Arquivo da tag: Paisagem

Verão Romântico na República Tcheca!

No ar, perfume de violetas, árvores florescendo com todas as cores e ninguém mais precisa de agasalhos, botas e luvas. O verão chegou para a alegria dos apaixonados.  Passeios por parques e jardins floridos, excursões às montanhas ou vistas a encantadores monumentos são alguns exemplos do que fazer  na  Tchéquia. E não apenas em casal, porque, ainda que não se viaje em casal, no verão, com certeza , Praga é de se apaixonar . Vem se  apaixonar com a gente!

ViewImage (1)
(Foto: Divulgação)

Kroměříž e Lednice, tesouros da UNESCO

Na Cidade de Kroměříž ficam os famosos jardins que figuram na   Lista da UNESCO. O Jardim das Flores (Květná zahrada de estilo italiano que ocupa 16 hectares de terreno) está cheio de figuras míticas da antiguidade. Apaixonados gostam da Colunata com fontes e  também do eco que permite que as palavras doces sussurradas numa das suas extremidades possam ser  nitidamente ouvidas na extremidade oposta. É a referência ao trágico destino de Eco, a ninfa da montanha mitológica que se apaixonou por um belo rapaz chamado Narciso. No entanto, este amava apenas a si mesmo e Eco, desesperada, sofreu tanto até que apenas sua voz permaneceu na mata, nos precipícios e nos Jardins Kroměříž que repete o que os outros dizem.

ViewImage (2)
(Foto: Divulgação)

© Ladislav Renner

O amor floresce no complexo de  Lednicko-valtický areál, considerado um exemplo de paisagem cultural, o mais  extenso de Europa  que também figura na Lista da UNESCO. Os dois palácios de Lednice e Valtice são rodeados por parques, jardins, lagos com nenúfares e prados com obras arquitetônicas originais. Aqui é possível fazer caminhadas ou andar de bicicleta ou fazer um passeio de barco para chegar à curiosa torre ou à ruína do castelo de João.

Romantismo com sabor de adrenalina

Se você e seu parceiro não se emocionam com um jardim florido, e se não sabem imaginar um fim de semana sem adrenalina, a República Tcheca tem o que você procura. Numa viagem ao sul da Boêmia podem experimentar emoções na cidade de Sušice no Offpark Sušice, que oferece o melhor na região de Šumava:  saltos de paraquedas, parede de escalada e paintball, ou ainda saltar 14 metros de altura acima do rio Otava.

ViewImage (3)
(Foto: Divulgação)

O Parque de adrenalina em Dolni Morava apresenta especialidade atraente, o Duplo balanço: um balanço gigante para duas pessoas localizado a 13 metros de altura. Se ainda assim achar que não tem bastante emoção, a sugestão é o  Power Fan, um salto de 13 metros de altura e com um potente ventilador para abranda  a queda livre.

Nas montanhas Jeseníky fica o parque de corda, onde na aldeia de Česká Ves u Jeseníku pode-se desfrutar de paintball ou estado de ausência de gravidade e outros esportes de adrenalina. E caso já tenha vivido muitas emoções e perigos,  relaxe com um passeio através da paisagem desse local protegido.

Praga e seus jardins

Em Praga, onde há tantas possibilidades, muitas vezes é difícil escolher para onde ir, o que fazer ou o que comer. Além de passear pelo majestoso Castelo de Praga, pelas ruas estreitas da pitoresca Malá Strana ou nos recantos de praças e pracinhas  da cidade velha de Staré Mesto, em Praga, a melhor idéia é ir para um passeio pelos parques e jardins Praga e apreciar o perfume das flores, o ar fresco e vistas panorâmicas da capital.

ViewImage (4)
(Foto: Divulgação)

A visita a Praga ficará ainda mais agradável se alugar um barco ou pedalinho. Locais de aluguel ficam na beira rio, em   Smetanovo nábřeží perto do  Teatro Nacional ou na ilha de   e Kampa.

Anúncios

Conheça os encantos da cidade alentejana de Monsaraz

Local é cercado pelas muralhas de seu castelo e possui paisagens de tirar o fôlego

Monsaraz é uma pequena vila medieval localizada na região do Alentejo, em Portugal. Suas ruas estreitas de pedra e as casas pintadas de branco agregam encanto à cidade e seus habitantes. Ao passar pelas muralhas que protegem o povoado, entramos em uma viagem pelo tempo em um vilarejo que é puro charme. Rodeado por planícies que se estendem até perder de vista e diversos cenários românticos e fascinantes, é o destino perfeito para conhecer acompanhado da pessoa amada ou da família.

Céu noturno em Alqueva 2 - região do Alentejo em Portugal_Crédito - Divulgação Reserva Dark Sky Alqueva.jpg
Paisagens em Monsaraz deixa turistas deslumbrados. (Foto: Reserva Dark Sky Alqueva)

Principal atração turística, o Castelo de Monsaraz é bem preservado e conta muito da história do país. No topo da construção do século 14, é possível ter uma vista panorâmica dos campos e do Alqueva, um dos maiores lagos artificiais da Europa, construído sobre o Rio Guadiana. Contempla ótimas condições para atividades ao ar livre e a prática de esportes aquáticos, como vela, ski, wakeboard ou passeios de barco.

Até o céu noturno de Monsaraz é um convite para os olhos. A região onde está situada foi a primeira a receber a certificação Starlight, que atesta a sua qualidade para a observação de estrelas. O Observatório do Lago Alqueva é um lugar agradável e protegido da poluição luminosa das grandes cidades, onde os turistas podem descobrir e explorar o universo de forma única, acompanhados de um bom vinho alentejano.

Durante o mês de julho, é realizada a bienal “Monsaraz Museu Aberto”, uma oportunidade para conhecer os hábitos e costumes alentejanos no artesanato, na gastronomia e nos vários espetáculos culturais, incluindo a música, o teatro, a dança e exposições de artes plásticas.

O destino fica ainda melhor nas festas de fim de ano. Suas ruas são povoadas com um presépio em tamanho real, com esculturas belíssimas em partes diferentes da vila. Vale lembrar que o local também conta com mostras de arte na Igreja de Santiago, um museu sobre a cultura judaica na região, a Casa da Inquisição, e excelentes lojas de artesanato e souvenires.

Descubra mais sobre Monsaraz assistindo ao tour digital.

5 igrejas com uma arquitetura incrível para visitar na Noruega

Os países nórdicos são conhecidos em todo o mundo por seu potencial arquitetônico. Em viagem à Noruega, uma parte integrante da experiência com certeza é a observação da beleza dos diferentes tipos de construções. As igrejas do país podem ser um bom exemplo disso, indo desde obras-primas góticas até grandes trabalhos contemporâneos. Confira abaixo alguns exemplos:

 CATEDRAL DE NIDAROS

image002

Localização: cidade de Trondheim, na região central da Noruega

Estilo: gótico

Construção: século XII

Curiosidade: Essa é a maior igreja medieval da Escandinávia.

Dica: Durante o verão vale a pena fazer um piquenique nos gramados que rodeiam a igreja.

 IGREJA DE MADEIRA DE BORGUND

image003

Localização: vilarejo de Borgund, na região dos fiordes (fiorde de Sogne)

Estilo: stave church

Construção: século XII

Curiosidade: Esta é a igreja de madeira mais visitada e fotografada da Noruega, isso porque encontra-se em ótimo estado de conservação.

Dica: Borgund está bem próximo do vilarejo de Flåm, um dos pontos mais turísticos da região, por isso pode ser uma ótima opção de passeio de um dia.

IGREJA DE KNARVIK

image004

Localização: vilarejo de Knarvik, na região dos fiordes (fiorde de Sogne)

Estilo: contemporâneo

Inauguração: 2014

Curiosidade: A igreja demorou 2 anos para ser construída e custou cerca de 70 milhões de coroas norueguesas (aproximadamente 26 milhões de reais)

Dica: Quem estiver visitando Bergen, a segunda maior cidade da Noruega, pode aproveitar para conhecer a igreja de Knarvik, que está localizada a apenas 30 minutos de lá.

IGREJA DE MADEIRA DE GOL

image005

Localização: Oslo, capital da Noruega

Estilo: stave church

Construção:  século XIII

Curiosidade: A igreja originalmente estava localizada no vilarejo de Gol, na região leste da Noruega, mas foi realocada para o Museu Norueguês da História Cultural, em Oslo.

Dica: Visitar essa atração pode ser uma boa oportunidade de conhecer de perto uma tradicional igreja de madeira da Noruega sem precisar nem mesmo sair da capital. Acesso mais fácil, impossível.

IGREJA DE HAMMERFEST

image006

Localização: Hammerfest, no norte da Noruega (cidade mais setentrional do mundo)

Inauguração: 1961

Curiosidade: A igreja de Hammerfest anterior a esta foi queimada em 1944 durante a invasão alemã.

Dica: Esta é uma igreja ativa, então é possível participar de uma de suas celebrações cristãs.

 

Mais informações: www.visitenoruega.com

2017: Ano da beleza e magia da arte barroca na República Tcheca.

2017 será o ano dedicado ao  Barroco na República Tcheca, com experiências imperdíveis

Enquanto 2016 foi dedicado ao Imperador Carlos IV comemorando 700 anos de seu nascimento e com foco na promoção da arte, cultura, costumes e destinos relacionados com o período gótico (Kutna Hora, Karlštejn, Karlovy Vary, Loket),  2017 será dedicado ao legado barroco da República Tcheca, à sua magia, mistério, fé e beleza.

O estilo barroco chama a atenção na República Tcheca. (Foto: Divulgação)
O estilo barroco chama a atenção na República Tcheca. (Foto: Divulgação)

Os séculos XVII e XVIII foram muito importantes para a sociedade do Reino Tcheco. O fim da guerra de 30 anos levou à era da grande construção: novos palácios ostentosos com amplos parques e jardins, igrejas e mosteiros católicos impressionaram, destacando misticismo e grandiosidade;  os centros das principais cidades, danificadas pela guerra, foi embelezado com novas casas burguesas e praças  com fontes e colunas comemorativas. Os arquitetos mais proeminentes foram Carlo Lugaro, Matias Braun, Christian e Kilian Ignac Dietzenthofer ou Jan Blazej Santini Aichel quem  criou seu propio estilo  barroco-gótico. A música barroca  foi representada por  grandes compositores europeus como Johann Sebastian Bach, Antonio Vivaldi, Georg Friedrich Händel e pelos tchecos  Josef Myslivecek e Jan Dismas Zelenka. Na pintura os mais famosos eram Caravaggio, Rubens e Rembrandt que inspiraram os artistas tchecos como Petr Brandl. Entrel os personagens da  vida política e religiosa da época, muitos deles grandes mecenas da  arte, destacam-se varios tchecos como o general Albrecht de Walenstein, conde Francisco Antonio Spork, as familias nobres de Czernin, Schwarzenberg, Dietrichstein e Liechtenstein ou Giacomo Casanova que passou os  últimos anos de sua vida no Reino Tcheco e está enterrado em Duchcov, cidade ao norte de Praga.

Em Praga, sente-se o Barroco em todas as ruas e praças do centro histórico. A Igreja de São Nicolau em Malá Strana, os jardins do palácio e da Igreja do Loreto, no bairro de Hradčany, estátuas na ponte Carlos, o Palácio Walenstein  a escola jesuíta “Klementinum” e o  palácio Troja.

O estilo barroco chama a atenção na República Tcheca. (Foto: Divulgação)
O estilo barroco chama a atenção na República Tcheca. (Foto: Divulgação)

O ossário e a igreja do mosteiro da Ordem cisterciense em Sedlec – Kutná Hora (60 km de Praga),  juntamente com a Igreja Santuário de São João de Nepomuceno em Zelena Hora (Montanha Verde) são as obras do grande arquiteto Santini Aichel de estilo barroco-gótico, um Patrimônio Mundial pela UNESCO.

O Teatro Barroco do Castelo de Cesky Krumlov (UNESCO) é considerado o teatro funcional mais antigo e mais bem preservado do mundo. Também os jardins do castelo com fonte em cascata, palácio Bellaire e a caverna chamada “Grotta” é um exemplo único da arte barroca. Perto de Cesky Krumlov fica a aldeia de Holašovice com o conjunto de  casas em estilo barroco rústico (UNESCO).

O complexo de Kuks chamado “A Ilha Barroca”, paisagem artística com estátuas monumentais de Matias Braun, Igreja da Santíssima Trindade, hospital  para soldados aposentados e a única farmácia barroca, reflete o senso de beleza, mistério e união perfeita entre arquitetura e natureza tão típico para o pensamento barroco.

Na Morávia,  representam o Barroco a Coluna da Santísima Trinidade em Olomouc (UNESCO), centro religioso de Morávia e sede do arcebispado; o palácio arcebispal com Jardim Inglês e floral em Kromeriz (UNESCO); o Palácio Valtice que faz parte do complexo é parte da paisagem artístico- romântica  de Lednice-Valtice (UNESCO); Estações da Via Crucis  e a Colina Santa, em  Mikulov, sede da região vinícola mais importante do país.