Arquivo da tag: Ray Tracing

Jogos e softwares com tecnologias NVIDIA RTX ultrapassam a marca de 130 títulos

DOOM Eternal, Red Dead Redemption 2 e Rainbow Six Siege estão entre os títulos RTX mais recentes; NVIDIA Reflex está em 12 dos 15 melhores jogos de tiro competitivos

Icarus: desenvolvido por RocketWerkz aprimorado com RTX(Foto: divulgação)

A NVIDIA anunciou que mais de 130 jogos e aplicativos já possuem suporte a tecnologias NVIDIA RTX, incluindo Ray Tracing acelerado por Tensor Cores, NVIDIA Deep Learning Super Sampling (DLSS) e recursos de IA acelerados por Tensor Cores. Além disso, a tecnologia de redução de latência NVIDIA Reflex também é compatível com 12 dos 15 principais jogos de tiro competitivos.

Desde o lançamento das GPUs NVIDIA GeForce RTX, há dois anos, que introduziu uma série de tecnologias que transformaram drasticamente os jogos para PC e a criação de conteúdo, a NVIDIA tem trabalhado em estreita colaboração com desenvolvedores de jogos, fabricantes de aplicativos criativos e órgãos de padrões da indústria para tirar o máximo de proveito dessas inovações e criar o novo padrão para jogos de PC e aplicativos de criação de conteúdo.

“O RTX estabeleceu o novo patamar, com Ray Tracing e NVIDIA DLSS levando a qualidade de imagem e o desempenho a níveis que antes eram inimagináveis”, disse Matt Wuebbling, vice-presidente de marketing global de GeForce da NVIDIA. “Os desenvolvedores que buscam oferecer a melhor experiência possível em jogos de PC contam com as tecnologias NVIDIA para atingir esse objetivo.”

A lista de franquias de jogos, motores gráficos, desenvolvedores de jogos, editores e fabricantes de hardware/periféricos usando tecnologias pioneiras da NVIDIA é extensa: até o momento, mais de 60 jogos RTX suportam Ray Tracing ou DLSS, enquanto outros 20 adotaram o NVIDIA Reflex.

O NVIDIA DLSS aumenta o desempenho em até 2x enquanto mantém uma qualidade de imagem nítida e clara. Isso levou os especialistas da indústria a apelidar a tecnologia de “magia”, por superar a compensação entre desempenho e qualidade de imagem que os fabricantes de GPU tradicionalmente enfrentam.

A adoção da tecnologia DLSS foi rápida, com suporte para Unreal Engine, Unity Engine, vários outros motores gráficos e mais de 50 títulos de jogos. A lista de franquias que usam DLSS para atingir um novo nível de gráficos inclui BattlefieldCall of DutyControlCrysisCyberpunkDeath StrandingDOOM, Final FantasyFortniteMarvel AvengersMetroMinecraftMonster Hunter , OutridersRed Dead RedemptionRainbow SixTomb RaiderWar ThunderWatch DogsWolfenstein e muito mais.

Como parte do ecossistema NVIDIA Studio, 70 aplicativos de criação e design de conteúdo suportam Ray Tracing acelerado por RTX, DLSS ou recursos de IA, como Super Resolução no Adobe Photoshop, Máscara mágica no Blackmagic Design DaVinci Resolve e Remoção de ruído de áudio no OBS .

COMPUTEX 2021 revela ainda mais jogos RTX

A feira comercial COMPUTEX desta semana traz uma enxurrada de anúncios de novos jogos que aumentam a contagem de títulos RTX.

Os jogos apresentados durante a apresentação da NVIDIA ou no evento que receberão Ray Tracing e DLSS incluem The AscentDOOM EternalDYING: 1983IcarusLEGO® Builder’s Journey e The Persistence. Novos jogos que estão acelerando o desempenho usando DLSS incluem Red Dead Redemption 2 e Rainbow Six Siege.

A adoção das tecnologias RTX é um divisor de águas para a indústria de jogos e uma das mais rápidas da história das tecnologias de PC. As tecnologias RTX estão presentes no jogo mais popular de todos os tempos, bem como no maior Battle Royale e no RPG número um.

Para criadores e streamers, o RTX está acelerando o aplicativo de fotografia mais popular, Adobe Photoshop, o aplicativo de edição de vídeo mais popular, Adobe Premiere Pro, o aplicativo de transmissão mais popular, OBS, e todos os principais renderizadores 3D.

NVIDIA Reflex compatível com 12 dos 15 melhores jogos de tiro competitivos

NVIDIA Reflex é um conjunto de tecnologias que medem e otimizam a latência do sistema em jogos competitivos e melhoram a capacidade de resposta do PC, tornando mais fácil para os jogadores mirar nos oponentes e acertar seus tiros. Foi anunciado que o Reflex está chegando em CrossFire HDEscape from TarkovNaraka: Bladepoint e War Thunder.

Apenas nove meses após seu lançamento, 12 dos 15 melhores jogos de tiro competitivos agora suportam Reflex, incluindo Apex LegendsCall of Duty: Black Ops Cold WarCall of Duty: WarzoneDestiny 2EnlistedFortniteOverwatchRainbow SIx SiegeRust e Valorant.

Veja como o ray tracing, o DLSS e o Reflex estão tornando os jogos mais rápidos, mais bonitos e mais responsivos do que nunca, assistindo a um replay da palestra COMPUTEX da NVIDIA.

Apoio amplo dos desenvolvedores:

“Os bloquinhos de Lego são algo que todos conhecem e amam. Ray tracing e NVIDIA DLSS com tecnologia GeForce RTX trazem o mundo LEGO à vida, com visuais impressionantes e desempenho excelente. ” – Mkkel Fredborg, líder de tecnologia no Light Brick Studio, criadores de LEGO Builder’s Journey

“Estamos criando uma experiência imersiva de investigação e resolução de quebra-cabeças, onde eles nunca saberão o que está por vir. O Ray Tracing nos ajuda a fornecer essa imersão com efeitos de iluminação realistas. Já o NVIDIA DLSS oferece desempenho imbatível, então a única coisa com a qual você precisa se preocupar é em descobrir a verdade e escapar da morte.” – XiangYu Luo, CEO da NEKCOM Entertainment, criadores de DYING: 1983

“Esta tecnologia excepcional oferece aos jogadores a experiência mais envolvente já vista no gênero de jogos de sobrevivência. A iluminação global por Ray Tracing dá vida aos mundos feitos à mão de Icarus com outro nível de realismo. NVIDIA DLSS fornece um aumento significativo de desempenho sem qualquer perda na qualidade da imagem graças aos Tensor Cores nas GPUs GeForce RTX, garantindo que nossos jogadores tenham a melhor experiência possível.” – Dean Hall, CEO da RocketWerkz, criadores de Icarus

“Em Rainbow Six Siege, reações em frações de segundo podem ser a diferença entre ganhar e perder. NVIDIA DLSS garante que você tenha o máximo de desempenho e qualidade de imagem para que você sempre tenha a vitória em vista.” – Anthony De Rochefort, programador 3D da Ubisoft, criadores de Rainbow Six Siege

NVIDIA anuncia as GPUs GeForce RTX 3050 Ti e RTX 3050 para notebooks

Novas GPUs tornam mais acessíveis – e portáteis – do que nunca os visuais com Ray Tracing e a melhoria de performance proporcionada pelo DLSS

(Foto: divulgação)

NVIDIA anunciou diversos novos laptops com GPUs GeForce RTX, que oferecem Ray Tracing em tempo real e DLSS movido a IA, para dezenas de milhões de jogadores e criadores de todo o mundo com preços sugeridos a partir de US$ 799. Ainda não há informações de preço ou disponibilidade no Brasil.

Diversos desses notebooks estão equipados com as novas GPUs GeForce RTX 3050 Ti e 3050, trazendo a arquitetura NVIDIA Ampere com Ray Tracing e Tensor Cores dedicados, para um público mais amplo do que nunca. Todos os notebooks gamer com os novos processadores Intel Core de 11ª geração Série H serão equipados com GeForce RTX Série 30.

“Com esse anúncio, agora existem mais de 140 modelos de notebooks com GPUs GeForce RTX Série 30, e cinco vezes mais laptops RTX Série 30 com menos de 18 mm de espessura em comparação com a geração anterior,” disse Mark Aevermann, diretor de gerenciamento de produtos para laptops da NVIDIA.

Oferecendo desempenho excepcional em designs finos e elegantes, os novos laptops RTX são duas vezes mais rápidos que os sistemas da geração anterior, proporcionando uma jogabilidade constante de 60 quadros por segundo a 1080p em títulos populares como Minecraft RTX e Call of Duty: Black Ops Cold War.

NVIDIA Reflex leva os eSports de baixa latência para laptops

Os novos laptops GeForce RTX 3050 Ti possuem portabilidade e poder de sobra para jogos competitivos. Eles podem fornecer mais de 144 FPS e latência de sistema abaixo de 25ms em títulos como OverwatchRainbow Six Siege e Valorant, graças ao NVIDIA Reflex. Sete dos 10 jogos de tiro mais jogados têm suporte ao Reflex. A tecnologia é compatível com toda a linha GeForce RTX Série 30.

Novos efeitos de IA para conferência e stream no NVIDIA Broadcast

Todos os notebooks GeForce RTX Série 30 incluem suporte ao NVIDIA Broadcast, aplicativo que transforma o laptop em um estúdio completo. O Broadcast possui diversos efeitos de IA, como remoção de eco de sala e de ruído dos vídeos, capaz até de eliminar sons de gatos, cães e insetos. Esses efeitos, juntamente com o fundo virtual e o enquadramento automático, agora podem ser usados simultaneamente, oferecendo mais controle e qualidade sobre áudio e vídeo.

Lançamentos de janeiro: Hitman 3, The Medium e mais

O pontapé inicial de 2021 tem o desfechdo em grande estilo da trilogia Mundo de Assassinato de Hitman, a ação retrô de Cyber Shadow e a sombria investigação em realidades paralelas de The Medium, que ganha ainda mais vida com o suporte a Ray Tracing nas placas GeForce RTX.

Confira a lista de lançamentos do mês para PC e as configurações recomendadas para rodá-los, segundo Alexandre Ziebert, gerente de marketing técnico da NVIDIA na América Latina. Vale lembrar que as configurações sugeridas pela NVIDIA podem diferir daquelas anunciadas pelos distribuidores por citarmos os hardwares mais atuais disponíveis no mercado.

Hitman 3 – 20 de janeiro

(Foto: divulgação)

Configuração recomendada pela NVIDIA: Placa de Vídeo NVIDIA GeForce GTX 1660 Super, Processador Core i5 10400 ou Ryzen 5 3600, 16GB de RAM e 80GB de espaço em disco.

Aguardado título que fecha a trilogia Mundo de Assassinato. Viaje para localidades exóticas por todo o globo com missões que podem ser abordadas sorrateiramente ou pelo caos e destruição. Veteranos da série podem importar para o novo jogo as missões de Hitman e Hitman 2, para jogar a edição definitiva da saga do Agente 47.

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=R_Ob-fupzKg

Cyber Shadow – 26 de janeiro

(Foto: divulgação)

Configuração recomendada pela NVIDIA: roda em praticamente qualquer PC atual e requer apenas 250MB de espaço em disco.

Uma carta de amor – e sangue – aos grandes clássicos de plataforma dos consoles de 8 bits, como Ninja GaidenMega Man e Castlevania. Desenvolvido pelos mesmos criadores de Shovel Knight, é a combinação perfeita de nostalgia movida a pixel art com gameplay e mapas detalhados cheios de segredos a explorar.

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=AAjkJJiWTps

The Medium – 28 de janeiro

(Foto: divulgação)

Configuração recomendada pela NVIDIA: Placa de Vídeo NVIDIA GeForce RTX 3060Ti, Processador Core i5 10400 ou AMD Ryzen 5 3600, 16GB de RAM e 55GB de espaço em disco.

Um thriller psicológico sombrio com no qual você precisa usar seus poderes psíquicos para desvendar mistérios em duas dimensões paralelas: a material e a espiritual, esta uma versão sombria da realidade.

O jogo também conta com uma trilha sonora “dual”, composta em paralelo por Arkadiusz Reikowski (Layers of Fear) e Akira Yamaoka (Silent Hill).

The Medium fica ainda mais imersivo no PC com Ray Tracing, então prepare sua GeForce RTX!

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=tTAz758Vt88

Novos quatro jogos ganham mais FPS graças ao NVIDIA DLSS

NVIDIA anuncia que mais quatro jogos receberam suporte à sua tecnologia DLSS, que aumenta significativamente a taxa de atualização de quadros, assim como a definição das imagens.

O grande lançamento do momento, Call of Duty: Black Ops Cold War, já chegou com Ray Tracing DXR, Reflex, Ansel e Highlights. O DLSS proporciona um aumento de até 85% no FPS em 4K, garantindo aos proprietários de uma GeForce RTX a melhor experiência disponível.

Mas o DLSS não aprimora apenas grandes blockbusters; títulos independentes também podem se beneficiar da tecnologia, como mostram esses três jogos adicionais com suporte ao DLSS:

  • War Thunder – performance acelerada em até 30% em 4K
  • Enlisted – performance acelerada em até 55% em 4K
  • Ready or Not – performance acelerada em até 120% em 4K

Movido à RTX Tensor Cores, DLSS é uma nova rede neural de deep learning que aumenta a taxa de atualização de frames ao mesmo tempo em que proporciona imagens mais nítidas aos games para gameplay de alta performance em com Ray Tracing.

Fortnite ganha o mapa “RTX Deathrun”

Nesta quarta (18), chega ao popular Battle Royale o mapa “RTX Deathrun”, criado por Shride e Pimit. Ele poderá ser acessado no modo criativo de Fortnite pelo código 2623-0157-9251.

Nessa corrida da morte, os jogadores encontrarão diversos exemplos de Ray Tracing: o primeiro ambiente, Shattered Reality, ganha vida através de reflexos incríveis; em Mystic Cave, a iluminação fica mais realista do que nunca graças às sombras em Ray Tracing; e, com a iluminação global em Ray Tracing, a Military Base adquire luz indireta em tempo real, ganhando ainda mais detalhes. Enquanto exploram esses ambientes, os jogadores precisam evitar obstáculos e tentar terminar a corrida o mais rápido possível.

Novo GeForce Game Ready Driver melhora performance de CoD: Black Ops – Cold War e leva Reflex a Destiny 2

‘Call of Dutt: Black Ops Cold War’ ganha mais performance com nova placa GeForce Game Ready Driver. (Foto: divulgação)

A experiência de jogar um shooter aclamado de próxima geração com gráficos incríveis estará disponível para jogadores com uma GeForce em Call of Duty: Black Ops – Cold War, graças ao suporte a Ray Tracing e de tecnologias exclusivas da NVIDIA como DLSS e Reflex. E, assim como sempre acontece quando um grande título chega ao PC, quem tem placa de vídeo GeForce pode contar com a otimização via Game Ready Driver no dia do lançamento.

Vale lembrar que quem adquirir uma GeForce RTX 3080 ou GeForce RTX 3090 dos fabricantes autorizados até 10 de dezembro vai ganhar gratuitamente o jogo.

Além de proporcionar a melhor experiência para Assassin ‘s Creed Valhalla e Godfall, o driver também disponibiliza o NVIDIA Reflex em Destiny 2. Agora, o jogo co-op da Bungie conta com um aumento na velocidade de resposta que pode chegar a até 49%. O driver também valida quatro novos monitores compatíveis com G-SYNC.

Quatro novos monitores compatíveis com G-SYNC

No programa de compatibilidade com G-SYNC, a NVIDIA trabalha junto com os fabricantes de monitores para validar a experiência nos aparelhos compatíveis com o protocolo AdaptiveSync. Aqueles que passam são certificados como “Compatível com G-SYNC”. Para uma lista completa de monitores compatíveis com G-SYNC, clique aqui.

Os novos monitores validados são Acer CP3271U V, Asus XG27AQ, MSI MAG274QR e Xiaomi Mi 245 HF, dando aos jogadores ainda mais opções para reprodução de jogos em alta qualidade.

Fortnite com RTX ON! Ray Tracing chega a um dos jogos mais populares do planeta

NVIDIA e a Epic Games levam ao game visuais incríveis, NVIDIA DLSS e a nova tecnologia NVIDIA Reflex a milhões de jogadores

Ray Tracing chega ao Fortnite. (Foto: divulgação)

A NVIDIA e a Epic Games anunciam que Fortnite – um dos Battle Royale mais populares do mundo e fenômeno cultural com mais de 350 milhões de jogadores – está recebendo suporte ao Ray Tracing, à NVIDIA DLSS e a outras tecnologias inovadoras, tornando o game mais bonito e ainda melhor de jogar.

A novidade foi apresentada hoje como parte do evento especial GeForce, no qual o fundador e CEO da NVIDIA, Jensen Huang, revelou as novas GPUs GeForce RTX Série 30.

“A Epic Games está transformando o Fortnite, que já é uma sensação da cultura pop, em uma vitrine de como os jogos competitivos vão melhorar com a tecnologia”, disse Matt Wuebbling, vice-presidente de marketing global da GeForce da NVIDIA. “Os jogadores do Fortnite estão prestes a experimentar os visuais impressionantes com Ray Tracing, taxas de quadros aceleradas por IA com a tecnologia NVIDIA DLSS e nosso novo pacote de tecnologia de eSorts de baixa latência, o NVIDIA Reflex.”

As GPUs NVIDIA RTX são as únicas no mercado com suporte de hardware para Ray Tracing e IA. Os jogadores irão experimentar esses recursos em todos os modos Fortnite, bem como em um novo mapa de modo criativo especial, chamado RTX Treasure Run, que foi projetado especificamente para destacar o Ray Tracing.

“A GeForce RTX Série 30 é a prova da dedicação da NVIDIA ao Ray Tracing e à Inteligência Artificial”, disse Marcus Wassmer, diretor de engenharia de gráficos da Epic Games. “O Ray Tracing de segunda geração, o uso inovador de IA com DLSS e um grande aumento de desempenho bruto tornam a GeForce RTX Série 30 uma potência verdadeiramente impressionante para a tecnologia gráfica em jogos.”

Ray Tracing chega ao Fortnite:

Fortnite vai adicionar quatro novas funções de Ray Tracing para uma experiência mais imersiva:

  • Reflexos – Recria a forma como a luz reflete em superfícies brilhantes e metálicas, incluindo espelhos naturais lisos, como vidros de janela, e superfícies mais ásperas, como metal escovado.
  • Sombras – Modela com precisão o sombreamento em muitas superfícies enquanto aprimora a superfície e os detalhes de contato, e corrige problemas associados às técnicas tradicionais de sombra.
  • Iluminação global – Calcula a iluminação do mundo com uma precisão cada vez maior, iluminando ambientes, jogadores e personagens de Fortnite com detalhes, fidelidade e clareza sem precedentes.
  • Oclusão de ambiente – Onde objetos ou superfícies se encontram, a luz é ocluída, criando sombras sutis que podem destacar o menor dos detalhes da superfície.

Com tudo isso, o Ray Tracing trará um novo nível de detalhe e realismo aos modos Battle Royale, Creative e Save the World de Fortnite.

Usando IA para aumentar o desempenho e a qualidade da imagem no Fortnite

O NVIDIA DLSS, que usa IA e é alimentado por RTX Tensor Cores, é uma rede neural de deep learning que aumenta as taxas de quadros e gera belas e nítidas imagens para os jogos. Ele fornece aos jogadores mais desempenho para maximizar as configurações de qualidade e aumentar a resolução de saída.

NVIDIA Reflex chega ao Fortnite

Fortnite é um dos primeiros jogos a oferecer suporte a NVIDIA Reflex, que mede e reduz a latência do sistema. O Reflex permite que os jogadores melhorem a capacidade de resposta, aumentem a precisão da mira e ajustem seu sistema para a batalha.

“A tecnologia NVIDIA Reflex fornece aos desenvolvedores novos recursos para minimizar a latência em seus jogos. Estamos observando uma excelente capacidade de resposta e controle do jogador com o Fortnite rodando na GeForce RTX Série 30 ”, disse Nick Penwarden, vice-presidente de Engenharia da Epic Games.

Latência do sistema é o tempo que leva para as ações de um jogador aparecerem como pixels no monitor. Em títulos como Fortnite, o modo de baixa latência NVIDIA Reflex reduz dinamicamente a latência do sistema em até 42% em cenários vinculados à GPU.

Novo mapa Fortnite RTX Treasure Run mostra o Ray Tracing

A NVIDIA e a Epic colaboraram com os principais criadores de conteúdo do Fortnite no novo mapa RTX Treasure Run, que destaca as novas tecnologias que Fortnite está recebendo. O mapa coloca os jogadores na entrada de um museu, onde são desafiados a uma caça ao tesouro que destaca diferentes efeitos de Ray Tracing.

Ao longo do caminho, os jogadores podem explorar um corredor de espelhos, um castelo medieval e uma selva, além de escalar uma estátua gigante e explorar um laboratório de ciências reduzido para descobrir a maioria dos tesouros no menor espaço de tempo. RTX Treasure Run estará disponível em breve.

Os novos recursos serão lançados em breve no Fortnite Capítulo 2 – Temporada 4 para jogadores de PC e farão de Fortnite um título emblemático para tecnologias de jogos de última geração.

Cyberpunk 2077 terá suporte a Ray Tracing e NVIDIA DLSS 2.0 no lançamento

(Foto: Divulgação)

Com um enredo envolvente, jogabilidade expansiva em mundo aberto e gráficos impressionantes, Cyberpunk 2077 tem tudo para ser um marco na história dos videogames. A NVIDIA revela que Cyberpunk 2077 terá suporte a sua tecnologia DLSS 2.0, que aprimora o desempenho e a qualidade gráfica, e detalha como o jogo usará o Ray Tracing.

Os jogadores encontrarão os seguintes recursos de Ray Tracing em Cyberpunk 2077 já no lançamento:

  • Oclusão ambiental por Ray Tracing – A oclusão ambiental é uma técnica de sombreamento e renderização usada para calcular a exposição de cada ponto de uma cena à iluminação ambiente. O resultado é um efeito de sombreamento difuso, que escurece as áreas fechadas e protegidas e aprimora o tom geral da imagem renderizada. Em Cyberpunk 2077, a oclusão ambiental por Ray Tracing também pode ser usada com iluminação local para aproximar os efeitos locais de sombra onde as sombras não aparecem.
     
  • Iluminação difusa por Ray Tracing – Essa técnica é usada para capturar o brilho do céu, bem como a iluminação emissiva de várias superfícies, o que é difícil de obter com as técnicas tradicionais de renderização.
     
  • Reflexos por Ray Tracing – Em Cyberpunk 2077, os reflexos por Ray Tracing são usados em todas as superfícies e podem rastrear feixes de luz por vários quilômetros. Eles estão presentes em objetos opacos e transparentes para simular a maneira como a luz reflete de superfícies brilhantes e metálicas. Isso inclui espelhos naturais lisos, como vidros de janelas, e também superfícies mais ásperas, como metal escovado. Diferentemente das técnicas de “screen space”, que podem refletir apenas o que está na tela, o Ray Tracing incorpora toda a cena ao redor do personagem e pode representar com precisão objetos fora da visão da câmera.
     
  • Sombras por Ray Tracing – Cyberpunk 2077 apresentará sombras direcionais do sol e da lua. Essas sombras buscam ser fisicamente precisas e até mesmo levar em conta a dispersão da luz nas nuvens. As sombras podem ser aprimoradas na versão final para oferecer suporte a outros tipos de fontes de luz quando necessário.

O Ray tracing e o NVIDIA DLSS 2.0 deverão estar disponíveis no lançamento em 19 de novembro de 2020.

Cyberpunk 2077 é um dos jogos mais esperados de todos os tempos”, disse Jason Paul, vice-presidente de marketing da plataforma GeForce da NVIDIA. “Combinando a incrível capacidade de contar histórias e a impressionante arte da CD PROJEKT RED, o Ray Tracing com RTX e o NVIDIA DLSS 2.0 ajudam a tornar Cyberpunk 2077 um dos jogos obrigatórios de 2020.”