Arquivo da tag: Sala

5 dicas para transformar sua casa com a Philips Hue

Philips Hue ajuda a transformar sua casa. (Foto: Divulgação)

Transformar a sala de jantar em restaurante, a sala de TV em cinema e até o escritório em uma festa, basta usar luzes inteligentes. A Philips Hue separou dicas de como fazer essas mudanças em sua casa!

1- Um restaurante romântico

No app Philips Hue, no Laboratório de Luzes Hue Labs você encontra a fórmula “Candlelight Romance” que pode simular um jantar à luz de velas! Que tal pedir comida em um restaurante especial para dar o clima de restaurante romântico em casa?

2- Uma sessão de cinema

Com o Hue Sync você pode sincronizar o filme da TV com as luzes, fazendo com que a cor predominante na tela em cada cena se expanda para toda a sala, proporcionando uma experiência imersiva única. O clima de cinema pode ser uma ótima opção para aproveitar a noite!

3- Dance, dance, dance!!! 

Transforme a sala de casa em uma pista de dança. ! Com o app Hue Disco é possível sincronizar a batida da música com a luz e se divertir com as combinações de cores.

4- Prepare o jantar!

Se decidir se aventurar na cozinha, as luzes também podem te ajudar a não queimar nada. Com a função de timer você pode ser alertado do tempo de forno do prato, que escolheu preparar, de forma discreta e sem barulho!

5- A surpresa

Criando um cenário e sincronizando com o Sensor de Movimento Hue, o ambiente pode mudar em instantes. Combine um horário para se encontrarem na sala de casa e assim que entrarem na sala o sensor capta o movimento e automaticamente muda toda iluminação!

O Abominável Homem das Neves é o mais novo hóspede do Escape Hotel Moema

Escape Hotel Moema inaugura nova sala. (Foto: Divulgação)

Casa das escape rooms mais bacanas e imersivas do Brasil inaugura sala de jogos inédita no mundo, em São Paulo

Se durante décadas, pesquisadores e entusiastas vêm procurando evidências sobre a existência do Yeti, agora não resta mais dúvida: ele existe e está no Escape Hotel, prontinho para talvez devorar quem ousar penetrar em seu reino de gelo a caminho do Monte Everest.

Ambientada como um templo tibetano no qual os jogadores são um experiente grupo de alpinistas que buscam abrigo durante uma avalanche, a sala é inédita no mundo e possui um roteiro cheio de reviravoltas, além de cenografia e puzzles incríveis que levam a uma total imersão de jogo no gelado universo do Yeti. Outra inovação, para esta e outras escape rooms de ambas as unidades do Escape Hotel, é que agora a apresentação da história é feita por personagens e não mais por monitores – garantindo assim uma experiência de entretenimento ainda mais completa e interativa.

Para quem ama jogos de fuga, adora um bom desafio e não tem medo de (talvez) virar ‘petisco’ de monstro, O Abominável Homem das Neves é diversão garantida para a família, faça chuva, faça sol ou caia neve. A aventura dura uma hora e a sala comporta de 2 a 8 pessoas. Crianças até 11 anos de idade também podem jogar, mas devem estar acompanhadas de um adulto. A partir dos 12 anos, a turma pode jogar sozinha.

O Escape Hotel Moema funciona de terças a domingos, inclusive feriados, das 10h às 0h, na Avenida Miruna 770, na zona sul da capital paulista. Reservas para se divertir com o temido Yeti podem ser feitas no site www.escapehotel.com.br ou fone 11. 3637-0007.

Nas mídias sociais, o Escape Hotel está em www.facebook.com/escapehotelbrasil | www.instagram.com/escapehotelbrasil 

Salas integradas são realçadas pela cor cinza

Mesmo que o cinza seja uma cor neutra, as salas integradas de 60 m² desse apartamento ganharam destaque. A moradora brincava com os arquitetos Priscila e Bernardo Tressino da PB Arquitetura, que não queria nada muito colorido, mas também nada marrom e bege.

A solução foi investir no cinza, conta Priscila. “Eu gosto desse contraste que o cinza cria entre parede, teto e o batente das portas”.

image001.jpg
Cinza realça salas integradas. (Foto: Divulgação)

Para serem diferentes do restante da paleta cinza, duas paredes foram marcadas. Uma com deco painel de madeira para fazer o trabalho 3D, juntamente com o espelho, e a outra, com o papel de parede sutil.

A mesa nesse formato foi escolhida devido ao “ar” mais convidativo. Priscila explica que, como é uma mesa de oito lugares, o formato grande dificulta a conversa entre os convidados, mas ao utilizar na forma de elipse ou redonda, o móvel ganha um visual mais aconchegante e agradável. “Nesse projeto, conseguimos utilizar esse formato, pois tínhamos uma metragem maior, porém quando o ambiente é pequeno, fica mais difícil”, aconselha.

Aberto às sugestões, os moradores exigiam um projeto clean e prático. Os arquitetos, então, utilizaram duas poltronas giratórias. Assim, as pessoas conseguem o movimento tanto para a sala de jantar quanto para a sala de estar, e a conversa flui melhor.

Para uma iluminação clean, foram utilizados spots embutidos, uma fita de Led no cortinero entre a sala e o terraço, e um pendente para a mesa de jantar.

Já, o tapete de patchwork com fundo vermelho foi um paradigma quebrado, brinca Priscila. “Os clientes foram resistentes no começo, mas depois adoraram o resultado da combinação do cinza e vermelho do tapete”, ressalta.

Em outra sala a televisão ganhou espaço, porém nessa os moradores preferiram algo mais intimista. Segundo os arquitetos, isso não é tão comum pois geralmente as plantas dos apartamentos são reduzidas.

Salas integradas onde o cinza trouxe aconchego e sofisticação.

No aniversário de 120 anos do vampiro de Bram Stoker, Escape Hotel lança jogo Drácula

Game tem pré-estreia na sexta 13 de janeiro, 111 dias antes da comemoração de nascimento do Conde

imagem_release_842879
Escape Hotel estreia sala do Conde Drácula hoje. (Foto: Divulgação)

Desde que o escritor irlandês Bram Stoker criou Drácula, em 1897, as noites do mundo nunca mais foram as mesmas. O mais icônico personagem de Stoker não demorou muito a transformar os vampiros em personalidades pop, presentes no imaginário de praticamente qualquer humano. Para comemorar os 120 anos do nascimento do sanguinário Conde vampiro, a casa de jogos de fuga Escape Hotel, de São Paulo, lança neste início de ano uma nova sala de games, muito apropriadamente batizada de “Drácula”.

Mais sofisticado roteiro já criado pela equipe do Escape Hotel, o novo game entra em pré-estreia oficial na sexta-feira, 13 de janeiro, exatos 111 dias antes das comemorações do 120º aniversário do livro de Bram Stoker – ou, melhor dizendo, do aniversário do próprio Conde Vlad da antiga Romênia.

O jogo, cujas pistas e charadas devem ser decifradas em até 60 minutos, se passa em dois ambientes – um dos quais secreto e só descoberto com esforço pelos jogadores. No primeiro deles, o jogador entra nos aposentos de Drácula – um belo quarto de castelo medieval com pesadas cortinas, armadura, livros e retrato a óleo da família do Conde. Chamam a atenção, ainda, um instrumento musical e outros elementos de época. Quem descobrir como deixar esta primeira sala terá a surpresa de entrar na úmida e arrepiante cripta de Drácula. O objetivo é simples: munidos de cabeças de alho e estacas, os gamers devem acabar com o velho vampiro. Mas chegar a isso é que são elas.

“Foi o game que mais nos divertiu criar, tanto na busca de referências históricas e culturais quanto em soluções lógicas, roteiro e cenarização”, conta Vanessa von Lezsna, uma das sócias do Escape Hotel, por sinal ela própria descendente de moradores das montanhas da Transilvânia. “Estamos acrescentando elementos musicais, de jogos de tabuleiro, literatura e teatro à dinâmica do escape. As pessoas vão ficar encantadas com o resultado, digno de um Conde.”

Para jogar Drácula, times de 3 a 7 pessoas podem fazer a reserva online via site do Escape Hotel (www.escapehotel.com.br) ou fone 11.3667-0007. A casa fica aberta de terça a domingo das 10h às 23h.

Uma sala, dois ambientes

Profissionais da arquitetura contam como criar o ambiente ideal que seja adequado para as funções de estar e home theater

Muitas salas costumam exercer o papel de estar e home theater. Sendo assim, é preciso que o ambiente se adeque para que as duas funções não interfiram uma na outra. É importante ter, ao mesmo tempo, um espaço confortável para uma boa conversa entre amigos e família, porém, que também seja agradável e aconchegante para assistir a um bom filme.

viewimage
Projeto do escritório Óbvio Arquitetura: a cadeira virada para o sofá favorece a conversa. (Foto: Henrique Queiroga)

De acordo com a arquiteta Luciana Araújo, sócia-proprietária do escritório Óbvio Arquitetura, para que o espaço seja bem dividido, o mais importante é organizar a disposição do mobiliário de forma que o cliente não tenha apenas um sofá voltado para a televisão. “É necessário pensar no espaço como uma sala de estar. Desta forma, para que o ambiente seja propício para uma conversa, disponha pelo menos uma poltrona voltada para o sofá. Se conseguir mais de uma, é o ideal. Pensar num local para apoiar petiscos também é muito importante. Se não conseguir espaço para uma mesa de centro, pode utilizar o móvel da TV, um banco ou uma mesa lateral”, explica.

Luciana Araújo ressalta que a primeira escolha a ser feita, sem dúvida, é por um sofá confortável, porém é necessário que se tome cuidado com os modelos retráteis, pois costumam ser muito atrativos por sua funcionalidade, mas, por seu tamanho, podem preencher muito espaço no ambiente, comprometendo a proporção da sala. “Verifique as medidas para que não atrapalhe a circulação e deixe também um local para algum apoio para petiscos. Se a sala for pequena e não tiver espaço para mesa de centro, utilize uma mesa lateral de apoio. Hoje em dia existem mesas laterais menores que podem ser utilizadas na frente do sofá também. Os bancos também são ótimos aliados para este tipo de espaço, porque servem como assentos, apoios de pé e como um local para apoiar uma bandeja em locais menores”, descreve.

A arquiteta Carmen Calixto também aposta no sofá como o grande curinga para a disposição do ambiente, além do uso de bons tecidos para compor a decoração. “Os tecidos a serem escolhidos para os sofás e poltronas devem ser confortáveis ao toque e resistentes, pois no home theater, o usuário passa muito tempo sobre o sofá. É superimportante que os tecidos sejam impermeabilizados, para resistir ao dia a dia. Os tapetes são muito recomendados para esse tipo de ambiente, pois, além de deixarem o espaço mais aconchegante, também auxiliam na acústica. As cortinas devem ter o black-out independente do tecido, para que possa ser usado apenas para ver TV”, afirma.

Como os apartamentos de hoje estão cada vez menores é comum transformar os ambientes em espaços multifuncionais e, para isso, é necessário saber adequar a decoração.

“Para conseguir um resultado eficaz, é importante saber unir os usos e projetar o espaço de forma que consiga aproveitar melhor o ambiente, com o estudo de cores, proporção e funcionalidade. Sem dúvida, desta forma, conseguirá atingir todos os objetivos propostos, porém não é algo fácil de fazer e, por isso, a contratação de um profissional é sempre indicada para evitar a frustração e compras desnecessárias”, destaca Luciana Araújo.

Carmen Calixto também foca na importância de um bom planejamento para conseguir aproveitar, com eficácia, as várias funções de um só ambiente. “É importante que os ambientes sejam bem planejados para se tornarem espaços multifuncionais. Com um bom projeto e um bom planejamento, podemos aproveitar ao máximo o potencial de cada área e permitir que tenha a melhor utilização possível”, encerra.

Mafiosos se hospedam no Escape Hotel de São Paulo

Única casa de jogos de fuga 100% imersiva lança a mais nova sala do País

O mais poderoso chefe da Máfia, o capi dei capi, aquele a quem todas as famiglias devem respeito, e de quem todos dependem, acaba de convocar uma reunião com os principais líderes da Cosa Nostra para decidir o futuro das ruas em São Paulo. A convocação é mandatória e há tensão no ar. A máxima de Don Corleone, “mantenha seus amigos próximos e seus inimigos mais perto ainda”, não sai das cabeças dos convidados. E agora? Será possível confinar em uma única sala tantos iniciados e espertalhões do crime?

imagem_release_822440.jpg
Escape Hotel apresenta nova sala. (Foto: Divulgação)

O enredo, digno de um filme de Martin Scorsese, dá vida à ‘A Máfia’, nova sala de escape room do Escape Hotel em São Paulo.

Com elementos que combinam a lógica, o raciocíno e a rapidez dos jogos de fuga com a adrenalina e a sorte dos jogos de tabuleiro, em ‘A Máfia’ os jogadores protagonizam a história, assumindo personagens e desempenhando papéis de acordo com as instruções que recebem do consiglieri ao entrar na sala.

“A grande sacada de ‘A Máfia’ é a inserção profunda na ficção, assim como acontece no teatro imersivo de Nova York”, diz Patricia Estefano, uma das sócias do Escape Hotel. “É uma experiência única em escape games”.

Com roteiro e cenografia criados e produzidos integralmente pela equipe do Escape Hotel, a sala ‘A Máfia’ comporta de 6 a 12 pessoas e as equipes podem (devem!) ir vestidas a caráter, caprichando no ‘visual mafioso’ para jogar. Reservas e informações podem ser obtidas no fone 11. 3637-0007 ou pelo site www.escapehotel.com.br

Única casa de jogos de fuga 100% imersiva do Brasil, o Escape Hotel fica na Avenida Pedroso de Moraes, 832, no bairro de Pinheiros/Vila Madalena, na capital paulista.