Arquivo da tag: República Tcheca

Destino tchéquia: Experiências Tchecas Favoritas

(Foto: Divulgação)

Cada viajante vive os destinos de maneira diferente, e não há nada melhor para entender ou planejar uma viagem do que ouvir sugestões de outros viajantes. Queremos que deseje o nosso destino e é por isso que convidamos Joaquin del Palacio, geógrafo, professor e diretor do programa mexicano “A rota do viajante”, para compartilhar seus “favoritos tchecos” e dar uma ideia de tudo o que você poderá vivenciar no destino:

Há uma crença entre os viajantes: quem visita mais países ganha. No entanto, o viajante encontra a verdadeira grandeza em momentos, lugares e sensações completas. É isso que o leva a obter sucesso na viagem. Os destinos são contados por memórias inesquecíveis.

A República Tcheca está colocada entre os melhores destinos para sentir sensações em lugares e viver momentos muito especiais, tanto nas cidades quanto na natureza, em hotéis e restaurantes.

(Foto: Divulgação)

Sonhos felizes!

Nunca esquecerei de ter pernoitado em um hotel de cinema. Sim, porque no Grandhotel Pupp, no centro da cidade termal de Karlovy Vary, onde todos os anos é realizado o Festival Internacional de Cinema e fotos de estrelas de Hollywood adornam suas paredes. Não é apenas um excelente hotel, é quase um palácio, mas também me fez sentir especial e me transportou para outra era … Seu cassino, o spa ou seu belo teatro de bolso, além de seu estilo elegante e sua bela sala ficaram gravados. na minha memória.

Na Tchéquia dormi nas nuvens… Uma experiência difícil de conseguir! Muito perto de Liberec fica o pico Ještĕd e, no topo deste pico, está o icônico e cônico hotel Jested que parece ser uma nave espacial. Seu brilho metálico é visível a quilômetros. Localizado no pico que dá nome, é acessado até sua porta por uma estrada panorâmica.

É um edifício único que ganhou prêmios. Permanece praticamente intacto desde a sua inauguração, e alguns quartos mantenham a mesma decoração. As vistas de 360º mudam a cada momento, de acordo com a luz e o céu. Mas o melhor da estadia veio ao acordar, abrir a cortina e olhar pela janela … Tudo estava branco! Estava nublado. Uma grande nuvem de algodão foi meu edredom.

(Foto: DIvulgação)

Boa mesa

A gastronomia é um estímulo para viajar à República Tcheca. Caracteriza-se por um excelente custo-benefício e pela excelência de alguns de seus pratos, como goulash, truta ou pato. Este pássaro é preparado lindamente, tanto que é quase impossível evitar pedir ao abrir o cardápio. Durante uma viagem de quatro dias provei quatro vezes! E, claro, uma delícia com vinho da Morávia ou com cerveja que é fantástica!

A mais consumida na Espanha sempre foi a loira e do tipo Pilsen. No final da visita à fábrica na cidade de Pilsen, aumenta o desejo de prová-la: uma cerveja não filtrada, na temperatura ideal, não tão fria quanto na Espanha, e dentro da fábrica. Ninguém conseguia pensar que esse momento seria inesquecível. Aquele aroma, o sabor rico que permanece na boca por um longo tempo, até sua imagem com aquela curiosa turbidez formaram uma das surpresas da viagem.

(Foto: Divulgação)

Natureza selvagem

A natureza tcheca encanta por suas boas condições e impressiona pela quantidade de paisagens protegidas que possui. E é por isso que é fácil acumular experiências únicas. Entre todas as lembranças escolho essas, acima de tudo: uma rota, um arco de pedras e uma tempestade.

No Parque Nacional da Boêmia Suíça, há um itinerário que começa em Hřensko, percorre o rio Kamenice e até mesmo navega em uma parte através de um desfiladeiro intransitável. Depois se atravessa um povoado  que serve como ponto de apoio. Através de uma longa caminhada pelas florestas, chega-se a um lugar verdadeiramente impressionante: o Portão Pravčice. Um espetacular arco de pedra de 21 m de altura e 27 de largura que deixa todo mundo admirando. É uma das paisagens mais bonitas da Europa.

As florestas ao redor de Dĕčín escondem muitas surpresas … Procurando acomodações, um velho hotel decadente de madeira em decomposição  emergiu das árvores, digno de um filme de terror, ao lado de um lago cheio de patos onde eu me banhei em suas águas, nos últimos raios de sol  que se refletia nele. No entanto, ao anoitecer, tudo mudou. Da janela havia um vislumbre de uma tempestade sobre a floresta. Aproximando-se lentamente. Raios, trovões e relâmpagos sacudiam as paredes da sala.

A aventura completa está disponível em:

https://destinotchequia.com/articulos/minhas-experincias-tchecas-favoritas

Três destinos naturais para receber a primavera na República Tcheca

Venha receber a primavera com as melhores vistas e paisagens inigualáveis das montanhas tchecas. Que os raios do sol o encham de energia e o motivem a descobrir todas as coisas que você pode viver entre as rochas e a natureza. Compartilhamos 3 destinos naturais na República Tcheca que oferecem paz, alegria e muita diversão.

Krkonoše

(Foto: DIvulgação)

Cristas rochosas, geleiras, vales com florestas e rochas, caminhos equipados para excursões a pé e de bicicleta, cachoeiras, prados de montanha e inúmeras vistas magníficas – tudo isso você pode ver nas montanhas mais altas da República Tcheca: Krkonoše. Não se esqueça de fazer uma excursão à Sněžka (1.603 m), a montanha mais alta da Tchéquia. Se você não quiser subir, pegue o teleférico que o levará de Obří důl em Pec pod Sněžkou à estação Rhoražová Hora, que fica a meio caminho. De lá você pode continuar a ascensão até o topo da Sněžka ou subir a pé esse trajeto final. Não deixe de visitar a nascente do rio Elba, as cachoeiras de Pančavský e Labský na encosta de Labský důl; a cachoeira Mumlavský vodopád perto de Harrachov também é interessante.

Krušné hory

(Foto: Divulgação)

As montanhas de Krušné hory estão localizadas na Boêmia Ocidental e suas colinas, florestas profundas e vastas pastagens proporcionam um aspecto inigualável. Você pode fazer caminhadas a pé e de bicicleta pelos imensos planaltos e planícies e ao mesmo tempo visitar relíquias técnicas, castelos e palácios ou spas admiráveis. Decida escalar a montanha mais alta da cordilheira de Krušné hory; Klínovec. Lá você encontrará um mirante de 24 metros e um hotel já fechado. O hotel e o mirante são os edifícios mais antigos e mais altos das montanhas Krušné hory. Essas montanhas também são excepcionais por suas relíquias técnicas que nos lembram a antiga tradição da extração de minério de ferro e a história mais contemporânea das minas de carvão. Nas galerias das minas Starý Martin, na cidade de Krupka, e Lehnschafter em Mikulov, perto de Teplice, você pode visitar algumas antigas galerias da mina de prata e estanho.

Šumava

(Foto: DIvulgação)

Florestas e prados aromáticos, turfeiras sem fim, lagos glaciais, panoramas cheios de montanhas e colinas; esta é Šumava, que se estende até a Boêmia do Sul. Aqui também, como em Krušné hory, você encontrará relíquias técnicas. Uma raridade genuína em Šumava (e não apenas nela) são dois canais de navegação artificiais que foram construídos para selecionar e transportar madeira de florestas de difícil acesso. Šumava oferece acima de tudo belezas naturais. Uma caminhada ao longo da nascente do rio Moldava, os famosos lagos glaciais, Černé a ertoertovo (Lago Negro e Lago do Diabo), ou a turfeira Jezerní, certamente será cativante. Decida subir a montanha Poledník com seu mirante e uma bela vista panorâmica. Uma das mais belas rotas que o guiarão pela natureza de Šumava é o caminho chamado stezka Povydří. Começa na cidade de Antýgl e termina em Čeñkova Pila. Leve sua família à popular região recreativa que se estende ao redor da barragem de Lipno. Depois, percorra o caminho único através dos topos de árvore: Stezka v korunách stromů, onde você encontrará um centro de escorregadores e tirolesas.

Páscoa ao estilo tcheco

A primavera chega e com ela o feriado da Páscoa. Em todo o mundo, as tradições variam um pouco, mesmo que os motivos sejam os mesmos. Convidamos você a conhecer a tradicional Páscoa tcheca

A Páscoa tradicional

O evento mais popular é chamado de Páscoa na região de Valašsko e é comemorado em Rožnov pod Radhoštěm, na Morávia Oriental. Este ano, a festa começará no dia 6 de abril (sábado) com uma tradicional feira de artesanato. Lá você pode ver como é feita a pomlázka – uma das tradições tchecas cujas raízes remontam à era pagã. Na segunda-feira de Páscoa, os meninos andam em pomlázka. Isso significa que eles vão de casa em casa visitando suas jovens vizinhas e lhes dando uma surra simbólica com  uma trança de galhos de salgueiro. Nos tempos antigos, essa surra servia para garantir a fertilidade, mas significado original desapareceu. A tradição, no entanto, permanece e os meninos sempre recebem algo doce como recompensa.

Kopec (a colina alegre), na Boêmia Oriental, também tem muito a oferecer. Nos dias 14 a 17 de abril, as casas são decoradas para a Páscoa e uma equipe vestida no estilo da época explicará os costumes folclóricos tradicionais.

Mercado de Páscoa em Praga

Praga celebrará a Páscoa com a maior feira da República Tcheca. A feira da primavera na Praça da Cidade Velha oferecerá festividades populares, amostras de costumes e artesanato tradicionais e comida saborosa também.

Dezenas de quiosques venderão itens típicos da Páscoa, como ovos pintados à mão ou doces em forma de cordeiro, presentes e decorações. O programa altamente popular e a oferta de pratos típicos tchecos reforçam  os costumes tchecos.

Cresce o turismo de brasileiros na República Tcheca País é o principal emissor na América Latina

República Tcheca cresce no gosto dos brasileiros. (Foto: Divulgação)

Com a entrada de 60,858 brasileiros em 2019, a República Tcheca contabiliza 5,50% de crescimento na entrada de visitantes do Brasil, em comparação com 2018. Posicionado como maior exportador de turistas da América Latina com 30,62% do mercado, o Brasil é seguido pelo México, segundo colocado, que tem uma fatia de 22,63% e mostrou crescimento de 3,96% . Todos os demais países da região somam 46,75% do montante de turistas da América Latina, região que enviou 198.731 viajantes para terras tchecas.

Tais números são tão mais expressivos especialmente se levarmos em conta as dimensões do país, a distância e a ausência de vôos diretos e a não contabilização de turistas brasileiros portadores de dupla cidadania e que entram no país como europeus. O crescimento de 5,50% ainda reverte o sinal negativo de 2018 quando nosso mercado reduziu em 9,67% a emissão de turistas para a República Tcheca.

Praga continua a ser a cidade mais visitada da República Tcheca, mas outras cidades como Karlovy Vary, Cesky Krumlov e Brno ganharam espaço e apresentam fatias maiores do número de turistas brasileiros no país.

Carnaval 2020, alegria na Tchéquia

2020 começa e temos uma ideia fantástica para celebrar o final do inverno e o início da primavera. Venha para a República Tcheca e desfrute de nosso carnaval, festivais históricos que farão você aproveitar completamente o destino. Aqui 3 das principais celebrações :

Carnaval Unesco: na região de Hlinsko.

O carnaval é festejado em quase todos os lugares da República Tcheca, mas na região de Hlinsko o costume é mantido há mais de 100 anos. A tradição pagã sobrevive até hoje graças às famílias, que a passam de geração em geração. Também graças a eles é esse costume inscrito na lista da UNESCO como patrimônio intangível. As peregrinações de carnaval nesta área têm suas regras claras. Cada casa é visitada sucessivamente e recebida com doces e álcool, o que representa o desejo de sorte e saúde durante todo o ano. As festividades começam no último final de semana de janeiro e se estendem até 3 de março. Você também pode visitar o museu ao ar livre Veselý Kopec para aprender mais sobre a história dessas festas e ver uma coleção de máscaras tradicionais.

Praga.

A cidade se veste de alegria e longe do frio do inverno com esta festa. De 22 a 25 de fevereiro, as ruas da capital receberão grupos de pessoas com trajes de dança, palhaços e acrobatas. Além das festas de rua, o festival oferece uma série de shows e danças com espírito aristocrático, a corrida dos porcos de ouro pelas ruas de Praga ou mostras da culinária típica do carnaval. Algumas atividades serão realizadas no Palácio Clam-Gallas, onde se apresentaram, entre outros, compositores como Wolfgang Amadeus Mozart ou Ludwig van Beethoven. No dia 25, tudo termina com a festa do Carnaval da Boêmia.

Cesky Krumlov.

No passado, o tempo do carnaval era uma celebração de prazeres. Havia banquetes nas cortes reais, festas nas cidades e matança de porcos nas aldeias – e tudo terminava com uma festa à fantasia na terça-feira de carnaval, véspera da quarta-feira de cinzas. Bem, tudo isso continua a acontecer, uma vez por ano, na cidade de patrimônio mundial: Cesky Krumlov. Um desfile de máscaras percorre as ruas medievais, acompanhado por artistas de rua, menestréis e música, todos cercados por festas, banquetes, exposições históricas e muito mais. De 22 a 25 de fevereiro, você não pode perder essas experiências que o levarão a desfrutar hoje dos prazeres do passado.

Tchéquia para enamorados

Estamos iniciando 2020 e para deixar um pouco de lado o  inverno frio, queremos aquecer todos os amantes com várias ideias para celebrar o amor em um dos destinos mais românticos do mundo, a República Tcheca.

O Dia dos Namorados, o chamado Valentine’s Day, está chegando e a República Tcheca, sem dúvida, é um dos melhores lugares para passar o esse dia com seu parceiro. Você pode passear pelas ruas românticas da velha Praga, fazer selfies românticas na Ponte Carlos ou sair para os arredores de Praga e viver momentos únicos.

Aqui, dicas e ideias para aproveitar nosso destino com seu par:

Praga: passeios românticos e comida excelente.

Praga e suas ruelas históricas são muito apropriadas para um passeio romântico de casais. A ilha Kampa em Malá Strana é um dos lugares mais mágicos de Praga. Oferece uma bela vista do calçadão de Smetanovo nábřeží, com a Ponte Carlos e o Teatro Nacional. Além disso, você também encontrará a ponte dos amantes – é a ponte mais antiga do córrego Čertovka e os amantes costumam prender cadeados com os nomes nas grades e jogar as chaves no rio.

De Kampa, você pode passear na mais antiga ponte preservada de Praga – a Ponte Carlos, onde reina uma atmosfera inesquecível, tanto à noite quanto ao amanhecer. De lá, você também pode ver o maior complexo de castelos do mundo – o Castelo de Praga.

Quando cansar de caminhar, recomendamos que você reserve uma mesa em um dos melhores restaurantes de Praga. No bairro Malá Strana, você pode ir ao restaurante U Zlaté studně, onde você desfrutará não apenas de uma refeição saborosa, mas principalmente da bela vista de Praga das cem torres, onde há uma parede coberta com plaquinhas de ouro de 18 quilates. Satisfaça os seus gostos também no Restaurante Alcron, que desde 2012 mantem a estrela Michelin! Seu interior elegante, projetado no estilo art déco, com sua lareira de mármore original dos anos 30, é muito propício para desfrutar do jantar do dia dos namorados. Você também pode optar por passar o Dia dos Namorados no restaurante do hotel Four Seasons, com muito estilo e “à italiana”.

Romantismo por toda a República Tcheca.

O dia dos namorados também pode ser comemorado em outras partes da República Tcheca. Por exemplo, em Pivní lázně Štramberk – o spa de cerveja Štramberk localizado no norte da Morávia promete um programa muito especial para o Dia dos Namorados. Outro spa da cerveja fica em Karlovy Vary, na Boêmia Ocidental (o primeiro spa da cerveja que oferece horas relaxantes em barris enormes de capacidade de mil litros), outro também em Harrachov, em Krkonoše, outro em Kutná Hora, uma hora a leste de Praga de carro. E se preferir vinho, visite o spa de vinhos em Hustopeče ou Lednicko-valtický areál (área de Lednice-Valtice) que, graças à sua superfície de 283,09 km2, é considerada a maior paisagem feita pelo homem da Europa e provavelmente, também no mundo. E o mais importante: na parte subterrânea do Palácio Valtice  há uma exposição com degustação preparada pelo Salão do Vinho da República Tcheca.

Praticamente todos os hotéis de bem-estar na República Tcheca oferecem pacotes interessantes para comemorar o Dia dos Namorados, então simplesmente relaxe com seu par na atmosfera romântica do palácio aristocrático Mcely na Boêmia Central, no Omnia design hotel em Janské Lázně em Krkonoše ou no hotel Maximus Resort perto da barragem de Brněnská.

Você também pode celebrar o Dia dos Namorados de uma maneira não tradicional, passando a noite dos amantes em locais naturais românticos, por exemplo, em Prachovské skály (as rochas de Prachovské), apreciando o pôr do sol na Pravčická brána (a torre Pravčická), observando a paisagem do ponto de vista de Máj, na Boêmia Central, localizado perto da vila Teletin, acima do antigo orgulho de Svatojánské (as correntes de São João). É uma das mais belas vistas do rio Moldava.

Sabores de Natal na Tchéquia

Está na Tchéquia ou pretende celebrar as festas de Natal por lá?  Então certamente  vai provar os biscoitinhos de Natal bem como o prato tradicional da véspera de Natal – sopa de peixe e carpa frita com salada de batata.

O Natal já está batendo às portas e, se você passar na República Tcheca, experimentará uma boa dose de emoções e, acima de tudo, provará muitos tipos de comida. De acordo com as tradições locais, o jantar da véspera de Natal deve incluir sete ou até nove pratos. Compartilhamos alguns desses sabores tradicionais:

  1. Sopa de peixe

O jantar na véspera de Natal, tanto no restaurante quanto na casa dos amigos, sempre começa com sopa de peixe. Esta sopa é feita com a cabeça e a carne de carpa, vegetais, água e especiarias. De acordo com as superstições locais, você não deve deixar a mesa antes que todos terminem de comer, pois sso garante a unidade familiar por mais um ano. Uma escama de peixe embaixo do seu prato é outro costume tcheco. A lenda diz que se fizer isso, o ano inteiro não lhe faltará dinheiro.

2. Carpa como prato principal

O prato principal típico da República Tcheca é a carpa frita com salada de batata. O peixe tem seu lugar na mesa de Natal há várias centenas de anos, com base nos costumes cristãos. Antes, havia várias maneiras de preparar a carpa – “a la azul” (fervida com vinagre diluído ou vinho branco com vegetais de raiz) ou “a la negra” (em um molho doce de geléia e pão de mel); Mas a carpa frita é a mais popular. A requintada salada de batata tcheca é o melhor acompanhamento.

Onde em Praga você pode saborear o cardápio de Natal? Experimente o restaurante do palácio em Krč Chateau St. Havel, o restaurante U Modré kachničky localizado numa ruela estreita em Malá Strana, ou o restaurante francês que fica na Casa Municipal e tem mais de cem anos de tradição.

3.Adoce seu Natal

Que seria do Natal sem os doces preparados durante o Advento? Você pode experimentá-los não apenas nos mercados de Natal, mas também em vários cafés, confeitarias e padarias. As pequenas meias-luas de baunilha e biscoitos linzer são os mais populares. A trança de Natal “vánočka” é um pão doce especial preparado a partir da massa levedada com passas e amêndoas. A forma do “vánočka” copia a imagem do menino Jesus enrolado em um cobertor e é um símbolo de nova vida e fertilidade. O “vánočka” é muito popular não apenas no Natal, mas também para acompanhar o café com leite, lanche ou no café da manhã.

E aqui um presente para todos vocês, a receita tradicional e secreta dos doces checos de Natal:  chifrinhos / meia-lua de baunilha.

  • 280 g de farinha refinada
  • 200 g de manteiga
  • 100 g de açúcar
  • 120 g de nozes moídas
  • Açúcar de baunilha e açúcar de confeiteiro para cobrir os chifrinhos.

a) Adicione a manteiga derretida, o açúcar e o açúcar de baunilha à farinha refinada. No final, adicione as nozes raladas. Faça uma massa e deixe descansar um pouco na geladeira.

b) . Forme com essa massa um cilindro com 2 cm de diâmetro, e corte fatias uniformes. Com a mão, prepare as meias-luas e coloque-os na assadeira com papel manteiga. Asse por 10 ou 15 minutos no forno previamente aquecido a 150 ° C, até que os biscoitos fiquem dourados. Ainda quente passe em açúcar.

República Tcheca lança página especial de Natal, em português

Na República Tcheca, as festas de Natal são cercadas por uma atmosfera mágica. Boa comida, belas paisagens, árvores naturais adornadas com artesanato, canções e brincadeiras nas ruas e inúmeras atividades. E agora, quem quiser saber mais sobre o Natal tcheco, pode ver informações detalhadas em uma página web totalmente em português.

O escritório de Turismo da República Tcheca acaba de lançar uma página web dedicada ao Natal. São dicas, costumes, curiosidades e agenda de eventos tudo 100% em português. Para acessar basta ir ao link https://www.czechtourism.com/pt/a/christmas/

Aqui, alguns destaques do Natal na Tchéquia.

A atmosfera das festividades de Natal começa já no final de novembro, quando os mercados do Advento animam todas as praças do país. Nas barracas atraentes, você pode provar mais uma vez as iguarias tradicionais, como o rolo de amêndoa (trdelník) ou a bebida antiga de hidromel, ou comprar decorações de Natal. Ao som das canções natalinas, você mergulhará na atmosfera festiva.

Este ano, você encontrará o mercado do Advento de Praga na praça da Cidade Velha, a partir de 29 de novembro, quando serão acesas as luzes da árvore de Natal. Os mercados da histórica cidade de Olomouc, a única cidade da República Tcheca onde é servido o autêntico Ponche de Nuremberg, são muito visitados. Não perca o charme de inverno da cidade da Morávia, premiada pela prestigiada Lonely Planet com o título de pérola escondida da Europa.

Nas ruas surgem diabos e anjos e os tchecos celebram São Nicolau 

Na véspera de sua data onomástica, em 5 de dezembro, antes das crianças abrirem seus presentes de Natal, São Nicolau os presenteará com um pequeno presente. Vestido de vermelho e com o bastão pastoral na mão, acompanhado por sua comitiva de anjo e demônio, você o encontrará andando pelas ruas e entrando de casa em casa. As crianças que foram boas ao longo do ano receberão guloseimas e o diabo assustará aos travessos e lhes dará carvão e batatas. A tradição dos doces baseia-se na lenda de São Nicolau que morava na cidade de Myra (na atual Turquia) e, de acordo com a história, jogou de uma janela dinheiro para uma família pobre, que assim livrou-se das suas dívidas.

Em 5 de dezembro, na véspera da festa de São Nicolau, haverá programas especiais nas praças onde as crianças podem cantar uma música ou dizer um verso para receber uma doce recompensa.

Na Noite Feliz não pode faltar a árvore, a carpa e o Menino Jesus

O período natalino culmina com o jantar da véspera de Natal, em 24 de dezembro, quando toda a família se reúne em volta da mesa. Ao lado da árvore com as luzes ou velas acesas, os convidados cantam canções de natal, cortam maçãs para dar sorte ou o futuro é adivinhado de acordo com a imagem que o chumbo derretido deixa na água. Na mesa, não pode faltar a carpa fresca à milanesa ou frita. Nos últimos tempos, legumes e nozes prevalecem. Você pode saborear o menu especial de Natal em muitos restaurantes. Outra tradição está em jejuar ao longo do dia que termina com o farto jantar. Diz-se que, se alguém aguentar ficar sem comer, verá o porquinho de ouro. No entanto, não é fácil, porque todos os cantos da casa exalam o perfume de biscoitos e especiarias de Natal.

Na República Tcheca, não é Natal se não houver presentes que o Menino Jesus traz para as crianças tchecas. Eles não precisam esperar para abrir os presentes até o dia seguinte e, por esse motivo, a véspera de Natal se torna uma noite de alegria, riso e emoção. Quando chega a meia-noite, as famílias costumam assistir à missa do galo e desejam a seus conhecidos e amigos um feriado cheio de paz.

Nos feriados seguintes, a vida nas cidades tchecas será animada e a capital não será uma exceção. O Teatro Nacional prepara diferentes funções, entre as quais o balé “Quebra-Nozes” e todo o imenso recinto do Castelo de Praga será aberto ao público. Os atletas podem patinar no gelo nas pistas de patinação ou esquiar na estação de esqui de Monínec.

Os Spas secretos da República Tcheca

A tradição dos spas históricos da República Tcheca é uma das grandes atrações do destino. Karlovy Vary ou Marianske Lazne estão entre as mais reconhecidas mundialmente. Pessoas famosas da história caminharam por seus jardins e desfrutaram de suas águas curativas. Isso não é um segredo. No entanto, existem outros spas que fizeram milhões de visitantes felizes ao longo do tempo e não são tão conhecidos. Compartilhamos os Spas secretos para que você possa aproveitar as ótimas experiências que cativam seus visitantes:

  1. Janské Lázně, no ponto mais alto.
(Foto: Divulgação)

Krkonose é a mais alta cordilheira da Boêmia. Aqui você pode desfrutar do ar puro e também de fontes termais com efeitos benéficos. É uma clínica muito popular desde o século XVII, a paisagem nesta região é um verdadeiro oásis de tranquilidade e natureza intocada. Aqui são administrados tratamentos para pacientes com doenças musculoesqueléticas, bem como pessoas com problemas respiratórios e pacientes com câncer. A maior prerrogativa de Janské Lázně é a posição geográfica desta cidade termal que se estende no meio das montanhas. Aqui você pode praticar esportes durante todo o ano: turismo no verão, esquiar no inverno. No verão você pode visitar o popular pântano local, onde você vai se sentir no meio de uma verdadeira tundra nórdica. Existem outros locais de interesse também e a distância não é tão grande. Você pode subir à montanha Sněžka ou fazer uma excursão às esplêndidas cachoeiras de Mumlavské vodopády, tanto no inverno quanto no verão. O campo de golfe na aldeia Mladé Buky está disponível para todos os golfistas amadores.

2. Karlova Studánka: um spa no meio das montanhas, onde o ar é mais puro

(Foto: Divulgação)

Em um pequeno vale entre as montanhas, no coração da cordilheira Jeseníky, fica um spa onde o ar é o mais puro em toda a República Tcheca. Os resultados de algumas medições indicam que a qualidade do ar respirado aqui é a melhor em toda a Europa Central! Karlova Studánka é o spa mais alto e é encantador por seu caráter montanhoso. A arquitetura local é esplêndida. Casas de madeira reúnem elementos da arquitetura popular e estilos clássicos. Desde o século XVIII as pessoas aproveitam as fontes minerais, o ar puro que ajuda a curar doenças respiratórias, diabetes, várias doenças do sistema nervoso. Você quer dar uma volta? Experimente o caminho que copia o curso do córrego Bílá Opava, cruzando a natureza de mata virgem, onde existem inúmeros córregos e cachoeiras, onde você só pode percorrer utilizando várias pontes e escadas. Também vale a pena fazer caminhadas mais longas, como por exemplo, subir ao mirante que fica na rocha Rolandův kámen (a pedra de Roland) ou na montanha mais alta da Morávia Praděd. Você também pode visitar o romântico castelo Sovinec, que é a maior área de castelo da Morávia.

3. Teplice: el spa  mais antigo na Europa Central

(Foto: Divulgação)

A cidade de Teplice fica entre a Boêmia do Norte e a Boêmia Ocidental, no sopé das montanhas Krušné hory e a sua história é esplêndida. O spa foi frequentado por reis e imperadores e hoje se beneficia grandemente do seu passado. Tem o equipamento mais sofisticado e, se você sofre com a coluna e articulações, aqui você vai se sentir muito confortável. Nos tempos antigos, os romanos e os celtas usavam a água medicinal para curar seus males. Aqui os tratamentos são  para doenças do sistema músculo-esquelético, incluindo reumatismo, osteoporose e osteoartrite, doenças vasculares e do sistema nervoso, dores nas costas e na cabeça ou esclerose múltipla. Durante o tratamento, você pode realizar excursões. Perto daqui eatá a cidade Duchcov e seu palácio cuja história está unida para sempre com Giacomo Casanova que ali viveu treze anos e onde também morreu. Numerosas trilhas para caminhadas e ciclismo, bem como várias galerias históricas de minas, atravessam a cordilheira Krušné hory.

4. Cidade termal de Trebon: o spa natural do pântano localizado na região do céu duplo

(Foto: Divulgação)

O spa da Boêmia do Sul, localizado na cidade de Třeboň, se estende pela região de inúmeras represas e barragens centenárias. No final do século 19, os nativos começaram a aproveitar a lama rica em turfa para fins medicinais. Em Třeboň eles curam problemas do aparelho automotivo, doenças reumáticas, estados pós acidentes e operações, osteoartrite, reumatismo, osteoporose e gota. Os clientes do spa têm inúmeras oportunidades para se dedicar ao lazer e realizar excursões. Na cidade, fica o enorme palácio do renascimento e uma bela praça barroca. Andando de bicicleta, você pode conhecer ainda melhor essa paisagem, tão rica em represas e florestas escuras. Se preferir palácios e castelos, não deixe de visitar os palácios Hluboká e Červená Lhota.

5. Velké Losiny: uma pitoresca cidade termal

(Foto: Divulgação)

Na área que se estende ao pé da cordilheira Jeseníky, na Morávia do Norte, há uma pequena cidade chamada Velké Losiny. Os atributos mais valiosos das fontes locais consistem em sua composição e temperatura. A concentração de elementos medicinais é muito alta, isto é, são uma das águas sulfurosas da mais alta qualidade na República Tcheca. Aqui são administrados tratamentos para doenças neurológicas e dermatológicas, isto é, psoríase, eczema atópico e acne. No centro da cidade, você pode ver o palácio renascentista com arcadas triplas, em torno do qual se estende um enorme parque. Velké Losiny, no entanto, tem outra tradição importante: a fabricação manual de papéis. A fabricação do século 16 ainda funciona! Os arredores do spa também são interessantes para os turistas; Você pode ir para a montanha Červenohorské sedlo ou para as cachoeiras Bílá Opava.

Leste Europeu reúne riquezas históricas e culturais em seus territórios

A operadora Françatur tem roteiros que abrangem diversos países, como Áustria, República Tcheca e Polônia

Nações distintas culturalmente, porém com algo em comum: paisagens inacreditáveis que combinam o medieval com o moderno. Este é o Leste Europeu. Viajar pela região é ter a chance de conhecer países com climas, histórias, arquiteturas e atrativos naturais muito diferentes entre si. Conhecer as tradições de cada destino é uma experiência enriquecedora a qualquer turista. A operadora Françatur tem dois roteiros ideais que contemplam a Áustria, a Alemanha, a Hungria, a República Tcheca e a Polônia.

A viagem começa em Budapeste, na Hungria, com visita aos distritos de Buda e de Peste, divididos pelo Rio Danúbio. O primeiro concentra a parte histórica da capital do país, onde fica o Castelo de Buda, que é ocupado pela Galeria Nacional Húngara e pelo Museu de História de Budapeste. No segundo, encontram-se movimentadas avenidas com lojas modernas e de luxo.

Seguindo para Viena, na Áustria, nota-se uma cidade cercada por arte. Considerada a capital da música clássica, tem atrações como a Casa de Mozart e o Museu de História da Arte. O destino também se destaca quando o assunto é arquitetura, basta observar o esplendor do Palácio de Schönbrunn, conhecido também como o Palácio de Versalhes de Viena.

Já na República Tcheca, a sua capital, Praga, conhecida como a “Cidade das Cem Torres”, surpreende pelas paisagens com o Rio Vltava ao fundo, onde ficam construções como o Castelo de Praga. Saindo de Praga, a sequência é a encantadora Berlim, capital da Alemanha, com visita programada ao Portão de Brandemburgo, um dos principais cartões-postais do país.

Outro roteiro da operadora percorre a região de Varsóvia, na Polônia, onde se tem a oportunidade de conhecer mais sobre a vida de um dos maiores compositores e pianistas do mundo, Frédéric Chopin. O passeio inclui visitas a lugares que fizeram parte da vida do artista, como o museu em sua homenagem, dentro do Palácio Ostrogski, a Igreja de Santa Cruz, onde está guardado o seu coração, a mansão em que nasceu e o seu monumento. Além disso, o turista pode aproveitar a viagem para fazer compras no centro comercial Arkadia, um dos maiores da Europa.

Mais informações podem ser obtidas no site www.francatur.com.br, nas redes sociais @francaturturismo e nos telefones (11) 3149-3163 ou (21) 2102-2440.