são orgânicos, sem aditivos e sem açúcares refinados. Há a opção de comer no local ou levar para viagem.

4 lugares para comer em Tromsø, na Noruega

Tromsø fica 350 quilômetros ao norte do Círculo Polar Ártico e é a maior cidade da região norte da Noruega. O local é conhecido por sua agitada vida noturna e pela variedade de restaurantes especializados em ingredientes frescos da região ártica.

A comunidade multicultural de Tromsø, que inclui mais de 100 nacionalidades, não mede esforços para criar experiências culinárias únicas e tem várias opções de novos restaurantes que usam ingredientes locais. Confira agora 4 lugares para comer na cidade:

Hildr Gastro Bar:  o restaurante oferece lanches de inspiração internacional e local, pratos principais com receitas baseadas na estação do ano, coquetéis, vinhos e cervejas cuidadosamente selecionadas. O local tem um ambiente de cabana de caçador misturado a objetos da década de 1960.

(Foto: Divulgação)

Aunegården: O mais antigo café da cidade oferece tortas saborosas, pratos com ingredientes totalmente orgânicos e locais, eventos esporádicos e, ocasionalmente, um DJ tocando num cantinho da casa. O cardápio muda a cada semana para se adaptar aos diferentes ingredientes da estação. O edifício tem uma história que remonta há 200 anos, tendo sobrevivido ao grande incêndio da cidade em 1969.

(Foto: Divulgação)

Presis Tapas: O conceito dos tapas percorreu 2.500 quilômetros da Península Ibérica até chegar nesse local e acabou gerando especialidades como a carne de rena fermentada em conserva. O menu inclui pratos locais, bem como especialidades mediterrânicas. Além do restaurante principal, a casa também mantém o Circa Café & Bar, uma extensão do estabelecimento situada ao lado dele.

(Foto: Divulgação)

Bardus Bistro & Bar: Aproveite para conhecer a comida de Tromsø neste local em que o slogan é “raízes locais e ambiente internacional”. Inspirado nos bistrôs do sul da Europa, o Bardus é um dos melhores bistrôs da cidade e também conta com um bar. Com cardápio baseado nos ingredientes sempre frescos e na história culinária do norte norueguês, o local serve ainda o famoso drink Tromsø Mix, que combina cerveja com tequila, laranja e canela.

(Foto: Divulgação)