Novos Samsung Galaxy dobráveis impulsionam um futuro mais sustentável enquanto fornecem a experiência móvel mais versátil

O Negócio de Mobile Experience da companhia compartilha o progresso em seu compromisso de fazer mais com menos por meio do “Galaxy for the Planet”

(Foto: divulgação)

Samsung Electronics Co., Ltd. anunciou que fez progressos para alcançar as metas de sustentabilidade de 2025 para o Negócio de MX (Mobile eXPerience). As principais iniciativas incluem o desenvolvimento e a incorporação de materiais reciclados em produtos, o design de embalagens mais ecologicamente conscientes e dar uma vida nova dispositivos Samsung Galaxy antigos para reduzir o lixo eletrônico.

Desde o anúncio da visão “Galaxy for the Planet” no Unpacked, em agosto de 2021, a Samsung trabalhou diligentemente para criar outras maneiras de reciclar e reutilizar recursos que, de outra forma, se tornariam resíduos prejudiciais, minimizar sua pegada ambiental e inspirar a inovação que ajuda a preservar o planeta. Hoje, a Samsung compartilha o progresso em sua jornada de sustentabilidade até o momento.

“A Samsung está tomando ações consistentes e impactantes que ajudam a proteger as pessoas e o planeta. Combinamos sustentabilidade e inovação em tudo o que fazemos”, disse TM Roh, presidente e líder de Negócios de Experiência Móvel da Samsung. “Estou orgulhoso de nosso progresso até agora. Ao mesmo tempo, tem sido uma experiência de grande aprendizado que nos permite continuar em nossa jornada para alcançar nossa visão de sustentabilidade com ainda mais convicção e rigor do que antes”.

Expandindo o uso de materiais reciclados para o Galaxy Z Fold4 5G e o Galaxy Z Flip4 5G

Desenvolver novos materiais reciclados é uma área foco para o “Galaxy for the Planet”. Quanto mais a Samsung recicla, mais recursos ela preserva. Embora o reaproveitamento de materiais em dispositivos Galaxy apresente muitos desafios, os benefícios para o planeta valem o esforço.

A Samsung projetou a nova série Galaxy Z e o Galaxy Buds2 Pro com redes de pesca reaproveitadas, ou redes fantasmas, que poderiam acabar no oceano

Integrado pela primeira vez na série Galaxy S22 em fevereiro de 2022, hoje há onze dispositivos Galaxy que utilizam redes de pesca reaproveitadas, incluindo a série Galaxy Book2 Pro e a série Galaxy Tab S8 5G. Ao transformar redes de pesca abandonadas em um material de alto desempenho para a tecnologia Galaxy, a Samsung ajuda a minimizar os efeitos da poluição plástica – 640 mil toneladas de redes de pesca são abandonadas e poluem os oceanos do mundo todos os anos1.

A reutilização de redes de pesca descartadas é apenas um exemplo dos avanços da Samsung no aumento do uso de materiais reciclados em seus produtos.

A Samsung incorporou materiais eco-conscientes, incluindo redes de pesca reaproveitadas, materiais pós-consumo (PCM) ou resina de base biológica em 90% dos dispositivos Galaxy lançados no ano passado2. Para o Galaxy Buds2 Pro, mais de 90% do produto é feito com materiais reciclados3.

Este processo requer engenharia complexa e habilidades técnicas para garantir a qualidade geral, segurança e confiabilidade de todos os novos materiais para as tecnologias inovadoras da Samsung. A Samsung planeja fazer mais investimentos em pesquisa e desenvolvimento para obter e transformar outros novos materiais para uso em produtos Galaxy e aumentar a presença de materiais reciclados em cada dispositivo.

Mudando a forma como os produtos Galaxy são embalados

A Samsung estabeleceu uma meta de eliminar todos os plásticos de uso único em embalagens de produtos móveis até 2025, e a empresa já reduziu uma quantidade considerável de plásticos de uso único em suas embalagens atuais para smartphones Galaxy, incluindo os novos dobráveis Galaxy. A Samsung explorará mais formas de eliminar plásticos de uso único em embalagens, avaliando todos os aspectos de seus designs de embalagens, até o menor dos detalhes.

Começando com o lançamento da família Galaxy S22 5G, a Samsung usa agora o papel 100% reciclado para embalar seus smartphones topo de linha.

Desta forma, a Samsung poupa o equivalente a cerca de 51.000 árvores4 com a linha Galaxy S22 5G e a nova linha Galaxy Z este ano

A Samsung reduziu também o volume de embalagem para o Galaxy Z Flip4 5G em 52.8% e para o Galaxy Z Fold4 5G em 58.2%, comparados respectivamente aos dobráveis Galaxy de primeira geração. Reduzindo o volume da embalagem de cada dispositivo, a Samsung reduz em última análise sua pegada ambiental ao transportar estas unidades usando caminhões, aeronaves e navios. A companhia estima que esta redução no volume de embalagem equivale a uma redução em emissões de carbono de transporte de aproximadamente 10.000 toneladas até o fim de 20225. Além de embalagens em constante evolução para smartphones topo de linha, a Samsung expandirá embalagens ecológicas para outras categorias de produtos.

Soluções de dimensionamento que reduzem o lixo eletrônico

Mais do que nunca, reduzir o lixo eletrônico é crucial para o avanço de uma economia circular que preserva e reutiliza os recursos finitos do planeta. Segundo o Fórum Econômico Mundial, 57 milhões de toneladas de lixo eletrônico foram geradas em 2021 e espera-se um crescimento anual de 2 milhões de toneladas6.

Para resolver isso, a Samsung vem expandindo o programa Galaxy Upcycling, que dá nova vida aos smartphones Galaxy mais antigos. Através do Galaxy Upcycling At Home7, a Samsung reaproveita os smartphones com uma simples atualização de software que os transforma em dispositivos domésticos inteligentes que auxiliam as necessidades diárias, como cuidados infantis e cuidados com bichos de estimação.

Uma parte importante do Galaxy Upcycling é garantir que essas práticas sustentáveis não apenas apoiem o meio ambiente, mas também melhorem a vida das pessoas. Além disso, a empresa transforma dispositivos Galaxy de segunda mão em equipamentos de diagnóstico médico chamados Câmeras Fundus EYELIKE™ que fornecem serviços de cuidados oftalmológicos necessários em comunidades carentes. Este programa já atualizou centenas de dispositivos Galaxy e forneceu cuidados oftalmológicos básicos para mais de 13.000 pacientes no Vietnã, Marrocos, Índia e Papua Nova Guiné.

O caminho adiante

A Samsung estabeleceu claras metas de sustentabilidade apresentando soluções por meio de seu negócio. Seja reaproveitando redes de pesca descartadas para dispositivos Galaxy, se esforçando para obter embalagens sem plástico ou nos movendo adiante para alcançar lixo zero para aterros e zero energia no modo de espera de carregadores de smartphones, a Samsung está alcançando sua visão “Galaxy for the Planet” um passo por vez.

Haverá mais desafios ao longo do caminho, mas a Samsung vai se responsabilizar e continuar a relatar o progresso em sua missão de efetuar mudanças positivas e inspirar outros a proteger o planeta para as próximas gerações.

1 Dados obtidos conforme pesquisas realizadas pela FAO e UNEP.

2 Por número dos modelos. Isso inclui smartphones Galaxy, tablets, laptops e wearables que a Samsung lançou globalmente de setembro de 2021 a agosto de 2022. Há 37 modelos lançados globalmente durante este período e 34 modelos incluem pelo menos um componente que é feito de materiais reciclados ou resina de base biológica.

3 Mais de 90% de todos os componentes plásticos do Galaxy Buds2 Pro, em peso, são feitos de materiais reciclados. 29 gramas de plásticos são usados no Galaxy Buds2 Pro no total, e inclui mais de 27 gramas de materiais reciclados. Cada um desses componentes contém pelo menos 20% de redes de pesca descartadas (plástico oceânico) ou materiais pós-consumo. Redes de pesca recicladas são usadas em três componentes internos. Os materiais reciclados pós-consumidor são usados em oito componentes exteriores.

4 Um pinheiro de 30 anos de idade consegue produzir 59 kg de papel.

5 Isto é calculado com base nas normas ISO 14040:2006 e 14044:2006 , usando a base de dados de Ecoinvent 3.8 para o transporte dos modelos SM-F700F, SM-F721B, SM-F900F e SM-F936B da Coreia para a Europa.

6 Fórum Econômico Mundial, “O lixo eletrônico deste ano superará a Grande Muralha da China,” 18 de outubro de 2021.

7 O “Galaxy Upcycling at Home” está disponível atualmente nos EUA, no Reino Unido e na Coreia e a disponibilidade pode variar por operadora. Este recurso está disponível em toda a série Galaxy S, Note, e Série Z lançada desde 2018 (Galaxy S9, Galaxy Note9 ou posterior) rodando Android 9 e superior. Mais dispositivos serão suportados no futuro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s