Arquivo da tag: Uplay

Watch Dogs: Legion já está disponível

Jogadores podem colocar suas máscaras, entrar para a Resistência e explorar uma Londres do futuro em nome do grupo secreto underground DedSec

‘Watch Dogs: Legion’ já está disponível. (Foto: divulgação)

A Ubisoft anuncia que o aguardado game Watch Dogs: Legion já está disponível globalmente e totalmente em português do Brasil para jogadores de Xbox One, PlayStation 4 e PC (via Epic Games e Uplay). O jogo também chega para Xbox Serie X|S em 10 de novembro e recebe versão digital para PlayStation 5 em 12 de novembro, junto com a chegada dos consoles. Já a versão física de Watch Dogs: Legion para PS5 será vendida a partir de 24 de novembro.

Desenvolvido sobre os conceitos da nova geração de consoles, Watch Dogs: Legion introduz o recurso “Play As Anyone”, uma inovação de gameplay criada pela Ubisoft Toronto que permite aos jogadores escolherem qualquer personagem espalhado pela cidade de Londres para ser controlado e fazer parte da Resistência. Cada pessoa espalhada pelo mapa do jogo tem suas próprias habilidades, personalidade e história, e pode oferecer ao gamer uma experiência única. Watch Dogs: Legion também tem suporte à tecnologia aceleradora de hardware DirectX Raytracing do Xbox Series X e será totalmente compatível com ray-tracing nos PC equipados com a RTX da NVIDIA, que renderiza os gráficos em tempo real com qualidade cinematográfica. Além disso, jogadores que adquirirem o game para Xbox One X ou PlayStation 4 poderão utilizá-los com os dois respectivos videogames da próxima geração* sem pagar mais por isso, e ainda manter seus progressos e conteúdos in-game graças ao novo ecossistema Ubisoft Connect.

Em Watch Dogs: Legion, Londres está enfrentando seu pior momento. Em meio à crescente inquietação de uma cidade tomada pelo caos, uma entidade misteriosa conhecida como Zero-Day arma para que a resistência secreta underground DedSec seja acusada de realizar bombardeios coordenados em diversas partes de Londres. Neste cenário, criminosos oportunistas de todos os cantos da cidade tomam o controle do local e preenchem o vazio deixado pelos governantes derrotados. Como membros da Resistência DedSec, os jogadores enfrentarão sádicos, mercenários e cibercriminosos, entre outros inimigos, e precisarão estar prontos para diversas situações, além de recrutar novos companheiros na luta pela liberdade de Londres e para desvendar os segredos por trás do Zero-Day.

Continuação do jogo era um dos lançamentos mais esperados de 2020. (Foto: divulgação)

Os jogadores que comprarem o passe de temporada de Watch Dogs: Legion receberão acesso ao Watch Dogs: Legion – Bloodline, uma nova história com a participação de Aiden Pierce, protagonista do primeiro jogo da série, e Wrench, de Watch Dogs 2, que poderão ser usados como personagens jogáveis tanto no modo história quanto no on-line. Além disso, terão a companhia de Darcy, membro da ordem dos Assassinos que chega a Watch Dogs: Legion graças a um cross-over com a série Assassin’s Creed, e Mina, personagem que surgiu de experimentos transhumanos e adquiriu a habilidade de controlar a mente de outras pessoas. Os usuários com o passe de temporada ainda terão acesso a missões extras da DeadSec, o Watch Dogs Complete Edition lançado em 2014 e muito mais.

Já o modo multiplayer on-line de Watch Dogs: Legion estará disponível em 3 de dezembro como parte de uma atualização gratuita para todos os jogadores do game. Watch Dogs: Legion conta com um robusto plano de pós-lançamento que adicionará diversos conteúdos ao modo single-player e apresentará novas maneiras de jogar com outros usuários via internet.

Pelo Ubisoft Connect, o ambiente ideal para se conectar com amigos e participar de eventos e atividades dentro do jogo, Watch Dogs: Legion também oferece novos e empolgantes desafios de comunidade por tempo limitado, além de uma dinâmica de fidelidade entre jogos que permite aos usuários ganharem pontos para usarem em recompensas exclusivas, como armas, trajes e itens variados.

Watch Dogs: Legion será lançado globalmente em 29 de outubro de 2020

Novo game da Ubisoft inova ao permitir que os jogadores controlem qualquer personagem do seu imenso mapa de mundo aberto e é ambientado em uma versão de Londres num futuro próximo, quando a tecnologia tem sido usada de forma obscura e levado a sociedade ao caos

Ubisoft revela detalhes do novo Watch Dogs. (Foto: Divulgação)

A Ubisoft revelou durante a conferência digital Ubisoft Forward que Watch Dogs: Legion será lançado em 29 de outubro de 2020, totalmente em português do Brasil, para Xbox One, PlayStation4, PC (na Epic Games, Uplay e UPLAY+) e Stadia. O jogo também terá versões para Xbox Series X e PlayStation5 quando os consoles chegarem ao mercado.

Desenvolvido com base nos conceitos da nova geração de videogames, Watch Dogs: Legion introduz a inédita possibilidade de jogar com qualquer personagem do game, experiência criada pelo time da Ubisoft Toronto em conjunto com os estúdios de Montreal, Paris, Bucareste, Kiev e Newcastle. O recurso permite aos jogadores escolherem, entre todas as pessoas do imenso mapa de mundo aberto de Londres, aquelas que desejam recrutar para formar um grande movimento de resistência. Cada personagem é jogável, tem uma rotina própria, uma história e conjunto de habilidades.

Watch Dogs: Legion também terá suporte à tecnologia aceleradora de hardware DirectX Raytracing do Xbox Series X e será totalmente compatível com ray-tracing nos PC equipados com a RTX da NVIDIA, que renderiza os gráficos em tempo real com qualidade cinematográfica. Além disso, jogadores que adquirirem o game para Xbox One X ou PlayStation 4 poderão utilizá-los com os dois videogames da próxima geração sem pagar mais por isso*.

Watch Dogs: Legion chega em outubro. (Foto: Divulgação)

Em Watch Dogs: Legion, Londres está enfrentando seu pior momento. Em meio à crescente inquietação de uma cidade tomada pelo caos, uma entidade misteriosa conhecida como Zero-Day arma para que a resistência secreta underground DedSec seja acusada de realizar bombardeios coordenados em diversas partes de Londres. Neste cenário, criminosos oportunistas de todos os cantos da cidade tomam o controle do local e preenchem o vazio deixado pelos governantes derrotados. Como membros da Resistência DedSec, os jogadores enfrentarão sádicos, mercenários e cibercriminosos, entre outros inimigos, e precisarão estar prontos para diversas situações, além de recrutar novos companheiros na luta pela liberdade de Londres e para desvendar os segredos por trás do Zero-Day.

Será possível montar grupos de até 40 personagens, por vez, para fazer parte da Resistência DedSec, e Londres é o cenário ideal para que encontrem todos os tipos de apoiadores, cada um com suas armas e diferenciais. De um agente do MI6 a um lutador de MMA, de um hacker excepcional a um motorista de fuga, de um hooligan a uma velha senhora discreta, os jogadores podem controlar qualquer personagem de sua lista de recrutas e enfrentar as situações de acordo com suas preferências. Por exemplo, se houver uma abordagem vinda do céu, é possível pilotar um drone de carga que leva um trabalhador da construção civil, se for em terra, um espião com equipamentos de alta tecnologia pode funcionar melhor. As escolhas estão nas mãos dos jogadores.

No Brasil, Watch Dogs Legion poderá ser adquirido na versão Standard, composta exclusivamente pelo jogo base, e também em versões Gold, com o game base e o season pass (que inclui missões DedSec, quatro heróis exclusivos, uma cópia digital do primeiro jogo da série e muito mais), e Ultimate, com o game base, season pass e o conteúdo digital Ultimate (que conta com três novos personagens jogáveis, status VIP por quatro semanas para ganhar dinheiro no jogo mais rapidamente e máscaras diferentes).

Para mais informações sobre Watch Dogs: Legion, visite http://www.watchdogs.com.

*Watch Dogs: Legion explora as possibilidades do Smart Delivery, recurso que permite aos jogadores usarem seus games de Xbox One e Xbox Series X em qualquer um dos dois consoles, quando o da nova geração for lançado. Jogos de PlayStation em mídia digital e Blu-ray dão acesso à versão digital correspondente no PlayStation 5 sem custos adicionais, mas requerem um console PlayStation 5 com o disco (no caso de mídia física) inserido no aparelho, conta na PSony Entertainment Network, espaço adicional de armazenamento e conexão de internet de banda larga.