Arquivo da tag: Protagonista

Creed II, Nós e Infiltrado na Klan fecham a Semana da Excelência Preta no Telecine

Creed II é um dos destaques da Semana Preta, na rede Telecine. (Foto: Divulgação)

Até o próximo domingo, o Telecine promove nos canais e no streaming a Semana da Excelência Preta. Ao longo de sete dias, filmes fundamentais para o exercício diário de empatia e anti-racismo, e produções nas quais diretores, atores, roteiristas, produtores, e outros profissionais negros atuam ganham protagonismo. Um convite para conhecer a história, ampliar a consciência e se engajar na luta diária contra o preconceito e a violência racial.

No sábado (13), no Pipoca, Idris Elba é o agente Sean Briar em Atentado em Paris. Domingo (14) tem Michael B Jordan em Creed II no Telecine Premium; Uma Família de Dois, comédia francesa estrelada por Omar Sy, no Pipoca; Nós de Jordan Peele no Action; e Kevin Hart e Ice Cube em Policial em Apuros no Fun.

Spike Lee, diretor que sempre abordou a temática racial em suas obras, ganha duas exibições: no Touch com Infiltrado na Klan, vencedor do Oscar de Melhor Roteiro Adaptado, e no Cult, com Mais e Melhores Blues, filme indicado ao Leão de Ouro no Festival de Veneza com Denzel Washington, Wesley Snipes e Samuel L. Jackson no elenco. 

Universal TV estreia segunda temporada de Unidade Básica

Série que retrata o cotidiano da saúde pública no país retorna em maio com enredos inéditos e direção do protagonista Caco Ciocler em alguns episódios

Unidade Básica volta ao Universal TV em maio. (Foto: Pedro Saad)

Depois do sucesso da primeira temporada, exibida em 2016, o Universal TV estreia novos episódios de Unidade Básica, no dia 3 de maio, às 23h. A série, produzida pela Gullane e criada por Newton Cannito e as irmãs Helena e Ana Petta, traz como protagonistas, além da própria Ana, o ator Caco Ciocler, que interpreta o Dr. Paulo, um médico de família experiente, completamente envolvido nos casos e histórias de seus pacientes, no cotidiano de uma Unidade Básica de Saúde, porta de entrada do SUS no país.

“Estamos muito felizes, mais uma vez, por essa parceria com o Universal TV. Unidade Básica é uma série brasileira super relevante e extremamente atual, porque mostra nossos grandes profissionais da saúde pública, em meio aos seus desafios, seus dramas, suas conquistas diárias e as relações potentes e profundas que estabelecem com as comunidades nas quais atuam”, afirma o produtor Caio Gullane.

A diretora geral, Caroline Fioratti, adianta que o espectador vai poder identificar os seus dramas pessoais nessa nova temporada, que além de falar de saúde, fala de cura, de laços humanos, de afeto, tudo isso tendo como cenário uma unidade básica de saúde. Para ela, essa é uma ficção que procura não só entreter, mas levar também informação. “Estamos vivendo um momento único e doloroso. A pandemia do covid-19 escancarou os problemas enfrentados pelos profissionais de saúde e a importância do SUS na vida dos brasileiros. Nossa estreia coincide com esses tempos de incertezas, mas de profunda gratidão aos médicos, enfermeiros, agentes comunitários e todos que estão na linha de frente na luta pelas vidas”, afirma.

Diagnósticos imediatistas, corporativismo e feminicídio são alguns dos temas abordados na nova leva de episódios. “A ideia da série é divulgar para o Brasil o que se passa dentro das Unidades Básicas de Saúde e, atualmente, elas viraram o foco de atenção. Eu acho que foi uma feliz coincidência dramatúrgica, embora seja uma infeliz coincidência histórica”, afirma Caco Ciocler a respeito do contexto atual da pandemia do novo Coronavírus.


Em sua segunda temporada, o protagonista assina também a direção de dois episódios. “Para mim é uma super alegria. Eu já havia dirigido dois documentários e estava louco para começar na ficção. Achei que seria no cinema, mas fico feliz que tenha sido numa série que eu já amava as pessoas, os personagens e tinha um entendimento de dentro, como ator. Então, foi muito interessante essa passada para um universo que eu já tinha vivido tão intimamente”, afirma o ator.

Caco fala ainda sobre a rotina corrida de gravação e os bastidores. O ator conta que para se dirigir, muitas vezes, ele precisou de um ator substituto, pois não tinha tempo de se ver. Ele armava a cena com o ator, entendia os outros personagens, a melhor maneira de se encaixar e gravava. “Para mim foi um grande aprendizado, que me fez ter uma compreensão do todo, que eu jamais poderia sonhar em ter quando fiz a primeira temporada”.

Inspirada em fatos reais, a ficção acompanha a rotina de trabalho de profissionais de saúde, como médicos, enfermeiros e agentes comunitários que atuam em uma Unidade Básica de Saúde, cujo objetivo é oferecer atendimento à população. “As minhas expectativas já eram imensas para essa estreia. Nós tivemos feedbacks muito interessantes na primeira temporada. Fico feliz, por exemplo, de saber que a série está sendo objeto de estudo para profissionais de saúde e universidades. Os temas da segunda temporada são muito complexos, dialogam com a realidade brasileira e levantam questões e problemáticas bem profundas e corajosas”, completa o ator.

O Universal TV irá exibir episódios duplos, todo domingo, às 23h e às 23h30. O elenco conta ainda com Vinícius de Oliveira e a Carlota Joaquina, que também fizeram parte da primeira temporada, e novos nomes como Fabiana Gugli, Lina Mello e Gabriel Calamari.

“Há um grupo de pessoas que busca a medicina com o imaginário das séries médicas clássicas de televisão, com os médicos sempre trabalhando em hospitais de ponta e descobrindo doenças raras e uma adrenalina, como se estivessem em filme de ação. Unidade Básica desconstrói isso, sem desconstruir o heroísmo do médico, que aqui está em outro lugar. Não está na pompa, no glamour da medicina. E a gente está sentindo isso na pele agora, diante do contexto da pandemia. Esses caras são os heróis, estão na linha de frente, contaminados, expondo suas vidas, para salvar a vida de outras pessoas. E a série traz muito esse lado, esse heroísmo real, da pessoa que escolhe essa profissão. Da pessoa que escolhe trabalhar em uma Unidade Básica de Saúde, que é o caso do meu personagem, Dr. Paulo”, conclui Caco.

“Unidade Básica é uma série que investiga casos, através do olhar profundo para o ser humano. O espectador será fisgado nessa investigação e se emocionará com os dilemas dos personagens, pacientes e profissionais da saúde”, completa a diretora.

SAM CLAFLIN INTERPRETA O PROTAGONISTA EM “COMO EU ERA ANTES DE VOCÊ”

Longa é baseado no best-seller de Jojo Moyes e estreia em 16 de junho

Sam Claflin, que foi visto por milhões de brasileiros como Finnick Odair da trilogia “Jogos Vorazes”, interpreta agora o temperamental Will Traynor no longa Como Eu Era Antes de Você, baseado no best-seller de Jojo Moyes e que estreia no Brasil em 16 de junho. Antes um aventureiro de carteirinha, Will se torna uma pessoa reclusa e difícil depois do acidente que sofre. Confira fotos do ator no link abaixo.

Sam comenta sobre seu personagem: “No começo, não compreendia bem o mundo em que o Will vive ou a história que contaríamos, mas a jornada deste personagem é analisada profundamente nesta experiência. E isso abriu os meus olhos”.

Além de Sam Claflin, Como Eu Era Antes de Você também apresenta Emilia Clarke (“Game of Thrones”) em seu elenco, ambos sob a direção de Thea Sharrock, que estreia como diretora.

Louisa “Lou” Clark (Clarke) vive em uma pitoresca cidade de campo inglesa. Sem direção certa em sua vida, a criativa e peculiar garota de 26 anos vai de um emprego a outro para tentar ajudar sua família com as despesas. Seu jeito alegre, no entanto, é colocado à prova quando enfrenta o novo desafio de sua carreira.

Ao aceitar um trabalho no “castelo” da cidade, ela se torna cuidadora e acompanhante de Will Traynor (Claflin), um banqueiro jovem e rico que se tornou cadeirante após um acidente ocorrido dois anos antes, mudando seu mundo dramaticamente em um piscar de olhos. Não mais uma alma aventureira, mas o agora cínico Will, está prestes a desistir. Isso até Lou ficar determinada a mostrar a ele que a vida vale ser vivida. Embarcando juntos em uma série de aventuras, Lou e Will irão obter mais do que esperavam e encontrarão suas vidas — e corações — mudando de um jeito que não poderiam ter imaginado.

O filme também é estrelado pela indicada ao Oscar Janet McTeer (“Albert Nobbs”, “Livre Para Amar”), Charles Dance (“O Jogo da Imitação”), Brendan Coyle (“Downton Abbey”), Stephen Peacocke (“Hercules”), Matthew Lewis (filmes “Harry Potter”), Jenna Coleman (“Dr. Who”), Samantha Spiro (“Do Inferno”), Vanessa Kirby (“Questão de Tempo”).

Sharrock dirige um roteiro de Jojo Moyes, baseado em seu livro. O filme está sendo produzido por Karen Rosenfelt (filmes “Saga Crepúsculo”, “Max”) e Alison Owen (“Walt nos Bastidores de Mary Poppins”, “As Sufragistas”).  Sue Baden-Powell (“Elysium”, inédito “Orgulho e Preconceito e Zumbis”) é produtora executiva.

O time criativo por trás das câmeras inclui o diretor de fotografia indicado ao Oscar Remi Adefarasin (“Elizabeth”), o designer de produção Andrew McAlpine (“Educação”), o editor John Wilson (“Downton Abbey”) e a figurinista Jill Taylor (“Sete Dias com Marilyn”). A trilha sonora é do compositor Craig Armstrong (“O Grande Gatsby”).

Como Eu Era Antes de Você é uma apresentação da New Line Cinema e Metro-Goldwyn-Mayer Pictures. Com lançamento nacional previsto para 16 de junho, será distribuído pela Warner Bros. Pictures, uma empresa Warner Bros. Entertainment e pela Metro-Goldwyn-Mayer Pictures em territórios selecionados.