Arquivo da tag: Serra da Canastra

Cachoeiras, grutas e natureza exuberante são destaques no Parque Nacional da Serra da Canastra

O parque Nacional da Serra da Canastra abriga a maravilhosa nascente do Rio São Francisco e sua cachoeira majestosa, a Casca D’Anta. Por lá, outra cachoeira que merece destaque á a do Cerradão.

Criado em 1972, o parque tem 200 mil hectares de área protegida, que abriga além da nascente do Rio São Francisco, outros monumentos da história da região e grande biodiversidade de flora e fauna do Cerrado brasileiro.

Distante 325 km de Belo Horizonte, aos pés da imponente Serra da Canastra, está São Roque de Minas, cidadezinha pacata de onde saem às estradas para os quatro acessos ao Parque Nacional da Serra da Canastra, atração mais importante da região.

Depois de 8 km de estrada de chão, em uma subida digna de 4×4, chega-se a Portaria 1 do Parque. A entrada dá acesso a 40 km de belas paisagens, com campos de delicadas flores do Cerrado típico brasileiro, onde vivem protegidas espécies como tamanduá-bandeira, lobo-guará e tatu-canastra, ameaçados de extinção.

NASCENTE DO RIO SÃO FRANCISCO A JOIA RARA DO PASSEIO

O Rio São Francisco é um dos principais do Brasil, atravessando cinco Estados com condições naturais muito diversas, além de fornecer energia pelas cinco usinas hidrelétricas. A sua nascente histórica fica dentro do Parque Nacional Serra da Canastra, a 1.200m de altitude, visita indispensável para quem está na região.

Quando se trata de um rio com as dimensões do Velho Chico, definir sua nascente não é tarefa simples. Há tempos se considerava a legítima nascente a localizada na Canastra, mas após estudos, identificou-se que a nascente real e geográfica está localizada no município de Medeiros, também em Minas Gerais, a quase 60 km de São Roque. Assim, considera-se a do Parque a nascente histórica.

Localizada a 6 km da Portaria 1 do Parque Nacional, após uma subida que recomenda-se fazer com veículo 4×4, chega-se a uma placa indicativa na estrada. Dali, há uma trilha curtinha demarcada que leva até uma pedra indicando o lugar de nascimento do Velho Chico, águas que ainda terão quase 3 mil km até o mar. A mesma trilha de pedras até a nascente leva a uma estátua em homenagem a São Francisco.

Parque Nacional da Serra da Canastra tem lindas cachoeiras. (Foto: Divulgação)

 A MAJESTOSA CACHOEIRA CASCA D´ANTA

A Cachoeira Casca D’Anta é a primeira queda do Rio São Francisco, com 186 metros. Pela sua beleza e imponência, destacada no paredão de pedras, é a principal atração da região e pode ser vista de baixo ou pela parte de cima, ambos cenários dignos de cartão-postal.

A parte alta é acessada 20 km depois da Portaria 1 do Parque Nacional. A estrada de chão está em estado bem precário, por isso é aconselhável ir de veículos tracionados. Um cânion é formado pelo rio São Francisco para descer a serra, com uma sequencia de cascatas e piscinas naturais, algumas acessíveis para banho. Um mirante com desnível de superior a 300m apresenta a bela vista panorâmica da região, onde é possível ver parte da queda principal da Casca D’Anta e o imenso poço formado abaixo.

Outro ângulo para admirar a Cachoeira é pela parte baixa. Saindo de Vargem Bonita, são mais 22 km de boa estrada de chão até a Portaria 4 do Parque. No local há um receptivo com estacionamento. Após a entrada, é necessário caminhar cerca de 15 minutos por meio da mata ciliar até um mirante. Para maior aproximação, cuidar com as pedras escorregadias pela constante umidade da cachoeira. Após contemplar a queda, é convidativo um banho refrescante nas suas águas cristalinas.

RESERVA NATURAL DA CACHOEIRA DO CERRADÃO

A Cachoeira do Cerradão é uma das mais altas da Serra da Canastra, com 3 lances totalizando 202 m de queda. A propriedade privada onde ela se localiza tem 60 hectares e foi transformada em Reserva Particular do Patrimônio Natural pelo IBAMA em agosto de 2001, segunda atração mais visitada da região.

CACHOEIRA DO CAPÃO FORRO E CACHOEIRA DA MATA

A Cachoeira do Capão Forro é uma das mais procuradas na Canastra, devido a sua proximidade de São Roque de Minas (apenas 4,5 km) e facilidade de acesso (via estrada à portaria 1 do Parque Nacional, que está em boas condições e com sinalização adequada), ideal para quem tem pouco tempo disponível na região.

GRUTA DO TESOURO

A Gruta do Tesouro está localizada em uma fazenda a 16 km de São Roque de Minas, próximo ao distrito de Sobradinho, possui nos salões bonitos espeleotemas, um rio subterrâneo e uma pequena cachoeira interna.

A visitação à gruta demora cerca de 2 h e é monitorada pela família proprietária da área.

Onde ficar

Uma boa opção para a sua hospedagem em São Roque de Minas é a Pousada Chapadão da Canastra. Considerado o mais completo empreendimento hoteleiro da região, oferece estrutura completa de serviços; apartamentos com frigobar, ar condicionado, televisão, restaurante onde é servido um delicioso café com iguarias da região. Ainda há novíssima área de lazer com piscinas adulto e infantil, sauna, toboágua e hidromassagem.

Além disso, o Chapadão oferece todo o apoio logístico em carros 4×4 para os passeios pela região.

Mais informações: www.chapadaodacanastra.com.br

Onde comer

SHOW DE CORES E SABORES NO VELHO CHICO

O Restaurante Velho Chico foi  inaugurado em Julho de 2017. É comandado pelo casal de empresários Ricardo Aziz e sua esposa Elaine Silva. P Aziz, uma esteticista famosa que trocou sua profissão para empreender com a gastronomia. Ele deixou Belo Horizonte para se dedicar a gastronomia e viu em São Roque de Minas a qualidade que faltava para ter uma vida mais feliz. A estrutura do empreendimento foi pensada para ser um ambiente bonito e aconchegante, com cardápio variado e forte resgate da cultura local.  Na área interna, fotos antigas da cidade, aliado ao sabor mágico de pratos que passeiam pela gastronomia contemporânea, sem desprezar do sabor e tradição dos ingredientes frescos. Dentre os pratos mais pedidos destacamos filé ao molho de queijo, pastel de angu e para quem prefere algo mais tradicional o verdadeiro tutu a mineira. Não deixe de experimentar o pudim de leite, e o Queijo Canastra com mel, de entrada. Em alguns períodos do ano promove mostras gastronômicas diferenciadas

COZINHA ORIGINAL RESGATA O FOGÃO A LENHA

Nascida em Coronel Fabriciano, no Vale do Aço, a chef Joanne Ribas aposta na culinária de afeto, onde o desafio é agradar a todos sem interpretação ou conceito, para fortalecer a gastronomia típica da fazenda. A chef vem atuando na região desde 2014, com o objetivo de resgatar a tradicional comida mineira com uma pitada de sofisticação. Hoje, Joanne comanda o Cozinha Original, espaço com restaurante, mirante e área de camping na parte baixa do parque. O Buffet custa R$ 35,00 por pessoa, com grande variedade de saladas, pratos quentes, e duas sobremesas. Café e afeto é o que não faltam por lá. Depois de se esbaldar com tanto sabor, nada mais gostoso do que uma rede pra descansar e se recondicionar para novos passeios.

6 cachoeiras para conhecer na Serra da Canastra

A região do sudoeste de Minas Gerais, que abriga o Parque Nacional da Serra da Canastra, é destino de natureza exuberante e diversas belezas naturais. Quem visita o lugar, se encanta com os cenários típicos de cerrado com campos rupestres, vegetação de Mata Atlântica e, principalmente, com suas cachoeiras. Isso porque, por lá, há diversas quedas d’água que ultrapassam os cem metros de altura e formam paisagens de tirar o fôlego.

O Parna Serra da Canastra abrange as cidades de São Roque de Minas, Delfinópolis, Sacramento, São João Batista do Glória e Capitólio e, em seus quase 200 mil hectares, é destino para ecoturismo, aventura e turismo contemplativo. Não à toa, em 2018, o lugar foi considerado – de acordo com o Observatório do Turismo de Minas Gerais – o ponto turístico mais visitado do Estado, com mais de cem mil turistas.

Cachoeiras são atrações da Serra da Canastra. (Foto: Divulgação)

Para desbravar os atrativos do parque, há diversas trilhas, desde as mais leves até algumas que exigem maior condicionamento físico. Entre as cachoeiras, estima-se que são cerca de 30 catalogadas, algumas têm acesso liberado, outras disponíveis somente para contemplação.

A seguir, listamos seis quedas imperdíveis para se conhecer em um roteiro pela Serra da Canastra. Confira:

Cachoeira Casca D’Anta

Com 186 metros de altura, a Casca D’Anta é a mais famosa da região e está listada entre as maiores quedas livres do Brasil. Para admirá-la, é possível fazer dois roteiros: o primeiro, pela parte baixa do parque, tem uma trilha de cerca de um quilômetro até seu poço. De lá, é possível observar bem de perto toda a abundância da queda formada pelas águas do rio São Francisco; já a rota da parte alta oferece vista para o cânion por onde o rio desce a serra, além de um mirante de onde é possível avistar parte da queda principal e algumas piscinas naturais.

Cachoeira da Chinela

Com fácil acesso de carro e uma trilha de menos de um quilômetro, a cachoeira, situada em uma propriedade particular em Vargem Bonita tem poço profundo bom para banho e uma queda de 30 metros.

RPPN do Cerradão

A cachoeira do Cerradão fica em uma reserva Particular do Patrimônio Natural localizada a cerca de dez quilômetros de São Roque de Minas. Com uma queda de 200 metros de altura dividida em três lances, a formação tem poços profundos bons para banho.

Cachoeira dos Rolinhos

Considerada a cachoeira mais alta do Parque Nacional, com 300 metros, a queda cai em forma de cascata formando poços de até 50 metros de extensão. Para admirá-la, há um mirante com acesso fácil via trilha.

Cachoeira do Capão Forro

O conjunto fica a cerca de cinco quilômetros de São Roque de Minas e abrange cinco cachoeiras e piscinas naturais. A do Mato, considerada a mais bonita, tem acesso a partir de uma caminhada de vinte minutos.

Poço das Orquídeas

A área pertencente à Cooperativa Agropecuária de São Roque de Minas é também conhecida como Lagoa dos Patos, uma referência a uma pequena lagoa que teria secado. Seu nome faz referência à maior atração da imensa fazenda de quase 560 hectares: uma piscina natural arredondada, com praia de cascalho, pequena cachoeira e muitas árvores com orquídeas.

Onde ficar

O Hotel Chapadão da Canastra é a opção ideal para curtir um roteiro completo na região. Unindo o rural e o urbano, com estrutura de hotel e aconchego de pousada, o empreendimento ocupa um terreno de cinco mil metros quadrados onde mais da metade é composta de exuberantes jardins que chamam a atenção de seus visitantes.

Localizado à margem do Rio do Peixe, é possível encontrar ainda, pequenos animais silvestres e diversas espécies de pássaros.  São 24 apartamentos com uma área de 25 metros quadrados, com banheiro completo, com frigobar, TV LED 32’, telefone, ventilador e ar condicionado, além de varandas com vistas da exuberante serra e do bosque que margeia a propriedade.

Para o lazer o hotel oferece: piscina adulto e infantil, hidromassagem aquecida e barzinho, além de salão de jogos, loja de artesanatos, lavanderia, videoteca, lan house e wi-fi. Para conhecer melhor a região, o Chapadão da Canastra disponibiliza veículos 4X4 para passeios nos melhores e mais procurados roteiros da Serra da Canastra.

Mais informações: chapadaodacanastra.com.br

6 destinos para relaxar e aproveitar o feriado de Páscoa

O feriado da Semana Santa está cada vez mais próximo e muita gente não vê a hora de chegar a Páscoa para descansar e deliciar-se com os ovos de chocolate. A data também é uma ótima oportunidade de dar uma fugidinha em busca de refúgio para relaxar e aproveitar bons momentos com pessoas queridas. Por isso, separamos seis destinos que contam com uma ótima infraestrutura, serviço de qualidade e programação recheada de diversão para você aproveitar. Confira:

Conheça opções para descansar na Páscoa. (Foto: Divulgação)

Estalagem Wiesbaden

Mesclando conforto e sofisticação, a Estalagem Wiesbaden é opção ideal para quem deseja relaxar em meio à exuberante Serra da Mantiqueira, em Monte Verde. O empreendimento oferece chalés bem decorados e incrustados em meio à Mata Atlântica, garantindo sensação de bem-estar e privacidade aos seus hóspedes. Cada acomodação conta com suas particularidades, que vão desde lareira a ofurô ou hidromassagem com vista para os belos jardins da pousada.

Na área de lazer, a Wiesbaden dispõe de piscina aquecida e sauna que integram espaços de aconchego e diversão. E para garantir que o relaxamento seja completo, a pousada conta ainda com um variado café da manhã que vai até às 16h e pode ser servido no quarto, na piscina ou em alguma das diversas mesas espalhadas pelos cantos mais charmosos de sua estrutura.

A tranquilidade, assim como a proximidade com os animais e as plantas, proporciona uma renovação e faz com que a hospedagem na Wiesbaden ofereça ótimos momentos. Além disso, o distrito de Monte Verde conta com uma variedade de atrativos turísticos, que vão desde opções de lazer como bares descolados, restaurantes intimistas a passeios de ecoturismo e alguns outros românticos.

Mais Informações: wiesbaden.com.br

Summit Vale do Sonho Hotel & Eventos

Localizada a 80 quilômetros da capital paulista, a encantadora cidadezinha de Guararema é uma ótima opção para quem desejar curtir o feriado prolongado da páscoa com tranquilidade.

O Summit Vale do Sonho Hotel & Eventos preparou programação recheada de atrativos e tarifas com valores especiais. Os pacotes contam com: drink de boas-vindas, monitores para recreação adulta e infantil, eventos culturais e gastronômicos, caça aos ovos de Páscoa e um animado city tour por Guararema.

Para garantir o entretenimento dos hóspedes, o Summit Vale do Sonho dispõe de duas piscinas, sendo uma delas climatizada e com toboágua, cascata, piscina infantil, sauna, parquinho, playground, quadra poliesportiva, salão de jogos e mini tirolesa. Além disso, está em uma privilegiada região de frente para o Rio Paraíba do Sul, numa área ajardinada de 12mil m². O hotel ainda oferece serviços de Day Use para aqueles que querem curtir toda sua estrutura em um dia.

Mais Informações: www.valedosonho.tur.br

Hotel Chapadão da Canastra

Em meio à exuberante natureza da Serra da Canastra, no sudoeste de Minas Gerais, o Hotel Chapadão da Canastra oferece momentos de lazer e muito conforto para quem visita à região.

O empreendimento conta com 24 apartamentos equipados com banheiro completo, frigobar, TV LED 32’, telefone, ventilador e ar condicionado, além de varandas com vistas da exuberante serra e do bosque que margeia a propriedade. O hotel ainda fica em frente ao Rio do Peixe, e proporciona aos hóspedes a possibilidade de interagir com pequenos animais silvestres e espécies de pássaros.

Estando em São Roque de Minas, é imperdível não fazer diversos roteiros para conhecer a famosa Serra da Canastra, que conta com atrativos ideais para um roteiro de ecoturismo, como cachoeiras, montanhas, trilhas, poços e nascentes – inclusive a do São Francisco. Ainda há o típico queijo canastra, que se tornou Patrimônio Cultural Imaterial pelo IPHAN, fazendo parte da cultura, história e tradição local. O Chapadão da Canastra disponibiliza passeios pela região de 4×4 com guia.

Mais Informações: www.chapadaodacanastra.com.br

Hotel Ca’d’Oro

Sinônimo de elegância e excelência em serviço, o Hotel Ca’d’Oro é um dos ícones da hotelaria de São Paulo. Fundado em 1953, na época como um restaurante, sua trajetória se confunde com a da própria capital paulista. Hoje, o hotel conta com um design mais moderno, e mistura inovação com tradições e história.

O hotel oferece apartamentos no conceito boutique com kit de amenities e roupa de cama especiais. Para completar, conta com piscina, sauna, salas de eventos, academia, bar e uma área com privilegiada e exclusiva vista da cidade de São Paulo.

O destaque vai para o famoso Restaurante Ca’d’Oro, – responsável, no início dos anos 1950, pela introdução da culinária do norte da Itália no Brasil e pela popularização da caipirinha entre a alta sociedade paulistana. Essa culinária, proveniente das regiões do Piemonte, da Lombardia, do Vêneto e da Ligúria, tem certas influências francesas, com ingredientes mais delicados e aromáticos, que são servidos através de pratos atemporais com o toque do jovem e muito experiente chef Frabrizio M. Guzzoni.

Mais Informações: www.cadoro.com.br

WZ Hotel Jardins

O WZ Hotel é um verdadeiro marco arquitetônico na cidade de São Paulo, principalmente devido a exclusiva fachada com luzes LED coloridas, já premiada internacionalmente. Sua localização privilegiada é outro destaque, pois está em uma das áreas mais nobres da capital, nos Jardins, ao lado da Rua Oscar Freire, e a poucos quilômetros do Aeroporto de Congonhas. Além disso, a estação Oscar Freire do metrô fica a poucos passos do hotel, facilitando o deslocamento de seus hóspedes aos principais pontos de interesse da cidade, como a Avenida Paulista e o Parque do Ibirapuera.

O empreendimento ainda conta com quartos amplos e confortáveis, restaurante de culinária contemporânea, cafeteria própria, bar, café da manhã completo, wi-fi gratuito e estacionamento no local. No entorno do hotel, estão lojas das principais grifes da moda e restaurantes que oferecem o melhor da gastronomia paulistana.

Mais Informações: www.wzhoteljardins.com.br

Pousada Estrela D’Água

Em meio à exuberante e natural beleza de Trancoso (BA), a Pousada Estrela D’Água une a sofisticação e charme rústico em um só. Localizada na Praia dos Nativos, a apenas 600 metros do quadrilátero mais famoso do Brasil, a pousada oferece vinte suítes e oito bangalôs em um ambiente totalmente acolhedor, integrado à natureza e respeitando rigorosas normas ambientais.

Cercada pelo verde da Mata Atlântica e com o pé na areia, a pousada conta ainda com piscina de borda infinita, deck com espreguiçadeiras, restaurante e bar de praia. Além disso, o litoral sul da Bahia é um dos mais belos e preservados do Brasil, e Trancoso restaurantes descolados, paisagens de perder o fôlego e praias para todos os estilos. A vila foi, inclusive, eleita como um dos 15 melhores lugares do planeta para se visitar.

Mais Informações:  www.estreladagua.com.br