Arquivo da tag: Policial

FOX FILM DO BRASIL DIVULGA PRIMEIRO TRAILER DE “ASSASSINATO NO EXPRESSO DO ORIENTE”

O que começa como um luxuoso passeio de trem pela Europa rapidamente se desdobra em um dos mistérios mais elegantes, tensos e emocionantes já contados. Do romance da autora mais vendida do mundo, Agatha Christie, “Assassinato no Expresso do Oriente” conta a história de treze estranhos presos em um trem, onde todos são suspeitos. Um homem deve correr contra o tempo para resolver o quebra-cabeça antes que o assassino ataque novamente. Kenneth Branagh dirige e lidera um elenco de estrelas incluindo Penelope Cruz, Willem Dafoe, Judi Dench, Johnny Depp, Michelle Pfeiffer, Daisy Ridley e Josh Gad.

Diretor: Kenneth Branagh
Roteiro: Michael Green
Baseado no romance de: Agatha Christie
Produzido por: Ridley Scott, Mark Gordon, Simon Kinberg, Kenneth Branagh, Michael Shaefer, Judy Hofflund
Elenco: Tom Bateman, Kenneth Branagh, Penélope Cruz, Willem Dafoe, Judi Dench, Johnny Depp, Josh Gad, Derek Jacobi, Leslie Odom Jr., Michelle Pfeiffer, Daisy Ridley, Marwan Kenzari, Olivia Colman, Lucy Boynton, Rulfo, Sergei Polunin.

Assassinato no Expresso do Oriente tem estreia prevista para Novembro de 2017.

Anúncios

Jeffery Deaver traz de volta o detetive Lincoln Rhyme em ‘Centelha mortal’

Personagem que ficou conhecido em “O colecionador de ossos”, o protagonista foi vivido por Denzel Washington no cinema

image004.jpgEm seu novo livro, Jeffery Deaver traz novamente o detetive Lincoln Rhyme – que o autor trouxe à vida em “O colecionador de ossos” – em mais um caso complicado de resolver. Em “Centelha mortal”, o criminoso da vez usa a rede elétrica para atingir suas vítimas. Quando um de seus ataques quase destrói um ônibus, Lincoln Rhyme é chamado para investigar o que as autoridades identificam que seja um perigoso terrorista. Rhyme é tetraplégico e, portanto, escala a detetive Amelia Sachs e o oficial Ron Pulaski para ajudarem-no no dia a dia da análise do crime.

Mas, além de tentar desvendar o caso do terrorista da rede elétrica, Rhyme está acumulando funções: o protagonista vem atuando como consultor numa investigação no México. Tanto trabalho acaba afetando sua saúde, e sua decisão de continuar, tentando superar seus limites físicos, coloca ele e sua equipe em grave perigo.

O detetive Lincoln Rhyme já teve suas habilidades exibidas em tela grande: “O colecionador de ossos” foi adaptado para o cinema com Denzel Washington e Angelina Jolie como protagonistas. Sucesso no Brasil e no mundo, o livro vendeu cerca de 50 mil exemplares por aqui.

“Rastros de sangue” é o novo romance policial de Val McDermid

image003.jpgTony Hill é o chefe de uma força policial especializada em traçar o perfil psicológico dos assassinos. E o misterioso desaparecimento de jovens em vários lugares da Grã Bretanha pode ser o exercício ideal para a equipe de Hill. Eles precisam levantar detalhes sobre as garotas e encontrar uma conexão entre os casos, porém as autoridades estão convencidas de que não passam de meninas fugindo de casa tentando chamar a atenção.

Integrante do time, a oficial Shaza surge com uma hipótese: um famoso jogador pode ser o nome por trás dos sumiços. Ela logo vira motivo de piada entre os colegas por causa dessa ideia. Até um deles aparecer morto.

Disposto a desmascarar o assassino, Tony embarca em um mundo de terror psicológico, um jogo onde a caça e o caçador são papeis que podem facilmente ser trocados.

Val McDermid já ganhou importantes prêmios como o Antony Awards e a Adaga de Ouro da Associação dos Escritores de Mistério da Inglaterra. Reconhecida pelos seus romances policiais, a autora já vendeu mais de 20 mil livros no Brasil. “Rastros de sangue” chega ao país este mês pela Bertrand Brasil.

A brasileira Claudia Lemes lança UM MARTÍNI COM O DIABO, seu segundo livro

Autora de Eu vejo Kate mantêm sua escrita intrigante em mais um romance policial

sem-tituloA escritora brasileira Claudia Lemes ficou conhecida pelo sucesso de Eu vejo Kate – O despertar de um serial killer, em 2015. O livro publicado pela Editora Empíreo foi sucesso imediato de público e crítica. Agora, a autora lança sua segunda obra também em parceira com a Empíreo. Um Martíni com o Diabo já desperta um alvoroço entre os fãs de literatura policial brasileira, que estão conhecendo a história pouco a pouco, no Facebook e site do livro.

Mantendo uma forma de escrita envolvedora, Claudia Lemes desperta a curiosidade dos leitores em um romance policial, recheado com uma tradicional história sobre a máfia italiana. Um Martíni com o Diabo foi inspirado pelo clássico O Poderoso Chefão (Mario Puzo) e pelos mestres do gênero noir, Dashiell Hammett, Elmore Leonard e James Ellroy.

O livro se passa no universo da máfia italiana na Las Vegas dos anos 1980. O personagem principal é Charlie Walsh, um jovem que se infiltra no restrito grupo de confiança da família Conicci, para se vingar do pai, o mafioso Tony Conicci. Mas, a “cidade do pecado” o corrompe e o desejo de vingança de Charlie é posto em prova quando ele se vê seduzido por amizades, poder, drogas e dinheiro.

Em Um Martíni com o Diabo, Claudia Lemes constrói um drama intrigante movido pela vingança e pelo ódio de um filho pelo pai. O livro foi lançado em Santos, cidade natal da autora, no dia 12 de novembro e agora chegou a vez dos paulistanos conhecerem a obra. No próximo dia 13 de dezembro, Claudia Lemes recebe os fãs para uma sessão de autógrafos a partir das 19h30, na Livraria Fnac. No local, os fãs também poderão acompanhar um bate-papo exclusivo entre a escritora e André Vianco, autor best-seller e especialista em romances de terror.

WARNER BROS. DIVULGA NOVO TRAILER LEGENDADO DE A LEI DA NOITE, FILME DIRIGIDO E ESTRELADO POR BEN AFLLECK

Elenco conta ainda com Elle Fanning, Sienna Miller, Zoe Saldana, Chris Cooper, entre outros

A Warner Bros. Pictures divulga o segundo trailer do longa A Lei da Noite, dirigido e protagonizado por Ben Affleck e com previsão de estreia para 23 de fevereiro de 2017 no Brasil. O vídeo traz alguns detalhes da vida de Joe Coughlin (Affleck) e uma sequência de cenas de ação de tirar o fôlego.

Sobre o filme

O vencedor do Oscar Ben Affleck (“Argo”) dirige e estrela o thriller policial A Lei da Noite. Além de atuar, Affleck também escreveu o roteiro, baseado no premiado romance “Os Filhos da Noite” de Dennis Lehane. A produção marca a segunda colaboração entre o escritor e o cineasta, ambos da cidade de Boston (EUA), depois do sucesso do elogiado “Medo da Verdade”.

A Lei da Noite situa-se nos turbulentos anos 1920, quando a proibição da Lei Seca americana não interrompeu o fluxo de bebidas em estabelecimentos ‘underground’ dirigidos por mafiosos de boa lábia. A oportunidade de ganhar poder e dinheiro estava à disposição para qualquer homem com ambição e nervos suficientes, e Joe Coughlin, o filho do Superintendente da Polícia de Boston, há muito tempo deixou para trás sua rígida educação para sucumbir à adrenalina de ser um fora-da-lei.

Mas, mesmo entre criminosos há regras, e Joe desobedece a maior delas: trair duplamente um poderoso chefão da máfia, roubando seu dinheiro e sua mulher. O romance ardente termina em tragédia, e Joe começa a trilhar uma rota de vingança, em que ambição, romance e traição o levam do submundo de Boston para os degraus esfumaçados dos porões de contrabando de rum na cidade de Tampa.

A Lei da Noite é produzido por Leonardo DiCaprio (“O Lobo de Wall Street”, “Tudo Por Justiça”) e Jennifer Davisson (“Tudo pelo Poder”, “A Orfã”), sob a bandeira da Appian Way; e por Ben Affleck e Jennifer Todd (“Alice no País das Maravilhas”, “Across the Universe”), com a Pearl Street Films. Chris Brigham, Dennis Lehane e Chay Carter são os produtores executivos.

O elenco traz, além de Affleck, Elle Fanning (“Malévola”), Brendan Gleeson (“No Coração do Mar”, filmes “Harry Potter”), Chris Messina (“Argo”, série de TV “Projeto Mindy”), Sienna Miller (“Sniper Americano”, “Foxcatcher: Uma História que Chocou o Mundo”), Zoe Saldana (“Os Guardiões da Galáxia”, “Avatar”) e o vencedor do Oscar Chris Cooper (“Adaptação”, “Atração Perigosa”).

Na equipe de produção, Affleck contou com a colaboração do diretor de fotografia três vezes vencedor do Oscar Robert Richardson (“JFK – A Pergunta que não Quer Calar”, “O Aviador”, “A Invenção de Hugo Cabret”); do designer de produção indicado ao Oscar Jess Gonchor (“Bravura Indômita”, “Foxcatcher: Uma História que Chocou o Mundo”); do editor vencedor do Oscar William Goldenberg (“Argo”); e da figurinista indicada ao Oscar, Jacqueline West (“O Curioso Caso de Benjamin Butler”, “Argo”). A trilha sonora foi composta por Harry Gregson-Williams (“Perdido em Marte”, “Medo da Verdade”).

Uma produção da Warner Bros. Pictures e da Appian Way/Pearl Street, A Lei da Noite tem estreia prevista para 23 de fevereiro de 2017 no Brasil e será distrubuído internacionalmente pela Warner Bros. Pictures, empresa da Warner Bros. Entertainment.

Gerard Butler fala sobre a produção de Invasão a Londres

Ator e produtor do filme explica sobre a sequência de Invasão a Casa Branca e porque escolheu a capital britânica como cenário para este thriller de ação

Invasão a Londres (London Has Fallen, EUA/Inglaterra, 2015), sequência do sucesso Invasão a Casa Branca (Olympus Has Fallen, EUA, 2013), tem a produção de Gerard Butler, que também volta a dar vida ao personagem Mike Banning, chefe do serviço secreto dos Estados Unidos. Confira no link abaixo entrevista com o ator.

Butler explica que o sucesso de Invasão a Casa Branca pode ser creditado aos elementos clássicos do filme de ação. “É como estar de volta aos anos 80, com títulos como Máquina Mortífera e Duro de Matar. As pessoas gostam muito”, diz.

O ator também comenta sobre a escolha da capital britânica para a sequência. “Quando decidi participar de Invasão a Londres pensei: para onde vamos? O grande desafio era esse. Então eu pensei: isso pode ser incrível! Um filme desses em Londres!”, explica, animado.

Invasão a Londres, que chega aos cinemas de todo o Brasil no dia 7 de abril, em cópias dubladas e legendadas, começa sua trama com a notícia da morte do Primeiro Ministro britânico. Seu funeral, obviamente, é um evento obrigatório para os principais líderes do mundo e cercado pelo maior e melhor sistema de segurança do planeta.

No entanto, para a surpresa de todos, um grandioso esquema terrorista se inicia no evento, com o assassinato de líderes mundiais e a espantosa destruição de grandes monumentos da capital inglesa, como Hyde Park, Catedral de St. Paul e Abadia de Westminster. Na sequência, o autor do atentado se apresenta e promete um terrível futuro a outras grandes capitais, caso não seja entregue a ele a custódia do presidente dos Estados Unidos, Benjamin Asher (Eckhart).

Apenas três pessoas têm esperança de interromper a tragédia: Asher, Mike Banning (Gerard Butler), chefe do serviço secreto e uma agente do MI-6, Serviço Secreto britânico, que não confia em absolutamente ninguém. Enquanto isso, na Casa Branca, o vice-presidente Trumbull (Morgan Freeman) corre contra o tempo junto de seus consultores mais experientes para dar ao grupo preso em Londres suporte e alternativas para sobreviver às terríveis ameaças.

É hoje! “American Crime Story: O Povo contra O.J. Simpson” estreia nesta quinta-feira no canal

“American Crime Story: O Povo contra O.J. Simpson”, estreia hoje às 22h30

Hoje chega ao FX a nova série do produtor e diretor ganhador de vários prêmios Emmy® e Golden Globe®, Ryan Murphy: “American Crime Story: O Povo contra O.J. Simpson”. Composta por 10 episódios de uma hora, a série é baseada no livro “The Run of His Life: The Peolple v. O.J. Simpson” de Jeffrey Toobin. É uma versão do caso contra O.J. Simpson, acusado de assassinar sua ex-esposa, contado da perspectiva dos advogados.

“American Crime Story: O Povo contra O.J. Simpson” explora as situações caóticas vividas por trás das negociações e manobras de ambos os lados da corte e como a combinação de excesso de confiança por parte dos promotores, a astúcia da defesa e a história da polícia de Los Angeles com a comunidade afro americana da cidade, deram ao júri o que precisavam: uma dúvida razoável.

American Crime Story: O Povo contra O.J. Simpson estreia hoje às 22h30. (Foto: Divulgação)
American Crime Story: O Povo contra O.J. Simpson estreia hoje às 22h30. (Foto: Divulgação)

“American Crime Story: O Povo contra O.J. Simpson” reúne um elenco de estrelas que inclui Cuba Gooding Jr. como O.J. Simpson, John Travolta como o advogado de defesa Robert Shapiro, David Schwimmer como o também advogado Robert Kardashian, Sarah Paulson como a fiscal Marcia Clark, Courtney B. Vance como o advogado Johnnie Cochran, e Bruce Greenwood como o Fiscal de Distrito do Condado de Los Angeles, Gil Garcetti.

Ryan Murphy dirigiu o primeiro episódio e é o produtor executivo da série junto com Nina Jacobson, Brad Simpson, Scott Alexander, Larry Karaszewski e Brad Falchuk. “American Crime Story: O Povo contra O.J. Simpson” foi escrita pelos produtores ganhadores do Prêmio Golden Globe® Alexander e Karaszewski e foi produzida por FOX 21 Television Studios e FX Productions.

O canal FX estreia a série “American Crime Story: O Povo contra O.J. Simpson” hoje, às 22h30.

O thriller policial sobrenatural Presságios de um Crime, dirigido pelo brasileiro Afonso Poyart, com Anthony Hopkins, estreia em 25/2/2016 nos cinemas

Produção que conta ainda no elenco com Colin Farrell, Jeffrey Dean Morgan e Abbie Cornish, ganha pôster oficial naciona

O thriller policial sobrenatural Presságios de um Crime (Solace, EUA, 2015) marca a estreia internacional do diretor brasileiro Afonso Poyart (Dois Coelhos) à frente de uma grande produção hollywoodiana e de um elenco de estrelas com Sir Anthony Hopkins (O Silêncio dos Inocentes, Hitchcock, a série Thor), Colin Farrell (Um Conto do Destino, O Vingador do Futuro), Jeffrey Dean Morgan (Possessão, Watchmen- O Filme, a série Sobrenatural, Abbie Cornish (RoboCop, Sem Limites) e a brasileira Luisa Moraes (novela “Em Família”).Presságios de um Crime estreia nos cinemas no dia 25 de fevereiro de 2016 (confira pôster oficial no link abaixo).

Quando o agente especial do FBI Joe Merriwether (Jeffrey Dean Morgan) encontra-se de mãos atadas frente a uma série de homicídios ainda sem pistas concretas, ele decide recorrer à ajuda de seu ex-colega, o médico aposentado e analista civil Dr. John Clancy (Anthony Hopkins). Mas o recluso Clancy não quer se envolver no caso nem usar suas habilidades especiais, algo que deixou no passado quando fechou seu consultório e retirou-se do mundo após a morte de sua filha e o divórcio que logo seguiu-se à tragédia.

Mas Clancy muda de ideia quando têm visões de imagens perturbadoras e violentas da mais nova parceira de Joe, a cética agente especial do FBI Katherine Cowles (Abbie Cornish), seguidas ainda por algo que ele interpreta como uma mensagem pessoal. Quando os excepcionais poderes sobrenaturais de Clancy colocam esse estranho trio de investigadores na forte trilha de um suspeito, Charles Ambrose (Colin Farrell), o médico logo percebe que suas habilidades podem ser insuficientes frente às deste assassino que se considera em uma missão.

Livro desvenda o que aconteceu após a suposta morte de Sherlock Holmes e Moriarty em Reichenbach

Escolhido pelos herdeiros de Arthur Conan Doyle para levar à frente o legado do detetive, o escritor Anthony Horowitz situa sua trama após os eventos de “O problema final” e narra surgimento de novo gênio do crime

Novo livro, baseado em Sherlock Holmes chega ao Brasil. (Foto: Divulgação)
Novo livro, baseado em Sherlock Holmes chega ao Brasil. (Foto: Divulgação)

No livro “O problema final”, um dos mais clássicos da saga de Sherlock Holmes, publicado por Arthur Conan Doyle em 1893, a trama se encaminha para um desfecho impressionante e, até então, surpreendente: o embate final entre o detetive genial e seu arqui-inimigo, Moriarty, enfim acontece, nas cataratas de Reichenbach, na Suíça. Depois de lutarem, os dois acabam encontrando seu fim ao despencarem lá de cima.

Mas, é claro, Holmes e Moriarty não podem ter morrido. Assim, em “Moriarty”, o escritor Anthony Horowitz, escolhido pelos herdeiros de Conan Doyle para levar à frente o legado de Sherlock Holmes, vai contar o que aconteceu depois, numa trama que tem início exatamente após o incidente em Reichenbach.

Quem conduz as investigações são o detetive Frederick Chase, um agente americano da Pinkerton que viaja de Nova York à Europa para tentar desvendar uma trama que parece envolver Moriarty e outro criminoso perigoso; e o inspetor da Scotland Yard Athelney Jones, que se inspira com afinco nos métodos de dedução de Sherlock Holmes.

Enquanto tentam investigar o que realmente aconteceu em Reichenbach  – já que o corpo de Holmes nunca apareceu e o de Moriarty pode, na verdade, ser o de qualquer pessoa (já que pouquíssima gente o viu pessoalmente) –, eles vão lidar com um novo gênio do crime que começa a agir em Londres. E sem Holmes para ajudar, vão ter que descobrir sozinhos quem é o perigoso e fatal bandido cujos negócios vão se ampliar muito na ausência de Moriarty.

Protagonistas das histórias criadas por Arthur Conan Doyle no fim do século XIX, Sherlock Holmes e seus coadjuvantes – como Moriarty, Dr. Watson e o inspetor Lestrade – sobreviveram ao tempo e vivem hoje um momento de glória na cultura pop. Na TV, séries como “Elementary”, da Universal, e “Sherlock”, da BBC, são campeãs de audiência; no cinema, os filmes que tiveram Robert Downey Jr. na pele do detetive foram um enorme sucesso, e “Sr. Holmes”, com Ian McKellen interpretando o lendário protagonista, deve chegar ao Brasil em breve.