Arquivo da tag: The Witcher

The Witcher 3: Wild Hunt está chegando para a próxima geração

‘The Witcher 3: Wild Hunt’ chega aos consoles e PC. (Foto: reprodução)

A CD PROJEKT RED anuncia que uma edição de The Witcher 3: Wild Hunt para a próxima geração está em desenvolvimento.

Concebida para aproveitar os poderosos hardwares da próxima geração de videogames, a edição de The Witcher 3: Wild Hunt para PC, Xbox Series X e PlayStation 5 apresentará uma série de melhorias visuais e técnicas – incluindo ray tracing e tempo de carregamento mais rápido – em todo o jogo base, ambas as expansões e todo o conteúdo extra.

A edição de The Witcher 3: Wild Hunt para a próxima geração estará disponível como uma compra independente para PC, Xbox Series X e PlayStation 5, e como uma atualização gratuita para os proprietários do título no PC, no Xbox One ou no PlayStation 4.

Para mais informações, siga as páginas oficiais do jogo no Facebook e no Twitter ou acesse o site oficial.

BASTIDORES THE WITCHER

Por Luigi Buratto

‘The Witcher – Making Of’ traz os bastidores da série do bruxo Geralt. (Foto: divulgação)

‘The Witcher – Making Of’, nova série da Netflix, conta um pouco dos bastidores da série que fez sucesso na plataforma

Se você curte o bruxo Geralt (Henry Cavill) e toda a fantasia do Continente, com certeza não pode perder esse documentário de pouco mais de 30 minutos que a Netflix disponibilizou, mostrando o processo criativo e até as cenas de ação protagonizadas pelo ator.

O que mais gosta na série? Conta pra gente nos comentários

Netflix anuncia The Witcher: Blood Origin, série limitada do universo de The Witcher

Netflix anuncia série no mesmo universo de The Witcher. (Foto: Divulgação)

A Netflix tem o prazer de anunciar The Witcher: Blood Origin, uma série limitada do universo de The Witcher. 

‘Blood Origin’ será uma série limitada de live-action com seis partes, cuja história antecede a série hit da Netflix The Witcher.

Sinopse: ambientada no mundo élfico 1200 anos antes do universo de The Witcher, ‘Blood Origin’ contará uma história perdida no tempo – a origem do primeiro Bruxo, e os eventos que levaram à crucial “conjunção das esferas”, quando o mundo de monstros, homens e elfos fundiu-se para se converter em um só.

Declan de Barra será produtor executivo e showrunner e Lauren Schmidt Hissrich será Produtora Executiva

Andrzej Sapkowski será consultor criativo da série. Jason Brown and Sean Daniel, da Hivemind, e Tomek Baginski e Jarek Sawko, da Platige Films, serão Produtores Executivos 

“Como fã de fantasia ao longo da vida, estou muito animado para contar a história de The Witcher: Blood Origin. Uma pergunta está em minha mente desde que li os livros The Witcher – Como era o mundo élfico antes da chegada cataclísmica dos humanos? Eu sempre fui fascinado pela ascensão e queda das civilizações, como a ciência, a descoberta e a cultura florescem logo antes dessa queda. Como vastas gamas de conhecimento se perdem para sempre em tão pouco tempo, muitas vezes agravadas pela colonização e pela reescrita da história. Deixando apenas fragmentos da verdadeira história de uma civilização para trás. The Witcher: Blood Origin contará a história da civilização élfica antes de sua queda e, mais importante, revelará a história esquecida do primeiro Bruxo”, afirmou Barra

“Estou muito feliz por colaborar com Declan e a equipe da Netflix em The Witcher: Blood Origin. É um desafio emocionante explorar e expandir o universo The Witcher criado por Andrzej Sapkowski, e mal podemos esperar para apresentar aos fãs novos personagens e uma história original que enriquecerá ainda mais nosso mundo mágico e mítico”, completou Lauren

The Witcher: Blood Origin’ será filmado no Reino Unido. E ainda não tem data de estreia

Thronebreaker chega ao iOS!

A CD PROJEKT anuncia o lançamento de Thronebreaker: The Witcher Tales para iOS. Os jogadores já podem adquirir o jogo na Apple App Store

Thronebreaker é um RPG para um jogador ambientado no mundo de The Witcher, que combina exploração baseada em narrativas com quebra-cabeças únicos e batalhas por turnos. Os jogadores assumem o papel da Rainha Meve de Lyria e Rívia, que é forçada a entrar no caminho da guerra em face de uma iminente invasão nilfgaardiana. Para ter uma chance contra seus inimigos, Meve deve reunir um exército poderoso, o que significa partir em uma jornada sombria de destruição e vingança.

Esta versão mais recente traz a experiência completa de Thronebreaker para iOS, com controles de tela de toque projetados para dispositivos móveis, além de suporte para saves na nuvem para que os jogadores possam retomar sua aventura de onde pararam no PC e vice-versa. Ao jogar Thronebreaker no iOS, os jogadores também podem desbloquear diversos bônus em GWENT: The Witcher Card Game para iOS, PC e Android, incluindo ornamentos exclusivos e 20 cartas para serem usadas em batalhas multiplayer. Além disso, os jogadores podem reivindicar gratuitamente um conjunto de brindes digitais de Thronebreaker, incluindo a trilha sonora oficial, arte conceitual do jogo e um mapa de Lyria.

Thronebreaker: The Witcher Tales está disponível para iOS, PC (GOG.COM e Steam), assim como Nintendo Switch, PlayStation 4 e Xbox One. Uma versão para Android está planejada para ser lançada ainda este ano. Para mais informações sobre o jogo, visite o site oficial.

ENOLA HOLMES em setembro na netflix

Em setembro, a Netflix lança “Enola Home”, com Millie Bobby Brown como protagonista e Henry Cavill, como Sherlock Holmes.

Sinopse: 
Inglaterra, 1884. O mundo está prestes a mudar. Na manhã do seu aniversário de 16 anos, Enola Holmes (Millie Bobby Brown) descobre que a mãe (Helena Bonham-Carter) desapareceu, deixando para trás alguns presentes enigmáticos e um grande mistério sobre seu paradeiro. Enola cresceu muito livre, mas agora passa a viver sob os cuidados dos irmãos Sherlock (Henry Cavill) e Mycroft (Sam Claflin), que decidem mandá-la para uma escola de etiqueta para aprender boas maneiras. Indignada, ela foge para Londres em busca da mãe. Quando sua jornada a coloca diante de um mistério envolvendo um jovem lorde fugitivo (Louis Partridge), ela acaba descobrindo uma conspiração que pode alterar o curso da História e se transforma em uma investigadora de respeito capaz de superar seu famoso irmão. Baseado na aclamada série de livros de Nancy Springer, “Enola Holmes” é uma aventura dinâmica e cheia de mistério que apresenta uma concorrente de peso para Sherlock Holmes, o maior detetive de todos os tempos: sua própria irmã. O jogo começou. Com direção de Harry Bradbeer, Enola Holmes é um filme produzido por Mary Parent, Alex Garcia, Ali Mendes, Millie Bobby Brown e Paige Brown. Jack Thorne assina o roteiro. 

Belezas naturais, construções seculares da República Tcheca fazem do país a locação cenário perfeito para todo tipo de filme. E é possível conhecer todos eles.

(Foto: Divulgação)

A República Tcheca foi escolhida pela Netflix para ambientar a segunda temporada da sua série The Witcher, baseada no livro do escritor polonês Andrzej Sapkowski e as filmagens recomeçarão já em 3 de agosto. Iniciadas em fevereiro, as filmagens tiveram que ser interrompidas um mês depois, depois que o ator norueguês Kristofer Hivju, que também apareceu em Game of Thrones, testou positivo para o novo coronavírus e tudo foi   interrompido devido às restrições da pandemia.

Mas The Witcher é apenas o capítulo mais novo de uma longa história de filmes e séries gravados na República Tcheca. Dois grandes sucessos de bilheteria recentes foram gravados no país. Jojo Rabitt, indicado ao prêmio da Academia, foi gravado na cidade de Žatec; e Homem-Aranha – Longe de Casa teve o primeiro beijo de Peter Parker e Mary Jane em plena Ponte Carlos, em Praga.

O cinema descobriu a República Tcheca para ambientação no início dos anos 90, logo após o fim da era comunista no país quando diretores mundialmente famosos e equipes de produção foram atraídos  pela beleza de tirar o fôlego de Praga  e pelos icônicos marcos arquitetônicos da capital, que também ofereciam locação locais e equipes de baixo custo, mas altamente qualificados.
 

Paris ou Viena?

A arquitetura perfeitamente preservada, as ruas típicas dos séculos 18 ou 19 permitem reproduzir, em Praga várias capitais europeias, como nesses filmes:

Amadeus (1984)
O filme do diretor tcheco Miloš Forman sobre a vida de Mozart, contado pelos olhos do compositor rival Salieri, foi aclamado em todo o mundo e ganhou nada menos que oito Oscar, incluindo Melhor Filme, Melhor Ator e Melhor Diretor. Embora a maior parte da história seja ambientada em Viena, o filme foi filmado principalmente em Praga, alguns anos antes da queda do comunismo.

A escolha de Praga não foi mera coincidência. Figura proeminente da Nova Onda Tcheca na década de 1960, Miloš Forman fugiu do país em 1968 após o esmagamento da Primavera de Praga o que fez com que a polícia secreta da então Tchecoslováquia, mantivesse a produção   de Amadeus sob vigilância. Mas Praga tem importante ligação com o próprio Mozart que ali estreou sua ópera Don Giovanni. No filme, a locação é o mesmo local da estreia de 1787: o Teatro de Repertório.  E Praga também aparece no filme como Viena do século 18.

(Foto: Divulgação)

O Ilusionista (2006)
Escrito e dirigido por Neil Berger, apoiado por uma incrível trilha sonora de Phillip Glass, O Ilusionista conta a história de um mágico, interpretado por Edward Norton, tentando conquistar o amor de uma mulher de classe alta e a possível futura princesa do Império Áustro-Húngaro. A história se passa em Viena da virada do século 19 para o 20.

Viena, no filme, é “interpretada” por Praga, inclusive no Divadlo na Vinohradech (usado como local onde o personagem principal realiza seus truques de mágica) e em outras cidades tchecas como os castelos de Český Krumlov e Konopiště.  

Os Miseráveis (1998)
No filme do diretor dinamarquês Billie August, adaptação do clássico de Victor Hugo, Paris é, na verdade, Praga e  outras partes da República Tcheca, incluindo as cidades de Kutná Hora, Zatec e Vrbno.

(Foto: Divulgação)

Missão Impossível (1996)
O filme cult de Brian de Palma foi a primeira grande produção a ser filmada em Praga em meados dos anos 90. As cenas de abertura no centro histórico também são algumas das mais memoráveis: como a de John Voight correndo na ponte Carlos (surpreendentemente vazia), Tom Cruise perto da Praça da Cidade Velha durante a famosa explosão do restaurante do aquário  etc. Outros locais de filmagem dignos de nota incluem o Hotel Evropa, na Praça Venceslau, e no Museu Nacional.


A Identidade Bourne (2002)
Praga foi uma parte importante dos bastidores do primeiro episódio da busca vingativa de Jason Bourne: A Identidade Bourne, um clássico de seu próprio gênero. Filmado em muitos outros locais europeus, tem em Praga as cenas que se passam ficticiamente em Zurique, na Suíça. Se você prestar atenção, poderá ver Matt Damon dormindo no parque na ilha Kampa ou andando ao lado da principal estação ferroviária de Praga.

Karlovy Vary com vocação para o cinema

Karlovy Vary, a bela cidade balneária da Boêmia que todos os anos recebe seu tradicional Festival Internacional de Cinema precisou, em razão da pandemia, transferir o evento de julho para 2021. Mas a cidade pode ser visitada através de filmes de grande popularidade.

As Férias da Minha Vida, que está com muita frequência na programação das TVs a cabo, mostra a cidade e seu famoso Grand Hotel Pupp em muitas cenas dessa película encabeçada por Queen Latifah, contando a história da simpática vendedora que pensa ter doença terminal e gasta tudo que tem para passar os seus últimos dias fazendo o que mais deseja, justamente em Karlovy Vary.

(Foto: Divulgação)

A cidade, uma das favoritas em programas de turismo na República Tcheca e que fica a pouco mais de 120 km de Praga foi, ficticiamente, uma cidade de Montenegro no filme 007 Cassino Royale.  Nele, James Bond se hospeda no Hotel Splendide que é, na verdade, o cinco estrelas Grand Hotel Pupp, um dos mais antigos e luxuosos da República Tcheca. Para filmar a entrada e a sala de jogos do Cassino Royale foram usadas as instalações do edifício dos Balneários Imperiais enquanto a estação de trem de Montenegro é a Colunata de Molino, no centro histórico de Karlovy Vary. E o hospital onde Bond se recupera após a tortura fica em Planá, perto de Tachov, na Boêmia do Leste.

(Foto: Divulgação)

Suíça da Boêmia

No filme As Crónicas de Nárnia, os quatro irmãos caminham por uma paisagem nevada espetacular e, em certo momento, cruzam uma ponte de pedra. Trata-se da Porta de Pravcice, um cartão postal da região conhecida como Suíça Boêmia, no norte da República Tcheca.

GWENT agora está disponível no Steam

(Foto: Divulgação)

A CD PROJEKT RED anuncia o lançamento de GWENT: The Witcher Card Game no Steam. Os jogadores já podem baixar o título gratuitamente.

GWENT é o jogo de cartas de escolha e consequência, em que a habilidade — e não a sorte — é sua arma mais poderosa. Liderando exércitos poderosos do mundo de The Witcher, os jogadores se enfrentam em duelos dinâmicos multiplayer em vários modos de jogo, incluindo partidas ranqueadas, amistosas e batalhas na Arena.

A versão do Steam de GWENT apresenta a funcionalidade cross-play e de sincronização com outras versões do título, o que significa que é possível competir com jogadores de iOS, Android e do GOG.COM, além de ter disponíveis todos os itens e o progresso entre essas plataformas. Além disso, o lançamento também inclui conquistas no Steam e integração ao Steam Trading Cards

Adicionalmente, graças a uma atualização para Thronebreaker: The Witcher Tales no Steam, a partir de hoje, jogadores podem ganhar recompensas para usar em GWENT ao fazer progressos na campanha de Thronebreaker. Essas recompensas incluem cartas premium e ornamentos, que serão desbloqueados automaticamente ao completar seus requisitos. Mais informações sobre estas recompensas estão disponíveis neste link.

GWENT: The Witcher Card Game está disponível gratuitamente para PC no Steam e no GOG.COM, assim como para Android e iOS. Para mais informações, visite playgwent.com.  

DLC gratuito com tema de The Witcher para DAEMON X MACHINA disponível para Nintendo Switch!

(Foto: Divulgação)

A CD PROJEKT RED, criadora da série de jogos The Witcher, anuncia uma colaboração com a Marvelous Inc., para oferecer a customização gratuita com o tema de The Witcher para o DAEMON X MACHINA.

O pacote de conteúdo adiciona roupas, tipos de corpo, penteados e muito mais à ferramenta de criação de personagens, que os jogadores podem usar para personalizar seu piloto mecânico na imagem de Geralt e Ciri, de The Witcher 3: Wild Hunt.

Disponível agora para qualquer jogador que possua DAEMON X MACHINA, o conjunto de colaboração de The Witcher pode ser baixado gratuitamente diretamente da Nintendo Switch eShop. Mais informações sobre esta DLC podem ser encontradas na página do eShop do DAEMON X MACHINA.  

CCXP19 tem recorde de público e conteúdo marcado pela diversidade

Último dia da CCXP teve lotação máxima e muita diversão dos fãs. (Foto: Marcelo Paixão)

Quarto dia do festival recebeu as estrelas Gal Gadot, Henry Cavill e o elenco de “La Casa de Papel”, além de Ryan Reynolds, que retornou ao palco do Auditório Cinemark XD

Um festival de proporções épicas. Assim pode ser resumida a CCXP19, que terminou neste domingo, 8, após quatro dias de intensa programação. Em sua sexta edição no Brasil, o maior festival de cultura pop do mundo reuniu 280 mil pessoas vindas de todas as partes do país. Dentre os estados que mais compareceram, São Paulo aparece na frente com 72% – sendo 70% de fora da capital – seguido por Rio de Janeiro, Minas Gerais e Paraná. A organização estima que o evento tenha injetado cerca de R$ 265 milhões na economia da cidade e gerado 11 mil empregos diretos e indiretos.

“A CCXP alcançou um lugar de destaque no cenário do entretenimento mundial. Mais uma vez entregamos ao público um festival de qualidade internacional, reconhecido pelos estúdios e que traz para o Brasil conteúdos que vão reverberar pelos próximos meses. Fazer tudo isso pelos fãs e ainda poder gerar emprego e movimentar a economia são coisas que tornam tudo isso ainda mais incrível. Estamos entregando mais um evento épico e já pensando na edição de 2020. Aliás, a CCXP20 já tem data marcada: de 3 a 6 de dezembro”, anuncia Pierre Mantovani, CEO da CCXP.

 CCXP19 em números 

O festival ocupou um espaço de 115 mil m² com ativações de 15 estúdios e plataformas de streaming, 35 lojas especializadas em produtos com temática geek e 55 marcas que, segundo estimativa dos organizadores, tiveram faturamento de R$ 52 milhões. Quem passou pela CCXP19 gastou, em média, R$ 325,00. Na praça de alimentação, foram disponibilizados 42 restaurantes e outras opções de alimentação. Ao todo, 150 toneladas de alimentos foram servidas aos visitantes e convidados. Os produtos mais consumidos foram hambúrguer e refrigerante, sendo esta considerada a maior venda de refrigerante em eventos indoor em São Paulo.

Com relação ao público, 51% eram homens e 49% mulheres, o que refletiu em uma programação mais igualitária e jovem uma vez que dados indicam que 66% dos visitantes tinha entre 15 e 34 anos.

A CCXP19 reforçou sua relevância global no mercado de entretenimento ao reunir celebridades como Gal Gadot, Margot Robbie, Henry Cavill, Ryan Reynolds, John Boyega, Oscar Isaac, Daisy Ridley, o diretor J. J. Abrams e o elenco de “La Casa de Papel”, entre outros nomes aclamados. O festival ainda foi palco da pré-estreia de “Frozen 2”, da divulgação do trailer inédito de “Viúva Negra”, do teaser de “Eternos” e do aguardado trailer de “Mulher-Maravilha 1984”, que teve uma inédita transmissão global via Twitter.

A cobertura do festival também teve números superlativos, com mais de dois mil formadores de opinião, entre jornalistas e influenciadores, vindos de 25 países, além de 170 profissionais de foto, vídeo, redes sociais e conteúdo. Foram exibidas mais de 130 horas de transmissão ao vivo, com uma unidade móvel dedicada à transmissão da Omeleteve, canal do Omelete no Youtube. A conectividade foi outro ponto alto da CCXP19, que teve 60 quilômetros de fibra ótica conectando todo o pavilhão com wi-fi gratuito disponibilizado para os todos os visitantes e tecnologia 5G para cobertura de conteúdos em tempo real, com aparelhos celulares de última geração.

 Surpresas e grandes elencos no Auditório Cinemark XD

O último dia no Auditório Cinemark XD recebeu o aguardado painel da Netflix, que teve início com uma grande surpresa: Henry Cavill, protagonista de “The Witcher”, que subiu no palco e foi recebido por uma plateia extasiada. Outro elenco aclamado foi o da série “La Casa de Papel”. Os atores Rodrigo de la Serna, Esther Acebo, Pedro Alonso, Alba Flores e Darko Peric contaram um pouco sobre série e o público pôde conferir metade do primeiro episódio da próxima temporada. Em seguida, foi a vez de Ryan Reynolds retornar ao Auditório Cinemark XD para divulgar seu segundo trabalho nesta edição da CCXP19, “Esquadrão 6”, junto com os colegas de elenco Adria Arjona, Mélanie Laurent, Corey Hawkins e Manuel Garcia-Rulfo.

Mas foi a Warner que comandou os dois últimos painéis do Auditório Cinemark XD neste domingo. Primeiro, o estúdio apresentou suas estreias de 2020 e projetos para os próximos anos como “Scooby! O Filme”, “Tom & Jerry”, “Space Jam 2”, “DC Super Pets”, “Em um Bairro de Nova York” e “Esquadrão Suicida”, filme que terá a brasileira Alice Braga no elenco. Fechando a noite, Gal Gadot e Patty Jenkins encontraram uma legião de fãs apaixonados. A atriz e a diretora contaram ao público um pouco sobre a produção de “Mulher-Maravilha 1984”, em um painel que teve transmissão pelo Twitter e colocou a CCXP19 nos trending topics da rede social.

Concurso Cosplay

Último dia do concurso de cosplay. (Foto: Ariel Martini)

O último dia da CCXP19 também foi marcado pela grande final do Concurso Cosplay. Dividida em três etapas, a competição contou com o voto popular para selecionar os 12 artistas que subiram ao palco do Creatos Stage by Trigg neste domingo. Quem levou o prêmio principal, um carro 0 km e credenciais Full Experience da CCXP20, foi Jaqueline Fernandes Santos, com o personagem Diablo Prime Evil, de “Diablo III”. Também foram eleitos o Cosplayer Destaque (Nathália Casalecchi, com Winifred Sanderson), Melhor inventividade (Rogerio Silva, com Davy Jones), Melhor Figurino (Rafael Silva, com Dohvakiin) e Melhor Apresentação (Bruno Leão, com Li Shang).

The Witcher 3: Wild Hunt chega ao Xbox Game Pass

(Foto: Divulgação)

A CD PROJEKT RED, criadora da série de jogos The Witcher, anuncia que The Witcher 3: Wild Hunt em breve entrará para a lista de jogos disponíveis no Xbox Game Pass, da Microsoft.

A partir de dezembro, os assinantes dos planos Console e Ultimate poderão baixar e jogar o título sem nenhum custo adicional. Esta oferta inclui mais de 100 horas de aventuras em Wild Hunt, além das 16 DLC gratuitas.

Vencedor de mais de 800 prêmios, incluindo mais de 250 de Jogo do Ano, The Witcher 3: Wild Hunt é um RPG de aventura de mundo aberto baseado em histórias, ambientado em um universo de fantasia sombria. O jogo segue a história do matador profissional de monstros Geralt de Rívia, encarregado de rastrear a filha da profecia – uma arma viva que pode alterar a forma do mundo. Como o bruxo, os jogadores exploram um continente massivo e devastado pela guerra, batalham contra inimigos humanos e monstros, além de enfrentar escolhas significativas e suas conseqüências.

A versão de The Witcher 3: Wild Hunt para Xbox One entrará na biblioteca de jogos do Xbox Game Pass em 19 de dezembro de 2019. O título também está disponível para compra nos formatos digital e físico para PC, Xbox One, PlayStation 4 e Nintendo Switch. Para mais informações sobre o jogo, visite thewitcher.com.