Arquivo da tag: Roberto Vámos

Livro “Viajanseio” é síntese da obra artística do fotógrafo e ambientalista Roberto Vámos

Ambientalista e fotógrafo em doses iguais, Roberto Vámos passou os últimos 30 anos rodando o mundo. O resultado destas voltas é o livro de fotos “Viajanseio” (editora Bambalaio), retrospectiva em preto-e-branco de visitas feitas a mais de 20 países nestas três décadas. O livro foi viabilizado através de através da Lei Municipal de Incentivo à Cultura (ISS/RJ) e tem o patrocínio do colégio pH.

O prefácio do livro tem a assinatura de Rogério Reis, um dos mestres da fotografia brasileira. “Roberto Vámos, com seu espírito nômade e disciplina encontrada talvez nas práticas de autoconhecimento, propõe-nos neste livro variações que vão além das paisagens naturais, como a obra humana na sua dimensão arquitetônica cultural e o próprio homem, por meio de retratos consentidos ou espontâneos no contexto da paisagem”, escreve Reis.

Roberto Vámos lança livro fotográfico. (Foto: Divulgação)
Roberto Vámos lança livro fotográfico. (Foto: Divulgação)

Vámos, que fez sua primeira mostra individual em 1993, já trabalhou para veículos como O Globo, Manchete e Zero Hora. Desde 1999 dedica-se a trabalhos autorais e projetos de longa duração. Sua atual empreitada é a documentação fotográfica de toda a Cordilheira dos Andes.

Além de seu trabalho como fotógrafo, ele tem três décadas de atuação como ambientalista. É o representante no Brasil da ONG The Climate Reality Project, liderada pelo ex-vice presidente americano Al Gore. Como ativista e consultor em sustentabilidade, Vámos atua em defesa do meio ambiente e na promoção de uma sociedade equilibrada. Suas fotografias refletem a mesma busca.

Roberto Vámos lança livro fotográfico. (Foto: Divulgação)
Roberto Vámos lança livro fotográfico. (Foto: Divulgação)

“Viajanseio” é uma síntese quase espiritual de seu trabalho. “Esta é uma obra curricular, que resume a união de paixões que tenho perseguido por três décadas: fotografia como arte, viagem como forma de aprendizado e conhecimento, a natureza como fonte de inspiração e transcendência e a história como lição e exemplo. Espero que o leitor se inspire nessas fotos para também se aventurar pelo mundo em busca de suas paixões. Afinal, acredito sinceramente que pessoas viajadas fazem uma sociedade melhor por serem mais tolerantes à diversidade e mais abertas à novidades.”

O livro se divide em quatro partes. As três primeiras obedecem a uma estrutura clássica:

“A Natureza”, com imagens às vezes surreais de tão imponentes de lugares como as Cataratas do Iguaçu, o Rio Negro, o Monte Roraima, a Patagônia Argentina e Chilena ou os Alpes Franceses.

“O Homem”, retratos igualmente imponentes e diversos: de uma avó indígena e sua neta na Amazônia, uma confiante vendedora de temperos no Cairo, meninos budistas em Myanmar, um lindo beijo no Rio Negro.

“Civilização”, em que os contrastes entre as obras humanas emergem em meio à Natureza e se integram a ela de formas inesperadas: nas construções de Machu Picchu encravadas nos picos dos Andes; nos balões que sobem no planalto da Capadócia; nas sombras das árvores decorando uma igrejinha em Tiradentes.

“O lar”, a quarta parte do livro, mostra um Rio de Janeiro de contrastes plásticos, mas ainda com sua vocação integradora intacta. Este capítulo existe porque, mais do que tudo, Vámos se define como um viajante – uma capacidade de se maravilhar e buscar novos ângulos em qualquer lugar, mesmo dentro da própria casa.

Serviço:

Lançamento do livro “Viajanseio”, de Roberto Vámos

Editora Bambalaio, 216 páginas, 30,5cm x 28 cm, R$ 100

Anúncios