Arquivo da tag: Rock Brasileiro

Pitty disponibiliza o documentário “Dê Um Rolê” no YouTube

Pitty lança documentário em seu canal, no YouTube. (Foto: Otávio Souza)

Pitty traz uma lembrança muito especial e disponibiliza em seu canal no YouTube o documentário “Dê Um Rolê”. O material foi originalmente lançado em 2016, como parte do DVD “Turnê SETEVIDAS ao Vivo” (Deck) e agora pode assistido na internet.

Dirigido e editado por Otavio Sousa, “Dê Um Rolê” é um ótimo registro da vida de turnês e viagens de uma estrela do rock, retratando os bastidores da turnê que Pitty fez ao redor do Brasil divulgando o álbum “SETEVIDAS” (Deck/ 2014).

Além de cenas dos shows, o documentário conta com depoimentos da baiana e sua equipe, reflexões sobre a vida longe de casa e detalhes que mostram bem toda a infraestrutura por trás de grandes espetáculos. Uma ótima oportunidade para que os fãs de Pitty conheçam um pouco mais de sua rotina de trabalho.

Capital Inicial lança clipe de “Invisível” em stop motion

Música com participação do Far From Alaska ganha curta cheio de referências dirigido por Ferreristico

Dando sequência ao projeto do álbum “Sonora”, o Capital Inicial lança o clipe da faixa “Invisível”, que conta com a participação do Far From Alaska. O clipe, dirigido por Ferreristico, que já recebeu um prêmio das mãos de Tim Burton, traz diversas referências para os fãs.

Dinho Ouro Preto conta sobre a parceria com o diretor e explica a inspiração para o clipe. “A capa do nosso disco ‘Sonora’, lançado em dezembro, e um dos clipes (‘A Tempestade’) do álbum, foi feito pelo João Gabriel Jack. Através dele, conheci o Ferreristico, que dirigiu com a colaboração do Jack. Eu e Ferreristico temos em comum uma paixão por Tim Burton, além de vários outros ilustradores. Nós dois, desde o início, estávamos sintonizados na mesma frequência. O resultado é surpreendente”.

Ferreristico foi premiado em 2016 pelo MIS no concurso cultural Tim Burton, e recebeu do famoso diretor um certificado pelo melhor vídeo com o tema “O mundo de Tim Burton”. Este “mundo”, como conta Dinho, foi uma das influências para a criação do clipe, que traz à memória o longa “A Noiva Cadáver”.

Feito em Belo Horizonte, o clipe traz bonecos em stop motion, técnica usando fotos quadro a quadro gerando uma animação. Os bonecos e as circulações são feitos de arame, enquanto a cabeça com massa de modelar.

Além do desafio da montagem do clipe, o diretor conversando com Dinho Ouro Preto buscou incluir referências importantes que dessem ainda mais força a letra, como bonecos de caveira; imagens das Guerra Mundiais; pessoas alienadas no celular; entre outras ideias presentes no vídeo.

Ferreristico explica um pouco do processo criativo: “Incluímos as catástrofes que acontecem, desde a primeira guerra mundial, até a catástrofe atual do uso do celular. O que temos visto ultimamente, as pessoas cada vez mais conectadas a um aparelho e menos conectadas com a vida que acontece envolta delas. Então praticamente elas estão mortas e não perceberam. Essa foi uma crítica que quisemos colocar.”

A música, um rock com “R” maiúsculo, com guitarras fortes, traz a participação da Cris e Emily (ambas do Far From Alaska), que também ajudou na composição ao lado de Dinho Ouro Preto, Alvin L. e Thiago Castanho.

Pitty lança álbum em abril

A cantora e compositora Pitty anuncia para abril o lançamento, pela gravadora Deck, de seu quinto álbum de estúdio. Composto e gravado durante a primeira parte da turnê “Matriz”, o disco partiu dessa ideia de revisitar suas origens, chegar na matriz sonora e perceber como isso se comporta nos dias de hoje, como através do rock ela dialoga com novas influências e toda sua trajetória até aqui.

Pitty lança álbum. (Foto: Divulgação)

Batizado de “Matriz”, o álbum foi gravado parte no Rio, no Estúdio Tambor, parte em São Paulo e parte em Salvador, onde Pitty nasceu e viveu até os 23 anos quando foi para o Rio gravar o primeiro disco. “Metaforizando, é como a história de uma blueswoman que sai da plantação de algodão, bota a viola no saco e vai tentar a vida na cidade grande. É uma espécie de retorno de um auto-exílio estético e cultural, e isso só é possível hoje por vários motivos. A passagem do tempo, que nos distância do superficial e nos aproxima da essência, e essa nova cena que renovou o fluxo criativo da minha terra, fazendo com que artistas diferentes possam existir ali. Entre outras coisas mais subjetivas” – conta Pitty. Por isso mesmo uma das participações é de Lazzo Matumbi. “Lazzo é parte dessa Bahia fundamental, dessa pedra ancestral sobre a qual foi construída toda uma cultura. Apesar de termos sons e carreiras diferentes, nossa essência é parecida. Ele é luta, revolução, é o lado B da Bahia do qual eu sempre fiz parte e que me interessa mostrar. Da mesma forma outros artistas que também participam do disco me remetem à essa baianidade visceral, que sempre foi a minha onda e que expresso através do rock, que é a essência da música que faço. É como se eu encontrasse meus pares nessa caminhada de volta pra casa” – finaliza.


Pitty também anuncia que a turnê “Matriz” terá novidades este ano. Ela vai levar para algumas praças o projeto Palco Aberto, onde convidará novos artistas para abrir seus shows. Essa ação será feita em parceria com a TNT Energy Drink. Nesse link há mais informações: http://www.pitty.com.br/

CPM 22 LANÇA “SUOR E SACRIFÍCIO” EM LP DUPLO

Chega às lojas a versão em LP de “Suor e Sacrifício”, o álbum mais recente do CPM 22. Licenciado pela Universal Music, o disco em vinil duplo e colorido é um lançamento da gravadora paulista Hearts Bleed Blue (HBB).

Esta é a primeira vez que a banda, criada em 1995, lança um álbum em vinil. “A gente decidiu lançar esse disco [em LP] porque foi um disco que agradou muito a banda inteira. Acho que essa é a melhor formação que a gente já teve e a gente criou uma unidade dentro da banda que dificilmente acontece, de todo mundo gostar do disco todo, das letras, da mixagem, da máster, da arte, da capa, de tudo. Então eu acho que tinha tudo a ver dar valor para esse trabalho”, conta o vocalista Badauí.

56ae112d-4824-486c-afe0-b645f4302dd3.jpg
CPM 22 lança álbum “Suor e Sacrifício”. (Foto: Mateus Mondini)

“Suor e Sacrifício” em LP preto e laranja, edição limitada de 300 cópias, conta com “Revolução” e “Cruz”, duas faixas que ficaram de fora da versão em CD e que só haviam sido disponibilizadas nas plataformas digitais. “‘Revolução’ eu fiz com o Henrike [Armada / Blind Pigs] porque era uma base bem punk rock que eu tinha feito com o Ricardo Galano, e eu já queria chamar ele para fazer uma letra fazia um tempo. Daí ele veio aqui em casa e a gente decidiu a música e ficou do caralho. ‘Cruz’ estava no bolo das composições do disco novo, é uma música que eu gosto muito. A gente tem tocado ela direto nos shows”, revela o vocalista.

Badauí, que é colecionador de discos de vinil, diz esperar que “Suor e Sacrifício” neste formato atraia a atenção do público jovem, acostumado com a música digital. “Acho importante também valorizar a mídia analógica, pegar o disco nas mãos, ler o encarte, ler quem produziu, porque muitas vezes a gente ouve nas plataformas e nem sabe quem é o cara que mixou o disco, isso era muito importante na época em que eu comecei a gostar de música, então eu espero que tenha esse apelo”.

Na terça-feira (13), a banda fará uma noite de autógrafos na sede da HBB na capital paulista das 19h às 21h.

SUPLA CELEBRA NOVA FASE COM SHOWS EM SÃO PAULO E RIO DE JANEIRO

O Charada Brasileiro tocará músicas do novo álbum “Diga o que você pensa” e também clássicos de sua carreira

Com 30 anos de serviços prestados ao rock nacional, Supla quer muito mais. Após o sucesso com o Brothers of Brazil (duo com o irmão João Suplicy), que rendeu turnês pelos EUA, Europa e nos maiores festivais de música pelo mundo (como Warped Tour, Lollapalooza e Rock in Rio, só para citar alguns), o Charada Brasileiro chega ao seu décimo quarto álbum:  “Diga o que você pensa.”

ViewImage (1).jpg
Supla realiza shows em São Paulo e Rio de Janeiro. (Foto: Mateus Mondini)

Com uma sonoridade moderna, a música título abre o trabalho, que representa bem seus anos de experiência. Das 13 músicas autorais, já foram lançados cinco vídeos (Parça da Erva, Diga o Que Você Pensa, Amor Entre Dois Diferentes, Trump Trump Trump e Anarquia Lifestyle), todos com ótima resposta do público nas redes sociais.

O roqueiro apresenta o show de lançamento de seu novo DVD, gravado ao vivo no Auditório Ibirapuera em 2016, no dia 2 de junho, em São Paulo (Teatro Bradesco) e no dia 9 de junho no Rio de Janeiro (Teatro Bradesco Rio). Confira o serviço completo abaixo.

No show, Supla e sua banda, formada por Edgar Avian (bateria), Bruno Luiz (guitarra), Baboo (baixo) e Camila Lordy (teclados), tocam músicas do álbum recente, além de muitos clássicos dos anos 80 e 90, como “Humanos”, “Garota de Berlin”, “Encoleirado”, “Charada Brasileiro” – todos com a marca registrada do Papito.

SERVIÇO

SUPLA – LANÇAMENTO DO DVD DE 30 ANOS DE CARREIRA

SÃO PAULO

Dia 2 de junho

Sexta-feira, às 21h

Teatro Bradesco (Rua Palestra Itália, 500 / 3º piso – Bourbon Shopping São Paulo)

www.teatrobradesco.com.br

 

 INGRESSOS

Setor Valor Meia-entrada
Frisa 2º andar R$ 50,00 R$ 25,00
Frisa 1º andar R$ 70,00 R$ 35,00
Balcão Nobre R$ 80,00 R$ 40,00
Plateia (O a W) R$ 100,00 R$ 50,00
Camarote R$ 100,00 R$ 50,00
Plateia (A a N) R$ 120,00 R$ 60,00

 

– 50% de desconto para Clientes Bradesco e guichê exclusivo na bilheteria do Teatro. Desconto limitado a quatro ingressos por sessão para titulares dos cartões de crédito e débito (exceto cartão pessoa jurídica Bradescard). Limitado a quatro ingressos por sessão para o titular e cota de 240 ingressos por sessão;

– 40% de desconto para cartões Zaffari Card e Bourbon Card, na compra de até dois ingressos por titular. Vendas apenas na bilheteria do Teatro.

* Descontos não cumulativos com meia entrada e outras promoções, limitado até 200 ingressos de cada sessão/espetáculo.

** Política de venda de ingressos com desconto: as compras poderão ser realizadas nos canais de vendas oficiais físicos, mediante apresentação de documentos que comprovem a condição de beneficiário. Nas compras realizadas pelo site e/ou call center, a comprovação deverá ser feita no ato da retirada do ingresso na bilheteria e no acesso à casa de espetáculo.

*** A lei da meia-entrada mudou: agora o benefício é destinado a 40% dos ingressos disponíveis para venda por apresentação. Veja abaixo quem têm direito a meia-entrada e os tipos de comprovações oficiais em São Paulo:

– IDOSOS (com idade igual ou superior a 60 anos) mediante apresentação de documento de identidade oficial com foto.

– ESTUDANTES mediante apresentação da Carteira de Identificação Estudantil (CIE) nacionalmente padronizada, em modelo único, emitida pela ANPG, UNE, UBES, entidades estaduais e municipais, Diretórios Centrais dos Estudantes, Centros e Diretórios Acadêmicos. Mais informações:www.documentodoestudante.com.br
– PESSOAS COM DEFICIÊNCIA E ACOMPANHANTES mediante apresentação do cartão de Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social da Pessoa com Deficiência ou de documento emitido pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), que ateste a aposentadoria de acordo com os critérios estabelecidos na Lei Complementar nº 142, de 8 de maio de 2013. No momento de apresentação, esses documentos deverão estar acompanhados de documento de identidade oficial com foto.

– JOVENS PERTENCENTES A FAMÍLIAS DE BAIXA RENDA (com idades entre 15 e 29 anos) mediante apresentação da Carteira de Identidade Jovem que será emitida pela Secretaria Nacional de Juventude a partir de 31 de março de 2016, acompanhada de documento de identidade oficial com foto.

– JOVENS COM ATÉ 15 ANOS mediante apresentação de documento de identidade oficial com foto.

DIRETORES, COORDENADORES PEDAGÓGICOS, SUPERVISORES E TITULARES DE CARGOS DO QUADRO DE APOIO DAS ESCOLAS DAS REDES ESTADUAL E MUNICIPAIS mediante apresentação de carteira funcional emitida pela Secretaria da Educação de São Paulo ou holerite acompanhado de documento oficial com foto.

PROFESSORES DA REDE PÚBLICA ESTADUAL E DAS REDES MUNICIPAIS DE ENSINO mediante apresentação de carteira funcional emitida pela Secretaria da Educação de São Paulo ou holerite acompanhado de documento oficial com foto.

**** Caso os documentos necessários não sejam apresentados ou não comprovem a condição

do beneficiário no momento da compra e retirada dos ingressos ou acesso ao teatro, será exigido o pagamento do complemento do valor do ingresso.

 

ATENÇÃO: Não será permitida a entrada após o início do espetáculo.

 

Capacidade: 1457 pessoas

Acesso para deficientes

 

Estacionamento:

Isento até 15 minutos

Compras no Zaffari acima de R$ 40,00 = 3h de isenção

Self: Primeiras 2 horas = R$ 12,00

Hora adicional = R$ 2,00

Valet Parking: 1ª hora = R$ 16,00

Hora adicional = R$ 10,00

Motos: Primeiras 2 horas = R$ 10,00

Hora adicional = R$ 2,00

 

CANAIS DE VENDAS OFICIAIS:
Ingresso Rápido: 4003-1212
www.ingressorapido.com.br

Bilheteria Teatro Bradesco: Rua Palestra Itália, 500 / 3º piso – Bourbon Shopping São Paulo Horário de funcionamento: Domingo a Quinta das 12h às 20h, Sexta e Sábado das 12h às 22h.

CAPITAL INICIAL TRAZ O SHOW INÉDITO ACÚSTICO NYC AO CITIBANK HALL

Pela primeira vez no Brasil, banda brasiliense apresenta as canções
de seu mais novo DVD, gravado em Nova York

Mais de 15 anos se passaram e o sucesso indiscutível do único álbum acústico do Capital Inicial ainda reverbera no coração de seus fãs. Como uma ode àquela época, ao rock brasileiro e aos sucessos registrados pela banda de lá para cá, o CD e DVD Acústico NYC traz o quarteto repaginado, em sua melhor forma técnica, tocando suas canções mais recentes de forma desplugada, sem esquecer também os grandes sucessos de sua rica história. O show de estreia desta nova turnê, que leva o nome do CD e DVD, acontece no dia 30 de janeiro, no Citibank Hall, em São Paulo.
Clientes dos cartões Citi e Diners Club contam com pré-venda exclusiva entre os dias 16 e 18 de novembro. A venda para o público em geral estará disponível a partir do dia 19 de novembro. Os ingressos poderão ser adquiridos pela internet (www.ticketsforfun.com.br), nos pontos de venda espalhados pelo Brasil e na bilheteriado Citibank Hall. O show é realizado pela TIME FOR FUN.

Capital Inicial se apresenta no Citibank Hall, com o "Acústico NYC". (Foto: Rafael Kent)
Capital Inicial se apresenta no Citibank Hall, com o “Acústico NYC”. (Foto: Rafael Kent)

O DVD, produzido pelo parceiro de longa data Liminha, tem três canções inéditas do público, todas com participações mais do que especiais. O guitarrista Thiago Castanho, ex-Charlie Brown Jr., ajudou a compor “Doce e Amargo”, que é uma homenagem à capital paulista tão marcante na história da banda e do vocalista Dinho Ouro Preto. “A Mina” resgata o espírito do Acústico MTV principalmente por ter sido composta por Kiko Zambianchi, que tocou violão na antológica gravação do ano de 2000. A outra do pacote é “Vai e Vem”, que está nas rádios e tem a voz mais que especial de Seu Jorge, com uma letra que reflete o atual momento conturbado da política brasileira.
Fora as tão aguardadas novidades, o fã pode esperar recentes sucessos do Capital em versão acústica, como é o caso de “Mais”, “À Sua Maneira”, “Quatro Vezes Você”, “Eu Nunca Disse Adeus”, “Vamos Comemorar”, “Olhos Vermelhos”, “O Lado Escuro da Lua”, “Como Devia Estar”, “Depois da Meia Noite”, “Como se Sente” e muito mais, dando espaço também a canções do tão adorado Acústico MTV e do período que o antecede, por que não?
Thiago Castanho será convidado especial no show do Citibank Hall e figura de destaque na homenagem à sua antiga banda com o hit “Me Encontra”. Tributo tão necessário quanto será feito à Legião Urbana, com “Tempo Perdido”, que no DVD teve a participação de um dos maiores nomes atuais da MPB, o cantor Lenine.
Quem também acompanha a formação original do Capital Inicial com Dinho (vocal), Yves Passarell (violão), Flávio Lemos (baixo) e Fê Lemos (bateria) no show, é o virtuose Fabiano Carelli (violão) e também Robledo Silva(teclado), parceiro do grupo há vários anos. Para a apresentação, o cenário produzido por Zé Carratu e a iluminação de Césio Lima estão garantidos, sendo completamente fiéis à noite da gravação original em solo americano.
CAPITAL INICIAL – ACÚSTICO NYC
Realização: TIME FOR FUN
Data:
Sábado, dia 30 de janeiro de 2016.
Horário: 22h30.
Local: Citibank Hall SP – Av. das Nações Unidas, 17.955 – Santo Amaro – São Paulo (SP).
Capacidade: 3.873 lugares.
Duração: Aproximadamente 1h40.
Ingressos: De R$ 50 a R$ 280 (ver tabela completa).
Classificação etária: Não será permitida a entrada de menores de 11 anos.
De 12 a 14 anos: permitida a entrada (acompanhados dos pais ou responsáveis legais). De 15 anos em diante: permitida a entrada (desacompanhados).
Abertura da casa: 1h30 antes do espetáculo.
Acesso para deficientes
Ar-condicionado
Venda de ingressos no site: www.ticketsforfun.com.br
Venda a grupos: grupos@t4f.com.br
Copatrocínio: Skol.
Meio preferencial de pagamento: Citi.
Estacionamento (terceirizado): R$ 45.