Arquivo da tag: Títulos

SARAIVA OFERECE 40% OFF EM LIVROS DA SAGA GAME OF THRONES

Descontos em homenagem à última temporada da série estarão disponíveis até o dia 20 de maio

O último episódio da saga Game Of Thrones será exibido nesse domingo (19/05), mas os fãs da série podem continuar a acompanhar essa história arrebatadora. A Saraiva, rede varejista de educação, cultura e entretenimento, preparou uma promoção exclusiva para os admiradores da escrita de George R. R. Martin e dará 40% de desconto em todos os livros da série.

A promoção é válida para e-commerce e todas as lojas da rede e acontece até 20 de maio. Entre os títulos estão: 

Fogo & Sangue – Vol. 1 – George R. R. Martin (Suma de Letras)

Preço: de R$ 69,90 por R$ 41,90

Descrição: Séculos antes dos eventos de A guerra dos tronos, a Casa Targaryen – única família de senhores dos dragões a sobreviver à Destruição de Valíria – tomou residência em Pedra do Dragão. A história de Fogo & Sangue começa com o lendário Aegon, o Conquistador, criador do Trono de Ferro, e segue narrando as gerações de Targaryen que lutaram para manter o assento, até a guerra civil que quase destruiu sua dinastia. O que realmente aconteceu durante a Dança dos Dragões? Por que era tão perigoso visitar Valíria depois da Destruição? Quais foram os piores crimes de Maegor, o Cruel? Essas são algumas das questões respondidas neste livro essencial, relatadas por um sábio mestre da Cidadela. Ricamente ilustrado com mais de oitenta imagens assinadas pelo artista Doug Wheatley, Fogo & Sangue dará aos leitores uma nova e completa visão da fascinante história de Westeros – um livro imperdível para os fãs do autor.

A Guerra Dos Tronos – As Crônicas De Gelo e Fogo – Vol. 1 – George R. R. Martin (Suma de Letras)

Preço: de R$ 79,90 por R$ 47,90

Descrição: A guerra dos tronos é o primeiro livro da série best-seller internacional As Crônicas de Gelo e Fogo, que deu origem à adaptação de sucesso da HBO, Game of Thrones. O verão pode durar décadas. O inverno, toda uma vida. E a guerra dos tronos começou. Como Guardião do Norte, lorde Eddard Stark não fica feliz quando o rei Robert o proclama a nova Mão do Rei. Sua honra o obriga a aceitar o cargo e deixar seu posto em Winterfell para rumar para a corte, onde os homens fazem o que lhes convém, não o que devem… e onde um inimigo morto é algo a ser admirado. Longe de casa e com a família dividida, Eddard se vê cada vez mais enredado nas intrigas mortais de Porto Real, sem saber que perigos ainda maiores espreitam a distância. Nas florestas ao norte de Winterfell, forças sobrenaturais se espalham por trás da Muralha que protege a região. E, nas Cidades Livres, o jovem Rei Dragão exilado na Rebelião de Robert planeja sua vingança e deseja recuperar sua herança de família: o Trono de Ferro de Westeros.

A Fúria Dos Reis – As Crônicas de Gelo e Fogo – Livro Dois – Edição Comemorativa George R. R. Martin (Leya)

Preço: de R$ 79,90 por R$ 47,90

Descrição: Em “A fúria dos reis”, o segundo livro da aclamada série As crônicas de gelo e fogo, George R. R. Martin segue a épica aventura nos Sete Reinos, onde muitos perigos e disputas ainda estão por vir. Além dos combates que se estendem por todos os lados, a ameaça agora também chega pelo céu! Mistério, intriga, romance e aventura encherão as páginas deste livro, agora também um seriado de sucesso da HBO! “A FÚRIA DOS REIS” Quando um cometa vermelho cruza os céus de Westeros, os Sete Reinos estão em plena guerra civil. Os exércitos dos Stark e dos Lannister estão se preparando para o confronto final, e Stannis – irmão do falecido Rei Robert –, desejoso de possuir um exército que lute pela sua reivindicação ao trono, alia-se a uma misteriosa religião oriental. Porém, seu irmão mais novo também se proclama rei. E, enquanto isso, os Greyjoy planejam vingança contra todos os que os humilharam dez anos atrás. Ainda, no distante Leste, poderosos dragões estão prestes a chegar aos Sete Reinos, trazendo fogo e morte… Um perigo de proporções gigantescas, muito maior do que as grandes guerras! Nesta tão esperada sequência de A guerra dos tronos, George R. R. Martin cria uma obra de incrível poder e imaginação. A fúria dos reis nos transporta até um mundo de glória e vingança, de guerras e magia, onde poder e miséria podem se alterar no virar de uma página.

A Tormenta de Espadas – As Crônicas de Gelo e Fogo – Livro Três – Edição Comemorativa – George R. R. Martin (Leya)

Preço: de R$ 79,90 por R$ 47,90

Descrição: Enquanto os Sete Reinos estremecem com a chegada dos temíveis selvagens, que atravessam a Muralha numa maré interminável de homens, gigantes e terríveis bestas, Jon Snow, o Bastardo de Winterfell, que se encontra entre eles, divide-se entre sua consciência e o papel que é forçado a desempenhar. Robb Stark, o Jovem Lobo, vence todas as suas batalhas, mas será que conseguirá vencer os desafios que não se resolvem apenas com a espada? Arya continua a caminho de Correrrio, mas mesmo uma garota tão destemida como ela terá grande dificuldade em ultrapassar os obstáculos que surgem em seu caminho. Na corte de Joffrey, em Porto Real, Tyrion luta pela vida, depois de ter sido gravemente ferido na Batalha da Água Negra; e Sansa, livre do compromisso com o homem que agora ocupa o Trono de Ferro, precisa lidar com as consequências de ser a segunda na linha de sucessão de Winterfell, uma vez que Bran e Rickon foram dados como mortos. No Leste, Daenerys Targaryen navega em direção às terras de sua infância, mas antes ela precisará aportar nas desprezíveis cidades dos escravagistas. Porém, a menina indefesa agora é uma mulher poderosa. Quem sabe quanto tempo falta para se transformar em uma conquistadora impiedosa? Todo o território continua a ferro e fogo.

O Festim Dos Corvos – As Crônicas de Gelo e Fogo – Livro Quatro – Edição Comemorativa – George R. R. Martin (Leya)

Preço: de R$ 69,90 por R$ 41,90

Descrição: Dando continuidade à saga mais ambiciosa e imaginativa desde O senhor dos anéis, As crônicas de gelo e fogo prosseguem após o violento triunfo dos traidores. Enquanto os senhores do Norte lutam incessantemente uns contra os outros e os Homens de Ferro estão prestes a emergir como uma força implacável, a rainha regente Cersei tenta manter intacta a força dos leões em Porto Real. Os jovens lobos, sedentos por vingança, estão dispersos pela terra, cada um envolvido à sua maneira no perigoso jogo dos tronos. Arya abandonou Westeros rumo a Bravos, Bran desapareceu na vastidão enigmática para além da Muralha, Sansa está nas mãos do ambicioso e maquiavélico Mindinho, Jon Snow foi proclamado comandante da Muralha, mas tem que enfrentar a vontade férrea do rei Stannis. No meio de toda a intriga, do outro lado do mar começam a surgir histórias sobre dragões e fogo… Quando os habitantes das Ilhas de Ferro se reúnem em Assembleia para escolher seu novo Rei, não é apenas o destino dessas ilhas que está em jogo. O novo rei tem como objetivo declarado conquistar Westeros. E seu povo parece acreditar nele. Mas conseguirá esse rei cumprir seu objetivo? Em Porto Real, Cersei enreda-se cada vez mais nas teias da corte. Desprovida do apoio da família e cercada por um conselho que ela mesma considera incapaz, precisa lidar ainda com a ameaçadora presença de uma nova corrente militante da Fé. Como se desvencilhará de tal enredo? A guerra está prestes a terminar, mas as terras fluviais continuam assoladas por bandos de salteadores. Apesar da morte do Jovem Lobo, Correrrio ainda resiste ao poderio dos Lannister, e Jaime parte para conquistar o baluarte dos Tully. O mesmo Jaime que jurara solenemente a Catelyn Stark não voltar a pegar em armas contra os Tully ou os Stark. Mas todos sabem que o Regicida é um homem sem honra. Ou será que estão todos errados?

A Dança Dos Dragões – As Crônicas de Gelo e Fogo – Livro Cinco – Edição Comemorativa – George R. R. Martin (Leya)

Preço: de R$ 79,90 por R$ 47,90

Descrição: O futuro dos Sete Reinos ainda é incerto – novas ameaças e novos inimigos surgem a cada momento. Além do Mar Estreito, Daenerys Targaryen, a última herdeira da Casa Targaryen, governa uma cidade construída sobre o pó e a morte. Mas seus inimigos são cada vez mais numerosos e farão de tudo para destruí-la. Enquanto isso, dois jovens embarcam em missões distintas, mas que podem mudar o destino da Mãe dos Dragões. No Norte, Jon Snow – 998º Senhor Comandante da Patrulha da Noite – fará de tudo para garantir a segurança da Muralha. Para isso, não hesitará em transformar amigos em inimigos e vice-versa. Traições, revelações e um fantasma do passado que volta para assombrar quando menos se espera: em todos os cantos de Westeros e de Essos, mercadores, foras da lei, mestres, reis, nobres, escravos, soldados e troca-peles estão prestes a encarar fatos inesperados. Alguns fracassarão, outros se aproveitarão das forças sombrias que crescem cada vez mais. Mas, neste momento de inquietude crescente, as marés da política e do destino levarão inevitavelmente à maior dança de todas.

Com seis novos títulos, Editora Record completa coleção de obras de Albert Camus com novo projeto gráfico

 Ao todo, são 11 livros do escritor francês que voltam às prateleiras

Filósofo do absurdo, da falta de sentido da vida, Albert Camus é considerado um dos mais importantes autores do século XX. Nascido na Argélia, quando o país ainda era colônia francesa, o escritor reflete em suas obras seu estranhamento com a vida, com a guerra, que vitimou seu pai, e, sobretudo, com a própria condição humana.

  Desde julho de 2017, o Grupo Editorial Record lança novas edições dos livros do escritor, que venceu o Nobel de Literatura em 1957 com apenas 44 anos e morreu pouco tempo depois, em 1960, num acidente de carro na Borgonha.

No ano passado receberam novos projetos gráficos “O estrangeiro”“A peste”“A queda”, “O homem revoltado” e “Diário de viagem”. Agora chegam às livrarias as novas edições de “O avesso e o direito”, “O exílio e o reino”“A inteligência e o cadafalso”, “A morte feliz”, “O mito de Sísifo” e “Estado de sítio”.

image003O MITO DE SÍSIFO

Albert Camus publicou “O mito de Sísifo” em 1942. Este ensaio sobre o absurdo tornou-se uma importante contribuição filosófico-existencial e exerceu profunda influência sobre toda uma geração. Camus destaca o mundo imerso em irracionalidades e lembra Sísifo, condenado pelos deuses a empurrar incessantemente uma pedra até o alto da montanha, de onde ela tornava a cair, caracterizando seu trabalho como inútil e sem esperança. O autor faz um retrato do mundo em que vivemos e do dilema enfrentado pelo homem contemporâneo: “Ou não somos livres e o responsável pelo mal é Deus todo-poderoso, ou somos livres e responsáveis, mas Deus não é todo-poderoso.”

image016O AVESSO E O DIREITO

Albert Camus tinha apenas 22 anos quando publicou, na Argélia, “O avesso e o direito”, conjunto de cinco peças que ele classificou como “ensaios literários”. Já estão ali o estilo poético que é sua marca registrada e a preocupação com alguns temas essenciais, como o amor ao Mediterrâneo, a solidão do homem em meio ao abandono e o absurdo da condição humana. Francês da Argélia, Camus recebeu a luz do Mediterrâneo como um dom de vida, expressa numa escrita nobre, um pouco à espanhola, mas com registro variado. Mais do que negar Deus, naqueles anos de juventude, desisnteressou-se dele. Quando amadureceu na reflexão, compreendeu que o homem é o valor capital e relegou Deus às ideias-fábulas dos poetas. Mais tarde, ao romper com os existencialistas, denunciou os regimes totalitários (sobretudo os de esquerda) e proclamou, no Discurso da Suécia, ao receber o prêmio Nobel, que “o escritor não pode se colocar a serviço daqueles que fazem a História; ele está a serviço daqueles que a sofrem”. O avesso e o direito é uma leitura fundamental para uma compreensão mais abrangente da vida e da obra de Camus.

image017O EXÍLIO E O REINO

Uma coletânea de contos que têm em comum o tema universal da fraternidade humana e suas dificuldades. De um dos mais importantes e representativos autores do século XX e Prêmio Nobel de Literatura. Tanto por sua diversidade quanto pelo caráter universal das indagações, “O exílio e o reino” é possivelmente a obra que melhor retrata as questões que acompanharam Albert Camus durante sua vida. Este livro traz seis contos ambientados em diferentes partes do mundo, nas quais são abordadas as mais variadas formas de exílio: o do próprio corpo, o gerado por conflitos entre os homens, o que se constitui na fé, entre outros.

image018O ESTADO DE SÍTIO

Lançada originalmente em 1948, “Estado de sítio” se passa em uma pequena cidade litorânea, assolada pela peste e dominada pelo medo. Para Camus, o medo era o mal do século XX e, por isso, ele o utiliza como o fio condutor desta obra, que, para muitos críticos, é uma alegoria da ocupação, da ditadura e do totalitarismo. Nesta edição, foram reunidos um prefácio de Pierre-Louis Rey, documentos históricos, entrevistas, uma nota assinada pelo autor sobre a peça e um testemunho de Jean-Louis Barrault, contando a história de sua colaboração com Camus para a composição e encenação de Estado de sítio, e analisando as razões do seu fracasso. A edição apresenta, ainda, críticas à peça, encenada pela primeira vez em 27 de outubro de 1948, pala Companhia Madeleine Renaud-Jean-Louis Barrault, no Théâtre Marigny, com direção de Simmone Volterra e resposta de Camus à crítica, reunindo, assim, tudo que já foi dito sobre a peça, que foge do realismo, abre o horizonte cênico e dá toda a liberdade ao diretor.

image019A INTELIGÊNCIA E O CADAFALSO

Publicado em 1943, pouco depois de O estrangeiro, “A inteligência e o cadafalso” condensa o percurso literário e ensaísta de Camus. A partir daí, sua obra se desdobra em personagens e em raciocínios concêntricos: o absurdo, a gratuidade, a culpa, o gozo e a beleza encarnam sua concepção do homem. Nos textos deste livro, é possível reconhecer as engrenagens do absurdo. Trata-se, enfim, de uma mitologia pessoal, projetada em suas leituras, nas reflexões sobre a linguagem e sobre a literatura que podem redimensionar o alcance de sua obra como um dos marcos da literatura do século XX.

image020A MORTE FELIZ

Em “A morte feliz”, Albert Camus retrata a busca pela felicidade, assim como a aceitação, o entendimento e a consciência da morte. O autor acredita que, para conquistar a felicidade, é necessário ser independente, livre, mas também ter dinheiro; a pobreza é a condição que impede a vida feliz.

Esta obra foi o trabalho precursor de seu livro mais famoso, O estrangeiro. O protagonista Patrice Mersault de “A morte feliz” tem características muito semelhantes a Meursault de “O estrangeiro”, ambos são franco-argelinos e levam uma vida difícil em uma sociedade indiferente.

Albert Camus foi um jornalista, filósofo e escritor francês nascido na Argélia. Seus trabalhos contribuíram com o crescimento da corrente de pensamento conhecida como absurdismo.