Arquivo da tag: Princesa da Disney

Mulan

Por Henrique Moita

Há pouco menos de um mês, mais precisamente no dia 17 de novembro, chegava ao Brasil um dos serviços de streaming mais esperados dos últimos tempos, o Disney+. Como a empresa do famoso camundongo é dona de quase todo o mundo do entretenimento, junto vieram diversos filmes e séries consagrados, como filmes do UCM, saga Star Wars, sucessos da FOX, entre outros.

Na última sexta-feira, chegou a mais recente adaptação de uma de suas maiores animações, agora em live action, Mulan. Diferente das anteriores, que tinham a intenção de ser uma “cópia” do original, porém nesse formato com atores reais, Mulan queria mudar.

Um dos principais motivos, era que a animação, não era muito fiel a lenda da guerreira na qual ela é baseada. Por isso diversas mudanças foram feitas. As duas principais seriam a ausência de um dos personagens mais queridos pelo público, o dragão Mushu, sendo substituído no longa por uma fênix e o fato do filme não ser mais um musical, por querer adotar um plano mais sério.

A ideia geral do filme, permanece a mesma, Mulan é uma jovem mulher que não tem aptidão nenhuma para ser aquela “mulher tradicional” da época e quando a China é sofre um ataque, ela finge ser um homem, para ir no lugar de seu pai para a guerra, tendo em vista que seu pai já era velho e estava debilitado por conta de guerras anteriores.

Mulan está disponível no Disney+. (Foto: divulgação)

Agora vem aquelas famosas perguntas. O filme é bom? Tem muita diferença para a animação, além das já citadas? Mushu fez muita falta?

Vamos começar respondendo a última pergunta logo de cara. Admito que fiquei muito chateado ao saber que o pequeno dragão não estaria presente no longa e já logo pensava: “Desonra! Desonra pra tu, desonra pra Disney, desonra para a sua vaca!”, mas assistindo o filme, percebi que sua ausência era realmente necessária. Mushu não se encaixaria no tom do filme, que tenta ser muito mais sério do que a animação original. Porém, o seu “substituto”, a fênix, também poderia não estar lá. Realmente não vi a necessidade do ser estar presente, a não ser para ter algo visualmente bonito em algumas cenas, mas também não faria falta.

Agora respondendo a segunda pergunta. Tirando a já citada ausência, temos a mudança de que, no live action, Mulan já possui um dom especial, aqui chamado de “chi”, apresentado para nós logo no começo. Temos a ausência de Li, substituído pelo também soldado Honghui como par da protagonista. Agora, o comandante do grupo de Mulan, será o Comandante Tung, ex-companheiro de guerra de seu pai. E também temos a presença de uma Bruxa, que auxilia o Bori Khan (que na animação seria Shan-Yu).

Agora vamos a primeira pergunta e a mais importante. A qualidade do filme. Dessa vez, fiz algo “errado” antes de escrever a crítica e acabei lendo outras. Porém, fico feliz em dizer que isso não mudou em nada a minha opinião, até porque a enorme parte da crítica, fala que o filme é de ruim a mediano. E devo admitir que eu gostei bastante dessa nova versão. Apesar de alguns furos, afinal, nenhum filme é perfeito, o live action de Mulan me agradou bastante, principalmente na mudança para um tom mais sério do filme, em comparação com a animação. A única coisa que eu realmente não gostei, mas até compreendo um pouco, é o destino da Bruxa e talvez o fato de Mulan ser muito “overpower” ao invés de ser apenas uma guerreira com grandes habilidades, ela aparenta quase ter superpoderes.

Por fim, minha nota para Mulan será 7,5/10.

Ah, e eu particularmente, gostei da aparição de Ming-Na Wen (apesar de discreta e quase imperceptível para quem não prestar atenção), que na animação da voz á Mulan e muitos queriam que ela tivesse interpretado inclusive a mãe da protagonista nesse novo filme.