Arquivo da tag: Warner Bros Pictures

Trigg e Visa levarão brasileiros para os Estúdios Warner Bros

Trigg e Visa podem te levar para Los Angeles. (Foto: Divulgação)

Até 29/02/20, a cada compra a partir de R$10 com o Trigg Visa, cliente concorre à viagem para Los Angeles. As chances são em dobro para quem utilizar o cartão com  a tecnologia de pagamento por aproximação

Após anunciar a parceria com a CCXP pelos próximos 3 anos, com descontos exclusivos para o evento e ações inéditas, e lançar os cartões com as artes oficiais dos personagens da DC, dessa vez, a fintech, em parceria com a Visa e Warner Bros, vai além: levará um cliente com acompanhante, com tudo pago, para conhecer os Estúdios Warner, em Los Angeles.  

“Quando abraçamos a bandeira geek, não tínhamos ideia do quão incrível seriam todas essas experiências. E lançar essa campanha conectada com tantas empresas com o mesmo propósito, deixa a gente muito feliz! Meu agradecimento especial a Visa, Warner Bros e CCXP por essa parceria!” comemora Marcela Miranda, Head e Fundadora da Trigg.

“Nossos clientes vão ter a experiência de viver momentos especiais em um lugar tão requisitado e mágico como os Estúdios Warner Bros. Junto com a Trigg, vamos possibilitar que isso aconteça e ainda reforçaremos benefícios dos pagamentos por aproximação,  como comodidade e segurança, seja por celular, pulseira ou cartão”, conta Eduardo Abreu, vice-presidente de Novos Negócios da Visa. 

Para participar, os clientes Trigg devem se cadastrar no programa Vai de Visa, pelo app da Trigg ou direto no site www.vaidevisa.com.br. A cada compra a partir de R$10 com o Trigg Visa, o cliente ganha um número da sorte para concorrer ao prêmio. Os números da sorte estarão disponíveis para consulta no site www.vaidevisa.com.br. Para cada transação com chip será atrelado um único número da sorte. Já para as transações via pagamento por aproximação, serão atrelados a dois números da sorte, dobrando as chance de ganhar a viagem. CERTIFICADO DE AUTORIZAÇÃO SECAP Nº 04.006740/2019.

AVES DE RAPINA GANHA NOVO TRAILER

Filme que conta com o retorno da personagem Arlequina tem estreia prevista para 6 de fevereiro de 2020

A Warner Bros. Pictures divulga o novo trailer do aguardado filme Aves de Rapina (Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa). No vídeo, Arlequina (Margot Robbie) dá novos detalhes de seu rompimento com o Coringa e apresenta suas novas companheiras de equipe.

Sobre o filme
Você já ouviu aquela da policial, do pássaro que canta, da psicopata e da princesa da máfia?Aves de Rapina (Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa) é um conto distorcido contado pela própria Arlequina, como somente a própria pode contar. Quando o vilão mais narcisista de Gotham, Roman Sionis, e seu zeloso braço direito, Zsasz, têm como alvo uma jovem chamada Cass, a cidade fica de cabeça para baixo procurando por ela. Os caminhos de Arlequina, Caçadora, Canário Negro e Renee Montoya se cruzam e o improvável quarteto não tem escolha a não ser se unir para derrubar Roman.

No filme da Warner Bros. Pictures, Margot Robbie (“Eu, Tonya”) retorna como Arlequina, ao lado de Mary Elizabeth Winstead (“10 Cloverfield Lane”, “Fargo”) como Caçadora; Jurnee Smollett-Bell (série da HBO “True Blood”) como Canário Negro; Rosie Perez (“Fearless”, “A Escolha Perfeita 2”) como Renee Montoya; Chris Messina (“Argo”, série de TV “Objetos Cortantes”) como Victor Zsasz; e Ewan McGregor (“Doutor Sono” e filmes da franquia “Trainspotting”) como Roman Sionis. A novata Ella Jay Basco também estrela como Cassandra “Cass” Cain em seu primeiro filme.

Dirigido por Cathy Yan (“Dead Pig”) a partir do roteiro de Christina Hodson (“Bumblebee”), o filme é baseado nos personagens da DC. Robbie também produziu o longa ao lado de Bryan Unkeless e Sue Kroll. Os produtores executivos são Walter Hamada, Galen Vaisman, Geoff Johns, Hans Ritter e David Ayer.

Junto com Yan nos bastidores esteve o time criativo composto pelo diretor de fotografia Matthew Libatique (“Nasce Uma Estrela”, “Venom”); o designer de produção K.K. Barrett (“Ela”); os editores Jay Cassidy (“Trapaça”, “O Lado Bom da Vida”) e Evan Schiff (“John Wick” Capítulos 2 e 3); e a figurinista Erin Benach (“Nasce Uma Estrela”). A música é de Daniel Pemberton (“Homem-Aranha: No Aranhaverso”).

A Warner Bros. Pictures apresenta, uma produção de LuckyChap Entertainment, Clubhouse Pictures e Kroll & Co. Entretainment, Aves de Rapina (Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa). Previsto para estrear em 6 fevereiro de 2020 nos cinemas brasileiros, o filme é distribuído pela Warner Bros. Pictures.

WARNER BROS. PICTURES ANUNCIA FIM DAS FILMAGENS DO TERROR "MALIGNANT"

“Mailignant” tem filmagens encerradas. (Foto: Divulgação)

Dirigido e produzido por James Wan, o filme tem estreia prevista para 13 agosto de 2020

Foram encerradas em Los Angeles as filmagens de “Malignant”, longa da Atomic Monster e a última criação do autor do universo Invocação do Mal James Wan (“Aquaman”, “Velozes & Furiosos 7”). Ainda sem título em português, o filme marca o retorno do diretor Wan às suas raízes com este novo thriller de terror original.

“Malignant” é estrelado por Annabelle Wallis (série de TV “The Loudest Voice” “A Múmia” e “Annabelle”), Maddie Hasson (série original do YouTube “Impulse” “Noviciado” e “I Saw the Light”), George Young (“Uma Fábrica de Pão: Parte Um e Parte Dois”, “Containment” e a mini série asiática de terror da HBO “Grace”), Michole Briana White (“Lila & Eve: Unidas pela Vingança”, “Elas Me Odeiam, Mas Me Querem” e “Encino Man”), Jake Abel (“Outra Vida”, “Dirty John: O Golpe do Amor” e “The Beach Boys: Uma História de Sucesso”), Jacqueline McKenzie (séries da Netflix “Pine Gap”, “Halifax: Retribution” e “Romper Stomper: Next Gen”) e Ingrid Bisu (“A Freira” e “As Faces de Toni Erdmann”).

Wan dirige a partir do roteiro de Akela Cooper (“M3GAN” e “The Nun 2”) e JT Petty e da história de James Wan & Ingrid Bisu. Os detalhes do enredo estão sendo mantido em sigilo. O filme é produzido por Wan e Michael Clear, com os produtores executivos Richard Brener, Eric McLeod, Bisu, Judson Scott e Peter Luo, da Starlight Media. O longa está sendo financiado de forma independente pela Starlight Media e Midas Innovation.

Nos bastidores, Wan conta com o frequente colaborador o diretor de fotografia Don Burgess, o editor Kirk Morri (“Aquaman” “Invocação do Mal 2”) e o designer de produção Desma Murphy (diretor de arte de “Aquaman” e “Velozes & Furiosos 7”), além da figurinista Lisa Norcia (“Sobrenatural: A Última Chave”).

Com estreia prevista para 13 de agosto de 2020, “Malignant” é uma apresentação de Wan, Atomic Monster, Starlight Media e New Line Cinema. O filme será distribuído internacionalmente pela Warner Bros. Pictures e, na China, pela Starlight Media.

TENET, DE CHRISTOPHER NOLAN, GANHA PRIMEIRO TRAILER E ARTE

Com estreia prevista para 23 de julho de 2020, o filme é estrelado por John David Washington e Robert Pattinson, além de grande elenco

A Warner Bros. Pictures divulga as primeiras cenas e artes de Tenet, longa dirigido pelo aclamado diretor Christopher Nolan e protagonizado por John David Washington e Robert Pattinson. O elenco ainda conta com Elizabeth Debicki, Dimple Kapadia, Aaron Taylor-Johnson e Clémence Poésy, Michael Caine e Kenneth Branagh.

No vídeo, assistimos o personagem de John David Washington passando por algumas provas de fogo que o levam à misteriosa palavra Tenet.

(Foto: Divulgação)

Sobre o filme

A Warner Bros. Pictures traz o novo longa do aclamado diretor Christopher Nolan: Tenet. O filme, que está sendo rodado em locações em sete países, é uma ação épica que aborda o mundo da espionagem internacional.

Nolan está dirigindo a partir de seu próprio roteiro original, utilizando uma mistura de IMAX® e 70mm para trazer a história para o cinema.

O elenco é liderado por John David Washington e também conta com Robert Pattinson, Elizabeth Debicki, Dimple Kapadia, Aaron Taylor-Johnson e Clémence Poésy, além de Michael Caine e Kenneth Branagh.

O filme está sendo produzido por Nolan e Emma Thomas. Thomas Hayslip é o produtor executivo.

A equipe criativa de Nolan nos bastidores inclui o diretor de fotografia Hoyte van Hoytema, o desenhista de produção Nathan Crowley, a editora Jennifer Lame, o figurinista Jeffrey Kurland e o supervisor de efeitos visuais Andrew Jackson. A trilha sonora está sendo composta por Ludwig Göransson.

A Warner Bros. Pictures distribuirá Tenet em todo o mundo, com data de lançamento prevista para 23 de julho de 2020 no Brasil.

WARNER BROS. PICTURES ANUNCIA TÍTULO DO NOVO FILME DA FRANQUIA INVOCAÇÃO DO MAL NA CCXP 2019

“Invocação do mal 3” tem título revelado. (Foto: Divulgação)

Os atores Vera Farmiga e Patrick Wilson se reúnem novamente em Invocação do Mal 3 – A Ordem do Demônio

Os demonologistas Lorraine e Ed Warren voltam para os cinemas em 2020 em Invocação do Mal 3 – A Ordem do Demônio. O anúncio do título em português do novo longa do universo de terror foi feito com exclusividade durante o painel da Warner Bros Pictures na CCXP 2019 no último domingo, 8/12. Além do título, o público ainda pode conferir a exibição inédita das primeiras cenas do filme. Logo após o painel, o produtor James Wan revelou o título na versão original (“The Conjuring – The Devil Made Me Do It”) por meio de seu Instagram.

Com estreia prevista para 10 de setembro de 2020, Invocação do Mal 3 – A Ordem do Demônio traz novamente Patrick Wilson e Vera Farmiga como Ed e Lorraine Warren, sob a direção de Michael Chaves.

Sobre o filme

Invocação do Mal 3 – A Ordem do Demônio revela uma história assustadora de terror, assassinato e um desconhecido mal que chocou até os experientes investigadores de atividades paranormais Ed e Lorraine Warren. Um dos casos mais sensacionais de seus arquivos, começa com uma luta pela alma de um garoto, depois os leva para além de tudo o que já haviam visto antes, para marcar a primeira vez na história dos Estados Unidos que um suspeito de assassinato alegar ter tido uma possessão demoníaca como defesa.

Patrick Wilson e Vera Farmiga voltam a estrelar como Ed e Lorraine Warren, sob a direção de Michael Chaves. O filme também é estrelado por Ruairi O’Connor, Sarah Catherine Hook e Julian Hilliard.

Invocação do Mal 3 – A Ordem do Demônio foi produzido por James Wan e Peter Safran, que colaboraram em todos os filmes do universo Invocação do Mal. Chaves (“A Maldição da Chorona”), dirigiu o roteiro de David Leslie Johnson-McGoldrick (“Invocação do Mal 2” e “Aquaman”), história de James Wan e David Leslie Johnson-McGoldrick. Richard Brener, Dave Neustadter, Victoria Palmeri, Michael Clear, Judson Scott e Michelle Morrissey estão como produtores executivos.

A equipe criativa por trás dos bastidores reúne colaboradores do universo Invocação do Mal, incluindo o diretor de fotografia Michael Burgess, a designer de produção Jennifer Spence, a figurinista Leah Butler e o compositor Joseph Bishara, junto com o diretor de direção de “A maldição da Chorona”, Peter Gvozdas.

Invocação do Mal 3 – A Ordem do Demônio é o sétimo filme do universo Invocação do Mal, a maior franquia de terror da história, que arrecadou mais de US $ 1,8 bilhão em todo o mundo. Inclui os dois primeiros filmes de Invocação do Mal, bem como “Annabelle” e “Annabelle: A Criação do Mal”, “A Freira” e “Annabelle 3 – De Volta Para Casa”.

O filme estreia nos cinemas brasileiros em 10 de setembro de 2020. É uma apresentação da New Line Cinema que será distribuída pela Warner Bros. Pictures.

WARNER BROS. QUEBRA A CCXP19 COM PAINÉIS ÉPICOS E BATE RECORDE DE DECIBÉIS NO AUDITÓRIO THUNDER CINEMARK XD

Painel de Mulher-Maravilha quebra recorde na CCXP. (Foto: Warner Bros Pictures)

Painel de Mulher-Maravilha 1984 registrou 118 decibéis com reação do público, recorde do evento

A Warner Bros. Pictures quebrou a CCXP com três painéis épicos: Aves de Rapina (Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa), fechando o primeiro dia de evento na quinta-feira, e Mulher-Maravilha 1984além do próprio painel da Warner Bros. Pictures, que encerraram o domingo e último dia.

O painel de Aves de Rapina (Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa),apresentado por MariMoon, começou com uma performance de patinadoras profissionais no palco, vestidas com diversos looks da personagem Arlequina, enquanto todos os fãs na plateia recebiam versões infláveis do clássico martelo da personagem – tudo embalado ao som da DJ Samhara. Com todos os fãs devidamente “armados”, as convidadas subiram ao palco apresentadas por um vídeo especial com cenas do filme: Margot Robbie (Arlequina), Mary Elizabeth Winstead (Caçadora), Jurnee Smollett-Bell (Canário Negro), Rosie Perez (Renee Montoya) e Ella Jay Basco (Cassandra Cain), além da diretora Cathy Yan. Os presentes puderam acompanhar com exclusividade um bate-papo com as atrizes e diretora e vibraram muito ao assistir os primeiros cinco minutos do filme e uma prévia especial, exibidos ao público pela primeira vez.

Já o painel da Warner Bros. Pictures, apresentado por Marcos Mion, trouxe inúmeras novidades dos próximos lançamentos do estúdio. A apresentação começou com a futura animaçãoScooby! O Filme, trazendo uma mensagem em vídeo de Orlando Drummond, ator que deu voz ao personagem principal por décadas, e a exibição do trailer – além da participação de Alexandre Drummond, neto de Orlando e um dos dubladores da animação; houve também destaque paraTom & JerrySpace Jam 2DC Super Pets, que têm estreia prevista para 2020, 2021 e 2022, respectivamente.

Na sequência foi exibido um material inédito de bastidores e entrevistas do musicalEm Um Bairro de Nova York, que tem estreia marcada para 20 de agosto de 2020, e um teaser exclusivo do terror Invocação do Mal 3: A Ordem do Demônio, que tirou o ar do público. O filme, que teve seu título em português revelado no evento, está previsto para estrear em 10 de setembro de 2020. Para os fãs do aclamado diretor Christopher Nolan, a Warner Bros. exibiu um vídeo de Tenet, que estreia em 23 de julho de 2020.

E para finalizar o painel do estúdio, o universo DC fez os fãs vibrarem com muitas novidades. Matt Reeves, diretor deThe Batman, apareceu em um vídeo feito especialmente para a CCXP19 com uma mensagem para os fãs e prometendo presença de conteúdo do filme na edição de 2020 do evento.The Suicide Squad 2 também esteve presente com um recado em vídeo do diretor James Gunn e da atriz Alice Braga, que está presente no elenco do longa.

Fechando o evento com chave de ouro, o estúdio apresentou o painel deMulher-Maravilha 1984, com introdução de Érico Borgo e apresentação de Aline Diniz, cujo sucesso foi tão estrondoso que quebrou o recorde de decibéis emitidos pelo público da CCXP, atingindo 118 decibéis! Antes do início da apresentação, os fãs receberam pulseiras com emissão de luz e ativação por som, fazendo com que a plateia fizesse parte do espetáculo. O painel começou então com um vídeo de abertura que levou a plateia à loucura, incluindo a revelação de 6 telas nas laterais do Auditório – pela primeira vez na história da CCXP e exclusivamente para o evento de Mulher-Maravilha 1984. Após isto, era chegada a hora de chamar ao palco as ilustres convidadas: a diretora Patty Jenkins e a protagonista Gal Gadot foram apresentadas de forma épica com a atriz saindo de um elevador subterrâneo e shows de luz e som, além da participação de 20 cosplayers brasileiros. Os presentes puderam então acompanhar um bate-papo com as convidadas, conferir com exclusividade as novas artes dos personagens do filme, assistir a uma mensagem dos atores Chris Pine, Kristen Wiig e Pedro Pascal e, finalmente, testemunhar a exibição inédita do primeiro trailer do longa – em versão estendida e exclusiva da CCXP19. E, pela primeira vez na história, um painel do evento foi transmitido mundialmente, em parceria com o Twitter – com a exibição de tweets de usuários ao redor do mundo nas telas principais e laterais.

Elenco de “Aves de Rapina (Arlequina e sua emancipação fabulosa)” falam sobre o filme, em coletiva

Por Luigi Buratto e Thuane Piccolo

Na quinta-feira, 05 de Dezembro de 2019, a CCXP abriu o seu primeiro dia, com ingressos esgotados, o evento contou com a presença de diversas e ilustres celebridades. Dentre elas, o elenco de “Aves de Rapina”, novo filme produzido pela diretora Cathy Yan, e estrelado por ninguém menos que Margot Robbie, a nossa anti-heroína favorita, a Arlequina. 

O filme mostra a trajetória da Harley Quinn após os acontecimentos de “Esquadrão Suicida”, a suposta separação entre ela e o Coringa e, então, sua emancipação fantabulosa, onde ela tenta descobrir sua própria identidade e acaba conhecendo um grupo de garotas com um mesmo objetivo. 

No dia seguinte, tivemos a oportunidade de participar da coletiva de imprensa, reunindo todo o elenco novamente, produtores e diretora. 

“Me apaixonei pela personagem desde Esquadrão Suicida, e senti que ela merecia ser melhor explorada”, disse Margot Robbie ao ser perguntada sobre o retorno da personagem. 

Durante a coletiva de imprensa com o elenco de Aves de Rapina, a diretora Cathy Yan, e produtores. (Foto: Thuane Piccolo)

Ainda completou “Foi uma honra trabalhar com a roteirista Christina Hodson, ela tem a capacidade de pegar ideias abstratas e dar um jeito de fazê-las acontecerem.”   

A atriz nos conta como foi o processo para dar vida a uma Gotham colorida e animada, mostrada de dia, diferente das versões sombrias da cidade de Bruce Wayne, que estamos acostumados a ver. 

FÃS COMO A GENTE

Quando perguntadas sobre como se sentiam participando desse icônico universo da DC nos cinemas, as atrizes se dividiram em respostas que remetiam suas infâncias, os filmes do Batman, as HQs e antes de tudo, como já eram fãs desse universo. “Eu conheci a Canário Negro pela primeira vez, jogando Injustice 2, no videogame”, disse Jurnee Smollett-Bell, mostrando seu lado nerd, falando sobre sua personagem no filme e como ela se sentiu honrada com o convite para interpretá-la. 

Rosie Perez complementa: “O fato de sermos mulheres fortes, independentes e estarmos arrebentando pela cidade, é a cereja do bolo” 

PREPARAÇÃO FÍSICA 

A diretora contou um pouco sobre como foram feitas as cenas de ação do filme. As atrizes tiveram um treinamento árduo, trabalharam por cinco meses, deixando as cenas muito mais realistas e bem coreografadas. Elas foram instruídas a fazer o máximo de cenas que conseguissem sozinhas, entretanto, o elenco foi auxiliado pela 87 Eleven, uma ótima companhia de dublês, que já trabalhou com grandes filmes como John Wick.  

Rosie comentou “Eu já tenho uma certa idade e no primeiro dia de treinamento, eu senti meu joelho falhar… Fui aconselhada a ser levada para o hospital ou então continuar treinando e fortalecendo meus outros músculos, e me senti inspirada a continuar …foi uma experiência transformadora. Eu estou numa forma física muito melhor do que já estive em 15 anos” 

As atrizes contaram como foi difícil realizar algumas cenas, pois a diretora insistia para que elas gravassem lutas de um a dois minutos ininterruptos e caso alguém errasse, seria necessário que gravar tudo novamente. Jurnee lembrou de uma vez, na qual haviam gravado uma longa cena, várias vezes, e Cathy dizia “Meninas, me perdoem, mas eu vou precisar que vocês gravem mais uma vez” e Margot respondia indignada “Porquêêê?”. A diretora reiterava que fazia as cobranças, pois sabia que as garotas eram capazes de aguentar. 

ÍCONES DE EMPODERAMENTO

De uns tempos pra cá, as mulheres estão cada vez mais se tornando um símbolo de justiça, igualdade e resistência. Nós podemos observar isso através do cinema, quando vemos grandes filmes sendo estrelados  por personagens femininos.

Margot nos fala que nunca imaginou que a personagem dela um dia pudesse virar um ícone de luta pelo feminismo, pois a Harley é emocionalmente desequilibrada, e acabou de sair de uma relação tóxica, tão cheia de falhas. 

“É difícil porque eu me sinto responsável por sempre passar uma mensagem positiva para este mundo, em todos os meus projetos, eu sempre tento ser a melhor pessoa que posso, e ao mesmo tempo, temos que nos manter fiéis aos personagens, à nossa história… Então eu ainda não entendo o porque as pessoas se identificam com a personagem, eu sei o porque elas a amam, mas talvez seja justamente por causa das suas imperfeições. E talvez seja exatamente isso que o cinema precisa mostrar com mais frequência, as falhas e imperfeições dos personagens principais”, falou Margot

Perez menciona como foi interpretar sua personagem, a detetive Montoya, em um cenário machista, onde ela precisava se reinventar todos os dias, ser forte e nunca desistir. Por várias vezes, ela era dispensada dos casos, se sentia frágil e injustiçada. Acho que a melhor mensagem sobre o feminismo é justamente o fato dela não desistir, ela continuava indo para o trabalho todos os dias, e então, ela finalmente achou as forças necessárias para se demitir, e fez isso de cabeça erguida. Feminismo não é só sobre as mulheres. É sobre igualdade”

MATERIAL FIEL AS ORIGENS?

Cathy diz que o filme não é totalmente baseado em alguma edição específica dos quadrinhos, porém teve suas inspirações nos Novos 52, e que o grupo Aves de Rapina segue uma linha de roteiro original, sem perder os traços dos personagens.

A diretora e roteiristas tiveram o trabalho de trilhar uma aventura inédita que tivesse sentido nessa nova fase do universo DC e da personalidade de Harley. “A Arlequina é uma anti-heroína, porém ela não é má.” diz Margot Robbie, citando uma de suas HQs favoritas, Blue Eyes, e fazendo relação com sua personagem.

MULHER-MARAVILHA 1984: GAL GADOT E PATTY JENKINS CONTAM SOBRE O FILME

Por Luigi Buratto e Thuane Piccolo

No dia 08 de Dezembro de 2019, na CCXP 2019, foi lançado o trailer oficial do novo filme da Mulher-Maravilha. Os produtores fizeram um ótimo trabalho em manter as informações em sigilo, pois até agora, não foi divulgada nem a sinopse dele.

Nesse mesmo dia a diretora, Patty Jenkins, e a atriz, Gal Gadot, estavam na coletiva de imprensa, da qual tivemos o privilégio de participar, e você pode conferir logo abaixo, os melhores tópicos dessa entrevista.

Sessão de fotos antes da coletiva. (Foto: Thuane Piccolo)

SEGUINDO AS PEGADAS DO PASSADO

Patty Jenkins, a diretora do filme, nos conta como foi diferente realizar o segundo filme, pois não havia mais aquele clima tenso da Primeira Guerra Mundial e ela pode trazer um aspecto mais colorido, vibrante e animado para uma ambientação moderna. “Foi muito divertido fazer essas cenas, onde a Mulher-Maravilha se encontrava num mundo moderno, junto com Steve (Chris Pine), e todos estes maravilhosos vilões…”

“Um dos elementos mais incríveis de poder fazer um filme que se passa nos anos 80, é que tudo é muito autêntico, parece que nós realmente voltamos no tempo. Foi uma ótima escolha de fazer este filme nessa época”, comenta Gal Gadot.

GIRL POWER

Além de ser um ícone feminista, e inspiração de muitas mulheres, Patty nos diz que Diana é uma personagem que luta não somente pelas mulheres, mas assim como Super-Homem, é um símbolo de força e igualdade para todo o mundo. “Ela vive em tempos machistas, onde as mulheres precisam ser protegidas, no entanto ela não precisa disso, pois ela é fodona.”

“Eu sou uma mulher forte, independente, e quando me perguntavam que tipo de papel eu queria interpretar, eu sempre dizia exatamente isso. E é engraçado, porque se você olhar para trás, você não vê muitos filmes assim.”, disse Gal, quando questionada sobre o ícone que a Mulher-Maravilha havia se tornado.

Ela contou que teve uma experiência única ao assistir pela primeira vez o filme “Teve uma cena que me tocou muito e eu estava assistindo não como Gal Gadot, a atriz, mas como Gal, a menina que nasceu no subúrbio de Israel. Eu fiquei tão emocionada que comecei a chorar e, chegando em casa, falei para o meu marido: eu sei que você vai adorar o filme, mas quando chegar nessa parte, tenho certeza que não vai te tocar do mesmo jeito que me tocou. Porque você viveu essa emoção a vida toda, sendo um homem, mas eu não e poder agora fazer parte de um trabalho tão grande, é incrível.”

Além de ser uma atriz completa, Gal quando mais jovem já serviu o exército de Israel. Nas forças armadas por dois anos após completar o colegial. Isso serviu como exemplo para compor a personagem, que possui cenas de lutas complexas, e mostrar o quanto ela é dedicada e impecável.

A atriz encerrou o tópico encorajando todas as mulheres a serem fortes e nunca desistirem de seus sonhos e ainda deixa um recado para todas aquelas que já sofreram ou sofrem abusos. Busquem ajuda sempre, seja contando pra sua família, polícia, ou amigos, não lutem sozinhas”.

Patty Jenkins e Gal Gadot na coletiva de imprensa de Mulher Maravilha 1984. (Foto: Luigi Buratto)

PROXIMOS PASSOS

A diretora disse que sempre imaginou uma trilogia para a história da Diana Prince e que já andou discutindo algumas ideias com a Gal, sobre um possível terceiro filme. Claro, muitas dessas ideias só serão implementadas caso MM84 seja um sucesso de bilheteria, mesmo assim, ela se mostra otimista e animada para encerrar seu trabalho de forma magistral.

Citando uma das últimas falas do primeiro filme, Diana diz “Eu ficarei aqui e vou lutar pela humanidade”, e é exatamente isso que podemos esperar nessa sequência.

Patty nos dá um spoiler sobre um novo filme que está produzindo, um spin-off do universo da Mulher-Maravilha, e teremos como personagens principais as Amazonas. Esse não contará com a presença de Gal Gadot, mas Patty afirma que está muito ansiosa para poder mostrar a sua visão destas magníficas guerreiras de Themyscira.

Quando questionada sobre qual outro super-herói ela gostaria de fazer um filme, ela respondeu “Meu segundo herói favorito é o Superman, então, nunca se sabe… Mas eu amo minha Mulher Maravilha”

Gal fala sobre como está sendo a evolução da sua personagem do primeiro filme, onde Diana se mostrava perdida no mundo dos homens, e pouco a pouco foi aprendendo sobre as complexidades humanas, ganhando a confiança deles e se tornando cada vez mais envolvida nesse mundo. Já na continuação, após algumas décadas, ela se vê trabalhando sozinha, nas sombras, sem amigos, pois todos se foram com o passar dos anos, e ela continua ajudando a proteger os seres humanos da melhor forma possível.

MANO A MANO

Gadot se pronuncia sobre a ausência de armas usadas pela Diana no novo filme “Nós nos livramos da espada, pois isso remete à violência e a Diana não precisa disso. Também achamos desnecessário o uso do escudo, pois ela é uma Deusa, super forte e sabe se defender. Ela tem seus braceletes e seu laço e é tudo que ela precisa.

Ou seja, neste novo filme, podemos esperar cenas de ação mais intensas, melhor coreografadas e muito mais corpo à corpo.

Cartaz oficial do novo filme Mulher Maravilha 1984, estréia Junho de 2020. (Foto: Thuane Piccolo)

STEVE TREVOR DE VOLTA?

Após sua possível morte no primeiro filme, Steve Trevor nos deixa apenas uma memória de que o par romântico de Diana se foi. Porém, Patty nos afirma que ele estará de volta, e que esta medida foi premeditada já durante as gravações do primeiro. “Nós temos uma ótima razão para trazer o Steve de volta, e ele é uma parte fundamental para esta sequência. Não o trouxemos apenas porque ele fez sucesso, mas sim pois ele complementa o arco desta nova história”.

Confira abaixo o trailer, que foi lançado com exclusividade na CCXP, durante o painel de MM84.

5 coisas para você aproveitar na ccxp

Por Rodrigo Bocatti

Hoje, oficialmente, serão abertas as portas da CCXP, mas ontem teve o Spoiler Night e o Diversorio estava lá (obrigado Piticas ❤ ) e vai contar tudo para você aproveitar da melhor forma possível a maior comic con do mundo e pela primeira vez TODOS os ingressos estão esgotados.

Estandes

Warner traz ativações da Mulher Maravilha para CCXP. (Foto: Rodrigo Bocatti)

As principais marcas do cinema e de séries estão presentes no evento e elas vem com muitas novidades. Com estandes gigantes e ações interessantes, as filas serão grandes e é uma ótima oportunidade para fazer novos amigos e aproveitar.

A Warner veio com interações com os principais lançamentos de 2020: Mulher Maravilha, Aves de Rapina e Scobby. Além das séries Supernatural e Riverdale. E ainda tem um espaço lindo para quem quiser recordar do seriado FRIENDS e tomar um café no Central Perk. E pela primeira vez, o Cartoon Network está no mesmo espaço que a Warner, com ativações de seus maiores desenhos.

A Netflix veio com uma réplica da entrada do Starcurt Mall (shopping de Stranger Things), onde atores saem de tempo em tempo para dançar de acordo com a época que a série se passa. Além dos figurinos originais da terceira temporada da La Casa de Papel e o trailer de Breaking Bad, onde as pessoas podem tirar fotos com a máscara icônica do seriado. Além dos filmes originais da plataforma de streaming.

A Disney/Marvel trouxe alguns cenários para fotos com em Frozen, Mulan e Star Wars. Além de uma ativação do filme da Viúva Negra que a pessoa pode fazer no estande.

A HBO veio com um circuito para você fazer nas séries originais do canal como Watchmen, Westworld, His Dark Materials e Sopranos. Porém, uma ideia que eles executam é que a pessoa precisa pegar apenas uma fila para poder aproveitar todo circuito.

Mas não deixe de visitar outros estandes que também estão com ativações bem legais e interativas.

Artist’s Alley

Artist’s Alley é o lugar para você encontrar aquela HQ que você busca e conseguir um autógrafo do seu ídolo. (Foto: Rodrigo Bocatti)

Para mim é um dos lugares mais legais de toda CCXP. O Artist’s Alley é um espaço onde mais de 500 artistas estarão reunidos para mostrar seus trabalhos ao público.

Aqui você pode achar aquele artista que você admira, tirar uma foto e pedir um autógrafo e, quem sabe, conseguir um material exclusivo dele na CCXP.

Painéis

A cada ano que passa a organização da CCXP tenta trazer convidados mais especiais e conteúdos exclusivos para os painéis do evento, principalmente o Thunder Cinermark XD, onde são as grandes atrações.

Esse ano já temos confirmados Gal Gadot, Patty Jenkins, Margot Roobie e elenco do filme Aves de Rapina, da DC Comics/Warner, o elenco da nova trilogia de Star Wars, Ryan Reynolds, Kevin Feige, além de outros, mas ainda podemos ter presenças surpresas (como Tom Holland e Jake Gyllenhaal, em 2018), quem sabe o Henry Cavill não apareça no painel da Netflix ou quem sabe a Scarlett Johansson apareça no sábado.

Além dos convidados a CCXP também reserva espaço para pré-lançamentos e esse ano teremos Frozen, no sábado, e possivelmente Esquadrão V, no domingo.

Cosplay

Well Cosplayer é um dos jurados do concurso de cospay esse ano da CCXP. (Foto: Rodrigo Bocatti)

A cada metro que você anda na CCXP você vai encontrar um cosplay que pode ser um dos seus personagens favorito. E no evento existem muitos que vão para se divertir, então é possível que você encontre um na fila de ativação da atração de outro estúdio.

Mas o mais legal é que eles são super atenciosos com todos e adoram tirar fotos (se puder lembre de pegar o nome para depois marcá-los nas redes sociais, é importante para o trabalho deles). Mas lembre-se só toque o cosplay se ele autorizar.

Compras

Riachuelo é uma das lojas que estão com produtos da cultura pop. (Foto: Rodrigo Bocatti(

Quer lugar melhor do que comprar produtos nerd do que a CCXP?? Com diversas lojas especializadas em produtos da cultura pop, como camisetas, canecas, funko e action figures, é bom levar um dinheiro para poder comprar uma lembrança do evento. E algumas lojas também oferecem ativações que podem se tornar descontos.