Arquivo da tag: Temporada 10

STAR Channel exibe season finale da 10ª temporada de “The Walking Dead”

O último episódio vai ao ar junto com os EUA no próximo domingo, dia 04 de abril, às 22h30 no STAR Channel e STAR Hits 2

Season Finale de The Walking Dead será exibido domingo, no Star Channel. (Foto: divulgação)

Chega ao fim mais uma temporada de “THE WALKING DEAD”. No domingo, dia 4 de abril às 22h30, o STAR Channel e STAR Hits 2 exibem o capítulo final da décima temporada da série.

Com o título de “Here’s Negan”, escrito por David Leslie Johnson e dirigido por Laura Belsey, no episódio Carol (Melissa McBride) leva Negan (Jeffrey Dean Morgan) em uma viagem, na esperança de minimizar a tensão crescente. Lá, ele reflete sobre os eventos que o levaram a este ponto e chega a uma conclusão sobre seu futuro.

Baseado na série de quadrinhos escrita por Robert Kirkman e publicada pela Image Comics, “THE WALKING DEAD” conta a história de meses e anos após um apocalipse zumbi, e acompanha um grupo de sobreviventes que viajam em busca de um lar seguro. A série é produzida por Scott M. Gimple e dirigida por Angela Kang ao lado de Robert Kirkman, Gale Anne Hurd, Dave Alpert, Greg Nicotero, Joseph Incaprera e Denise Huth.

“THE WALKING DEAD” termina com a 11ª temporada, cuja estreia está prevista para o segundo semestre de 2021. A temporada será exibida em três partes, abrangendo 24 episódios, que serão lançados até o final de 2022. A série é transmitida no Brasil, em simultâneo com os EUA, pelos canais STAR.

Conheça a Pillar, facção que domina Haven, novo mapa do PUBG

Com veículos blindados e armamento pesado, a misteriosa organização paramilitar é uma constante preocupação para os jogadores que se aventuram por Haven

A 10ª temporada do PUBG trouxe como grande novidade a Pillar, uma facção paramilitar que domina o mapa Haven. Perigosos, armados até os dentes e repletos de tecnologia bélica de ponta, os membros da Pillar são um perigo constante para os jogadores que tentam sobreviver até o final das partidas. Mas, sobretudo, adicionam uma camada estratégica inédita à experiência.

Mas afinal, quem são eles? De onde surgiram? 

Exército privado de mercenários

(foto: divulgação)

A Pillar é uma organização internacional sem pátria, um exército privado focado em resolver os problemas dos seus poderosos clientes, em qualquer lugar que o homem já tenha pisado. Uma breve descrição pode ser encontrada no site fictício da empresa: “somos um serviço de força militar particular que opera somente com as informações essenciais”.

Os soldados da Pillar possuem experiência de sobra, já que são ex-membros das principais forças especiais do globo, escolhidos a dedo após um rigoroso processo de seleção. Todos eles operam na zona cinzenta, sem deixar rastros, e só precisam das informações detalhadas do serviço para cumprir o contrato firmado entre as partes.

O leque de serviços prestados é vasto: segurança executiva contra sequestros, resgate de reféns, prontidão contra desastres, transporte de bens e até mesmo segurança residencial. Isso oficialmente; por fora, o céu é o limite, dependendo do poder financeiro do contratante. 

Todo o sucesso desse exército mercenário está ligado ao sigilo fornecido aos seus clientes. Com o mínimo de perguntas, eles estão prontos para cumprir o que for acordado. São experientes até mesmo com documentos confidenciais, o que indica que também prestam serviços para Estados, influenciando em conflitos de larga escala.

Nem sempre foi assim: o grupo já foi mais simples, quando fundado por ex-militares sérvios em 2003. Foi após lidar com corporações poderosas e entregar resultados positivos de maneira constante que a Pillar obteve financiamento e se tornou uma força temida globalmente e reconhecida pelo seu uniforme preto emblemático.

Operação Haven

(foto: divulgação)

Haven é um ponto fora da curva para a Pillar. Acostumada a trabalhar debaixo dos panos e sem fazer muito barulho, a empresa foi contratada para liberar a ilha utilizando força bruta. Após um colapso econômico local e muitas greves, a ilha começou a se transformar em uma cidade fantasma e a atrair todo o tipo de invasores e gangues. 

As corporações sentiram o cheiro de sangue e não perderam a oportunidade: investiram no local e trouxeram os empregos de volta, mas o crime continuou em alta e as gangues insistiram em não deixar a ilha, causando prejuízos para as entidades privadas que estavam colocando dinheiro ali. Foi então que teve início a chamada Operação Haven.

O objetivo era utilizar a Pillar para eliminar essas ameaças ao patrimônio privado das mega corporações que comandam o local, estabelecendo um perímetro permanente de segurança para que as gangues não voltassem mais. 

Com a cidade quase vazia e a presença massiva dos soldados de uniforme preto, já é possível imaginar que o resultado foi um sucesso. No entanto, em grafites espalhados por toda a ilha, é possível ver registros de algumas das gangues que foram eliminadas pelo exército privado no processo, como os Bridge Street Cannibals.

Poder de fogo aliado à tecnologia

(foto: divulgação)

Os corajosos que tentaram a sorte em Haven após essa operação já testemunharam o poder bélico dessa organização. A Pillar conta com mais do que só ótimos soldados: há também o aparato tecnológico que faz com que qualquer tipo de contrato seja viável.

Em Haven, eles utilizam dois colossos do campo de batalha: o Scout, um helicóptero que procura alvos, fazendo o reconhecimento do campo de batalha; e o Killtruck, um veículo tático indestrutível que conta com bombas incendiárias para eliminar os alvos.

Essa tecnologia de ponta, aliada aos mercenários altamente capacitados, são um terror para os inimigos. Com uma comunicação bem executada, o Scout pode encontrá-los e lançar um holofote no alvo, indicando sua posição para o Killtruck. Este, por sua vez, pode perseguir o alvo, disparar os explosivos e ainda requisitar a presença dos outros soldados na área para uma perseguição implacável.

Para contar com equipamentos em todas as frentes, há vários pontos em Haven onde os comandantes desse exército particular guardam caixas de suprimentos. Se por um lado isso  supre os soldados da Pillar com os melhores equipamentos e munição de sobra, por outro abre possibilidade para os jogadores mais ousados roubarem tudo e aumentarem suas chances de sobrevivência.

Em sua primeira aparição no universo de PUBG, pouco se sabe a respeito das motivações da Pillar. Mas é certo que serão um obstáculo para os jogadores que almejam o sonhado Chicken Dinner.

Confira 7 dicas para se dar bem em Haven, novo mapa de PUBG

Com apenas 1×1 km², Haven possui muitos edifícios e diversos inimigos espalhados pelo mapa; veja dicas para sobreviver, planejar sua rota e conhecer cada ponta do território

A Season 10 está pegando fogo em PUBG, especialmente por conta do novo mapa Haven, a maior novidade desta temporada. Com dimensões pequenas – 1×1 km² -, quem manda no lugar é a Pillar, uma facção controlada por inteligência artificial que patrulha as ruas e torna ainda mais desafiadora a missão de sobreviver.

Para ajudar você a se dar bem nesse local denso, compacto e perigoso, separamos sete dicas preciosas, passando por detalhes para cada um dos seis distritos até como lidar com a poderosa Pillar:

1 – Pule do avião sabendo a sua estratégia

(foto: divulgação)

Haven é uma mapa único e especial,  com diversos elementos inéditos, a começar pela relação entre tamanho e densidade. Para se ter uma ideia, Erangel é um mapa de 8×8 km², enquanto Haven, agora o menor do jogo, possui apenas 1×1 km². Por conta disso, Haven comporta menos jogadores – 32, ao todo – e traz um número grande de edifícios com exploração vertical, sem falar na novidade que são os inimigos controlados por IA patrulhando o mapa. 

Embora haja menos regiões, estas apresentam características bem definidas e inúmeras possibilidades de surpreender os adversários – ou se esconder até os momentos definitivos da partida, que não demoram a chegar. Por conta de pouco espaço para erros e tempo menor de duração em cada queda, é preciso já ter uma estratégia definida antes de saltar do avião. 

Para quem vai encarar a partida com um Duo, a comunicação é chave. Há apenas um jogador com você, então fique sempre ativo no microfone para informar tudo com clareza. Use o tempo antes de pular para definir a estratégia e executá-la bem, garantindo o Chicken Dinner .

2 – Conheça todas as regiões

Como são apenas seis regiões para conhecer, fica mais fácil saber qual a melhor para o seu estilo de jogo e como se adaptar a cada rotação. Saiba mais sobre cada uma delas:

Industrial Park

Na parte mais ao norte do mapa, essa região conta com um mix de áreas muito densas e locais onde a vantagem de altura pode dar a visão necessária para dominar os inimigos com uma arma de longo alcance. 

Se decidir cair nas pequenas construções mais à esquerda, prepare-se para combates de curta distância e leve no seu kit armas apropriadas. Nos silos e casas maiores, há combates de média e longa distância a todo momento.

Rail Yard

Aqui há uma difícil decisão: por baixo das avenidas elevadas, você vai encontrar mais jogadores e membros da Pillar; por cima, há grandes chances de ser avistado pelo Scout, o helicóptero da facção, mas você pode se dar bem caso saiba se esconder.  A vantagem de cair aqui é a possibilidade de estar em uma área central, o que conta pontos na hora de rotacionar de acordo com o fechamento das safes.

Docks

Não há um local que se possa chamar exatamente de seguro em Haven, mas as Docas são as que mais se aproximam disso. Quase como um refúgio para quem não teve muita coragem de cair em Rail Yard ou na Steel Mill, aqui há muito espaço para combates de longa distância e galpões grandes para procurar equipamentos de qualidade. Na parte mais à direita desse distrito, há um caminho de barcaças antigas que pode ser usado em rotações para a área residencial, mas é arriscado, já que inimigos podem te abater com snipers dos prédios que cercam a parte de água.

Steel Mill

A galinha dos ovos de ouro de Haven. Aqui há a vantagem de ser a região mais centralizada do mapa, ter loot de altíssima qualidade e ser um bom local para executar comandantes da Pillar. O problema é que é difícil cobrir todos os ângulos com tanta densidade: inimigos podem estar no telhado ao lado, no canto escuro da próxima esquina ou mesmo te esperando em uma casa abandonada.

Coal Yards

Para os especialistas em armas de longa distância, especialmente snipers, aqui é o paraíso. A área é um descampado enorme com vários pontos iluminados com luz fluorescente. É fácil encontrar um lugar elevado e visualizar os inimigos mais desatentos que vão tentar atravessar a região vindos de outras áreas. Só tome o cuidado de cair mais ao sul, na área mais residencial, para ter um bom loot antes de colocar a barriga no chão e esperar pelos adversários.

Residential Zone

A zona residencial é um conglomerado de casas e ruas apertadas que dão abertura para diversas estratégias. O loot é bom e dá para fazê-lo de forma segura se cair nas pontas. O maior perigo é encontrar membros da Pillar, que aqui patrulham as ruas. Se estiver em Duo, mantenha a comunicação em dia para se dar bem e evitar surpresas desagradáveis enquanto se movimentam.

3 – Comandantes carregam a chave para o tesouro

Haven não possui os clássicos drops aéreos dos outros mapas. Aqui, quem guarda o tesouro são os comandantes da Pillar, a facção que domina a ilha. A cada nova incursão pelo mapa, eles aparecem em locais diferentes, então fique atento para essa possibilidade de conseguir loots valiosos e raros.

No entanto, a tarefa não é simples e envolve riscos. A área onde estão os suprimentos da Pillar é bem defendida. Tenha certeza de que abateu todos os guardas no local antes de partir para o comandante. Os guardas contam com equipamentos simples e são mais fáceis de serem eliminados, mas o chefe é como um jogador com equipamentos de alta raridade, portanto bem resistente e com dano elevado.

Para quem for tentar essa peripécia, a melhor estratégia é usar molotovs para complicar a vida do comandante. É mais silencioso e facilita o abate, principalmente nas áreas fechadas, como uma sala ou quarto. Assim que eliminar o alvo, procure rapidamente no seu loot a chave para o suprimento, que geralmente está por perto.

Tenha em mente que assim que abrir o suprimento com a chave, ele fica acessível para todos os jogadores. Se alguém estiver por perto, pode ser que esteja observando, apenas esperando o momento certo para te eliminar e roubar tudo. Assim como com os Airdrops, tenha certeza de que está seguro antes de partir para o loot. 

4 – Se avistar o Killtruck, corra!

(foto: divulgação)

A Pillar é extremamente bem equipada e está pronta para combater todos que ousarem andar pelas ruas de Haven sem autorização. O Killtruck é um dos veículos que eles possuem no arsenal: trata-se de um blindado gigante e rápido que lança granadas incendiárias em quem quer que seja avistado.

O Killtruck patrulha as ruas de Haven e precisa ser evitado a todo custo. Nem tente trocar tiros com ele, pois é impossível destruí-lo. Se notá-lo por perto, corra loucamente, utilizando sempre os edifícios para se esconder dele e dos outros jogadores que possam estar na área. A sensação que você vai ter enquanto tenta sobreviver por esse mapa é quase como a de brincar de polícia e ladrão, mas com armas de grosso calibre liberadas.

5 – Se o Scout te avistar, corra também!

(foto: divulgação)

O outro veículo da Pillar que vai tentar acabar com a sua paz é o Scout, um helicóptero que patrulha Haven pelos ares. Com uma luz potente, ele denuncia para o Killtruck a posição de jogadores desavisados. 

Assim como com o Killtruck, não há outra boa escolha senão tentar se esconder de novo. O agravante aqui é que o Scout avisa sua posição para todos que estão em volta, então o perigo vai ser ainda maior. Se for avistado, é hora de correr como nunca e rezar para não ser abatido pelo caminho.

6 – O paraquedas de emergência pode ser a saída

Um mapa novo de PUBG não poderia vir sem um equipamento inédito e interessante. A bola da vez é o paraquedas de emergência, um item que fica no seu espaço de cintura e pode ser ativado ao pular do topo de algum edifício.

Na teoria, ele funciona exatamente como o paraquedas que você utiliza ao saltar do avião. Na prática, é um equipamento de fuga e rotação valioso, que você pode utilizar tanto para escapar dos veículos da Pillar, especialmente o Scout, quanto para chegar em novas regiões, seja correndo do gás ou para ter uma vantagem de posicionamento.

Esse item pode ser encontrado espalhado por Haven e é consumido após o uso. Tome muito cuidado para não pular e esquecer de pressionar o botão para abri-lo, se não vai acabar se esborrachando no chão e indo parar direto no Lobby. 

7 – Jogar no limite do gás é mais recompensador do que nunca

Por conta do tamanho reduzido de Haven, as safes se tornam ainda mais mortais e os erros raramente têm perdão. Preste muita atenção no movimento do gás e tome sua decisão de quanto tempo dá para fazer o loot ou encarar inimigos com antecedência.

Para quem já tem o costume de lutar no gás e punir os retardatários, esse mapa é um prato cheio. Quem chegar na próxima safe primeiro e se posicionar para uma boa linha de visão para o gás, vai encontrar muitos inimigos correndo desesperados. Só tome cuidado para não alertar os veículos da Pillar enquanto tenta conseguir um número maior de abates.

A Temporada 10 de Call of Duty: Mobile já está no ar!

Temporada 10: The Hunt já está disponível em ‘CoD: Mobile’. (Foto: divulgação)

Temporada 10: The Hunt de Call of Duty: Mobile está entre nós, e os jogadores terão que descobrir a localização do Makarov com o novo Passe de Batalha e conteúdo sazonal. A nova temporada traz personagens conhecidos de Call of Duty, como Makarov, Mace e Mara. O jogadores também poderão embarcar em um voo para o icônico mapa Terminal, de Call of Duty: Modern Warfare 2, além do mapa Atirador, Pine, de Call of Duty: Modern WarfareThe Hunt irá desafiar os jogadores de Call of Duty: Mobile com um novo modo marquee, um novo Passe de Batalha e muito mais.

Temporada 10: The Hunt de Call of Duty: Mobile já está disponível para Android e iOS. Abaixo algumas das principais adições:

• Dois novos Mapas– Terminal (MP), Pine (Atirador)

• Nova Classe Battle Royale – Hacker

• Nova Vantagem – High Alert

• Nova Arma Funcional – Echo Shotgun

• Nova habilidade de Operador – Equalizer

• Dois novos Modos – Headquarters, Hardcore

• Passe de Batalha Temporada 10: The Hunt – Novos personagens, armas, itens e mais

• Evento Marquee – Caça ao Makarov

• Novos Desafios Sazonais

• Nova mercadoria já disponível na loja

• Várias atualizações UI, equilíbrio de armas e otimizações do gameplay