Arquivo da tag: X-Men

CINÉPOLIS ANUNCIA COMBO DE “X-MEN: FÊNIX NEGRA”, CAPÍTULO FINAL DA FRANQUIA

Vendas começam no dia 30 de maio

A rede Cinépolis, maior operadora de cinemas da América Latina e segunda maior do mundo em ingressos vendidos, inicia no dia 30 de maio a venda do combo promocional de “X-Men: Fênix Negra” com um balde exclusivo com a personagem Jean Grey.

O combo é composto por duas bebidas, que podem ser refrigerante ou suco, e uma pipoca grande no balde exclusivo do filme “X-Men: Fênix Negra”.

(Foto: Divulgação)

A pré-venda de “X-Men: Fênix Negra” está aberta, e os ingressos já podem ser adquiridos por meio do site: https://www.cinepolis.com.br/pre-vendas/.

Para os fãs de mutantes, “X-Men: Fênix Negra” está sendo apresentada como o capítulo final da franquia dos mutantes com o elenco atual. A trama de Fênix Negra se passa dez anos após os eventos do filme mais recente da franquia, “X-Men: Apocalipse”. Mística(Jennifer Lawrence), Fera (Nicholas Hoult), Noturno (Kodi Smit-McPhee), Tempestade(Alexandra Shipp) e Mercúrio (Evans Peters) são heróis nacionais. Charles Xavier(James McAvoy) consegue sair até na capa da revista Time. Jean Grey (Sophie Turner), já transformada em Fênix Negra, perde o controle de seus poderes e vira uma ameaça para o universo.

Com direção de Simon Kinberg, “X-Men: Fênix Negra” chega ao Brasil em 06 de junho.

FOX FILM DIVULGA TRAILER FINAL DE X-MEN: FÊNIX NEGRA

Longa assinado por Simon Kinberg estreia no Brasil em 6 de junho

A 20th Century Fox acaba de divulgar o trailer final de “X-Men: Fênix Negra” (X-Men: Dark Phoenix). O novo filme, que adapta para as telas de cinemas a história “A Saga da Fênix Negra”, estreia em todo o Brasil em 6 de junho de 2019. Simon Kinberg, produtor de “Logan”, “X-Men: Primeira Classe” e diversos outros longas do universo X-Men, assume a direção pela primeira vez.

Em uma ação global inédita, o estúdio disponibilizou o link com o trailer inédito meia hora antes da estreia mundial para alguns fãs pré-selecionados da saga dos mutantes, demonstrando assim a importância que o “fandom” de X-Men tem para os produtores, diretor e todos os envolvidos na execução do filme.

SINOPSE

Esta é a história de um dos personagens mais amados dos X-Men, Jean Grey, enquanto ela evolui para a icônica Fênix Negra. Durante uma missão de resgate no espaço com risco de vida, Jean é atingida por uma força cósmica que a transforma em um dos mais poderosos mutantes. Lutando com esse poder cada vez mais instável, e também com seus próprios demônios, Jean fica fora de controle, dividindo a família X-Men e ameaçando destruir a própria estrutura do nosso planeta. X-Men: Fênix Negra é o filme mais intenso e emocional da saga. É o culminar de 20 anos de filmes X-Men, onde a família de mutantes que conhecemos e amamos deve enfrentar seu mais devastador inimigo – um dos seus.

FOX FILM DIVULGA TRAILER INÉDITO DO AGUARDADO X-MEN: FÊNIX NEGRA

2019 é o ano em que uma fênix surgirá e os X-Men cairão. A 20th Century Fox acaba de divulgar o segundo trailer de “X-Men: Fênix Negra” (Dark Phoenix), juntamente com o novo pôster do filme, que apresenta alguns dos personagens que irão contracenar com Sophie Turner em um dos filmes mais aguardados do ano. Além de Turner, “X-Men: Fênix Negra” traz no elenco Jennifer Lawrence, James McAvoy, Nicholas Hoult, Jessica Chastain, Michael Fassbender, Evan Peters e grande elenco.

O filme dirigido por Simon Kinberg (produtor de X-Men que estreia na direção neste último capítulo da saga) estreia nos cinemas de todo o Brasil em junho de 2019

FOX FILM DIVULGA PRIMEIRO PÔSTER DE X-MEN: FÊNIX NEGRA

A 20th Century Fox acaba de divulgar o primeiro pôster de “X-Men: Fênix Negra”, longa assinado por Simon Kinberg que conta a história de Jean Grey. O pôster apresenta a personagem em um ambiente cósmico que remete a sua transformação. Já o aguardado trailer será divulgado na madrugada de amanhã. “X-Men: Fênix Negra” estreia nos cinemas de todo o Brasil em 2019.

ViewImage.jpg

SINOPSE

Em X-Men: Fênix Negra, os X-Men enfrentam seu inimigo mais formidável e poderoso: um deles, Jean Grey. Durante uma missão de resgate no espaço, Jean é quase morta quando é atingida por uma misteriosa força cósmica. Quando ela volta para casa, essa força não só a torna infinitamente mais poderosa, mas muito mais instável. Lutando com essa entidade dentro dela, Jean desencadeia seus poderes de maneiras que ela não pode compreender nem conter. Com Jean fora de controle, e ferindo aqueles que ela mais ama, ela começa a desvendar a linha que mantém os X-Men juntos. Agora, com esta família desmoronando, eles devem encontrar uma maneira de se unir, não apenas para salvar a alma de Jean, mas para salvar nosso próprio planeta de alienígenas que desejam se armar com essa força e governar a galáxia.

Deadpool 2 estreia nas plataformas digitais em 23 de agosto

Versão traz erros de gravação, easter eggs e comentários do diretor e equipe

Dirigido por David Leitch (Atômica, De Volta ao Jogo)Deadpool 2 (Deadpool 2, USA, 2018) chega às plataformas digitais brasileiras no dia 23 de agosto, para venda e locação. Uma produção de Paul Wernick (Zumbilândia, Deadpool) e roteiro de Rhett Reese (Monstros S.A., Segundas Intenções 3) e Ryan Reynolds (A Proposta, X-Men Origens: Wolverine), versão traz erros de gravação, easter eggs e comentários do elenco e equipe de produção.

original_DP2_hero3-1_2400x800.jpg
Deadpool 2 chega semana que vem nas plataformas digitais. (Foto: Divulgação)

Sequência da história do mercenário mais insolente, Deadpool 2 coloca esse herói em uma aventura ainda maior. Quando Cable (Josh Brolin) vem do futuro para assassinar o mutante Russel (Julian Dennison), Deadpool precisa colocar todo seu heroísmo em ação e impedir que o pior aconteça. Para isso, ele contará com a ajuda de sua equipe X-Force. Ou, ao menos, é nisso que ele acredita.

A edição estendida do longa, Deadpool 2 – Edição do *&#@$%@, com 15 minutos de cenas inéditas e novas piadas, estreia no Brasil no último bimestre deste ano.

EXTRAS

• Erros de gravação

• Até que sua cara doa: tomadas alternativas

• Os lábios de Deadpool estão selados: segredos e easter eggs

• O membro mais importante da X-Force

• Valores da família Deadpool: elenco de personagens

• David Leitch, não Lynch: a direção de Deadpool 2

• Role com os socos: ação e proezas

• O experimento Deadpool na prisão

• Chadrez

• Bombado e sexy

• Monólogo de 3 minutos

• Comentário de Ryan Reynolds, David Leitch, Rhett Reese e Paul Wernick

• Saco de risada de Deadpool 2

• Fotografias

Peter Milligan, roteirista de Hellblazer, Homem-Animal e X-Men, confirma presença na CCXP18

Escritor britânico, que já foi considerado “O Homem do Ano” pela Revista Entertainment Weekly vem ao Brasil para participar do Artists’ Alley e de painéis especiais

CCXP – Comic Con Experience, considerada a maior comic con do planeta após reunir um público recorde de 227 mil pessoas em 2017, confirma a presença do quadrinista britânico Peter Milligan, roteirista de Hellblazer e Homem-Animal, obras que completam 30 anos de lançamento em 2018, além de X-Men, que faz 55 anos.

O artista está confirmado todos os dias em painéis especiais e atividades no Artists’ Alley, espaço dedicado aos quadrinhos dentro da CCXP. A programação completa do escritor dentro do evento será divulgada nos próximos meses.

Peter Milligan é um escritor de grande prestígio na indústria, tendo sido eleito o “Homem do Ano” pela Revista Entertainment Weekly por estar na vanguarda da criação de quadrinhos para públicos mais adulto e mais sofisticados. Seu trabalho em Shade, The Changing Man (Shade, O Homem Mutável) foi considerado um olhar atento e crítico à cultura americana, enquanto EnigmaFace e Rogan Gosh contribuíram para ampliar os limites narrativos das histórias em quadrinhos.

Milligan substituiu Grant Morrison em Homem-Animal (Animal Man) para uma série de seis edições em 1990 e 1991. No mesmo ano, se tornou o escritor regular de Batman em Detective Comics.

Em 2001, juntou-se ao desenhista Mike Allred no título X-Force, em seguida cancelado para o lançamento de X-Statix (X-Táticos, no Brasil). Mais uma revolução: saíram de cena os heróis mercenários para darem lugar a mutantes que são popstars e participantes de reality shows obcecados por popularidade, em histórias que parodiavam as próprias hqs. Segundo Kevin Smith, roteirista e diretor dos filmes Clerks e Chasing Amy, X-Statix era “a análise mais apurada publicada até então sobre a manipulação da mídia do ponto de vista da cultura pop”. A série recebeu ampla cobertura da mídia em geral, destacadamente pela revistaRolling Stone.

No final de 2008, Milligan assumiu a série Hellblazer e foi o roteirista a ficar mais tempo à frente do título seminal da Vertigo que conta as aventuras do mago John Constantine. Também para a Vertigo, seu trabalho em Human Target serviu de inspiração para série de TV homônima.

Seus trabalhos mais recentes incluem o sucesso de crítica Britannia, hq sobre um detetive da Roma Antiga, e uma releitura de Mummy para a editora Hammer/Titan.

Para o cinema, Milligan escreveu os filmes Pilgrim (Identidade Assassina, no Brasil) e An Angel for May (Um Anjo para May). Atualmente, está escrevendo The Prisoner, inspirada na série clássica de TV, além de roteiros para cinema, entre outros projetos.

Serviço:

CCXP – Comic Con Experience

Data: De 06 a 09 de dezembro de 2018

Horários:

  • Quinta-feira (06 de dezembro) – 12h às 21h
  • Sexta-feira (07 de dezembro) – 12h às 21h
  • Sábado (08 de dezembro) – 11h às 21h
  • Domingo (09 de dezembro) – 11h às 20h

Local: São Paulo Expo – Rodovia dos Imigrantes, km 1,5 – Água Funda, São Paulo – SP.

Sete vezes em que a cultura pop apoiou a causa LGBT

No próximo domingo, dia 03 de junho, acontece uma das maiores manifestações mundiais em prol da diversidade: a Parada do Orgulho LGBT de São Paulo. E o pessoal do site Omelete preparou uma lista para relembrar sete acontecimentos da cultura pop que apoiaram a causa.

Confira:

1 – Casamento homoafetivo nos quadrinhos

O primeiro super-herói abertamente homossexual dos quadrinhos, o Estrela Polar, apareceu na edição 51 de Os Surpreendentes X-men se casando com o seu namorado Kyle. Na HQ, eles se uniram em grande estilo em pleno Central Park, em Nova York, onde o casamento entre pessoas do mesmo gênero foi legalizado no mesmo ano, 2012.

img (1)
(Foto: Divulgação)

2 – Graphic Novel apoia vítimas de ataque homofóbico

Na noite do dia 12 de junho de 2016, o americano Omar Mateen, que disse agir em nome do grupo terrorista Estado Islâmico, entrou armado com um fuzil e uma pistola automática na boate LGBT Pulse, localizada em Orlando, nos Estados Unidos, e fez 49 vítimas, no que foi considerado o maior ataque a tiros da história do país. Meses depois, o quadrinista Marc Andreyko produziu a graphic novel Love is Love, com o objetivo de levantar fundos para as famílias das vítimasO projeto foi premiado pelo Eisner Awards 2017 na categoria Melhor Antologia e estima-se que a obra arrecadou mais 200 mil dólares.

img (2)
(Foto: Divulgação)

3 – Sense8 na Parada de São Paulo

A série Sense8 (Netflix) foi cancelada, mas vai deixar um legado muito importante para a comunidade LGBT. A produção, que contava com personagens gays, lésbicas, bissexuais e transexuais, trouxe todo o elenco principal para a Parada do Orgulho LGBT de São Paulo em 2016, onde gravou algumas cenas e participou ativamente do protesto pelos direitos da comunidade. Além, é claro, de levar o público ao delírio.

img (3)
(Foto: Divulgação)

4 – Ian McKellen e a representatividade gay no cinema

O ator Ian McKellen, que viveu o Magneto em vários filmes da franquia doX-Men e Gandalf de Senhor dos Anéis, se assumiu gay publicamente há 30 anos e desde então se tornou um ativista pela representatividade LGBT em Hollywood. Recentemente, o ator fez declarações polêmicas em relação ao filme Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwaldsobre o personagem Dumbledore (Jude Law) não ser explicitamente gay no filme. Na declaração ele disse: …”Homens gays não existem (para Hollywood). ‘Deuses e Monstros’, eu acho, foi o início de Hollywood admitir que há gays, mesmo que metade de Hollywood seja gay”,criticou ele. Ele também disse em entrevista que deseja ver um James Bond gay e acha que produções do gênero de super-heróis deveriam ter personagens LGBT.

img (4)
(Foto: Divulgação)

5 – Oscar de Melhor Filme para Moonlight

Moonlight, dirigido por Barry Jenkins, foi o primeiro filme com um protagonista explicitamente gay a abocanhar a estatueta máxima da premiação em 2017. Dividido em infância, adolescência e fase adulta, o filme conta a história de um homem chamado Chiron (Alex R. Hibbert, Ashton Sanders e Trevante Rhodes) e seu processo de reconhecimento da própria sexualidade enquanto enfrenta paralelamente problemas ligados à segregação racial. Filmes sobre histórias LGBT chegaram a ser indicados à categoria, como Clube de Compras DallasMilk – A Voz da Igualdade ou O Segredo de Brokeback Mountain, mas historicamente se restringiram a ganhar categorias como Direção, Roteiro Adaptado ou, principalmente, prêmios de atuação para atores heterossexuais que assumiram personagens LGBT.

img (5)
(Foto: Divulgação)

6 – RuPaul’s Drag Race e a popularização da arte drag

Em sua 10ª temporada, além dos três especiais All Stars, o reality show comandado por RuPaul foi, ano a ano, se consolidando como um fenômeno de audiência da televisão e da internet. A estreia da 9ª temporada, por exemplo, foi assistida nos EUA por quase 1 milhão de pessoas e mais de uma centena dedrag queens já passaram pela atração. A competição levou aos mais diversos públicos uma forma de expressão artística que, apesar de amparada em raízes muito antigas, foi criada pela comunidade LGBT como forma de subverter noções ligadas à masculinidade e à heteronormatividade compulsória.

img (6)
(Foto: Divulgação)

7 – Personagem gay entre os cinco X-Men originais

Em 2015, na edição #40 da All-New X-Men, a versão mais jovem do Homem de Gelo, um dos cinco primeiros alunos do Professor Xavier, assumiu ser gay. O personagem foi enviado para o presente junto dos outros quatro companheiros originais (Ciclope, Fera, Anjo e Jean Grey) e a novidade, é claro, influenciou na vida do Bobby Drake adulto, que nunca havia revelado sua orientação sexual. Após a novidade, o personagem mais velho ganhou sua publicação solo – a primeira da Marvel centrada em um personagem LGBT – e deu seu primeiro beijo em outro homem na edição #6 de Homem de Gelo.

img (7)
(Foto: Divulgação)

Lançamentos de final de ano da Iron Studios

As três unidades (SP e RJ) e o e-commerce trazem versões exclusivas de Marvel Comics e novidades do universo DC Comics e Star Wars

Iron Studios Concept Store, principal loja conceito de colecionáveis do país com três unidades espalhadas por São Paulo e Rio de Janeiro, e um e-commerce repleto de itens exclusivos, apresenta as novidades que chegam às prateleiras virtuais e físicas em dezembro.

Um grande sucesso entre fãs e colecionadores, a linha Marvel Comics Art Scale 1/10 da Iron Studios ganha três aguardados lançamentos em dezembro, e todos com versões exclusivas Concept Store e Online Store, com peças extras intercambiáveis e fixas magneticamente por imãs.

Capitão América chega com seu mais clássico visual dos quadrinhos, e com uma versão exclusiva das lojas Concept Store e do site que traz como bônus uma troca de cabeça com sua máscara original no formato capacete, e uma troca de escudo com a primeira versão retangular, configurando a figura tanto com seu visual original de 1941, quanto o mais popular com o escudo redondo. Em edição limitada, a peça foi fabricada em polystone e pintada à mão. Por R$ 379,99.

vo.jpg

Para os fãs dos heróis mutantes dos X-Men há dois lançamentos, ambos em edição limitada, fabricados em polystone e com pintura manual. O gigante metálicoColossus, que ficou mais conhecido do grande público por sua participação no filme Deadpool, e a guerreira PsylockeColossus na versão exclusiva lojas Concept Store vem com uma mão extra segurando o olho de um robô Sentinela, por R$ 379,99. Já Psylocke nas lojas Concept Store traz uma cabeça extra com cabelos soltos por R$ 349,99.

img.jpgimg (1).jpg

Já para os fãs de Star Wars, chega outro lançamento ansiosamente aguardado, o icônico Darth Vader da linha Legacy Replica 1/4. Em edição limitada, com aprox. 52,8 cm de altura, foi produzido com base em referências originais do filme, fabricado em polystone e pintado à mão. Traz duas opções de braço direito e quatro opções de braço esquerdo. Seu painel peitoral segue a exata sequência de luzes que aparece no filme. Acompanha base diorama baseada na Echo Base de Star Wars episódio V: O Império Contra-Ataca. Por R$ 3199,99.

img (2).jpg

E para não deixar os fãs da DC também sem novidades, chega o enigmático Arkham Knight 1/10 Art Scale, principal antagonista do game que leva seu nome. Durante toda história do jogo sua verdadeira identidade permanece um mistério, mas fica evidente que se trata de alguém que conhece bem o Batman e suas habilidades. Produzido com base em referências 3D originais do game, fabricado em polystone e com pintura manual. Também terá uma versão exclusiva, com um par de mãos e rifle, disponível para o site e as lojas Concept Store por R$ R$349,99.

img (3).jpg

Hugh Jackman se despede de Wolverine em grande estilo

Por Rodrigo Bocatti

Desde o anúncio que Hugh Jackman se despedir do personagem Wolverine nos cinemas os fãs começaram a pedir uma saída digna, que fosse a redenção dos filmes anteriores do carcaju. E quando saiu a classificação R nos Estados Unidos (no Brasil apenas maiores de 16, ou acompanhados dos responsáveis, podem assistir), a internet quase veio abaixo, já que com uma idade maior a essência de Logan e a violência dos quadrinhos poderia ser retratada nas telonas.

E quem foi (ou ainda vai) assistir não ficará decepcionado, pelo contrário, sairá da sala que a 20th Century Fox e o diretor James Gold fizeram um excelente trabalho e fecharam o ciclo de Hugh com chave de ouro.

Logan_8RwGQbp.jpg
Hugh Jackman viveu Logan pela última vez, nos cinemas. (Foto: Divulgação)

 

O filme foge da temática de um super vilão que quer dominar o mundo e o herói tem que salvar o dia. É bem diferente disso. Em um mundo ontem não existem tantos mutantes, Logan busca proteger os que vivem com ele. Porém, quando conhece uma mulher, sua vida tem uma reviravolta. Com menos agilidade e seu poder de cura desacelerando por causa da idade, ele tem que lidar com perdas durante o caminho para salvar Laura (Dafne Keen), criada a partir de uma experiência, onde os poderes são semelhantes aos seus, e seus amigos mutantes, garantido o futuro de espécie.

Inimigos impiedosos e lutas de tirar o fôlego, Gold conseguiu reunir a brutalidade do mutante, mas também o seu lado humano. Com certeza os fãs de Hugh Jackman e dos X-Men são brindados com um ótimo espetáculo, do jeito que todos imaginaram o carcaju. Resta saber agora se veremos a X-23 em futuros filmes dos mutantes, já que ela cativa no filme e ganha os corações dos fãs.

Legion: série do universo X-Men terá lançamento mundial simultâneo pela Fox

Por Minha Série

A Fox adquiriu os direitos de transmissão da nova série Legion para os mercados internacionais e planeja realizar um lançamento mundial simultaneamente à estreia nos Estados Unidos, no começo de 2017.

O canal tem realizado essa prática em programas como The Walking Dead, Outcast e Wayward Pines, estreando os episódios em diversos mercados no mesmo dia que nos Estados Unidos. Aqui pelo Brasil, o programa pode chegar através do novo canal premium da Fox, o Fox1.

Série "Legião", da Fox, terá estreia mundial. (Foto: Divulgação/Marvel Comics)
Série “Legião”, da Fox, terá estreia mundial. (Foto: Divulgação/Marvel Comics)

Legion vai contar a história de David Haller (interpretado pelo ator Dan Stevens), personagem que, desde adolescente, lida com uma doença mental. Diagnosticado como esquizofrênico, David tem diversas passagens por hospitais psiquiátricos até descobrir que existe a possibilidade de que as vozes e as visões que o perseguem podem ser reais.

David é, na verdade, filho de ninguém menos que Charles Xavier, e, nos quadrinhos, entrou para a equipe do X-Factor quando conseguiu fundiu suas várias personalidades em um único e poderoso indivíduo.

Apesar de se passar no universo dos X-Men, o programa não irá contar com os mutantes conhecidos dos cinemas!

A primeira temporada de Legion terá oito episódios e chega no início de 2017.