Arquivo da tag: Space

“Terrores Urbanos” estreia no SPACE em maio

Na sexta, dia 17 de maio, às 20h, o SPACE estreia “Terrores Urbanos“, uma produção da Sentimental Filmes, com direção geral de Fernando Coimbra e direção episódica de Felipe Adami e Juliana Rojas. A série conta com cinco episódios de 45 minutos e, a cada um, mostrará histórias adaptadas ao cotidiano e à vida de pessoas comuns.

“A Loira do Banheiro” é o primeiro episódio de “Terrores Urbanos”. (Foto: Divulgação)

No primeiro episódio, “A Loira do Banheiro“, conheceremos Bianca, uma típica patricinha dos Jardins, zona nobre da cidade de São Paulo, que tem uma forte ligação com o banheiro do colégio: ela é bulímica. A falta de atenção dos pais, a solidão e a quietude atípica da rotina da adolescente, tornam Bianca refém da bulimia. Nessas constantes idas ao banheiro e com o avanço das graves consequências do distúrbio alimentar, ela começa uma transformação assustadora: entra em fases de delírio e confusão mental e ganha um aspecto estranho e cadavérico, que se confunde com a lendária Loira do Banheiro.

“Terrores Urbanos” é uma série de terror que vai mostrar, em sessões congelantes, as histórias mais populares do país, numa mistura intrigante entre realidade e fantasia. Além da Loira do Banheiro, a série trará também as lendas: “Gangue dos Palhaços”, “O Quadro do Menino que Chora”, “O Boneco Amigão” e “Homem do Saco”.

“Terrores Urbanos” estreia no dia 17 de maio, às 20h, no SPACE, com episódios inéditos semanais.
Classificação indicativa: 14 anos. 

‘O Doutrinador’ ganha novos cartazes criados por renomados quadrinistas brasileiros

FILME SOBRE O ANTI-HERÓI QUE CAÇA CORRUPTOS CHEGA AOS CINEMAS EM 20 DE SETEMBRO

Talentosos artistas do quadrinho nacional, reconhecidos no Brasil e internacionalmente, felizes com a visibilidade e a oportunidade de crescimento que a área encontra no novo longa produzido pela Paris Entretenimento, celebram a chegada de “O Doutrinador” aos cinemas e à TV com a criação de cartazes alternativos. A inspiração veio do pôster oficial, que destaca o vigilante brasileiro com sua máscara de olhos vermelhos e a frase “a corrupção criou seu maior inimigo”. O filme estreia em 20 de setembro nos cinemas, enquanto a série de TV será exibida pelo canal Space em 2019.

O artista pernambucano Thony Silas, que já ilustrou HQs da Marvel e DC Comics como “Batman Beyond”, “Liga da Justiça” e “Venom”, fez uma versão em que o anti-herói das HQs criado por Luciano Cunha pode ser visto como uma espécie de “caça-vampiros”, combatendo aqueles que sugam o país. Já o mineiro Ig Guará Barros, que entre vários trabalhos já desenhou para as HQs da DC Comics “Batman” e “Smallville”, acrescentou um detalhe junto à emblemática máscara do vigilante: sangue escorrendo do Congresso Nacional. Por sua vez, Marcelo Costa – paranaense radicado em São Paulo que já realizou um projeto especial para o Capitão Feio, personagem da Maurício de Souza Produções, e desenhou para a série cult “Zombie Tramp”, de Dan Mendoza – colocou o Doutrinador no meio da multidão.

A ação entre os artistas foi capitaneada pelo estúdio Chiaroscuro, que administra a carreira de vários dos principais talentos da indústria de quadrinhos e convidou os três para fazer essa homenagem a “O Doutrinador”. A arte do cartaz oficial do filme é de autoria do estúdio Ana França Design, que já criou mais de 100 pôsters para o cinema brasileiro.

O artista pernambucano Thony Silas, que já ilustrou HQs da Marvel e DC Comics como “Batman Beyond”, “Liga da Justiça” e “Venom”, fez uma versão em que o anti-herói das HQs criado por Luciano Cunha pode ser visto como uma espécie de “caça-vampiros”, combatendo aqueles que sugam o país. Já o mineiro Ig Guará Barros, que entre vários trabalhos já desenhou para as HQs da DC Comics “Batman” e “Smallville”, acrescentou um detalhe junto à emblemática máscara do vigilante: sangue escorrendo do Congresso Nacional. Por sua vez, Marcelo Costa – paranaense radicado em São Paulo que já realizou um projeto especial para o Capitão Feio, personagem da Maurício de Souza Produções, e desenhou para a série cult “Zombie Tramp”, de Dan Mendoza – colocou o Doutrinador no meio da multidão.

A ação entre os artistas foi capitaneada pelo estúdio Chiaroscuro, que administra a carreira de vários dos principais talentos da indústria de quadrinhos e convidou os  três para fazer essa homenagem a “O Doutrinador”. A arte do cartaz oficial do filme é de autoria do estúdio Ana França Design, que já criou mais de 100 pôsters para o cinema brasileiro.

“O Doutrinador” – Sinopse

“O Doutrinador” é um anti-herói no melhor estilo dos vigilantes dos quadrinhos. O Doutrinador é Miguel, um agente federal altamente treinado que vive num Brasil cujo governo foi sequestrado por uma quadrilha de políticos e empresários. Uma tragédia pessoal o leva a eleger a corrupção endêmica brasileira como sua maior inimiga. E ele começa a se vingar da elite política brasileira em pleno período de eleições presidenciais, numa cruzada sem volta contra a corrupção.

Ficha Técnica
Direção: Gustavo Bonafé
Roteiro: Mirna Nogueira, LG Bayão, Rodrigo Lages, Denis Nielsen, Guilherme Siman, Gabriel Wainer e Luciano Cunha
Produção: Marcio Fraccaroli, Sandi Adamiu, Bruno Wainer
Produção Executiva: Renata Rezende
Direção de Fotografia: Rodrigo Carvalho
Produtora de elenco: Renata Kalman
Diretor de Arte: Marghe Pennacchi
Figurinista: Flavia Lhacer
Montador: Federico Brioni e Sabrina Wilkins

Elenco
Kiko Pissolato (Miguel)
Samuel de Assis (Edu)
Tainá Medina (Nina)
Marília Gabriela (Ministra Marta Regina)
Eduardo Moscovis (Sandro Correa)
Helena Ranaldi (Julia Machado)
Natália Lage (Isabela)
Natallia Rodrigues (Penélope)
Tuca Andrada (Delegado Siqueira)
Gustavo Vaz (Anterinho)
Carlos Betão (Antero Gomes)
Nicolas Trevijano (Diogo)
Eduardo Chagas (Oliveira)

Primeiras cenas de ‘O Doutrinador’ mostram anti-herói em ação

TEASER TRAILER SERÁ EXIBIDO NOS CINEMAS JUNTO COM A ESTREIA DE ‘VINGADORES: GUERRA INFINITA’

O teaser trailer de “O Doutrinador” chega aos cinemas junto com a estreia de “Vingadores: Guerra Infinita”, no final de abril. As impactantes primeiras cenas de ação divulgadas do longa trazem o anti-herói mais temido pelos políticos e empresários corruptos frente a frente com seus inimigos.

Kiko Pissolato vive o personagem título, um agente federal que conhece o sistema por dentro e decide combater a corrupção de forma implacável. O longa tem estreia marcada para 6 de setembro e, em 2019, o canal Space exibirá a série de TV.

Sobre o Doutrinador

Nascido nas páginas das HQs, “O Doutrinador” ganhou projeção na internet e nas redes sociais ao trazer um vigilante que decide combater a corrupção de forma implacável: aniquilando os maus políticos. “Sempre fui um leitor voraz de histórias em quadrinhos e acabei criando o personagem em 2008 só para manifestar minha indignação a respeito da roubalheira na política brasileira. Mas em 2013 decidi compartilhá-lo nas redes sociais, tornando-o público. E as pessoas se identificaram”, conta Cunha. O quadrinho ganhou o mundo, com resenhas em vários países como EUA, Inglaterra e Argentina e esgotou as três edições impressas publicadas no Brasil.

A direção do longa é dividida por Gustavo Bonafé (“Legalize Já” e “Chocante”) e Fabio Mendonça (“A Noite da Virada”). Já a série tem direção geral de Bonafé, enquanto Mendonça dirige alguns episódios. Os roteiros para cinema e para TV são distintos, mas complementares, e são assinados por Mirna Nogueira, LG Bayão, Guilherme Siman, Rodrigo Lages, Gabriel Wainer, além do próprio Luciano Cunha e Denis Nielsen.

No elenco, além de Pissolato, estão Du Moscovis, Marília Gabriela, Helena Ranaldi , Tainá Medina, Samuel de Assis e Tuca Andrada, entre outros. A produção é da Paris Entretenimento e a distribuição da Downtown Filmes.

Sinopse

“O Doutrinador” é um anti-herói no melhor estilo dos vigilantes dos quadrinhos. O Doutrinador é Miguel, um agente federal altamente treinado que vive num Brasil cujo governo foi sequestrado por uma quadrilha de políticos e empresários. Uma tragédia pessoal o leva a eleger a corrupção endêmica brasileira como sua maior inimiga. E ele começa a se vingar da elite política brasileira em pleno período de eleições presidenciais, numa cruzada sem volta contra a corrupção.

Ficha Técnica

Direção: Gustavo Bonafé e Fabio Mendonça

Roteiro: Mirna Nogueira, LG Bayão, Guilherme Siman, Rodrigo Lages, Gabriel Wainer, Luciano Cunha e Denis Nielsen.

Produção: Sandi Adamiu, Bruno Wainer, Marcio Fraccaroli e canal Space

Produção Executiva: Renata Rezende

Direção de Fotografia: Rodrigo Carvalho

Produtora de elenco: Renata Kalman

Diretor de Arte: Marghe Pennacchi

Figurinista: Flavia Lhacer

Montador: Federico Brioni

Elenco

Kiko Pissolato (Miguel)

Samuel de Assis (Edu)

Tainá Medina (Nina)

Marília Gabriela (Ministra Marta Regina)

Eduardo Moscovis (Sandro Correa)

Helena Ranaldi (Julia Machado)

Natália Lage (Isabela)

Natallia Rodrigues (Penélope)

Tuca Andrada (Delegado Siqueira)

Gustavo Vaz (Anterinho)

Carlos Betão (Antero Gomes)

Ricardo Dantas (Dantão)

Nicolas Trevijano (Diogo)

Eucir de Souza (Dep. Djalma Dias)

Eduardo Chagas (Oliveira)

Lucy Ramos (Marina Sales)

 

Sucesso das HQs,‘O Doutrinador’ ganha versão para telona e para TV

FILMAGENS JÁ COMEÇARAM EM SÃO PAULO. ROTEIROS PARA CINEMA E TV SÃO DISTINTOS, MAS SE ENTRECRUZAM E SE COMPLEMENTAM

As filmagens de “O Doutrinador”, obra sobre o anti-herói brasileiro mais temido pelos políticos e empresários corruptos, já estão a todo vapor na cidade de São Paulo. Vivido pelo ator Kiko Pissolato, o agente federal treinado por forças especiais terá muitos desafios a enfrentar. Em setembro deste ano, o personagem criado pelo quadrinista Luciano Cunha estreará um longa-metragem nos cinemas e, em 2019, uma série de TV, que será exibida pelo canal Space.

 

ViewImage.jpg
“O Doutrinador” ganha versão para TV. (Foto: Divulgação)

Nascido nas páginas das HQs, “O Doutrinador” ganhou projeção na internet e nas redes sociais, ao trazer um vigilante que decide combater a corrupção de forma implacável: aniquilando os maus políticos. “Sempre fui um leitor voraz de histórias em quadrinhos e acabei criando o personagem em 2008 só para manifestar minha indignação a respeito da roubalheira na política brasileira. Mas em 2013 decidi compartilhá-lo nas redes sociais, tornando-o público. E as pessoas se identificaram”, conta Cunha. O quadrinho ganhou o mundo, com resenhas em vários países como EUA, Inglaterra e Argentina e esgotou as 3 edições impressas publicadas no Brasil.

A direção do longa é dividida por Gustavo Bonafé (“Legalize Já” e “Chocante”) e Fabio Mendonça (“A Noite da Virada”). Já a série tem direção geral de Bonafé, enquanto Mendonça dirige alguns episódios. Os roteiros para cinema e para TV são distintos, mas complementares, e são assinados por Mirna Nogueira, LG Bayão, Guilherme Siman, Rodrigo Lages, Gabriel Wainer, além do próprio Luciano Cunha e Denis Nielsen.

No elenco, além de Pissolato, estão Du Moscovis, Marília Gabriela, Helena Ranaldi , Tainá Medina, Samuel de Assis e Tuca Andrada, entre outros. A produção é da Paris Entretenimento e a distribuição da Downtown Filmes.

Sinopse: “O Doutrinador” é um anti-herói no melhor estilo dos vigilantes dos quadrinhos. O Doutrinador é Miguel, um agente federal altamente treinado que vive num Brasil cujo governo foi sequestrado por uma quadrilha de políticos e empresários. Uma tragédia pessoal o leva a eleger a corrupção endêmica brasileira como sua maior inimiga. E ele começa a se vingar da elite política brasileira em pleno período de eleições presidenciais, numa cruzada sem volta contra a corrupção.