Arquivo da tag: Quadrinhos

Rafael Coutinho é mais um quadrinista confirmado na CCXP19

O artista, um dos brasileiros de mais destaque nas últimas décadas, estará todos os dias no Artists’ Alley

Designer, animador, artista plástico e quadrinista. Rafael Coutinho é também o mais novo integrante do time de brasileiros confirmados para o Artists’ Alley da CCXP19. Um dos artistas de mais destaque no cenário nacional nas últimas décadas, ele assina as revistas “O Beijo Adolescente”, “Cachalote” e seu trabalho mais recente, “Mensur”. Coutinho marcará presença todos os dias no maior festival de cultura pop do planeta – que acontece entre 5 e 8 de dezembro, no São Paulo Expo. Além de ter uma mesa no Artists’ Alley, o quadrinista participará de painéis e outras atividades que serão anunciadas em breve.

Nascido em São Paulo no ano de 1980, Rafael Coutinho se formou em Artes Plásticas pela UNESP, em 2004, e desde então coleciona diversos trabalhos em seu currículo. O artista produziu, como animador e diretor, os curtas-metragens “Aquele Cara” (2006) e “Ao Vivo” (2008). Como quadrinista, participou das publicações “Bang Bang” (editora Devir, 2005) e “Contos dos Irmãos Grimm” (editora Desiderata), além de assinar ilustrações para diversos veículos de comunicação no Brasil. Foi integrante do grupo Base-V, produzindo murais, exposições e publicações de arte experimental. Ainda como artista plástico, fez pinturas e esculturas para a Galeria Choque Cultural.

Rafael Coutinho é mais um artista confirmado no Artist’s Alley. (Foto: Divulgação)

Em 2010, Coutinho terminou seu primeiro roteiro de longa-metragem, “Spread”, em parceria com o roteirista Peppe Siffredi. Foi também neste ano que o artista concluiu sua graphic novel de estreia, “Cachalote” (Ed. Quadrinhos na Cia), junto com o escritor Daniel Galera. Outro trabalho de sucesso, a minissérie em quadrinhos “Beijo Adolescente” foi lançada pelo portal do IG, em 2011, e publicada impressa de forma independente pela Editora Cachalote, fundada pelo próprio quadrinista.

No teatro, Rafael Coutinho atuou como artista gráfico e cenógrafo da peça “Puzzle”, de Felipe Hirsch, em apresentações na Feira Internacional do Livro de Frankfurt e de São Paulo, entre 2013 e 2014. Ainda em 2014, foi curador da exposição sobre seu próprio pai, “Ocupação Laerte”, para o Instituto Itaú Cultural, além de ilustrar o clássico “Barão de Munchausen” (Cosac Naify). Em 2015, lançou a terceira parte da série o “Beijo Adolescente”, além de coordenar, junto com Clarice Reichstul e Érico Assis, a antologia “O Fabuloso Quadrinho Brasileiro de 2015”. Em 2016, ilustrou a edição de “Forest Gump” (Ed. Aleph – 2016). Por fim, em 2017, lançou “MENSUR” (Cia das Letras) e “Modo Avião” (Lote 42).

Ingressos CCXP   

3º lote – de 1º de agosto até 4 de dezembro   

Quinta-feira: R$ 240,00 (inteira), R$ 120,00 (meia) e R$ 140,00 (ingresso social).   
Sexta-feira: R$ 300,00 (inteira), R$ 150,00 (meia) e R$ 170,00 (ingresso social).   
Sábado: (ESGOTADO)  
Domingo: R$ 440,00 (inteira), R$ 220,00 (meia) e R$ 240,00 (ingresso social).   
4 dias: (ESGOTADO)  
Epic: R$ 1.500,00  
Full: (ESGOTADO)  
Unlock (evento voltado para profissionais do mercado de entretenimento): R$ 2.000,00  

CCXP19  

Datas: de 5 a 8 de dezembro de 2019   

Local: São Paulo Expo (Rodovia dos Imigrantes, km 1,5, Água Funda, São Paulo – SP)  

CCXP19 terá LAERTE no Artists’ Alley

Com passagens por importantes veículos como O Pasquim, O Bicho, O Estado de São Paulo e Folha de São Paulo, a quadrinista, roteirista e apresentadora estará todos os dias no festival

A pouco menos de dois meses para o início de sua 6ª edição, a CCXP acaba de anunciar mais uma atração de peso. LAERTE, uma das mais completas e renomadas artistas do Brasil, terá uma mesa no Artists’ Alley e será presença garantida em todos os dias do maior festival de cultura pop do planeta, que acontece entre 5 e 8 de dezembro, no São Paulo Expo. Autora de trabalhos em revistas que marcaram a história como O Pasquim e O Bicho, ela também participará de painéis e outras atividades que serão divulgadas em breve.

Laerte e seus quadrinhos estarão no Artist’s Alley. (Foto: Divulgação)

LAERTE concluiu o Curso Livre de Desenho, da Fundação Armando Álvares Penteado, em 1968. No ano seguinte ingressou na faculdade de jornalismo da Universidade de São Paulo, mas não chegou a terminar o curso. O início de sua carreira como desenhista aconteceu em 1970, com o personagem Leão para a revista Sibila. De lá para cá, a artista multifacetada coleciona trabalhos em veículos importantes: além do Pasquim e do Bicho, ela também assinou charges e tirinhas para o Estado de São Paulo e a Folha de São Paulo, bem como as revistas “Piratas do Tietê” e “Labirinto do Minotauro”.

Na TV, LARTE atuou como roteirista e colaborou para programas de sucesso da TV Globo, entre eles “TV Pirata” e “Sai de Baixo”. A artista também contribuiu para o programa infantil que conquistou as crianças dos anos de 1990, a “TV Colosso”. Como apresentadora, esteve à frente do “Transando com Laerte”, exibido no Canal Brasil. Já no cinema, participou do curta “Vestido de Laerte”, de Claudia Priscila e Pedro Marques, e do longa “Laerte-se”, de Lygia Barbosa e Eliane Brum.

A CCXP19 já confirmou importantes quadrinistas do Brasil e do exterior para sua programação. Além de LARTE, outros artistas nacionais como Mike Deotado Jr., Germana Viana, Rebeca Prado, Ju Loyola, André Dahmer, Robson Rocha, Jun Sugiyama e Alexandre Carvalho já foram anunciados. Entre os nomes internacionais estão Neal Adams, Frank Miller, Joëlle Jones, John Romita Jr., Frank Quitely, Eduardo Risso, Lee Bermejo, Alex Maleev, Keith Giffen e Charlie Adlard.

Ingressos CCXP   

3º lote – de 1º de agosto até 4 de dezembro   

Quinta-feira: R$ 240,00 (inteira), R$ 120,00 (meia) e R$ 140,00 (ingresso social).   
Sexta-feira: R$ 300,00 (inteira), R$ 150,00 (meia) e R$ 170,00 (ingresso social).   
Sábado: (ESGOTADO)  
Domingo: R$ 440,00 (inteira), R$ 220,00 (meia) e R$ 240,00 (ingresso social).   
4 dias: (ESGOTADO)  
Epic: R$ 1.500,00  
Full: (ESGOTADO)  
Unlock (evento voltado para profissionais do mercado de entretenimento): R$ 2.000,00  

CCXP19  

Datas: de 5 a 8 de dezembro de 2019   

Local: São Paulo Expo (Rodovia dos Imigrantes, km 1,5, Água Funda, São Paulo – SP)  

Clássicos da Turma da Mônica agora estão disponíveis em versão digital no Social Comics, a partir da nº 1

Iniciativa faz parte das comemorações dos 60 anos do Estúdio e da carreira do quadrinista Maurício de Sousa

Social Comics, plataforma online para leitura de quadrinhos em versão digital, inicia em julho a publicação das revistas clássicas da Turma da Mônica, desde a número um. Originalmente publicadas em “formatinho” pela Editora Abril, a partir dos anos 1970, os quadrinhos entram semanalmente na plataforma, sempre com duas edições. Os primeiros números já estão disponíveis.

A Turma da Mônica está presente no Social Comics. (Foto: Divulgação)

A Turma da Mônica surgiu nas tirinhas de jornal, sendo a primeira dela a aparição dos personagens Bidu e Franjinha, em 18 de julho de 1959, no jornal Folha de São Paulo. Depois vieram CebolinhaCascão, além da Mônica, que surgiu na tirinha do Cebolinha em 1963, além de Magali, Astronauta, Horácio e tantos outros, que depois migraram para as revistas em quadrinhos publicadas pelas editoras Abril e Globo, e atualmente pela editora Panini, e que fizeram tanto sucesso desde o surgimento até os dias de hoje. A partir de agora todo esse acervo começa a ser digitalizado e poderá ser acessado online, de qualquer lugar, por meio do serviço de streaming. A iniciativa faz parte da celebração dos 60 anos de carreira da quadrinista Maurício de Sousa, e que é um marco histórico e importantíssimo para o quadrinho nacional e mundial.

Os quadrinhos mais tradicionais da Turminha já podem ser encontrados na plataforma desde 2016, mas novos conteúdos do MSP serão anunciados em breve. Recentemente foi disponibilizado gratuitamente o nº Zero da Turma da Mônica Geração 12, último lançamento em parceria com a Editora Panini, e que também foi destaque da última edição do festival Anime Friends.

O Social Comics é um serviço de streaming de conteúdo em quadrinhos com um conceito similar à Netflix, que disponibiliza toda semana novas histórias em quadrinhos, sendo inclusive possível baixar para leitura offline. É a maior plataforma do gênero na América Latina e possui quadrinhos para todas as idades disponíveis em seu catálogo. A Plataforma está na versão 3.0 e conta com muitas inovações na experiência do usuário, além da opção de criar uma conta grátis que dá acesso a navegação pela plataforma e a leitura de várias edições, além de novos e diversificados planos de assinatura, com condições especiais para usuários da operadora de telefonia celular Claro, além do perfil Kids, com acesso conforme a faixa etária.

O acervo da plataforma é composto por títulos produzidos por autores independentes, grandes desenvolvedores de conteúdo e também das maiores editoras do Brasil, com títulos como os da Turma da Mônica, Disney/Pixar, Umbrella Academy, Valiant, Transformers, Estranhos no Paraíso, 10 Pãezinhos, entre muitos outros. O valor das assinaturas é a partir de R$ 12,99 e R$ 4,99 (mensal e semanal, respectivamente, para clientes Claro). Para assinar, o cliente Claro deve enviar um SMS com a palavra ATIVE para 3001 e baixar o App Social Comics no Google Play ou na Apple Store. É possível também fazer outros planos de assinatura, com várias opções (como Família, Premium e outros).

Para saber mais, acesse o site oficial e baixe o aplicativo Social Comics: Google Play / Apple Store

WARNER BROS. PICTURES DIVULGA PRIMEIRO TRAILER DE RAINHAS DO CRIME

Longa estrelado por Elisabeth Moss, Melissa McCarthy e Tiffany Haddish tem estreia prevista para 8 de agosto

Rainhas do Crime,novo filme da Warner Bros. Pictures e da New Line Cinema, ganha seu primeiro trailer. Baseado na série de quadrinhos do selo Vertigo, da DC Entertainment, ele conta a história de três donas de casa de Nova York em 1978 que assumem os papéis de seus maridos mafiosos após a prisão deles. As atrizes Melissa McCarthy, Tiffany Haddish e Elisabeth Moss protagonizam o longa que é dirigido e escrito pela indicada ao Oscar de Roteiro Original Andrea Berloff. 

Sobre o filme:

O instigante drama sobre a máfia Rainhas do Crime, da New Line Cinema e BRON Creative, foi escrito e dirigido por Andrea Berloff, indicada ao Oscar de Roteiro Original por “Straight Outta Compton: A História do N.W.A.”.

Rainhas do Crime é estrelado pela indicada ao Oscar Melissa McCarthy (“Poderia Me Perdoar?”, “Missão Madrinha de Casamento”), Tiffany Haddish (“Viagem das Garotas”) e Elisabeth Moss (da série de TV “The Handmaid’s Tale”), que interpretam três donas de casa do bairro de Hell’s Kitchen (Nova York) em 1978, cujos maridos mafiosos são mandados para a prisão pelo FBI. Deixadas quase sem nada, elas assumem as rédeas da máfia da irlandesa – provando, inesperadamente, estarem prontas para tudo, desde gerenciar os negócios ilegais até eliminar a concorrência… literalmente.

O elenco também conta com Domhnall Gleeson (“Star Wars: Os Últimos Jedi”), James Badge Dale (“Homens de Coragem”) e Brian d’Arcy James (“Spotlight: Segredos Revelados”), com Margo Martindale (da série de TV “The Americans”), o vencedor do Oscar Common (“Selma: Uma Luta Pela Igualdade”, “Marshall: Igualdade e Justiça”) e Bill Camp (“Vice”), além de Jeremy Bobb (“Marshall: Igualdade e Justiça”), E.J. Bonilla (da série de TV “The Long Road Home”), Wayne Duvall (“Os Suspeitos“), Annabella Sciorra (da série “Demolidor”) e Myk Watford (da série da HBO “True Detective”).

Berloff dirige a partir de um roteiro escrito por ela mesma, baseado nos quadrinhos criados por Ollie Masters e Ming Doyle, da DC/Vertigo. O filme foi produzido por Michael De Luca, diversas vezes indicado ao Oscar (“Capitão Phillips”, “O Homem que Mudou o Jogo” e “A Rede Social”); e Marcus Viscidi (“Rampage – Destruição Total”). Os produtores executivos foram Richard Brener, Michael Disco, Dave Neustadter, Aaron L. Gilbert, Jason Cloth, Elishia Holmes e Adam Schlagman.

A equipe criativa de Berloff incluiu a diretora de fotografia Maryse Alberti (“Creed – Nascido Para Lutar”), o desenhista de produção Shane Valentino (“Straight Outta Compton: A História do N.W.A.”), o editor indicado ao Oscar Christopher Tellefsen (“O Homem que Mudou o Jogo”, “Um Lugar Silencioso”) e a figurinista Sarah Edwards (“Oito Mulheres e Um Segredo”, da série de TV “Billions”). A música foi composta por Bryce Dessner.

As filmagens foram realizadas no principal cenário do filme, o famoso bairro de Hell’s Kitchen, em Nova York, e arredores.

A New Line Cinema apresenta, em associação com a BRON Creative, Rainhas do Crime, uma produção de Michael De Luca. Com estreia prevista para 8 de agosto de 2019, o filme será distribuído internacionalmente pela Warner Bros. Pictures.

MIS participa da Virada Cultural com exposição Quadrinhos gratuita

O MIS – instituição da Secretaria da Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo – integra a programação oficial da Virada Cultural 2019. O Museu terá entrada gratuita para a exposição Quadrinhos das 22h do sábado (18) até às 8h do domingo (19). A disponibilidade de ingressos está sujeita a lotação do espaço.

Em cartaz até 26 de maio, Quadrinhos apresenta uma ampla retrospectiva da 9ª arte contada através de revistas, artes originais e itens raros dos diversos gêneros das HQs – super-heróis, infantis, terror, aventura, romance, mangá, faroeste e muitos outros –em ambientes temáticos e imersivos que ocupam os dois andares do Museu, apresentando também a influência das HQs na cultura pop e em outras mídias como cinema e TV. Concebida pelo MIS com curadoria de Ivan Freitas da Costa e expografia da Caselúdico, a Quadrinhos é a maior exposição sobre o tema já feita no Brasil.

MIS terá exposição de Quadrinhos durante a Virada Cultural 2019. (Foto: Divulgação)

Virada Cultural 2019

Nos dias 18 e 19 de maio, a Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo apresenta mais de 1.200 atrações espalhadas por mais de 250 pontos, centralizados e descentralizados, ocupando as 32 subprefeituras da cidade. Mais informações sobre a programação acesse: http://agendao.prefeitura.sp.gov.br/

Quadrinhos na Virada Cultural
Data/horário 
22h do sábado (18) até às 8h do domingo (19)
Ingresso 
Gratuito – retirada de senha na recepção do MIS  (A disponibilidade de ingresso está sujeita a lotação do espaço).
IMPORTANTE: Nos demais horários (10h – 22h do sábado e das 9h às 18h do domingo) a exposição estará aberta, porém o valor do ingresso é de R$ 14,00 (inteira) e R$ 7,00 (meia) na recepção do MIS

Quadrinhos
Data 
Até 26 de maio de 2019
Horário
 terças a sábados, das 10h às 20h (com permanência até às 22h); domingos e feriados, das 9h às 18h (com permanência até às 20h);
Local Espaço Redondo, Espaço Expositivo 1º andar e Espaço Expositivo 2º andar

Ingressos
Bilheteria
 R$ 14,00 (inteira) e R$ 7,00 (meia) na Recepção do MIS (somente para o dia  da visita). Terças-feiras entrada gratuita. Menores de 5 anos não pagam
Ingressos online 
R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia- entrada) pelo site e app da Ingresso Rápido(Ingressos antecipados com horário marcado)


Museu da Imagem e do Som – MIS
Avenida Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo| (11) 2117 4777 | www.mis-sp.org.br
Estacionamento [Conveniado]: R$ 18
Acesso e elevador para cadeirantes. Ar condicionado.

CCXP confirma John Romita Jr., um dos maiores quadrinistas do mundo, e mais três artistas

Frank Quitely, Eduardo Risso e Lee Bermejo são outros nomes que marcarão presença em todos os dias do Artists’ Alley e fazem parte das homenagens de 80 anos do Batman

A CCXP acaba de confirmar mais quatro nomes de peso para Artists’ Alley. John Romita Jr., ou “Romitinha”, como os fãs brasileiros costumam chamá-lo, retorna ao festival após esbanjar simpatia e conquistar o público em sua participação no ano passado. Frank Quitely e Eduardo Risso, destaques da CCXP de 2016, são outras duas presenças confirmadas no evento, que receberá pela primeira vez o quadrinista Lee Bermejo. No currículo, os artistas têm em comum trabalhos feitos para revistas do Batman – icônico personagem da DC que teve a sua primeira aparição na “Detective Comics N° 27”, lançada em 1939. O Cavaleiro das Trevas completa 80 anos e será homenageado no festival, que acontece entre 5 e 8 de dezembro, no São Paulo Expo. Outros nomes já confirmados para a o Artists’ Alley são Alex Maleev, Keith Giffen e Charlie Adlard.

John Romita Jur estará na CCXP. (Foto: Divulgação)

John Romita Jr. é considerado um dos melhores contadores de histórias da indústria de quadrinhos. O artista fez sua estreia na CCXP em 2018, e voltará ao evento para promover seu novo trabalho com Frank Miller, o aguardado “Superman: Ano Um”. Filho de John Romita Sr., um dos quadrinistas mais famosos dos quadrinhos do Homem-Aranha, John Romita Jr. começou sua carreira cedo, aos 13 anos, quando propôs a criação de um personagem a Stan Lee. O artista trabalhou em diversos títulos do Homem-Aranha, Homem de Ferro, Superman e Batman, além de ser o criador de personagens como KickAss, Hit Girl, Duende Macabro, Gatuno, Madame Teia, Cristal e a grande favorita do autor: Mary Tyfoid. Na CCXP, o artista estará presente no Artists’ Alley em todos os dias do festival, além de participar de outras atividades que serão divulgadas em breve.

Lee Bermejo, em sua primeira visita ao Brasil, fará sua estreia no festival. O ilustrador foi responsável por diversos quadrinhos do universo do Batman e trabalhou em várias graphic novels ao lado do roteirista Brian Azzarello, entre elas a recentemente lançada “Batman: Damned”. Como artista solo, Bermejo roteirizou e ilustrou “Batman: Noel” e “Suiciders”, além de desenhar várias capas para DC, Marvel e Dark Horse.

Já Eduardo Risso retorna ao país, após o sucesso de sua passagem pela CCXP em 2016. O quadrinista trabalhou nas renomadas publicações “Caín”, “100 Balas”, “Homem do Espaço”, “100 Balas – Irmão Lono”, “Logan” e “Batman: Preto & Branco”, entre outras. Risso também tem projetos com Brian Azzarello, como a obra “Moonshine”, e com Enrique Sanchez Abulí, como “Torpedo 1972”. O artista já recebeu os principais prêmios do mercado: foi vencedor do Eisner (2001, 2002 e 2004) e do Harvey (2002, 2003 e 2008), entre outros.

Frank Quitely é grande conhecido no mundo dos quadrinhos, tendo escrito e ilustrado suas primeiras histórias no final dos anos 1980. Após a autoral “Electric Soup”, lançada no cenário underground, passou a integrar a revista “Juiz Dredd”, vendida em todo o Reino Unido. O reconhecimento de seu trabalho o levou a editoras importantes, entre elas DC, Marvel e Image Comics. Em seu currículo, estão publicações de destaque, como “Os Novos X-Men”, “Sandman: Noites Sem Fim”, “We3 – Instinto de Sobrevivência”, “Superman – Grandes Astros”, “Batman & Robin” e “O Legado de Júpiter”. Junto com Mark Millar, o artista foi responsável pela obra “O Legado de Júpiter”, que ganhará uma série pela Netflix. 

Os anúncios acontecem no último dia de vendas do primeiro lote de ingressos da CCXP, que se encerra no fim do dia de hoje (30 de abril). Para quem ainda não comprou seu ingresso, é possível adquirir para quinta-feira, sexta-feira e domingo, além do pacote Epic Experience e da credencial Unlock CCXP. Já estão esgotadas as credenciais de sábado, as que dão acesso aos quatro dias de evento e o pacote Full Experience. Mesmo com a virada de lote em 1º de maio, não serão disponibilizados novos ingressos para os dias já esgotados.

Serviço CCXP

1º lote – até 30 de abril

Quinta-feira: R$ 180,00 (inteira), R$ 90,00 (meia) e R$ 110,00 (ingresso social).

Sexta-feira: R$ 240,00 (inteira), R$ 120,00 (meia) e R$ 140,00 (ingresso social).

Sábado: R$ 360,00 (inteira), R$ 180,00 (meia) e R$ 200,00 (ingresso social). (ESGOTADO)

Domingo: R$ 360,00 (inteira), R$ 180,00 (meia) e R$ 200,00 (ingresso social).

4 dias: R$ 960,00 (inteira), R$ 480,00 (meia) e R$ 540,00 (ingresso social) (ESGOTADO)

Epic: R$ 1.300,00

Full: R$ 8.000,00 (ESGOTADO)

Unlock (evento voltado para profissionais do mercado de entretenimento): R$ 1.800,00

2º lote – de 1º de maio até 31 de julho

Quinta-feira: R$ 200,00 (inteira), R$ 100,00 (meia) e R$ 120,00 (ingresso social).

Sexta-feira: R$ 260,00 (inteira), R$ 130,00 (meia) e R$ 150,00 (ingresso social).

Domingo: R$ 400,00 (inteira), R$ 200,00 (meia) e R$ 220,00 (ingresso social).

Epic: R$ 1.400,00

Unlock (evento voltado para profissionais do mercado de entretenimento): R$ 1.900,00

3º lote – de 1º de agosto até 4 de dezembro

Quinta-feira: R$ 240,00 (inteira), R$ 120,00 (meia) e R$ 140,00 (ingresso social).

Sexta-feira: R$ 300,00 (inteira), R$ 150,00 (meia) e R$ 170,00 (ingresso social).

Domingo: R$ 440,00 (inteira), R$ 220,00 (meia) e R$ 240,00 (ingresso social).

Epic: R$ 1.500,00

Unlock (evento voltado para profissionais do mercado de entretenimento): R$ 2.000,00

CCXP19

Datas: de 5 a 8 de dezembro de 2019

Local: São Paulo Expo (Rodovia dos Imigrantes, km 1,5, Água Funda, São Paulo – SP)

CCXP anuncia os primeiros quadrinistas convidados do Artists’ Alley

Keith Giffen, Alex Maleev e Charlie Adlard vêm ao Brasil pela primeira vez para participar do maior festival de cultura pop do planeta

 A CCXP acaba de confirmar os primeiros participantes convidados do Artists’ Alley em 2019. Os fãs terão a oportunidade de conferir pessoalmente os trabalhos de três grandes artistas dos quadrinhos que vão desembarcar no Brasil pela primeira vez: Alex Maleev, um dos responsáveis pela série “Demolidor”; Keith Giffen, conhecido por seu trabalho em “Legião dos Super-Heróis” e “Liga da Justiça”; e Charlie Adlard, desenhista de “The Walking Dead”. A 6ª edição do maior festival de cultura pop do planeta acontece entre 5 e 8 de dezembro, no São Paulo Expo.

(Foto: Divulgação)

O desenhista e escritor Keith Giffen virá ao Brasil acompanhado da artista James Jameson. Além de seu reconhecido trabalho pela DC, como a cocriação do anti-herói Lobo – que estará na nova temporada da série de TV “Krypton” –, Giffen foi cocriador do personagem Rocket Raccoon, que teve sua estreia em “Marvel Preview Nº 7”, lançada em 1976. Ao entrar em período sabático do mercado de quadrinhos, ele também trabalhou por anos com storyboards para programas de TV e filmes, incluindo animações como “Os Caça-Fantasmas” e “Du, Dudu e Edu”. Keith Giffen estará todos os dias no Artists’ Alley da CCXP e participará de outros painéis e atividades divulgados em breve. Para fazer download do material de divulgação do artista clique aqui.

Alex Maleev terá uma nova oportunidade de conhecer o calor dos fãs brasileiros, após precisar cancelar sua participação na CCXP de 2015. O desenhista e pintor búlgaro é um dos criadores, junto com o roteirista Brian Michael Bendis, da série “Demolidor” – que foi publicada pela Marvel entre 2001 e 2006, vencedora do Prêmio Eisner (o Oscar dos Quadrinhos) na categoria Melhor Série Mensal. Pela DC, o artista foi responsável por ilustrar a série “Batman: Terra de Ninguém”. Na CCXP, Maleev poderá ser encontrado diariamente no Artists’ Alley, além de participar de outras atividades que ainda serão anunciadas. Para fazer download do material de divulgação clique aqui.

O terceiro nome confirmado para o Artists’ Alley é Charlie Adlard. Também fazendo sua estreia na CCXP, o desenhista de “The Walking Dead” passará todos os dias pelo festival. Considerado um veterano no mercado dos quadrinhos, Adlard trabalhou em vários projetos como “Marte Ataca”, “Arquivo X”, “Juiz Dredd”, “Savage”, ‘Batman”, “X-Men” e “Superman”, entre outros.  O artista também se dedicou a projetos que considera ter grande identificação como “Astronauts In Trouble” “Codeflesh”, “Rock Bottom” e White Death”. Para fazer download do material de divulgação basta clicar aqui.

Serviço CCXP

1º lote – até 30 de abril

Quinta-feira: R$ 180,00 (inteira), R$ 90,00 (meia) e R$ 110,00 (ingresso social).

Sexta-feira: R$ 240,00 (inteira), R$ 120,00 (meia) e R$ 140,00 (ingresso social).

Sábado: R$ 360,00 (inteira), R$ 180,00 (meia) e R$ 200,00 (ingresso social).

Domingo: R$ 360,00 (inteira), R$ 180,00 (meia) e R$ 200,00 (ingresso social).

4 dias: R$ 960,00 (inteira), R$ 480,00 (meia) e R$ 540,00 (ingresso social) (SOLD OUT)

Epic: R$ 1.300,00

Full: R$ 8.000,00 (SOLD OUT)

Unlock (evento voltado para profissionais do mercado de entretenimento): R$ 1.800,00

2º lote – de 1º de maio até 31 de julho

Quinta-feira: R$ 200,00 (inteira), R$ 100,00 (meia) e R$ 120,00 (ingresso social).

Sexta-feira: R$ 260,00 (inteira), R$ 130,00 (meia) e R$ 150,00 (ingresso social).

Sábado: R$ 400,00 (inteira), R$ 200,00 (meia) e R$ 220,00 (ingresso social).

Domingo: R$ 400,00 (inteira), R$ 200,00 (meia) e R$ 220,00 (ingresso social).

Epic: R$ 1.400,00

Unlock (evento voltado para profissionais do mercado de entretenimento): R$ 1.900,00

3º lote – de 1º de agosto até 4 de dezembro

Quinta-feira: R$ 240,00 (inteira), R$ 120,00 (meia) e R$ 140,00 (ingresso social).

Sexta-feira: R$ 300,00 (inteira), R$ 150,00 (meia) e R$ 170,00 (ingresso social).

Sábado: R$ 440,00 (inteira), R$ 220,00 (meia) e R$ 240,00 (ingresso social).

Domingo: R$ 440,00 (inteira), R$ 220,00 (meia) e R$ 240,00 (ingresso social).

Epic: R$ 1.500,00

Unlock (evento voltado para profissionais do mercado de entretenimento): R$ 2.000,00

CCXP19

Datas: de 5 a 8 de dezembro de 2019

Local: São Paulo Expo (Rodovia dos Imigrantes, km 1,5, Água Funda, São Paulo – SP)

MIS prorroga exposição Quadrinhos

O Museu da Imagem e do Som – instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo – vai prorrogar a exposição Quadrinhos. Devido ao sucesso de público e a inúmeros pedidos a mostra, que terminaria no dia 31 de março, fica em cartaz até o dia 26 de maio. Inaugurada em novembro de 2018, a exposição já é a terceira mais visitada do museu, tendo recebido mais de 110 mil visitantes. Em Junho, o MIS, em parceria com a Dueto Produções, apresenta a exposição Björk Digital.

Exposição de quadrinhos do MIS é prorrogada. (Foto: Divulgação)

Heróis da Marvel invadem Shopping Jardim Sul

Atração gratuita explora o universo dos personagens das histórias em quadrinhos 

Desde 22 de março, os heróis das histórias em quadrinhos da Marvel tomaram conta da Praça de Eventos do Shopping Jardim Sul. A atração gratuita contará com brinquedos especiais para as crianças* e até mesmo para os adultos que são fãs do HQ.

Em formato de circuito, cada etapa terá atividades que representam as aventuras dos heróis. No módulo do Homem-Aranha, dois prédios interligados desafiam os participantes a testar suas habilidades na parede de escalada com tecnologia interativa e o prédio escorregador. O circuito para o prédio da Viúva Negra abriga obstáculos de cilindros horizontais e escalada de rampa com piscina de bolinhas. 

Shopping Jardim Sul recebe os heróis da Marvel. (Foto: Divulgação)

Para os fãs do Thor, um teste de força com o martelo, que acenderá com maior intensidade o painel de raios à maior força aplicada entre os competidores. Para quem prefere o Capitão América, haverá um minicircuito de treinamento com obstáculos de equilíbrio, coordenação motora e força. 

O container do circuito terá como tema a alta tecnologia do bilionário Tony Stark, o Homem de Ferro. Os participantes terão um tempo cronometrado para concluir o encaixe de componentes soltos em uma bancada de trabalho com uma grande placa de circuito integrado. 

Ninguém da família ficará de fora da brincadeira. Na parte externa do evento, adultos poderão registrar uma simulação radical na escalada do prédio do Homem-Aranha. 

O evento Heróis Marvel estará no Shopping Jardim Sul até 21 de abril e funcionará das 12h às 22h, de segunda a sexta, das 10h às 22h, aos sábados e das 13h às 21h, domingos e feriados. 

*Crianças de 04 a 12 anos. Menores de 05 anos só poderão participar do circuito de atividades acompanhados pelos responsáveis. 

Quadrinhos mensais da Disney voltam ao mercado brasileiro em março

A Editora Culturama é a nova responsável pela publicação das histórias em quadrinhos mensais da Disney no Brasil. A empresa vai publicar, em um primeiro momento, cinco revistas, todas com aventuras inéditas. Entre os personagens principais estão Mickey, Minnie, Donald, Tio Patinhas, Pateta, Margarida, Peninha, entre outros.

As primeiras revistas começam a ser comercializadas em março e iniciarão do número 0. “Pensamos em zerar as edições, pois queremos marcar esse novo momento pelo qual as HQ’s estão passando. Sabemos que esse produto tem uma tradição e não vamos acabar com isso. Convidamos o Paulo Maffia, ex-editor da Abril, para fazer parte da equipe, pois ele tem conhecimento e experiência. Nossa ideia é manter os pontos positivos das revistas que eram produzidas e acertar os pontos negativos”, afirma Fabio Hoffmann, diretor da Culturama.

Quadrinhos da Disney voltam a ser publicados no Brasil. (Foto: Divulgação)

No futuro, a editora pretende ter uma produção própria de histórias em quadrinhos Disney. “Hoje, a maioria das histórias vem da Itália e da Dinamarca, por isso, estamos analisando a possibilidade de criar roteiros aqui no Brasil, principalmente do Zé Carioca, que é um personagem muito querido pelo público” acrescenta Hoffmann.

Sobre as edições colecionáveis em capa dura, que eram produzidas anteriormente, Hoffmann esclarece  que esse tipo de produto não está contemplado no contrato firmado com a Disney. “Temos algumas ideias além das revistas mensais, mas tudo precisa ser aprovado previamente”.