Arquivo da tag: Patagônia

Do Atacama à Patagônia: os incríveis destinos chilenos

Abreu recomenda belas cidades para conhecer no país sul-americano

O Chile é um destino com cultura interessante, muita história para contar e natureza exuberante. Popular entre os brasileiros, este país, que é o mais longo e estreito do mundo, reúne cenários imperdíveis, oferecendo experiências turísticas completamente distintas em pontos diferentes de seu território.

A Abreu, especialista em levar turistas aos melhores destinos ao redor do globo, ressalta que o país também atrai brasileiros por sua proximidade, preços acessíveis e a possibilidade de visitar sem necessidade de um passaporte. Por isso, pode ser uma boa opção mesmo para viagens mais curtas.

Confira abaixo alguns incríveis destinos chilenos!

San Pedro de Atacama
Esta cidade do norte do Chile é o ponto de partida perfeito para descobrir o Atacama, o deserto mais seco do mundo. Os cenários encontrados por lá são inesquecíveis: vales com formações rochosas impressionantes, que lembram a superfície da lua, lagoas de sal em que é impossível afundar, gêiseres poderosos, termas, extensos salares e, para completar, um céu estrelado de tirar o fôlego, perfeito para a observação de estrelas.

Santiago
A capital chilena é uma cidade grande, dinâmica, cosmopolita e versátil. A Abreu a considera um excelente destino para feriados prolongados. Há um pouco de tudo para fazer por lá: um agradável centro histórico para conhecer a pé, importantes construções históricas como o Palácio de la Moneda, restaurantes deliciosos para provar a famosa centolla chilena e os vinhos locais, bons lugares para fazer compras e grandes atrações de natureza próximas, como o Cajón del Maipo.

Valparaíso e Viña del Mar

(Foto: Divulgação)

A pouco mais de 100 quilômetros de Santiago estão Valparaíso e Viña del Mar, duas cidades vizinhas que costumam ser visitadas em um único dia. Valparaíso é boêmia e colorida, com casinhas e ruas estreitas que sobem e descem morros. Já Viña del Mar é conhecida como a “Cidade Jardim”, já que possui grandes áreas verdes, além de praias e belíssimas mansões de antigas famílias ricas da cidade.

Ilha de Páscoa

(Foto: Divulgação)

Este misterioso destino fica em meio ao Oceano Pacífico, a mais de 3.700 quilômetros da costa chilena, configurando o lugar habitado mais isolado no mar em todo o mundo. Lá, não há apenas uma natureza deslumbrante, que inclui praias de areia rosa, vulcões e pradarias, mas também uma cultura com raízes profundas, com restos arqueológicos únicos como os moai, estátuas de pedra gigantescas espalhadas por toda a ilha. Segundo a Abreu, este é um destino perfeito para amantes da natureza e de seus segredos.

Puerto Varas e Puerto Montt

(Foto: Divulgação)

A mais de mil quilômetros ao sul de Santiago estão as charmosas Puerto Varas e Puerto Montt, separadas por 20 quilômetros de estrada. A primeira mostra toda a tradição alemã no Chile em meio a uma natureza impressionante, com vulcões e um belo lago. Puerto Montt, por sua vez, fica à beira do imenso Pacífico, sendo o lugar certo para comer frutos do mar, principalmente o salmão criado por lá.

Puerto Natales
Ao sul do Chile está Puerto Natales, a porta de entrada para Torres del Paine, que já foi eleita a Oitava Maravilha do Mundo. Quem gosta de aventura e natureza vai amar este parque nacional chileno, que tem lagos de água azul-turquesa, geleiras e impressionantes formações de granito. A Abreu explica que os viajantes podem aproveitar cerca de 17 horas de luz do sol durante o verão, e ainda é possível avistar raposas, cervos e guanacos.

Punta Arenas
Em plena Patagônia chilena, Punta Arenas é um lugar extraordinário, que une geleiras e fiordes com a fauna da Antártida e dos Andes. É um destino extremamente pacato e com belezas naturais incríveis, como a Ilha Magdalena, habitada por pinguins, e a Reserva Natural de Magalhães, com 19 mil hectares recortados por diversas trilhas.

Hotel Tierra Chiloé, ao sul do Chile, lança novas excursões

Fauna, flora e costumes típicos estão entre os temas abordados

O Tierra Chiloé Hotel & Spa, da rede chilena Tierra Hotels, inicia sua temporada 2019/2020 em 13 de setembro com 10 novas excursões. O empreendimento está localizado na pitoresca cidade de Castro, capital da província de Chiloé, arquipélago que fica na Patagônia Norte.

Em um dos novos passeios, os visitantes chegam a Cole Cole, uma praia escondida no Parque Nacional Chiloé, através de uma trekking de 8 quilômetros que percorre bosques, falésias e mostra ainda uma típica atividade local, a pesca de mariscos. Após a chegada à praia, os visitantes têm a oportunidade de aproveitar um clássico piquenique nas areias brancas com vista à água cristalina do local.

Tierra Chiloé Hotel oferece novas excursões. (Foto: Divulgação)

Realizada no norte da ilha, outra excursão permite que os turistas observem e conheçam mais sobre a vida marinha local. Após um trajeto até o monumento natural Islotes de Puñihuilo pode-se avistar pinguins de Humboldt e de Magalhães, em um dos poucos lugares do mundo que abrigam essas colônias e também mamíferos, como a lontra do mar.

Combinando fauna e flora, algumas excursões oferecidas pelo Tierra Chiloé são verdadeiras aulas de biologia ao ar livre. No Bosque Piedra, por exemplo, o visitante conhece o Huilinco, maior lago de Chiloé. Há também caminhadas por trilhas onde é possível ver de perto espécies como canelos e coigües, assim como uma grande variedade de samambaias. Já o passeio ao Pantanal de Pullao permite observação de espécies migratórias de importância científica mundial, como zarapitos, flamingos chilenos e cormoranes.

Contemplar a história e a vida dos antepassados do arquipélago não fica fora do roteiro de passeios. Além das inúmeras igrejas de arquitetura única que são Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco, dá para visitar um antigo garimpo de ouro e também participar da coleta de mariscos ao lado das famílias chilotas.

Mais informações podem ser obtidas em www.tierrahotels.com, redes sociais @tierrahotels, no telefone 0800.761.1627 (Brasil) ou com os principais operadores e agentes de turismo.

Série “Patagônia: O Próximo Passo” estreia no Canal OFF com uma imersão de 10 dias pelo território argentino

Diogo Guerreiro e Brian Baldrati desbravam a região de Bariloche em novo programa que estreou na sexta, dia 12

Em quatro episódios, a série “Patagônia: O Próximo Passo” explora a conexão do homem com o mundo que o cerca. Filmada em locações no território argentino, ela acompanha o atleta Diogo Guerreiro e o fotógrafo Brian Baldrati durante dez dias, percorrendo roteiros fora do circuito tradicional e descobrindo novas paisagens e sabores. O resultado vai ao ar no Canal OFF desde sexta-feira, dia 12, às 21h30, com conteúdos complementares no aplicativo e redes sociais do canal.

Diogo é atleta de windsurf, cujas façanhas de mais longa viagem da modalidade – 8.120 km do Oiapoque ao Chuí – e da maior jornada oceânica – 400 km ininterruptos entre Fernando de Noronha e Natal – emplacaram seu nome em dois recordes registrado no Guiness Book. Brian é fotógrafo e viajante, começou sua relação profissional através do perfil no Instagram @isthisreal, onde mantém sua paixão por viagens e fotografia, contando com um intercâmbio em um campo de refugiados na Hungria e uma viagem realizada somente através de caronas até Ushuaia.

“Patagônia: O Próximo Passo” mostra que é possível explorar em qualquer lugar. Seja uma paisagem, um sabor, uma aventura e uma nova amizade. Em meio a paisagens fantásticas, entre as montanhas e o clima severo, a dupla cria um intercâmbio de vivências, complementando suas experiências. Nessa jornada, eles se deparam com desafios e horizontes para serem desbravados, encontrando a vida selvagem da região, aprendendo técnicas de pesca com profissionais locais e degustando produtos produzidos com lúpulos exclusivos da Patagônia.

O programa é resultado de uma parceria inédita entre a Cerveza Patagonia, cervejaria de origem argentina, e o Canal OFF. “Essa primeira parceria vai mostrar a importância da reconexão com o que nos move, com o que nos impulsiona. Realizamos uma imersão com a Cerveza Patagonia para entender as semelhanças com o Canal OFF e chegamos ao conceito de aventureiros e exploradores. O programa nos leva a sonhar, explorar e descobrir novas atitudes, como diz a nossa marca”, afirma Patricia Pieranti, gerente de marketing do Canal OFF. Guilherme Almeida,brand manager da Cerveza Patagonia, complementa “O instinto do wanderlust, nosso consumidor, é sempre descobrir novos rumos e sair do lugar comum. Essa parceria proporcionou a oportunidade de mostrar um lugar tão especial que é Bariloche, nosso ponto de origem e fonte de inspiração”.

Durante a série é possível acompanhar os protagonistas visitando paisagens conhecidas e desbravando novos roteiros nos arredores de São Carlos de Bariloche, berço da cervejaria. Com a experiência em esportes de Diogo e o talento fotográfico de Brian, mais do que atravessar rios, montanhas e termas vulcânicas, suas habilidades e interesses acabam se complementando e exploram o crescimento interpessoal durante a jornada.

Passeios imperdíveis no Atacama, em Chiloé e na Patagônia

Excursões guiadas mostram as paisagens do Chile e ampliam a experiência do viajante. Entre os cenários naturais vistos estão o céu estrelado do deserto chileno, lagos e geleiras

O Chile exibe muitas paisagens marcantes a serem descobertas. Do Deserto do Atacama, no Norte, às geleiras do Sul são muitas as possibilidades de roteiro. Hospedando-se em hotéis como os da rede Tierra (www.tierrahotels.com) e guiado por profissionais especializados, o viajante pode realizar excursões tão diversas quanto os cenários vistos no país. Trekking, passeio de caiaque, tour de bicicleta e cavalgada são algumas das atividades possíveis. Há até saída noturna para apreciar as estrelas.

Na escuridão do Atacama, o céu revela-se mágico. Pelas lentes do maior telescópio público local ou sob explicações de astronomia dadas por guias do Tierra Atacama, esse passeio é uma experiência única. De acordo com a época do ano em que se visita essa região no norte do Chile, é possível enxergar os anéis de Saturno e ainda algumas crateras da Lua.

De dia, o deserto exibe seus deslumbrantes contrastes. O visual entre o matiz avermelhado da região de Piedras Rojas com os tons de azul das imponentes Lagunas Miscanti e Miñiques brindam visitantes com lindas imagens para serem registradas em câmeras e smartphones. Diante desse cenário, entre os mais bonitos do planeta, o Tierra Atacama monta um almoço exclusivo à mais de 4 mil metros de altitude. Bem em frente à Laguna Miñiques, pode-se degustar pratos quentes, queijos, tortas e vinhos.

Se a ideia for ver as geleiras do Chile na Patagônia, há caminhadas para todos os perfis de viajantes. Os amantes de trekking certamente têm fôlego e preparo físico suficientes para encarar a jornada que leva à base de Torres del Paine, acompanhados por experientes guias do Tierra Patagonia. Por entre trechos de encostas íngremes, o grau de dificuldade do percurso é proporcional à beleza encontrada ao fim da caminhada. Igualmente lindo, mas exigindo menos esforço do aventureiro, um passeio de apenas 40 minutos leva às margens do Lago Grey, de onde podem ser avistadas as enormes geleiras.

Também é possível cavalgar como um gaúcho em Torres del Paine.Lado a lado com legítimos caubóis da região, um dos passeios é realizado a partir da Estância Lazo, rancho às margens do gigante Lago Sarmiento. Na travessia que corta uma floresta de lenga, árvore nativa, dá para admirar toda a imponência da cadeia montanhosa mais icônica do destino.

Já em Chiloé, entrar em contato com a fauna pode ser o ponto alto da viagem. A bordo do La Williche, barco do Tierra Chiloé, uma excursão percorre os canais e fiordes. Quando o pequeno iate de madeira atraca no meio do passeio, os visitantes exploram o local de caiaque. Além de observar a fauna, com muitas aves, o tour pode ser presenteado com golfinhos nadando bem perto.

Os hotéis Tierra no Atacama, em Chiloé e na Patagônia organizam essas excursões e outras, de variados estilos. Os tours são divididos por nível de dificuldade: fácil, intermediário e difícil. Mais informações podem ser obtidas em www.tierrahotels.com, telefone 0800.761.1627 (Brasil) ou com os principais operadores e agentes de turismo.

Novos cardápios nos restaurantes e spas dos hotéis Tierra

Marca chilena investe em ingredientes locais e produtos orgânicos nos pratos, nos tratamentos e em amenities de seus empreendimentos no Atacama, em Chiloé e na Patagônia

Hospedar-se na rede Tierra Hotels (www.tierrahotels.com) é ter a certeza de viver dias de bem-estar em refúgios norteados pelo espírito das paisagens chilenas onde os hotéis se encontram. Com empreendimentos no Atacama, em Chiloé e na Patagônia, a marca mantém uma busca constante pelo aperfeiçoamento da experiência de hospedagem e dos serviços oferecidos. Dentro dessa filosofia, traz novidades significativas para a temporada 2019/2020, com mudanças de amenities, gastronomia e spa, privilegiando ingredientes locais e produtos orgânicos.

Quando aplicado à culinária, esse conceito se converte em menus notadamente distintos, em que produtos regionais são usados com ousadia. Neste momento, os chefs dos restaurantes dos hotéis estão fazendo cursos de culinária típica e renovando os cardápios. Opções raw, veganas, low carb e sem glúten estarão contempladas nas novas receitas, com o objetivo de manter refeições equilibradas e cheias de sabor.

Tierra Hotels aposta em ingredientes locais. (Foto: Divulgação)

Pratos clássicos seguirão presentes nos menus. Em receitas como o Risoto de Centolla e o Sorvete de Chañar, a cozinha do Tierra Atacama propõe novas interpretações para sabores do norte do Chile. Em Chiloé, o protagonismo é dos pescados vindos de comunidades próximas ao hotel, presentes tanto no contemporâneo Bochechas de Côngrio salteadas com alcaparras, quanto no ancestral Curanto, cozido rústico do arquipélago chileno. Os ingredientes usados no Tierra Patagonia também são obtidos localmente, para o preparo de delícias como o Cordeiro Patagônico, que chega à mesa acompanhado de batatas chilotas, nativas da região.

Para acompanhar tudo isso, o Pisco Sour, drink chileno típico, servido também nos três hotéis, ganha variações regionais. O Calafate Sour leva em sua composição o fruto-símbolo da Patagônia, que batiza a mistura. No Tierra Chiloé, as refeições podem ser precedidas por uma bebida que une a potência do pisco à doçura e cremosidade do mel de Ulmo, árvore local. No Atacama, o Rica Rica Sour é resultado da combinação de pisco com a famosa erva da região que dá nome à bebida.

Produtos orgânicos também estão presentes no novo cardápio do Tierra Hotels. (Foto: Divulgação)

Sempre pensando na melhoria contínua dos três hotéis, a marca chilena promove também uma padronização em seus spas e incorpora produtos artesanais de origem Mapuche, cuja confecção inclui uma cerimônia tradicional entre os locais. Os homens não ficaram de fora da renovação de tratamentos e serviços dos spas, que irão dispor de uma linha facial masculina. Os funcionários já estão recebendo treinamento sobre as técnicas, e as responsáveis pelo spa de cada unidade se reúnem em Santiago no fim de agosto para alinhar essa visão global que a rede Tierra quer oferecer em seus três empreendimentos.

Os hóspedes do Atacama já podem experimentar as mudanças, implantadas sob a consultoria de uma especialista com experiência internacional em spa. O hotel, localizado no povoado de San Pedro do Atacama, ao norte do país, funciona o ano todo — fechará para reforma somente em 2020, entre 1º de maio e 30 de junho. Nos dois outros empreendimentos, as próximas temporadas começam no segundo semestre deste ano: o Tierra Chiloé recebe viajantes de 13 de setembro a 30 de abril, e o Tierra Patagonia abre em 1º de outubro, seguindo em funcionamento até 30 de maio.

Outra novidade é a mudança das amenities, agora da marca chilena Austral Organics. Elaboradas com ingredientes locais e orgânicos, vêm em embalagens recicláveis, que permitem a adoção de refis.

Mais informações podem ser obtidas em www.tierrahotels.com, no telefone 0800.761.1627 (Brasil) e com os principais operadores e agentes de turismo.

Tempo firme para explorar os encantos da Ilha de Chiloé

Começo do outono é um bom momento para viajar ao arquipélago chileno, endereço do singular Tierra Chiloé Hotel Aventura & Spa

O verão, período ideal para observação de pinguins, aves migratórias e da baleia azul, está chegando ao fim na Ilha de Chiloé, que fica na porção sul do Chile, no limite com a exuberante região da Patagônia Norte. Mas o começo do outono, quando o clima continua agradável e a temporada de chuvas ainda não se instalou, segue reservando uma porção de passeios bacanas para os visitantes desse pitoresco arquipélago, seja em contato com a natureza ou para revelar as muitas especificidades da cultura e da arquitetura chilotes (como é chamado tudo o que é nativo de Chiloé).

Em Castro, capital da ilha – e endereço de uma das melhores opções de hospedagem da vizinhança, oTierra Chiloé Hotel Aventura & Spa –, a boa é bater perna para conferir as típicas, e coloridas, casas de palafitas, erguidas às margens do Rio La Chacra, na Avenida Pedro Montt. Outro destaque arquitetônico são as igrejas: são cerca de 150 templos espalhados pelo arquipélago, 16 deles considerados Patrimônios Mundiais da Unesco, a exemplo da graciosa Igreja de São Francisco de Castro. Miniaturas dessas construções religiosas e das casas tejuelas (que usam telhas de madeira encaixadas simulando escamas de peixe, para facilitar o escoamento da água da chuva) estão à venda na Feira de Dalcahue, que funciona diariamente e onde também se encontra toda sorte de peças de lã, utensílios de madeira para a cozinha e, claro, bancas de comidas típicas.

Outono é uma ótima estação para visitar para Chiloé,no Chile. (Foto: Divulgação)

Já para aproveitar a imensidão verde em que os vilarejos de Chiloé estão imersos, corra para o Parque Nacional Chiloé ou o Parque Tantauco, que juntos somam quase 300 km de trilhas, com todos os níveis de dificuldade. Várias dessas atrações emblemáticas são contempladas pelas incríveis excursões realizadas pelo Tierra Chiloé, desenhadas para que os hóspedes realmente mergulhem nas tradições chilotas. Situado em Castro, de frente para a Baía de Rilán e com vista para o pantanal de Pullao, o empreendimento une a vida tradicional da ilha ao conforto moderno e sofisticado.

O projeto arquitetônico se mimetiza com o casario das vilas de pescadores, numa construção revestida com as tradicionais telhas de madeira locais e que, amiga do meio ambiente, tira o melhor dos elementos do clima mutável da região para contribuir no sistema de aquecimento e ventilação da propriedade. Por dentro, cada peça do mobiliário e da decoração do Tierra Chiloé resulta da colaboração entre renomados designers chilenos e artesãos nativos da ilha.

O resultado são espaços relaxantes e aconchegantes, características que se sucedem nos 24apartamentos, no salão com lareiras e grandes janelas, nas salas de leitura, no terraço, no restaurante com cardápio inspirado na culinária chilota – ou seja, com muito peixe, ostra e frutos do mar à mesa – e no spa com piscina com hidromassagem, piscina externa aquecida com vista inebriante, saunas seca e úmida e duas salas de massagens.

A essa confortável estrutura se junta o serviço primoroso da equipe do Tierra, que ajuda os hóspedes a descobrirem os encantos de Chiloé por meio de excursões memoráveis. É a perfeita tradução do conceito de Spa Aventura, em que os visitantes exploram as belezas do destino de forma ativa para depois serem recebidos no hotel com extremo conforto e variadas opções de relaxamento.

Mais informações podem ser obtidas em www.tierrahotels.com, telefone 0800.761.1627 (Brasil) e com os principais operadores e agentes de turismo.

Outono na Patagônia Chilena

A estação é ótima para ver de perto a rica fauna e a exuberante flora da região

Se existe um lugar no mundo que muda de cor a cada estação do ano, e que é sempre igualmente lindo, esse lugar é a Patagônia Chilena, bem ao sul do país. E se existe uma época do ano especial para ver a mudança gradual dos tons, de verde para vermelho, é o outono.

Outra vantagem dessa estação é que em alguns dias já neva e, por isso, os animais começam a descer das montanhas para se abrigar e encontrar alimento. Uma oportunidade única para avistá-los.

Patagonia proporciona belas imagens no outono. (Foto: Adam Clark)

E é nesse destino espetacular, na entrada do Parque Nacional Torres del Paine, que fica o Tierra Patagonia, da rede Tierra Hotels (www.tierrahotels.com). O empreendimento mimetiza-se à paisagem, com sua arquitetura utilizando materiais locais e simulando o trajeto do vento, uma força da natureza que é muito marcante na região.

O hotel oferece tours para quem deseja observar de perto a rica fauna e a exuberante flora. É possível, por exemplo, fazer passeios pelo interminável pampa, pelos lagos e pelas densas florestas para observação de mais de 120 espécies de pássaros, como os poderosos condores, águias, pica-paus magalhânicos, flamingos e patos patagônicos. Também dá para ver muitos guanacos, raposas e coelhos e até fazer safáris fotográficos em busca do grandioso puma, o maior animal da Patagônia.

Todas as excursões são acompanhadas por guias experts, formados em disciplinas como biologia e botânica, e fazem parte do programa all inclusive da rede Tierra, que contempla, ainda, os traslados entre o aeroporto de Punta Arenas e o hotel, todas as refeições, sucos, águas, refrigerantes e bebidas alcoólicas da casa.

Mais informações podem ser obtidas em www.tierrahotels.com, no telefone 0800.761.1627 (Brasil) e com os principais operadores e agentes de turismo.

Tierra Patagonia, no Chile, lança novas excursões

O hotel fica no entorno do Parque Nacional Torres del Paine

O premiado hotel Tierra Patagonia, da rede chilena Tierra Hotels, acaba de lançar novas excursões. Agora os hóspedes poderão contar com mais uma cavalgada e uma caminhada, que se somam às 25 opções já existentes de passeios no Parque Nacional Torres del Paine e seu entorno.

Tierra Patagonia - Cavalos.jpg
Tierra Patagônia é ideal para quem gosta de curtir a natureza. (Foto: Divulgação)

Quem gosta de cavalos e tem interesse em conhecer o estilo de vida patagônico pode fazer visitas à fazenda Dos Elianas. Lá sobe-se uma colina em meio à fauna local (composta por ovelhas, guanacos e raposas) até chegar a um mirante que oferece vistas de Cerro Castillo, na fronteira com a Argentina, da Serra e do lago del Toro, o maior da região de Magalhães. A expedição tem duas horas de duração e nível fácil.

Já quem prefere caminhar pode escolher a excursão Cidadela, que começa no posto pecuário do Valle de Las Chinas, chamado assim em alusão às mulheres indígenas que habitavam o território. O trekking passa pela margem oeste do rio Las Chinas e continua por uma trilha em subida, onde é possível encontrar uma enorme variedade de flora nativa sazonal, para depois chegar à Cidadela, aos 1.000 metros de altitude. Lá existem formações de rocha basáltica caprichosamente esculpidas pela natureza e lindas vistas do Maciço Paine, Serra Contreras, Cerro Guido e Sierra del Toro, com seus vales e lagoas. Na volta ao hotel ainda há uma parada em uma casa patronal, típica das estâncias patagônicas, para descansar e compartilhar histórias ao redor do fogo.

Descubra Turismo indica cinco passeios imperdíveis na Patagônia

Operadora lista algumas das melhores atrações para o turista curtir de forma única e inesquecível essa grande maravilha da natureza  

Na Patagônia, uma verdadeira, e extensa, maravilha natural que, mesclando geleiras grandiosas, lagos transparentes, montanhas nevadas e vastas planícies, é compartilhada por Argentina e Chile, a lista de passeios para fazer e paisagens para se impressionar é praticamente interminável. Em meio a tantas opções – caminhada, cavalgada, navegação, montanhismo, caiaque, trekking… – que objetivam alcançar diferentes cartões-postais, é mesmo difícil escolher o que fazer. Por isso a operadora Descubra Turismo, especializada em viagens de ecoturismo e cujos profissionais conhecem a Patagônia de ponta a ponta, indica passeios imperdíveis naquelas paragens, que satisfazem de turistas que querem fazer um roteiro mais tranquilo e contemplativo a viajantes com uma pegada mais aventureira.

Lagos Andinos - Credito shutterstock_395029972.jpg
Lagos Andinos é uma das opções de roteiros na Patagônia. (Foto: Shutterstock)

Confira as cinco sugestões da Descubra Turismo.

1. Travessia dos Lagos Andinos  

O roteiro entre a encantadora Bariloche, na Argentina, e a graciosa Puerto Varas, no Chile, é um clássico da Patagônia. Alguns trechos da travessia são feitos por terra e outros navegando por lagos cristalinos, numa viagem permeada por uma série de vulcões, como o Osorno, montanhas de picos nevados e cachoeiras de coloração incrivelmente verde, entre outras paisagens imponentes. Veja o pacote da Descubra que inclui esse passeio no link 

https://www.descubraturismo.com.br/viagem-internacional/pacote-de-viagem-para-os-lagos-andinos-express/.

2. Trilha rumo à base das Torres del Paine 

Um dos locais mais icônicos e sublimes da Patagônia Chilena é o multifacetado Parque Nacional Torres del Paine, que abriga montanhas cujo cume é o sonho de trekkers e escaladores, geleiras, lagos cristalinos, vales e quedas-d’água, sem contar as ricas fauna e flora. Seu principal símbolo são as Torres del Paine, um maciço que se ergue a 3 mil metros de altitude e é ladeado por um magnífico lago de coloração verde-esmeralda, o qual pode ser contemplado de diversos pontos da reserva. Assim, são várias as possibilidades de trilhas para contemplá-las, mas a caminhada até a base das Torres é uma das mais concorridas por ter um grau de dificuldade avançado, porém viável. A caminhada é árdua e dura o dia inteiro, porém traz como recompensa vistas memoráveis daqueles rincões da Patagônia. Detalhes dos programas da Descubra que incluem o parque Torres del Paine estão nos links https://www.descubraturismo.com.br/viagem-internacional/pacote-de-viagem-para-patagonia-argentina-e-chilena-09-noites/ e https://www.descubraturismo.com.br/viagem-internacional/pacote-de-viagem-para-trekking-na-patagonia-10-noites/.

3. Minitrekking no Glaciar Perito Moreno 

El Calafate é um lugar pequenino e pacato, mas graças às preciosidades guardadas no Parque Nacional Los Glaciares, em seus arredores, a cidade é o destino de milhares de turistas do mundo todo, seja inverno ou verão. Ladeada pelas águas geladas do Lago Argentino, a região de El Calafate abriga uma quantidade incomum de “gigantes de gelo”, motivo pelo qual ficou conhecida como “cidade dos glaciares”. Ali, o grande destaque, literalmente, é o Perito Moreno, que tem 60 metros de altura e se estende por cinco quilômetros. Além de contemplar a geleira das passarelas dispostas em vários níveis, também é possível andar sobre ela. São cerca de duas horas de caminhada guiada no gelo, feita com sapatos especiais e grampões nos pés, recebendo explicações, apreciando a fauna e flora locais e observando fendas, sumidouros e pequenas lagoas que se formam no interior do glaciar. Antes do trekking propriamente, é feita uma navegação em direção ao Perito Moreno, com paradas para os participantes apreciarem a geleira de diferentes ângulos. Confira o pacote da Descubra que leva a esse passeio no link https://www.descubraturismo.com.br/viagem-internacional/pacote-de-viagem-para-ushuaia-el-calafate-06-noites/.

4. Offroad em Ushuaia 

Ushuaia, a cidade mais austral do mundo, na porção argentina da Patagônia, oferece uma ampla oferta de atividades por água, terra e ar. Uma que não pode ficar de fora do roteiro é o passeio em um veículo 4×4, no melhor estilo offroad. Chegando a lugares difíceis de alcançar de outra maneira – como é o caso dos bosques mais fechados e das trilhas íngremes rumo às montanhas –, o tour garante o contato com alguns dos mais belos e remotos pontos desse lugar conhecido como “cidade do fim do mundo”. O link que traz o roteiro que prevê esse passeio em Ushuaia é

https://www.descubraturismo.com.br/viagem-internacional/pacote-de-viagem-para-ushuaia-el-calafate-06-noites/.

5. Observação de pingüins em Punta Tombo 

Na Província de Chubut, parte da Patagônia Argentina, um dos pontos altos é a Reserva Natural Protegida de Punta Tombo. Situada junto a uma estreita península banhada pelo Oceano Atlântico, a área abriga milhares de pinguins-de-Magalhães entre os meses de setembro e abril, época de reprodução e período no qual o local se torna a maior colônia continental da espécie, chegando a contar com mais de um milhão de animais. Por meio de trilhas bem definidas e acompanhados por guias, os visitantes podem chegar bem perto dos bichinhos e conhecer um pouco mais sobre a fofa espécie. Confira o programa que leva a essa reserva na Patagônia Argentina no link

https://www.descubraturismo.com.br/viagem-internacional/pacote-de-viagem-para-patagonia-norte-e-sul-9-noites/.

Para mais informações sobre todos os pacotes e passeios da Descubra Turismo na Patagônia Argentina e na Patagônia Chilena, acesse www.descubraturismo.com.br.