Arquivo da tag: Warner Bros Pictures

Filme “Divórcio” estreia na Netflix

 O longa Divórcio, comédia romântica com direção de Pedro Amorim, que estreou no Brasil em setembro de 2017, acaba de entrar no catálogo da plataforma streaming Netflix.

O filme é protagonizado pela dupla Camila Morgado e Murilo Benício, com produção da Filmland Internacional e distribuição da Warner Bros. Pictures, que também é coprodutora. As filmagens do Divórcio foram realizadas em Ribeirão Preto, tanto em locações na parte urbana da cidade como em uma plantação de tomates e contou também com moradores da cidade na equipe, elenco e figuração. 

‘Divórcio’ chega à Netflix. (Foto: divulgação)

O roteiro, de Paulo Cursino, acompanha a história de Noeli (Camila Morgado), que é roubada do altar por Júlio (Murilo Benício). O casal leva uma vida humilde, mas enriquece quando o molho de tomate Juno, criado por eles, torna-se um sucesso. Com o passar dos anos, os dois abrem uma grande empresa e enriquecem, mas o dinheiro e a rotina os distanciam. Mas, um mal entendido é a gota d’água para a separação. Para defender o patrimônio, cada um tenta achar o melhor advogado, o que gera um processo de divórcio cheio de confusões e com cenas hilárias.

O elenco conta também com Thelmo Fernandes, Luciana Paes, André Mattos, Ângela Dippe, Cynthia Falabella, Bruna Tornarelli, Gustavo Vaz, Robson Nunes, Antônio Petrin, Lu Grimaldi, Jonathan Well, Carol Severian, Flávia Martins e as participações especiais de Sabrina Sato e Paulinho Serra. 

Mattel lança bonecas inspiradas no filme “Mulher-Maravilha 1984”

As personagens se transformam em quatro produtos colecionáveis 

A Mattel, em parceria com a Warner Bros. Consumer Products & DC Entertainment, apresenta sua nova linha de bonecas inspirada no novo filme “Mulher-Maravilha 1984”, com estreia  prevista para dezembro no Brasil.

A coleção traz quatro bonecas colecionáveis da Mulher Maravilha e da Cheetah, com roupas e acessórios ricos em detalhes inspirados no aguardado filme da DC. Entre os lançamentos estão as bonecas Mulher-Maravilha Armadura de Ouro, que possui recursos iluminação, e a Mulher-Maravilha Diana Vestido de Gala, na identidade de Diana Prince ela usa vestido branco acetinado exclusivo. Todas as bonecas contam com diversos pontos de articulação para tornar a brincadeira o mais real possível, na hora de recriar as cenas do novo filme.

Os produtos já podem ser encontrados nas principais lojas de brinquedos de todo o Brasil. 

Conheça a linha de produtos da Mulher-Maravilha da Mattel:

Mulher-Maravilha Armadura de Ouro – Mattel

(Foto: divulgação)

Reviva momentos épicos do filme com as transformações memoráveis da personagem, agora  na versão  Mulher-Maravilha Armadura de Ouro. Esta figura de ação apresenta um visual inspirado e conta com detalhes realistas da personagem  além de um recurso inédito de iluminação para que os fãs possam dar vida a boneca e recriar seus momentos favoritos do filme.

Preço sugerido: R$ 299,99

Mulher-Maravilha – Mattel

(foto: divulgação)

Esta boneca veste o traje icônico da personagem com a tiara removível, botas, bracelete, cinto e o  icônico Laço da Verdade.

Preço sugerido: R$ 149,99

Boneca Cheetah – Mattel

(Foto: divulgação)

A boneca Cheetah é a icônica vilã da história que usa look inspirado no novo filme:vestido uma saia com estampa de guepardo, blusa preta, uma jaqueta com cinto, meia-calça e botas acima do joelho.

Preço sugerido: R$ 149,99

Mulher-Maravilha Diana Vestido de Gala – Mattel

(Foto: divulgação)

Diana Prince usa um elegante vestido branco acetinado, sapatos nude e uma bracelete de ouro, igual ao filme

Preço sugerido: R$ 149,99

WARNER BROS. PICTURES ANUNCIA VENDA ANTECIPADA DE INGRESSOS DE MULHER-MARAVILHA 1984

Longa dirigido por Patty Jenkins e estrelado por Gal Gadot terá estreia oficial em 17 de dezembro no Brasil, com sessões antecipadas em 16 de dezembro

A Warner Bros. Pictures anuncia a data da venda antecipada de ingressos para as sessões do esperado longa Mulher-Maravilha 1984, com início nesta quinta-feira, 26 de novembro.

O longa, que chega aos cinemas do Brasil no dia 17 de dezembro, vai oferecer aos fãs mais apressados a oportunidade de assistir ao filme no dia 16 de dezembro, em sessões antecipadas. A compra dos ingressos para todas as sessões, incluindo as antecipadas, pode ser realizada pelo site: https://ingressos.mulhermaravilha1984.com.br/

Aponte a câmera do seu celular para o QR Code abaixo e vá direto para o site

Mais informações sobre ingressos e programação poderão ser obtidas no site oficial das redes de cinema e estão sujeitas à programação. Fique atento aos protocolos de segurança de cada cidade e à política de compra de ingressos das redes.

‘Mulher-Maravilha 1984’ chega aos cinemas em dezembro. (Foto: divulgação)

CONVENÇÃO DAS BRUXAS CONVIDA O PÚBLICO PARA UMA VIAGEM PELO ALABAMA, NA DÉCADA DE 1960

Do diretor vencedor do Oscar Robert Zemeckis, longa já está nos cinemas brasileiros

Chegando nas telonas o filme Convenção das Bruxas, inspirado no livro do escritor Roald Dahl. A mais nova produção dirigida pelo diretor vencedor do Oscar Robert Zemeckis (“Forrest Gump: O Contador de Histórias”), e estrelada pelas vencedoras do Oscar Anne Hathaway (“Os Miseráveis”, “Oito Mulheres e um Segredo”) e Octavia Spencer (“Histórias Cruzadas”, “A Forma da Água”), com grande elenco, apresenta uma aventura de fantasia ambientada na década de 1960, no Alabama, nos Estados Unidos, e não na Europa, como na obra literária. O ajuste do relógio para a década de 1960 também foi uma adaptação da nova produção.

Apesar de se manterem fiéis à natureza das personagens e da premissa original, a mudança de ambientação “permitiu uma narrativa mais charmosa, onde ainda não havia celulares, câmeras de segurança e vigilância 24 horas. O mais importante era manter o tom do livro, crucial para nós”, afirma o diretor Zemeckis.

Para dar vida à sua visão e versão de Convenção das Bruxas, Zemeckis foi para a Warner Bros. Studios Leavesden, e reuniu seu time de produção de confiança, como o diretor de fotografia Don Burgess, o designer de produção Gary Freeman, os editores Jeremiah O’Driscoll e Ryan Chan, a figurinista Joanna Johnston e o compositor Alan Silvestri.

Convenção das Bruxas já está nos cinemas do Brasil. (Foto: divulgação)

Ansioso para explorar a estética marcante das locações como pano de fundo da história, o designer de produção Gary Freeman explica: “Eu amo a América dos anos 1960 e o Sul tinha um olhar e um tom únicos nesse período. Bob é um profissional reconhecidamente convicto sobre o que quer realizar, então foi um convite irrecusável”.

O designer de produção abraçou o estilo antebellum da arquitetura – um amálgama do estilo europeu e clássico particular desta região do Sul norte-americano, do qual as grandes mansões e casas de fazenda pré-Guerra da Secessão são um marco. Freeman aproveitou a escala e grandeza do estilo, particularmente sedutoras para ele nos elementos do design, porque elas lhe deram a oportunidade de construir cenários em grandes proporções.

No estúdio de Leavesden, a equipe construiu a cidade rural do Alabama, Demopolis, onde a Vovó recebe o Garoto Herói para morar com ela. Freeman diz: “Tudo começou com algumas casas e uma tela azul, mas avançou para algo muito maior. Acabamos construindo uma cidade inteira!”.

Para isso, a equipe de construção precisou, primeiro, escavar uma área não usada do estúdio, que se revelou um terreno com uma vista notável. “Foi ótimo, porque estávamos tentando eliminar o máximo possível de efeitos visuais que consumiriam tempo de filmagem. No local, temos 270 graus de rotação da câmera, com uma ótima vista para um vale sobre um campo esparramado e intocado”, explica o design de produção.

Em uma extremidade do set, era Demopolis 1932, e na outra, Demopolis 1967, uma construção eficiente. A equipe de verdes trouxe árvores de 10 metros e plantou arbustos assim que Freeman confirmou a autorização para utilização do local. A decoração do cenário deu vida à Demopolis, adicionando cercas de jardim, luzes e placas de rua no lado dos anos 1960, mantendo o lado dos anos 1930 mais rural, com máquinas agrícolas nos campos, barris e caixas de madeira pontilhadas, roupas penduradas em varais externos das casas e varandas simples, decoradas com panelas velhas e cadeiras de balanço.

A equipe de Freeman ainda pavimentou uma estrada metálica de 2,5 quilômetros para transportar os equipamentos de filmagens e construiu as colunas do hotel bem em frente às colunas romanas do Leptis Magna, ruínas da cidade romana na Líbia, trazidas para Virginia Water no século 18.

Sobre o filme

Do diretor vencedor do Oscar Robert Zemeckis (“Forrest Gump: O Contador de Histórias”), chega a aventura de fantasia Convenção das Bruxas, baseada no livro do escritor Roald Dahl. O filme é estrelado pelas vencedoras do Oscar Anne Hathaway (“Os Miseráveis”, “Oito Mulheres e um Segredo”) e Octavia Spencer (“Histórias Cruzadas”, “A Forma da Água”), o indicado ao Oscar Stanley Tucci (franquia “Jogos Vorazes”, “Um Olhar do Paraíso”), com Kristin Chenoweth (série de TV “Glee: Em Busca da Fama” e “BoJack Horseman”) e a lenda premiada da comédia Chris Rock. Também estrelam o longa o estreante Jahzir Kadeem Bruno (série de TV “Atlanta”) e Codie-Lei Eastick (“Holmes & Watson”).

Reimaginando a adorada história de Dahl para uma audiência moderna, o filme visualmente inovador de Zemeckis conta a história sombria, divertida e comovente de um jovem órfão (Bruno) que, no final de 1967, vai morar com sua adorável avó (Spencer) na cidade rural de Demopolis, no Alabama. Quando a dupla encontra algumas bruxas ilusoriamente glamorosas, mas completamente diabólicas, a avó sabiamente leva nosso jovem herói para um exuberante resort à beira-mar. Lamentavelmente, eles chegam ao local exatamente ao mesmo tempo em que a Grande Rainha Bruxa (Hathaway) reúne suas colegas de todo o planeta – disfarçadas – para realizar seus planos nefastos.

Baseado no livro de Roald Dahl, o roteiro foi coescrito por Robert Zemeckis & Kenya Barris (série de TV “Black-ish”, “Shaft”) e o vencedor do Oscar Guillermo del Toro (“A Forma da Água”). Zemeckis também produziu o filme ao lado de Jack Rapke, del Toro, Alfonso Cuarón e Luke Kelly. Os produtores executivos são Jacqueline Levine, Marianne Jenkins, Michael Siegel, Gideon Simeloff e Cate Adams.

A equipe de bastidores de Zemeckis inclui uma lista de seus colaboradores frequentes, como o diretor de fotografia indicado ao Oscar Don Burgess (“Forrest Gump: O Contador de Histórias”), o designer de produção Gary Freeman, os editores Jeremiah O’Driscoll e Ryan Chan, a figurinista indicada ao Oscar Joanna Johnston (“Aliados”, “Lincoln”) e o compositor indicado ao Oscar Alan Silvestri (“O Expresso Polar”, “Forrest Gump: O Contador de Histórias”).

A Warner Bros. Pictures apresenta uma produção da Image Movers / Necropia / Experanto Filmoj Production, um filme de Robert Zemeckis, Convenção das Bruxas .

WARNERMEDIA PARTICIPA DA CCXP WORLDS COM MEGAPAINEL NO DOMINGO, DIA 6

(Foto: repdoução)

A WarnerMedia anuncia sua participação no maior evento de cultura pop do mundo, que dessa vez será realizado de forma totalmente virtual e cuja edição 2020 se chama CCXP Worlds: A Journey of Hope. No domingo, 6 de dezembro, o evento contará pela primeira vez com um painel especial formado por diferentes divisões da WarnerMedia: Warner Bros. Pictures, Warner Bros. Home Entertainment, Warner Bros. Television, Warner Bros. Consumer Products, Warner Channel, Warner Bros. Games, DC, Cartoon Network, Adult Swim, Particular Crowd e HBO.

Os fãs terão a incrível oportunidade de curtir, desta vez do conforto de suas casas, um painel repleto de conteúdo das marcas WarnerMedia, com grandes novidades que incluem desde filmes e séries a jogos e produtos favoritos de nossos fãs, que poderão ser encontrados nas lojas online oficiais de Cartoon Network, Warner Bros., HBO, Harry Potter e DC, com diversos lançamento e alguns exclusivos para o evento.

O megapainel será realizado no domingo, dia 6 de dezembro, a partir das 17h (horário de Brasília), no portal https://www.ccxpworlds.com. Para mais informações sobre o evento acesse http://www.ccxp.com.br.

TOM E JERRY: O FILME GANHA PRIMEIRO TRAILER

Dirigido por Tim Story, a animação combinada com live-action tem em seu elenco Chloë Grace Moretz, Michael Peña, Rob Delaney, Colin Jost e Ken Jeong

A Warner Bros. Pictures lança o primeiro do trailer de Tom & Jerry: O Filme, longa que traz uma combinação impressionante de animação clássica e live-action. Assista abaixo as primeiras cenas de uma das maiores rivalidades da história dos desenhos animados.

O elenco do filme conta com Chloë Grace Moretz, Michael Peña, Rob Delaney, Colin Jost e Ken Jeong. A estreia está prevista para 4 de março de 2021 nos cinemas brasileiros.

Sobre o filme

Uma das rivalidades mais amadas da história é reacendida quando Jerry se muda para o melhor hotel de Nova York na véspera do “casamento do século”, forçando a desesperada organizadora do evento a contratar Tom para se livrar do rato em Tom & Jerry: O Filme, do diretor Tim Story. A batalha de gato e rato que se segue ameaça destruir a carreira dela, o casamento e até o próprio hotel. Mas logo surge um problema ainda maior: um funcionário diabolicamente ambicioso conspira contra os três.

Uma combinação impressionante de animação clássica e live-action, a nova aventura de Tom e Jerry na telona abre novos caminhos para os personagens icônicos e os força a fazer o impensável… trabalhar juntos para salvar o dia.

Tom & Jerry: O Filme é estrelado por Chloë Grace Moretz (“Vizinhos 2”, “A Família Addams”), Michael Peña (“Cesar Chavez”, “Trapaça”, “Homem-Formiga”), Rob Delaney (“Deadpool 2”, “Velozes & Furiosos: Hobbs & Shaw”), Colin Jost (“Como Ser Solteira”, “Saturday Night Live”) e Ken Jeong (“Podres de Ricos”, “Se Beber, Não Case!”, “Transformers: O Lado Oculto da Lua”).

O filme é dirigido por Tim Story (“Quarteto Fantástico”, “Pense como Eles”, “Uma Turma do Barulho”) e produzido por Chris DeFaria (“Uma Aventura LEGO 2”, “Jogador Nº 1”, “Gravidade”).

O roteiro é escrito por Kevin Costello, baseado nos personagens criados por William Hanna e Joseph Barbera. Os produtores executivos são Tim Story, Adam Goodman, Steven Harding, Sam Register, Jesse Ehrman e Allison Abbate. A equipe de bastidores inclui o diretor de fotografia Alan Stewart, o designer de produção James Hambidge, o editor Peter S. Elliot e a figurinista Alison McCosh. A música é composta por Christopher Lennertz.

Uma apresentação da Warner Bros. Pictures e da Warner Animation Group, um filme de Tim Story, Tom & Jerry: O Filme será distribuído mundialmente pela Warner Bros. Pictures.

DIRIGIDO E ROTEIRIZADO POR CHRISTOPHER NOLAN, TENET CHEGA ÀS TELONAS COM TRAMA QUE SUBVERTE O TEMPO

Estrelado por John David Washington, Robert Pattinson e grande elenco, longa estreou nos cinemas brasileiros em 29 de outubro

Tenet, o mais novo projeto do cineasta Christopher Nolan, traz como elemento de sua trama a inversão temporal.

John David Washington, intérprete do personagem conhecido apenas como o Protagonista, diz que, embora “no seu cerne, Tenet conte a história de um homem tentando salvar o mundo, o filme desafia nossas formas tradicionais de interpretar o tempo, o que percebemos como sendo real, os comportamentos que aprendemos. Há muito mais acontecendo. Eu nunca tinha lido um roteiro ou visto algo assim antes. Ninguém viu. Chris encara de frente a maneira como entendemos a física do tempo, através das lentes deste personagem. Não sei qual é o fascínio dele pelo tempo, mas adoro como ele lida com isso em seus filmes”.

‘Tenet’ surpreende público. (Foto: divulgação)

A produtora Emma Thomas lembra ainda que, de alguma forma, todos compartilham o fascínio de Nolan pelo tempo. “Estamos todos um pouco obcecados com o tempo, não estamos? É algo que, seja quem for, de onde quer que seja, qualquer que seja sua experiência de vida, sabe que não pode mudar. Isso te governa. Não posso falar pelo Chris, mas essa é a minha perspectiva. É interessante porque, dado o fato de que o tempo é universal, também é algo que você sente muito subjetivamente: você sabe, as crianças sentem o tempo muito diferente dos adultos. Sinto que está acelerando além da medida. E então, durante esta pandemia, nossa percepção do tempo tem sido completamente distinta… dias parecem semanas, e meses passam como minutos. Tem sido muito estranho”, revela.

“Curiosamente, verificou-se que a ideia de inverter o tempo não está fora do reino das possibilidades para os físicos modernos, considerando a lei da entropia que, nos termos mais básicos, estabelece que todas as coisas e situações tendem para a desordem. Todas as leis da física são simétricas – elas podem ir para frente ou para trás no tempo e serem as mesmas, exceto para a entropia”, explica Nolan. “A teoria é que se você pudesse inverter o fluxo de entropia para um objeto, você poderia reverter o fluxo de tempo para esse objeto, de modo que a história do filme é fundamentada nos conceitos da física. Eu pedi ao físico Kip Thorne para ler o roteiro, e ele me ajudou com alguns dos conceitos, embora nós não tenhamos intenção de ser cientificamente precisos. Mas nos baseamos na ciência”, afirma o cineasta.

Quando leu o roteiro pela primeira vez, Emma Thomas admite que ficou “um pouco assustada com a sua grandeza, mas a premissa era tão original e intrigante. Alguns dos filmes de Chris têm sido bastante complicados de analisar apenas pelo roteiro, mas então você sabe que tudo vai fazer sentido quando assisti-los na telona”.

Para as filmagens, o diretor sabia que concretizar sua visão exigiria “um conjunto de regras que não era tão simples quanto reverter a câmera ou filmar de trás para frente. Há uma interação entre a direção do tempo e o ambiente em que estamos, como as coisas se movem ao nosso redor e até no ar que respiramos”, esclarece. “A noção de inversão é assimétrica, então reproduzir isso era complicado e tinha que ser abordado de forma ainda mais complicada. Isso significava uma variedade de técnicas, desde os atores e dublês serem capazes de realizar cenas de luta e correr e caminhar em direções diferentes, até veículos conduzidos para frente ou para trás em várias configurações para que pudéssemos, cena a cena, mudar completamente a técnica que estávamos usando para criar um visual específico”, explica Nolan.

Ainda segundo Nolan, o meio visual do filme é realmente a única maneira pela qual facetas específicas da história poderiam ser realizadas: “A grande beleza da câmera é que ela realmente vê o tempo. Antes de a câmera de cinema existir, não havia como as pessoas conceberem coisas como câmera lenta ou câmera reversa. Então, o cinema em si é a janela para o tempo que permitiu que este projeto se concretizasse. É literalmente um projeto que só existe porque a câmera de cinema existe”, reforça.

Sobre o filme
John David Washington é o novo Protagonista no espetáculo de ação e ficção científica original de Christopher Nolan: Tenet.

Armado com apenas uma palavra – Tenet – e lutando pela sobrevivência de todo o mundo, o Protagonista viaja por um obscuro mundo de espionagem internacional em uma missão que se desdobra em algo além do tempo real.

Não é viagem no tempo. Inversão .

O elenco internacional de Tenet também inclui Robert Pattinson, Elizabeth Debicki, Dimple Kapadia, Aaron Taylor-Johnson, Clémence Poésy, com Michael Caine e Kenneth Branagh.

Nolan escreveu e dirigiu o filme, utilizando uma mistura de IMAX® e 70mm para trazer a história para o cinema. Tenet foi produzido por Emma Thomas e Nolan. Thomas Hayslip atuou como produtor executivo.

A equipe criativa de Nolan nos bastidores inclui o diretor de fotografia Hoyte van Hoytema, o designer de produção Nathan Crowley, a editora Jennifer Lame, o figurinista Jeffrey Kurland, o supervisor de efeitos visuais Andrew Jackson e o supervisor de efeitos especiais Scott Fisher. A trilha sonora é composta por Ludwig Göransson.

Tenet foi filmado em locações de sete países diferentes.

A Warner Bros. Pictures apresenta, uma produção da Syncopy, um filme de Christopher Nolan, Tenet. A Warner Bros. Pictures distribui Tenet nos cinemas e IMAX de todo o mundo, com lançamento previsto para 29 de outubro no Brasil.

Conheça os dubladores por trás do longa Como Cães e Gatos 3: Peludos Unidos! da Warner Bros. Pictures

(Foto: divulgação)

Como Cães e Gatos 3: Peludos Unidos!, terceiro filme da franquia Como Cães e Gatos, da Warner Bros. Pictures, chegou aos cinemas brasileiros na última quinta-feira. Dirigido por Sean McNamara, a aventura para toda família que envolve animais no mundo da espionagem, possui uma rede de grandes dubladores brasileiros que levam ao público diversão e boas risadas.

“Na dublagem nós só temos a voz para conseguir passar toda a emoção do personagem, ao contrário de outros trabalhos que fazemos como ator em que podemos usar o corpo e as expressões faciais”, explica Renan Freitas, 35, que é o grande responsável por dublar Roger, o cão protagonista do filme. “Eu amei o convite, primeiro porque já sou fã da franquia, assisti aos outros dois filmes com minha família. E segundo porque eu amo demais cachorro, sempre criei”, conta.

(Foto: divulgação)

Para Renan, a parte de encontrar a voz do personagem é a mais interessante. “É o momento em que viro uma chave e o Renan Freitas não está mais ali. Tento pegar os trejeitos e a forma de falar do personagem. Tento ir o mais próximo da voz original e o Max Greenfield (voz original do Roger) fez um ótimo trabalho, o que me ajudou muito, além dos efeitos especiais no qual nós conseguimos ver expressão humana nos olhos e na boca”.

Renan não só se divertiu na experiência de dublar um cão, e na troca com os colegas dubladores, o filme teve um significado mais do que especial para ele. “No primeiro dia de dublagem do filme minha filha me mandou uma foto de um filhote de cachorro dizendo que tinha aparecido na casa da tia dela. Ela se apaixonou e já deu o nome de “Chocolate”. Assim que vi a foto eu tive a certeza de que devíamos adotá-lo. O filme ajudou na minha decisão. Nesse mesmo dia nossa família aumentou”, conta.

“Nós nunca sabemos com antecedência para qual papel somos escalados ou qual produção iremos dublar, sempre é uma surpresa boa”. Mesmo sendo fã do “time dos cães”, o dublador Hércules Franco, 60, afirma que foi um grande presente ser chamado para dublar a ave Pablo, o líder do POPÓ – Pets Originais sem Pedigrees Ordinários .

“Eu seria um vilão, com uma voz forte de vilão e que no fim, é uma pequena cacatua, não tem como não ser mais divertido do que isso”, afirma.

(Foto: divulgação)

Para Hércules os “bons moços” são chatos e a voz do personagem vem totalmente da interpretação do dublador. “Adoro dublar os vilões, são os melhores personagens, e também os mais divertidos com diversos desafios para trabalhar a voz.

A maior dificuldade foi achar o tom da Cacatua em seus gritos durante a gravação”, explica.Com mais de 30 anos dedicados ao trabalho de dublagem, Hércules traz em seu currículo grandes dublagens como a dos atores Hugh Jackman, Kevin Bacon, Luke Evans, Woody Harrelson e Bruce Willis.

(Foto: divulgação)

Aline Ghezzi, 56, é quem confere não somente a voz, mas toda a graça, elegância e inteligência de Gwen, a gata que divide o protagonismo com os outros personagens.

“Fiquei extremamente feliz com convite, estávamos voltando aos estúdios, com todos os rigorosos protocolos de segurança, nossa rotina de trabalho mudou. Então, poder dublar um longa tão fofo, foi muito especial nesse período”.

No caso da gata Gwen, a dubladora explica que no movimento labial, o processo é o mesmo que usamos para personagens humanos. “O nosso objetivo é sincronizar as falas, sempre, de modo que você esqueça que é dublador. O maior desafio acontece quando você tenta imaginar qual a voz os animais teriam, caso falassem. Quando dublamos, seguimos o que ouvimos, para ficar o mais fiel possível ao original”, conta.

A preparação vocal é extremamente importante na rotina de um dublador, para Aline, não faz diferença se você irá dublar um ator ou animal. “Eu tenho o hábito de fazer um aquecimento vocal e exercícios de dicção, antes de qualquer trabalho, independente de qual seja. Mesmo dublando animas eles têm personalidades muito humanas na voz”, explica.

“O maior desafio nesta dublagem foi respeitar o limite entre a gatinha fofinha e a gata poderosa e independente, decidida e determinada. Foi uma experiência maravilhosa! Além do filme ser muito legal, contracenar com colegas tão talentosos, e dublar em um estúdio pelo qual tenho tanto carinho, como a Cinevideo, é um privilégio! Espero que todos que assistam ao filme sintam o carinho dos dubladores em cada personagem e se divirtam”.

Além de dubladora Aline é cantora, diretora musical e de dublagem e mãe. Mesmo com 18 gatos, Aline diz que é não é nem do time dos Cães e nem dos Gatos ,mas sim dos animais, e incentiva aos que podem, que realizem a adoção e castração de cães e gatos abandonados para que possam ter um lar.

O elenco de dubladores conta ainda com Isabelle Cunha (Zoe), Dudu Drumond (Max), José Leonardo (Ollie), Eduardo Borgerth (Velho Ed), Malta Júnior (Schnauzer), Oziel Monteiro (Zeek), Marcio Simões (Buck), Isis Koschdoski (Suzan) e Jackie Melo (Tarântula).

Mulher-Maravilha 1984 ganha produtos oficiais inspirados no filme

Os lançamentos da super-heroína são ótimas opções de presentes para os fãs da personagem

Truth, love and justice! Este é o lema da maior heroína de todos os tempos e não é à toa. Para aguardar a chegada da nova aventura da Mulher-Maravilha diretamente dos anos 80, a Warner Bros. Consumer Products preparou uma seleção de produtos oficiais para fãs de todas as idades.

Loja Oficial DC

A Loja Oficial DC preparou uma linha completa para a chegada do filme Mulher-Maravilha 1984. O encontro entre uma das melhores épocas de todas e a maior heroína da DC resultou em uma coleção cheia de cores inspiradas nos anos 80. Peças como camisetas, calçados, acessórios e itens de casa/decoração farão a alegria dos fãs. Para conhecer toda a linha, basta acessar o site.

SOBRE O FILME MULHER-MARAVILHA 1984

Avançando para a década de 1980, a próxima aventura da Mulher-Maravilha nos cinemas a coloca frente a dois novos inimigos: Max Lord e Mulher-Leopardo.

Com a diretora Patty Jenkins de volta ao comando e  Gal Gadot novamente no papel-título, Mulher-Maravilha 1984, da Warner Bros. Pictures, é a sequência da estreia da super-heroína da DC como protagonista nas telas de cinema com o filme “Mulher-Maravilha”, que em 2017 quebrou recordes e arrecadou US$ 822 milhões nas bilheterias mundiais. O filme também tem em seu elenco Chris Pine como Steve Trevor, Kristen Wiig como Mulher-Leopardo, Pedro Pascal como Max Lord, Robin Wright como Antíope e Connie Nielsen como Hipólita.

A Warner Bros. Pictures apresenta uma produção da Atlas Entertainment/Stone Quarry, um filme de Patty Jenkins, Mulher-Maravilha 1984. Com estreia prevista para 24 de dezembro de 2020 no Brasil, o filme será distribuído mundialmente pela Warner Bros. Pictures.

COMO CÃES E GATOS 3: PELUDOS UNIDOS! GANHA TRAILER E PÔSTER OFICIAL

Longa para toda a família é o terceiro da trilogia que chega aos cinemas

(Foto: divulgação)

A Warner Bros. Pictures divulga o novo trailer e pôster de Como Cães e Gatos 3: Peludos Unidos!, filme do diretor Sean McNamara (“Soul Surfer – Coragem de Viver”) e escrito por Scott Bindley (“O Último Verão”). O filme traz a continuidade da aventura entre os mundos rivais dos cães e gatos, quando um vilão tecnológico decide aparecer e um novo conflito surge.

O elenco de dubladores brasileiros conta com Renan Freitas (Roger), Aline Ghezzi (Gwen), Hercules Franco (Pablo), Isabelle Cunha (Zoe), Dudu Drumond (Max), José Leonardo (Ollie), Eduardo Borgerth (Velho Ed), Malta Júnior (Schnauzer), Oziel Monteiro (Zeek), Marcio Simões (Buck), Isis Koschdoski (Suzan) e Jackie Melo (Tarântula).

Sobre o filme
Já se passaram 10 anos desde a criação da Grande Trégua, um elaborado sistema de vigilância conjunta de espécies projetado e monitorado por cães e gatos para manter a paz quando surgem conflitos. Mas quando um vilão tecnológico invade as redes sem fio para usar as frequências ouvidas apenas por cães e gatos, ele as manipula para o conflito, e a batalha mundial entre cães e gatos ESTÁ DE VOLTA. Agora, uma equipe de agentes inexperientes e nunca testados terá que usar seus instintos animais à moda antiga para restaurar a ordem e a paz entre cães e gatos em todos os lugares.

Como Cães e Gatos 3: Peludos Unidos! apresenta grandes estrelas da comédia emprestando suas vozes para esta nova geração de amigos de quatro patas e duas asas, incluindo Melissa Rauch (“Big Bang: A Teoria”) como a gata Gwen, Max Greenfield (“The Neighbourhood”, “New Girl”) como o cachorro Roger, e George Lopez (Rio 2) como o papagaio Pablo.

O filme foi dirigido por Sean McNamara (“Soul Surfer – Coragem de Viver”) e escrito por Scott Bindley (“O Último Verão”), baseado em personagens criados por John Requa & Glenn Ficarra. Os produtores são Andrew Lazar (“Cats & Dogs, Get Smart”) e David Fliegel.

A equipe criativa de McNamara incluiu o diretor de fotografia Adam Sliwinski, o designer de produção Daren luc Sasges, o editor Simon Davidson, a figurinista Valerie Halverson e o compositor John Coda.

A Warner Bros. Home Entertainment apresenta uma produção de Mad Chance, Como Cães e Gatos 3: Peludos Unidos! . O filme conta com distribuição da Warner Bros. Pictures em territórios selecionados.