Arquivo da tag: Teatro Sérgio Cardoso

Espetáculo “Evolution” da DeROSE ArtCompany traz a São Paulo coreografias que desafiam as leis da gravidade

Apresentação no Teatro Sérgio Cardoso marca os 10 anos da companhia, que já se apresentou em cidades como Lisboa, Edimburgo, Nova York e Buenos Aires

O novo espetáculo “Evolution”, da companhia de arte DeROSE ArtCompany, será realizado neste dia 1º de dezembro no Teatro Sérgio Cardoso, às 20h30. A apresentação celebra os 10 anos da companhia, criada na Argentina e hoje com núcleos no Brasil e em Portugal. Mais do que um espetáculo de dança, o espetáculo apresentado pela DeROSE ArtCompany vai além e mostra uma linguagem coreográfica diferente, que extrapola classificações e vem repleta de técnicas e habilidades físicas, que combinam práticas milenares com recursos tecnológicos modernos, garantindo um resultado visual surpreendente. Por onde passa, a companhia encanta o público. Desde a sua criação em 2007, além de expandir os núcleos de ensaios, a DeROSE Artcompany arrebatou plateias em diversas capitais do mundo todo.

1502final.jpg
DeROSE ArtCompany traz o espetáculo “Evolution” para São Paulo. (Foto: Divulgação)

Ao longo de 2017, a companhia passou pelas cidades de Paris, Lisboa, Porto, Barcelona, Edimburgo, Buenos Aires, Nova York e Santiago. No Brasil, além de São Paulo, as cidades de Curitiba e Rio de Janeiro também recebem apresentações. A mensagem principal do espetáculo é mostrar que tudo avança, tudo cresce e caminha para sua forma, em direção ao seu ser. Por isso foi dado o nome de “Evolution”. Trata-se da síntese de uma trajetória, somando vivências que transformaram a companhia DeROSE ArtCompany, inserindo as obras Padma, Shaktí, Nexus, Dèjá Vu e Mímesis em uma composição inteiramente nova, que conta uma história inédita com unidade narrativa própria. Com todos esses elementos, “Evolution” é uma experiência sensorial por excelência, que busca transportar o público ao seu próprio universo interior, infinito por si só. Recursos musicais e audiovisuais prometem levar o espectador a uma viagem atemporal e mágica.

O elenco conta com 21 artistas, sendo todos eles profissionais do DeROSE Method, estilo de vida que traz um conjunto de técnicas e conceitos que visam alcançar a Alta Performance através da reeducação comportamental.

SERVIÇO

DeROSE ArtCompany: Evolution

Dia 1º de dezembro de 2017

Horário: 20h30 (duração: 50min)

Local: Teatro Sérgio Cardoso – Rua Rui Barbosa, 153, Bela Vista

Censura Livre

Ingressos: ingressorapido.com.br

Valor do ingresso:

Standard- R$ 120 (meia entrada: R$ 60)

Meet and Greet: R$ 240 (preço único)

O Novo Rei do Beleléu

Em 2014 a Cia. Ouro Velho estreou sua primeira montagem com o espetáculo O LUGAR DE ONDE SE VÊ, que se propunha a apresentar o universo teatral para as crianças, revelando seus princípios básicos – como a importância da imaginação e da brincadeira infantil – e introduzindo personagens clássicos da dramaturgia mundial como Hamlet, Cyrano de Bergerac e Arlequim. Obteve com esse trabalho diversas críticas positivas, nas revistas Crescer e 03 estrelas da Veja SP.

"O Novo Rei do Beleléu" estreia no Teatro Sérgio Cardoso no dia 16 de janeiro. (Foto: Divulgação)
“O Novo Rei do Beleléu” estreia no Teatro Sérgio Cardoso no dia 16 de janeiro. (Foto: Divulgação)

A Cia. prepara agora a estreia de sua nova peça O NOVO REI DE BELELÉU que nasce, trilhando caminhos parecidos. Desta vez, busca na cultura popular brasileira reafirmar a importância da Arte em nosso dia-a-dia. Baseada no universo dos folguedos populares – como a Folia de Reis e o Boi-Bumbá – a fábula de Lara Hassum e Paulo Marcos propõe uma reflexão sobre o lugar da Arte e dos sonhos em um mundo cada vez mais gerido por valores duvidosos, como a ganância, a intolerância e a indiferença.

O espetáculo dirigido por Paulo Marcos estreia dia 16 de janeiro na sala Paschoal Carlos Magno, do Teatro Sérgio Cardoso e tem um elenco formado por Aline Gonçalves, Tássia Melo, Lara Lassum, Aline Penteado, Taís Luna e Danilla Figueiredo.

Em termos dramatúrgicos, O NOVO REI DE BELELÉU pode ser classificado como um Auto Pastoril moderno. A trama revela pastores, reis magos, cortejos, a estrela guia e, por fim, o nascimento de um bebê. Trata-se, portanto, de uma representação típica do mito da Natividade.  Por se tratar do elemento central da fábula, a encenação foi buscar referências a esse mito na cultura popular brasileira, adentrando o universo dos folguedos tradicionais, como as diversas formas de Reisados, Bois Bumbá, Festas do Divino e manifestações relacionadas como o Coco, a Ciranda, o Maracatu e o Repente, além de algumas formas estéticas já reelaboradas, como o Movimento Armorial.

Desse modo, a criação musical e coreográfica do espetáculo baseia-se diretamente nesses ritmos e danças tradicionais, executados ao vivo pelo próprio elenco.  A ambientação cênica e a caracterização de personagens, com figurinos, adereços e maquiagens, remetem à arte da xilogravura e às capas do cordel, tão valorizadas pelo Movimento Armorial.

SINOPSE: As coisas não vão nada bem no Reino de Beleléu. O Velho Rei morreu e uma terrível epidemia de Tanto-Faz atingiu a população. Os únicos que podem salvar a pátria são os poucos Sonhos que restaram, mas para isso eles precisam encontrar aquele que está predestinado a ser o Novo Rei de Beleléu.

FICHA TÉCNICA:

Dramaturgia: Lara Hassum e Paulo Marcos

Direção geral e musical: Paulo Marcos

Elenco: Aline Gonçalves, Tássia Melo, Lara Lassum, Aline Penteado, Taís Luna e Danilla Figueiredo.

Preparação Corporal: Lu Carion

Figurino, adereços e maquiagem: Mônica Sanches

Iluminação: Carlos Gaúcho

Danças Brasileira: Erika Coracini

Percussão: Rômulo Nardes

Coordenação de marketing: Marcel Soares e Taís Luna

Assessoria de Imprensa: Fabio Camara

SERVIÇO:

 LOCAL: Sala Paschoal Carlos Magno – Teatro Sérgio Cardoso (Rua Rui Barbosa 153 – Bela Vista), 144 lugares.

DATA: 16/01 até 21/02 (Sábado e Domingo 16h). Apresentação extra no dia 25 de janeiro às 16h. Não haverá apresentação no carnaval dias 06 e 07 de fevereiro.

INFORMAÇÕES: 3288 0136

INGRESSOS: R$ 20,00

DURAÇÃO: 60 min

CLASSIFICAÇÃO: 14 anos