Arquivo da tag: Turismo

Aventura para todos: cinco diferentes trilhas em Campos do Jordão (SP)

Longe de ser o destino ideal apenas para o inverno, Campos do Jordão atrai cada vez mais turistas em outras estações. Com clima ameno e proximidade com a natureza, a variedade de trilhas pela Serra da Mantiqueira é um dos fatores que encanta visitantes. Entre belas paisagens e cachoeiras, há alternativas para iniciantes e mais experientes, incluindo caminhos para percorrer a pé, a cavalo ou pedalando.

Listamos cinco dessas trilhas para você escolher por onde começar a aventura. Confira abaixo!

Trilha em Campos do Jordão. (Foto: Divulgação)

1 – Trilha da Cachoeira da Galharada

Para quem está começando, a Trilha da Cachoeira da Galharada, no Horto Florestal de Campos do Jordão, é ideal. O passeio a pé pelos 4,7 km de distância é simples mesmo para aqueles que não têm um ótimo condicionamento físico.  Durante o trajeto é possível observar a Estação de Truticultura e Salmonicultura do Instituto de Pescas. A caminhada é perfeita para relaxar e contemplar as araucárias e o verde da mata nativa, além de aproveitar, ao final, a cachoeira que dá nome à trilha.

2 – Trilha do Zig Zag

Outra boa escolha é a Trilha do Zig Zag, uma das mais famosas de Campos do Jordão. Ela pode ser realizada caminhando, mas é perfeita para quem pedala em montanhas. De dificuldade média, seu trajeto tem início com mais de 15 Km de descida e muitos obstáculos naturais. A Zig Zag segue vários quilômetros em estrada de terra, um verdadeiro convite para acelerar as pedaladas, finalizando o percurso no Vale do Lageado.

3 – Trilha da Casa Redonda

Conhecida como Alto do Capivari, também aparece entre as indicadas para os iniciantes. São 16 km de ida e volta, partindo da Vila Capivari e atingindo mais de 1.700m de altitude, oferecendo uma vista panorâmica de toda a região e com trechos de rara beleza. Vale o esforço inicial da subida.

4 – Trilha do Rola Tronco

Para os mais radicais, a Trilha do Rola Tronco está entre as favoritas. São 23 km entre ida e volta, partindo da Fonte dos Milagres, na Vila Capivari. O percurso desce pela floresta e conta com muitos troncos soltos e raízes lisas, trazendo grau médio de dificuldades e a necessidade do acompanhamento de um guia qualificado, mesmo que você já tenha experimentado esse tipo de aventura.

5 – Trilha das Três Matas

Outra que exige algum grau técnico é a Trilha das Três Matas. Seu percurso, com cerca de 8 km, é ideal para ser percorrido de bicicleta. O início da trilha, fácil de localizar, é pela estrada que dá acesso ao Morro do Elefante. Ao longo do trajeto aparecem outras trilhas, mas todas se encontrarão novamente com a principal. O ponto alto do passeio é, literalmente, o visual das pedras a 1750 m de altitude, perfeito para parar e contemplar o visual imperdível antes de seguir até o final do percurso, bem próximo da Fonte da Minalba.

Para hóspedes e não hóspedes: trilhas de Campos do Jordão integram programas de lazer de hotéis

Hotéis como o Toriba e o Vila Inglesa também oferecem um cardápio de passeios e trilhas, mesmo para quem não está hospedado nas propriedades. O programa AvenToriba, por exemplo, tem percursos aos sábados por diferentes trilhas na Serra da Mantiqueira.  No Hotel Vila Inglesa pode-se fazer passeios pelas trilhas a pé ou a cavalo, opção disponível também no Parque Tarundu, palco de muitas outras atividades radicais outdoor.

Interior de São Paulo conta com refúgio para quem busca descanso e diversão junto da natureza

Parque Maeda, em Itu, é um complexo turístico com chalés, pesqueiro, restaurante, parque aquático, passeio de trenzinho e diversas outras atrações

Quem busca fugir da correria do dia a dia e relaxar em um refúgio tranquilo e próximo da natureza, junto de amigos e familiares, tem o destino certo. Localizado em Itu, a 75 km de São Paulo, o Parque Maeda conta com diversas atrações de lazer para todas as idades.

O local é famoso pelos fortes traços da cultura oriental, que vão desde as belas flores do jardim japonês até os pratos típicos servidos no restaurante, como sushis e sashimis. Entre as opções para curtir com as crianças estão as piscinas com toboágua, teleférico, pedalinho, quadriciclo e circuito de arvorismo. Para conhecer os principais pontos do Parque Maeda, é possível se divertir com o passeio de trenzinho ou se aventurar nos teleféricos de 460 e 600 metros de extensão. Um dos passeios leva os visitantes até a árvore gigante, uma árvore centenária com vários mirantes construídos sobre a copa – o mais alto chega a 22 metros de altura.

Parque Maeda oferece opções para toda família. (Foto: Divulgação)

Aos finais de semana e feriados, todas as atividades do parque são abertas e os visitantes têm a opção de adquirir o passaporte promocional, um day use que permite usufruir de diversas atividades, incluindo o almoço. Há passeios de carruagem, a cavalo – incluindo cavalgada – e   voo de helicóptero por todo o perímetro do parque ou pela área do parque mais a cidade de Itu. A vista panorâmica é incrível e atrai muita gente.

As atividades de lazer têm início às 9h e seguem até as 17h. O horário individual das atrações está disponível no site:www.parquemaeda.com.br.

Pesca esportiva

Um dos motivos que levam pessoas de todo o Estado de São Paulo a visitarem o Parque Maeda é a pesca esportiva. O local é referência entre os amantes da pesca, que chegam a encontrar peixes de até 20 quilos nos tanques. No pesqueiro estão disponíveis a pesca diurna e noturna, das 7h às 23h30.  Além do Pesqueiro, o Parque disponibiliza também o Tancão e o Tanque de Engorda para pesca diurna.

Alitalia tem novidades no cardápio de bordo em abril

Já estão disponíveis nos voos da Alitalia cardápios totalmente renovados, para as Classes Econômica, Econômica Premium e Magnifica. A enogastronomia sempre foi um dos pontos fortes da companhia aérea italiana e as novidades oferecidas a partir deste mês confirmam ainda mais sua excelência.              

Para a Classe Executiva Magnifica, estão sendo servidas seis novas opções de entradas e sobremesas nos voos de médio alcance (exceto para voos de Tel Aviv). Todos os pratos são inspirados na culinária italiana e a seleção dos ingredientes é variada mensalmente, garantindo sempre novas opções para os passageiros frequentes. Além disso, um novo serviço de lanches será adicionado, com uma seleção de petiscos quentes, acompanhados de salada e sobremesa. Para a Classe Econômica Premium em voos de longo curso saídos da Itália será oferecido este mesmo cardápio, porém com variações trimestrais.

Refeição da Classe Econômica (arroz basmati, panzotti recheado com berinjela e queijo scamorza e mousse de ricota com crumble de wafer de cannoli e laranjas cristalizadas) . (Foto: Divulgação)

As refeições da Classe Econômica também já estão cheias de novidades. Como entrada, um arroz basmati com pesto de rúcula, tomate seco e flocos de amêndoas torrados. Já para o prato principal, é possível escolher entre um panzotti recheado com berinjela e queijo scamorza com molho de tomate e manjericão ou almôndegas de frango com purê aromatizado de manjericão e molho de limão, acompanhado de abobrinha refogada e azeitonas pretas. Para finalizar, é servido como sobremesa uma mousse de ricota com crumble de wafer de cannoli e laranjas cristalizadas.

Frango com purê aromatizado de manjericão – prato da Classe Econômica. (Foto: Divulgação)

No Brasil, a Alitalia tem voos diários saindo do Rio de Janeiro e dois voos por dia saindo de São Paulo, todos com destino a Roma e conexões. A companhia voa para 26 destinos italianos e 68 internacionais, com uma frota de 118 aeronaves, realizando mais de 1.800 voos por semana.              

Para mais informações, acesse: http://www.alitalia.com.br


Pacotes turísticos mostram os tesouros arqueológicos do Peru

Opções da Françatur Turismo contemplam o Caminho Inca, Machu Picchu, o lago Titicaca e os antigos templos em Cusco

Com maravilhas arquitetônicas construídas há milhares de anos e tesouros escondidos em sítios arqueológicos, o Peru é um país imperdível para quem aprecia história e gosta de ter contato com culturas diferentes. Dos caminhos sagrados que levam a Machu Picchu às visitas a povos locais em ilhas artificiais, a Françatur Turismo oferece os mais diferentes roteiros para todos os estilos de viajantes.

Considerada a melhor caminhada da América do Sul, a trilha Inca, que leva ao povoado símbolo do Império e Patrimônio Mundial da UNESCO, é contemplada no roteiro “Caminho Sagrado a Machu Picchu”. O itinerário começa em Piscacucho, seguindo em direção a um mirante natural onde é possível apreciar o sítio arqueológico Llaqtapata. Antes de chegar ao destino final, atravessa-se grandiosas ruínas nas cidades de Huayllabamba e de Sayacmarca e observa-se a flora e a fauna em Llulluchapampa, as paisagens cênicas da montanha Warmiwañusca, o sítio arqueológico mais bem preservado –Phuyupatamarca -, os terraços agrícolas de Wiñaywayna, o Portal do Sol, conhecido como Intipunku, e a montanha de Huayna Picchu, onde se encontra o Templo da Lua.

Machu-Pichu. (Foto: Divulgação)

Outra maravilha, o lago Titicaca, na fronteira entre o Peru e a Bolívia, também pode ser explorado de ponta a ponta, sendo ótima oportunidade para conhecer uma nova cultura e aprender sobre os costumes locais. Nele, ilhas artificiais construídas de totora abrigam os Uros, povos nativos que preservam tradições ancestrais até hoje, recebendo quem os visita em coloridas vestes típicas.

Lago Titicaca. (Foto: Divulgação)

Também é possível combinar viagens por Lima e Cusco. No primeiro destino, pode-se adicionar experiências gastronômicas com paradas em famosos restaurantes, como o Cala, localizado às margens do Oceano Pacífico, que conta com um cardápio de fusão entre as culinárias mediterrânea e peruana. Já no segundo, reserve um dia para conhecer as fontes sagradas de Tambomachay e o Templo de Koricancha, que já teve os seus muros cobertos de lâminas de ouro e prata.

Mais informações no site www.francatur.com.br ou nos telefones (21) 2102-2440 e (11) 3149-3163.

Hotel na França oferece atividades para explorar as deslumbrantes paisagens da Provence

O cinco estrelas Château de Fonscolombe está localizado em um parque de nove hectares com trilhas cênicas

Durante o planejamento de uma viagem, o hotel é tão importante quanto o destino. Na Europa, por exemplo, o local precisa transmitir a essência do país escolhido, oferecendo atividades que permitam uma autêntica experiência ao turista. É o caso do luxuoso cinco estrelas Château de Fonscolombe, onde os hóspedes têm à disposição um parque de nove hectares no vilarejo de Le Puy-Sainte-Réparade, localizado no coração da Provence, na França, a apenas 20 minutos de Aix-en-Provence.

Vista do Château de Fonscolombe . (Foto: Divulgação)

As famosas paisagens da região, como os campos roxos de lavanda e os vinhedos, podem ser observadas ao caminhar pela área externa do hotel, sem a necessidade de deslocar-se por grandes distâncias. É possível realizar um passeio pela horta e por trilhas que abrigam mais de 180 espécies de flora, incluindo árvores centenárias. Também dá para fazer um tour de bicicleta ou um piquenique nos lindíssimos jardins.

O empreendimento possui, ainda, uma área para praticar petanca, tradicional jogo francês, uma pista de cooper e uma piscina aquecida, que fica em um cenário decorado com fontes e estátuas antigas.

Atividades relacionadas ao vinho são outro destaque no Château de Fonscolombe graças à tradição da Provence. Os brancos, tintos e rosés, produzidos com uvas da propriedade, entre eles o Chardonnay e o Cabernet Sauvignon, ganham um sabor fino e frutado devido ao clima mediterrâneo. A melhor pedida é andar pelas plantações e conhecer como as safras são produzidas.

Já em sua parte interna, a biblioteca oferece tranquilidade para ler um bom livro enquanto o salão de jogos tem diversão para toda família, com bilhar, baralho, gamão e damas. Para as crianças há uma sala especial com pebolim e desenhos para colorir.

Vale mencionar que o concierge do hotel está à disposição dos hóspedes para planejar passeios exclusivos pela região da Provence, como exposições de arte em Aix-en-Provence, festivais de ópera epara conhecer as belezas naturais da Côte D’Azur, também conhecida como Riviera Francesa.

O Château de Fonscolombe é representado no Brasil pela empresa Key Partners, de Sylvia Leimann. Mais informações podem ser obtidas em www.keypartners.com.br e www.fonscolombe.fr.

Belezas e outros fascínios do Egito

Viagens de tirar o fôlego e guardar na memória são oferecidas para o país pela operadora de turismo Françatur

Dono das pirâmides mais famosas e conhecidas do mundo, o Egito está na mira de todos que buscam conhecer de perto um dos lugares mais importantes para a história das civilizações. A operadora de turismo Françatur oferece roteiros de oito e três noites para descobrir, ver e vivenciar tudo de melhor que o país tem a oferecer.

Além das belezas naturais e das pirâmides, há templos para se extasiar em diversas cidades egípcias, incluindo a capital, Cairo. As esfinges e o Rio Nilo, o mais importante do continente africano e um dos maiores do mundo, são outros pontos altos, assim como shows de luzes e museus que contam a história do período dos faraós.

Para quem quer explorar tudo o que a cidade do Cairo tem para oferecer, o roteiro “Cairo Fascinante” é perfeito. Em quatro dias, fazem parte da programação passeios pelos pontos mais famosos e requisitados da capital, como a necrópole de Gizé, onde estão as pirâmides Keops, Kefren e Micerinos, além de visitas à Esfinge e ao Templo do Vale.

Já para os que estão mais interessados em viagens mais longas e que ultrapassem as fronteiras do Cairo, há o roteiro “Cairo com Cruzeiro”, que contempla navegações pelas águas que foram o principal meio de transporte para mercadorias e pessoas no início das civilizações. Na programação também estão passeios nas cidades de Assuão, Kom Ombo, Edfu, Esna e Luxor com visitas a templos simbólicos e que criam a possibilidade de uma imersão real na cultura e história locais.

Os roteiros da Françatur incluem hospedagem com café da manhã, traslados e passeios. Mais informações podem ser obtidas no site www.francatur.com.br, nas redes sociais @francaturturismo ou nos telefones (11) 3149-3163 ou (21) 2102-2440.

6 razões para visitar o Alentejo na primavera

Turismo pela região portuguesa fica ainda mais atrativo na estação que, na Europa, vai de março a junho

O Alentejo tem cidades encantadoras, restaurantes deliciosos e hotéis de primeira. Ainda assim, é uma região rural de Portugal, e sua maior riqueza é a natureza, que vai de belíssimas praias no litoral a campos verdejantes no interior. Sendo assim, a primavera se mostra como uma época perfeita para visitar este destino.

Porto Covo é uma das alternativas de Alentejo, na primavera. (Foto; Victor Carvalho)

Confira alguns motivos para isso:

1. O clima
Entre março e junho, a primavera europeia, o Alentejo apresenta temperaturas amenas e com pouca amplitude térmica. Isso garante passeios muito agradáveis, que não são prejudicados pelo excesso de calor, sol intenso ou a necessidade de carregar vários casacos que só são necessários em alguns momentos do dia.

2. As paisagens
Os cenários alentejanos são tomados por uma explosão de cores, aromas e muita vida nesta época do ano. No trajeto entre dois vilarejos, é impossível não apreciar as árvores frondosas e a abundância de folhagens e flores locais.

3. As caminhadas
Esta é uma atividade popular no Alentejo, uma vez que existem várias trilhas bonitas por todo seu território. A Rota Vicentina, por exemplo, é um projeto que soma 450 quilômetros de percursos que atravessam os campos ou margeiam o litoral. A primavera, além de ter o clima ideal para esse tipo de exercício ao ar livre, ainda garante os melhores cenários.

4. Os rios e lagos
Os belos dias desta estação são perfeitos para desfrutar das águas da região, como o lago Alqueva ou o rio Guadiana. É possível fazer passeios de barco, praticar stand-up paddle ou curtir o ambiente e tirar fotos da margem.

5. O litoral
O litoral também é uma atração do Alentejo, principalmente quando o clima está quente. Na primavera, as praias costumam estar mais desertas e ainda mais agradáveis. Vale admirar as praias de areia dourada e mar de azul profundo rodeadas por impressionantes falésias, mas também curtir os dias de sol.

6. As experiências em vinícolas
Não será uma boa viagem ao Alentejo se não houver vinho. Os turistas podem mergulhar na cultura vinícola da região, aproveitando experiências como degustações e visitas às adegas. Algumas propriedades produtoras investiram em experiências ligadas à natureza, como piqueniques ao ar livre com iguarias e vinhos, passeios de bicicleta pelas vinhas e voos de balão, que são ainda melhores na estação das flores.

3 lugares que vão te surpreender

Existem lugares pelo mundo que quebram paradigmas e estereótipos. Alguns o fazem de maneira cultural ou social. Porém outros fazem isso na sua paisagem. Separamos hoje três lugares que temos certeza que ao pensar nestes destinos não são essas paisagens que vem à mente.

Praia na Noruega

(Foto: Divulgação)

Como o país está localizado no norte da Europa, o primeiro pensamento que vem às nossas mentes ao pensar no destino naturalmente é frio e neve, entre outras coisas relacionadas. Certo? Pois é aí que você se engana.

A cidade de Kristiansand é considerada a capital do sul do país e é um dos destinos preferidos dos noruegueses durante o verão. Trata-se de uma verdadeira cidade praiana da Noruega, por isso, além de apreciar toda a vida cultural e gastronômica do local, torna-se obrigatório um passeio pelas praias. Pertinho do centro da cidade está Bystranda, uma praia de areia clara e mar calmo, ideal para a prática de stand up paddle ou uma tarde em família.

Mergulho na Jordânia

(Foto: Divulgação)

Egito e Israel são famosos por seus mergulhos no Mar Vermelho, o que de certa forma já é um tipo de quebra de paradigma para os desavisados que pensam em países do Oriente Médio apenas como desertos e afins. Entretanto, a Jordânia mesmo não tendo uma larga costa como outros destinos também oferece, em grande estilo, mergulhos no lendário  Mar Vermelho.

Aqaba é a junção de todas as coisas boas que a Jordânia tem para oferecer. Inclui uma  história fascinante, excelentes hotéis, atividades e locais para compras. É também um ótimo local para ficar se você planeja visitar o Wadi Rum.  Os passeios de um dia podem ser facilmente organizados e, como a distância é curta, você terá mais tempo para conhecer o local.

Esqui no Líbano

(Foto: Divulgação)

Assim como a Jordânia e os outros países do Oriente Médio, o Líbano carrega o rótulo de país desértico. O que é um tremendo engano. O destino oferece ao turista opções desde praias a florestas. Além disso também possui locais onde é possível esquiar. Isso mesmo.

Cedars, Faraya e Laklouk são três das principais cidades que dispõe das montanhas nevadas e resorts para prática do esporte.

Esquecemos de algum local? Envie sua dica e também sua história, faça parte dos Amigos Lugares Pelo Mundo.

Aventuras pelo Deserto Arábico

A operadora de turismo Françatur oferece uma viagem de mistérios e encantos por este pedacinho do Oriente Médio

Não é de hoje que os encantos e mistérios do Oriente Médio intrigam e encantam. Despertar desejos em viajantes de todo o mundo é uma das marcas fortes das cidades de Dubai e Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, que ficaram conhecidas por suas riquezas, grandezas e misturas de cenários. A operadora de turismo Françatur conta com um roteiro de sete noites para explorar ambas e seus arredores, perfeito para quem quer viver momentos de intensa imersão nesta cultura.

Localizada no Deserto Arábico, Dubai chama a atenção por oferecer um mundo de possibilidades para quem busca experiências enriquecedoras e inesquecíveis: desde um safári emocionante pelas dunas com vistas memoráveis do pôr-do-sol ou um passeio de barco para conhecer um riacho iluminado, até visitas e passeios culturais a museus, Mesquitas e construções grandiosas para vivenciar um pouco da história da pérola do Oriente Médio.

Françatur oferece pacotes para o Oriente Médio. (Foto: Divulgação)

Outras cidades próximas também podem ser exploradas para uma total imersão e entendimento da cultura e estilo de vida locais. Natureza e história se misturam por todos os lados, incluindo em Abu Dhabi – famosa por abrigar enormes construções e grande parte da riqueza do mundo.

Centros culturais, vilas de pescadores, montanhas e praias com águas de cor azul turquesa entram no roteiro e ficam nas lembranças de quem realmente deseja se aventurar.

O roteiro da Françatur inclui sete noites de acomodação em Dubai com café da manhã, traslados, safári no deserto com jantar, passeios e excursões em outras cidades, incluindo Abu Dhabi. Mais informações podem ser obtidas no site www.francatur.com.br, nas redes sociais @francaturturismo ou nos telefones (11) 3149-3163 ou (21) 2102-2440.

5 destinos fascinantes e imperdíveis no Marrocos

Agência Abreu lista o que não pode faltar no roteiro por esse incrível país africano

O Marrocos segue conquistando o coração dos brasileiros com o seu charme que é um caldeirão de cultura oriental, africana e europeia. Segundo a Abreu, especialista em levar turistas aos melhores destinos ao redor do globo, a procura pelo país tem aumentado gradualmente nos últimos anos, tendência que se mantém neste princípio de 2019.

Por isso, a agência separou os cinco destinos mais fascinantes do Marrocos e que não podem faltar no roteiro de viagem dos brasileiros.

Marrakech

(Foto: Turismo do Marrocos)


É uma cidade que mistura bem o tradicional e o contemporâneo, garantindo sensações incomparáveis aos visitantes. De um lado, cores brilhantes, aromas orientais, passeios em carruagem e riquezas arquitetônicas. Do outro, avenidas amplas, boutiques de luxo e locais festivos. A Abreu sugere visitas ao verdadeiro oásis que é o Jardim Majorelle e à Mesquita Koutoubia.

Casablanca

(Foto: Turismo do Marrocos)


Palmeiras contornando avenidas largas, praias maravilhosas e uma cidade efervescente: poderia ser um destino tropical, mas estamos falando de Casablanca. Combinando modernidade com bairros antigos, heranças muçulmanas e árabes e vestígios coloniais, é uma cidade múltipla e apaixonante. Seu cartão de visitas é a Mesquita Hassan II, a segunda maior do mundo.

Fez

(Foto: Turismo do Marrocos)


Fez tem uma atmosfera única, que irradia mais de treze séculos de história. Sua medina é lendária, assim como as madraças, belíssimas escolas de estudos islâmicos. Um de seus pontos turísticos mais icônicos é a fonte Nejjarine. Segundo a Abreu, é um bom ponto de partida para explorar Volubilis, o mais extenso sítio arqueológico romano no Marrocos.

Rabat

(Foto: Turismo do Marrocos)


O litoral da capital marroquina é só um dos motivos para visitar esta cidade, que também conta com muitos espaços verdes e cultura de sobra, com obras de arte decorando ruas e praças. O imponente Palácio Real é rodeado por uma enorme muralha e possui um vasto pátio, colégio, mesquita e edifícios do governo.

Meknès

(Foto: Turismo do Marrocos)


Esta cidade é um verdadeiro museu a céu aberto, com muitas surpresas para os visitantes. Com construções consideradas Patrimônio da Humanidade da UNESCO, como a medina e os vestígios do palácio real, o destino tem uma das principais obras hispano-mouriscas do mundo: a porta Bab Mansour, na praça El Hedime. Outros pontos impressionantes são o Estábulo Real, que chegou a abrigar 12 mil cavalos, e o Mellah, antigo bairro judeu.

A Abreu tem diversos pacotes para o Marrocos a partir de US$ 729. O circuito “Cidades Imperiais”, com todos os destinos citados acima, tem saídas exclusivas do Rio de Janeiro e São Paulo. Para mais informações, acessewww.abreutur.com.br ou entre em contato com seu agente de viagens.