Arquivo da tag: Sesi

História prende o leitor, mesmo com enredo clichê

Por Rodrigo Bocatti

download.jpgUm garoto que leva uma vida normal, mas uma hora descobre que pertence a outro mundo completamente diferente e começa a explorar essa nova vida. Esse contexto pode parecer de Harry Potter, Percy Jackson só para citar dois exemplos, porém a narrativa conta sobre Alekssander.

A autora Shirley Souza retrata com muitos detalhes a atual vida que o menino indo na escola e convivendo com os amigos. Porém uma noite tudo começa mudar, quando ele tem um sonho em que ele se encontra em um labirinto de caixas, onde é perseguido por algo desconhecido e é resgatado por uma pessoa que ele nunca tinha visto, porém misteriosamente no dia seguinte essa mesma menina aparece em seu colégio, como aluna nova.

Curioso com a situação, Alek tenta descobrir algo sobre a menina, porém não consegue descobrir nada e fica ainda mais confuso sobre sua vida. Ainda mais com a chegada de uma “prima distante”, Garib. Sua avó Leila, que guarda o segredo da família, fica meia contrariada com essa vinda da parente, porém não consegue reverter a situação.

Garib se torna protetora do Alek, e até ajuda ele e seus amigos em um trabalho de colégio. Porém, Abhaya (a nova aluna) causa um desconforto na guardiã. E logo se descobre que ambas não se dão bem e com isso o novo mundo é descoberto e nosso protagonista é levado.

Com isso novas habilidades são descobertas por ele e com o tempo vai descobrindo o verdadeiro significado de sua vida. A guerra está prestes a estourar nesse novo mundo e apenas Alek pode acabar com isso.

Ano início a história é meio lenta, porém com o desenrolar do enredo a autora aumenta o ritmo e começa a te deixar com vontade de devorar o livro e descobrir os mistérios que cerca Alek. Ao fim da leitura, você vai se deparar com uma página fechada, que é uma “cena pós-créditos”, que dá uma pista para a continuação.

Uma história de amor, ódio, magia e clichês

Por Allan Dionizio

capa-o-manto-escarlate-sesi-sp-editora-ccxp-2016O livro “O Manto Escarlate” conta uma história dividida em duas partes, a primeira contando um triangulo amoroso entre a Rovena, uma jovem bruxa (seguidora da antiga religião), Wanda, a filha do pároco da vila e Marcel, seu marido, porém apaixonado pela jovem. A segunda parte conta as consequências desse triângulo, como a relação de amor e ódio dos pais acaba por afetar a vida de seus filhos.

Apesar de ambientação ser muito boa e o leitor ficar curioso sobre os mistérios e poderes da floresta em que se passa a trama, todo o resto deixa a desejar. Romance meloso, desenvolvimento fraco da história, cheio de pontas soltas e personagens entediantes (exceto, talvez, Irena, única personagem que gostei e tive interesse).

A autora por diversas vezes parece não saber como amarrar as diversas pontas da história, prolongando até não dar um fim definitivo ou então dá um fim abrupto sem maiores explicações. Em um determinado momento parece que o foco da história vai ser sobre a vida no vilarejo, em outro, sobre a política do reino, depois sobre a Igreja e a inquisição, e por último sobre o romance das personagens, porém todos esses segmentos ficam muito superficiais e tediosos.

Os personagens não parecem ter certeza do que querem na maior parte do tempo e todas as consequências dos atos acabam nas costas de Irena, que por sua vez acaba encontrando uma solução repentina pelo que parece ser a boa vontade da floresta. A magia, por ser tão constante no livro, poderia ser melhor explicada, sabemos apenas que a floresta tem grande poder e de vez em quando resolver ajudar as protagonistas.

Em resumo, uma história bem fraca, com personagens mais fracos ainda, numa floresta que parece guardar um enorme poder.

SESI lança livros de mundos mágicos

Por Henrique Moita e Rodrigo Bocatti

Durante a Comic Com Experience, que aconteceu entre os dias 1 e 4 de dezembro, a Editora SESI apesentou seus mais novos lançamentos: “Alek Ciaran e os Guardiões da Escuridão”, da escritora Shirley Souza, e “O Manto Escalarte”, de Flavia Muniz.

A história feita por Shirley veio através de um sonho, que se tornou o primeiro capítulo e depois veio outro, e então começou a ser desenvolvida uma história, que demorou cinco anos para ser concluída, aproximadamente. Já para Flávia, a história veio através de estudos de contos de fadas.

O enredo dos dois tem como pano de fundo um mundo mágico. “O Manto Escalarte”, se passa na Europa medieval e mexe com temas como as doenças da época, a Inquisição entre outros acontecimentos históricos. E a história vai girando em torno dos personagens na visão de pessoas de fora do que está acontecendo.

Já “Alek Ciara e os Guardiões da Escuridão”, começa com um rapaz de 15 anos que leva uma vida comum e que não acredita em magia, até que ele tem um sonho que alguns aspectos começam a se tornar realidade. E ele vai se redescobrindo tudo que achava que não existia e descobre que o mundo é dividido em duas forças: Luz e Escuridão, que existe bem e mal nessas duas vertentes. Porém, Alek não sabe qual seguir e vai tentando resolver esses problemas internos durante a narrativa

Cada livro terá uma continuação, porém Flávia que trazer um novo olhar para os contos medievais, sempre com uma narradora. Com o universo mágico criado, ela trará outras autoras para desenvolver esse mundo mágico junto com ela. “Estão previstas outras pessoas trabalharem comigo, porque eu já criei o universo, eu já criei os personagens principais e tudo que acontece e aí existe uma floresta que é na verdade, eu não vou dar spoiler, mas ela é uma personagem no livro e tudo acontece a partir dela, então essas pessoas que serão chamadas para continuar a coleção elas vão trabalhar dentro da fantasia imaginária que eu já fiz mas desenvolvendo as suas histórias com a minha participação”

Já o livro de Shirley é o primeiro de uma trilogia. E o segundo livro já está a caminho, porém a autora revela um segredo nesse primeiro capítulo da série: Tem uma cena lacrada aqui dentro, você só vê se você rasgar no final e ela é a ceninha depois dos créditos e ela é uma porrada, é aquela cena que vem pra você falar “Nossa!”, pra destruir. Traz uma grande revelação que já vai ser trabalhada no segundo”.

Empoderadas! Mulheres ganham espaço e chegam com livros de literatura fantástica na CCXP 2016

A primeira participação da SESI-SP Editora na Comic Con Experience 2016, que acontece de 1 a 4 de dezembro em São Paulo, acaba de ganhar dois reforços de peso. Serão lançados no evento os títulos “O Manto Escarlate”, de Flávia Muniz, e “Alek Ciaran e os guardiões da escuridão”, de Shirley Souza, que abrem espaço para o gênero realidade fantástica. Os dois novos títulos servem de cenário para uma experiência imersiva que acontecerá dentro do estande da editora na feira, no evento: com o uso de um óculos de realidade virtual, o visitante entrará nos universos fantásticos das duas histórias.

A primeira delas, “O Manto Escarlate” tem tudo para conquistar os amantes de tramas que envolvem bruxas, com uma combinação explosiva de romance, intrigas, traição e vingança. A autora, que é pedagoga e já escreveu mais de sessenta obras para crianças e jovens, convida o leitor a desvendar os mistérios ocultos em uma aldeia medieval, no primeiro livro da coleção Nova Velha História. “Acabei de completar 30 anos de trabalho com o imaginário. Sou fã do universo de ficção, horror e fantasia. A motivação para fazer este livro nasceu de muitas perguntas feitas quando lancei o conto original”, comenta a autora Flávia Muniz.

397x287xe82ja2sbKqHP25zfF9qKwq5gXUCjJHYWPltXgilScbnJMEBTjmfJc3rYU9EPqawHHBd8K7PpOrFoKQi5.png.pagespeed.ic.IhZcT5KWOZ.jpg
Sesi aposta em dois livros em sua primeira Comic Con Experience. (Foto: Divulgação)

Já “Alek Ciaran e os guardiões da escuridão” traz um jogo intrigante de sonhos e realidade, onde o personagem título precisa enfrentar duas forças poderosas do mundo antigo. Entre a luz e a escuridão, ele deverá mudar o balanço do poder e descobrirá que existe uma terceira força prestes a entrar em ação. “Tenho uma ligação especial com o mundo dos sonhos. Muitas das minhas histórias nasceram lá. Este trabalho chama o leitor para acreditar no fantástico e a enxergar o mundo de forma mais complexa, onde o bem e o mal coexistem, de um jeito profundamente mesclado”, explica a escritora Shirley Souza.

Anote na agenda! No sábado, dia 03, das 17h30 às 18h30 no Auditório Prime, as autoras farão parte do painel “Furiosas! Mulheres que chutam bundas nas HQs” para celebrar e discutir as diversas representações femininas positivas que a cultura pop ganhou nos últimos anos.

QUADRINHOS

Selo HQ apresenta gêneros e narrativas ousadas

Há mais de um ano, a SESI-SP Editora criou uma divisão totalmente voltada para o segmento de HQs, com a proposta de formar uma linha de gêneros e estéticas narrativas diferentes para os públicos infantojuvenil e juvenil, apresentando histórias de qualidade, pensadas e desenvolvidas por autores conhecidos e, também, por artistas em início de carreira. A fórmula deu tão certo, com aceitação de mercado e ótimas avaliações de leitores, que levou a instituição a pensar em propostas mais ousadas.

O carro chefe é a série cult “SPIROU E FANTASIO”, de grande sucesso na Europa, ao lado de Tintim, Asterix e Obelix, e Lucky Lucky, ganhou pela primeira vez uma publicação continuada no mercado nacional com a SESI SP Editora. Os primeiros volumes já estão disponíveis: “Um Feiticeiro em Champignac”, “Quatro Aventuras de Spirou e Fantasio”, “Os Chapéus Pretos e Outras Três Aventuras”, “Spirou e os Herdeiros”, “O Roubo de Marsupilami”. Em paralelo, a série “Spirou de…”, em que autores de HQs realizaram o sonho de escrever uma aventura da dupla famosa criada por Franquin. Entre os títulos, estão: “O Diário de um Ingênuo” (Spirou de Émile Bravo) e “O Mensageiro Verde-Cinza” (Spirou de Schwartz e Yann). Todas essas edições estarão disponíveis no estande da editora na CCXP 2016.

Em parceria com a Quanta Estúdio, lançou sucessos como “Pogando”, “Que Deus nos abandone” e dezenas de outros, destacando o trabalho de cartunistas como Psonha Camacho (uma das poucas mulheres no segmento), Marcelo Campos, Tainan Rocha, Ronaldo Barata e dos consagrados Orlandeli, Gilmar e Ruis.

Confira a agenda dos cartunistas que vão estar no estande desenhando para os apaixonados pelo universo das histórias em quadrinhos.

1 DE DEZEMBRO 2 DE DEZEMBRO 3 DE DEZEMBRO 4 DE DEZEMBRO
11H

Ronaldo Barata

Ronan Cliquet

13H

Orlandeli

Marcelo Campos

Gilmar

Caio Majado

15H

Alex Shibão

Shirley Barbosa e Flavia Muniz

Tainan Rocha

Ruis

17H

Airton Marinho | Giovanni Pedroni | Felipe Coutinho | Alessio Esteves | Jun Sugiyama | Eduardo Capel

Miguel Peres e Rômulo Oliveira

Orlandeli

Pedro Cirne e Mário Cesar

19H

Caio Majado

Ruis

Gilmar

Entre as atrações especiais para a Comic Con estão os livros: “Cemitérios dos Sonhos” (02 de dezembro, às 17h), HQ surreal do roteirista português Miguel Peres que apresenta uma história cheia de sonhos e escolhas acompanhada pelos traços de Rodrigo Martins dos Santos, Marília Feldhues, Rômulo de Oliveira e Cinthia Saty. “Púrpura” (04 de dezembro, às 17h) é uma graphic novel que reúne trabalhos de 16 artistas de países que falam português sobre a doença que dá título ao livro que é todo ilustrado em tons de lilás.

Serviço

Lançamentos SESI-SP Editora

Comic Con Experience 2016

Data: 1 a 4 de dezembro

Endereço: São Paulo Expo

Rod. Dos Imigrantes, KM 1,5 – Água Funda

(A 1300 metros do Metrô Jabaquara)