Arquivo da tag: Villa Brunholi

Villa Brunholi completa 30 anos de turismo e gastronomia em Jundiaí

Reconhecido pela culinária italiana e vinhos tradicionais, complexo também tem inovado portfólio e é o primeiro exportador de caipirinha 100% natural

Há 30 anos, a família Brunholi iniciava a empreitada de transformar as terras que abrigavam plantações de uva para fabricação de vinhos e sucos em algo maior – um complexo que reuniria restaurante, turismo e uma lojinha para vender as delícias fabricadas no local: vinhos, licores, geleias, sucos, doces e massas. O que iniciou como um pequeno negócio inovador, é hoje um dos principais pontos do turismo de enogastronomia do interior de São Paulo, tendo em torno de 100 colaboradores e produtos premiados internacionalmente.

Ao longo dos anos, a Villa Brunholi expandiu e se tornou um complexo de turismo completo: serve almoço e jantar à la carte durante a semana, às sextas a noite, os clientes ainda podem aproveitar o Festival de Massas, que, com um valor único por pessoa é possível provar vários pratos do menu. Aos finais de semana, um café colonial com pães, bolos, geleias, antepastos e várias delícias produzidas no local. A opção é um verdadeiro convite a um descanso no redário após a refeição e uma caminhada pelo pomar e mini-fazenda, que depois pede uma nova parada no restaurante para um almoço autenticamente italiano: molhos e massas produzidos no local, e as ervas do molho pesto são colhidas diretamente na horta da Villa Brunholi, com um perfume e sabor irresistíveis.

Viila Brunholi completa 30 anos. (Fotos; Edu Guimarães)

Para Sandra e Paulo Brunholi, irmãos e quarta geração à frente do empreendimento familiar, o crescimento do local sempre foi gradativo e constante. “Tudo começou com a venda dos vinhos, depois iniciamos uma pequena loja, 10 anos depois, reformamos e se tornou uma adega. Na sequência, inauguramos o restaurante, depois veio a fábrica de bebidas, ampliamos a adega e construímos o Museu do Vinho. É um crescimento que nunca para, sempre de olho nas tendências e nos turistas, buscando oferecer diferenciais e comodidades, como é o caso da nossa brinquedoteca que tem um espaço amplo e várias atrações para as crianças”, relembra Paulo, que é também engenheiro químico e criador de bebidas autênticas da casa.

Apesar da tradição do local estar ligada aos vinhos Brunholi, a inovação não poderia ficar de fora, e a Villa Brunholi tem uma linha de cachaças premiadas, como é o caso da Cachaça Ouro, que recebeu medalha de ouro no Festival de Bruxelas, e a Cachaça Premium Envelhecida, que ganhou medalha de ouro no Concurso Nacional de Destilados do Brasil. O portfólio de bebidas também ganha destaque com o gin Decreto 89 e a estrela da adega: a Caipirinha Brunholi, que é 100% natural e conquista turistas de todas as partes, sendo a primeira caipirinha engarrafada que leva apenas três ingredientes: cachaça, limão e açúcar. A novidade já tem sido exportada e vem conquistando espaço na República Dominicana, Reino Unido e Portugal.

Enoturismo é na Villa Brunholi. (Fotos; Edu Guimarães)

Com o intuito de comemorar o marco de 30 anos, a Adega Brunholi lança, em setembro, a nova bebida do portfólio: o Limoncello Brunholi, trazendo uma homenagem às raízes italianas, já que a bebida é quase “uma caipirinha italiana”. Também foram desenvolvidos pratos e sobremesas que harmonizem com a novidade, deixando o menu do restaurante com pedidos especiais para marcar essa nova fase.

Festa especial acontece em setembro

No dia 21, a partir das 20h, é comemorada a festa de 30 anos da Villa Brunholi, com menu desenvolvido pelo chef Gilli Lima, reconhecido pelo trabalho internacional na Itália e Grécia, com entrada, prato principal, sobremesa, água e vinho Brunholi inclusos. O valor para participar do jantar é de R$150 (individual) ou R$250 (casal) e a festa conta com músicas italianas do I Cantanti D´Italia, um grupo tradicional de Jundiaí, que resgata as tradições italianas. Informações pelos telefones: (11) 4584-1219 e (11) 4584-7619.

Confira o menu:

Mesa de pães e antepastos de entrada – pão italiano, focaccia, ciabata, grissini, corniccione ao limone, salame italiano e lombo defumado, provolone, parmesão, gorgonzola e brie com mel, sardela, alichela, antepasto de berinjela e azeitonas

Pratos principais (empratado em serviço sequencial) – risoto da casa com linguiça calabresa fresca ao alecrim, abóbora kabocha e pimenta biquinho; rondelle de espinafre com ricota, mozarela, catupiry e tomate seco ao molho branco; cordeiro ao molho de vinho branco, acompanhado de coalhada seca com hortelã e batatas rústicas.

Sobremesa – Trilogia de chocolate -três mini sobremesas especiais da casa (cannoli de Nutella, tiramissu e chocoterapia, um exclusivo brownie, mergulhado em ganache de chocolate e coberto com chantilly e farofa de pistache, servido com sorvete de creme).

Rodízio de massas acontece todas as sextas a noite no Villa Brunholi

De lasanha à espaguete ao sugo, o restaurante oferece diversas opções no cardápio

Lasanha ao sugo, bolonhesa e quatro queijos também. Mas não deixe o nhoque, talharim e molho branco ou pesto de fora. No rodízio de massas do Villa Brunholi, as receitas da nonna são servidas sem moderação, para que os visitantes possam apreciar um menu farto cheio de sabores da Itália reunidos em um dos endereços mais tradicionais de Jundiaí.

Quando se fala em rodizio de massas, o complexo turístico e gastronômico Villa Brunholi é referência e altamente recomendado pelos moradores de Jundiaí e turistas. Depois de uma semana de trabalho nada melhor do que começar o fim de semana se deliciando com as massas artesanais oferecidas pelo restaurante de tradições italianas, ou seja, muita fartura, sabor e qualidade.

imagem_release_1504262.jpg
Massa na Villa Brunholi é servida em rodízio toda sexta-feira a noite. (Foto: Divulgação)

Por mais que a praticidade da massa pronta nos dê uma boa ajuda em casa, reservar um dia da semana para saborear massas frescas que derretem na boca, é imperdível. E ir com muita fome é imprescindível, pois a quantidade de pratos que chegarão à mesa será muito difícil de resistir.

O restaurante fica apenas 40 minutos da capital e oferece mais de dez tipos de massas frescas. O rodízio acontece toda sexta a partir das 19h, mas para quem gosta de sair da rotina e experimentar pratos diversos, o cardápio além de ser recheado de sabores, muda semanalmente.

As massas geralmente são bem democráticas e agradam do paladar mais simples ao refinado. Paulo Brunholi, CEO do complexo turístico e gastronômico Villa Brunholi, disse que às sextas-feiras, o fluxo de pessoas aumenta muito e que cada vez comparecem pessoas de outras cidades. “Costumo conversar com as pessoas que frequentam o restaurante, sempre pergunto de onde elas são e é comum pessoas de cidades como Vinhedo, Campinas e São Paulo. Às vezes fico surpreso com o sucesso que as receitas da nonna faz”, destaca, Brunholi.

Além da diversidade de massas, as entradas também são variadas, para todos os gostos, desde a saladinha até o tradicional frango com polenta. Tudo servido á vontade pelo preço de R$ 57,90. Crianças de até cinco anos não pagam e de seis anos até 11, pagam meia.

O interessante do rodízio ser as sextas feiras, é a possibilidade de prolongar o passeio para o fim de semana, “ O complexo turístico Villa Brunholi, também faz parte da Rota da Uva. O legal é aproveitar o rodízio e conhecer os pontos do roteiro turístico no sábado. Há boas opções de hotéis ótimos com valores atrativos”, finaliza.

O restaurante está localizado na avenida Humberto Cereser, 5900, Caxambu – Jundiaí.

A nova cara do turismo em Jundiaí

Turismo rural é a nova aposta da cidade

Jundiaí é uma cidade focada no turismo de negócios, com seu polo industrial em pleno crescimento, mas há pelo menos 4 anos essa história vem mudando, e as propriedades rurais da região passaram a abrigar novas fontes do setor. Nesse período, foram criadas cinco rotas turísticas contemplando todas as regiões da cidade e em dois anos triplicou suas unidades hoteleiras de duzentas para cerca de seiscentas, além da chegada de três grandes redes. Um exemplo dessa expansão do turismo rural é o Villa Brunholi.

A história da família Brunholi se inicia em 1889, quando Antônio Brunholi deixou a Itália e instalou-se em Jundiaí. Aos poucos, o pedaço de terra adquirida por Antônio no bairro do Caxambu, deixou de servir somente à agricultura e passou a abrigar uma adega, sendo esta a primeira ideia de expansão dos negócios da família.

imagem_release_1469437.jpg
Villa Brunholi aposta em ruralismo para atrair os turistas. (Foto: Divulgação)

“Meu avô Antônio se dedicou a vitivinicultura desde que comprou o sítio, mas foi a partir dos anos de 1950 que os vinhos aqui produzidos começaram a ganhar fama na região”, comenta Paulo Brunholi, sócio do complexo turístico e presidente da Rota da Uva. “Já na época do Plano Collor, a agricultura sozinha não gerava mais uma renda satisfatória e assim nasceu a adega”.

A nova adega fez com que o Villa Brunholi se tornasse um ponto turístico da região, e a família resolveu ampliar ainda mais os negócios. “Criamos o restaurante, e isso foi agregando serviços,” diz Paulo. “Depois montamos o museu do vinho, visando resgatar um pouco de nossa cultura. A partir disso fomos criando novos produtos e atrativos para os turistas que frequentam o local, como nossa mini fazenda e playground para as crianças”.

O ramo das bebidas, que começou somente com o crescimento do vinho no mercado, se diversificou e hoje o Villa Brunholi conta com uma cachaça premiada no Concurso Mundial de Bruxelas e uma Caipirinha que já é exportada para o Reino Unido.

De geração em geração, o Villa Brunholi foi ganhando a forma que tem hoje. Situado na Rota da Uva, a mais importante e movimentada rota da cidade de Jundiaí, que recebe mais de 8.000 turistas todo final de semana, o complexo turístico recebe visitantes que estão em busca de ar puro, muito verde e uma alimentação com a tradição da Nonna.