Arquivo da tag: Terror

“ESPÍRITOS OBSCUROS”: SAIBA MAIS DO NOVO FILME DE TERROR DA SEARCHLIGHT PICTURES, QUE ESTREIA DIA 28 DE OUTUBRO NOS CINEMAS

Com direção de Scott Cooper, produção de Guillermo del Toro e Keri Russel como protagonista, a produção traz como enredo a lenda de Wendigo, criatura do folclore algonquiano

Quem curte filme de terror/suspense, não pode deixar de conferir Espíritos Obscuros nos cinemas. A história se passa em uma cidade isolada do estado de Oregon (EUA), onde uma professora do ensino fundamental (Keri Russell) e seu irmão xerife (Jesse Plemons) se envolvem com um enigmático aluno (Jeremy T. Thomas) cujos sombrios segredos levam a encontros aterrorizantes com uma lendária criatura ancestral que aparece diante deles. Baseado no conto The Quiet Boy de Nick Antosca, o filme conta com a direção de Scott Cooper e com a produção do aclamado Guillermo del Toro.

Para conhecer mais sobre a produção e entrar no clima da história, confira abaixo algumas informações sobre Espíritos Obscuros:

DIRETOR E PRODUTOR ACLAMADOS PELA CRÍTICA

(Foto: divulgação)

Scott Cooper já conquistou os corações dos cinéfilos com sua direção em filmes de sucesso, como: Coração Louco (2009), Tudo por Justiça (2013) e Hostis (2017). Agora, com sua bagagem de produções, Cooper parte para o gênero do terror. “Depois de fazer um drama musical em Coração Louco, um suspense thriller em Tudo Por Justiça, um filme de gângsters com Aliança Do Crime e um western com Hostis, parecia natural seguir para o terror”, diz o diretor.

Procurando um sentindo a mais para o filme, saindo do clássico de terror por terror, o entusiasmo de Cooper por Espíritos Obscuros foi consolidado quando o cineasta Guillermo Del Toro (HellboyO Labirinto Do Fauno, e o vencedor do Oscar® A Forma Da Água) embarcou no projeto como produtor. Cooper diz que o envolvimento de Del Toro emprestou imediatamente um senso tranquilizador do propósito artístico. “Um dos motivos pelos quais decidi fazer o filme é por causa de Guillermo e sua incrível habilidade em criar criaturas”, comenta. “Eu não o teria feito sem sua ajuda para criar algo que parecesse real e que pertencesse à Terra”.

O ELENCO

(Foto: divulgação)

Para os protagonistas, Cooper e Del Toro chamaram a vencedora do Globo de Ouro® Keri Russell e o indicado ao Emmy® Jesse Plemons para interpretarem Julia e Paul, os dois irmãos que lutam contra demônios do passado e demônios reais. Os atores infantis são Jeremy T. Thomas (interpretando Lucas Weaver) e Sawyer Jones (Aiden Weaver).

Thomas teve um grande desafio ao ter que interpretar três personalidades muito distintas na produção: irmão, filho e aluno. “Meu personagem, Lucas, na maioria das vezes fica quieto e na dele, e sofre bullying de um personagem chamado Clint. Então, o filme começa comigo sendo machucado mentalmente e fisicamente”, conta o ator mirim.

Cooper comenta também que a personagem Julia se identifica com Lucas e, por isso, criam uma relação especial. “Os dois têm irmãos mais novos, relacionamentos difíceis com o pai e a mãe de ambos morreram quando eles eram jovens. Com isso, ela se conecta com ele, como espíritos semelhantes tentando passar pelos obstáculos que os dois tiveram que superar”, explica.

A LENDA DE WENDIGO

(Foto: divulgação)

O Wendigo (também “winddsgvigo” ou “wetiko”) é, na mitologia das tribos indígenas americanas, uma criatura devoradora de homens semelhante a um cervo e/ou espírito maligno nativo das florestas do norte da costa atlântica e da Região dos Grandes Lagos dos Estados Unidos e Canadá. Segundo a lenda, é uma criatura destrutiva e canibalista associada ao inverno, ao frio e à fome, e está presente no sistema de crença tradicional de muitos povos de língua algonquiana, incluindo Ojibwe, o Saulteaux, o Cree, o Naspapi e o Innu.

Para dar vida ao monstro inspirado no Wendigo em Espíritos Obscuros, Cooper e Del Toro confiaram fortemente em vários membros e especialistas da comunidade nativa americana, incluindo Grace T. Dillon, conselheira nativa americana e membro do grupo de povos indígenas Anishinaabe, que ofereceu uma expertise única. “Nos anos 90, havia um senso de que o Wendigo poderia ter sido inspirado pelo contato indígena com nações europeias”, diz Dillon, que também atua como professora no Programa de Estudos das Nações Indígenas na Universidade Estadual de Portland, em Portland (Oregon, EUA). “Ele pode se manifestar de muitas formas, mas é sempre, em primeiro lugar, um espírito”.

Espíritos Obscuros estreia dia 28 de outubro nos cinemas.

‘A Casa Sombria’ – Terror “água com açúcar”

Protagonizado por Rebecca Hall, longa decepciona fãs do gênero

Por Antonio Lemos

(foto: divulgação)

Assistindo ao trailer, dava para imaginar que ‘A Casa Sombria’ iria prender e assustar os fãs do gênero terror. Nada feito. Apesar do nome, o longa não tem nada de assustador, e nem a boa atuação de Rebecca Hall – de ‘Godzilla vs Kong’, ‘Iron Man 3’, entre outros – foi capaz de segurar a produção de David Bruckner durante quase 110 minutos de duração.

Na trama, Beth (Hall) está em processo de luto por conta do suicídio inesperado do marido, Owen (Evan Jonigkeit). Segundo a personagem, eles estavam juntos há 14 anos. Ela tenta o melhor que pode para se manter bem, mas acaba tendo dificuldades por conta de sonhos e visões perturbadoras de uma presença na casa construída pelo casal em frente a um rio e afastado de tudo.

Em determinado momento, a protagonista começa a descobrir que o doce e gentil Owen não tinha nada de bonzinho. Ele esconde segredos obscuros – desde livros, estátuas, que parece àqueles bonecos de vudu e mulheres parecidas com a personagem, dando a crer que havia um relacionamento fora do casamento -, todos pertinentes à aparição de uma sinistra casa invertida do outro lado de um lago, que espelha a própria residência que moram.

Geralmente vimos em filmes de suspense/terror aquele ator/atriz principal fazer de tudo para solucionar o mistério. ‘A Casa Sombria’ é ao contrário. Bruckner consegue deixar o espectador tanto quanto confuso com Hall, que, quando imaginamos que o negócio é real, na verdade, é um dos ‘trocentos’ sonhos durante as noites de sono.

As duas partes usa altas doses de mistério e referências ao obscurantismo e macabro, porém, quando chega a reta final, o filme começa a criar aquele potencial de te enganar quando você acha que tem todas as respostas possíveis e um verdadeiro desfecho. O filme esquece todo o clima de terror psicológico e suspense, abusa dos clichês com o duelo do “ser humano do bem contra o espírito do mal” e dá uma solução bem “água com açúcar” com o desfecho da protagonista.

A conclusão deixa a desejar. Primeiro, deixa em aberto se teria alguma continuação, depois, pelo fato de contradizer com o próprio enredo. Por fim, o luto é romantizado e subjetivizado sobre aceitação da perda, que soa mais engraçada do que profundo. Além disso, o lado obscuro de Owen deixa um verdadeiro buraco. Afinal de contas: o que motivaria o personagem de Jonigkeit a fazer tudo isso?

‘A Casa Sombria’ não entrega o que vendeu nos trailers, sem uma conclusão digna e nem o ato final que mudou o tom do longa. Bruckner foca mais na atuação de Hall para entregar uma trama focada no luto e na aceitação da perda. Se procura terror, espíritos e suspense, o filme, que estreiou nesta quinta-feira (23), não é indicado.

MALIGNO TEM NOVO TRAILER COM CENAS DE ARREPIAR

Dirigido e produzido por James Wan, o longa de terror estreia em 9 de setembro

A Warner Bros. Pictures divulga um novo trailer de Maligno, longa de terror dirigido e produzido pelo autor do universo Invocação do Mal James Wan. O vídeo, ainda mais assustador, mostra cenas de arrepiar de Madison (Annabelle Wallis) e de Gabriel e deixa um gostinho de quero mais para os fãs. 

O longa estreia nos cinemas brasileiros em 9 de setembro e para mais informações sobre a programação ou a venda de ingressos, consulte os cinemas de sua cidade.

Sobre o filme:

Maligno é a mais recente criação do arquiteto do universo “Invocação do Mal”, James Wan (“Aquaman”, “Velozes & Furiosos 7”). Com o novo thriller de terror original, o diretor Wan marca o retorno às suas raízes como cineasta.

No filme, Madison está paralisada por visões chocantes de assassinatos horríveis, e seu tormento piora quando ela descobre que esses verdadeiros pesadelos, sonhados à luz do dia, se tornam, de fato, realidades aterrorizantes. 

Maligno é estrelado por Annabelle Wallis (“Annabelle”, “A Múmia”), Maddie Hasson (séries “Impulse”, do YouTube Originals, e “Mr. Mercedes”), George Young (série “Containment”), Michole Briana White (series “Black Mafia Family”, “Dead to Me”), Jacqueline McKenzie (“Palm Beach”, série “Reckoning”), Jake Abel (série “Supernatural”, a franquia “Percy Jackson”), e Ingrid Bisu (“Invocação do Mal 3: A Ordem do Demônio”, “A Freira”).

James Wan dirigiu o roteiro de Akela Cooper (“M3GAN”, o recentemente anunciado “A Freira 2”), escrito a partir do argumento original de Wan & Ingrid Bisu e Cooper. O filme foi produzido por Wan e Michael Clear, com Eric McLeod, Judson Scott, Ingrid Bisu, Peter Luo, Cheng Yang, Mandy Yu e Lei Han na produção executiva.

Para a sua equipe de produção, James Wan trouxe parceiros constantes de seus projetos, como o diretor de fotografia Don Burgess e o editor Kirk Morri (“Aquaman”, “Invocação do Mal 2”), a designer de produção Desma Murphy (direção de arte de “Aquaman”, “Velozes & Furiosos 7”), bem como a figurinista Lisa Norcia (“Sobrenatural: A Última Chave”). A música é de Joseph Bishara, compositor da trilha sonora de todos os sete filmes do Universo “Invocação do Mal”.

A New Line Cinema apresenta, em associação com a Starlight Media Inc. e My Entertainment Inc., uma produção An Atomic Monster, um filme de James Wan, Maligno será lançado nos cinemas a partir de 9 de setembro de 2021, com distribuição da Warner Bros. Pictures.

A lenda de Candyman: Muito mais do que apenas um mito

Por Gabriela Fontes

A Lenda de Candyman. (Foto: divulgação)

O filme não se trata apenas de mais uma história de terror, seu vilão é mais frio e violento. Sua narrativa é crua, trazendo desconforto com cada mensagem política e manifesto contra o racismo, nos mostrando que os verdadeiros vilões não são monstros escondidos em espelhos ou embaixo de nossas camas, mas sim vivem como qualquer pessoa normal com sua verdadeira face em meio ao sofrimento dos negros.

O roteiro assinado por Jordan Peele (‘Nós’ e ‘Corra’), Win Rosenfwld (‘Infiltrados na Klan’) e Nia (‘The Marvels’), usa uma das lendas urbanas mais conhecidas dos Estados Unidos para mostrar a realidade vivida pela população negra de Chicago.

A invocação

A Lenda de Candyman. (Foto: divulgação)

A Lenda de Candyman conta a história de um pintor promissor e pouco conhecido no meio da arte, que vem buscando se reinventar para se manter relevante. Após perceber que estava fazendo o mesmo de suas obras antigas, busca inspiração na lenda urbana de Candyman, um assassino que aparece por meio de reflexos a quem falar seu nome cinco vezes em frente a um espelho.

O filme mescla o sobrenatural, nos mostrando a forma com que Candyman mata suas vítimas, e a realidade com a tensão racial nos bairros e a violência policial para com a população negra. A ideia do longa é debater temas presentes com a tensão psicológica já usada por Peele em outros filmes e mais uma vez que o terror não precisa ser apenas de forma abstrata, mas sim que podemos encontrar crueldade em cada esquina.

Contudo, o longa pouco passa tanta tensão se tratando de seus outros personagens. Enquanto o protagonista vive em uma atmosfera aterrorizante, seus coadjuvantes estão claramente seguros, não trazendo qualquer tipo de preocupação ao telespectador a respeito do que poderia acontecer com os mesmos.

Veredito

O filme mostra claras referências ao de 92 (‘O mistério de Candyman’), ainda que sua magia seja menor. Isso não o torna ruim, claro. Ele cumpre o que havia prometido nos trailers e ainda mostra a essência de Peele em cada cena de violência, com seu humor ácido e trilha sonora que incomoda até mesmo o mais ignorante dos ouvintes.

WARNER BROS. PICTURES DIVULGA TRAILER E POSTER DO LONGA MALIGNo

Dirigido e produzido por James Wan, o filme tem estreia prevista para 2 de setembro no Brasil

A Warner Bros. Pictures divulga o primeiro trailer de Maligno, o novo longa de terror dirigido e produzido pelo autor do universo Invocação do Mal James Wan (“Aquaman”, “Velozes & Furiosos 7”). O filme, com estreia prevista para 2 de setembro, marca o retorno do diretor Wan às suas raízes com este novo thriller de terror original.

Além do trailer assustador, o estúdio também disponibiliza o primeiro pôster oficial que mostra um pouco do que podemos esperar nesse novo thriller.

(Foto: divulgação)

Sobre o filme:

Maligno é a mais recente criação do arquiteto do universo “Invocação do Mal”, James Wan (“Aquaman”, “Velozes & Furiosos 7”). Com o novo thriller de terror original, o diretor Wan marca o retorno às suas raízes como cineasta.

No filme, Madison está paralisada por visões chocantes de assassinatos horríveis, e seu tormento piora quando ela descobre que esses verdadeiros pesadelos, sonhados à luz do dia, se tornam, de fato, realidades aterrorizantes. 

Maligno é estrelado por Annabelle Wallis (“Annabelle”, “A Múmia”), Maddie Hasson (séries “Impulse”, do YouTube Originals, e “Mr. Mercedes”), George Young (série “Containment”), Michole Briana White (series “Black Mafia Family”, “Dead to Me”), Jacqueline McKenzie (“Palm Beach”, série “Reckoning”), Jake Abel (série “Supernatural”, a franquia “Percy Jackson”), e Ingrid Bisu (“Invocação do Mal 3: A Ordem do Demônio”, “A Freira”).

James Wan dirigiu o roteiro de Akela Cooper (“M3GAN”, o recentemente anunciado “A Freira 2”), escrito a partir do argumento original de Wan & Ingrid Bisu e Cooper. O filme foi produzido por Wan e Michael Clear, com Eric McLeod, Judson Scott, Ingrid Bisu, Peter Luo, Cheng Yang, Mandy Yu e Lei Han na produção executiva.

Para a sua equipe de produção, James Wan trouxe parceiros constantes de seus projetos, como o diretor de fotografia Don Burgess e o editor Kirk Morri (“Aquaman”, “Invocação do Mal 2”), a designer de produção Desma Murphy (direção de arte de “Aquaman”, “Velozes & Furiosos 7”), bem como a figurinista Lisa Norcia (“Sobrenatural: A Última Chave”). A música é de Joseph Bishara, compositor da trilha sonora de todos os sete filmes do Universo “Invocação do Mal”.

A New Line Cinema apresenta, em associação com a Starlight Media Inc. e My Entertainment Inc., uma produção An Atomic Monster, um filme de James Wan, Maligno será lançado nos cinemas a partir de 2 de setembro de 2021, com distribuição da Warner Bros. Pictures.

A casa assombrada por um passado escravagista

Imaginário popular, terror e um retrato do Brasil se encontram em novo suspense sobrenatural do escritor carioca Jefferson Sarmento

(Foto: divulgação)

Localizada nas serras de Mata Atlântica da região de Juiz de Fora, Minas Gerais, a Fazenda Santa Clara abriga história e um dos locais mais emblemáticos do período escravocrata. Foi a propriedade, em que homens negros moldaram nas próprias coxas as telhas da casa com 365 janelas, que inspirou o escritor Jefferson Sarmento em seu quinto livro de terror.

O enredo de A Casa das 100 janelas gira em torno do fictício Solar dos Fortes, uma velha construção que remete às antigas fazendas localizadas entre o Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais. Os elementos do passado colonial e escravagista brasileiro são a base para contar uma jornada de remissão e de horror fantástico nos dias atuais.

O protagonista desta história é Chico Rezende, um homem negro que, quando criança, deixou a cidade após seu pai ser acusado de assassinar Adélia Fortes, a esposa do patrão. Ele volta a Bel Parque depois de 30 anos para recuperar o passado perdido e redimir os pecados e horrores que assombram uma velha casa amaldiçoada.

Ele não respondeu. Dani continuou seguindo na direção da porta.
Ganhou o corredor. Os gemidos vinham do banheiro no fim. Passou
pela porta do quarto do filho — estava fechada, ele tinha um sono de
pedra; ela achava. A luz do banheiro estava acesa.
Quando abriu a porta, viu o marido encolhido no chão entre o vaso
e a pia. Ele tremia, abraçado a si mesmo, chorando. Mordia os lábios e
saía sangue de sua boca. (A Casa das 100 Janelas, p. 130)

Ao trazer o imaginário popular e a história brasileira como ponto de partida para o thriller, o autor promove e contribui para a ainda tímida literatura nacional do gênero. “É uma história de horror numa cidade brasileira, com todas as características que identificam esse lugar, com vínculo no nosso passado histórico, dramas familiares e sociais presentes no cotidiano”, comenta.

Jefferson Sarmento aprendeu a gostar de histórias de horror com O Fortim, de F. Paul Wilson, mas foi com Stephen King que veio a maior inspiração – de Cemitério a It, A Coisa, passando por O Iluminado e A Hora do Vampiro. E são adultos como ele – adolescentes na década de 1980 – e o público jovem aficionado pela literatura de horror de quem o autor espera maior adesão.

Ficha técnica
Título: A Casa das 100 Janelas
Autor: Jefferson Sarmento
Editora: Tramatura
ISBN: 9786500217500
Páginas: 512
Formato: 16x23cm
Preço: R$ 71,00 e R$ 9,90 (eBook)
Link de venda: Amazon

Sinopse: Ao voltar para sua cidade natal, depois de trinta anos que seu pai foi acusado de assassinato, Chico Rezende precisa literalmente enfrentar seus velhos fantasmas – e os da cidade – para recuperar seu passado perdido e redimir os pecados e horrores que assombram uma velha casa amaldiçoada.

crítica de invocação do mal 3 – a ordem do demônio

Por Leticia Nunes

Ed e Lorraine Warren vão ao tribunal no terceiro filme da saga de Invocação do Mal. (Foto: divulgação)

Amanhã estreia ‘’Invocação do mal 3 – A Ordem do Demônio’’, nos cinemas, mas nossa equipe teve acesso ao filme antes do lançamento. A história é de um caso real do primeiro réu americano a alegar ter sido possuído por um demônio, ao cometer um assassinato. Este é o oitavo filme do universo de ”Invocação do Mal”. Além dos dois primeiros longas (2013 e 2016), também temos Annabelle (2014), Annabelle: A Criação do Mal (2017), Annabelle 3 – De Volta para Casa (2019), A Freira (2018) e A Maldição da Chorona (2019). Embora seja diferente da fórmula dos dois primeiros filmes e traga uma verdadeira história de amor, o filme trás cenas surpreendes e com bastante susto ao decorrer do longa! Confira o trailler abaixo:

“Invocação do Mal 3 – A Ordem do Demônio” inicia com uma família se mudando para uma casa nos EUA. O pequeno David Glatzel ( Julian Hilliard) é possuído misteriosamente por um demônio e sua família pede ajuda para Ed e Lorraine (Vera Farmiga e Patrick wilson) para expulsar a entidade e realizar o exorcismo com a autorização da igreja na presença de um padre. Durante o processo o namorado de sua irmã Arne (Ruairi O’Connor) não suporta ver seu cunhado ser atormentado e pede ao demônio que entre em seu corpo e livre David do sofrimento. Ed é atingindo bruscamente e jogado ao chão, sendo levado gravemente ao hospital. Ao recobrar a consciência, ele avisa a Lorraine que a entidade estava habitando o corpo de Arne.

Arne, possuído pela entidade, comete um assassinato e é preso, Ed e Lorraine tentam, incansavelmente, provar a existência do demônio e fazer com que ele não seja sentenciado a morte pelo estado.

Atenção: contém Spoiller!!!!

Invocação do Mal 3 – A Ordem do Demônio estreia nos cinemas. (Foto: divulgação)

Na busca por provas, eles viajam para outro estado e acontece uma subtrama no meio do filme, sobre uma outra garota alvo de um ritual satânico com os mesmo indícios, Ed e Lorraine ajudam a polícia local a solucionar o caso em troca de terem acesso as arquivos, mas eles não tem qualquer tipo de conclusão. Parece, em determinado momento, que faltou história.

Ao terem acesso aos arquivos, eles descobrem que se trata de uma bruxa que lançou uma maldição, ela precisa levar uma alma ao diabo e para isso acontecer a vítima precisa cometer suicídio. Com isso, eles vão em busca do altar em que a magia foi feita, para quebrar a maldição e provar as autoridades que Arner é inocente.

O filme possui poucos “jumpscares” que é uma das bases da franquia, trazendo mais suspense e terror aos fãs.

Nota: 4/5

emily Blunt e Noah Jupe correm perigo em nova cena divulgada de “Um Lugar Silencioso – Parte II

A Paramount Pictures lançou hoje uma cena que traz um pouco do suspense da trama de “Um Lugar Silencioso – Parte II”. No trecho Evelyn Abbott (Emily Blunt) e o filho Marcus Abbott (Noah Jupe) estão no carro quando percebem que algo errado está acontecendo. No final do vídeo, Emily Blunt dá um recado em português: “somente nos cinemas”.

‘Um Lugar Silencioso – Parte II’ estreia em 10 de junho no Brasil
Sinopse
Logo após os acontecimentos mortais, até mesmo dentro de casa, a família Abbott (Emily Blunt, Millicent Simmonds, Noah Jupe) precisa agora encarar o terror mundo afora, continuando a lutar para sobreviver em silêncio. Obrigados a se aventurar pelo desconhecido, eles rapidamente percebem que as criaturas que caçam pelo som não são as únicas ameaças que os observam pelo caminho de areia.

INVOCAÇÃO DO MAL 3 – A ORDEM DO DEMÔNIO: PRÉ-VENDA DE INGRESSOS COMEÇARÁ ÀS 3 DA MANHÃ DA PRÓXIMA QUINTA-FEIRA (27)

Novo filme da franquia de terror inspirada nos casos reais enfrentados pelo casal Warren terá pré-venda de ingressos em horário simbólico para seus fãs

O reencontro dos fãs com o casal de demonologistas mais famoso do mundo está cada vez mais próximo. Invocação do Mal 3 – A Ordem do Demônio, novo capítulo da maior franquia de terror da história, tem sua estreia prevista para o dia 03 de junho nos cinemas brasileiros e, a partir das 3h da manhã do dia 27 de maio, será possível adquirir os ingressos antecipadamente.

O horário das 3h da manhã é bastante simbólico para quem acompanha a saga por se tratar da “hora do demônio”, período da noite em que situações paranormais estão mais propensas a acontecer. Os corajosos de plantão poderão adquirir ingressos para salas de cinema de todo o Brasil. As sessões seguirão os protocolos de segurança recomendados pelos órgãos responsáveis e implementados pelas redes de cinema, e serão programadas de acordo com o cronograma de reabertura dos cinemas de cada cidade. Para mais informações, verifique a programação de sua região.

Invocação do Mal 3 – A Ordem do Demônio é estrelado por Patrick Wilson e Vera Farmiga, que dão vida a Ed e Lorraine Warren, além de Ruairi O’Connor, Sarah Catherine Hook e Julian Hilliard, com direção de Michael Chaves.

‘Um Lugar Silencioso – Parte II’ tem estreia antecipada no Brasil e chegará aos cinemas em junho

Paramount Picrtures antecipa estreia de Um Lugar Silencioso – Parte II. (Foto: divulgação)

A Paramount Pictures informa mudança na data de lançamento de ‘Um Lugar Silencioso – Parte II’ no Brasil. A esperada continuação do suspense dirigido por John Krasinski e estrelado por Emily Blunt, chegará aos cinemas do país 3 meses antes do esperado, em 17 de junho de 2021.   

‘UM LUGAR SILENCIOSO – PARTE II’ – NOVA DATA DE ESTREIA: 17 DE JUNHO DE 2021