Arquivo da tag: Universo Cinematográfico da Marvel

Qual será o próximo grande vilão da Marvel?

Por Rodrigo Bocatti

Recentemente, “Vingadores Ultimato” chegou ao Disney+ (serviço de streaming, com previsão de chegada no Brasil ainda em 2020) e ao Amazon Prime Video, e com isso reacendeu a discussão: quem substituirá Thanos como a grande ameaça da Marvel?

Para relembrar,  Homem de Ferro começou a construir seu universo, em 2008. E foi transformado Thanos na grande ameaça, com o passar dos anos, que culminou no Ultimato.

E agora,, quem será a nova grande ameaça da Marvel? Fiz uma pequena lista, com sete possíveis nomes, lembrando que o UCM pode inserir os X-Men e Quarteto Fantástico, que voltaram ao poder da editora.

E você, qual acha que será a grande ameaça da Marvel nos próximos anos? Deixe para gente nos comentários.

Kang – O Conquistador:

(Foto: Reprodução)

Suspeito de ser descendente de Reed Richards (Senhor Fantástico), Kang vem de um futuro alternativo da Terra 6311, onde ocorreram eventos importantes, mas em datas diferentes, como o pouso na Lua, que teria ocorrido mil anos anos do que na Terra 616 (a principal da Marvel). Com isso, muitos conflitos foram travados e a humanidade regrediu e não avançou. 

O ser que viria a ser o Kang, encontrou o aparato, deixado no passado pelo Quarteto Fantástico, e construiu uma máquina do tempo, com isso retornou ao antigo Egito, onde teria sido um faraó. Depois de sua derrota, pela equipe de Reed Richards, o vilão encontrou o Doutor Destino, que o inspirou a ter uma armadura parecida com a dele, com isso surgiu a versão de Kang – O Conquistador.

Apesar dele ser um vilão originalmente do Quarteto Fantástico, e poderia inserir a equipe no Universo Cinematográfico da Marvel (lembrando que teorias falam que o Edifício Baxter, lar de Reed e sua equipe, teria aparecido em Homem-Aranha: Longe de Casa), ele já teve embates com os X-Men e Vingadores. E seria interessante, voltar a mexer com viagem no tempo, e ver como Kang veio conquistando poder ao longo das décadas e seria um vilão complicado para Os Heróis Mais Poderosos da Terra.

Galactus:

(Foto: Divulgação/Marvel)

Se antes falamos de um vilão do futuro, agora vamos falar de um que vem do passado.  Galactus, também originalmente inimigo do Quarteto Fantástico, é sobrevivente do planeta Taa, um paraíso tecnológico. Porém, o universo estava passando por uma grave crise e, para descobrir a origem, Galan (antigo nome de Galactus) foi até o epicentro dela, que era uma grande massa flutuando e foi banhado por ela, o que causou a extinção do seu universo, mas o surgimento do atual. Com essa energia ele renasceu como a poderosa entidade cósmica que conhecemos. 

Desde então, ele vem se alimentando de planetas para poder manter sua energia e seus poderes cósmicos. Quando ele descobriu a Terra veio até ela, mas foi impedido de devorá-la graças ao Quarteto Fantástico, que já entrou em outras batalhas contra ele. Além disso, já teve Galactus já confrontou Odin e os asgardianos.

Considerado uma das cinco entidades essenciais do Universo Marvel, Galactus pode ser um vilão e tanto para o UCM, visto que ele deve expandir as viagens cósmicas e, finalmente, poderá ser retratado de forma fiel e não banal como foi no primeiro longa que ele apareceu. 

Mestres do Terror:

(Foto: Reprodução)

Aqui não é um vilão, mas uma equipe formada, na versão original, por Barão Zemo, Homem-Radioativo, Derretedor e o Cavaleiro Negro, porém a formação de maior sucesso foi a seguinte. Barão Zemo (filho do original), Dínamo Escarlate, Encantor e Executor, Atlas, Besouro e Soprano. Os Mestres do Terror deram início aos Thunderbolts.

No Universo Marvel, o Barão Zemo não tem nenhum poder, mas é um grande estrategista e montou sua equipe de vilões com cada integrante para derrotar um dos Vingadores. Em uma das equipes formadas por Helmut, filho do Barão Zemo original, deu muito trabalho para os Vingadores. 

E com tantos vilões que podem ser apresentados no decorrer dos anos, uma equipe formada por eles para combater Os Heróis Mais Poderosos da Terra, explorando cada fraqueza, seria interessante de ver. 

Beyonder:

(Foto: Reprodução)

Ele não é bem um vilão em si, como os outros, mas é um entidade cósmica muito poderosa, que pode dar trabalho para os próximos Vingadores.

Beyonder organizou o evento ‘Guerras Secreta’, onde raptou heróis e vilões da Terra para se enfrentar, em um planeta criado por ele, e os vencedores teriam seus desejos realizados.  Ele também é o principal antagonista da sequência dessa primeira mega saga. 

Com poderes ilimitados e podendo fazer o que quiser, a hora que quiser, Beyonder se torna um personagem praticamente indestrutível e, além de alguns fãs querem ver ‘Guerra Secretas’ nos cinemas, seria interessante ver como os heróis enfrentariam um ser cósmico.

Aniquilador:

(Foto: Reprodução)

Um personagem insectóide que nasceu em um planeta na zona-negativa, o Aniquilador é o principal antagonista da saga Aniquliação, que se passa paralelamente aos eventos de Guerra-Civil e, por isso, envolve só o núcleo cósmico da Marvel,

O  vilão tem poderes sobre-humanos e lidera um exército de sua espécie, além de mudar sua estrutura molecular e uma armadura que o protege de muitos poderes dos heróis.

Seu objetivo é destruir toda vida existente no Universo Marvel e, por onde passa, causa a destruição. Seria interessante vê-lo nos cinemas, pois aumentaria o leque da parte cósmica da editora, além de introduzir a zona-negativa. 

Doutor Destino:

(Foto: Divulgação)

Outro personagem originalmente da história do Quarteto Fantástico, o Doutor Destino (Victor von Doom) sempre foi rival de Reed Richards, na época da faculdade, e para provar sua superioridade intelectual começou a fazer experiências extra-dimensionais, com o foco de conversar com sua mãe falecida, porém Redd avisou de uma falha, mas ele não aceitou, com isso depois de um tempo a máquina explodiu na sua cara, causando uma cicatriz.

Após isso, Doom foi expulso da faculdade e viajou pelo mundo para uma cura para sua marca no rosto. Ao encontrar um templo de monges tibetanos, eles o ajudaram a construir uma armadura para esconder a cicatriz, e colocou a máscara direto em seu rosto. E ela se transformou em sua marca registrada, com seus conhecimentos tecnológicos ele instalou alguns apetrechos para lutar de igual para igual com os heróis. Além de possuir conhecimentos mágicos, após pacto com alguns demônios. Tornando-o um personagem com grande poder. 

Após isso, ele voltou para seu país natal, a Latvéria, e derrubou o governo e se declarou o Soberano da Latvéria. Apesar de comandar com mão de ferro, os latverianos o consideram um governante justo. Ele criou o código “Viver para Conquistar” e segue a risca e faz os moradores da pequena nação também obedecer. 

Ele, como dito anteriormente, é um vilão original do Quarteto Fantástico, mas já enfrentou o Pantera Negra, os Vingadores, o povo de Asgard entre outros heróis. Existem rumores que ele será apresentado em ‘Pantera Negra 2’.

Dormammu:

(Foto: Divulgação)

Dormammu é o principal vilão de Doutor Estranho e apareceu no filme solo do herói (e foi interpretado pelo Benedict Cumberbatch, o próprio Stephen Strange). Ele é um ser místico e governante da Dimensão Negra, que fica nas profundezas das Terra-616 (a principal da Marvel). O seu principal objetivo é conquistar a nossa dimensão, mas sempre acaba enfrentando o Mago Supremo da Terra. E possui que se assemelham a força de Strange.

O vilão e sua irmão são mutantes chamados  Faltines, e são obcecados por matéria ao invés de energia. Eles foram expulsos da dimensão onde viviam, já que transformaram Sinifer em matéria.  Com isso, eles encontraram a Dimensão Negra e se tornaram conselheiros do Rei Olnar e deram a ideia de que poderiam utilizar sua dimensão para absorver outras. Para não dividir o poder da Dimensão Negra, Dormammu expulsou sua irmã, se tornando governante. 

No longa do Doutor Estranho, já percebemos que ele é poderoso e seria um vilão interessante, pois a editora ainda vai construir sua evolução. E a aliança que pode fazer como Barão Mordo, fará com que ache brechas na barganha que fez com Strange pra conquistar a Terra. Seria interessante ver como os heróis vão enfrentar um ser de outra dimensão. 

MARVEL STUDIOS COMEÇA PRODUÇÃO DE “PANTERA NEGRA”

Chadwick Boseman, Michael B. Jordan, Lupita Nyong’o, Danai Gurira, Martin Freeman, Daniel Kaluuya, Angela Bassett, Forest Whitaker e Andy Serkis estrelam o mais novo capítulo do Universo Cinematográfico Marvel

A Marvel Studios anunciou hoje que começou a produção de “Pantera Negra”, estrelando Chadwick Boseman (“Capitão América: Guerra Civil”, “James Brown”), Michael B. Jordan (“Creed – Nascido Para Lutar”, “Fruitvale Station – A Última Parada”), a vencedora do Oscar® Lupita Nyong’o (“Star Wars: O Despertar da Força”, “12 Anos de Escravidão”), Danai Gurira (“The Walking Dead,” em breve “All Eyez on Me”), Martin Freeman (a trilogia “O Hobbit”, “Sherlock”), Daniel Kaluuya (em breve “Get Out,” “Sicario – Terra de Ninguém”), com a atriz indicada ao Oscar® Angela Bassett (“Uma História de Horror Americana”, “Invasão a Londres”), com o vencedor do Oscar® Forest Whitaker (“Rogue One: Uma História Star Wars”, “O Mordomo da Casa Branca”, de Lee Daniels) e com Andy Serkis (“Vingadores: Era de Ultron”, “Star Wars: O Despertar da Força”).

0315520.jpg-r_x_600-f_jpg-q_x-xxyxx.jpg
Universo Cinematográfico da Marvel começa as gravações de “Pantera Negra”. (Foto: Divulgação)

Membros adicionais do elenco incluem Letitia Wright (“Urban Hymn”, “Glasgow Girls”), Winston Duke (“Pessoa de Interesse”, “Família Moderna”), Florence Kasumba (“Capitão América: Guerra Civil”, “Emerald City”) e Sterling K. Brown (“Uma Repórter em Apuros”, “The People v. O.J. Simpson: American Crime Story”).

Ryan Coogler (“Creed – Nascido Para Lutar”, “Fruitvale Station – A Última Parada”) é o diretor de “Pantera Negra” da Marvel Studios, a partir do roteiro que ele coescreveu com Joe Robert Cole (“The People v. O.J. Simpson:  American Crime Story”).  O filme, que estreia nos cinemas brasileiros dia 15 de fevereiro de 2018, será filmado em Atlanta e na Coreia do Sul.   

“Pantera Negra” acompanha T’Challa que, após os eventos de “Capitão América: Guerra Civil”, volta para casa para a isolada e tecnologicamente desenvolvida nação africana de Wakanda, para assumir seu lugar como Rei. Entretanto, quando um velho inimigo reaparece no radar, a fibra de T’Challa como Rei e Pantera Negra é testada quando ele é levado a um conflito que coloca o destino de Wakanda e do mundo todo em risco. 

“Pantera Negra”, da Marvel Studios, tem produção de Kevin Feige com produção executiva de Louis D’Esposito, Victoria Alonso, Nate Moore, Jeffrey Chernov e Stan Lee.

O grupo de especialistas criativos de Coogler inclui seus colaboradores frequentes: diretora de fotografia Rachel Morrison, A.S.C. (“Dope”, “Fruitvale Station – A Última Parada”), diretora de arte Hannah Beachler (“Creed – Nascido Para Lutar”, “Fruitvale Station – A Última Parada”), editores Claudia Castello (“Creed – Nascido Para Lutar”, “Fruitvale Station – A Última Parada”) e Michael P. Shawver (“Creed – Nascido Para Lutar”, “Fruitvale Station – A Última Parada”); junto com a figurinista Ruth E. Carter (“Selma – Uma Luta Pela Igualdade”, “O Mordomo da Casa Branca”, de Lee Daniels), supervisor de efeitos visuais Geoffrey Baumann (“Doutor Estranho”, “Vingadores: Era de Ultron”), designer de maquiagem vencedor do Oscar® Joel Harlow (“Star Trek – Sem Fronteiras”, “Aliança do Crime”) e o supervisor de efeitos especiais, indicado sete vezes ao Oscar® Dan Sudick (“Capitão América: Guerra Civil”, “Os Vingadores”). 

Baseado no personagem de HQ’s da Marvel que teve sua primeira aparição em “Quarteto Fantástico Vol. 1” edição 52, publicada em 1966, “Pantera Negra” entra para a gama de lançamentos da Marvel Studios em seu compromisso da Fase 3 de apresentar ao público novos heróis e continuar as aventuras dos heróis favoritos dos fãs ao longo de quatro anos e nove filmes.

Em 2016, a Marvel Studios seguiu com o sucesso sem precedentes com o lançamento de “Capitão América: Guerra Civil”, que estreou dia 6 de maio sendo o quinto maior fim de semana de estreia de todos os tempos e desde então tem acumulado receitas de bilheteria de mais de US$ 1,1 bilhão no mundo todo. 

O estúdio encerrou o ano com seu mais recente Super-Herói “Doutor Estranho”, estrelando Benedict Cumberbatch, Chiwetel Ejiofor e Rachel McAdams. O filme estreou em primeiro lugar nas bilheterias no dia 4 de novembro e faturou mais de $659 milhões até o momento no mundo todo. Os dois filmes impulsionaram a sequência de estreias em primeiro lugar nas bilheterias nacionais da Marvel Studios ao recorde de 14 filmes consecutivos.

Outras aventuras épicas para a telona da Marvel Studios incluem “Homem de Ferro”, “O Incrível Hulk”, “Homem de Ferro 2”, “Thor”, “Capitão América: O Primeiro Vingador”, “Os Vingadores”, “Homem de Ferro 3”, “Thor –  O Mundo Sombrio”, “Capitão América –  O Soldado Invernal”, “Guardiões da Galáxia”, “Vingadores –  Era de Ultron”, “Homem-Formiga”, e em breve “Guardiões da Galáxia 2” (5 de maio de 2017), “Homem-Aranha –  De Volta ao Lar” (7 de julho de 2017), “Thor 3 – Ragnarok”   (3 de novembro de 2017) e “Vingadores: Guerra Infinita” (4 de maio de 2018).