Arquivo da tag: Social Comics

Edgar Alan Corvo é a nova HQ exclusiva do Social Comics

Publicação está disponível para assinantes do streaming de histórias em quadrinhos

Um corvo que investiga e soluciona mistérios é a estrela da segunda publicação exclusiva do Social Comics, streaming de histórias em quadrinhos. Com o sugestivo nome deEdgar Alan Corvo (referência direta ao escritor norte-americano Edgar Allan Poe e sua obra, O Corvo), o projeto já está disponível na plataforma.

A primeira história é O Enigma do Pentagrama. escrita por Douglas MCT e desenhada por Glauco Silva – a HQ é uma parceria com o selo PulpToon. Na trama, Edgar Alan Corvo é procurado por uma dançarina para desvendar os segredos de um misterioso pentagrama e, com isso, encontrar a escritura do cabaré e salvar o local d’A Alcateia, organização criminosa chefiada por Vito Lupone, o Poderoso Lobão.

Edgar Alan Corvo é exclusiva na Social Comics
Edgar Alan Corvo é exclusiva na Social Comics

Douglas MCT já escreveu Turma da Mônica, roteirizou o desenho animado Galera Animal, da TV Globo, participou do enredo do game Chico Bento para redes sociais, é autor do mangá Super, e dos livros O Coletor de Almas e Necrópolis. Atualmente, dá aulas de Roteiro Multimídia em São Paulo. Já Glauco Silva desenhou as HQs The Adventure of Rudy Cool e Geeks vs Jocks, ambos para editoras da Austrália, a HQ Versus do Canadá, produziu também 350 cards de super-heróis para a Marvel e atualmente está trabalhando no quadrinho Shrek para a Dreamworks.

Edgar Alan Corvo é a segunda publicação exclusiva do Social Comics e também foi anunciada na segunda edição do CCXP – Comic Con Experience, realizada de 3 a 6 de dezembro de 2015, em São Paulo. Anteriormente, a empresa já havia disponibilizado o Diário de um Super, do quadrinista Eric Peleias.

Além dessas publicações, os assinantes também podem conferir mais de 1.500 histórias em quadrinhos no formato digital. Para ter acesso a todo acervo, basta assinar o Social Comics por R$ 19,90 por mês. A plataforma digital, lançada em 2015 e pertencente ao Omelete Group, tem o objetivo de fomentar a indústria nacional de Histórias em Quadrinhos, utilizando o mesmo conceito do Netflix, mas para HQs. Os usuários podem testá-la por 14 dias gratuitamente.

Cinco HQs nacionais para comemorar o Dia do Desenhista

15 de abril é o Dia Mundial do Desenhista, e o Social Comics, maior streaming de quadrinhos do país, destaca 5 obras em seu portfólio que honram a tradição do Brasil na 9º arte. A data foi instituída em 2011 pela Associação Internacional das Artes (IAA) e por iniciativa da Unesco. Hoje, após amplo reconhecimento das obras e artistas brasileiros (inclusive na terra da Marvel e da DC Comics), sugerimos indicações para comemorar lendo:

Pétalas, de Gustavo Borges e Cris Peter (Marsupial Editora)

ImageProxy (1)

O roteiro e arte são de Gustavo Borges (Edgar – Em Busca da Energia dos Ventos) e as cores de Cris Peter (Astronauta – Singularidade). Pétalas é um conto fechado que mostra a jornada de três personagens durante um inverno cruel. Quando Raposinha e seu avô sofrem para sobreviver no inverno, eis que surge um estranho pássaro que muda suas vidas para sempre.

Bear – Volume 1, de Bianca Pinheiro (Editora Nemo)

ImageProxy (2)

A pequena Raven tem um problema: de algum modo ela conseguiu se perder de seus pais e de seu lar. Em sua busca, ela se depara com um urso marrom (ou seria alaranjado?) que, apesar de rabugento, aceita ajudá-la nessa empreitada. Criada por Bianca Pinheiro, a jornada desses dois acaba de começar.

Um Sábado Qualquer – Deus, por trás das câmeras, de Carlos Ruas (independente)

ImageProxy (3)

Esse é o primeiro livro da série do Um Sábado Qualquer, que integra as tiras entre o número 1 até a o número 500. Acompanhe histórias de Deus, Luci, Adão, Eva e Caim que a Bíblia nunca contou – os bastidores da vida de Deus. A obra conta também com especial de 20 páginas Nos bastidores da Arca de Noé.

Combo Rangers – Ano 01, de Fábio Yabu e Paulo Henrique (Editora JBC)

ImageProxy (4)

Sucesso da editora JBC, a HQ de Fábio Yabu e Paulo Henrique, mostra a história dos campeões do amor e das causas justas, os famosos Combo Rangers. Fox, Kiko, Ken, Lisa, Tati e Luke mal entraram na adolescência e já salvaram diversas vezes o nosso planeta com seus incríveis poderes.

Klaus, de Felipe Nunes (Balão Editorial)

ImageProxy (5)

Klaus é a primeira graphic novel do jovem autor Felipe Nunes, de apenas 19 anos. Após se destacar no cenário independente, idealizou essa história com 100 páginas de quadrinhos publicados pela Balão Editorial. Agora, Klaus precisará lidar com os meandros da passagem da adolescência para a vida adulta enquanto descobre que suas diferenças com os outros não são meramente um acaso, mas algo estranhamente oculto que está prestes a se revelar.

Todos os quadrinhos acima estão disponíveis no Social Comics e podem, inclusive, ser lidos off-line, baixando pelo app disponível para IOS e Android. O Social Comics faz parte do Omelete Group, maior conglomerado de empresas de cultura pop do país. Saiba mais em: www.socialcomics.com.br

HQs da Zarabatana Books chegam ao Social Comics

Streaming disponibiliza inicialmente títulos como “Bando de Dois” e “A Vida de Jonas”, resultado da parceria fechada entre as empresas durante a Comic Con Experience

"Bando de Dois" está disponível no Social Comics. (Foto: Divulgação)
“Bando de Dois” está disponível no Social Comics. (Foto: Divulgação)

Os fãs de histórias em quadrinhos têm uma nova opção disponível no streaming Social Comics para leitura digital. A plataforma fechou parceria com a Zarabatana Books, uma das principais editoras do país neste segmento, e vai disponibilizar inicialmente 16 títulos da companhia para os assinantes.

O acordo foi anunciado na segunda edição da CCXP – Comic Con Experience, realizada de 3 a 6 de dezembro de 2015, em São Paulo. Uma das primeiras obras na plataforma éBando de Dois, produzida por Danilo Beyruth em 2010.  A obra foi a grande vencedora do Troféu HQMix em 2011, com os prêmios de “melhor edição especial”, “melhor desenhista” e “melhor roteirista”.

As outras HQs, como A Máquina do Tempo, de Adão Iturrusgarai, e Saino a Percurá, de Lelis, também entram para o catálogo em breve. Fundada em 2006, a Zarabatana Books reúne alguns dos principais nomes das histórias em quadrinhos do Brasil e, desde 2010, publica regularmente materiais de autores argentinos.

"A Vida de Jonas" está disponível no Social Comics. (Foto: Divulgação)
“A Vida de Jonas” está disponível no Social Comics. (Foto: Divulgação)

“Disponibilizar as obras da Zarabatana Books na plataforma reforça nosso intuito de fomentar a indústria de histórias em quadrinhos, permitindo o acesso a obras diferenciadas de autores importantes”, comenta Marcelo Bouhid, diretor de marketing do Social Comics.

Além das publicações desta editora, os assinantes também podem conferir mais de 1.500 histórias em quadrinhos no formato digital. Para ter acesso a todo acervo, basta assinar oSocial Comics por R$ 19,90 por mês. A plataforma digital, lançada em 2015 e pertencente ao Omelete Group, tem o objetivo de fomentar a indústria nacional de Histórias em Quadrinhos, utilizando o mesmo conceito do Netflix, mas para HQs. Os usuários podem testá-la por 14 dias gratuitamente.

Social Comics lança selo especial em comemoração ao Dia Internacional da Mulher

Novidade é fruto da parceria com a Editora Cândido para destacar o trabalho de artistas mulheres no mercado de quadrinhos

Para celebrar o Dia Internacional da Mulher, o Social Comics, maior site de streaming de HQs da América Latina, anuncia a criação do selo Pagu Comics, que consiste na coleção de histórias em quadrinhos nacionais feitas por mulheres. A iniciativa tem como objetivo fomentar a produção delas no mercado de HQs. Atualmente, na plataforma do Social Comics, elas representam cerca de 7% dos artistas independentes com obras ativas.

Social Comics comemora Dia Internacional da Mulher com novidades. (Foto: Divulgação)
Social Comics comemora Dia Internacional da Mulher com novidades. (Foto: Divulgação)

A curadoria do projeto e coordenação do time de quadrinistas fica a cargo de Ana Recalde, artista brasileira e co-autora da graphic novel Beladona, que rendeu a ela e a Denis Mello o prêmio HQ Mix como melhor Web Quadrinho em 2014. Além disso, a iniciativa tem parceria com a Editora Cândido, do Rio de Janeiro.

“A ideia é incentivar essas artistas para que produzam histórias exclusivas de forma consistente e simultânea, impulsionando ainda mais o mercado”, afirma Ana Recalde, coordenadora do selo Pagu Comics.

As primeiras artistas com trabalhos confirmados no selo Pagu Comics são:

Blenda Furtado, professora (Curso de Desenho e Curso de Mangá) no Estúdio Daniel Brandão, em Fortaleza (CE), lapista, arte finalista e colorista.

Chairim, ilustradora e colorista paulista, criadora de obras como: Purple Apple, Mare Rosso e As Aventuras da Bruxinha Mô (1 e 2), A Última Lenda e Livro de Conselhos do gato Darazar.

Dani Mota, ilustradora e designer de São Paulo, colaboradora do projeto Amarelo Criativo.

Germana Viana desenhista, letrista e roteirista, é autora de Lizzie Bordello e as Piratas do Espaço e integrante do coletivo de quadrinhos CBGiBi, além de trabalhar com editoras como a Panini e a Jambô.

Milena Azevedo, roteirista de histórias em quadrinhos, cinema e games, presta curadoria para eventos de cultura pop.

Roberta Araújo, estudante de história da arte, criadora e administradora da página Mulheres Nos Quadrinhos, organizadora dos livros MNQ volume 1 e 2 e roteirista do coletivo Capa Comics.

“Quando lançamos o Social Comics em agosto de 2015, apenas 5% da base de nossos assinantes eram mulheres. Hoje, crescemos para 12% e queremos aumentar cada vez mais esse número”, finaliza Marcelo Bouhid, diretor de marketing do Social Comics.

Para saber mais, acesse: www.socialcomics.com.br.

5 destaques para comemorar o Dia do Quadrinho Nacional

30 de janeiro é o Dia do Quadrinho Nacional, e o Social Comics destaca 5 obras em seu portfólio que honram a tradição do país na 9º arte. A data é uma homenagem a Angelo Agostini que em 1869, publicou As Aventuras de Nhô-Quim, ou Impressões de uma Viagem à Corte – considerada a primeira HQ do Brasil. Hoje, após amplo reconhecimento das obras e artistas brasileiros (inclusive na terra da Marvel e da DC Comics). Confira as indicações para comemorar lendo:

Pétalas, de Gustavo Borges e Cris Peter (Marsupial Editora)

ImageProxy

O roteiro e arte são de Gustavo Borges (Edgar – Em Busca da Energia dos Ventos) e as cores de Cris Peter (Astronauta – Singularidade). Pétalas é um conto fechado que mostra a jornada de três personagens durante um inverno cruel. Quando Raposinha e seu avô sofrem para sobreviver no inverno, eis que surge um estranho pássaro que muda suas vidas para sempre.

Bear – Volume 1, de Bianca Pinheiro (Editora Nemo)

ImageProxy (1)

A pequena Raven tem um problema: de algum modo ela conseguiu se perder de seus pais e de seu lar. Em sua busca, ela se depara com um urso marrom (ou seria alaranjado?) que, apesar de rabugento, aceita ajudá-la nessa empreitada. Criada por Bianca Pinheiro, a jornada desses dois acaba de começar.

Um Sábado Qualquer – Deus, por trás das câmeras, de Carlos Ruas (independente)

ImageProxy (2)

Esse é o primeiro livro da série do Um Sábado Qualquer, que integra as tiras entre o número 1 até a o número 500. Acompanhe histórias de Deus, Luci, Adão, Eva e Caim que a Bíblia nunca contou – os bastidores da vida de Deus. A obra conta também com especial de 20 páginas Nos bastidores da Arca de Noé.

Combo Rangers – Ano 01, de Fábio Yabu e Paulo Henrique (Editora JBC)

ImageProxy (3)

Sucesso da editora JBC, a HQ de Fábio Yabu e Paulo Henrique, mostra a história dos campeões do amor e das causas justas, os famosos Combo Rangers. Fox, Kiko, Ken, Lisa, Tati e Luke mal entraram na adolescência e já salvaram diversas vezes o nosso planeta com seus incríveis poderes.

Klaus, de Felipe Nunes (Balão Editorial)

ImageProxy (4)

Klaus é a primeira graphic novel do jovem autor Felipe Nunes, de apenas 19 anos. Após se destacar no cenário independente, idealizou essa história com 100 páginas de quadrinhos publicados pela Balão Editorial. Agora, Klaus precisará lidar com os meandros da passagem da adolescência para a vida adulta enquanto descobre que suas diferenças com os outros não são meramente um acaso, mas algo estranhamente oculto que está prestes a se revelar.

 

Confira 5 novidades do Social Comics, o primeiro serviço de streaming de HQs do Brasil

Empresa, que faz parte do Grupo Omelete, detalha as ações divulgadas durante a Comic Con Experience 2015

Responsável pelo primeiro serviço de streaming de quadrinhos do país, o Social Comics (www.socialcomics.com.br) foi uma das grandes atrações da segunda edição da CCXP – Comic Con Experience (www.ccxp.com.br), realizada de 3 a 6 de dezembro no São Paulo Expo, e revelou algumas das ações mais importantes para 2016. Confira os destaques:

#1 Conteúdo exclusivo Social Comics

Com o objetivo de fomentar a indústria nacional de Histórias em Quadrinhos, as obras sairão apenas em formato digital, com exclusividade para o Social Comics. São elas:

  • Thera, de Rafael Ramos, artista novo no mercado, amante de arte e fantasia, louco por séries, jogos e fanático por RPG e histórias relacionadas. Criou o “Vida de RPGista” para a editora Devir.

ImageProxy

  • Diário de um Super, de Eric Peleias, quadrinista, ilustrador e designer gráfico de São Paulo. Em 2014, lançou Ima – Sempre em Frente (Artliber) e Eu, Super (independente). Em 2015, lança Olhos Insanos, baseada em um crime que aconteceu em São Paulo na década de 1990.

ImageProxy (1)

  • Edgar Alan Corvo, de Douglas MCT e Glauco Silva. Douglas já escreveu Turma da Mônica, roteirizou o desenho animado Galera Animal (TV Globo), participou do enredo do gameChico Bento para redes sociais, é autor do mangá Super, e dos livros O Coletor de Almas e Necrópolis. Atualmente, também dá aulas de Roteiro Multimídia em São Paulo. Glauco já desenhou as HQs The Adventure of Rudy Cool e Geeks vs Jocks, ambos para editoras da Austrália, a HQ Versus do Canadá, produziu 350 cards de super-heróis para a Marvel e atualmente está trabalhando no quadrinho Shrek para a Dreamworks. Vive em Recife;

ImageProxy (2)

  • Angus: Inferno na Pictávia, de Orlando Paes Filho, escritor consagrado que inicia seu trabalho contínuo na HQ digital. Nascido em 1962 em São Paulo, desde os 14 anos tem se dedicado à sua obra literária Angus, hoje publicada em 30 países. Com 40 anos de produção, inicia uma nova fase publicando HQs digitais em parceria exclusiva com o Social Comics.

ImageProxy (3)

#2 Parceria com o Instituto Ayrton Senna

ImageProxy (4)

O projeto busca resgatar toda a obra do Senninha em HQs, que fazem parte de um plano maior de comunicação do personagem e seus valores a um público mais jovem, que não conheceu o campeão Ayrton.