Arquivo da tag: Solaris

Black Desert Mobile recebe a espetacular classe Solaris

Eventos celebram a chegada da nova classe com diversas recompensas exclusivas 

(Foto: divulgação)

Pearl Abyss anunciou a chegada da nova classe Solaris ao Black Desert Mobile. Com ela, o jogo passa a contar com 22 classes disponíveis para criação de personagem. Para celebrar a novidade, os Aventureiros poderão participar de diversos eventos.

Solaris é uma poderosa classe de combate corpo a corpo que empunha a poderosa e afiada Jordun como se fosse uma pena, encurralando seus inimigos e conquistando o campo de batalha. Junto com sua sub-arma, Lhama, ela é capaz de realizar poderosos golpes em seus inimigos com habilidades e ataques com elemento de fogo.

Habilidades da classe:

  • Chama de Yinix: Uma habilidade passiva que permite queimar inimigos que chegarem muito perto. Também reduz o dano recebido por outros jogadores e aumenta o dano recebido por criaturas.  
     
  • Círculo de Fogo: Solaris gira seu corpo e arremessa o Jordun contra seus inimigos.
     
  • Onda Flamejante: Solaris usa a chama de Jordun para criar lava e infligir dano.
     
  • Presa do Dragão: Amplifica as chamas contidas em Jordun para causar dano aos inimigos à sua frente.
     
  • Fúria do Dragão: Derrube os inimigos no chão com um efeito de nocaute. Esta habilidade pode ser aprimorada para aumentar seu alcance.
     
  • Caminhar Eterno: Solaris empurra os inimigos para frente com sua arma Jordun. Os oponentes são atordoados com o último golpe.
     
  • Explosão de Lava: Solaris invoca uma explosão de lava na localização de seus inimigos, causando muito dano.
     
  • Voo Mitológico: Esta habilidade aumenta muito a velocidade de Solaris por meio do poder das chamas divinas, permitindo que ela se aproxime do inimigo e o ataque instantaneamente.

Estas são apenas algumas das habilidades disponíveis em seu arsenal. Os Aventureiros com certeza ficarão encantados com todos os combos e opções estratégicas que esta nova e emocionante classe tem a oferecer.

Diversos eventos in-game estão chegando ao Black Desert Mobile para comemorar a nova classe Solaris. No evento de Produção de Biscoitos da Sorte, os jogadores são convidados a fazerem Biscoitos da Sorte por meio da Massa de Biscoito, que podem ser obtidos ao derrotar criaturas. Uma vez criados, os Biscoitos da Sorte podem ser trocados por Fragmentos de Alyaelli, um material raro para a criação de equipamentos Abissais.

Aventureiros que jogarem com a Solaris também poderão participar de um evento especial para alcançar o nível 70. Caso cheguem lá, receberão diversas recompensas valiosas, entre elas: [Épico] Baú de Traje, Baú do livro de habilidades da Solaris, Baú de Relíquia Ancestral e 1.000 Pérolas Negras.

Novas missões diárias e semanais também estão disponíveis, incluindo o Boss Rush e as Missões do Espírito Negro que recompensarão os Aventureiros com Moedas de Ouro Ancestrais, que podem ser trocadas por Conselhos de Valk, Baús Ancestrais e Selos de Boss.

Para obter mais informações sobre o Black Desert Mobile, visite o site oficial.

Livro clássico do polonês Stanislaw Lem volta às prateleiras em edição pela Aleph

Após passar anos esgotado, Solaris, romance de ficção científica escrito em 1961 pelo polonês Stanislaw Lem, volta às livrarias em maio. A obra chega ao leitor em uma edição caprichada: texto traduzido por Eneida Favre direto do polonês e um projeto gráfico luxuoso, com capa dura. O livro passa a integrar o catálogo da Aleph de obras importantes da ficção científica que inspiraram sucessos do cinema, ao lado de Laranja Mecânica2001: Uma Odisseia no EspaçoO Planeta dos MacacosEu Sou a LendaJurassic Park, entre outros.

f9ac56bb-7d4d-46cd-946a-d795d6142f19

O texto de Lem tornou-se um marco no gênero ao tratar de assuntos delicados, como traumas pessoais, inteligência humana e ciência, com uma grande carga emocional e psicológica envolvida. Ao longo das páginas, o autor conseguiu imaginar cenários vivos com maestria, descrever os empecilhos da comunicação com espécies alienígenas, retratar como a condição humana pode ser incapaz de lidar com o novo e o inexplorado sem causar destruição, e ainda levantar discussões: o amor é uma projeção? Qual o lugar da humanidade no universo? Até que ponto as memórias formam uma identidade? E o autor tece esses assuntos com uma escrita inteligente e irônica, um dos grandes trunfos da obra.

Solaris recebeu três adaptações cinematográficas. O primeiro filme foi gravado em 1968, na Rússia, porém não teve tanta repercussão. Já em 1972, foi lançada a versão mais reconhecida, dirigida por Andrei Tarkovski, que tornou-se um clássico cult e venceu o Grand Prix no Festival de Cannes, umas das categorias mais importantes do evento. Sua versão hollywoodiana, lançada em 2002 e estrelada por George Clooney, teve relativo sucesso de público – gerou cerca de 9 milhões de dólares em sua estreia –mas não agradou muito o autor, que criticou o erotismo do filme:

“Na minha compreensão, o livro não é dedicado aos problemas eróticos das pessoas no espaço… Como autor de Solaris, vou me permitir ser repetitivo, eu só queria criar a visão de um encontro humano com algo que certamente existe, de uma maneira poderosa, mas que não pode ser reduzido a conceitos, ideias ou imagens humanas. É por isso que o livro foi intitulado Solaris e não Amor no Espaço.

A TRAMA 

O livro traz a história do cientista Kris Kelvin, psicólogo que vai ao planeta Solaris para estudar um oceano vivo – e possivelmente inteligente – que cobre a sua superfície. Mas ao chegar na estação espacial, Kelvin encontra colegas de trabalho hostis e amedrontados. Logo ele descobre que esses respeitados cientistas estão sendo perturbados por estranhas aparições, que também começam a afetar sua própria percepção. O que ele vê são suas memórias mais obscuras e reprimidas, materializadas por obra de alguma misteriosa força atuante no planeta.