Arquivo da tag: Sony Pictures

A Caminho de Casa – Uma odisseia canina

Por Andre Luigi

Baseado no livro de W. Bruce Cameron, o filme “A Caminho de Casa”, dirigido por Charles Martin Smith e produzido por Gavin Polone, estreou na quinta-feira (28) nos cinemas brasileiros.

O longa nos apresenta vários temas: a relação de amor e lealdade entre um ser humano e seu cachorro, veteranos de guerra com estresse pós-traumático, animais abandonados entre outros. Embora o filme possa parecer clichê à primeira vista e o final seja um tanto quanto previsível, ele nos mostra uma jornada interessante.

(Foto: Divulgação)

O filme nos introduz Bella (Bryce Dallas Howard) uma cachorrinha que acaba de ser resgatada por seres humanos e é adotada e amada por eles. Em Denver, pitbulls são proibidos por lei, obrigando que seu dono Lucas (Jonah Hauer-King) procure um lugar no interior para abrigar Bella até ele achar uma outra cidade para se mudarem.

A premissa é interessante, pois essa lei é extremamente polêmica, com razões para muitos ataques e também defesas.  O filme se desenrola após Bella fugir de seu abrigo no interior e tenta retornar para Lucas, que está a vários quilómetros de distância, a jornada de Bella não é nada fácil, tendo vários encontros e desencontros ao longo do caminho, a cachorrinha vai criando diversos laços no processo.

O filme tem um ar mais “infantil”, que a princípio pode incomodar quem erroneamente esperava com uma pegada mais dramática. No entanto no decorrer da história, o tom da narrativa acaba conquistando o espectador e gerando emoção nos momentos certos, causar tensão nos momentos de perigo e de nos fazer rir com as brincadeiras e travessuras da cachorrinha.

A trilha sonora instrumental de Mychael Danna (que trabalhou em 500 Dias Com Ela) e outras músicas pop que aparecem ao longo do enredo são importantes aliadas para nos transmitir a emoção das cenas e mexer com a emoção dos espectadores. Como todo filme sobre animais o que causa a comoção no público são os closes que conseguem capturar a doçura dos cachorros que fazem parte da história. Do olhar triste de Bella quando está separada de sua família a momentos excitação por estar perto de quem gosta. O filme também conta com Ashley Judd e Alexandra Shipp, nomes conhecidos do grande público, mas que não conseguem se sobressair na trama. Apenas cumprem os seus papeis de forma justa e se despedem sem nenhuma cena memorável. Falando de cena memorável, não dá para deixar de fora um detalhe comovente e bonito da trama, que é a amizade que Bella desenvolve com uma Puma que ela chama de “Gatona”. A puma fora representada e criada totalmente por computação gráfica. E é essa relação entre as duas que inicialmente dá a Bella uma nova sensação de pertencer a algo, de ter uma família que a faz não só cuidar da “gatona” como de persistir em seu objetivo de voltar para Lucas.

Mas nem tudo são flores, pois as conveniências de roteiro na parte final nos dão a sensação de que não havia mais tempo para resolver o conflito principal, e procurando qualquer solução conveniente e rápida para fechar a trama. Mesmo com seus defeitos, A Caminho de Casa nos proporciona momentos divertidos, tristes e com certeza emocionantes, e consegue atingir seu objetivo de mexer com os sentimentos do espectador, o filme se encerra como uma experiência agradável e tocante para quem tem amor por cães.

Top 5 painéis da CCXP18

Por Andressa Barbieri

Todo mundo já sabe que a CCXP de São Paulo é a maior Comic Con do mundo, mas só esse ano o evento conseguiu realmente atingir um de seus grandes objetivos, que é ter a credibilidade das produções internacionais. Até ano passado, uma das grandes críticas do público da CCXP era a falta de atores de peso no evento, a maioria dos atores que compareciam eram atores coadjuvantes ou que não tinham ainda muita visibilidade no mundo nerd.

Esse ano as coisas mudaram! E principalmente por esse motivo, os painéis foram o ponto alto dos 4 dias de evento, com direito a muitas novidades, presença de artistas incríveis e muitas pré-estreias.

Então, segue aqui o Top 5 dos melhores painéis que rolaram na CCXP18!

  1. Warner

A Warner veio e mostrou que nada é impossível nesse mundo! Assim como a Netflix, a produtora trouxe vários painéis pra CCXP18.

Pra começar, teve logo a pré-estreia exclusiva do filme “Aquaman”, que atingiu e muito as expectativas dos fãs. Muita gente já tá dizendo que é o melhor filme da DC Comics desde “Batman: Cavaleiro das Trevas”. O filme não deixa nada a desejar, tem muita ação, personagens femininas fortes e determinantes, vilões com ótimas motivações, fotografia incrível e muitos closes no Jason Momoa. Se você ficou um pouco desiludido com os últimos filmes da DC, vale a pena dar mais uma chance pra franquia.

No domingo, foram 4 h30 seguidas de novidades. Começando com um bate papo superdescontraído com o elenco de “Creed II”, Michael B. Jordan, Tessa Thompson e Florian Munteanu.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Depois, os filmes de terror da Warner ganharam espaço: “A Maldição da Chorona”, que aborda uma lenda urbana latino-americana, ganhou uma cena inédita e “It: A Coisa – Capítulo 2”, apresentou um vídeo dos bastidores e de mensagem dos atores do longa para os fãs brasileiros.

Justice Smith, protagonista de “Pokémon: Detetive Pikachu”, entrou no palco para contar a experiência de gravar esse filme onde, na maior parte do tempo, ele tem que usar a imaginação para criar as cenas a partir do famoso fundo verde utilizado nas cenas que ganharão CGI na finalização.

“Uma Aventura Lego 2” e “Godzilla 2” também ganharam trailers, esse último seguido de um recado da atriz Millie Bobby Brown para os fãs.

E aí acabou… A primeira parte!

Entramos então no universo da DC. A Warner trouxe diversas novidades sobre as produções “Aquaman”, “Mulher-Maravilha 1984” e “Shazam!”, com a presença de Zachary Levi, que contou de forma muito bem humorada como é ser um herói nos cinemas, como é realizar esse sonho, e também sobre como é difícil ir ao banheiro usando o uniforme do personagem, já que ele precisa da ajuda de duas pessoas para colocar e tirar o traje. Teve a exibição de uma cena completa de “Shazam!” e de “Mulher-Maravilha 1984”, além de recados de atores como Jason Momoa e Gal Gadot.

Pra finalizar, os fãs tiveram a oportunidade de assistir a mais uma pré-estreia, dessa vez de “Creed II”. O filme mistura toda a atmosfera de Rocky e Creed que estamos acostumados, com momentos muito emocionantes nas relações entre Adonis Creed e a namorada, Bianca, Creed e Rocky, Rocky e sua família, Rocky e Ivan Drago e de Drago com seu próprio filho, o novo desafiante de Creed nos ringues. Além da nostalgia de termos Rocky e Drago frente a frente mais uma vez, o filme acerta em trazer de volta antigos acontecimentos que amarguram os personagens por muitos anos.

  1. Sony

A Sony resolveu matar os fãs de curiosidade e fez um painel surpresa. Isso mesmo! Até o momento do início do painel ninguém fazia ideia do que ia acontecer. Muitas especulações surgiram, mas certamente ninguém chegou nem perto de imaginar tudo que aconteceu durante as 2h do painel.

Pra começar, foi apresentado o primeiro trailer inédito de “MIB Internacional”, seguido de um vídeo dos protagonistas do filme especialmente para os fãs brasileiros. De repente, sem enrolação, Tessa Thompson estava no palco! A atriz falou sobre sua personagem a definindo como “badass, muito inteligente e super nerd”, a expectativa de fazer parte do universo de MIB e como foi reencontrar Chris Hemsworth depois de “Thor: Ragnarok”, onde interpretou a Valquiria.

WhatsApp Image 2018-12-10 at 15.28.07 (2)
Tessa Thompson apareceu de surpresa no painel da Sony. (Foto: Andressa Barbieri)

Depois disso, o painel entrou em um momento sombrio. A Sony trouxe o trailer de “Brightburn”, um filme de terror de super-herói dirigido por James Gunn, e de “Escape Room”,  baseado em um jogo de Escape onde temos que achar as pistas e escapar das salas antes que acabe o tempo, sabe? A diferença é que no filme, a vida dos personagens é que estão em jogo. A apresentação contou com a presença do diretor Adam Robitel e com uma cena desesperadora e exclusiva de 5 minutos do filme.

Daí pra frente o painel foi uma overdose de Homem-Aranha. Começando pela exibição dos 30 primeiros minutos do filme “Homem-Aranha no Aranhaverso”, que foi o suficiente para mostrar a estética diferenciada do filme, que mistura animação digital com itens característicos dos quadrinhos, como as onomatopeias nos momentos de lutas. E pra finalizar, Tom Holland, Jacob Batalon e Jake Gyllenhall apareceram para falar, mas sem spoilers, sobre o filme “Homem-Aranha: Longe de Casa  e apresentar o primeiro trailer exclusivo do longa. Tão exclusivo que nem os próprios atores tinham visto ainda!

  1. Netflix

A Netflix trouxe vários painéis para os 4 dias da CCXP desse ano com muitas novidades sobre as produções para 2019.

Para falar sobre “Mogli – Entre Dois Mundos”, o ator e diretor Andy Serkis veio contar sobre a atmosfera mais sombria do filme dirigido por ele e sobre seu personagem Baloo, que ao contrário da versão que estamos acostumados onde ele é um personagem brincalhão e animado, traz dessa vez um semblante mais ranzinza.

No painel da série “The Umbrella Academy” tivemos a presença já esperada de Gerard Way e Gabriel Bá, os criadores dessa história em quadrinhos, e parte do elenco que dá vida aos personagens da trama. A grande surpresa da noite foi a presença de Ellen Page, também do elenco, mas que não estava cotada como uma das atrações do painel, uma ótima surpresa para os fãs.

WhatsApp Image 2018-12-10 at 15.28.10
Netflix trouxe Sandra Bullock para CCXP, que teve pré-estreia de Bird Box. (Foto: Andressa Barbieri)

Para “Bird Box”, a Netflix foi ousada! Além da pré-estreia do filme, o painel contou com a presença de nada mais nada menos que Sandra Bullock e Trevante Rhodes, protagonistas do suspense, e Dylan Clark, produtor do filme. Arrisco dizer que esse filme foi a surpresa mais positiva dentre as pré-estreias apresentadas nos painéis. O filme não estava sendo tão comentado pelo público, mas deixou todo mundo de boca aberta no final da exibição. Recomendo!

Pra finalizar, as fofuras de “Stranger Things” apareceram para levar os fãs ao mundo invertido. Caleb Mclaughlin, Noah Schnapp e Sadie Sink falaram sobre seus personagens, a importância da relação deles com o público e sobre a relação dos atores nos bastidores entre si, nem tudo são flores o tempo todo, não é mesmo? E no final, foi mostrado um teaser sobre a 3ª temporada da série que termina com a frase “No verão de 1985, a aventura continua…”. Ansiosos?

  1. Marvel

O painel mais aguardado pelo público da CCXP talvez não tenha sido tão interessante quanto muitos imaginavam. A expectativa era grande para a liberação do primeiro trailer de Vingadores 4 neste painel, porém o trailer foi liberado na internet um dia antes, diminuindo um pouco a ansiedade dos fãs. Mesmo assim, o dia do painel da Marvel, sábado, foi o dia com a fila mais longa para a entrada no auditório e grande parte dessa fila era devido ao painel do UCM. Enquanto nos outros dias era possível conseguir lugar ainda de manhã para entrar no auditório Cinemark XD com capacidade para mais de 3mil pessoas, na madrugada de sexta para sábado as pulseiras que garantiam a entrada no auditório esgotaram por volta de 5h da manhã.

Apesar de não termos o trailer de “Vingadores: Ultimato” como novidade, este foi apresentado durante o painel na presença de Sebastian Stan, levando o público à loucura mesmo que já tivessem assistido anteriormente na internet. Durante o painel rolou um bate papo com o Soldado Invernal, que falou um pouco sobre como é fazer parte deste universo cinematográfico de 10 anos e sobre como foi conhecer e conviver com Stan Lee, que nos deixou a menos de um mês, com direito a um vídeo muito emocionante do mestre dos quadrinhos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Em seguida, Brie Larson veio para trazer novidades sobre Capitã Marvel. Ela contou sobre o processo de produção do filme, da importância de ser a primeira protagonista feminina de um filme solo de herói da Marvel e trouxe clipes de partes do filme não divulgadas ainda. Esses clipes mostraram um pouco mais sobre a força absurda da personagem e trouxeram algumas novidades sobre o enredo do filme, como uma cena em que a Capitã Marvel está sendo treinada pelo personagem misterioso de Jude Law.

  1. Mauricio de Souza Produções

A Turma da Mônica é uma das queridinhas da CCXP e sempre traz painéis com muitas novidades para os fãs. E vamos combinar né, quem aqui nunca leu um gibi da Turma da Mônica? É incrível ver Maurício de Souza e a própria Mônica em pessoa falando sobre as novidades da marca ao lado dos responsáveis pelas criações.

Os painéis da Mauricio de Souza Produções sempre chamam a atenção pela organização de conteúdos e por conseguirem mesclar muito bem as novidades que acompanham a modernização do mercado com a nostalgia dos gibis que estamos acostumados desde a infância.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Esse ano, as grandes novidades anunciadas foram a Gibiteca, um aplicativo que funciona como uma biblioteca de Gibis pra você carregar sua coleção pra onde quiser, o lançamento de novos episódios de franquias de vídeos e quadrinhos que já haviam sido lançados nos anos anteriores, como por exemplo o Mônica Toy, um trailer exclusivo do filme Turma da Mônica: Laços com a presença dos atores mirins do filme e a revelação do personagem de Rodrigo Santoro no filme, o Louco. E para finalizar, a maior surpresa do painel, uma parceria com a HBO para a série Astronauta. Para a divulgação desse último, foi passado um teaser muito rápido que não conta muita coisa, mas nos deixa com a curiosidade a flor da pele! O que você acha que vem por aí?

Ufa! É muita coisa! E aí, os painéis da CCXP18 foram ou não foram Épicos?

CCXP tem dia épico com grandes astros de Hollywood

Além dos já programados Brie Larson e Sebastian Stan, o Auditório Thunder Cinemark XD recebeu de surpresa Tom Holland, Jake Gyllenhaal, Jacob Batalon, Tessa Thompson e Ellen Paige

O público foi à loucura no terceiro dia de CCXP. O maior festival de cultura pop do planeta, que acontece até hoje, no São Paulo Expo, recebeu grandes estrelas do cinema em painéis que lotaram o Auditório Thunder Cinemark XD. Além dos aguardados astros que já faziam parte da programação, cinco aparições surpresas fizeram o público delirar quando subiram ao palco.

Tom Holland, Jake Gyllenhaal e Jacob Batalon, transformaram o painel da Sony Entertainment em um dos momentos mais épico da CCXP18! Os atores apareceram para falar de “Homem-Aranha: Longe de Casa” e Tom garantiu: “o próximo filme é muito melhor do que o primeiro e vocês não vão acreditar no que está por vir”. Outro nome convidado foi Adam Robitel, de “Escape Room” que defende que, no filme, “cada personagem é um mistério e o motivo pelo qual eles estão reunidos também”.  Os fãs assistiram ao trailer e o artista ainda afirmou que eles podem esperar surpresas como desafios, sustos, personagens femininas incríveis e fortes e cenários supercaprichados.

No mesmo painel, Tessa Thompson, de “MIB Homens de Preto”, também foi uma das atrações surpresas. A atriz arrancou risadas do público ao contar sua preparação para o filme: “fiz meditação, revi os filmes e rezei para o espírito de Will Smith e Tommy Lee Jones!”, brincou. Os brasileiros foram os primeiros do mundo a assistir ao trailer do longa. No encontro, ainda foi apresentado o filme “Brightburn”, que, produzido por James Gunn, inaugura um novo gênero: o terror de super-heróis.

Se a Sony fez surpresa, a Disney já tinha criado expectativa com atrações muito aguardadas pelo público. Sebastian Stan, o Soldado Invernal, contou sobre como é pertencer ao Universo Marvel. Ele, que sempre via os super-heróis como parte de sua família, comentou que “participar do time foi uma realização”. Ele ainda lembrou de Stan Lee, com um vídeo tributo, e emocionado deu o recado para os fãs: “ele amava todos esses personagens e estava muito contente com todos os filmes”.

Brie Larson, Capitã Marvel e a primeira mulher a ser a protagonista de um filme da Marvel, foi recebida de pé pelo público do Auditório Thunder. Segundo ela, voltar com o filme à década de 90, período de sua infância, foi bastante nostálgico e os fãs podem esperar bastante evolução da personagem: “veremos desenvolvimentos não só físicos, mas emocionais na Capitã Marvel”. A atriz também falou sobre os poderes da personagem, sobre a rivalidade entre krees e skrulls e foi exibido um trailer inédito. Para Brie, o papel foi gratificante: “não tinha a força que tenho agora. Antes me via como tímida e agora consigo levantar um carro ladeira acima”. E quando perguntada sobre qual mensagem gostaria de deixar para as garotas que se inspiram na Capitã Marvel: “eu fiz para vocês!”.

A Netflix realizou um painel sobre “Mogli – Entre Dois Mundos”, lançado ontem, dia 07/12. O filme, que já está disponível pela plataforma para 190 países, é a primeira experiência de Andy Serkis como diretor: “Esse roteiro ia direto ao coração do livro, que é uma história escrita há mais de 100 anos, é uma jornada muito emocional”. Além disso, Andy faz o personagem Baloo na produção, que acredita ser muito atual: “Vivemos em um mundo em que milhões de refugiados andam sem destino à procura de um lar. Sinto que algumas histórias vêm à tona retomadas pela literatura”, conta.

A streaming também trouxe outra surpresa para os fãs de graphic novel: a apresentação de The Umbrella Academy, uma série original da Netflix, baseada na graphic novel de Geraldo Way e que conta a história de irmãos que, com super-poderes, são adotados e treinados para combater o mal. Parte do elenco, formado pela atriz Ellen Paige, mais uma surpresa da CCXP que foi ovacionada pelos fãs, Tom Hopper, Emmy Raver-Lampman e David Castaneda, fecharam o último painel da noite. Além do trailer da série, que vai ao ar em fevereiro de 2019, o público ganhou rosquinhas cor-de-rosa com confeitos coloridos em homenagem a um dos objetos marcantes da direção de arte da produção. O painel terminou com chuva de papéis picados e uma apresentação de violino em homenagem à personagem de Ellen Paige, reconhecida como alguém “super comum”.

 

Auditório ULTRA

Quando os pequenos atores, Giulia Benitte, Kevin Vechiatto, Laura Rauseo, Gabriel Moreira, entraram no palco, acompanhados do diretor Daniel Rezende e, dos icônicos, Mauricio de Sousa e sua filha Mônica, os visitantes da CCXP aplaudiram de pé. Além de apresentarem o trailer e making of exclusivos, os profissionais dividiram com todos como foi interpretar a turma de amigos mais conhecida do Brasil. E, o que não faltou nos comentários de todos, foi o quão emocionante todo o projeto se mostrou para os envolvidos e como se tornaram unidos, “como uma família”, compartilhou Rezende.

Em mais um painel que faz parte das homenagens aos 80 anos do Superman, Tom Grummett comentou sobre os bastidores do clássico “A morte e o retorno de Superman”. O artista contou sobre as decisões feitas em um comitê para “matar” o super-herói e, depois então, ressuscitá-lo: “Assim que anunciamos que iríamos matar o Superman, os fãs do personagem já sabiam que iríamos trazê-lo de volta”. Questionado como foi ser convidado para fazer parte das obras do Homem de Aço, Grummett disse, em tom de brincadeira, como nunca foi convidado, apenas entrou de intruso: “Eu disse para o meu editor que queria fazer só uma história e ele falou que ia guardar aquela informação”.

Auditório Prime

Em uma sala lotada de fãs de todas as idades, o quadrinista John Romita Jr. dividiu seus truques para desenvolver as mais fantásticas narrativas de icônicos super-heróis. A concorrida masterclass abriu o terceiro dia do ciclo de palestras do Auditório Prime.  Durante mais de 60 minutos, ele mostrou sua técnica singular de desenho e criou, ao vivo, uma narrativa sobre o Superman, o grande homenageado da CCXP 2018. Logo em seguida, veio Joe Rubstein, um dos maiores nomes mundiais da arte final em quadrinhos. Em sua masterclass, o público aprendeu como se dá o acabamento para as principais séries de super-heróis, um processo artístico que envolve criatividade, observação e muita sensibilidade.

Pedido de casamento no Universo Cosplay

O que era para ser uma declaração de amor por parte da psicóloga Doani Pinheiro, virou um pedido de casamento de Jorge Gabriel – cosplay do Thor. Acontece que os dois tiveram a mesma ideia de surpreender o parceiro. Logo após uma apresentação do Thor e Luke, Doani chegou com o microfone para demonstrar o que sente pelo namorado. Mas o jogo virou e Gabriel surgiu com um bufê de flores para pedir a namorada em casamento. “Eu quis juntar duas coisas que eu amo: ela e a CCXP”, declara o cosplay de Thor.

Arena Games

Os fãs de e-sports lotaram a Game Arena para acompanhar a grande final do Desafio CCXP de League Of Legends 2018, entre Flamengo e Team One. Em uma disputa emocionante, a equipe do Flamengo se consagrou como a grande campeã do desafio pelo placar de 3×2. Em maioria, os flamenguistas comemoraram a conquista que, até então, era inédita para os cariocas. O professor de matemática, Geovane Biscaim, que veio do interior paulista e acompanhou a final desde o início, disse: “É um momento único para mim. Eu sempre assisto aos jogos pela internet, é a primeira vez que vejo uma competição de perto e estar aqui é uma emoção que não há igual”, celebra.

Para fechar a noite, a Arena recebeu a final do Just Dance Brasil, com competidores de todo o país. Os participantes dançaram sucessos como “Havana” e “New Rules”. A final, entre os cariocas Guilherme Jackson e Tarcísio dos Santos foi disputada numa melhor de três. Tarcísio venceu e levou para casa o troféu de campeão do Just Dance Brasil e a vaga para o campeonato mundial do jogo, que acontece no Brasil, em 2019.

Creators Stage

O mais novo espaço do Festival mostrou mais uma vez que a CCXP tem conteúdo para todos os gostos. A banda brasileira de indie rock, Supercombo, se apresentou para uma plateia com fãs ansiosos e de todas as idades. As mineiras Luana Paes e Laura Azevedo, de 14 anos, mostraram animação ao ver o grupo pela primeira vez. “Eu adoro eles, estou muito ansiosa pelo show”, diz Laura.

Nathalia Arcuri, do canal Me Poupe, apresentou o talk show “Knight Nath Money Show” e levou ao palco personagens importantes de sua infância: Maurício de Sousa e Luciano Amaral – o Lucas Silva e Silva de “No mundo da lua” e Pedro de “Castelo Ratimbum”. A influenciadora simulou as finanças de personagens da Turma da Mônica e Mauricio de Sousa contou como começou a ganhar dinheiro com um trabalho que sempre amou. “Eu não considero trabalho. Isso é uma diversão, um passatempo, o que eu sempre gostei de fazer”, conta.

A nova série da Globoplay foi outro tema do espaço. Tatá Werneck, Fernando Caruso, Eduardo Sterblitch, Fernanda Young e Patrícia Pedrosa dividiram o palco para falar sobre “Shippados”, que estreia no primeiro semestre de 2019. Os apresentadores mostraram como seus gostos pela cultura pop influenciaram suas carreiras. Tatá Werneck falou sobre como mulheres comediantes são discriminadas e tratadas como loucas quando querem fazer as mesmas coisas que os homens. “Homens são engraçados, mulheres são loucas”, ironiza.  

Este slideshow necessita de JavaScript.

Sony Pictures acaba de divulgar o primeiro trailer oficial de Homem-Aranha: No Aranhaverso

A Sony Pictures divulgou o primeiro trailer oficial da animação “Homem-Aranha: No Aranhaverso”. O longa tem roteiro de Phil Lord e é dirigido por Bob Persichetti, Peter Ramsey e Rodney Rothman.

Phil Lord e Christopher Miller, as mentes criativas por trás de “Lego – O Filme” e “Anjos da Lei”, juntam seus talentos para criar uma visão única dessa nova versão do universo do Homem-Aranha, com um estilo visual inovador que é pioneiro para o gênero. Homem-Aranha: No Aranhaverso apresenta a história do adolescente do Brooklyn, Miles Morales, e as infinitas possibilidades do Aranhaverso, onde mais de um pode usar a máscara.

O filme estreia no Brasil em 10 de janeiro de 2019.

Confira os destaques do terceiro dia da CCXP

Conteúdos exclusivos e cenas de bastidores de “Star Wars: os Últimos Jedis” deram início à programação de painéis do sábado, terceiro e mais aguardado dia da CCXP – Comic Con Experience 2017, com direito a uma homenagem especial à atriz Carrie Fisher, a eterna princesa Leia da saga, que faleceu em 2016.

No painel da Marvel, Danai Gurira, que está no elenco de “Pantera Negra”, teve a companhia do diretor do filme, Ryan Coogler, com transmissão ao vivo, via satélite. O estúdio também mostrou trailers de “Os Vingadores: Guerra Infinita”, “Homem Formiga” e “Vespa”. Gurira falou também de sua atuação em “The Walking Dead”, no painel “Enfrentando Zumbis”. Para ela, personagens como a que interpreta (Michonne), e como Eleven, de “Stranger Things”, “mostram como o poder das mulheres pode salvar o mundo”.

CCXP_MarvelStudios_0038.JPG
Público foi a loucura com trailers exclusivos da Marvel. (Foto: Daniel Deak)

Para a loucura das fãs que lotaram o auditório da CCXP, Nick Jonas falou de “Jumanji: Bem-vindo à Selva”, no painel da Sony Pictures. Jonas contou que, assim como seu personagem, não gosta muito de avião. O painel terminou com novidades da animação do “Homem-Aranha”, da série “Sobrenatural” e dos filmes “Alfa” e “Venom”, além de uma conversa via satélite direto de Atlanta (EUA) com o ator Tom Hardy e o diretor Rubem Fleischer.

Pela primeira vez, a CCXP apresentou um painel totalmente voltado para um jogo de vídeo game. O lançamento de God of War, da PlayStation, é um dos mais aguardados de 2018, trazendo foco na mitologia nórdica.

Encerrando o dia, a Netflix apresentou conteúdos exclusivos de “Altered Carbon, com participação de parte do elenco. Na série de ficção científica, que estreia em fevereiro, humanos vivem em um mundo onde mentes podem ser digitalizadas e transportadas de um corpo para outro. Para fechar, vídeos inéditos de Sense 8 e uma promessa de um domingo ainda épico para encerrar a CCXP 2017.

CCXP_Netflix_0018.JPG
Elenco de “Altered Carbon” falou sobre a nova série da Netflix, que estreia em fevereiro. (Foto: Daniel Deak)

Sony Pictures traz Nick Jonas ao Brasil para falar sobre “Jumanji: Bem-Vindo À Selva”, na CCXP17

O premiado artista Nick Jonas está confirmado na 4ª edição da CCXP (www.ccxp.com.br) para falar sobre o lançamento de seu novo filme: Jumanji: Bem-Vindo À Selva, que estreia no Brasil no dia 4 de janeiro.

Ele estará no painel da Sony Pictures, que acontece no sábado, dia 9 de dezembro, às 16h.

Nick já esteve no Brasil outras vezes, incluindo tours com a banda Jonas Brothers, que integrava junto com seus irmãos Kevin e Joe.

img (1).jpg

Sinopse: 

Nessa nova aventura estrelada por Dwayne Johnson, Jack Black, Kevin Hart e Karen Gillan, quatro amigos inesperados são sugados para dentro do perigoso mundo de Jumanji e são transformados nos avatares que escolheram no jogo. Eles terão que enfrentar a aventura mais perigosa de suas vidas, ou ficarão presos em Jumanji para sempre.

CCXP – Comic Con Experience (www.ccxp.com.br), que reuniu 196 mil pessoas em 2016 e bateu o recorde de público em comic cons no mundo, terá sua quarta edição entre 7 e 1o de dezembro de 2017 no São Paulo Expo e espera receber mais de 220 mil visitantes. Os ingressos de sábado (9/12) e o pacote para os quatro dias já estão esgotados. Os ingressos para quinta, sexta, domingo, Full Experience, Unlock e Epic Experience estão à venda pelo site com preços a partir de R$ 99,99.

Sony Pictures traz Lin Shaye e Jason Blum para falar sobre “Sobrenatural – A Última Chave”, na CCXP17

Lin Shaye, protagonista de todos os filmes da saga, e Jason Blum, produtor da saga e fundador da Blumhouse, a produtora que revolucionou a maneira de fazer filmes de baixo orçamento no mundo, estão confirmados na 4ª edição da CCXP (www.ccxp.com.br) para falar sobre o lançamento do novo filme:Sobrenatural: A Última Chave, que estreia no Brasil no dia 18 de janeiro.

Eles estarão no painel da Sony Pictures, que acontece no sábado, dia 9 de dezembro, às 16h.

img.jpg
Sony levará informações sobre o novo filme da franquia “Sobrenatural” para CCXP. (Foto: Divulgação)

O novo filme traz de volta a estrela da franquia Lin Shaye no papel da Dra. Elise Rainier, a brilhante parapsicóloga que irá encarar os seus fantasmas mais pessoas e intensos até hoje: a casa de sua própria família.

CCXP – Comic Con Experience (www.ccxp.com.br), que reuniu 196 mil pessoas em 2016 e bateu o recorde de público em comic cons no mundo, terá sua quarta edição entre 7 e 1o de dezembro de 2017 no São Paulo Expo e espera receber mais de 220 mil visitantes. Os ingressos de sábado (9/12) e o pacote para os quatro dias já estão esgotados. Os ingressos para quinta, sexta, domingo, Full Experience, Unlock e Epic Experience estão à venda pelo site com preços a partir de R$ 99,99.

TRAILER OFICIAL DE “UM TIO QUASE PERFEITO”, COM MARCUS MAJELLA, É LANÇADO

Dirigido por Pedro Antonio, “family film” estreia dia 20 de abril

O trailer de  “Um Tio Quase Perfeito”, do diretor Pedro Antonio (de “Tô Ryca” e “Altas Expectativas”), que tem estreia marcada para o dia 20 de abril de 2017, foi divulgado. A comédia tem produção de Mariza Leão e Erica Iootty, da Morena Filmes, coprodução da Sony Pictures e distribuição da H2O Films, e marca a estreia do ator e humorista Marcus Majella como protagonista nos cinemas.

Na história, voltada para toda a família, Tio Tony (Majella) é um adorável trambiqueiro que vive de bicos como estátua viva, cartomante, pastor e sempre conta com a cobertura da mãe, Cecilia (Ana Lucia Torre). Quando eles são despejados do muquifo onde moram, procuram a irmã de Tony, Angela (Letícia Isnard), com quem não falam há anos.

Ela tem três filhos, Valentina, de 5 anos; João, de 10; e Patricia, de 14, que mal conhecem a avó e o tio. Como Angela tem uma viagem de trabalho marcada e a babá não aparece, acaba aceitando o irmão e mãe em casa por uma temporada para ficarem com as crianças. A partir daí, os pequenos ficam nas mãos dessa dupla, que não tem a menor familiaridade com as crianças e provoca muitas confusões nas suas rotinas. A convivência inusitada acaba virando a vida de todos de cabeça para baixo.

“Tony é um personagem completamente diferente de todos que já fiz, ele não tem trejeitos, até o tom da minha voz está diferente. O Pedro Antonio fez uma superpreparação comigo, ensaiamos muito”, diz Majella, conhecido pelas atuações nos programas Vai que Cola e Ferdinando Show, do Multishow, e na peça 220 Volts.

Os atores-mirins Julia Svacinna (Patricia), Sofia Barros (Valentina) e João Barreto (João) – protagonistas do filme ao lado de Majella – foram selecionados depois de dezenas de testes e todos os três farão seus primeiros papeis no cinema. O elenco de “Um Tio Quase Perfeito” conta ainda com Ana Lucia Torre, Leticia Isnard, Gustavo Nader, Eduardo Galvão, Bia Montez e Osvaldo Mil.

“Passageiros” mostra que a humanidade ainda pode ter uma salvação

 

Por Gabriela Zaniratto e Rodrigo Bocatti

Quando é descoberto um planeta longe do sistema solar em que a humanidade pode criar raízes e construir um mundo melhor, um grupo de pessoas que procura a empresa que mandará pessoas em hibernação para o novo planeta, afim de colonizar e povoá-lo.

Esse é o roteiro perfeito para os cientistas que estão sempre buscando um planeta que tenha as mesmas qualidades que a Terra e possa ser povoada. E também foi a ideia do roteirista Jon Spaihts, que escreveu “Passageiros”, onde os passageiros deveriam dormir durante 120 anos e acordar já em sua nova casa, porém Jim Preston (Chris Pratt) acorda 90 anos antes, por um mal funcionamento da cabine.

maxresdefault.jpg
Chris Pratt e Jennifer Lawrence dão esperanças para a humanidade começar a viver em outro planeta. (Foto: Divulgação)

Sozinho na nave, Jim aproveita as mordomias que vai descobrindo ao logo do filme. E cria um laço de amizade com o androide Arthur (Michael Sheen), que é o barman da espaçonave. Porém, com o tempo a solidão vai assolando o único acordado, até que ele se apaixona pela escritora Aurora Lane (Jennifer Lawrence) e resolver acordá-la para ter companhia. Com o tempo e sozinhos, ela acaba retribuindo o amor de Jim, porém a verdade de que ela foi propositalmente acordada abala o relacionamento dos dois.

Com a nava como pano de fundo, o espectador percebe que ela sofreu algumas avarias e precisa de conserto, porém nem Jim nem Aurora sabiam desses danos. E então a cápsula de hibernação do capitão Gus Mancuso (Laurence Fishburne) também ocorre um mal funcionamento e acorda. Com um membro da tripulação despertado, todos toma conhecimento desses problemas e começa uma corrida para salvar a nave de uma eminente explosão.

O fim do filme pode não ser o que todos esperavam, porém é uma visão de que o ser humano, se agir de forma correta, pode transformar o lugar que vive em um mundo melhor.

Milla Jovovich e teaser de “Homem-Aranha: Homecoming” são destaques no painel da Sony

Por Henrique Moita

O painel da Sony Pictures, durante a CCXP, começou de maneira espetacular trazendo uma entrevista com Milla Jovovich, atriz principal da saga Resident Evil nos cinemas, e seu marido, e também diretor dos filmes, Paul W. S. Anderson, que vieram para falar um pouco sobre “Resident Evil: O Capítulo Final”.

Milla chegou esbanjando simpatia e filmando o público que ficou de pé para receber a atriz. Antes de começarem a entrevista, nos foi mostrado os cinco primeiros minutos do novo filme, que já começa com uma pequena cena de ação envolvendo Alice, personagem da atriz.

Ela roubou a cena durante toda sua participação no palco, pois mesmo quando as perguntas eram direcionadas ao seu marido, ela ficava mandando beijos e “tchauzinhos” para o público, mostrando sempre seu carisma com os fãs. Quando questionada sobre o filme e qual foi a dificuldade no começo, logo nos primeiros, quando o orçamento era muito curto, Milla disse não se importar muito, ela só queria se divertir, pois tanto ela quanto o marido são grandes fãs dos jogos da saga Resident Evil e só queriam fazer um bom trabalho. Também foi revelado que eles tinham a intenção de lançar antes, já que o intervalo entre um filme e outro sempre foi entre dois e três anos (o último foi lançado em 2012), mas que não foi possível, graças a gravidez de Milla.

Também foi perguntado se esse seria o último filme da saga, ou se eles pretendiam fazer algum tipo de reboot, tendo em vista que isso virou quase uma moda hoje em dia em Hollywood. Paul respondeu que eles não tem planos para isso, que eles pretendem que esse seja o último.

Daniel_Deak-1464.jpg
Milla Jovovich esbanjou simpatia durante o painel da Sony Pictures, durante a CCXP. (Foto: Daniel Deak)

Por fim foi perguntado a Milla se antes de começar a gravar os filmes, ela costumava assistir seus filmes anteriores para poder incorporar a Alice. E ela revelou que costuma assistir apenas uma vez seus filmes após a edição final, que ela já interpreta a personagem a tanto tempo, que Alice já é praticamente parte dela.

O painel também trouxe um vídeo no qual trazia Dwayne Johnson, o “The Rock”, e Kevin Hart respondendo perguntas feitas por fãs brasileiros sobre o próximo filme estrelados por eles, Jumanji, que tem previsão de lançamento no dia 4 de janeiro de 2018, que também trará no elenco Jack Black e a atriz Karen Gillan.

Por fim, a Sony trouxe também os trailers de três filmes esperados para 2017: Passageiros, que será estrelado por Jennifer Lawrence e Chris Pratt; Vida, estrelado por Jake Gyllenhaal, Ryan Reynolds e Rebecca Ferguson; e por fim, o mais esperado do dia no painel, um teaser trailer do novo filme de um dos personagens mais queridos da Marvel, Homem-Aranha Homecoming (Homem-Aranha de Volta ao Lar), no qual nos foi apresentado alguns segundos do trailer mundial que deverá ser divulgado dia 15 de dezembro.