Arquivo da tag: Vinhedo

Entre vilas e vinhedos de Saint-Émilion, no sul da França

Hóspedes do Château Grand Barrail Hôtel podem conhecer região perto de Bordeaux em passeios guiados de bicicleta ou a pé

Os vinhedos de Saint-Émilion são motivo de orgulho para produtores e moradores dessa região, a cerca de 40 quilômetros de Bordeaux, no sul da França. Percorrer as aldeias e suas vinhas, que entraram para a lista de Patrimônios da Unesco em 1999, é só uma das atividades possíveis de serem realizadas por quem se hospeda no sofisticado Château Grand Barrail Hôtel.

Integrante da coleção Small Luxury Hotel of the World, o hotel atrai interessados em viver uma experiência cinco-estrelas em meio à natureza verdejante, de refeições ao ar livre com os vinhedos no horizonte a tratamentos no Spa Cinq Mondes tendo os lindos jardins como pano de fundo.

Depois de começar o dia com um café da manhã em um dos elegantes salões do restaurante Gourmet, os hóspedes podem explorar a região de Saint-Émilion em tours guiados, a pé ou de bicicleta, com paradas estratégicas para entender o processo de produção dos famosos vinhos de Bordeaux e degustação na companhia de um especialista.

Outras possibilidades de passeio são a visita ao Château de Vayres, castelo classificado como Monumento Histórico Francês, ou a travessia de canoa por um trecho do Dordogne, o rio que serpenteia a região. O Château Grand Barrail Hôtel tem bicicletas à disposição dos que preferem explorar livremente a bonita propriedade rural onde está instalado.

Ao fim de um dia de atividades, os hóspedes ainda conseguem relaxar na piscina, situada em um ponto mais reservado, antes de desfrutar de todo o refinamento francês em um jantar elaborado pelo chef Quentin Merlet, responsável também por releituras de bistrô servidas diariamente na hora do almoço. No agradável lounge bar, drinques refrescantes ou uma taça de tinto podem embalar as últimas conversas da noite.

Divididas em seis categorias, as acomodações do Château Grand Barrail Hôtel são decoradas com elementos que unem toques clássicos, como a cama com dossel (exclusividade da Royal Suite), a nuances contemporâneas, entre elas, caixas de som bluetooth e máquinas de Nespresso.

O Château Grand Barrail Hôtel é representado no Brasil pela Key Partners (www.keypartners.com.br), de Sylvia Leimann. Para mais informações e reservas, acesse o site www.grand-barrail.com/.

Hopi Hari: Ainda vale a pena?

Por Luigi Buratto e Thuane Piccolo

HISTÓRIA DO PARQUE

O Hopi Hari é um dos maiores parques de diversão da América Latina, e não só pelo seu tamanho (760 mil metros quadrados), mas também por sua história e cultura. Localizado no município de Vinhedo, no quilômetro 72 da Rodovia dos Bandeirantes, o parque se auto intitula como um país livre e independente, com seu próprio idioma (o Hopês) e personagens, o que faz com que a temática abordada no parque seja única.

O parque foi fundado em meados de 1999, inspirado pelos parques temáticos Magic Kingdom da Disney e desde então sofreu significativas mudanças em sua gestão.

Até 2008, cerca de 15 milhões de pessoas já haviam passado pelo parque, e estima-se que esse número tenha dobrado até então. Porém, mesmo com todo esse volume, o saldo ficava no vermelho. O Hopi Hari se afundava em dívidas, com empréstimos, escândalos, acidentes fatais e após quase ir à falência e entrar com pedido para uma recuperação judicial em 2016, o atual presidente (maio/19) Alexandre Rodrigues, tomou a difícil missão de retomar o parque e reerguê-lo.

Foram anos difíceis e com um futuro incerto, que gera a pergunta entre os antigos e novos frequentadores do parque: “Ainda vale a pena visitar o Hopi Hari”?

2020, UM NOVO COMEÇO

Visitamos o parque na primeira semana de fevereiro de 2020, com baixas expectativas, já que as notícias que ouvíamos eram sempre negativas, e nos deixavam apreensivos quanto à segurança e manutenção dos equipamentos.

Apesar de ser verão e época de férias escolares, em pleno sábado, o parque estava relativamente vazio. Tanto que, mesmo com a pulseira vip para pular as filas dos brinquedos, nós nem precisamos realmente utilizá-la, já que cada fila não durava mais do que 30 minutos.

Ficamos surpresos com a quantidade de brinquedos disponíveis, com relação aos anos anteriores, em que nos deparávamos com apenas algumas atrações livres, enquanto as outras tinham falhas técnicas e estavam fechadas para manutenção, desta vez todos os brinquedos que fomos estavam abertos. Como não haviam muitas filas, conseguimos ir várias vezes em cada atração e pudemos aproveitar o parque ao máximo.

Quanto ao quesito segurança, nota-se nitidamente que o parque está investindo em treinamento de seus funcionários, para garantir que eles façam dupla checagem na hora de realizar os procedimentos antes de liberar o público, e isso nos dá um certo alívio.

A manutenção acontece em tempo real, eles testam os brinquedos várias vezes ao longo do dia, e em cada parada técnica. Algumas vezes precisamos esperar alguns minutos a mais para que eles façam uma nova verificação de determinada atração, e apesar de aumentar o tempo de espera, com certeza nos garante um pouco mais de conforto. O estado dos brinquedos não é 100%, algumas atrações certamente precisam de uma repaginada, uma nova pintura, novos bancos…

O parque conta com 5 áreas distintas, Kaminda Mundi, Mistieri, Wild West, Looney Tunes e Liga da Justiça. Todas elas são tematizadas de acordo com seu “folclore”.

O que mais nos interessou, além das atrações fixas, foram as atividades e “shows” ao vivo que o parque oferece. Desde peças de teatro para crianças e adultos, “Wild West Spetakular” e o espetáculo inédito “Dino: um dinossauro de verdade”, a shows com celebridades do mundo da música, o parque se reinventa transformando seu cotidiano numa agitada metrópole.

NOVIDADES

Entre as novidades de 2020, podemos citar o novo simulador de montanha-russa “Virtual Montezum”. Uma atração 100% projetada pelo parque, cujo objetivo é de proporcionar aos visitantes a sensação de estar na montanha-russa, mas que não podem usar o brinquedo real por problemas de saúde, altura insuficiente ou por medo

Shows e eventos marcam o calendário de 2020 como um ano que promete aos visitantes um local repleto de artistas e histórias diferentes pra contar. Em fevereiro o parque apresentou em sua nova temporada de verão “Hopi Verani”, Simone e Simaria, Gustavo Mioto, Alok, Ludmilla e prometeu um autêntico desfile de escola de samba entre outras atrações.

DESFECHO

O Hopi Hari começa 2020 com o pé direito, fazendo apostas altas, e diminuindo consideravelmente o furo das gestões anteriores. Mesmo com alguns pontos de melhoria para acertar, como ampliar o marketing de suas atrações e uma melhor manutenção dos brinquedos, o parque está se reerguendo como proposto, e nós respondemos à pergunta do título: “Sim, vale a pena visitar o parque e ter uma dose nostálgica dos brinquedos como eles foram em seu auge, e ainda presenciar um local muito ativo, com festas divertidas e atrações para todas as idades”.

O Parque terminou o ano de 2019 com os seguintes balanços:

Visitantes

· 2018: 553.499

· 2019: 732.822

Receita total

· 2018: R$ 55 milhões

· 2019: R$ 75 milhões

Saldo

· 2018: R$ 20 milhões em dívidas

· 2019: R$ 6 milhões em dívidas

Gustavo Mioto e Simone e Simaria agitam Hopi Hari neste domingo, 9

(Foto: Divulgação)

País Mais Divertido do Mundo também tem espetáculos originais para toda a família, como ‘Wild West Spetakular’ e ‘Dino: um dinossauro de verdade’

A temporada de verão do Hopi Hari, parque temático em Vinhedo (SP), está mais quente do que nunca: neste domingo, 9, Simone e Simaria e Gustavo Mioto agitam a temporada com shows imperdíveis. A abertura fica por conta de Guilherme e Leonardo. O evento ainda promete encantar toda a família com o sucesso Wild West Spetakular e o espetáculo inédito Dino: um dinossauro de verdade

“Nós estamos sempre buscando atrações que proporcionem ao nosso público a melhor experiência possível”, explica o presidente do Hopi Hari, Alexandre Rodrigues. “Nossos visitantes foram bastante receptivos com as novidades que trouxemos para o Hopi Verani. Para se ter uma ideia, quase sete mil pessoas se reuniram no dia 26 de janeiro para prestigiar as apresentações da Ludmilla e do Pixote e, claro, curtir os brinquedos do País Mais Divertido do Mundo.” 

Ainda na temporada de verão, os visitantes terão uma atração especial para comemorar o Dia Internacional da Mulher: a jovem Yasmin Santos subirá ao palco no dia 8 de março, com grandes sucessos. O show será aberto por Lucas e Mesquita. 

Espetáculos 

Os espetáculos originais de Hopi Hari também dão um colorido ao Hopi Verani. De volta, o aclamado “Wild West Spetakular”, uma comédia que se passa na região do parque dedicada ao Velho Oeste americano, promete arrancar muitas risadas do público, com Joe Sacramento, sua pepita de ouro e até uma história de amor. Sempre às 16h30, na rua principal da região de Wild West.

Para a criançada, o parque tem também o espetáculo “Dino: um dinossauro de verdade”, no Theatro Klapi Klapi, localizado na região de Infantasia. A história envolve um professor superdivertido que levará três crianças a uma mágica viagem no tempo. O espetáculo é dedicado ao público infantil e tem enredo divertido e, ao mesmo tempo, educativo. Fica em cartaz todos os dias de parque aberto, um pouco antes: 15h15.

PROGRAMAÇÃO

13h30 e 14h30: O Forasteiro – Saloon, em Wild West
15h15: Dino: um dinossauro de verdade  – Theatro Klapi Klapi, em Infantasia
16h30: Wild West Spetakular – Rua principal de Wild West
16h30: Esquenta Band FM Campinas – Arena di Hopi Hari
17h: Guilherme e Leonardo – Arena di Hopi Hari
18h: Gustavo Mioto – Arena di Hopi Hari
19h30: Simone e Simaria – Arena di Hopi Hari

SERVIÇO
 
Simone e Simaria + Gustavo Mioto
Quando? 09/02/2020, a partir das 11h.
Onde? Hopi Hari: Rodovia dos Bandeirantes, km 72, Vinhedo – São Paulo.
Preços? Segundo lote: R$ 129,90/Kamaroti Lounge: R$ 299,90.
Onde comprar? Antecipado com desconto pelo site: http://www.hopihari.com.br ou na Central de Vendas: (11) 4210-4000. Na tiketeria (bilheteria) o valor é fixo: R$ 159,90. O Kamaroti Lounge também será vendido no dia: R$ 299,90 (sujeito a lotação).
Onde tirar dúvidas? No site, por meio do chat online, ou no Serviço de Atendimento ao Visitante (SAV), por e-mail: fale@hopihari.com.br ou telefone: (11) 4290-0333.
Gratuidade? Crianças com até 1 metro e adultos a partir de 65 anos. Além disso, até 15/03, na compra de 1 passaporti integral, 1 criança até 12 anos entra de graça.
Paradero (estacionamento)? R$ 40 carros e vans; R$ 25 motos.

Hopi Hari recebe Alok e mais de 25 atrações, entre artistas kids, teens e DJs

(Foto: Divulgação)

Atividade encerra mês comemorativo de 20 anos do parque com três palcos dedicados a variados estilos para toda a família

Tira o pé do chão! O Hopi Hari, parque temático em Vinhedo (SP), encerra o Celebration 2019 – série de eventos no mês de novembro em comemoração aos 20 anos do parque – com um festival de música que vai receber Alok, um dos maiores DJs da atualidade, e mais de 25 atrações. O festival, em parceria com as agências Box Talens e Artist Factory, começa no dia 30, às 11h, e vai até 1h da manhã do dia 1º de dezembro.

            As atrações se dividem em três palcos simultâneos: Street StageHopi Kids e Arena Celebration. Para o Street Stage, na rua DJ Kaminda, estão programadas apresentações de Rivas, Lyus e Soldera – e estes são só alguns dos nomes que vão agitar a galera. Na Arena Celebration, palco principal do festival, Danne, Claudinho Brasil e Selva vão fazer a galera tirar o pé do chão, além, é claro, de Alok, considerado recentemente o maior artista brasileiro ouvido no exterior e o 11 maior DJ do mundo.

            “O Celebration 2019 tem sido muito especial para o Hopi Hari”, comenta o presidente do parque, Alexandre Rodrigues. “Comemorar 20 anos com atrações de renome no Brasil e no exterior, como fizemos até aqui, é muito gratificante e demonstra que estamos no caminho certo.”, finaliza.

            Nesse mundo de adultos baladeiros, os tikitos (crianças) também têm vez. Direto do filme e live-action Turma da Mônica – Laços, os pequenos Laura Rauseo e Gabriel Moreira, que interpretam Magali e Cascão, apresentam as atrações do palco Hopi Kids, em Wild West. Ao longo do dia, alguns destaques do The Voice Kids, como Pedro Miranda, Carol Roberto e Tita Stoll farão apresentações super especiais, além dos shows com Bibi Tatto, Taby, Gabriel Miller, entre outros destaques das redes sociais, TVs, séries e novelas. Outra atração que promete arrancar elogios do público é o show Baile Kids, com Malu Casanova, João Pedro Chaseliov, Guilherme Eiji, Lavinia Aisar e João Vitor Mafra, dublador que deu vida ao personagem icônico Simba do live-action de Rei Leão.

            Não custa lembrar que os brinquedos do Hopi Hari funcionam em horário especial, alguns até meia-noite. Ah, e será o último dia para aproveitar os preços promocionais para voar no Hadkali, único SkyCoaster em operação no Brasil:

  • Voo individual: R$ 49,90
  • Voo duplo: R$ 69,90
  • Voo triplo: R$ 89,90

Confira as atrações por palco:

STREET STAGE

14h30: Rivas

16h: Turkez

17h30: Soldera

20h30: Malik Mustache

22h: Joy Corporation

23h30: Lyus

HOPI KIDS

Apresentado por Laura Rauseo e Gabriel Moreira

11h30: Marianna Santos e Gabriel Miller

12h30: Jolt

13h20: Taby

14h10: Tita Stoll

15h: Bibi Tatto

15h50: Pedro Miranda

16h30: Carol Roberto

17h20: Baile Kids, com João Vitor Mafra, Malu Casanova, Guilherme Eiji, Lavinia Aisar e João Pedro Chaseliov

ARENA CELEBRATION

14h: Zelig

15h: Rooftime

16h: Danne

17h: Dre Guazzelli

18h: Sunroi

19h: Alok

20h30: Selva

21h30: Claudinho Brasil

22h30: Marcos Thorpe e Igor Mezaki

Hopi Hari promete a maior e melhor edição da Hora do Horror em 2018

Com o tema “Sacrificium: Você Será Parte do Ritual” evento começa no dia 10 de agosto

Em meados do século XV, a inquisição era uma realidade inegável. Moradores de
seus vilarejos viviam amedrontados com a eminencia das caçadas e torturas dos
inquisidores em busca das feiticeiras que propagavam o oculto. Inocentes eram capturados e torturados até a confissão de suas heresias e assim “agraciados com o perdão divino”, como os inquisidores costumavam justificar para executar todos que a faziam.

Por sua vez, os caçadores de bruxas se consideravam propagadores de boas práticas,
responsáveis pelo bem estar de todos e dizimadores de tudo aquilo que ameaçasse sua
doutrina pacifista e soberana. Mas o que eles não sabiam é que, em meio à diversos pactos e sacrifícios realizados às escondidas, um dos rituais viria a dar errado e ao sentenciarem a queima de poderosas bruxas, isso resultaria no início de uma hera sombria, onde a peste negra foi lançada como uma maldição e agora todos vivem em meio às trevas. Esse será o cenário da 17ª edição do maior evento de horror da América Latina: Hora do Horror 2018 “Sacrificium” que estreia no dia 10 de agosto no parque temático Hopi Hari e promete ser a maior e melhor edição já realizada.

WhatsApp Image 2018-08-03 at 19.53.52
Hora do Horror do Hopi Hari começa em agosto. (Foto: Divulgação)

Desde a sua reinauguração em agosto de 2017, o novo Hopi Hari, que conta com uma
nova administração e está totalmente revitalizado com 95% das atrações em
funcionamento, vem apostando em uma estratégia de grandiosos eventos que estão sendo produzidos pelo próprio parque com uma equipe formada por grandes profissionais do ramo. Somente para a Hora do Horror, são mais de 480 pessoas trabalhando: entre elas atores, bailarinos, coreógrafos, cenógrafos, figurinistas e maquiadores.

Durante o evento, o desafio, segundo a equipe, será fundir a ficção com realidade,
pois abordará conteúdo com fatos já ocorrido na história da sociedade: “A missão dos
Habitaris (colaboradores) será fazer com que o visitante tenha uma imersão desde a
chegada ao País Mais Divertido do Mundo até sua despedida. Realmente estamos muito
satisfeitos com a temática. O público irá se surpreender logo na entrada. Também
poderemos aplicar o conteúdo no Educare, nosso Projeto Educacional voltado para
escolas”, relata José David, presidente do parque.

Novidades para 2018

Neste ano, a Hora do Horror contará com um número recorde de espaços especiais
para interação dos visitantes espalhados em duas áreas temáticas do parque: Mistieri e
Wild West. São eles: dois grandes túneis de horror, um labirinto a céu aberto, uma
passagem, um local para apresentações ao vivo, áreas de sustos e o maior palco da história onde a trama se inicia. Conheça:

❖ Kastel di Petrum (Gramado Central)

Território central de toda a trama de Sacrificium, o maior palco já visto e totalmente
tematizado, recebe os shows de abertura e encerramento, que abordam julgamentos e
condenações em praça pública, assim despertando a irá de forças ocultas invocadas pelas feiticeiras. Neste castelo medieval também acontece uma grande balada do horror.

❖ Maleficarum (Mistieri – Atrás da Katakumb)

Esta fortaleza já foi o principal símbolo da inquisição, onde aqueles acusados de
bruxaria eram interrogados, julgados e torturados até a confissão de suas heresias. Porém, após a ascensão das forças do submundo, a prisão Maleficarum foi totalmente tomada por bruxas. Os que se aventurem ali entrar tem apenas duas opções: aliar-se ao poder das trevas, se as implacáveis feiticeiras o julgarem digno, ou pagarem com suas próprias vidas.

❖ Covil (Caminho do Lago)

Aqui servia como o antigo abrigo secreto das bruxas, onde se escondiam dos
inquisidores e praticavam seus rituais malignos nas sombras. Agora, elas não precisam
mais se esconder. Com as trevas no domínio, o local transformou-se na morada no mal,
procurado por inúmeros populares em busca de benefícios, mas o preço a ser pago nos
rituais é mais alto do que se pode imaginar, transformando todos aqueles que ali entram
em criaturas malignas.

❖ Mortuus (Wild West – Ao lado do Ghosti Hotel)

Neste local vagam as amaldiçoadas almas pagãs daqueles que dedicaram suas vidas
a rituais de sacrifício. Seres condenados a viver a eternidade vagando pelo cemitério, diante de seus lapides. Espíritos amarguradas, que se alimentam de outras almas e estão sempre em busca de muito mais.

❖ Catedral dos Ossos (Wild West – Ao lado do Evolution)

Esta catedral, que um dia fora dedicada a orações e preces, após ter sido palco de
um ritual para trazer de volta a vida a madre do local, acometida por uma doença fatal,
transformou-se em um abatedouro. A volta dos mortos é considerada umas das piores
heresias e tem um alto preço nas leis da troca equivalente. Uma vida só pode ser paga com outra vida e os ossos daqueles que já foram sacrificados ali adornam todo o espaço, mas ainda há lugar para muitos outros.

❖ Arena das Inquisições (Wild West – Ao lado do Spleshi)

Todos aqueles que apreciam o sórdido show de condenação e execução dos agentes
da inquisição, tem um prato cheio aqui, por ser o principal centro de extermínio do
paganismo. Porém, com o fortalecimento das forças malignas, unidos ao julgamento de
uma poderosa feiticeira, pode mudar o cenário desse espetáculo de horrores.

❖ Rituais (Wild West – Ao lado do Rio Bravo)

Aqui será possível presenciar todos os tipos de rituais. Os que ali passarem terão a
oportunidade de sentir as forças malignas atuando em sua máxima. Os mais corajosos que aguentarem até o fim do ritual poderão registrar esse momento com uma foto.

Halloween Hari (Hora do Horror Kids)

Incorporando a lista de novidades, neste ano, o evento Halloween Hari, que aconteceu
no ano passado durante o mês de outubro, acontecerá simultaneamente com a Hora do
Horror. Durante os três meses, a bruxinha Harikadabra e seus padrinhos mágicos, duas
simpáticas abóboras, estão de volta ao País Mais Divertido do Mundo para comemorar a
magia do Halloween. Eles ficarão instalados na região de Kaminda Mundi, que receberá
com uma festa especial para os pequenos e também para aqueles que não gostam de levar sustos.

Eventos

Durante a Hora do Horror, o Hopi Hari também apresentará shows especiais de
grandes artistas. No dia 17 de agosto, o parque recebe o Dubdogz, um duo de DJs que
que está ganhando o Brasil e o mundo com seus remixes e sons vão do Deep House ao
Nu Disco. Já no dia 26 de agosto, Kevinho, cantor cheio de hits nas paradas, chega aos
palcos do Hopi Hari para uma grande apresentação exclusiva.

Wet’n Wild garante agito e diversão durante o carnaval

Com 25 atrações e aulas de Aqua Dance, parque aquático é opção de passeio para toda a família

Diversão refrescante é o que o parque aquático Wet’n Wild irá proporcionar aos foliões que buscam um carnaval saudável e seguro e até àqueles que querem relaxar durante o dia e cair na folia à noite. É também uma ótima opção para quem quer evitar o trânsito para o litoral e curtir as belezas do interior paulista. Durante os quatro dias de folia, o complexo funcionará das 10h às 18h, oferecendo 25 atrações classificadas como família, radicais e moderadas.

image002.jpg
Wet’n Wild realizará programação especial durante o Carnaval. (Foto: Divulgação)

Folia na piscina

E para garantir o clima de carnaval, aulas de Aqua Dance, embaladas pelos hits do verão, acontecerão na Wave Lagoon, a piscina de ondas do parque, durante os quatro dias de folia. As apresentações terão duração de 40 minutos e serão realizadas três vezes ao dia.

Diversão para todos

No Wet’n Wild a família toda se diverte. Para aqueles que querem relaxar, enquanto os filhos se divertem, a Ilha Misteriosa do Cascão é o local ideal. Com tobogãs, balanços, queda d’água e mangueira de esguicho é diversão para a família inteira.

Para quem prefere mais emoção, as sugestões são: BubbleUp, SuntanLagoon e o Space Bowl. E para os radicais, o Vortex, é a indicação perfeita. É a maior atração aquática em volume único da América Latina, com 24 metros de altura e 1.600 m² de área. Sua primeira descida tem queda de 12 metros de altura e a boia chega a atingir a velocidade final de 70 km/h.

Entre as atrações extras (ingresso a parte), está a prática de stand up paddle – o SUP, nas águas calmas do Lago Wet, onde também há pedalinhos, caiaque, um enorme playground aquático inflável e arvorismo, em um trajeto de mais de 120 metros finalizado com uma tirolesa aquática.

Serviço:

Carnaval Wet’n Wild: de 25 a 28 de fevereiro, das 10h às 18h

Pontos de Venda Autorizados: relação no site (www.wetnwild.com.br) – R$ 100,00 | Wet Shop (www.wetshop.com.br) – RS 102,00 | Televendas (11 4496-8008) – R$ 102,00 | Empresas –  R$ 90,00 | Bilheterias: Valor Único – R$ 150,00