Arquivo da tag: Warner Bros Pictures

A Maldição da chORONa

Por Vanessa Alsberg

A maldição da Chorona estreou hoje (18/04) e nós do Diversorio já pudemos conferir em primeira mão!!

O filme conta a história de um folclore mexicano, onde uma mulher, ao encontrar seu marido com outra na cama, resolve tirar o que ele tem de mais precioso: seus filhos, então os afoga no rio, mas ao perceber o que fez, se arrepende e se joga no mesmo rio, mas é condenada a vagar por ai chorando e buscando crianças que possam substituir seus filhos…

É um filme para se assistir no cinema, aproveitando a qualidade do som e imagem para tomar alguns sustos (para quem gosta de um pouco de adrenalina) e até mesmo um pouco de risada para descontrair, não é um filme que vai te deixar apavorado, mas a história é bem interessante, entrar na agonia do personagem principal (uma assistente social) tentando proteger seus filhos de “La Llorona”.

(Foto: Divulgação)

O universo do filme conversa com a franquia de Invocação do Mal e Anabelle, há até uma cena do filme que faz referência à já conhecida boneca, onde o padre ao ser questionado se acredita em La Llorona, diz que com algumas coisas que vem acontecendo no mundo ultimamente(fazendo referencia á boneca), passou a acreditar em muita coisa.

Aproveitem para conferir enquanto ainda está nos cinemas, mas tomem cuidado! Não deixem que seus filhos ouçam o choro dela, ou pode ser tarde demais…

PRIMEIRO TRAILER DE HEBE REVELA ANDREA BELTRÃO COMO A APRESENTADORA

Filme também é estrelado por Marco Ricca, Caio Horowicz, Danton Mello, Gabriel Braga Nunes e grande elenco

A Loma Filmes em coprodução com a Hebe Forever, Labrador Filmes, 20th Century Fox e Globo Filmes, com distribuição da Warner Bros. Pictures, apresenta o primeiro trailer do filme HEBE, baseado na história da famosa apresentadora Hebe Camargo. Com Andrea Beltrão vivendo a apresentadora, o vídeo mostra cenas da personagem na frente das câmeras, mas também revela momentos da vida particular da grande diva da TV brasileira.

O filme se passa nos anos 80 e traz como pano de fundo um retrato dos costumes, da cultura e da política do Brasil pelo olhar de Hebe Camargo. Sem pudor ou medo da crítica, como sempre foi na vida, a loira se revela inteira: na alegria e na tristeza, na saúde e na doença.

Com direção de Maurício Farias, roteiro de Carolina Kotscho e com Inti Briones como diretor de fotografia, o longa mostra como Hebe aceita correr o risco de perder tudo que conquistou na vida e dá um basta: quer o direito de ser ela mesma na frente das câmeras, dona de sua voz e única autora de sua própria história.

O elenco do longa ainda conta com Marco Ricca, Caio Horowicz, Danton Mello, Gabriel Braga Nunes, Danilo Grangheia, Otávio Augusto, Claudia Missura, Karine Telles, e Daniel Boaventura.

Ficha Técnica

  • Direção Maurício Farias
  • Escrito por Carolina Kotscho
  • Produzido por Carolina Kotscho, Claudio Pessuti, Lucas Pacheco, Clara Ramos, Fernando Nogueira, Heloisa Jinzenji e Renato Klarnet,
  • Produtor associado José Alvarenga Jr.
  • Produtora executiva Clara Ramos
  • Direção de fotografia Inti Briones
  • Montagem Fernanda Franke Krumel e Joana Collier
  • Direção de produção Renata Artigas
  • Direção de arte Luciane Nicolino
  • Figurino Antônio Medeiros
  • Maquiagem Simone Batata
  • Produção de elenco Andrea Imperatore e Alessandra Tosi
  • Som direto Gabriela Cunha
  • Desenho de som Daniel Turini, Fernando Henna
  • Mixagem Gustavo Garbato
  • Trilha sonora original Branco Mello e Emerson Villani
  • Finalização O2 Pós

Sobre o filme
São Paulo, anos 80. O Brasil vive uma de suas piores crises e Hebe aparece na tela exuberante: é a imagem perfeita do poder e do sucesso. Ao completar 40 anos de profissão, perto de chegar aos 60 anos de vida, está madura e já não aceita ser apenas um produto que vende bem na tela da TV. Mais do que isso, já não suporta ser uma mulher submissa ao marido, ao salário, ao governo e aos costumes vigentes.

Durante o período de abertura política do país, na transição da ditadura militar para a democracia, Hebe aceita correr o risco de perder tudo que conquistou na vida e dá um basta: quer o direito de ser ela mesma na frente das câmeras dona de sua voz e única autora de sua própria história.

Entre o brilho da vida pública e a escuridão da dor privada, Hebe enfrenta o preconceito, o machismo, o marido ciumento, os chefes poderosos e a ditadura militar para se tornar a mais autêntica e mais querida celebridade da história da nossa TV: uma personagem extraordinária, com dramas comuns a qualquer um de seus milhões de fãs.


SHAZAM! TERÁ PRÉ-VENDA DE INGRESSOS A PARTIR DE 21 MARÇO

Filme dirigido por David F. Sandberg e protagonizado por Zachary Levi, tem estreia marcada para 4 de abril nos cinemas brasileiros

A Warner Bros. Pictures anuncia que a venda antecipada de ingressos para seu próximo longa-metragem de super-heróis, Shazam!, terá início em 21 de março. O filme da DC, protagonizado pelo ator Zachary Levi e dirigido por David F. Sandberg (“Annabelle 2 – A Criação do Mal”), chega aos cinemas brasileiros em 4 de abril de 2019.

Mais informações sobre os ingressos e a programação poderão ser obtidas no site oficial das redes de cinema em breve.

Sobre o filme

David F. Sandberg (“Annabelle 2 – A Criação do Mal”) dirige Shazam!, da New Line Cinema, que conta a origem do super-herói homônimo da DC, vivido por Zachary Levi (série de TV “Chuck”). O elenco também conta com Asher Angel (série de TV “Andi Mack”) como Billy Batson e Mark Strong (filmes “Kingsman”) no papel do supervilão Dr. Thaddeus Sivana. Peter Safran (inédito “Aquaman”, filmes “Invocação do Mal” e “Annabelle”) é produtor do filme.

Todos temos um super-herói dentro de nós; só é preciso um pouco de magia para que ele ganhe vida. No caso de Billy Batson (Angel), basta gritar uma palavra – SHAZAM! – para que o jovem malandro de 14 anos se transforme no super-herói adulto Shazam (Levi), cortesia de um antigo mago. Um menino em sua essência – dentro de um corpo sarado, como o de um deus – Shazam se esbalda nesta versão adulta dele mesmo fazendo aquilo que qualquer adolescente faria com superpoderes: divertir-se com eles! Ele é capaz de voar? Tem visão de raio-X? Consegue soltar raios pelas mãos? Pode perder a prova de estudos sociais? Shazam começa a testar os limites de suas habilidades com a despreocupação típica de uma criança. Contudo, ele precisará dominar estes poderes rapidamente para lutar contra as forças do mal controladas pelo Dr. Thaddeus Sivana (Strong).

Shazam! também é estrelado por Jack Dylan Grazer (“It – A Coisa”) no papel do melhor amigo de Billy e entusiasta de super-heróis, Freddy, uma das crianças que vivem no lar temporário, que inclui Mary, interpretada por Grace Fulton (“Annabelle 2 – A Criação do Mal”); Darla, vivida por Faithe Herman (série de TV “This is Us”); Eugene, interpretado por Ian Chen (série de TV “Fresh Off the Boat”); e Pedro, vivido por Jovan Armand (série de TV “Hawaii Five-O”). Cooper Andrews (série de TV “The Walking Dead”) e Marta Milans (série de TV “Killer Women”) interpretam Victor e Rosa Vasquez, que cuidam das crianças, com o indicado ao Oscar Djimon Hounsou (“Diamante de Sangue”) no papel do mago.

Baseado no universo DC, mas com seu próprio tom divertido e familiar, o roteiro é assinado por Henry Gayden, com história de Gayden e Darren Lemke. O personagem Shazam foi criado por Bill Parker e C.C. Beck. Christopher Godsick, Jeffrey Chernov, Dwayne Johnson, Dany Garcia e Hiram Garcia foram os produtores executivos.

A equipe criativa de Sandberg incluiu o diretor de fotografia Maxime Alexandre, a designer de produção Jennifer Spence, o editor Michel Aller e a figurinista Leah Butler, que colaboraram com o diretor em “Annabelle 2 – A Criação do Mal”.

Uma produção da New Line Cinema, Shazam! tem estreia prevista para 4 de abril de 2019. O filme será distribuído internacionalmente pela Warner Bros. Pictures, uma empresa da Warner Bros. Entertainment.

SHAZAM! GANHA NOVO TRAILER

Filme dirigido por David F. Sandberg e protagonizado por Zachary Levi tem estreia marcada para 4 de abril nos cinemas brasileiros

A Warner Bros. Pictures divulga novo trailer de Shazam!, filme da DC protagonizado pelo ator Zachary Levi e dirigido por David F. Sandberg (“Annabelle 2 – A Criação do Mal”).

No vídeo, repleto de ação, vemos o herói descobrindo e testando seus poderes em cenas inéditas. Os momentos divertidos também estão presentes no novo material.

O longa chega aos cinemas brasileiros em 4 de abril e a pré-venda para os ingressos terá início em 21 de março.

Mais informações sobre os ingressos e a programação poderão ser obtidas no site oficial das redes de cinema em breve.

Sobre o filme
David F. Sandberg (“Annabelle 2 – A Criação do Mal”) dirige Shazam!, da New Line Cinema, que conta a origem do super-herói homônimo da DC, vivido por Zachary Levi (série de TV “Chuck”). O elenco também conta com Asher Angel (série de TV “Andi Mack”) como Billy Batson e Mark Strong (filmes “Kingsman”) no papel do supervilão Dr. Thaddeus Sivana. Peter Safran (inédito “Aquaman”, filmes “Invocação do Mal” e “Annabelle”) é produtor do filme.

Todos temos um super-herói dentro de nós; só é preciso um pouco de magia para que ele ganhe vida. No caso de Billy Batson (Angel), basta gritar uma palavra – SHAZAM! – para que o jovem malandro de 14 anos se transforme no super-herói adulto Shazam (Levi), cortesia de um antigo mago. Um menino em sua essência – dentro de um corpo sarado, como o de um deus – Shazam se esbalda nesta versão adulta dele mesmo fazendo aquilo que qualquer adolescente faria com superpoderes: divertir-se com eles! Ele é capaz de voar? Tem visão de raio-X? Consegue soltar raios pelas mãos? Pode perder a prova de estudos sociais? Shazam começa a testar os limites de suas habilidades com a despreocupação típica de uma criança. Contudo, ele precisará dominar estes poderes rapidamente para lutar contra as forças do mal controladas pelo Dr. Thaddeus Sivana (Strong).

Shazam! também é estrelado por Jack Dylan Grazer (“It – A Coisa”) no papel do melhor amigo de Billy e entusiasta de super-heróis, Freddy, uma das crianças que vivem no lar temporário, que inclui Mary, interpretada por Grace Fulton (“Annabelle 2 – A Criação do Mal”); Darla, vivida por Faithe Herman (série de TV “This is Us”); Eugene, interpretado por Ian Chen (série de TV “Fresh Off the Boat”); e Pedro, vivido por Jovan Armand (série de TV “Hawaii Five-O”). Cooper Andrews (série de TV “The Walking Dead”) e Marta Milans (série de TV “Killer Women”) interpretam Victor e Rosa Vasquez, que cuidam das crianças, com o indicado ao Oscar Djimon Hounsou (“Diamante de Sangue”) no papel do mago.

Baseado no universo DC, mas com seu próprio tom divertido e familiar, o roteiro é assinado por Henry Gayden, com história de Gayden e Darren Lemke. O personagem Shazam foi criado por Bill Parker e C.C. Beck. Christopher Godsick, Jeffrey Chernov, Dwayne Johnson, Dany Garcia e Hiram Garcia foram os produtores executivos.

A equipe criativa de Sandberg incluiu o diretor de fotografia Maxime Alexandre, a designer de produção Jennifer Spence, o editor Michel Aller e a figurinista Leah Butler, que colaboraram com o diretor em “Annabelle 2 – A Criação do Mal”.

Uma produção da New Line Cinema, Shazam! tem estreia prevista para 4 de abril de 2019. O filme será distribuído internacionalmente pela Warner Bros. Pictures, uma empresa da Warner Bros. Entertainment.

Dungeons & Dragons: o Capitão Kirk de “Star Trek” chega a The Big Bang Theory

Chegou o momento que todos os fãs da série estavam esperando. William Shatner, que interpreta o famoso Capitão Kirk em “Star Trek”, fará parte do capítulo especial “The D&D Vortex” da última temporada de The Big Bang Theory

Para o final, o melhor. Os capítulos finais da última temporada da série mais nerd e querida estão chegando e os produtores prepararam uma grande surpresa. Era inevitável que The Big Bang Theory se despedisse de William Shatner,o Capitão Kirk de “Star Trek”, saga da qual Sheldon e Leonard são fãs.

Leonard, Sheldon, Penny, Raj, Howard, Amy e Bernadette realizarão um sonho no episódio especial, no qual jogarão uma partida de ‘Dungeons & Dragons’ com um elenco especialíssimo: de Joe Manganiello, ator de ‘True Blood’, ao diretor Kevin Smith e a lenda da NBA Kareem Abdul-Jabbar, além do próprio Capitão Kirk de ‘Star Trek’, o ator William Shatner, neste episódio especial que irá ao ar no Brasil no dia 10 de março, às 22h *.

Episódios finais de The Bing Bang Theory promete emoção aos fãs. (Foto: Divulgação)

Quando o grupo de amigos descobre que Wil Wheaton organiza um campeonato de D&D com as celebridades William Shatner, Joe Manganiello, Kareem Abdul-Jabbar e Kevin Smith, mentira e traições serão o caminho para conseguirem a única vaga livre no torneio.

A primeira vez em que os cientistas decidem jogar Dungeons & Dragons em The Big Bang Theory é no episódio 4 da 5ª temporada, quando Sheldon usou os dados para tomar decisões triviais, deixando assim sua mente livre para priorizar outros assuntos. Da mesma forma que isso o permite trabalhar de maneira mais eficiente, também dá espaço para que coma alimentos que normalmente não consome ou tome decisões esquisitas, como deixar seu bigode crescer.

Dungeons & Dragons é um jogo heroico de RPG. O jogo original foi criado nos Estados Unidos e lançado pela primeira vez em 1974. Originalmente derivado de jogos de mesa no qual se usam lápis, papel e dados, a primeira publicação de Dungeons & Dragons é considerada o princípio dos RPGs modernos.

Não perca os últimos episódios de The Big Bang Theory, todos os domingos, às 22h, na Warner Channel.

POKÉMON: DETETIVE PIKACHU GANHA NOVO TRAILER E ARTE

Estrelado por Ryan Reynolds como Pikachu e com Justice Smith, filme chega aos cinemas brasileiros em 9 de maio

POKÉMON: Detetive Pikachu, aguardada aventura live-action de uma das mais famosas franquias do mundo, ganha novo trailer (em versões dublada e legendada) e arte. O vídeo traz novos detalhes de como Tim (Justice) e Pikachu se conhecem e mostra diversos outros personagens do mundo Pokémon.

Sobre o filme

O mundo de Pokémon ganha vida!

A primeira aventura live-action de Pokémon, POKÉMON: Detetive Pikachu é estrelada por Ryan Reynolds como o Pikachu, o rosto icônico do fenômeno Pokémon – uma das propriedades mais populares entre diversas gerações e uma das franquias de mídia mais bem-sucedidas de todos os tempos.

Agora, fãs de todos os cantos do mundo poderão ver o Pikachu na telona de uma forma inédita: Detetive Pikachu, um Pokémon como nenhum outro. O filme também traz uma variedade de personagens Pokémon adorados, cada um com suas próprias habilidades e personalidades.

A história começa quando o detetive particular Harry Goodman desaparece misteriosamente, levando seu filho Tim, de 21 anos, a tentar descobrir o que aconteceu. Quem ajuda na investigação é o antigo parceiro Pokémon de Harry, o Detetive Pikachu: um adorável superdetetive divertido e brincalhão que é um enigma até para si mesmo. Após descobrirem que são capazes de se comunicar um com o outro, Tim e Pikachu unem forças em uma aventura para desvendar esse mistério. Reunindo pistas pelas ruas de Ryme City – uma gigantesca metrópole moderna onde seres humanos e Pokémon convivem lado a lado em um mundo hiper-realista – eles encontram pelo caminho um elenco diversificado de personagens Pokémon e revelam uma trama chocante que poderia arruinar essa coexistência pacífica e ameaçar todo o universo Pokémon.

POKÉMON: Detetive Pikachu também é estrelado por Justice Smith (“Jurassic World: Reino Ameaçado”) como Tim; Kathryn Newton (“Lady Bird – A Hora de Voar”, da série de TV “Big Little Lies”) como Lucy, uma repórter iniciante atrás de seu primeiro grande furo; e o indicado ao Oscar Ken Watanabe (“Godzilla”, “O Último Samurai”) como o Tenente Yoshida.

Dirigido por Rob Letterman (“Goosebumps – Monstros e Arrepios”, “Monstros Vs. Alienígenas”), a equipe criativa de POKÉMON: Detetive Pikachu inclui o diretor de fotografia duas vezes indicado ao Oscar John Mathieson (“O Fantasma da Ópera”, “Gladiador”), o desenhista de produção Nigel Phelps (“Piratas do Caribe – A Vingança de Salazar”) e o editor vencedor do Oscar Mark Sanger (“Gravidade”). Os efeitos visuais ficaram a cargo da Moving Picture Company (“Mulher-Maravilha”) e da Framestore (“Guardiões da Galáxia Vol. 2”).

Lançada com grande sucesso em 1996, a marca Pokémon é uma sensação mundial com fãs apaixonados por games e mais de 300 milhões de unidades vendidas no mundo inteiro; jogos de cartas para trocar disponíveis em 11 idiomas e mais de 23,6 bilhões de unidades vendidas; uma série de televisão, que já está em sua 20ª temporada, disponível em 98 países; e longas de animação que faturaram mais US$700 milhões em bilheteria, além de livros, quadrinhos, música, brinquedos, produtos e aplicativos, incluindo o estrondoso sucesso Pokémon GO, que foi baixado mais de 650 milhões de vezes e é adorado em todo o mundo por fãs de todas as idades.

POKÉMON: Detetive Pikachu tem estreia marcada para 9 de maio de 2019. O filme será distribuído pela Warner Bros. Pictures fora do Japão e da China; pela Toho Company Ltd. no Japão; e pela Legendary East na China.

WARNER BROS. PICTURES DIVULGA NOVO TRAILER DE A MALDIÇÃO DA CHORONA

Produzido por James Wan, novo longa de terror tem referências à cultura mexicana e estreia prevista para 18 de abril

A Warner Bros. Pictures revela o novo trailer de A Maldição da Chorona, novo filme de terror produzido por James Wan e dirigido por Michael Chaves. O vídeo traz novos detalhes da relação entre Anna Garcia (Linda Cardellini) e Patricia (Patricia Velásquez) e cenas assustadoras.

Sobre o filme

La Llorona. A Chorona. Uma aparição horripilante, presa entre o céu e o inferno, aprisionada em um destino terrível que ela mesma selou. A simples menção de seu nome tem aterrorizado gerações no mundo inteiro.

Em vida, ela afogou seus filhos em um ataque de ciúmes, jogando-se nas águas agitadas do rio, debulhando-se em lágrimas.

Agora, ela chora eternamente. Suas lágrimas são letais e aqueles que ouvem seu chamado para a morte durante a noite estão condenados. A Chorona espreita nas sombras e captura crianças, na ânsia de substituir seus próprios filhos. Com o passar dos séculos, seu desejo se tornou mais voraz… e seus métodos mais apavorantes.

Na Los Angeles dos anos 1970, a Chorona assombra na noite – e apavora as crianças.

Ignorando o alerta de uma mãe suspeita de colocar seu filho em risco, uma assistente social e seus próprios filhos são envolvidos em um assustador mundo sobrenatural. Sua única esperança de sobreviver à ira mortal da Chorona pode ser um padre desiludido e o misticismo que ele pratica para manter o mal afastado, na zona onde o medo e o destino se chocam.

Cuidado com seus lamentos… nada a impedirá de atraí-lo à escuridão, pois não há alento para o seu sofrimento e nem piedade para sua alma. E não há como escapar da maldição da Chorona.

Em 18 de abril de 2019, esta lenda mexicana atemporal ganha vida em A Maldição da Chorona, da New Line Cinema.

O filme é produzido por Emile Gladstone, Gary Dauberman (das franquias “It – A Coisa” e “Annabelle”) e James Wan (universo “Invocação do Mal”). Michael Chaves, vencedor do prêmio de melhor curta-metragem do Shriekfest em 2016 por “The Maiden”, faz sua estreia como diretor.

Estrelam o filme Linda Cardellini (“Bloodline”, da Netflix; “Vingadores: Era de Ultron”); Raymond Cruz (série de TV “Major Crimes”); Patricia Velasquez (série de TV “The L Word”, filmes “A Múmia”); e Marisol Ramirez (série de TV “NCIS: Los Angeles”). O elenco também conta com Sean Patrick Thomas (filmes “Uma Turma do Barulho”, “Halloween – Ressurreição”), Jaynee-Lynne Kinchen (“Sem Retorno”) e o estreante Roman Christou.

Chaves dirige o filme a partir de um roteiro de Mikki Daughtry & Tobias Iaconis. A equipe criativa inclui o diretor de fotografia Michael Burgess, a desenhista de produção Melanie Jones, o editor Peter Gvozdas e a figurinista Megan Spatz. A música foi criada por Joseph Bishara (filmes “Annabelle” e “Invocação do Mal”).

A New Line Cinema apresenta A Maldição da Chorona, uma produção da Atomic Monster/Emile Gladstone.

ENTREVISTA MICHAEL B. JORDAN, TESSA THOMPSON E FLORIAN MUNTEANU

Por Henrique Moita

Graças a Warner, nós do Diversório, tivemos a oportunidade de participar de uma mesa redonda com os atores principais da franquia Creed, Michael B. Jordan (Adonis Creed), Tessa Thompson (Bianca) e Florian Munteanu (Viktor Drago). Todos nos receberam muito bem, foram muito simpáticos e fizeram questão de expressar todo o carinho que eles têm pelos fãs brasileiros, que de acordo com eles mesmo, são os melhores e mais calorosos do mundo.

Michael, falou um pouco do seu personagem e como era carregar o legado de uma franquia de sucesso, como foi a franquia estrelada por Sylvester Stallone, Rocky. De acordo com o ator, fazer esse segundo filme, foi um pouco mais “fácil” do que o primeiro, pois no anterior ainda tinha um certo peso, por se tratar de um spin-off de um grande sucesso. Ele também falou que essa franquia não tenta competir com a franquia original, pois ela tem sua própria história para ser contada.

Um fato muito interessante sobre esse filme é que os atores, tanto Michael quanto Florian, deixaram claro que eles não consideram o personagem de Florian, Viktor, um “vilão”. Eles o consideram mais como um antagonista e em certo ponto, ambos acham que a personagem deveria ter ganho a luta final, por acreditarem que ele tinha motivos “melhores” para querer a vitória do que o próprio Adonis

Michael B. Jordan e Tessa Thompson participaram de mesa redonda sobre “Creed”. (Foto: Divulgação)

 Para os atores inclusive, era algo que está se tornando recorrente, mas não de uma maneira ruim, em algumas produções atuais, onde o filme não possui um vilão propriamente dito, mas sim um antagonista que, ao passar as suas ideias, chegam a fazer o público até se questionar se o que eles estão pensando e tramando está totalmente errado, como o personagem interpretado pelo próprio Michael B. Jordan, Killmonger, no filme Pantera Negra.

Para Florian, ainda assim o longa foi um pouco mais “difícil” de ser realizado, pelo mesmo motivo citado por Michael: ele era o “cara novo” no filme. Para ele, era o primeiro, então ele ainda tinha esse peso nas costas para carregar. Ainda mais interpretando um filme de um personagem tão icônico como Ivan Drago, interpretado por Dolph Lundgren.

Florian também falou que estava realizando um sonho em poder estar no Brasil, pois ele cresceu ouvindo o seu pai falando do país, principalmente sobre futebol e que ele esperava, assim como Michael em poder voltar o mais rápido possível, de preferência, sem essa “correria” que foi a primeira vez, já que eles estavam aqui para o painel da Warner, na CCXP.

 Tessa veio separada dos dois atores principais e foi também uma agradável surpresa para todos nós. Ela mesma tinha surgido de surpresa na própria CCXP no painel do novo filme do MIB, o qual ela protagonizará junto com Chris Hemsworth.

Na rodada de perguntas direcionadas a ela, Tessa falou que gostava muito da sua personagem na franquia de Creed, Bianca, e falou o quanto é importante para as mulheres que as atrizes estão interpretando cada vez mais personagens marcantes em grandes produções e que mesmo quando o foco da história não são elas, como é o caso de Creed, a história delas chega a ser tão interessante quanto a do personagem principal.

  Todos os atores falaram que gostariam de poder transformar Creed em uma franquia tão boa quanto foi Rocky, mas que obviamente, por questões contratuais eles não podiam revelar se veremos Michael e companhia voltando as telas para nos mostrar mais da história de Adonis.

Pessoalmente, acho que se continuassem com a história, a Warner estaria fazendo mais um fanservice. Mas como já me tornei um grande fã dessa franquia, espero que meu “service” seja atendido e que possamos voltar a ver mais desses incríveis personagens. Inclusive, quem sabe, mostrando mais da ligação criada por Adonis e Viktor.

Creed II continua história de Rocky IV

Por Henrique Moita

Em Creed II, continuamos acompanhando a carreira do jovem lutador, Adonis Johnson Creed (Michael B. Jordan), que se torna o campeão de boxe mundial de peso-pesado. O filme também traz de volta Sylvester Stallone no papel do lendário lutador Rocky Balboa. E quem imaginava que a relação entre Rocky e Adonis estaria uma maravilha depois de vários acontecimentos que são mostrados logo no começo do filme, está redondamente enganado. A relação entre ambos da uma grande guinada quando eventos que aconteceram no filme Rocky IV são trazidos à tona.

Confesso aqui que não assisti a nenhum filme da saga de Rocky Balboa, mas isso também não se faz necessário, pois o filme explica muito bem os acontecimentos do filme e quais as consequências para Creed II, no qual se repete a famosa luta entre um Creed e um Drago.

Em “Creed II” Adonis enfrenta Drago, filho do homem que matou seu pai. (Foto: Divulgação)

Para quem não está entendendo, vou dar uma resumida.

Em Rocky IV, Apollo Creed, pai de Adonis, faz uma luta contra Ivan Drago, na qual, Apollo acaba morrendo devido a força dos golpes aplicados pelo rival. Após essa luta, Rocky resolve vingar o amigo e marca uma outra luta contra Drago, na qual sai vitorioso.

Então chegamos em Creed II e agora Adonis terá que enfrentar o filho de Ivan Drago, Viktor, em uma “revanche” depois de 30 anos.

Se em Creed: Nascido Para Lutar, os eventos ocorreram de maneira muito rápida; Creed II conseguiu segurar um pouco a onda na velocidade do filme, porém não deixou de lado uma coisa muito importante: o quanto o roteiro seria óbvio. Se em meia hora de filme já podemos ver a luta que seria a principal entre Adonis Creed e Viktor Drago, fica meio óbvio qual seria o resultado dela e de como seria o final do filme. No entanto, isso não faz com que o filme seja ruim, muito pelo contrário, o filme tem momentos muito bons, com Michael B. Jordan dando um show de atuação, junto com seu par, Tessa Thompson. Inclusive, nas cenas de luta, não deixamos de sentir aflição a cada troca de socos.

Em resumo, Creed II pode seguir uma linha narrativa óbvia, mas isso não faz com que a história não seja interessante, com ótimas cenas de luta e porque não dizer, deixa até com uma vontade de assistir aos filmes do Rocky Balboa, para nos inteirarmos mais nesse universo criado por Stallone.

AQUAMAN, DA WARNER BROS. PICTURES, BATE A MARCA DE MEIO BILHÃO DE DÓLARES NAS BILHETERIAS MUNDIAIS

Número 1 em todo o mundo, a espetacular aventura subaquática de James Wan tem conquistado o público muito além dos sete mares

Aquaman, a primeira aventura solo do herói nos cinemas, da Warner Bros. Pictures, é um herói também nas bilheterias, ultrapassando os U$500 milhões de arrecadação em todo o mundo. O anúncio foi feito por Ron Sanders, Presidente Global de Distribuição da Warner Bros. Pictures e Warner Bros. Home Entertainment. No Brasil, o filme já levou mais de 4,2 milhões de pessoas aos cinemas e arrecadou mais de R$70 milhões, entrando para o top 10 brasileiro em 2018.

Aquaman passa de meio bilhão de dólares em bilheteria. (Foto: Divulgação)

Aquamancomeçou sua trajetória memorável no início de dezembro, na China, com uma aparição surpresa do diretor James Wan e das estrelas Jason Momoa e Amber Heard para celebrar os quase U$95 milhões arrecadados em seu final de semana de estreia, um recorde para a Warner Bros. no mercado. Atualmente, o longa já ultrapassou os U$230 milhões no país.

A parada foi apenas uma no meio da turnê mundial que incluiu cidades nos quatro continentes, de Londres a Nova York, passando por Manila e Austrália, e encerrando uma campanha estratégica que começou com Momoa mergulhando de um penhasco para assistir ao trailer de lançamento antes da chegada do elenco na San Diego Comic-Con.

Número 1 nas bilheterias internacionais pela terceira semana consecutiva, o filme estreou em 21 de dezembro na América do Norte, com um acumulado impressionante de mais de U$72 milhões, com aproximadamente 14% da renda vindo das salas IMAX. Já tendo estreado em mais de 70 mercados, incluindo (além do Brasil) México (U$16,1 milhões), Rússia (U$12,8 milhões) e Reino Unido (U$12,8 milhões), a arrecadação internacional (que não considera EUA), já ultrapassou os U$415 milhões, sem contar a Austrália, onde o filme estreia em 26 de dezembro, Itália, onde estreia em 1º de janeiro, e Japão, previsto para 8 de fevereiro.

Além disso, o filme está próximo de se tornar a maior bilheteria da Warner Bros. Pictures na Indonésia, Malásia, Filipinas e Taiwan, entre outros mercados. “James Wan criou um filme maravilhoso que claramente se conecta com as audiências ao redor do mundo”, afirma Sanders. “Estamos ansiosos para que Aquaman aproveite esta onda de sucesso com os feriados de final de ano. Parabéns a toda a equipe por trás deste filme”, finaliza.